Você está na página 1de 25

MANUAL DE TUI-NÁ CRANIANO

Tui-Ná Craniano___________________________________________

HISTÓRIA

A massagem craniana tal como a acupuntura craniana surge a partir dos estudos inspirados
nas frases do Presidente Mao Zedong, que sugeriam a união dos conhecimentos da
Medicina Tradicional e da Medicina Ocidental, para que unindo esses conhecimentos se
criasse uma nova filosofia de saúde integral a partir de então, o Dr. Chiao Sunfa,
juntamente com outros médicos do Norte da China, começaram a considerar que a
proximidade entre o cérebro e o couro cabeludo poderia permitir o estímulo do cérebro a
partir de áreas externas.
Conseguiu-se assim a cura de um paciente com paralisia da perna direita em 1971, causada
por endarterite dos vasos intracranianos.
Obedecendo a localizações neurológicas criou-se um esquema de tratamento sem relações
com as ideias tradicionais yin e yang, equilíbrio energético, cinco elementos ou
meridianos.
Paralelamente ao desenvolvimento da acupuntura e massagem neurológica, o Dr.
Yamamoto acrescentou as suas experiências, criando um método próprio mais abrangente,
pelo enriquecimento de conceitos energéticos da Medicina Tradicional Chinesa.
O Dr. Yamamoto, anestesiologista, ginecologista e obstetra, a partir de observações, no
tratamento de trabalhadores dos arrozais, associou a melhoria de dores com aplicações de
medicamentos em pontos de meridianos dos quais já tinha alguns conhecimentos. Em
consequência do efeito dessas observações passou a dedicar-se à acupuntura. Mais tarde,
ao tocar a testa de uma paciente, este queixou-se de um estranho reflexo no braço. Dr.
Yamamoto dedicou-se então a descobrir relações entre as áreas cranianas e partes reflexas
do corpo.
No decurso de seu trabalho descobriu pontos os quais de inicio se mostraram úteis na
melhora de dores do aparelho locomotor. Verificou, depois, a utilidade dos mesmos na
melhoria de paralisias e em distúrbios funcionais de órgãos torácicos e abdominais. De tais
descobertas, apresentou em 1973, pela primeira vez ao mundo científico, todo o seu
trabalho, num esquema sistemático de pontos e zonas de comprovada eficiência.

________________________________________________________
Carlos Janeira -2-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

PRINCIPAIS MANOBRAS

TUI FA (EMPURRAR)
Esta manobra, aplica-se em qualquer área do corpo em especial na cabeça, rosto, tórax e
abdómen, utilizando:
-Nos dedos: A polpa, a ponta e a borda lateral dos dígitos.
-Na palma: a base, a borda tenar, a borda hipotenar.
-No punho: o dorso, os nós dos dedos.
Estas regiões exercem a força que é utilizada nos pontos dolorosos específicos ou
acupontos. O movimento do Tui Fa é realizado num único sentido e tem o efeito de elevar
o tónus muscular, estimular a circulação do sangue, desbloquear os meridianos e colaterais,
dissolver estagnações, eliminar edemas e inchaços, fortalecer o baço e o estômago, etc.
Pode-se aplicar essa manobra com os dedos, com a palma, etc. Esta manobra também é
aplicada, no pescoço, ombros, nas costas e membros.
Está indicada no tratamento de:
1. Dores de cabeça
2. Vertigens
3. Insónias
4. Dor abdominal
5. Diarreia e prisão de ventre.

NA FA (AGARRAR)
A manipulação de agarrar é realizada levantando simétrica e vagarosamente e apertando a
parte sob terapia e, ao mesmo tempo, segurar e comprimir, amassando. A utilização do
polegar em oposição ao dedo indicador e ao dedo médio é chamada de Manipulação de
Agarrar com os Três Dedos; a manipulação do polegar em oposição aos 4 dedos é chamada
de Agarrar com os Cinco Dedos, manipulação que é usada especificamente na cabeça, este
agarrar com cinco dedos na cabeça, é realizado de forma suave e ao mesmo tempo é
realizado um deslizamento com retirada.

