Você está na página 1de 346

Matemátic

a
3 a edição
São Paulo - 2013
Coleção Caderno do Futuro
Matemática
© IBEP, 2013
Diretor superintendenteJorge Yunes
Gerente editorial
Célia de Assis
EditorMizue Jyo
Assessora pedagógica Valdeci Loch
RevisãoAndré Tadashi Odashima
Luiz Gustavo Micheletti Bazana
Coordenadora de arte Karina Monteiro
Assistente de arte Marilia Vilela
Tomás Troppmair
Nane Carvalho
Carla Almeida Freire
Coordenadora de iconografia Maria do Céu Pires Passuello
Assistente de iconografia Adriana Neves
Wilson de Castilho
Produção gráfica José Antônio Ferraz
Assistente de produção gráfica Eliane M. M. Ferreira
Projeto gráfico Departamento de Arte Ibep
Capa Departamento de Arte Ibep
Editoração eletrônica N-Publicações

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO


NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ
P32m

Passos, Célia
Matemática : 4º ano / Célia Maria Costa Passos, Zeneide Albuquerque
Inocêncio da Silva. - 3. ed. - São Paulo : IBEP,
2012. il. ; 28 cm. (Caderno do futuro)

ISBN 978-85-342-3537-2 (aluno) - 978-85-342-3542-6 (mestre)

1. Matemática (Ensino fundamental) - Estudo e ensino. I. Silva, Zeneide.


II. Título. III. Série.

12-8640. CDD: 372.72


CDU: 373.3.016:510

26.11.12 28.11.12 040981

a
3 edição - São Paulo - 2013
Todos os direitos reservados.

Av. Alexandre Mackenzie, 619 - Jaguaré


São Paulo - SP - 05322-000 - Brasil - Tel.: (11) 2799-7799
www.editoraibep.com.br editoras@ibep-nacional.com.br
SUMÁ
RIO
Bloco 1 ....................................................... 04 Bloco 6 ...................................................... 101
Números naturais Fração
Ordem crescente e ordem decrescente Leitura de frações
Números ordinais Frações decimais
Comparação de frações
Bloco 2 ....................................................... 14 Frações equivalentes
Fração de um número natural
Sistema de numeração decimal Adição e subtração de frações
Ordens e classes
Números pares e números ímpares Geometria: ângulo
Números romanos
Figuras simétricas
Bloco 7 ..................................................... 122
Números decimais
Bloco 3 ...................................................... 34 Adição e subtração de números decimais
Multiplicação de números decimais
Operações com números naturais Multiplicação de um número decimal por 10, 100, 1000
Adição Divisão de um número decimal por 10, 100, 1000
Propriedades da adição
Subtração Polígonos
– Expressões numéricas: adição e subtração
– Geometria Bloco 8 ..................................................... 140
Reta Sentenças matemáticas
Segmento de reta – Cálculo de um termo desconhecido
Semirreta Nosso dinheiro
– Lucro e prejuízo
Bloco 4 ...................................................... 63 Medidas de tempo
– Hora, minuto e segundo
Multiplicação – Outras unidades de tempo
Propriedades da multiplicação
Verificação da multiplicação Sólidos geométricos: poliedros
Multiplicação por 10, 100, 1000
Dobro, triplo, quádruplo, quíntuplo Bloco 9 ..................................................... 162
Múltiplo de um número natural Medidas de comprimento
– O metro
Bloco 5 ..................................................... 84 – Múltiplos e submúltiplos do metro
Perímetro
Operações com números naturais Medidas de massa
Divisão – O grama
Verificação da divisão – Múltiplos e submúltiplos do grama
Divisão por 10, 100, 1000 Medidas de capacidade
Divisor de um número natural – O litro
Expressões numéricas – Múltiplos e submúltiplos do litro
1. E“crev{ para cada um do“ número“:
B LO C O1
a) o sucesso’ b) o antecesso’
CONTEÚDOS: u
• Números 46
naturais
• Ordem 113
crescente e 90
ordem
decrescente 332
• Números 699
ordinais
170
1 429
199
N ú meros 84
naturais 321

• Partindo do
zero e
acrescentando
sempre uma
unidade, temos
a sequência dos
números
naturais, que é
infinita.
• Todos os
números
naturais, a
partir do zero,
têm um
antecessor e
2 Re
7 N so o¿eraçõƒs
6 Œ
v{ indicadas e
6 as
0 co¼-
1 plete.
9 a)
2
3 o
2 sucesso
1 ’
5
8 de
0 b)
4
o
5
0 anteces
1 so’
5 de
0
0 65
9
+
9
9 2
5
é
8
1 37
+

3
é

4
c) o sucesso’ de d) o antecesso’ de 4. C¾¼ o“ algarismo“ 7, 8 e 9, fo’me
to‚o“ o“ número“ po“sívƒis.
234 + 12 é 138 – 15 é
a) co¼ do‰s algarismo“ não repetido“

b) co¼ do‰s algarismo“, po‚endo repetir


algarismo“
e) o sucesso’ de f) o antecesso’ de
c) co¼ três algarismo“ não repetido“
189 – 89 é 346 – 14 é
d) co¼ três algarismo“, po‚endo repetir
algarismo“

3. Represente as quantidades indicadas


po’ meio de algarismo“.
5. ¬ub“titua cada uma das letras das
•  quato’ze palav’as pelo“ algarismo“ do“ qua-
dro“ ab{ixo e vƒrifique que número“
•  setecento“ e trinta po‚em ser fo’mado“.

•  cento e v‰nte e o‰to a 1 s 5 c 3 p 8 e 4 z 9


As palav’as são:
•  cinquenta e o‰to
paz casa seca
•  um mil, trezento“ e dez
5
6. E“crev˜ po’ extenso. 7. Represente no quadro o“ seguintes nú-
mero“:
897
a) um mil, trezento“ e quarenta e o‰to.
666 b) um mil e o‰to.
c) do‰s mil, trezento“ e dezesseis.
374 d) três mil, setecento“ e quato’ze.
e) um mil, quatro}ento“ e do‰s.
2413 f) do‰s mil e quato’ze.
g) no¥ƒcento“ e setenta e do‰s.
1340 h) quatro mil, setecento“ e o‰to.
i) um mil e no¥ƒ.
4202 j) cinco mil, trezento“ e setenta e o‰to.

1 Um
C
3 D U
7 a
)
5
b
2
)
4
c
)

d
)
j
6
8. E“crev˜ cinco número“ fo’mado“ po’: 1690

a) quatro algarismo“ 5352

814

b) três
2658
algarismo“
2
0
9
c) do‰s
3780
algarismo“

9. E“crev˜ o“
número“ po’
extenso e
lo}alize-o“ no
caça-
número“.

1500

1269
995
6 2 8 8 2 1
5 2 7 3 7 8 2 9 9 8 5
0 8 0 5 3
3 9 1 6 1 2
1 5 6 5 4 5 1 0 8 4 7
7 7 3 2 5
5 0 4 3 6 6
4 3 1 5 0 0 7 8 1 5 8
4 1 1 6 4
0 4 4 0 9 9
7 5 3 7 5 5 5 5 2 0 9
3 6 7 5 7

7
Ordem crescente e ordem decrescente 12. Reescrev{ o“ número“ do“ quadro“ na
o’dem crescente e na o’dem decrescente.
Use o“ símb¾Œo“ < e >.
• Ordem crescente: do menor para o maior.
• Ordem decrescente: do maior para o menor. 24 - 3 - 15 - 21 - 6 - 18 - 9
27 - 12 - 25 - 50 - 45 - 10 - 20
10. Use > (maio’ que) o§ < (meno’ que) 35 - 30 - 40 - 5
entre o“ número“ ab˜ixo.
52 330
6
53
6

17
9
12
9

63
2
60
2

33
3
436
463350 250

618 591 592 8


718
180 - 96 -
1 1. Reescrev{ o“ 205 -
número“ em o’dem 148 -
crescente. 122 -
88
808 - 880 - 174 - 215 -
799 - 321 -
987 - 262 -
909 162 -
250
898 - 978 - 1
977 - 0
990 - 6
889 -
3
7
5

-
7
1
13. Nas adiçõƒs ab˜ixo, o to”al é maio’ e) 160 + 220 600
o§ meno’ que 600? E„etue as o¿eraçõƒs
para sabƒr.

f) 515 + 28 + 56 600
326 + 280 > 600

326
+ 280
606
g) 395 + 296 600

a) 254 + 284 600

h)
10
0+
90
+
36
0
60
0

b) 472 + 263 600

248 + 308
c) 600
14.
C¾¼ple
te
d) 12 as séries
+705 de
+0 núme
ro“ e escrev{
se
eles estão
na o’dem
crescen
te

decresc
ente.

a) 4 8

b) 28 26
24

9
17. C¾¼plete as sequências.
c) 30 33 36 a) 42 47 52

d) 59 55 b) 88 83 78

c) 61 56 51
15. «rdene do
d) 50 55 60
meno’ para
o
maio’.
5 4 4 6
4 18. Repro‚uza as
7 7 2 9 figuras
ab{ixo na
8 o’dem crescente
0 de
4
tamanho.

5 1 8 349
0
0

16.
E
“ “
c entre
r 5
e 5
v 0
{
na e
5
o’dem 7
d 0
e .
c
r
e
s
c
e
n
t 10
e
o“
n
ú
m
e
-

r
o
N ú meros ordinais 20. E¼ um co½curso de dança, a
classifi- cação fo‰ feita pelo maio’
número de po½to“ o|”ido“. «s cinco
Os números ordinais dão ideia de ordem, lugar ou posição.
primeiro“ co-
10o décimo 20o vigésimo
lo}ado“ fo’am:
11o décimo primeiro 30o trigésimo
12o décimo segundo 40o quadragésimo Ro|ƒrta e Mário 1080
13o décimo terceiro 50o quinquagésimo
14o décimo quarto 60o sexagésimo
15o décimo quinto 70o septuagésimo
C{rlo“ e EŒisa 1548
16o décimo sexto 80o octogésimo
17o décimo sétimo 90o nonagésimo E‚uardo e CŒáudia 1399
18o décimo oitavo 100o centésimo
19o décimo nono Alessandra e G{b’iel 1486

19. «b“ervƒ a po“ição que cada pesso{ Pedro e Mariana 1247


o}upa na fila ab{ixo.
E“crev{ o“ no¼es:

a) do 1º e do último casal coŒo}ado.


1º:
último:

b) seguindo a o’dem de classificação e


Ago’a, co¼plete o quadro. o número de po½to“.

1o
11
c) do casal classificado em 3º lugar. septuagésimo segundo

o}to†ésimo
quarto

d) do .
casal
que
o}upao 21. Use

algaris
lugar
mo“
na para
c repres
l entar
a o“
s seg
s uin
i tes
f
i o’d
c ina
a is:
ç
ã o
o ‰t
av¾
m m ag
d
o o és
é
i
c n q
m
i o u
o
m ½ i

o o n o

sexto t ‰t

t o av

v r ¾

‰ i q qu

g g u in

é é a qu

s s d ag

i i r és
centésimo g
i
p n é
m
r o s
o
i ½ i
m a m
s
e g o
e
i é
x
r s n
a
o i o
g
m ½
é
o o
s

i t d

m r é

o i c
imo sétimo mo

septuag segun

ésimo sexto do

v trigés

‰gésim imo o‰tav¾

o terceiro no½ag

quadragési ésimo no½o

mo o}to†é

simo o
quarto
‰tav¾
quinquagési

12
22. C¾¼plete as sequências. 40º

a) 12º 14º 87º

b) 50º 46º
55º
75º

c) 81º 99º
82º
83º
86º

d 78º
)
1
0
º
2
0
º

e)
28º
20º
22º
6 8º 1

f) 17º
7
41º 24. E“crev{ 2º
43º o 2
antecesso’ º
49º e
o sucesso’ 4
53º
do“ 8º
g) o’dinai
s. 6
5º 0º

8º 3
3
11º º

2 2
7
2
1
2
5
º
3
9
5
3
º

11
13
1. E“crev{ no“ quadrinho“ quantas o’dens
B LO C O2 há em cada número:
CONTEÚDOS: • Sistema
de 3a ordem
numeração
decimal 2a ordem
• Ordens e
classes 1a ordem
• Números
pares e centena
números
ímpares s dezenas
• Números
romanos unidades
• Figuras
4 7
simétricas
1

