Você está na página 1de 4

Microbiologia:

É a ciência que estuda os microorganismos.

Bactérias;

São contistuidas por células Procariontes e fazem parte do Reino Monera, são unicelulares, são
seres microscópios.

São compostos por elementos essências e não essências.

 Componentes Essências:
 Membrana Celular: Um envoltório que reveste a célula tem a função de
Pearmebilidade Seletiva.
 Citoplasma; Espaço dentro da célula, onde fica os elementos da célula para sua
sobrevivência.
 Polir ribossomos; Ficam soltos no citoplasma e produzem proteínas.
 Material Genético; Formado por uma molécula de D.N.A que forma o núcleo
bacteriano, onde fica toda sua informação de funcionamento da célula.
 Parede Celular; É o envoltório, por fora da membrana celular, pode variar em duas
situações podendo da origem a duas bactérias, Gram + ou Gram -, a Gram- é de mais
difícil controle,se dá a diferença pela espessura da parede celular.

Observações:

Bactericida: Mata a Bactéria

Bacteriostático: Freia a Bactéria.

Fator de Patogenicidade: Capacidade de causar danos ao hospedeiro, são feitos pelos


componentes não-essenciais.

Componentes Não-Essenciais: São Responsáveis pela Patogenicidade, são compostos por esses
elementos:

 Cápsula: Um envoltório que fica depois da parede celular, na tentativa de camuflar a


defesa imunológica do organismo, a capsula ajuda a identificar a bactéria.
 Flagelo: Um adendo,em forma de cauda, que traz mobilidade a bactéria, aumentando
a infecção.
 Pili-sexual ou Pili-Reprodutor: Tem aspecto como se fossem fios de cabelo, nascem do
citoplasma e tem objetivo de permitir a bactéria a capacidade de aderir a outra célula
(esta podendo ser Eucarionte ou Procarionte), transferência onidirecional (única
direção) de informação genética.
 Plasmidios: São fragmentos de D.N.A bacterianos, onde fica as informações genéticas
passando para outra Bactéria.
 Conjugação: É a transmição de plasmidios de uma bactéria doadora para uma
receptora.
 Esporo Ou Endósporos; Está relacionado a sobrevivência da bactéria, Esporos são
envoltórios protéicos que se faz para proteger o D.N.A
 Esporulada; É uma forma primitiva da bactéria, na qual ela cria vários esporos para
sobreviver no meio desfavorável.

Morfologia Bacteriana:
1) Cocos: Formato Arredondado.O
 OO= Diplococos
 OOOOOO=Estreptococos (Fileiras)
 Estafilococos( Em forma de Cachos)

2) Bacilos: Em forma de Bastão.


3) Vibriões: Formato de Mola.
4) Espirilos:Formato de Virgula.

Patogênese Bacteriana:

Um processo infeccioso pode ser dividido em vários estágios:

1-Penetração no hospedeiro, com evasão das defesas primarias.

2-Adesão ao microorganismo das células do hospedeiro.

3-Propagação do Patogenio

4- Danos as células do hospedeiro por toxinas ou processo inflamatório.

VIRUS:

Agentes infectantes de células vivas.

Caracteristicas; Parasita Obrigatorio, Acelular(Não tem célula), Cristalizado(Quando esta fora


da célula viva), Tropismo( Atração que o vírus tem por determinados tipos de celulares
específicos).

Organização: O Virus é formado por uma molécula de DNA ou RNA.

Elementos que formam o vírus:

 Capsideo: Uma membrana protéica que protege a unidade de DNA ou RNA.


 Capsômeo: É a unidade protéica que forma o capsideo, e que vai identificar o vírus.

Observações:

Alguns vírus apresentam um envoltório chamado de Envelope, Esse vírus é chamado de


Envelopado, isso ocorre quando o vírus invade uma célula viva, ele forma esse envelope com
um pedaço da membrana celular de uma célula eucarionte.

Quando o Virus consegue entrar numa célula viva, ele consegue dominar seu DNA.
Arbovirus: São Vírus transmitidos através do Mosquito, exemplos:Dengue e Febre Amarela.

O vírus do HIV Ataca os linfócitos T4(Sistema imunológico)

Infecção viral:

A infecção viral tem dois ciclos, o Ciclo Lisogênico e o Ciclo Lítico.

Ciclo Lisogênico: É quando o vírus está Inativo, período de Latência (como se o vírus estivesse
adormecido), e a pessoa não apresenta sintomas (Assintomático).

Ciclo Lítico: É quando o vírus esta Ativo e quando a pessoa apresenta o sintoma(Sintomático).

Vacinas: O objetivo da vacina é imunização (livre da possibilidade de desenvolver


determinadas doenças), a vacina é um preparado de vírus mortos ou atenuados, que serve
para estimular o sistema imunológico a desenvolver anticorpos específicos.

Soro: É um preparado de anticorpos que foram produzidos no cavalo, que serve quando
precisa de anticorpos com urgência, ex o soro da cobra.

Retrovírus: São vírus cujo o miolo de RNA, na célula hospedeira, formam uma molécula de
DNA, a qual vai presidir a reprodução numerosa de copias do RNA Viral, assim há uma invasão
do processo habitual, pelo qual moléculas de DNA formam moléculas de RNA, o vírus da AIDS
está nesse grupo.

Todo Retrovírus tem RNA no seu miolo.

Transcriptase reversa: é a proteína que permite que o RNA produza o DNA.