________________________________________________________
Carlos Janeira -3-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ROU FA (AMASSAMENTO)
È a manipulação utilizada de forma circular, com a base da mão, polegar ou cotovelo,
efetuado no local sem que haja deslizamento entre a derme e o ponto de contacto. Pode
também chamar-se de pressão circular estacionária.
Esta manobra utiliza:
A palma inteira, as bordas tenar e hipo tenar, a base da palma, a polpa dos dígitos, etc. Para
aplicar o amassamento no ponto doloroso ou área circundante com movimentos circulares.
Com a parte utilizada para a manobra "colada ao ponto doloroso ou acuponto deve-se
flexibilizar o pulso, estabilizar o cotovelo e o antebraço comanda o movimento levando a
mão a fazer a manobra do Rou Fa de forma leve, lenta e flexível.
A manobra tem o efeito terapêutico de soltar o peito e fazer fluir o Qi, ativar o sangue e
eliminar a estagnação, inchaços e dores.
Na cabeça esta manipulação é realizada, conjuntamente com a manipulação empurrar.

GUAN FA (ROLAMENTO)
Guan Fa consiste no movimento coordenado de estender e flexionar da articulação do
pulso e da rotação do antebraço, fazendo com que as articulações do dedo no dorso da
palma atuem numa região específica. As oscilações contínuas do guan fá têm o efeito
terapêutico de soltar os músculos e aliviar espasmos, potencializando a capacidade de
movimentação dos músculos e dos tendões.
Essa manobra estimula a circulação do sangue e elimina a fadiga muscular; tem o efeito de
soltar os tendões, avivar o sangue e lubrificar as articulações. A pressão do Guan Fa deve
ser forte e aplicada em áreas amplas e em músculos espessos e grossos como, por exemplo,
os dos membros superiores e inferiores. A aplicação da manobra pode ser na diagonal ou
numa linha reta.
Está indicada no tratamento de:
1. Sub luxação de vértebras lombares e dorsais
2. Entorse de vértebras lombares
3. Prolapso do disco intervertebral lombar
4. Síndrome do piramidal (sintoma de ciática)
5. Tensão na nuca
6. Periartrite escapulo umeral

________________________________________________________
Carlos Janeira -4-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

PAI (TAPOTAGEM)
A manipulação é executada com palmadas com o côncavo da palma da mão sobre a
superfície do corpo.
Essência do movimento:
- Para executar esta operação, os dedos da mão do terapeuta devem estar juntos e
estendidos retos. As juntas metacarpo falangeanas ficam ligeiramente fletidas para que
fique um vazio côncavo da mão. A batida no corpo do paciente deve ser feita com força
elástica e habilidosa. O estímulo desta terapia pode ser classificado em leve, intermediário
e pesado.
Indicações:
- Ativar os nervos.
- Mitigar a opressão do tórax.
- Regular o fluxo de Qi.
- Usa-se essencialmente como relaxamento no final dos tratamentos.

JI (PANCADINHAS, PERCUSSÃO)
A manipulação de pancadinhas ou percussão é aquela onde a parte tratada recebe batidas
suaves e rítmicas com o dorso do punho fechado, a raiz da palma da mão, o centro da
palma, com a ponta dos dedos, com a proeminência tenar, hipotenar etc.
Consoante o método é realizado com dedos punho etc., assim optamos por lhe atribuir um
nome diferente para melhor definição e compreensão das técnicas tal como as vamos
definir:

Método de Bicada:
Este método é uma forma de massagem que consiste em bater nos tecidos com as pontas
dos dedos. Deve ser aplicada força com o pulso e as pontas dos dedos. A batida deve ser
precisa, forte e elástica, ao mesmo tempo devendo ser mantido ritmo constante.
O método é dividido em: bicada com um só dedo até à bicada com os cinco dedos.
Neste método os dedos golpeiam assim como o frango bica os grãos. Adequado para
utilização em toda a fronte.
Na cabeça vamos utilizar só o método de bicada com 1 e 2 dedos.