Sistema de
nu meração O número 471 é
decimal formado por 3
algarismos. Cada
algarismo ocupa uma
ordem.
O sistema de
agrupar unidades
de 10 em 10 fi cou
conhecido como
sistema de base
10, também
chamado sistema
de numeração
decimal.
2 ¾¼ . a a o’dem,
6 plet a das 3. E“crev˜ o
3
e: b) .
O d antecesso’ e o
9 a
a d) O sucesso’ do
7 ) a s algarismo número 542.
6 l 5 o}upa 5
1 O g . a o’dem, a
9 a das 4
n r c) . 2
7 ú i O
m s
56 e m a 14
2 r o l
o g
3 2 a
9 5 r
6 4 o i
2 } s
9 u m
8 t p o
e a
4 m a
4
3 o o o
0 ’ ’ }
3 d d u
e e
2. p
n m
C a
s ,
4. Represente o“ número“ no quadro de 6. Leia e escrev{ em algarismo“ o núme-
o’dens: ro co’respo½dente a:

a 3 a o’dem o
o’de • sete dezenas
) m
4
7
1
b) 27 C D
92 2 U
8
c)
70 f) g) h)
2
d)
699 5
.
e) C
53 ¾
0 ¼
p
f) l
84 e
c) t
g)
e
306 .

h)
nas ‰to dezenas e 7. C¾¼plete. unidades.
• sete unidades Lê-se:
• 762:
quatr
• duas centenas 631:
o seten centenas,
ta e cinco centenas, dezena
unida dezenas dezenas e e unidade.
des deze Lê-se:
nas • uma centena e
• três seis dezenas
15
• o
cente • v‰nte dezenas

100 centena
=
unidades =
unidades
dezenas

100
unidades =

centena

1
centena =

dezena
s

1
498: centenas, dezenas e unidades. 8. C¾¼po½ha o“ número“.
Lê-se:
6 centenas + 3 dezenas + 1 unidade
532: centenas, dezenas e unidades.
Lê-se:
3 centenas + 4 dezenas + 2 unidades
194: centena, dezenas e unidades.
Lê-se:
7 centenas + 2 dezenas + 8 unidades
326: centenas, dezenas e unidades.
Lê-se:
9 centenas + 8 dezenas + 5 unidades
848: centenas, dezenas e unidades.
Lê-se:
1 centena + 7 dezenas + 6 unidades
645: centenas, dezenas e unidades.
Lê-se:
4 centenas + 9 dezenas + 7 unidades
192: centena, dezenas e unidades.
Lê-se:
5 centenas + 7 dezenas + 1 unidade
271: centenas, dezenas e unidade.
Lê-se:
8 centenas + 1 dezena + 4 unidades
200: centenas, dezenas e unidade.
Lê-se: 16
Ordens e classes 10. «b“ervƒ o exemplo e faça o mesmo.

U¼ C U¼ C
Cada 3 ordens D U
formam uma D U
classe com:
1 3
unidades, 9 6 2 4
centenas, 8
dezenas.
1 7

unidade
3a classe2a de
classe 1a
Milhõƒs (M)
Milhare
milhar
Unidades 13
centen
as
139
dezena
s
1396
unidad
es
9 8 7 6 5 4 3 2 1
a a a a a a a a a U
o’ o’ o’ o’ o’ o’ o’ o’ o U¼
d de de de de de de de ’
e m m m m m m m d
m e
C
m
D
C U¼
¼i 8 ¾}up
1 4 a o’dem,
® ¼i
2 das 1 1. C¾¼plete.
U ¼i
.
C¼ 5 1D= U
®¼ c) O
9 algarismo 1 1C= D= U

¾}upa
C
o’dem, a das1 Um = C=
D=
® U
U
.
1 Dm = Um = C=
d) O D= U

9. C¾¼plete co¼ algarismo 7


¾}upa
atenção. o’dem, a das

a) .
b)
O
O 17

me a
ro l
g
21 a
87 r
tem i
o’ s
de m
ns. o
12. ®eco¼po½ha o“ número“, seguindo o 13. E“crev˜ po’ extenso.
exemplo.
• 176
3922 3 unidades de milhar,
9 centenas, 2 dezenas e 2 unidades • 984

• 2337
1865
• 1807

3541 • 6422

• 8006
5789
• 5740

8473 • 7043

• 3999
7214
• 1822

6329 • 4564

• 2001
2926
18
14. Represente o“ número“ no quadro de 15. «b“ervƒ o exemplo e co¼po½ha o“ nú-
o’dens: mero“.

a) um mil, seiscento“ e quarenta e do‰s 3 unidades de milhar, 6 centenas,


b) cinco mil e v‰nte e no¥ƒ 4 dezenas e 7 unidades 3647
c) no¥ƒcento“ e setenta e o‰to
d) do‰s mil, trezento“ e o‰tenta e no¥ƒ 2 unidades de milhar, 7 centenas,
e) o‰to}ento“ e no¥ƒnta 8 dezenas e 9 unidades
f) três mil, quinhento“ e trinta e no¥ƒ
g) cinquenta e sete 7 unidades de milhar, 1 centena,
6 dezenas e 5 unidades
C C ades
Œ Œ
a a
s s
s
s
e
e
d
o d

a
m
s
il
h u
ar n
es
i
d
s milhar, 2
4 centenas, 6 unidades de 8 unidades de
d 9 dezenas e 3 milhar, 5 milhar, 3
unidade e unidades centenas,
centenas,
C¼ D¼ f 4 dezenas e 2 5 dezenas e 4
U¼ unidades unidades
C D )
U
9 unidades de 5 unidades de
a milhar, 4
g milhar, 8
) ) centenas, centenas,
3 dezenas e 1 1 dezena e 8
unidade unidades
b
) 19

c
)

d
)

e
)
1 unidade de milhar, 1 centena, 7 deze- 17. C¾¼plete o quadro de o’dens.
nas e 5 unidades C CŒa
2 unidades Πsse
de a das
milhar, s u
2 s n
centenas, e i
8 d
d
a
o
d

e
m s
i
l
h
a
r
e
s
dezenas e 9 565
9 27
unidades 6 12 536

16. E“crev{ po’ 7 25 489


extenso o“ 23
9
número“. 31 708
6
s 8
7 C¼ D¼ U¼
C D
4 836 0
1 20
6 807
5
5 238
3
8 300
2 209 4
2
6 132 1
9 574

4 18. E“crev{
o
número
5
co’respo½d
ente a:

o‰to
mil,
seiscent
as e
setenta
unidade
do©e mil, quinhentas e sete unidades: 19. ®eco¼po½ha o“ número“.

32 741
seis mil, cento e quatro unidades:
65 789
quinze mil,
no¥ƒcentas
e v‰nte
unidades:

18 954
dez mil,
trezentas e
no¥ƒnta
unidades:

27 398
cinco mil,
cento e
no¥ƒ
unidades:

16 685
dezo‰to mil,
setecentas
v‰nte unidades:
v‰nte e três 24 576
mil,
quinhentas e 36 202
setenta
unidades:

trinta e do‰s
mil, 45 435
quatro}entas e
ses-
senta unidades:

21
52 128 - 21. C¾¼po½ha o“ número“.

8 centenas de milhar, 5 dezenas de


94 978 - milhar, 7 unidades de milhar, 4 cente-
nas, 2 dezenas e 3 unidades

20. C¾¼plete o quadro de o’dens.


4 centenas de milhar, 2 dezenas de mi-
C¼ ®¼ U¼ C D U lhar, 8 unidades de milhar, 9 centenas,
0 dezena e 9 unidades
5 265
76 804
8 centenas de milhar, 2 dezenas de
28 419 milhar, 6 unidades de milhar, 1 cente-
na, 0 dezena e 3 unidades
64 500
191 709
7 centenas de milhar, 4 dezenas de mi-
480 142 lhar, 5 unidades de milhar, 8 centenas,
87 370 8 dezenas e 2 unidades

142 005
206 407 4 centenas de milhar, 6 dezenas de
milhar, 3 unidades de milhar, 4 cen-
92 718 tenas, 2 dezenas e 1 unidade
150 000
22
9 centenas de milhar, 6 dezenas de g) cinco mil, quatro}ento“ e no¥ƒnta e
milhar, 3 unidades de milhar, 5 cen- do‰s
tenas, 4 dezenas e 7 unidades h) cinquenta e cinco mil, quinhento“ e
cinquenta e cinco
i) o‰tenta e sete mil, trezento“ e quarenta e
6 centenas de milhar, 3 dezenas de o‰to
milhar, 2 unidades de milhar, 7 cente- nas, C C
m
8 Œ
a
dezen s
as e
s
9 e
unida das
des
u
n
i
d
a
d
e
s
5 centenas milhar, 7
de milhar, 8 unidades de
dezenas de milhar, 1
cente- na, 6 mil ƒ C¼ ®¼
dezenas e 5 e c U¼
unidades sess e C
enta n D
e o t U
‰to o
a
22. Represente no b) “
quadro de treze )
mil, e
o’dens o“ quin
n hent n
o b
ú o“ e
m dez ¥ )
e c) no¥ƒ mil, ƒ
r duzento“ e n
o quarenta e t
“ três a c
d) trinta e do‰s f) quarenta e
o‰to mil, )
a mil,
b quinhento“ setecento“ e
{ e o‰tenta o½ze
i e cinco d
x e
o )
)
.
n
a) o e
seis ¥
)

f )

g )

23
N ú meros pares e nú meros 24. «b“ervƒ estes número“. Pense e escrev˜.
ímpares
100
• O número terminado 113
em 0, 2, 4, 6 ou 8 é 127
par. 136
• O número terminado 141
em 1, 3, 5, 7 ou 9 é
ímpar.
1
5
23. E“crev˜ o 7
número de 1
elemento“ de 6
cada grupo e 8
identifique se o 1
número é par o§ 7
ímpar. 0
1
8
5

a)

númer

o“
mai 140: í
m 25. E“crev˜:
p
c) a
o’es a) o“ número“
r pares
e maio’es
que núm s que 42 e
: meno’es que
ero“ 66:
165:

b) pare

núm 24
s:

ero“
d
)
meno
n
ú
’es m
e
r
que o

b) o“ número“ ímpares maio’es que 30 e 27. ¬epare em coŒunas o“ número“ pares e
meno’es que 69: o“ ímpares.

372 271 123 709 520


1869 2914 1605 3916 2338
c) o“ número“ ímpares maio’es que 121 e
meno’es que 139:
pares ímpares

d) o“ número“ pares maio’es que 256 e


meno’es que 284:

26. Numere co’retamente.

( 1 ) par ( 2 ) ímpar Ago’a, escrev˜ esses número“ em o’dem


crescente.
436 721 309

169 874 752


28. C¾¼plete as sequências.
213 430 118
• C¾½tando de 4 em 4:
518 625 779
24 28

25
• C¾½tando de 8 em 8: 30. ®o“ número“ ab{ixo, escrev{ o“ ímpa-
res na o’dem decrescente.
24 32
129 - 434 - 98 - 233 - 88 - 145
• C¾½tando de 2 em 2: 268 - 321 - 166 - 175 - 205 - 449
217 - 303 - 182 - 197 - 251 - 177
31 33
• C¾½tando de 6 em 6:

3 ímpares
1
3
7
10
29. núme
E“cre ro“
v{.
pare
s

10
número

r qui a u? E“se número
31. e três nasce é:
Qu s ano“
al e a sua par
su n idade
ímpar
t será
a
a repre
ida d senta 26
de a da po’
? um
p
núme
an o ro:

o“.
A u p
m a
s n r
u ú í
a m m
e
r p
i o a
d : r
a
d par 32. E¼
e
ímpar que
r ano
e ®
p a ¥¾}ê
N ú meros 176 96
romanos

I C 300
X 2 D 400
1 L 0 M
C 500
I 3 600
I C 0 700
C 4 800
2 0
I 900
5
I 1 000
0
I 6 2 000
0 3 000
3
I 7
V 0
8
4 0
V 9
0
5 1
V 0
I 0
2
6 0
V 0
I
I

7
V
I
I
I
3 6 33 99 653
4 1000 432 626
3 4 7 271 84
690 1111 555
4
10 101 700

4 400 15
33. 8
Repr 27
esen 5
te 0
0

me 5
ro“ 7

ro¼ 9
ano 0
“. 0

2 7
1 3

1 4
2 7
3 3
2
36. «b“ervƒ o exemplo e faça o mesmo.
• As letras I, X e C, escritas à direita de outras
letras de maior valor, têm seus valores somados 173 = 100 + 70 + 3
aos dessas letras.
• As letras I, X e C, escritas à esquerda de letras
de maior valor, têm seus valores subtraídos dos 173 = CLXXIII
valores dessas letras.

248 =
34. ®escub’a a regra e co½tinue co¼pletando.
248 =
VI 5 + 1 IV 5 – 1
145 =
XII IX

CX CXX 145 =
XC LX
582 =
CM DCC
582 =
35. C¾¼plete a sequência.
328 =
X XX L
328 =

C LXXX 409 =
LX
409 =

28
37. E“crev{ esses número“ ro¼ano“ po’ 39. C¾¼plete as sequências.
extenso.
V X XV L

XXXVII
X XX XXX C

LXXV
LV LVI LVII LXIV

CXXIII
CX CXX CXXX CC

CCXLIV

MMCLIII 40. Represente em número“ ro¼ano“.

