Você está na página 1de 46

Sistemas de Geração

de Energia Eólica
Instalação de Centrais Eólicas e
Conexão com a Rede
Programação
 Apresentação;
! Exercício Produção de Energia;
! Promoção Eólica;
! Estudos e Projetos;
! Infraestrutura Elétrica;
! Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Promoção Eólica

Exercício Proposto:
! Cálculo da Produção de Energia
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
! Promoção Eólica;
! Estudos e Projetos;
! Infraestrutura Elétrica;
! Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Promoção Eólica
Promoção Eólica
Promoção Eólica (I)

! Busca de terrenos em áreas adequadas


! Contratos de arrendamento de terrenos por 20/25
anos ou compra
! Legalização e verificação de propriedade dos
terrenos arrendados
! Instalação de torres anemométricas;
! Gestão de campanha de medição e certificação das
medições e da produção de energia;
! Processo administrativo EPE, ANEEL, ONS e outros
órgãos;
Promoção Eólica (II)

! Projetos básicos;
! Estudos de impacto ambiental – Licença Prévia;
! Estudos de conexão em rede
! Obtenção de parecer de conexão a rede básica
! Estudos de viabilidade econômica
! Cadastro EPE (para participação em leilão de
energia);
! Busca de Investidores;
! Aporte de Garantias;
! Participação em leilão do ACR;
Promoção Eólica

! Tudo começa com as instruções básicas;


• Ren 391 ANEEL: www.aneel.gov.br;

http://www.aneel.gov.br/cedoc/ren2009391.pdf

• Instruções de Cadastramento EPE: www.epe.gov.br

http://www.epe.gov.br/leiloes/Documents/EPE-DEE-
RE-017_2009_r12_EOL.PDF
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
! Estudos e Projetos;
! Infraestrutura Elétrica;
! Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Estudos e Projetos

Estudos Preliminares para conexão à Rede INGENIERÍA ELECTRICA

Welshpool SS
Ffrid & Pen Coed SS 132 kV SS Oswestry
Transformador Sin interruptor 132 kV
33 kV 132/33 kV SGSP
132 kV Hacia
~ SS Legacy
~ 400/132 kV Legacy

14 MW 38 MW
P.E.
P.E. P.E. Pen Coed 132 kV Ffrid E&W
33 kV
Ffrid E & W 132 kV 20 km P.E.
12 km Capacidad térmica nominal: Pen Coed
Verano 80 MVA
SS Carno
132/33 kV PCC: 132 kV
33 kV
Conexión en “T” 12 km
~ 132 kV
SS Red
132 kV
18 km Sin interruptor
32 MW Capacidad térmica nominal:
P.E. Carno Verano 80 MVA

SS Carno SS Oswestry
PCC PCC
ICC SIstema: 2,82 kA ICC SIstema: 7,33 kA Hacia
ICC nominal aparamenta: 20 kA ICC nominal aparamenta : 10,9 kA P.E. Carno
ICC Disponibilidad: 17,2 kA ICC Disponibilidad : 3,6 kA
(*) P.E. I (*) : 0,57 kA (*) P.E. I (*) : 0,57 kA
CC CC

Leyenda:
Leyenda: 132 kV
(*) Incremento debido a la conexión de P.P.E.E. Ffrid & Pen
Infraestructuras existentes 33 kV
Coed
Nuevas infraestructuras
Estudos e Projetos

Estudo de Acessos (Road Survey)


Ensayo

Estudio teórico
(P.E. Iardino)

P.E. Iardino (Italia) para G80 (2 MW)

13 P.E. Catefica (Portugal) para G80 (2 MW)


Estudos e Projetos
Estudo de Vias Internas

PLANOS DE CAMINOS ; Scale: 1/10000


- Anchura y radios de giro: O.K PLANOS DE PLANTA ; Scale: 1/2000
- Ubicación de AEG y propietarios implicados