________________________________________________________
Carlos Janeira -5-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

MASSAGEM DE RELAXAMENTO

A massagem de relaxamento serve para ajudar no processo de cura, aliviar o stress


psicológico, reduzir a dor e melhorar a circulação.
Posicione-se atrás do paciente, colocando as mãos sobre os seus ombros enquanto toma
atenção à respiração do paciente e ajusta a sua respiração à respiração do paciente.
 Inicie com amassamento na zona cervical e fazendo apoio na testa com a outra mão,
de seguida empurrar com polpa dos dedos.
 Depois de amassar bem a zona cervical desça para as costas, e comece a fazer
amassamento com a polpa dos polegares e raiz da palma da mão, rolar um pouco na
zona dos trapézios para relaxamento.
Seguidamente coloca a mão na base do pescoço e a outra segurando novamente a
testa, agora com o pescoço um pouco mais fletido, comece a subir com a mão a partir
da base do pescoço, sem fazer muita pressão sobre as vértebras. Quando chegar ao
cabelo, pare e espere um momento, fazendo pressão leve na base do crânio. Desça a
mão e repita o movimento. Pode fazer movimentos circulares enquanto sobe se sentir
que há muita tensão no local. Repita 5 vezes. Quando a mão chegar ao cabelo pela
última vez, deixe-a lá, e inicie um movimento circular com a polpa dos dedos em toda
a zona occipital, depois faça apoio na zona occipital e massageie a testa fazendo 3
linhas do meio para as frontes.
Termina fazendo massagem com polpa dos dedos simultaneamente com as duas
mãos.

________________________________________________________
Carlos Janeira -6-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ÁREAS REFLEXAS

Os pontos e zonas estão localizados na zona externa do crânio e estão delimitadas por
linhas, que internamente correspondem as funções cerebrais que são estimuladas para o
órgão ou zona do corpo correspondente.

________________________________________________________
Carlos Janeira -7-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

A primeira linha é chamada


de linha anterior e posterior
mediana e inicia a partir do
meio, entre as sobrancelhas,
percorre a parte média da
cabeça, seguindo o vaso
governador e termina na zona
occipital.
A outra linha é chamada de
sobrancelha-occipital, inicia
No ponto médio da
sobrancelha (Taiyang), e
termina na protuberância occipital

ÁREA MOTORA

Localizada 1 a 2 cm Anterior ao
Sulco central, ou seja, ponto
médio.
Utilizada para tratamento de
distúrbios Motores do lado contra
lateral do corpo.
Neste caso, Distúrbios musculares
Principalmente sequelas de
A.V.C.,

________________________________________________________
Carlos Janeira -8-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

LINHA DE MOVIMENTOS FINOS

Localizada 2 cm anterior ao ponto


central (Du Mai 20), paralelamente à
área motora.
Esta área atua Também na Coréia.
(Doença Caracterizada por
movimentos involuntários, rápidos,
desordenados, irregulares, sobretudo
dos membros superiores, cabeça, face
e olhos).

ÁREA SENSITIVA

Localiza-se 1 a 2 cm posterior ao
Ponto Médio Utilizado para o
tratamento de distúrbios sensitivos do
lado contra lateral do corpo. Neste
Caso, algias em membros,
articulações ou dores musculares
devemos trabalhar a área
correspondente ao local a ser tratado.

________________________________________________________
Carlos Janeira -9-
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ÁREA DA AUDIÇÃO E DA VERTIGEM

Localizada 2 cm acima do pavilhão


auditivo.
Utilizada para labirintite, vertigem, e
distúrbios na audição.

ÁREA SENSITIVA E MOTORA

Localizada paralelamente à linha Mediana


Longitudinal Antero-Posterior e a 1cm desta.
Utilizada para lombalgia, ciatalgia.
Esta área trabalha também distúrbios da marcha

________________________________________________________
Carlos Janeira - 10 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ÁREA DO EQUILIBRIO

Localizada 3,5 cm lateralmente à tuberosidade occipital, tem cerca de 3,5 a 4 cm de


extensão, paralelas à linha Mediana Longitudinal Antero Posterior.
Utilizada nos distúrbios do equilíbrio.

ÁREA VISUAL
Localizada 1 a 1,5cm bilateral e paralelamente à linha Mediana Longitudinal Antero
Posterior, ao nível da tuberosidade occipital.
Utilizada nos distúrbios visuais.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 11 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ÁREA DA LINGUAGEM Localizada na extremidade lateral inferior da área motora.