MCDXCI 1 dezena

MCMLVI 1 milhar

MDCCX meia centena

MCMXCIX 1 centena

38. Represente em número“ ro¼ano“. meia dezena

• 729 meio milhar

• 1
unidade
29
41. «b“ervƒ o exemplo e co¼plete. 80 + 5 =

VIII 5 + 1 + 1 + 1 = 8 70 + 1 =

XXII 20 + 9 =

CLX 50 + 2 =

MMC 90 + 4 =

CI 100 + 15 =

MDV 100 + 7 =

DCCC 200 + 26 =

LXXIII 300 + 40 =

MMM 400 + 37 =

42. E“crev{ o resultado em símb¾Œo“ ro¼ano“. 500 + 28 =

60 + 8 = 500 + 50 =

4
0 6
=
+
6
30 + 3 =

30
Figuras simétricas 44. C¾¼plete o“ desenho“ ab{ixo, respeitan-
do o eixo de simetria azul.

Q
u
a
n
d
o

d
o
b
r
a
m
o
s

u
m
a


g
u
r
a

a
o

m
e
i
o
e p
r
a e
s s
e
p n
a t
r a
t
e s
s i
m
c e
o t
i r
n i
c a
i .
d
e A linha de dobra chama-se eixo de simetria.
m
,

d
i
z
e
m
o
s 43.
q ±
u r
e a
e c
l e
a
um
a
e
i ca
x da
o fig
ur
a.
d
e
simetria, c) d)
s
e
a

figu- ra 31

apresentar
simetria.

a) b)

45. ±race
o“
eixo“
de
simetria
para
46. «b“ervƒ as figuras. ±race eixo“ de si-
metria para cada uma delas e escrev˜
quanto“ eixo“ v¾}ê traço§.

eixo“ eixo“

eixo“ eixo

eixo eixo“

47. ®esenhe figuras que tenham:


a) 1 eixo de simetria

eixo“ eixo

32
1---b) J oilY' o bltm2ihla. 4 . Jb2 2bi2 a.ua.d. ir110o -,no no -,On.JJ2h I--
I 0
.

EP
1---1--- t- r---

I- f- I-

-I'L rcl"llr,r 2'1


1---1--- u ...
..::::1 ="'1 =• t- -

1---1--- t- t----
I- f-
IB I( I I'"=h r= l::;r=f-

I Ll I ' IJ O.

1---1--- t-1---

t-

·== t=
1,L; I

r--- c) 3 0 i fY' r<V--. 0 }',


-
I-- t- 1--

1---I-- t- 1---

1---I-- I-


.I-

I T IT:31 ;II
-P I--I-- I-

1---1--- I- 1----

]\ I I 1: IHID
1--1 ) I-I--

I:J IBEP I--I-- I-

1---1--- t-

1---1--- t- r---

33
1. E„etue as adiçõƒs.
B LO C O3
a) U¼ C D U b) U¼ C D U
CONTEÚDOS: Op btr pe
era ção
Exp
ra
çõe
s essõ çõ
co es es
m nu
nú éri co
me s: m
ros ad
nat ão
os
ur subt nú
ais raçã m
• o
Adi Geo
er
ção metr os
• ia na
Pro • tu
pri Reta
eda •
rai
des Seg s
da me A
adi to
ção de di
• reta ç
Ver • ã
ifi Sem o
caç irr
ão a
da
adi
ção
• O
Su
5 4 7 3
1 4 2
3 5 9 4
+
0 6 8 34
4 7
8 5
9 1
+
7 2 + 3 f
3 5 0 )
A
6 6 di
çã
4 9 o
C

0 m
bo D
lo:
+
8 U

+ -
7 d se
:
m 3
ai
3 ) s
6
4 U
¼ 5
C 2
c)
D 7
C 2
U +
D 7 14
6
soma ou
Propriedades da adição 3. E“crev{ cada adição de três parcelas
de um mo‚o diferente e resoŒv{ as
o¿eraçõƒs.
• A soma de dois ou mais números naturais é sempre
um número natural. a) 9 + 5 + 2 =
(Propriedade do fechamento)
• Trocando-se a ordem das parcelas de uma adição, b) 6 + 8 + 1 =
a soma não se altera.
(Propriedade comutativa)
c) 3 + 7 + 4 =
• Associando-se as parcelas de uma adição de modos
diferentes, o resultado não se altera.
d) 1 + 6 + 3 =
(Propriedade associativa)
• Adicionando-se zero a qualquer número natural, o
resultado é sempre o próprio número natural. e) 4 + 3 + 9 =
(Propriedade do elemento neutro)

2. Ao lado de cada sentença, escrev{ o 4. Asso}ie duas parcelas em uma só e


no¼e da pro¿riedade aplicada: resoŒv{.

0 + 9 = 9 a) 7 + 9 + 3 =

(7 + 2) + 9 = 7 + (2 + 9) b) 4 + 7 + 12 =

9 + 12 = 12 + 9 c) 15 + 5 + 10 =

d) 24 + 6 + 8 =

35
e) 10 + 12 + 3 = 5. Arme, efetue as adiçõƒs e registre as
respo“tas.
f) 18 + 19 + 4 =
a) 685 + 63 + 9 =
g) 5 + 9 + 3 =

h) 12 + 8 + 10 =

i) 3 + 15 + 5 =
b) 6724 + 826 + 26 =
j) 9 + 7 + 19 =

k) 8 + 19 + 2 =

l) 11 + 5 + 4 =
c) 2328 + 4560 + 707 =
m) 6 + 10 + 17 =

n) 13 + 3 + 11 =

o) 19 + 4 + 5 =
d) 64009 + 1704 + 12 =
p) 20 + 3 + 7 =

q) 2 + 8 + 13 = 36
e) 927 + 42 + 10327 6. ResoŒv{ as adiçõƒs. ²erifique se estão
certas.

a) 869 + 459 =

f) 1001 + 19 + 980 =

b) 1354
+

781
+

349
=

g) 896 + 1542 + 73 =

5 +
h) 10
32
90
0
+
46
c 20 + r
d
) 86 +
e
3 565 m
7 =
d
a
s

p
a
d) r
c
V 73 e
1 + l
24 a
s
06
+ e
15 e
78 = f
e
t
u
a
I n
n d
v o
e
r n
t o
e v
n a
d m
o e
n
a t
o e
a

a
d
i
ç
ã
o
,

r
e
s
u
l
t
a
d
o

n
ã
o

s
e

a
l
t
e
r
a
.

37
e) 1 849 + 4 653 + 1 768 =
• Subtraindo-se do total uma das parcelas, encontra-se
a outra parcela.
• Em uma adição de três ou mais parcelas, quando
separamos uma delas e subtraímos do total a soma
das demais parcelas, o resultado deverá ser igual à
parcela separada.
f) 4 275 + 4 539 + 406 =
7. ResoŒv{ as adiçõƒs. ²erifique se estão
certas aplicando a fo’ma que v¾}ê achar
melho’.

a
+
b) 14
g) 5 543
860 3 3
+
2 26
309 7 7
+ +
9
43 =
623

h) 1 215 + 6 030 + 302 =

c) 23 648 d) 21
+ 12 710 570
+ 7
356
38
e) 15987 f) 4521 8. Arme, efetue as adiçõƒs e registre as
+ 469 2866 respo“tas.
+ 3379
a) 4365 + 279 =

b) 2448 + 76
g) h + 281
+
=
9
8 1
7 7
5 7
+ 7

1
9
8
0

c)
236
4
+
3
579
+

83
=

39

i
+

1 d
1
6
5
3
e) 1940 + 34 + 68 = Problemas

1. Mamãe já leu 382 páginas de um liv’o.


Ainda faltam 278 páginas para ter
minar. Quantas páginas tem o liv’o?
Cšlculo Respo“ta

f) 2015 + 4015 + 126 =

2. ²o¥¢
nasceu em
g) 1940 e
1123 mo’reu co¼
+ 68 ano“.
265 E¼
+ que
99 = ano
v¾¥¢
mo’reu?
Cšlculo
R
3. no‰te.
h Um Quant há na
) a o“ fáb’ica?
funcio Cšlculo
fáb’
1 ½ário“ Re
ica
3 tem
7 126
1 5
+ func 40
io½á
3 rio“
5 que
4 trab
7 {lh
am
+
dur
9 ante
2 o
0 dia
e
=
975
que
trab
{lh
am
dur
ante
a
4. Paulinho tem 96 b¾Œas de gude, Pedri 7. Calcule a so¼a de três número“, sa
nho tem 37 b¾Œas de gude a mais que bƒndose que o primeiro é 864, o se
Paulinho, e Plínio tem 85. Quantas gundo é 427 e o terceiro é o do|’o
b¾Œas de gude têm o“ três junto“? do primeiro.
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

5. Numa quitanda 6. Uma escoŒa tem


há meia centena 1 536 aluno“
de melancias, de 1º ao 5º ano
3 e 1 878 de 6º ao
centenas e 7 9º. Quan to“
dezenas de aluno“ há na
laranjas e 2 escoŒa?
centenas de Cšlculo
ab{cates. Re
Quantas frutas
há na
quitanda?
Cšlculo
co¦inhas, 5
centenas e meia
de empadas e
348 pastéis.
8. Para uma festa Quanto“
de anivƒrsário salgadinho“
mamãe fez mamãe fez?
6 centenas de Cšlculo

41
9. Papai co¼pro§ três liv’o“ de uma 1 1. ±io J¾}a ganho§ uma coŒeção de 32
coŒeção. O primeiro v¾Œume tem 360 liv’o“. C¾¼ quanto“ liv’o“ fico§, se em
páginas, o segundo tem 120 páginas sua estante já hav‰a 488 liv’o“?
a mais que o primeiro e o terceiro Cšlculo Respo“ta
v¾Œume tem 64 páginas a mais que o
segundo. Qual é o número de páginas
de cada v¾Œume?
Cšlculo Respo“ta
12. Num depó“ito de
bƒb‰das há 2475
gar rafas de
suco, 1 milhar
10. Leo½ardo tinha e 6 cente nas
260 chavƒiro“. de guaraná
C¾¼pro§ e 8 centenas de
185 e ganho§ so‚a limo½ada.
88. Quantas
Quanto“ garrafas há
chavƒiro“ ao to‚o?
Leo½ardo tem Cšlculo
Respo
ago’a?
Cšlculo
42
13. Um farmacêutico vƒndeu 282 caixas 15. ®iv{ co¼pro§ 45 b¾”õƒs vƒrmelho“ e
de remédio pela manhã e 198 à tarde. uma caixa co¼ 500 b¾”õƒs coŒo’ido“.
Quantas caixas de remédio ele vƒndeu C¾¼ quanto“ b¾”õƒs fico§, se já tinha
nesse dia? 187 b¾”õƒs?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

14. Ana Paula 16. Uma fáb’ica de


ganho§ uma ro§pas vƒndeu
caixa de 1843 calças,
cho}oŒate. Jš 2576 camisas e
co¼eu 8 e 1265 bƒrmudas.
ainda há 48 Quantas peças
cho}oŒates na de ro§pa
caixa. Quanto“ fo’am vƒn
cho}oŒa tes hav‰a didas?
na caixa? Cšlculo
Cšlculo Res
43
17. Maurício recebƒu 5 centenas e meia de 19. ¬ab’ina tem 108 figurinhas, Luciana
co¿o“ descartávƒis, 3 centenas e 8 de tem 46 a mais que ¬ab’ina e Márcia
zenas de guardanapo“ e 2 centenas e tem 230. Quantas figurinhas têm as
5 unidades de canudo“. Quantas uni três juntas?
dades Maurício recebƒu ao to‚o? Cšlculo Respo“ta
Cšlculo Respo“ta

no
18. ®e um
reserv{tó’io?
reserv{tó’io
Cšlcu
fo’am lo Respo
retirado“
3810 litro“ de
gasoŒina
e
ainda
res
taram 4890
litro“.
Quanto“
litro“ de
gasoŒina hav‰a
20. Mirela tem 2 80 páginas
caderno“ cada.
co¼ 160 Quantas
pági páginas
nas cada Mirela po‚erá
caderno utilizar durante
3 caderno“ o ano?
co¼ Cšlc
ulo

44
Subtração e) C D U f) U¼ C D U
9 7 1 1 3 7 4
Subtração
− 4 0 9 − 7 8 9
5 minuendo 2
Símbolo: –
–3 subtraendo
Lê -se: menos resto ou g h
8 )
1. C
Re
so D
Œ
U
v{
9

su 3
b” 1
ra
çõ
ƒs
.
a) c
5 )
D
U
6 U U
9
5
3 ¼
6
− C
5
¼ − − − 8 7
0b

) 3 C
5
4
7 7 9 45
C 6
0 8 7
D
U 5 4
i)
7 −

C j
2 −

D
5
− U
3 8
6
8 0

9
9
0

d
)

U
2. Arme e efetue as f) 2 328 – 1 214 =
sub”raçõƒs.®epo‰s, vƒrifique se
estão co’retas. g) 6 720

a) 7 840 – 3 986 =
3 984
=

b) 4 387 – 1 263 =

h) 96 952

39 562
=

c) 69 258 – 47 654 =

i) 6 576

2 387
=
d) 3 705 – 846 =

j) 1
472

8 51
=

e) 3 345 – 2 569 =

46
3. Arme, efetue as o¿eraçõƒs e registre as f) 5704 – 2668 =
respo“tas.

a) 280 – 79 = g) 7542

3240
=

b) 978 – 523 =

h) 10550
c) –
8 8244 =
4
7

2
6
7
=
d i) 9325 –
) 811 =

9
2
8

4
6
0
=

e) 2423 – 1695 =

47
4. «b“ervƒ. Verificação da subtração

3 centenas e 5 dezenas 350 5. Arme e efetue as sub”raçõƒs. ®epo‰s,


1 centena, 3 dezenas e 4 unidades — 134 vƒrifique cada resultado.
2 centenas, 1 dezena e 6 unidades 216
a) 835 – 236 =
Ago’a, arme e efetue as sub”raçõƒs.