Perfil longitudinal ; Scale: H: 1/2000 & V: 1/400 Cortes transversales (cada 50 M) ; Scale: 1/500
- Pendientes: O.K - Cálculo del movimiento de tierras
14
Estudos e Projetos

Projeto de Plataformas
Configuração de Plataformas Paralelas as Vias
ACOPIO FORMA DIMENSION m2 Suelo
30 m compactado (m2)

1 Nothing 18 m 13 m
30x18 m 540 540
5m

30 m
2 N+T1 30x23 m 740 740
•13 m
23 m
5m
5m 1 N

30 m
3 3 30x30 m 950 740
N+T1+T2+T3 2
30 m •13 m
5m
5m 1 N

Configuração de Plataformas de Fim de Via


ACOPIO FORMA DIMENSION m2 Suelo
Vial 30 m compactado
(m2)
5m N •13 m
20 m
1 N 30x20 m 625 625
Plataforma 30 m

2 N+T1 5m N •13 m 30x24 m 745 625


24 m
1

Zanja 30 m
(paralelo 3 N+T1+T2+T3 5m N •13 m 30x27 m 835 625
a vial) 27 m
2 1
Mountlouby (Francia): G87 T67m 3
15
Estudos e Projetos

Estudo de Montagem do Guindaste


Montagem de Rotor Completo WTG Montagem do Braço do Guindaste

NOTA: El A18 es el WTG más complicado para levantar en el P.E. (la plataforma al final del vial, en la cima de una colina,
elevación en el momento).

16
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
 Estudos e Projetos;
! Infraestrutura Elétrica;
! Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Infraestrutura Elétrica
Projeto de Subestações (I)
(Diagrama Unifilar)

18
Infraestrutura Elétrica
Projeto de Subestações (II)
Exemplo de Planta
Infraestrutura Elétrica
Projeto de Subestações (II)
Exemplo de Corte
Infraestrutura Elétrica
Projeto de Subestações (III)
(Desenhos típicos - Exemplo: Disjuntor 230 kV)
Fundações Montagem

Estruturas Metálicas Diagramas Funcionais

21
Infraestrutura Elétrica
Linhas de Transmissão
(Linha Típica 230 kV)

32,7 m

TORRE FIN DE LÍNEA


4,40 m
DRAGO
22 TIPICA TORRE 220 kV
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
 Estudos e Projetos;
 Infraestrutura Elétrica;
! Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Rede Coletora de Média Tensão
Diagrama Unifilar
REDES

24
Rede Coletora de Média Tensão

Rede de Fibras Óticas

25
Rede Coletora de Média Tensão
Vala Típica para RMT e FO

TERRENO NORMAL

NOTA: Unidades en metros BAJO VIALES O CARRETERAS


26
Rede Coletora de Média Tensão
Escavação de Valas REDES

JCB (EXCAVADORA TRADICIONAL) ZANJADORA ESPECIAL


(Alta eficiencia, control automático de profundidad de zanja,
bajo impacto ambiental)
27
Rede Coletora de Média Tensão
Valas com Cabos e Fibra Ótica em tubo corrugado
REDES

TUBO DE FIBRA ÓPTICA CRUZAMIENTO CINTA DE SEÑALIZACIÓN

28
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
 Estudos e Projetos;
 Infraestrutura Elétrica;
 Rede Coletora de Média Tensão;
! Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Infraestrutura Civil

Projeto Típico de Fundação


Infraestrutura Civil

Concretagem de Fundações
Hormigón

VIROLA

Acero B-500-S

Cimentación típica

Hormigón Acero
HA-30 B500-S
(m3) (kg)
G58: 100 8000
G90: 333 48000

Capacidad típica de camión


hormigonera= 10 m3

31 Fibra Ótica Entrada/Salida cables MT


Infraestrutura Civil
Fundação com Estacas

- P.E. Monte Cute (Basilicata, Italia)


- G83 (2MW)
- Empleada en suelos con una compactación no óptima.
32
Infraestrutura Civil
Fundação Concluída
(fatando Reaterro)