Utilizada para tratamento de afasia motora.
ÁREA DE LINGUAGEM II
Localizada na região postero inferior da proeminência parietal. Utilizada para tratamento
de afasia sensitiva.
ÁREA DE LINGUAGEM III
Localizada na borda posterior do osso mastoide. Utilizada para o tratamento da
recuperação da linguagem.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 12 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

No tratamento co massagem craniana obtém-se bons resultados sobretudo em doenças


associadas ao sistema nervoso central, sequelas de AVC, doença de Parkinson e
selenidade,
Utilizam-se técnicas básicas com força suave, estável e fluida, onde também tomaremos
em consideração o tipo de paciente. O tratamento inicia suave depois gradualmente vamos
aumentando a pressão e para terminar reduzimos a pressão ao mesmo nível que iniciámos.
Contra indicações:
- Pacientes com graves dificuldades mentais.
- Pacientes com feridas na cabeça ou inflamação cutânea.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 13 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

TRATAMENTOS

Na maior parte dos casos para os tratamentos surtirem efeito terão que ser realizados
diariamente. Pontualmente num ou outro caso basta um ou dois tratamentos para obtenção
de bons resultados.

GRIPE

Definição
Em MTC, a gripe deve-se a uma infiltração de uma energia (frio ou calor aliados ao vento),
que, através da pele ou do sistema rinofaringes, atravessa o sistema defensivo atingindo,
assim, o aparelho respiratório.
Para a MTC, essa energia dita «perturbada» conseguiu entrar e debilitar o organismo do
paciente devido as baixas defesas do sistema imunitário do mesmo.
Sintomatologia
Antes de se ter a sintomatologia característica da gripe, o corpo já começa a dar alguns
sinais, tais como espirros isolados, arrepios, um cansaço crescente e dores nas articulações.
Tratamento
Vamos em primeiro lugar trabalhar com o método de empurrar com a palma da mão
transversalmente às zonas sensitiva motora e de Parkinson, este movimento é realizado 100
vezes.
- Empurrar com zona radial do polegar na área da primeira linha de referência, iniciando a
2 cm da linha do cabelo e terminando até 3 centímetros depois da linha do cabelo, 100
vezes.
- Esfregar na área do tórax 100 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 14 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

TOSSE

Definição
Em Medicina Chinesa considera-se a possibilidade de se dever a um ataque de agentes
patogénicos externos ou derivada de um desequilíbrio interno que afeta o Pulmão e as suas
relações com outros órgãos.
Esta patologia está associada ao sistema respiratório incluindo-se no tratamento os dois
tipos de tosse (seca e húmida) e a bronquite
Sintomatologia
Por tosse entende-se um movimento brusco de expulsão de ar dos pulmões. Em Medicina
ocidental este sintoma pode dever-se á presença de corpo estranho nas vias respiratórias
superiores ou pode dever-se a infeções do aparelho respiratório.
Tratamento
- Empurrar com a palma da mão transversalmente às zonas sensitiva motora e de
Parkinson, este movimento é realizado 100 vezes.
- Empurrar na área do tórax 100 vezes.
- Esfregar na área do tórax 100 vezes.

SOLUÇOS

Definição
O soluço surge quando o nosso diafragma sofre uma rápida e involuntária contração,
fazendo-nos inspirar ar. Como este movimento respiratório é indesejado, também
involuntariamente, as nossas cordas vocais se fecham subitamente, impedindo a entrada do
ar, causando o conhecido som do soluço, parecido com um estalo.
Sintomatologia
Soluço é o som provocado por espasmos diafragmáticos provocados pelo nervo frénico
(freno espasmos). Em casos graves pode afetar atividades diárias como mastigar, dormir,
falar ou respirar.
Tratamento
- Empurrar na zona cavidade torácica 200 vezes.
- Empurrar na zona do estômago 200 vezes.
- Amassar na zona cavidade torácica e na zona do estômago 100 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 15 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

CEFALEIA
Definição
Cefaleia, ou “dor de cabeça” como popularmente é conhecida, constitui um problema
frequente na população em geral, sendo uma das causas mais comuns na procura de
atendimento médico. Ela pode ocorrer isoladamente como manifestações de um complexo
sintomático agudo, como a enxaqueca (cefaleias primárias), ou pode fazer parte de uma
doença em desenvolvimento, como infeções, neoplasia cerebral ou sangramentos
intracranianos (cefaleias secundárias).
Sintomatologia
Na MTC esta sintomatologia está associada a frio exterior e a deficiência de Qi e de
Sangue.
Tratamento
- Empurrar de cima para baixo no terço inferior da zona sensitiva e fazer amassamento na
mesma zona 50 vezes.
- Empurrar de cima para baixo 100 a 150 vezes ao centro da zona de equilíbrio de forma
suave.