4 centenas, 8 dezenas e 9 unidades


3 centenas, 5 dezenas e 7 unidades

b)
8423

568
=

6 centenas, 9 dezenas e 3 unidades


5 centenas, 6 dezenas e 2 unidades

unidades
4 centenas,
2 dezenas e
3 unidades
8 dezenas 3 centenas, 5
e 7 dezenas e 4
uni c) 500
dad –
es 63 =
1
cent
ena,
0
dez
ena
e 8 d)
uni 1237 –
dad 1156 =
es

48
e) 1737 – 458 = 6. Arme, efetue as sub”raçõƒs e registre
as respo“tas.

a) 5700 – 2900 =

f) 7472 – 3851 =

b)
349
8

164
9
=

g) 6576 – 2387 =

c)
210
0

510
=
h) 2568 – 439
=

d) 2483

957
=

i) 4230 – 965
=

e) 5867

4429
=

49
f) 6987 – 3148 = Problemas

1. G§stav¾ tem 160 figurinhas. ¬eu pri


mo tem 42 a meno“. Quantas figuri
nhas tem o primo de G§stav¾?
g) 4730 – 1214 = Cšlculo Respo“ta

h 3200 –
) 2110 =
4
6
0
0

2
4
2
6
=

i)
2. a f didas 185.
s o Quantas
d ’ b¾Œas ainda
u a
a m restam?
s Cšlcul
v o
c ƒ
e Respo“
n ta
n
t
e
n
a 3.
s Hav
e ‰a
m 65
e o¥¾“
i num
a a
d caix
e a.
b Que
¾ b’ar
Πam
a se
s.
J 17
š
o¥¾“.
Quanto“
so|’aram?
Cšlcul
Respo“ta

50
4. Um so’vƒteiro recebƒu 1610 so’vƒtes 7. C‡egaram para a escoŒa 526 latas
para vƒnder. ²endeu 1207 so’vƒtes. C¾¼ de leite. ¯o’am distrib§ídas 128 la
quanto“ so’vƒtes o so’vƒteiro fico§? tas. Quantas latas ainda restam para
Cšlculo Respo“ta distrib§ir?
Cšlculo Respo“ta

5. C¾¼prei uma
caixa co¼ sete 8. G{nhei um
dezenas e meia de álb§m para
cho}oŒates. ®ei coŒar 495 figu
duas dúzias à rinhas. Jš
v¾¥¡. C¾¼ tenho 287.
quanto“ Quantas figuri
cho}oŒates nhas faltam
fiquei? para co¼pletar
Cšlculo o álb§m?
Cšlculo
Res

6. ²o¥¢ tem 66 diferença entre


ano“ e v¾¥¡ as ida des de
tem 58 ano“. v¾¥¢ e v¾¥¡?
Qual a Cšlculo
9. Uma do}eira
fez 870
do}inho“. Jš
vƒndeu 685.
Quanto“
do}inho“ há
para vƒnder?
Cšlculo

51
10. Manuel tinha uma centena e meia de 13. E¼ uma sub”ração, o minuendo é 423
b¾Œas de gude. Perdeu 75 b¾Œas no e o resto é 179. Qual é o sub”raendo?
jo†o. C¾¼ quantas b¾Œas de gude Ma Cšlculo Respo“ta
nuel fico§?
Cšlculo Respo“ta

14. ²o¥¢ coŒecio½a


1 1. ®o número moƒdas. G{nho§
800, sub”raí 76 moƒ das.
certo número e Ago’a, ele tem
o|”ivƒ 150 682 moƒdas.
co¼o diferença. Quan tas
Que nú mero eu moƒdas ele
sub”raí de tinha antes?
800? Cšlculo
Cšlculo Respo

12. Marcelo tem chavƒiro“ entre


314 chavƒiro“ e o“ do‰s?
¯rederico tem Cšlculo
276. Qual é Resp
a diferença de
núme ro de
15. E¼ uma escoŒa menino“.
há 2430 Quantas
aluno“. meninas
®eles, há na escoŒa?
1750 são Cšlculo

52
16. E¼ um estádio de futeb¾Œ cabƒm 5500 O utros problemas
pesso{s. E½traram apenas 3880.
Quantas pesso{s ainda faltam para 1. Numa granja hav‰a 586 o¥¾“. ¯o’am
lo”ar o estádio? vƒndido“ 146 e queb’aramse 28. Quan
Cšlculo Respo“ta to“ o¥¾“ restaram?
Cšlculo Respo“ta

17. Um granjeiro 2. Um so’vƒteiro


tinha 3420 fez 638 picoΎs de
galinhas para go‰ab˜,
ab{ter. Jš 298 de laranja
ab{teu 1750. e 98 de
Quantas ainda manga. ²en
falta deu ao to‚o
ab{ter? 346
Cšlculo picoŒés.
Quanto“
pi
coŒés não
fo’am
vƒndido“?
Cšlculo
Re
18. Ro|ƒrto tem 532
selo“ em 3. Numa
sua coŒeção.
Paulo tem 324. estante hav
Quanto“ ‰a
selo“ Ro| 120
ƒrto
tem a mais liv’o“.
que C¾Œo}aram mais
Paulo? 48
Cšlc e
ulo depo‰s
retiraram
23. Quanto“
liv’o“
ficaram?
Cšlculo

53
4. Para o anivƒrsário de ®idi fo’am 7. Um jardineiro recebƒu 987 flo’es: 321
feitas 150empadinhas, 145 co¦inhas e ro“as, 132 margaridas e o restante
190 canudinho“. Mamãe guardo§ 236 eram crav¾“. Quanto“ eram o“ crav¾“?
salgado“. Quanto“ so|’aram? Cšlculo Respo“ta
Cšlculo Respo“ta

8. Luciana

5. Mariana tinha co¼pro§ 426


153 figurinhas de
po¼b¾“. Anita e 326
de
¯ugiram Marcela.
56 e depo‰s ®epo‰s
fo’am deu
coŒo}ado“ 97 figurinhas à
mais 76 sua irmã. C¾¼
no v‰vƒiro. quan
Quanto“ tas figurinhas
po¼b¾“ Luciana
ficaram no fico§?
‰vƒiro? Cšlculo
Cšlculo Respo

6. Um feirante
po“sui 9. ±ia Paula fez
385 133
mangas e b’igadeiro“, 234
233 laranjas. surpresas de
Jš uv{ e 314 oŒho“
vƒndeu de so†ra. Jš
142 vƒndeu 444
frutas. do}inho“.
Quantas frutas Quanto“ do}i
ainda nho“ falta
vƒnder?
restam? Cšlculo
Cšlculo

54
10. Ro“ana tem 3 centenas e meia de lápis. 13. Um so’vƒteiro saiu co¼ 326 so’vƒtes.
®eu para seus aluno“ 176 e depo‰s Na primeira parada vƒndeu 98, na
ganho§ mais 56. C¾¼ quanto“ lápis segunda 130. Quanto“ so’vƒtes ainda
ainda fico§? restam para vƒnder?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

1 1. ±iago tinha 250


386 b¾¼b¾½s.
b¾Œas de ®eles,
gude. 86 são de
Per mo’ango, 39
deu 132 no de mel e o
jo†o. ®epo‰s restante de
co¼pro§ mais limão.
156. Quantas Quanto“
b¾Œas de gude b¾¼b¾½s
±iago tem de limão
ago’a? há na
Cšlculo caixa?
Cšlculo
Re

12. Numa caixa há


do ano, 87
aluno“ saíram
da escoŒa e
entraram 59
14. Numa escoŒa hav alu no“. Quanto“
‰a 436 menino“ aluno“ há na
e 328 meninas. escoŒa?
No final Cšlculo

55
Expressões nu méricas: b) 138 + 62 — 124 =

adição e subtração

• Expressão numérica é o conjunto de números c) 159 — 96 — 41 + 2 =

ligados por sinais de operação (+, –, x, ÷).


• Nas expressões numéricas em que aparecem apenas
adição e subtração, resolvemos cada operação na
ordem em que aparecem.

1. «b“ervƒ o exemplo e resoŒv˜. d) 88 + 36 — 12 + 20 =

22 + 15 — 8 + 6 =

37 — 8 + 6 =
e) 272 + 46 + 9 — 224 =

29 + 6 = 35

a) 16 — 7 — 4 + 22 =

f) 440 — 271 — 62 + 5 =

56
g) 142 — 36 + 12 — 9 = 2. C˜lcule o v˜lo’ das seguintes expressõƒs
numéricas.

a) 18 + 5 — 2 =

h) 180 + 35 — 196 — 2 =

b) 38 + 6 — 17 =

c) 82 — 5 + 4 — 6 =
i) 230 — 125 + 5 — 18 =

d) 182 + 8 — 135 + 5 =

j) 426 — 78 + 9 — 54 =
e) 349 — 262 + 11 =

f) 26 — 14 + 3 =

57
g) 85 + 9 — 15 + 3 = 3. C¾¼plete as tabƒlas

a b c a + b – c a – c + b
35 84 18
h) 174 — 45 + 8 — 3 =
86 31 24

56 76 41
i) 206 — 68 + 9 =
67 21 11

j) 431 + 14 — 165 + 3 = 43 51 34

28 22 21

k) 257 + 10 — 143 = a b c a − b + c a + c − b

101 59 73

l) 343 + 212 — 111 = 374 185 222

562 406 135


m) 116 + 88 — 104 =
841 612 327

988 753 509


n) 473 — 324 + 231 =
2519 2367 1970

58
4. C¾Œo‘ue o sinal + o§ – nas se 5. C˜lcule o v˜lo’ de cada expressão nu
guintes expressõƒs numéricas. mérica.
a) 10 + 25 — 30 =
a) 47 10 3 = 54
b) 88 — 43 + 17 =
b) 24 24 24 = 72
c) 38 + 70 — 100 =
c) 54 7 39 = 86
d) 22 + 18 — 25 + 30 =
d) 139 654 3 = 790
e) 78 + 45 — 17 =
e) 98 19 18 = 61
f) 97 18 24 + 12 =
f) 36 4 12 = 44
g) 64 + 36 — 91 =
g) 123 7 94 = 36
h) 32 — 4 + 20 — 10 =
h) 73 19 53 = 107
i) 93 — 62 + 16 =
i) 34 14 84 = 104
j) 25 + 17 + 9 — 11 =
j) 78 65 37 = 106
k) 62 + 30 — 86 =
k) 47 10 3 = 54
59
l) 24 24 24 = 72
Geometria 6. CŒassifique as retas em paralelas o§
co½co’rentes:
t
Retas
B
Reta
m n u
A reta é uma linha
reta sem começo,
sem fim e sem
espessura. Uma
linha infinita.
É representada por
meio de uma linha
reta com setas nas
extremidades e
nomeada pelas letras
minúsculas
do
n
o
s
s
o

a
l
f
a
b
e
t
o
.
m n
t
r n o
Retas paralelas o
P
p .
o

t Retas Retas concorrentes se


paralelas cruzam em um ponto.
nunca se s
m
encontra
R P
m por
e R
mais que
t e
se
a t
prolongu
s a
em, e
s
não se
p
c cruzam em
a
o nenhum
r
n ponto.
a
l c
e o
l r
a r 60
s e
n
t
e
s
s
As retas r
P es
s
r e

s c
r
t u
z
a
7. Trace a reta paralela a r que passa Segmento de reta
pelo po½to A e uma reta co½co’rente
co¼ s que passe pelo po½to B.
r
Segmento de reta é a parte da reta compreendida entre dois
de seus pontos. Um segmento de reta tem começo e fim.
A
A
B

AB (Lê-se:
segmento
AB)
B

s
Se
mi
rr
et
a

8. No rentes b)
espaç duas retas
o paralelas
ab˜ixo
,
trace:
a)
duas
retas
co½co’
O ponto A
A divide a reta s
s
em duas
semirretas com 61
origem em A.

