Você está na página 1de 26

PROF.

CARLOS BIDU
Max Weber
Sociólogo alemão, foi o criador da Sociologia da
Burocracia. Foi professor das universidades de Friburgo e
de Heidelberg e ficou famoso pela teoria das estruturas de
autoridade.
Origens da Burocracia
Max Weber

Buscava racionalidade técnica para construir um sistema administrativo

Estrutura de relacionamentos humanos


necessários para expandir a produtividade

Definição de burocracia:trabalho baseado em papéis e documentos,


movimentados em seqüência contínua entre as várias unidades componentes
da estrutura organizacional

Organização burocrática: exercício do controle com base no


conhecimento
Origens da Burocracia
“A burocracia é uma
forma de organização
humana que se baseia na
racionalidade, isto é, na
adequação dos meios aos
objetivos (fins)
pretendidos, a fim de
garantir a máxima
eficiência possível no
alcance desses
objetivos”.
Tipos de sociedade

a) Sociedade Tradicional
b) Sociedade Carismática
c) Sociedade legal, racional ou
burocrática
Tipos de Sociedade Características Exemplos

Tradicional Patriarcal e Clã, tribo, família,


patrimonialista. sociedade medieval
Conservantismo

Carismática Personalista, mística Grupos


e arbitrária. revolucionários,
Revolucionária partidos políticos,
nações em
revolução

Legal, racional ou Racionalidade dos Estados modernos,


burocrática meios e dos grandes empresas,
objetivos exércitos
Tipos de Autoridade

Para Weber, cada tipo de


sociedade corresponde
um tipo de autoridade.
“Autoridade significa a
probabilidade de que um
comando ou ordem
especifica seja obedecido.
A autoridade representa o
poder institucionalizado e
oficializado.
Tipos de Autoridade

a) Autoridade Tradicional
O domínio patriarcal do pai de família, do chefe do clâ,
o despotismo real representam apenas o tipo mais puro
de autoridade tradicional . O poder tradicional, pode
ser transmitido por herança e é extremamente
conservador.

A dominação tradicional, pode assumir duas formas de


aparato administrativo para garantir sua sobrevivência.
1. Forma Patrimonial
2. Forma Feudal
b) Autoridade Carismática
O poder carismático é um poder sem
base racional, é instável e facilmente
adquire característica revolucionarias. Não
pode ser delegado, nem recebido em
herança, como o tradicional.
c) Autoridade Legal, racional ou burocrática

É o tipo de autoridade técnica,


meritocrática e administrada. A ideia
básica fundamenta-se no fato de que as leis
podem ser promulgadas e regulamentadas
através de procedimentos formais e
corretos. O conjunto governante é eleito e
exerce o comando de autoridade sobre seus
comandos, seguindo certas normas e leis.
O aparato administrativo na dominação legal
é a burocracia.
Weber identifica três fatores para o
desenvolvimento da burocracia

1. Desenvolvimento da economia
2. Crescimento quantitativo e qualitativo das tarefas
administrativas do Estado moderno
3. A superioridade técnica do modelo burocrático -
em termos de eficiência.
A burocracia é baseada em:

1. Caráter legal das normas Consequências


2. Caráter formal das Objetivo
previstas:
comunicações
3. Divisão do trabalho Previsibilidade Máxima
4. Impessoalidade no do eficiência da
relacionamento comportamento organização
5. Hierarquização da humano.
Padronização
autoridade
do desempenho
6. Rotinas e procedimentos dos
7. Competência técnica mérito participantes
8. Especialização da
administração
9. Profissionalização
10. Previsibilidade do
funcionamento
Vantagens da Burocracia

1. Racionalidade
2. Precisão na definição do cargo e na operação
3. Rapidez nas decisões
4. Univocidade de interpretação
5. Uniformidade de rotinas e procedimentos
6. Continuidade da organização
7. Redução do atrito entre as pessoas
8. Constância
9. Confiabilidade
10. Benefícios para as pessoas
SOCIEDADE BUROCRÁTICA:
DIVISÃO DA PRODUÇÃO E
ORGANIZAÇÃO
A BUROCRACIA DE WEBER

• Divisão do trabalho: Tarefas simples para qualquer pessoa se


especializar em tempo mínimo
• Hierarquia de autoridade: Cadeia de comando com responsabilidades,
deveres e privilégios específicos
• Racionalidade: Seleção, promoção, adequação do desempenho do
trabalho às qualificações
• Regras e padrões: Decisões guiadas por regras, disciplina e controles
• Compromisso profissional: administradores ganham salários fixos e não
são donos dos negócios; gerente treinados para melhor qualificação e
eficiência organizacional
• Registros escritos: continuidade e uniformidade de ação sobre
transações da organização
• Impessoalidade: regras e procedimentos aplicados de modo uniforme e
imparcial
TEORIA DA AUTORIDADE (SISTEmA DE
cOnTROlE SOcIAl)
• Poder: é a probabilidade de o indivíduo executar sua vontade apesar das
resistências opostas (controle mediante ameaças, coações, manipulação
das condições) ≠ autoridade (obediência voluntária)

• Persuasão: É a faculdade de o indivíduo influenciar a decisão ou ação de


outro, mediante a razão, a lógica e a argumentação

• Tipos puros de autoridade


– Tradicional: ordem social sagrada. Direito divino, tradição cultural,
herança. Ex: tribo, clã, sociedade medievais, família.
– Carismática: rejeição à tradição e contra ordem social vigente. Ordem
encarnada numa pessoa. Ex: partidos políticos, revolucionários,
grupos religiosos
– Racional: Baseada em normas sociais, administradas pela
meritocracia, com traços impessoais, técnicos e racionais.
Exemplo: exércitos, administração pública e empresas
Exemplo de Organização Burocrática
PROFISSIONALIZAÇÃO DOS PARTICIPANTES

Cada funcionário da burocracia é um profissional, pois:


É um especialista. Cada funcionário é especializado nas atividades do seu cargo.
É assalariado. Os funcionários da burocracia participam da organização e recebem
salários em função do cargo que ocupam.
É ocupante de cargo. O funcionário da burocracia é um ocupante de cargo e seu
cargo é sua principal atividade dentro da organização.
É nomeado pelo superior hierárquico. O funcionário é um profissional selecionado,
nomeado, assalariado, promovido ou demitido da organização pelo seu superior
hierárquico.
Seu mandato é por tempo indeterminado. Quando um funcionário ocupa um cargo,
seu tempo de permanência é indefinido e indeterminado.
 Segue carreira dentro da organização. Na medida em que um
funcionário demonstra mérito, capacidade e competência, ele pode ser
promovido para cargos superiores.
 Não possui a propriedade dos meios de produção e administração.
O administrador gere a organização em nome dos proprietários e o
funcionário, para trabalhar, precisa de máquinas e equipamentos que
não são de sua propriedade.
 É fiel ao cargo e identifica-se com os objetivos da empresa. O
funcionário defende os interesses do cargo e da organização em
detrimento dos demais interesses envolvidos.
PREVISIBILIDADE DO COMPORTAMENTO

A consequência desejada da burocracia é a previsibilidade do


comportamento dos seus membros.
O modelo burocrático pressupõe que o comportamento dos membros da
organização é perfeitamente previsível: todos deverão comportar-se de
acordo com as normas e os regulamentos da organização, a fim de que
esta atinja a máxima eficiência possível.
.
Qualidade do que é lento, qualidade
daquilo que podendo acontecer num
Lentidão: tempo mais breve estende-se num tempo
prolongado

Você também pode gostar