INSÓNIA

Definição
A insônia segundo a MTC é gerada por um distúrbio da energia do coração e do fígado. O
sono é vital para reabastecer a energia do fígado (Yin) ligada às emoções, sendo um fator
regenerativo. Isso porque o sono tem por objetivo desenvolver a mente intuitiva e criativa;
bem como lidar com nossos sentimentos em relação ao mundo.
Sintomatologia
 Demasiado tempo para adormecer
 Dificuldade em dormir a noite toda
 Sonhos e pesadelos noturnos
 Necessidade de levantar a meio da noite
Tratamento
. Amassar com polpa do polegar na zona da fala III 100 vezes.
- Método de bicada na zona da visão 40 vezes
- Empurrar na zona da cavidade torácica e amassar 100 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 16 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

TONTURAS

Definição
Tonturas surgem geralmente associadas a hipertensão, problemas ouvidos e compressão
zona cervical, podem também ser causadas por ascendência do yang do fígado, umidade-
fleuma ou deficiência de Qi e sangue.
Distúrbios emocionais e esforços mentais causam desgaste do yin do fígado e estimulam o
yang, resultando em deficiência de yin e subida do yang.
Sintomatologia
 Perda do equilíbrio
 Falsa sensação de movimento
 Impressão de que os objetos se movem ou rodam
 Náuseas
 Vômitos
 Dor de cabeça
 Visão dupla
 Sensação de fraqueza
Tratamento
. – Empurrar na zona de vertigem e audição, apanhando a zona da fala III do occipital para
a fronte e método de amassar na mesma zona, 100 vezes.
- Método de bicada na área da visão 40 vezes.
- Empurrar e amassar na zona da cavidade torácica 100 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 17 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

ZUMBIDOS E SURDEZ

Definição e Sintomatologia
Quando existe um grande zumbido, e uma perda auditiva súbita, isso é característico de
excesso de yang. No caso de zumbido crônico, o barulho é menor, e a perda auditiva é
gradativa, caracterizando o excesso de Yin.
Além disso, quando o zumbido apresenta um som mais agudo, na maioria das vezes,
caracteriza-se por uma deficiência funcional do fígado e rins, e má circulação de sangue e
energia no coração e rins. Ao apresentar um som mais grave, caracteriza-se calor no fígado
e bílis, e energia negativa, impedindo o funcionamento sadio dos ouvidos.
Tratamento
- Empurrar nos primeiros 2/3 da zona sensitiva de cima para baixo 200 vezes.
- Fazer amassamento com 2 ou 3 dedos nos primeiros 1/3 da zona sensitiva de cima para
baixo 100 vezes.
- Friccionar na zona de vertigem e audição de ambos os lados 100 vezes.
- Utilizar o método de bicada no 1/3 da zona sensitiva e área de audição e vertigem,
durante 3 minutos em cada zona.

NEURASTENIA
Definição
Neurastenia é um distúrbio psicológico que resulta do enfraquecimento aumentado do
sistema nervoso central (neuro = cérebro, astenia= fraqueza), ocasionado principalmente
por esgotamento mental, intoxicações por drogas, permanência por longos períodos em
lugares pouco arejados, sujeição a frequentes emoções fortes, entre outros fatores. Pela
MTC tem várias associações, (Neurastenia devido ao "Vazio do Rim-Yin" com
plenitude do Fígado-Yang; Neurastenia devido à insuficiência da energia dos Rins;
Neurastenia devido à insuficiência do sistema "Coração-Baço"). Não iremos estudar
profundamente estas diferenciações, visto que o tratamento que iremos realizar não é
diferenciado.
Sintomatologia
O indivíduo acometido por neurastenia apresenta, geralmente, impossibilidade de realizar
atividades físicas, oscilação contínua de humor, depressão, tremores sem causa aparente,