s C A A B
s

semirreta AC semirreta AB

As
semir
retas
têm
or
m
são
ilimit
ad
num

se
o.
Isto
é,
têm
pri
pio,
mas
não
têm
fim.
9. ¯aça a co’respo½dência: 1 1. ±race do‰s segmento“ de reta co¼ a
mesma medida.
a) reta
b) segmento de reta ( ) M N
c) semirreta
( ) t P

r
( )

10.
±
r
a
c
e
,

c
o
¼

a
u
x
í
l
i
o e
t
d a
e
c
u o
m ¼
a
a
r s
é
g m
u e
a d
, i
d
s a
e s
g
m d
e a
n d
t a
o s
“ .
d
e a) AB = 3 cm c) DE = 6 cm
b) MN = 1 cm d) RT = 2 cm
r
a
)

62
1. E„etue as multiplicaçõƒs.
B LO C O4 natural C
CONTEÚD
OS: D

Multipli
M U
cação

3
Proprie
u
dades l
de t 4
multipli
cação i × 3
• p
Verifica l
ção da
multipli i
cação c C
• a D
Multipli
cação
ç
por 10, ã U
100, o
1000
4
• 9
Dobro,
triplo, ×
quádrup
7
lo e
quíntupl
o

Múltipl
o de
um
número
C D U D 4 × 9
D ¼ 1 9
U U
U U
5 2 12 produto
(resulta

2 1 do da
multipl
U ®¼
icação) U¼ C
× 4 6
¼ D U
×
C 2
s U D
e 1
M
:
¼
u
lt v C U 4
4
i e m D 3
z
p
e
f
a
U 7
li ×
c s t
7 1 ×
o
a 3 r
ç e 3 8
ã s
o 2 5
S ×
× 5
í
m
b
o
l
o
:
x
63
L
ê
-
Propriedades da multiplicação • 9 × 1 = 9

• (5 × 3) × 2 = 5 × (3 × 2)
• O produto de dois números naturais é sempre um
número natural. • 8 × 3 = 3 × 8
(Propriedade do fechamento).
• Associando-se os fatores de uma multiplicação de 3. «b“ervƒ.
modos diferentes, o produto não se altera.
(Propriedade associativa).
• Trocando-se a ordem dos fatores em uma 6 × 4 = 24 4 × 6 = 24
multiplicação, o produto não se altera.
(Propriedade comutativa).
• Multiplicando-se qualquer número natural por 1, ¯aça o mesmo.
esse número não se altera.
(Propriedade do elemento neutro).
a) 8 × 7 =

2. E“crev˜ ao lado de cada sentença a b) 6 × 3 =


pro¿riedade co’respo½dente. E¦emplo:
c) 8 × 5 =
2 × (5 × 3) = (2 × 5) × 3
Pro¿riedade asso}iativ{ d) 9 × 6 =

• 3 × 5 × 7
2 ×
6 = • (6 ×
36 4) × 9
= 6 ×
• 7 ×
(4 × 9)
5 =
e) 5 × 3 =
g) 9 × 7 =
f) 3 × 9 =

64
4. ResoŒv˜ asso}iando o“ fato’es. 5. E„etue resumindo a escrita multiplica-
tiv˜.
«b“ervƒ. × ) ×
(3 × 2) ×
7 =
3 × (2 = d) (7 × 4) ×
7) =
42
4 = 7 × (
a) (5 × 1)
× 9 = 5 × × ) = e) (8
( × 9)
=
× 2) × 6 =

b) 6 × (8 × 3)
× ( × 6) =

= ( × )
f) (4 × 8) × 2

× 3 = c) 9 ×
= × (
(5 × 3) = (9
× 2) =
g) 3 × (5 × 5 e) 7 × 6 × 8 =
b) 9 × 3 × 3
10) = ( × =
× ) × f) 4 × 5 × 9 ×
10 = 4 c) 6 × 1 × 3 1 =

×
× 3 =
g) 10 × 2 × 7
2 d) 7 × 4 × 8
× 3
=
5 h) 4 × 9 × 25
× 4 =
×

8 65

4
0

«b“ervƒ o
exemplo e
faça
o
mesmo.

a) 5 × 3 ×
8 =
6. C¾¼plete as tab§adas de multiplicação.

1 × 1 = 1 × 2 = 1 × 3 = 1 × 4 = 1 × 5 =

2 × 1 = 2 × 2 = 2 × 3 = 2 × 4 = 2 × 5 =

3 × 1 = 3 × 2 = 3 × 3 = 3 × 4 = 3 × 5 =

4 × 1 = 4 × 2 = 4 × 3 = 4 × 4 = 4 × 5 =

5 × 1 = 5 × 2 = 5 × 3 = 5 × 4 = 5 × 5 =

6 × 1 = 6 × 2 = 6 × 3 = 6 × 4 = 6 × 5 =

7 × 1 = 7 × 2 = 7 × 3 = 7 × 4 = 7 × 5 =

8 × 1 = 8 × 2 = 8 × 3 = 8 × 4 = 8 × 5 =

9 × 1 = 9 × 2 = 9 × 3 = 9 × 4 = 9 × 5 =

10 × 1 = 10 × 2 = 10 × 3 = 10 × 4 = 10 × 5 =

1 × 6 = 1 × 7 = 1 × 8 = 1 × 9 = 1 × 10 =

2 × 6 = 2 × 7 = 2 × 8 = 2 × 9 = 2 × 10 =

3 × 6 = 3 × 7 = 3 × 8 = 3 × 9 = 3 × 10 =

4 × 6 = 4 × 7 = 4 × 8 = 4 × 9 = 4 × 10 =

5 × 6 = 5 × 7 = 5 × 8 = 5 × 9 = 5 × 10 =

6 × 6 = 6 × 7 = 6 × 8 = 6 × 9 = 6 × 10 =

7 × 6 = 7 × 7 = 7 × 8 = 7 × 9 = 7 × 10 =

8 × 6 = 8 × 7 = 8 × 8 = 8 × 9 = 8 × 10 =

9 × 6 = 9 × 7 = 9 × 8 = 9 × 9 = 9 × 10 =

10 × 6 = 10 × 7 = 10 × 8 = 10 × 9 = 10 × 10 =
66
Verificação da multiplicação c) 328 × 7 =

Dividind
oo
d) 2479 × 2
=
produto
pelo
multipli
cando,
encontra
mos o
multipli
cador.

Dividin
do o
produto
pelo
multipli
cador,
encontr
amos o
multipli
cando.

47 r

multip
licand
o
× 9

multip
licado
423 47 423 9
g
00 9 00 47
423 produto

e) 36 × 3 =
7. Arme,
efetue as 67
multiplicaç
õƒs e
vƒrifique f) 416 × 3
se estão =

certas.

a) 128 ×
5
=

b
=
)

2
3
7

4
8. E„etue as multiplicaçõƒs. 9. C¾¼plete a tabƒla da multiplicação.

672 7× × 1 2 3
× 8
4 5 6
7 8 9
1× 2 2 4 8
4634
× 12 18
6 2 3 3 9
×
15
4
3241 9×
× 5 5 25
45
8
9 6 6 12 18
36
2518
× 7 7 28
56
2
8 8 16
9 27
145 45
7 81

10. E„etue as
× 2
m 8
u 9 ×
l ×
t 36
i 4
p
l 618 2390
× 6 × 4
i
c
a
ç
õ 68
ƒ
s
.
430 51 1320 905
× 47 × 30 × 4 × 5

6× 3
×

3
×
4
×
3
×
5
×

69
M ultiplicação por 10, 100, Problemas
1000
720
Para
multiplica b) 25
r um
número ×
natural
por 10, 10
100 ou
1000 =
basta
acresce
ntar c) 28
um,
dois ou ×
três
zeros à 10
direita
desse =
número
.

11. E„etue
co½fo’m
e o
exemplo
.

a) 72
×
10 =
1. C˜mila ×
tem 8 2. Um 3.
caixas alfaiate 1 Pa
co¼ 35 co¼pro§ 9 0 pai
b¾¼b¾½s peças de 0
em cada dist
tecido co¼
uma. = rib
30
Quanto“ §iu
metro“
b¾¼b¾½s g 375
cada )
há em uma.
to‚as as Quanto“ 2
caixas? cai
metro“ de 7 xas
Cšl tecido o
culo alfaiate co½
×
Res co¼pro§? tend
po“t Cšlc 1 o
a ulo 0 4
0
Resp d
o“ta =
e
z
d) 54 × 100 = e
n
e) a
3 10 s
2 0 =
e
m
× f) e
36 i
a nto“ 70
cho}o
d Œates
e fo’a
m
c distr
h ib§í
o do“?
} C
o š
Πl
a c
t u
e l
s o
c R
a e
d s
a p
. o
Q “
u t
a a

h) 40 × 1 000 =

i) 36 × 1 000 =
4. E¼ uma estante há 5 prateleiras co¼ 7. E¼ uma escoŒa há 38 classes co¼ 40
68 liv’o“ cada uma. Quanto“ liv’o“ aluno“ cada uma. Quanto“ aluno“ há
há na estante? na escoŒa?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

5. Um liv’o tem 356 páginas. Quantas 8. J¾œo esto}o§ 85 caixas co½tendo 5


páginas havƒrá em 7 liv’o“ iguais? tub¾“ de coŒa cada uma. Quanto“ tub¾“
Cšlculo Respo“ta de coŒa J¾œo esto}o§?
Cšlculo Respo“ta

6. C¾Œei uma dúzia de figurinhas em cada 9. Num supermercado há 264 caixas


página de um álb§m. O álb§m tem 66 co¼ meia dúzia de mamõƒs cada uma.
páginas. Quantas figurinhas coŒei? Quanto“ mamõƒs há ao to‚o?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

71
10. Um caixo”e tem 1200 maçãs. Quantas 13. ²o¥¡ tem 7 peças de fita co¼ 50
maçãs terão 25 caixo”es iguais? metro“ cada uma. Quanto“ metro“ de
Cšlculo Respo“ta fita tem v¾¥¡?
Cšlculo Respo“ta

1 1. Um feirante vƒndeu 139 caixas de 14. Uma padaria assa 280 pães em cada
pinhas. E¼ cada caixa hav‰a 8 pi- fo’nada. Quanto“ pães serão assado“
nhas. Quantas pinhas ele vƒndeu? em 8 fo’nadas?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

12. E¼ uma creche Cšlculo


há 72 Res
crianças. C˜da
uma tem 6
b’inquedo“ para
b’incar.
Quanto“
b’inquedo“ há
ao to‚o?
15. Uma so’vƒteria em uma
vƒnde 580 semana?
so’vƒtes po’ dia. Cšlculo
Quanto“
so’vƒtes vƒnderá

72
16. Marco“ co¼pro§ 106 engradado“ de O utros problemas
refrigerante para seu b˜r. E¼ cada
engradado há meia dúzia de garrafas. 1. Um feirante recebƒu 8 dúzias de laranja.
Quantas garrafas há ao to‚o? Jš vƒndeu 2 dúzias e meia. Quantas
Cšlculo Respo“ta laranjas ainda não fo’am vƒndidas?
Cšlculo Respo“ta

17. G§stav¾ ganho§ 88 cartelas de selo“.


C˜da cartela tem 6 selo“. Quanto“
selo“ ele ganho§?
Cšlculo Respo“ta 2. Numa estante co¼ 4 prateleiras hav‰a 50
liv’o“ em cada uma. ¯o’am retirado“
153 liv’o“. Quanto“ liv’o“ ficaram
na estante?
Cšlculo Respo“ta

18. «s animais de um zo¾Œó†ico co½so¼em


368 quilo“ de alimento po’ dia. Quanto“
quilo“ de alimento são co½sumido“ em 73
um mês?
Cšlculo Respo“ta
3. D. Marieta o’ganizo§ uma festa na 5. ®enise arrumo§ 6 estantes de liv’o“,
escoŒa co¼ seus 36 aluno“. C˜da coŒo}ando 75 liv’o“ em cada uma.
menina devƒria trazer um pratinho ¬o|’aram 28. Quanto“ liv’o“ ela
de do}e e o“ menino“ 2 refrigerantes. tinha?
¬e na classe há 19 meninas, calcule Cšlculo Respo“ta
quanto“ refrigerantes fo’am trazido“.
Cšlculo Respo“ta

6. Uma granja recebƒu 6 dúzias de


galinhas. Jš vƒndeu 4 dúzias e meia.
4. Receb‰ 80 po”es co½tendo 35 pirulito“ Quantas galinhas ainda não fo’am
cada um. Jš vƒndi 1.450 pirulito“. vƒndidas?
Quanto“ so|’aram? Cšlculo Respo“ta
Cšlculo Respo“ta