ENTRADA CABLES MT

SALIDA CABLES MT
(PROTEGIDOS CON HORMIGÓN)

FIBRA ÓPTICA

ANILLO DE TIERRA
(Cu 90mm2)

UBICACIÓN UBICACIÓN
ARMARIO CELDA MT
33 GROUND
Infraestrutura Civil
Dimensionamento das Vias e Acessos
ANCHURA:
G52-G58: 4 m
G8X-G90: 5 m

PENDIENTES MÁXIMAS:
G52-G58-G8X-G90: 12 % MINIMUN CURVE RADIUS:
G52-G58: 20 m
G80-G83: 30 m
G87-G90: 32 m
Infraestrutura Civil

Vias Típicas

SARJETAS (CUNETAS)

W.F. TARDIENTA (2001), Huesca, España


35
Infraestrutura Civil
Dimensionamento de Declividade
ZANJA DE CABLE DE MT (PENDIENTE<30%)

PENDIENTE MÁXIMA
12 %

SIERRA DEL TRIGO P.E. (2001), Jaén, España


36
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
 Estudos e Projetos;
 Infraestrutura Elétrica;
 Rede Coletora de Média Tensão;
 Infraestrutura Civil;
! Transporte e Montagem.
Transporte

Transporte de Virolas

Camión
adicional de VIROLA
ayuda

P.E. Monte Cute (Basilicata, Italia)


38
Transporte
Transporte de Componentes do Aerogerador

Nacelle G8X (2 MW) de 72 T


Palas G58 (850 kW) de 28,3 m

Primer tramo G8X (2 MW), 17 m, 50 T


Palas G80 (2 MW) de 40 m
Montagem
Guindastes Narrow Track
GRÚA CON CADENAS GRÚA CON NEUMÁTICOS

Ventajas: Requiere caminos de 4-5 metros de anchera


Ventajas: No requiere desmontar la grúa entre WTG´s
Desventajas: Requiere hacer un MOB/DEMOB entre cada WTG´s
Desventajas: Requiere caminos de 10-12 metros de ancho

350 T
650 T

40
GRÚAS PARA G8X/G90-2 MW MONTAJE (I)
Montagem
Guindaste Patolado
GRÚA CON CADENAS DE VÍA ESTRECHA (GVE) GRÚAS G8X/G90-2 MW
MONTAJE (II)

Grúa Especial
(muy pocas en Europa)

Ventajas:
- Caminos de tan solo 4,5 m
- No MOB/DEMOB entre WTG’s

500 T

41
Montagem
Instalação dos Equipamentos Internos à Torre
HUB CUBÍCULO SF6 ARMARIO CONTROL GROUND

TRANSFORMADOR
20 kV/690 V

CIMENTACIÓN

42
Montagem
Fases da Elevação dos Componentes
G58-55m (CON CAMIÓN GRÚA) G80-100m (CON GRÚA ESPECIAL)

G58 G80 G58 G80


850 kW – Torre 55 m 2 MW -Torre 100 m 850 kW – Torre 55 m 2 MW -Torre100 m

P.E. CARRASQUILLO (Burgos, España, 2002)


G58: 850 kW
G80: 2000 kW
Montagem

Elevação do Rotor
Terreno plano (con mucho espacio) Terreno complejo (poco espacio)

ELEVACIÓN
ELEVACIÓN
CON ROTOR MONTADO EN SUELO
PALA POR PALA

44
Programação
 Apresentação;
 Exercício Produção de Energia;
 Promoção Eólica;
 Estudos e Projetos;
 Infraestrutura Elétrica;
 Rede Coletora de Média Tensão;
 Infraestrutura Civil;
 Transporte e Montagem.
Perguntas
Contato

“O REAL PROVA O POSSÍVEL”


Immanuel Kant

Obrigado!

Marcio Elizeu Machado


+55 41 9611-6800
mem@fernandesmachado.com.br

Você também pode gostar