________________________________________________________
Carlos Janeira - 18 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

dormência e formigamentos dos membros, memória debilitada, vertigens, dores de cabeça


e musculares, insônia, dificuldade de concentração.
Tratamento
- Amassamento na zona de vertigem e audição fazendo a linha 100 vezes.
- Método de bicada nas duas áreas da visão 40 vezes em cada uma.
- Empurrar na zona da cavidade torácica e amassamento circular, alternar entre um e outro
fazendo 100 vezes.

ASMA

Definição
A asma é causada por inflamação nas vias respiratórias. Quando ocorre um ataque de
asma, os músculos ao redor das vias respiratórias ficam apertados e a parte interna das
passagens de ar incha. Isso reduz a quantidade de ar que pode passar.
Em pessoas sensíveis, os sintomas da asma podem ser desencadeados pela inalação de
substâncias que causam alergia (chamadas alérgenos ou desencadeadores).
Na medicina chinesa, a asma, como o enfisema, está classificada no grupo das doenças
chamadas de "obstrução".
Sintomatologia
 Tosse com ou sem produção de muco.
 Repuxar a pele entre as costelas durante a respiração (retrações intercostais)
 Deficiência respiratória que piora com exercício ou atividade
 Vem em episódios com períodos intercalados sem sintomas
 Pode ser pior à noite ou no início da manhã
 Piora quando se inspira ar frio
 Piora com exercício
Tratamento
- Empurrar com a palma da mão transversalmente na zona motora, este movimento é
realizado 100 vezes.
- Empurrar na zona do tórax 100 vezes.
- Friccionar na área do tórax 100 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 19 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

DOR EPIGÁSTRICA

Definição
A Dor epigástrica é um tipo de desordem que manifesta; uma dor na região epigástrica
como sintoma principal. E causada geralmente por doenças do aparelho digestivo, superior,
tais como gastrite crónica, úlcera gástrica em estado inativo úlcera duodenal, gastro
espasmo, neurose gastrointestinal e outras desordens disfuncionais do trato digestivo
superior.
Manifestações clínicas
A dor de estômago é geralmente um sintoma de inflamação ou ferida na mucosa gástrica.
A dor característica da gastrite pode manifestar-se através de sintomas como a sensação de
ardor ou pontadas agudas na região abdominal superior.
Pela MTC a dor epigástrica pode estar associada a:
 Ataque de frio no estômago
 Retenção de comida
 Ataque ao estômago pelo Qi do Fígado
 Debilidade e Frio do Baço e do Estômago
Tratamento
- Empurrar bilateralmente nas áreas da cavidade torácica e zona do estômago 200 vezes em
cada área.
- Amassamento com polpa do polegar nas mesmas áreas 100 vezes em cada área.

IMPOTÊNCIA

Definição
A impotência sexual masculina ou disfunção erétil é a incapacidade de iniciar e manter
uma ereção em pelo menos metade das tentativas de contato íntimo, podendo também ser
considerada a interrupção das tentativas durante a relação.
Pela MTC a impotência geralmente é causada por dano no yang dos rins, sendo este
resultado de ejaculação repetida ou atividade sexual em excesso. Também pode ser
causada por dano ao QI do coração, baço e rins resultante de fatores emocionais tais como
medo e preocupação. No caso de insuficiência de yang dos rins pode haver palidez,

________________________________________________________
Carlos Janeira - 20 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

tonturas, obscurecimento da visão, desatenção, dor e fraqueza na região lombar e nos


joelhos, e urina frequente.
Tratamento
- Empurrar com polpa do dedo polegar na zona sensitiva, este movimento é realizado 100
vezes.
- Amassar com polpa dedo polegar na área sensitiva 100 vezes.
- Empurrar com polpa polegar na zona genital no sentido da testa 100 vezes