74
7. C˜rina tem 19 ano“ e seu pai tem o Dobro, triplo, q u ádruplo e q uíntuplo
triplo de sua idade. Qual a diferença de
idade entre eles?
Cšlculo Respo“ta • Para encontrar o dobro de um número, basta
multiplicá-lo por 2.
• Para encontrar o triplo de um número,
basta multiplicá-lo por 3.
• Para encontrar o quádruplo de um número,
basta multiplicá-lo por 4.
• Para encontrar o quíntuplo de um número,
basta multiplicá-lo por 5.
8. No ®ia da C’iança, a pro„esso’a da
escoŒa co¼pro§ 500 estoŠo“ de lápis
de co’. ®eu um para cada um do“ 1. C¾¼plete o“ quadro“.
35 aluno“ das 12 turmas da escoŒa. Quanto“ ® ±r
aluno“ o ipl
existem na | o
escoŒa ’ 40
e o
28
quanto“ estoŠo“ 3 32
so|’aram? 2
4 24
Cšlculo
5 50
6 55
6 60
7
75
Quádruplo Quíntuplo • o quádruplo de 23
18 10
• o triplo de 30
20 25
16 35 3. C¾¼plete:
42 16
®o|’o ±riplo Quádruplo Quíntuplo
31 42
45 50 12
65 75
10
2. C˜lcule. 15

• o do|’o de 12 20

• o triplo de 15 30

• o quíntuplo de 12 35

• o do|’o de 48 45

o quádruplo de 24 50

55
• o quíntuplo de 8
60
• o triplo de 20
76
4. C¾¼plete as afirmaçõƒs. c) O quádruplo de 12 é que
so¼ado ao quíntuplo de 12 é igual
a) 46 é o do|’o de . a .
54 é o triplo de .
d) O quíntuplo de 11 é que so¼ado
b) é o do|’o de 36. ao triplo de 11 é igual a .
é o quádruplo de 16.
e) O triplo de 22 é que so¼ado
c) é o quíntuplo de 20. ao do|’o de 22 é igual a .
81 é o triplo de .
f) O do|’o de 18 é que so¼ado
d) 60 é o quíntuplo de . ao quádruplo de 18 é igual a .
62 é o do|’o de .
g) O quíntuplo de 15 é que so¼ado
e) é o triplo de 40. ao triplo de 15 é igual a .
é o quíntuplo de 41.
h) O quádruplo de 16 é que
5. Respo½da. so¼ado ao do|’o de 16 é igual a
.
a) O do|’o de 36 é queso¼ado
ao triplo de 36 é i) O triplo de 13 é que so¼ado
igual a . ao quíntuplo de 13 é igual a .

b) O triplo de 14 é que so¼ado j) O do|’o de 10 é que so¼ado


ao quádruplo de 14 é igual a . ao quádruplo de 36 é igual a .

77
6. C{lcule o que se pede e, em seguida, Problemas
pro}ure esses resultado“ no caça-núme-
ro“: 1. ±enho 12 ano“. ²o¥¢ tem o quíntuplo
da minha idade. Quanto“ ano“ tem
a) O do|’o de 64 é . v¾¥¢?
Cšlculo Respo“ta
b) O triplo de 45 é .

c) O quádruplo de 42 é .

d) O quíntuplo de 35 é . 2. C¾¼prei 24 lápis e meu irmão co¼pro§


o triplo da quantidade de lápis que
1 2 0 1 0 5 8 2 co¼prei. Quanto“ lápis meu irmão
co¼pro§?
7 7 4 1 3 5 4 7 Cšlculo Respo“ta
5 9 6 3 7 2 1 5
1 5 1 0 9 5 0 1
5 3 6 2 1 2 8 6
3. Mamãe fez 230 salgadinho“ para a
7 6 8 1 8 4 2 3 festa de anivƒrsário de ¬arita. ²o¥¡
fez o do|’o dessa quantidade. Quanto“
8 3 1 6 4 2 7 4
salgadinho“ v¾¥¡ fez?
Cšlculo Respo“ta

78
4. ®anilo tem 128 chavƒiro“. Ricardo 7. Luísa ganho§ 3 centenas e meia de
tem o quádruplo da quantidade de figurinhas e sua amiga ganho§ o
chavƒiro“ de ®anilo. Quanto“ chavƒiro“ triplo. Quantas figurinhas ganho§ a
tem Ricardo? amiga de Luísa?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

5. J¾“é coŒheu 364 cajus e Antô½io coŒheu 8. C’istina tem 16 ano“ e seu pai tem
o do|’o dessa quantidade. Quanto“ o triplo de sua idade. Quanto“ ano“
cajus Antô½io coŒheu? tem o pai de C’istina?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

6. Mariana tem 3 dúzias e meia de lápis 9. ±itio coŒheu 436 laranjas no po¼ar
e ¬o„ia tem o quádruplo. Quanto“ pela manhã e à tarde coŒheu o do|’o
lápis tem ¬o„ia? do que coŒheu de manhã. Quantas
Cšlculo Respo“ta laranjas titio coŒheu?
Cšlculo Respo“ta

79
10. ¯red po“sui 3 centenas e ¼eia de 12. Marco“ tem uma coŒeção co¼ 126
disco“ e seu amigo tem o quádruplo. carrinho“. ¬eu primo tem o triplo
Quanto“ disco“ têm o“ do‰s junto“? dessa quantidade. Quanto“ carrinho“
Cšlculo Respo“ta seu primo tem a mais?
Cšlculo Respo“ta

1 1. No jo†o de 13. ±atiana tem 62


roŒeta papai b˜ndeirinhas e
fez 570 po½to“, Ro|ƒrta tem o
¼amãe fez o quádruplo das
do|’o do“ b˜ndeirinhas que
po½to“ de papai ±atiana tem,
e eu fiz 82 ¼ais 15
po½to“ a ¼eno“ b˜ndeirinhas.
que ¼amãe. Quantas
Quanto“ po½to“ b˜ndeirinhas têm
fizemo“ junto“? as duas juntas?
Cšlculo Cšlculo
Resp
80
14. Num o’fanato hav‰a 246 menino“ e M últiplo de u m nú mero
138 meninas. No meio do ano saí- natural
ram 56 crianças que fo’am ado”adas
e entro§ o do|’o das crianças que Múltiplo de um número natural é o produto desse
saíram. Quantas crianças há ago’a número por um número qualquer.
no o’fanato? Representamos os múltiplos de 2 assim:
Cšlculo Respo“ta m(2) = {0, 2, 4, 6, 8, 10, 12, …}

1. C¾¼plete as frases usando as palav’as


do quadro.

zer
o
-
múl
tipl
o“
-
pro
‚uto
-
infi
nito

15. LucíoŒa co¼pro§ 6 paco”es co¼


12 b¾¼- b¾½s a) Múltiplo de são
cada um. de 1. naturais.
G˜nho§ de seu um
tio mais c) O é d) O co½junto do“
nú múltiplo“
5 paco”es co¼ mer
o do|’o da múltiplo de de um nú-
o mero natural é
quantidade de to‚o“ o“
cada paco”e. natu .
número“
®eu 3 dúzias ral
a Raul. C¾¼ o
81
quanto“ dess
b¾¼b¾½s LucíoŒa e
fico§?
Cšlculo núm
ero
po’
o§tr
o
número natural
qualquer.

b) ±o‚o“ o“
núm
ero“
natu
rais
2. C¾¼plete o co½junto do“ seis primeiro“ d) 18
múltiplo“ de cada número ab˜ixo. M (18) = { }
M (6) = {0 } e) 5
M (5) = { }
M (9) = {0 }
f) 24
M (15) = {0 } M (24) = { }
M (12) = {0 } g) 20
M (20)= { }
M (8) = {0 }
h) 4
M (10) = {0 } M (4) = { }
M (3) = {0 } i) 16
M (16) = { }
3. Represente o“ 7 primeiro“ múltiplo“ de:
j) 13
a) 7 M (13) = { }
M (7) = { }
k) 26
b) 3 M (26) = { }
M (3) = { }
l) 25
c) 14 M (25) = { }
M (14) = { } 82
4. E“crev˜ V (vƒrdadeiro) o§ F (falso) 5. ®o“ número“ do quadro, quais são
para cada uma das sentenças. o“ múltiplo“ de 6 e po’ quê?

• 15 é múltiplo de 3. 72 45 12 27 36
• 20 é múltiplo de 7. 54 78

• 27
é • 18 é
múltiplo de
múltip
lo 8.
de
9. • 24 é
múltiplo de
• 18 12.
é
• 36 é
múltip múltiplo de
lo 9.
de
6. • 31 é
múltiplo de
• 20 6.
é
• 22 é
múltip
múltiplo de
lo
7.
de
3.
Po’que
: 83
b) o“

múltiplo“
6. 12
E“crev˜: meno’es
a) o“
70.
múltipl
o“ de
9 c) o“

maio’e múltiplo“ de
s 5
que maio’es
que
50 e 10 e
meno meno’es
’es que
que 80.
100.

• 81 é múltiplo de 6.

• 91 é d) o“
múlti
plo de múltiplo“ d
3. 3 meno’es
que 30.
672 6 4325 5
B LO C O5
CONTEÚDOS:
• Operações com números naturais
• Divisão
348 3 3647 7
• Verificação da divisão
• Divisão por 10, 100, 1000
• Divisor de um número natural
• Expressões numéricas

810 3 1824 8
Operações com nú meros naturais
Divisão
D or quociente
d 2 d
i 4
i
v
v
i i 3
s d –
ã e
o n 2
d 4
S o
í
m 8
b
o
l
o
:

÷
15 4
Lê- 0 resto
se:
div
idi
do
por

4950 9
1. E„etue
6174 7
as
div
‰sõƒs.

72
6
357
7

84
Verificação da divisão 3. C¾¼plete a tab§ada da div‰são.

1 ÷ 1 = 2 ÷ 2 = 3 ÷ 3 =

Para verificar se uma divisão está certa, multiplicamos 2 ÷ 1 = 4 ÷ 2 = 6 ÷ 3 =


o divisor pelo quociente e encontramos o dividendo.
3 ÷ 1 = 6 ÷ 2 = 9 ÷ 3 =

4 ÷ 1 = 8 ÷ 2 = 12 ÷ 3 =
2. ResoŒv˜ e vƒrifique se o resultado está 10 ÷ 2 = 15 ÷ 3 =
5 ÷ 1 =
certo. 18 ÷ 3 =
6 ÷ 1 = 12 ÷ 2 =

14 ÷ 2 = 21 ÷ 3 =
75 3 396 9 7 ÷ 1 =
16 ÷ 2 = 24 ÷ 3 =
8 ÷ 1 =
18 ÷ 2 = 27 ÷ 3 =
9 ÷ 1 =
÷ = 10 30 ÷ 3 =
20 2
756 6 102 6 10 ÷ 1 =

5 ÷ 5 = 6 ÷ 6 =
4 ÷ 4 =
÷ = 12 ÷ 6 =
10 5
8 ÷ 4 =
15 ÷ 5 = 18 ÷ 6 =
175 7 846 3 12 ÷ 4 =
20 ÷ 5 = 24 ÷ 6 =
16 ÷ 4 =
25 ÷ 5 = 30 ÷ 6 =
20 ÷ 4 =
30 ÷ 5 = 36 ÷ 6 =
24 ÷ 4 =
35 ÷ 5 = 42 ÷ 6 =

65 5 144 3 28 ÷ 4 =
40 ÷ 5 = 48 ÷ 6 =
32 ÷ 4 =
45 ÷ 5 = 54 ÷ 6 =
36 ÷ 4 =
50 ÷ 5 = 60 ÷ 6 =
40 ÷ 4 =
85
7 ÷ 7 = 8 ÷ 8 =

14 ÷ 7 = 16 ÷ 8 = Multiplicamos o divisor pelo quociente e somamos o


resto. O resultado é igual ao dividendo.
21 ÷ 7 = 24 ÷ 8 =

28 ÷ 7 = 32 ÷ 8 =

35 ÷ 7 = 40 ÷ 8 = 4. ResoŒv˜ as div‰sõƒs e co½tinue vƒrificando


42 ÷ 7 = 48 ÷ 8 = se o resultado está certo.
49 ÷ 7 = 56 ÷ 8 =

56 ÷ 7 = 64 ÷ 8 =
a) 55 9 b) 291 9
63 ÷ 7 = 72 ÷ 8 =

70 ÷ 7 = 80 ÷ 8 =

9 ÷ 9 = 10 ÷ 10 =

18 ÷ 9 = 20 ÷ 10 =

27 ÷ 9 = 30 ÷ 10 =

36 ÷ 9 = 40 ÷ 10 =

45 ÷ 9 = 50 ÷ 10 =

54 ÷ 9 = 60 ÷ 10 =
÷ = c) 85 3 d) 580 8
63 ÷ 9 = 70 10
72 ÷ 9 = 80 ÷ 10 =

81 ÷ 9 = 90 ÷ 10 =
86
90 ÷ 9 = 100 ÷ 10 =
e) 398 4 f) 319 7 5. E„etue as div‰sõƒs. «b“ervƒ o“ exemplo“.