DISMENORREIA

Definição
A Dismenorreia concerne a uma dor que ocorre no baixo abdómen, antes, durante ou após
o período menstrual. Na Medicina Tradicional Chinesa denomina-se como "Dor
Abdominal Durante a Menstruação". Esta doença classifica-se em dois tipos, Dismenorreia
Primária e Secundária. Segundo a MTC a sua causa principal advém de uma circulação
anormal de Qi e de sangue.
Manifestações clínicas
A Dismenorreia ocorre principalmente em adolescentes e geralmente, sucede 6 a 12 meses
após a menarca. Usualmente a dor surge na fase inicial da menstruação. O primeiro ataque
ocorre 12 horas antes da menstruação surgir e a dor apresenta-se mais intensa no primeiro
dia do período, aliviando no segundo e terceiro dias. A doença divide-se nos seguintes
tipos, segundo a MTC:
 Estagnação de Qi e de Sangue.
 Retenção de Frio e de Humidade
 Deficiência de Qi e de Sangue
Diagnóstico
 Dor abdominal relacionada com a menstruação.
 Ausência ou interrupção da regra (menstruação) após doenças orgânicas.
Tratamento
- Empurrar e amassar alternadamente na zona sensitiva e motora do pé no sentido frontal
parietal 250 vezes.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 21 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

- Método de bicada na mesma zona 100 vezes.


- Empurrar e amassar alternadamente na zona genital no sentido occipital frontal 250
vezes.
Nota: Este tratamento não poderá ser realizado durante o período menstrual.

DÔR DE DENTES

Sintomatologia
Os sintomas da dor de dentes mais comuns incluem a dor propriamente dita e podem
incluir dor em torno do dente ou na gengiva. A dor causada pela dor de dentes pode ser
intensa e esporádica, latejante, ou moderada mas constante. Algumas pessoas só a
experienciam quando se exerce pressão na área afetada.
Sintomas de dor de dentes adicionais incluem inchaço da gengiva ao redor do dente
afetado, uma ligeira febre ou dor de cabeça e, às vezes, poderá haver lugar a um
corrimento na área do dente afetado devido a uma possível infeção.
Tratamento
- Empurrar e amassar alternadamente nos 2/3 inferiores da zona sensitiva no sentido
descendente 100 vezes.
- Empurrar na zona do estômago no sentido occipital frontal 100 vezes.

CIATALGIA

Definição e Sintomatologia
A ciatalgia, também conhecida como ciática, é uma dor na perna devido à irritação ou
compressão do nervo ciático. Essa dor geralmente sente-se desde a parte posterior da coxa
até à parte posterior da perna, podendo a dor ir até aos pés. Para além da dor, pode haver
entorpecimento e dificuldade de movimentação e controle da perna. Embora a ciática seja
uma forma de dor relativamente comum, o verdadeiro significado do termo é muitas vezes
mal compreendido. Ciática é a série de sintomas, e não o diagnóstico para o que está a
irritar o nervo e a causar dor.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 22 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

Tratamento
- Empurrar e amassar alternadamente no 1/5 superior da zona sensitiva no sentido
descendente 200 vezes.
- Empurrar com raiz da palma da mão na zona sensitiva desde a linha de referência até à
zona de vertigem e audição 100 vezes.

NÁUSEA

Definição e Sintomatologia
Náusea ou enjoo é a sensação de desconforto no estômago com uma vontade urgente de
vomitar.
A náusea também é uma defesa do organismo, já que é a preparação para o vômito e a
expulsão de substâncias que podem estar a causar problemas ao organismo. É o caso da
náusea que ocorre após consumo de grande quantidade de bebidas alcoólicas. A náusea é
um sintoma geral e inespecífico, que chama a atenção para um problema do organismo que
nem sempre é facilmente detestável. As náuseas podem melhorar evitando-se a ingestão de
alimentos sólidos.
Existe também a náusea de origem psicológica, como aquela que ocorre quando vemos
alguma coisa repugnante, pode ser também tonturas repentinas. É a forma da consciência
subjetiva de dizer que não aceita aquilo.
Tratamento
- Empurrar nos 2/3 inferiores da zona sensitiva no sentido descendente 100 vezes.
- Empurrar e amassar alternadamente na zona de vertigem e audição no sentido occipital
frontal 50 vezes.
- Empurrar e ou utilizar o método de bicada na zona do equilíbrio 50 vezes.
- Empurrar e amassar alternadamente na zona do estômago no sentido occipital frontal 50
vezes.
Nota: Esta técnica pode ser utilizada antes ou mesmo durante o episódio de enjoo.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 23 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

TORCICOLO

Definição
O torcicolo é também denominado em chinês de "queda da almofada" ou "perda da
almofada".
Com frequência, o torcicolo acomete pessoas acima dos 20 anos, e com maior
probabilidade de acontecer nas estações do inverno e na primavera.
Na sua grande maioria, as causas devem-se ao cansaço durante o dia, ao corpo debilitado, a
dormir com a cabeça mal posicionada ou almofada com altura inadequada ou dura. Estes
fatores fazem com que a musculatura do pescoço (Esternocleidomastóideu, trapézio,
elevador da escápula, etc.) permaneçam durante muito tempo alongados ou tensos,
provocando lesões ou espasmos do músculo, dando origem ao aparecimento desta
patologia. Outras causas são devidas a: movimentação inadequada, invasão de vento e frio,
humidade, causando assim estagnação do QI, causando assim obstrução ao sangue e à
linfa.
Sintomatologia
Dores no pescoço, rigidez, limitação de movimentos, impossibilidade de girar o pescoço
livremente; a cabeça fica inclinada para o lado afetado, dificuldade em estender, flexionar
ou lateralizar a coluna cervical. A dor aparece com o movimento.
Alguns pacientes apresentam dores na borda superior da escápula. Ao palpar os músculos
do pescoço o paciente sente dores, e nota-se a existência de áreas rígidas e nódulos.
Se a dor for leve, melhora naturalmente passados quatro a cinco dias, se for mais grave, a
dor geralmente irradia para a cabeça costas e braços, limitando até os movimentos do
braço.
Tratamento
- Empurrar nos 2/3 superiores da zona sensitiva no sentido descendente 200 vezes.
- Empurrar na mesma zona com hipotenar até aquecer um pouco e durante mais ou menos
4 minutos em movimentos lentos.

________________________________________________________
Carlos Janeira - 24 -
Tui-Ná Craniano___________________________________________

SÍNDROME TÚNEL DO CARPO

Definição e Sintomatologia
A síndrome do canal cárpico é caracterizada pela compressão do nervo mediano, na sua
passagem pelo túnel do carpo, localizado no punho.
Tem como sintomas principais parestesias nos dedos, dores no punho e na mão e
diminuição da sensibilidade, ou formigueiro no punho, geralmente associada a movimentos
manuais repetitivos. Em alguns casos esta síndrome não parece estar relacionada com
qualquer causa específica, mas ocorre mais facilmente em pessoas que têm problemas
circulatórios. Ela resulta da compressão do nervo mediano, responsável pela sensibilidade
e motricidade do polegar e de alguns outros dedos e músculos da mão. Esse nervo
juntamente com os nove tendões que permitem os movimentos dos dedos da mão passam,
através de um canal encontrado na base do punho. A porção superior desse canal é formada
por um tecido conjuntivo resistente, denominado ligamento.
Esta síndrome não é uma doença nova, mas nos últimos anos tornou-se mais comum. Hoje
com o uso do computador permanece-se horas na mesma posição, em que o punho trabalha
sem parar, por vezes de forma muito precisa e rigorosa. Os movimentos repetitivos sem o
tempo adequado de recuperação, são responsáveis pela inflamação e edema do canal
cárpico, os tendões ficam irritados e empurram o nervo mediano em direção ao ligamento,
causando dor nessa região.
Para além disso existem doenças que contribuem para a diminuição do volume do canal
cárpico, tais como:
Hiperplasia, fratura e deslocamento do osso cárpico, engrossamento dos ligamentos
interósseos intercárpicos, inchaço e distensão dos tendões do canal cárpico.
Tratamento
- Empurrar transversalmente com palma da mão no sentido posterior anterior 100 vezes
- Amassamento com polpa dedo polegar, bilateralmente na área da zona sensitiva e motora
do pé, fazendo movimento circular 100 vezes.
- Empurrar transversalmente com raiz da palma da mão no sentido posterior anterior 500
vezes

________________________________________________________
Carlos Janeira - 25 -

Você também pode gostar