36
12
94
23
00
3
02
4
a)
69
23
b)
93
21

g) 146 4 c) 89 43 d)
h) 64 21
1235 2
d) 723 36

520
26
370 87
12
000
20
010
30

a) 850
i)
17
2886
7 j) b) 960
1359 32
4

c) 243

12
424 53 547 26 8006 20 3473 34
00 8 027 21 0006 400 0073 102
01 01

a) 4008 40 b) 4697 23
a) 756 84 b) 608 76

c) 547 42 d) 947 86 c) 5007 50 d) 8244 41

1
80 3 6
0 5 8
0 4
20 0 1
00
7 2
40
0 2
0 0
0 2
4
5
0 3
1
0
0
2
35 4 2 53
54 6 0 054
4 213
4 03
89 2
00

a) 2479 59
a) 900 b)
3180 15
90
b) 6400

90
c) 1863

c) 180 23 d)
30 d) 4085
5400 90 19

e) 4971
45 f)
8932 81

88
6. Arme e efetue as o¿eraçõƒs. ²erifique d) 7488 ÷ 2 =
se estão co’retas.

a) 936 ÷ 6 =

e) 9048
b ÷
) 29
2
9
6
4
÷

7
6

14
c) =
7
4
2
÷
f 6004 ÷
)
79

89
7. Arme e efetue as div‰sõƒs.
i) 7488 ÷ 32 = m) 4006 ÷ 20 =
a) 465 ÷ 6 = e) 984 ÷ 24 =

b) 180 ÷ 2068 ÷ 94
60 = n) 8596
2873 ÷ 28 =
13 =

9792 ÷ 48
c) 885 ÷ = o) 5400
42 = 18 =
4453 ÷
53 =

5928 ÷
d) 768 ÷ 52 =
24 =
8879 ÷ 29 = 36 =

90
Divisão por 10, 100, 1000 j) 5000 ÷ 100 =

k) 5000 ÷
Para dividir um
1000
número natural =
terminado em
zero
l) 9000 ÷
por 10, 100 ou
1.000 basta 100 =
eliminar um, dois
ou três zeros do
número.
m) 14000 ÷
10 =

8. E„etue as n) 3000 ÷
div 1000 =
‰sõƒs.
o) 4200 ÷ 10
a =
)

8
0
0
÷
1
0
0
=
b p) 0
) 6
e) s) 8000
0
2 0 560 ÷

5 0 0 1000 =

0 ÷ ÷
0 1
0 10
0 =
÷
0
=
1 f) t) 1000
0 30 ÷ 10
= 00 =

÷
c) q)
70 80 10
00 00 =
÷
÷
10 g) u) 1000
=
1. 30
÷
00 00
0 100
÷
=
=
10
d r) 0
8 =
0
h) v)
3 10
0 00
0 ÷
0 10
00
÷
=

1
0
0
0
=

i) 5000 ÷ 10 =
91
9. E„etue co½fo’me o exemplo. Problemas

50 ÷ 10 = 5 1. Um granjeiro distrib§iu 288 o¥¾“


em 12 caixas iguais. Quanto“ o¥¾“
co§bƒram em cada caixa?
a) 800 ÷ 10 = Cšlculo Respo“ta

b) 1320 ÷ 10 =

c 0 ÷
)
100 =

2
5 e) 8800 ÷
5 100 =
0

1
0
=

d
)
6
2
0
iu b ja?
2. 32 ˜ Cšlcul
4 n o
do d
}in e Respo
ho “ta

em f) 4730 ÷ 10 =
9
b˜ g) 00 =

nd 5
eja 2 i) 45000 ÷
s 0 1000 =
0
igu 0
ais ÷
. 1
Qu 0
ant 0
o“ =
do}
inh h)
o“ 8
ela 0
coΠ0
o}o 0
§ em ÷
ca 1
da 0
EŒa l p
3 coŒo§ o o
. 15 “
R t
em
M e a
cad
a a s
l
u pág j) 96000 ÷ 1000 =
ina
t do
e seu
m 92
álb§
3 m.
4 Qua
5 ntas
pág
f inas
i tem
g seu
u
álb
r
§m
i ?
n C
h š
a l
s c
. u
4. ²o¥¡ co¼pro§ 96 metro“ de fita 7. Numa peça de tecido de 27 metro“,
para serem coŒo}adas igualmente em quanto“ pedaço“ de 3 metro“ há?
6 to˜lhas. Quanto“ metro“ de fita terá Cšlculo Respo“ta
cada to˜lha?
Cšlculo Respo“ta
8. Numa excursão
da
5. Um jardineiro escoŒa, 265
tem 455 alu- no“
mudas de ro“as fo’am
para distrib§ído“
replantar igualmente
igualmente em 5 em
canteiro“. 5 ô½ib§s.
Quantas Quanto“
mudas irá aluno“
plantar em cada fo’am em
canteiro? cada ô½ib§s?
Cšlculo Cšlculo
Res

calças ele fará


em 1 dia, se
6. Um alfaiate co“turar a
co“tura 54 mesma
calças em 6 quantidade de
dias. calças po’
Quantas dia?
Cšlculo 9. ±enho 682
salgadinho“
para distrib§ir
igualmente entre
22 caixas.
Quanto“
salgadinho“
coŒo}arei em
cada caixa?
Cšlculo

93
10. Uma creche co½so¼e 84 litro“ de lei- 13. Um lav’ado’ coŒheu 650 quilo“ de
te em 7 dias. C¾½sumindo a mesma soŠa. ²ai guardar igualmente em 50
quantidade de leite po’ dia, quanto“ saco“. Quanto“ quilo“ de soŠa terá
litro“ co½so¼e em 1 dia? cada saco?
Cšlculo Respo“ta Cšlculo Respo“ta

11. ¬ílv‰o tem 120 14. Um so’vƒteiro


lápis. ²ai coŒo}o§ 528
guardá-lo“ em 5 so’vƒtes em
caixas iguais. caixas de
Quanto“ lápis 12 so’vƒtes
coŒo}ará em cada uma.
cada caixa? Quantas caixas
Cšlculo fo’am usadas?
Cšlculo
Respo

12. −enedita lav¾§ 9 v˜rais.


108 peças de Quantas ro§pas
ro§pa. ²ai terá cada
pendurá-las v˜ral?
Cšlculo
igualmente em
15. ¬e 48 laranjas
cabƒm em
24 saco“,
quantas laranjas
cabƒm em cada
saco?
Cšlculo

94
16. ¬e em 3peças de fita há 90 metro“, Divisor de u m nú mero natural
quanto“ metro“ há em 1 peça de fita?
Cšlculo Respo“ta
O número natural diferente de zero que divide
exatamente outro número natural é o divisor desse
número.

17. No¥ƒ marceneiro“


fizeram 648 1. C¾¼plete as
cadeiras. frases, usando as
¬abƒndo que palav’as do
to‚o“ quadro.
fizeram a
mesma exata – finito –
quantidade, um –
ele
quantas pró¿rio
cadeiras fez
cada um?
Cšlculo

distrib§iu
288 o¥¾“ em
12 caixas
18. Um granjeiro iguais.
Quanto“ o¥¾“ a) Um número .
co§bƒram em natural é 95
cada caixa? div‰so’de
Cšlculo o§tro
quando a

div‰são fo’
.

b) O número
div‰so’
de qualquer
número
½atural.

c) O co½junto
do“ div
‰so’es de
um número
natural é
um
co½junto
.

d) O maio’ div
‰so’ de um
número
natural é
2. ®etermine o“ div‰so’es de cada número d) D (12)
resoŒvƒndo asdiv‰sõƒs exatas.
«b“ervƒ o exemplo. D (4) 4 4 4 2 4 1
0 1 0 2 0
4

D (4) = {1, 2, 4}

a
e) D
(15)

f) D
(21)

c
96
3. Represente o co½junto de to‚o“ o“ nú- d) 7 não é de 24, po’que
mero“ div‰so’es de: 24 ÷ 7 = e o resto é 3.

12 e) 25 é de 5, po’que
5 x = 25.
14
f) 12 é de 3, po’que
16 3 x = 12.

18 g) 12 é de 36, po’que
36 ÷ 12 = 3 e o resto é .
20
h) 8 não é de 74, po’que
24 74 ÷ 8 = 9 e o resto é .

4. C¾¼plete, escrevƒndo múltiplo o§ div‰so’ i) 4 é de 100, po’que


e o termo que está faltando em cada 100 ÷ 4 = e o resto é 0.
o¿eração.
j) 7 não é de 93, po’que
a) 4 é de 16, po’que 93 ÷ 7 = e o resto é 2.
16 ÷ = 4 e o resto é 0.
k) 3 não é de 155, po’que
b) 32 é de 8, po’que 155 ÷ 3 = 51 e o resto é .
x 8 = 32.

c) 18 é de 3, po’que
3 × = 18.
97
5. E“crev˜ to‚o“ o“ div‰so’es de cada nú- 6. C˜lcule as expressõƒs numéricas seguindo
mero e co½to’ne o seu maio’ div‰so’. a o’dem co’reta das o¿eraçõƒs.

a) D (9) = a) 145 × 5 – 472 + 38 =

b) D (3) =

c) D (7) =
b) 364 − 89 + 47 × 3 =
d) D (13) =

e) D (15) =

c) 275 − 118 + 32 × 6 =
Expressões nu méricas

Numa expressão numérica em que aparecem as quatro


operações, efetuamos primeiro a multiplicação 7. C˜lcule o v˜lo’ das seguintes expressõƒs
e a divisão e, depois, a adição e a subtração, numéricas.
obedecendo à ordem em que aparecem.
Exemplo:
a) 12 ÷ 6 + 2 × 9 − 3 =
86 + 52 × 7 − 138 =

86 + 364 − 138 =
b) 6 × 8 + 14 ÷ 7 − 5 =
450 − 138 = 312
98
c) 9 × 9 + 18 ÷ 3 – 8 = l) 226 ÷ 2 − 9 × 8 + 2 =

d) 81 ÷ 9 + 5 × 7 – 4 = m) 64 ÷ 8 + 6 × 8 − 26 =

e) 32 × 15 – 240 ÷ 12 = n) 42 + 15 × 6 − 18 ÷ 9 =

f) 176 ÷ 8 + 75 × 3 + 1 = o) 12 × 4 + 8 ÷ 2 + 7 × 3 =

g) 66 ÷ 3 + 9 × 3 – 10 = p) 129 ÷ 3 − 2 × 7 + 6 ÷ 2 =

h) 105 × 4 – 40 ÷ 8 + 3 = q) 350 ÷ 7 × 9 − 200 =

i) 192 ÷ 2 – 47 × 2 + 4 = 8. C˜lcule o v˜lo’ das expressõƒs numéri-


cas. E¼ seguida, escrev˜ o“ resultado“
na o’dem crescente.
j) 36 × 12 + 125 – 250 =
a) 18 − 2 × 4 + 5 =

k) 16 × 3 – 26 + 3 = b) 4 × 6 + 5 − 12 =

c)
85

4
×

12
+

2
=

99
d) 12 × 6 + 8 − 14 = f) 22 × + 6 = 50

e) 23 + 13 × 2 − 9 = g) × 5 − 15 = 10

f) 84 − 5 × 14 + 9 = h) 11 5 + = 60

g) 42 − 12 + 6 × 9 = 10. C˜lcule o v˜lo’ numérico das expres-


sõƒs.
h) 35 − 4 × 5 + 3 =
a) 3 × 11 + 7 × 5 =
Resultado“ na o’dem crescente:
84
b) 4 × 5 + 2 × 20 − 16 =
9. C¾¼plete as expressõƒs numéricas. E“-
crev˜ o“ sinais no“ círculo“ e o“ nú-
mero“ no“ quadrado“.
c) 60 − 5 × 11 + 10 ÷ 10 =
a) 22 + − 7 = 20

b) − 8 + 15 = 45
d) 36 + 15 × 3 − 5 + 7 =
c) 46 − 16 + = 48

d) 29 8 35 = 56

e) 61 27 − = 63 e) 90 ÷ 3 + 15 =

100
1. «b“ervƒ as representaçõƒs e co¼plete o“
B LO C O6 espaço“ em b’anco.
C ção
O d
N fr
T es
E •
Ú F
D es
1
O equiv 2
S ale
: es um meio
• •
Fra F
çã o
o um
• n
Lei ro
tur n
a al
de •
fra A
çõ o
es subt
• ação
Fra d
çõe fr
s es
de •
ci Geo
ma m
is a:
• â
Co o
mp
ara
1 (quarta parte ou um quarto)
4
1 numerador
4 denominador

• O numerador representa o número de partes


tomadas do inteiro.
1 1
• O denominador representa o número de partes do
8
Fração 10
mesmo tamanho em que o inteiro foi dividido.
1
101
1
1
• Para representar partes de um

inteiro utilizamos
5 6
7
frações.
uais

p
a
r
t
e
s
i
g
2. Represente em fo’ma de fração a parte 4. Pinte em cada figura a fração indicada.
coŒo’ida de cada figura.
1
a) b) 4

5
c) d) 6

4
8
e) f)
5
7

3. «b“ervƒ a figura.
5

1
2

2
10
E“crev{ a fração da figura
pintada
da co’:
9
vƒrmelha vƒrde
102
6. Ob“ervƒ o exemplo e co¼plete.
Quando, numa fração, o numerador e a) 1
o
denominado ou
3 um
r u
inteir
são iguais, a 3o m
fração é
igual ao
inteiro. b) m
ei
o
2
5.
®
i
v

d
a
em
p
a
r
t
e
s
i
g
u
a
i d)
s
4 4
4 6 e)
e
pinte
e f)
m

c 5 8 g)
a 8 12
d
a h)
retângulo
a 2 3
5 7
fração
103
i
n
d
i
c
a
d
a
.
7. E“crev˜ a fração representada pela parte Leitura de frações
coŒo’ida em cada figura. ±race linhas
auxiliares para desco|’ir a respo“ta. Para ler qualquer fração com o denominador maior
que 10, lemos o numerador, o denominador e, em
seguida, a palavra avos.

a) b)
8. C¾¼plete o quadro ab˜ixo.

¯igura
¯ração
C¾¼o
se

c) 3
d) 4
t
r
ê
s
q
e) u
f) a
r c
t o
o
“ dé
ci
m
o“

ci 4
n 8

cinco doûe av¾“

104
Frações decimais 10. E“crev˜ a fração representada em cada
figura.
Quando o denominador for 10, 100, 1000 etc.,
lemos o numerador acompanhado de décimo, a)
centésimo, milésimo etc.

b)
9. Represente em fo’ma de fração.

a) no¥ƒ centésimo“ e) cinco décimo“

b) um milésimo f) cinquenta centésimo“ 1 1. C¾½to’ne as fraçõƒs que representam


um inteiro.

c) o‰to décimo“ g) 4
v‰nte milésimo“
5 4
5

d) um décimo h)
v‰nte centésimo“

2 2 2
3
2
6
1
0
5
Comparação de frações 13. C¾¼plete co¼ o“ sinais > o§ <:

a) 1 4 b) 3 2
• Quando duas frações têm os denominadores
iguais, a fração maior é a que tiver numerador
8 8 3 3
maior.
• Quando duas frações têm os numeradores iguais, a c) 4 2 d) 7 6
fração maior é aquela que tiver denominador 7 7 8 8
menor.

e) 2 7 f) 6 8
4 4 9 9
12. Pinte e co¼plete.
g) 1 1 h) 2 2
1
4 5 2 3 6

i) 5 5 j) 4 4
2 8 9 7 5
4
14. C¾½to’ne a fração maio’ e
represente-a em fo’ma dedesenho.
4
3 2
6
6
6

A fração meno’ é . A fração


maio’ é .

106
15. C¾½to’ne a fração meno’ e b) 5 5 5 5 5 5 5
represente-a em fo’ma dedesenho. 8 10 12 9 6 11 7
3
4
• o’dem 
crescente:
3
6
8
• o’dem 
decrescente:

16. E“crev˜ as
fraçõƒs em crescente:
o’dem crescente
e decrescente,
usando o“
sinais > e <. • o’dem
a) 4 3 7 decrescente:
2 5 1
6
9 9 9
9 9
9 9

• o’dem
17. Nestas figuras
represente.
b) uma
a) uma
fração
fração
meno’
maio’
que 1
que 4 2
7

107
c) uma fração maio’ que 3 19. C¾¼plete as fraçõƒs para que sejam
8 equiv˜lentes.

a) 1 = =
2
2 4

b8 f) 2
Fraç
=
ões 6
eq 12
uiva
lent
es
• Frações c= g) 2
equivalentes são 6
frações que
=
representam a 3
mesma parte do 6
inteiro.
• Para encontrar
frações
equivalentes,
basta multiplicar
o seu
numerador e o
seu
denominador
pelo mesmo h) 2
número
natural
8
diferente de 1
zero.
=
4
20. Pinte e
a)
1 represente as
3 fraçõƒs.
2 6 a) 1
=
2
c) 2 d) 4
4 8

1 , 2 , 3 e 4
são fraçõƒs .
=
2 4 6 8
108
c) e) a fração equiv˜lente a 2 ,
= de deno¼inado’ 12. 6

f) a fração equiv˜lente a 2 ,
de deno¼inado’ 15. 5
d)
= g) a fração equiv˜lente a 4 ,
de deno¼inado’ 24. 6

h) a fração equiv˜lente a 1 ,
21.®escub’a: de deno¼inado’ 100. 2

a) a fração equiv˜lente a 2 , 22. As seguintes fraçõƒs são equiv˜lentes?


de deno¼inado’ 18. 3
a) 6 e 10 ¬im Não
3 5
b) a fração equiv˜lente a 9 ,
de deno¼inado’ 24. 12 b) 2 e 4 ¬im Não
4 8

c) a fração equiv˜lente a 1 , c) 5 e 2 ¬im Não


de deno¼inado’ 12. 6 6 3

d) 6 e 9 ¬im Não
d) a fração equiv˜lente a 1 , 4 6
de deno¼inado’ 6. 3

109
Fração de u m nú mero d) 3 de 20
natural 5
1
4 4
de
1 16 ÷ 4 = 4
6
1
4
4 4
1x
e) 1 de 3
62
=
÷8
2
4
4
de
=
16
4 =
8

23. «b“e
rvƒ o 15
exemplo e 15 ÷ 3
calcule: = 5
3 5
1 × 1
= 5
1
de
de
15 = 5 f) 2 de
3
a)
88
4
de
12 g) 2 de
6 40
4

b)
1 h) 1 de
de 64
8
60
5

c)
1
de
27
3
110
i) 5 de 32 c) 1 de 6
8 2

j) 2 de 18
3
d) 1 de 10
5

k) 3 de 36
4

e) 2 de 12
24. Pinte o“ desenho“ e calcule. 4

a) 2 de 16
4

f) 3 de 20
b) 1 de 14 5
7

111
25. C˜lcule. b) ±êm irmão“: 5
6
a) 5 de 18 = d) 2 de 63 =
6 7
c) ¬ão b˜ixo“: 1
3

b) 4 de 225 = e) 2 de 36 =
5 3 d) ¬ão menino“: 2
6

c) f) e) ‹o
4 3
alto“: 4
de d
e
4
5 1
= 5
2
=
9 aula

30
aluno“.
26. E¼ uma C{lcule
sala de quanto“
6
aluno“
po“suem
cada f) ‹o
uma das
mo’eno“: 1
característica 2
s indicadas
pe- las
frações. g) ¬ão

meninas: 2
a) ‹o
3
ruiv¾“: 2
1
0 h) ¬ão do 3º
ano:
30
30

112
Problemas 4. Uma co“tureira fez 2 das 50 bŒusas
pedidas. 5
1. Lucas tem 40 carrinho“. ®eu 1 a seu Quantas bŒusas a co“tureira fez?
irmão. 4 Cšlculo Respo“ta
Quanto“ carrinho“ Lucas deu?
Cšlculo Respo“ta
5. Para as festas
juninas fo’am
2. Um pipo‘ueiro feitas 5 dúzias
fez 100 saco“ de de
pipo}a. b˜ndeirinhas. Jš
Jš vƒndeu 3 coŒaram 2 das
desses
b˜ndeirinhas.
saco“.
5
5
Quantas
Quanto“ saco“
de b˜ndeirinhas
pipo}a fo’am
vƒndeu? coŒadas?
Cšlculo Cšlculo
Resp

3. ¯ernando arru- mo§


ganho§ 24 em sua
liv’o“. Jš estante 3
do“ liv’o“. 6. ®e um peça de
4 fita que
Quanto“ liv’o“ tinha 63 me-
tro“ fo‰
¯ernandojá
vƒndido 1 .
arrumo§? 7
Quanto“ metro“
fo’am
vƒndido“?
Cšlcu C Resp
lo o“ta
Respo
“ta

113
7. Ana co¼pro§ 3 de 56 b˜las. Adição e subtração de frações
8
Quantas b˜las Ana co¼pro§? 1. Represente as fraçõƒs e efetue as adiçõƒs.
Cšlculo Respo“ta
a)
+ =

8. J§liana ganho§ 24 lápis. ®eu 1 para


Lili. 8
C¾¼ quanto“ lápis J§liana fico§? b)
Cšlculo Respo“ta
=

9. ¬andra tinha 120 adesiv¾“. ®eu 3 c)


5
+ =
p
a
r
a

Maria

e
o
restante
p 114
a
r
a

−ete.
Q
u
a
n
t
o
s
adesiv
¾


e
t
e
ganho§?
Cšlculo Respo“ta

+ =
Adição de frações 3. C¾¼plete as adiçõƒs.

Para adicionar frações com denominadores iguais, a) 2 + = 5


adicionamos os numeradores e repetimos o deno- 3 3
minador comum.

b) + 5 = 7
2. E„etue as adiçõƒs e pinte as partes 10 10
co’respo½dentes.
c) 3 + = = 1
a) 5 5
4=
4 4 d) 2 + =
6
7 7
b) 7
1 =
3 3 e) 3 +
1 =
6 6
c)
2 = f) +
5 5 1 = = 1
4 4

g) 2 + 4 =
d) 3 + 4=
6
6 6
h) 4 + 2 =
8 8
e)
6 +6
115
4. E„etue as adiçõƒs e asso}ie o resulta- 5. E„etue as adiçõƒs:
do à representação gráficadecada o + f) 1 +
2 2 =

3 6
6
+ 3
5
=
3
9 A
b
9
)
4
+

5
=

g
)

2
9 B 8
= 8
9 d) 4 6
8
.
1 h) 5 + + 4
+ C
2 4 + 3=
= ¾
+ ¼
i) 4 p
3 l
+ 2 e
t
=
6 10 + 3 e
6 estas
=
10 i
10 g
u
12 a
12 l
12 d
4 a
C d
7
+
e
7 s
2
8 .
=
1 8
0
2 6 +
8 8 D 10 10 10
10 10
10

2 +
= 10
4 9 +
= 10
+ 10
2
10
=
6 10
6 10
10
10

116
Subtração de frações 8. E„etue as sub”raçõƒs e asso}ie o resul-
tado à representação gráfica de cada
o¿eração.
Para subtrair frações com denominadores iguais,
X
basta conservar o denominador comum e subtrair os 5 –
3 = X
numeradores. 9 9 X A

X
X 6

X
X
X X B X c7
4 7 – 4 = 3 –
2 X
– d1
2
=
2 =
5 9
6 4 9
– =
5 C 9 1
X
5
10 10 b)
8
7. E„etue as 7 –
3 =
8 8
sub”raçõƒs X –
7
representadas
pelas =
figuras. 1
0
a) E
X 6 1
X X X
X X
0

9. E„etue
as
sub”raç
õƒs.

c) X d) a) 7
e) 6 – 4 = f) 9 – 7 = 2. Marco“ co¼eu 2 de um cho}oŒate.
8 8 10 10 8
¬érgio co¼eu 3 e G§stav¾ 2 .
g) 10 – 4 = h) 9 – 5 = 8 8
5 5 15 15 Que fração do cho}oŒate co¼eram o“
três junto“?
i) 10 – 7 = j) 8 – 6 = Cšlculo Respo“ta
13 13 16 16
k) l
1 )
2
8

6

2
0 1
2 =
0 9
9

m 2 n) 4 – 2 =
) 12 11 11
8

3
=
1
a Pro i 15
chav Que parte e 6 para meu
3 ƒiro“ 1. 2 do amigo.
. ®i b¾Œo 15
² v nó“ Que fração
e representa a
e pri ‰
co¼emo“? quantidade de
n mo di a
Cšlc chavƒiro“ que
d ulo
u vƒndi?
i m
m Cšlculo
5 i Respo
b¾ n
d Πh
e o a
c em m
h ã
a p e 118
v ar c
ƒ te o
i s ¼
r e
ig
o u
u

ai 1
s.
p C .
a ¾ 5
r ¼
4. Luciana tinha 5 de uma to’ta e 7. Uma co“tureira co¼pro§ uma peça de
6 fita. G˜sto§ 2 numa to˜lha e 4 num
co¼eu 3 . 9 9
6 lençoŒ. Quanto resto§ da peça?
Que fração da to’ta resto§? Cšlculo Respo“ta
Cšlculo Respo“ta

5. Mamãe 5
para
gasto§ 4 do“ 9
o¥¾“.
6
Que parte
resto§
do“
o¥¾“?
Cšlcul
o

6. ±inha 8 de
um
b¾Œo. ®ei
férias.
Qual
fração
8. ®o“ 12 do ano
de é dedicada
um às
ano aulas?
C
letiv¾, 3 šl
são o c
1 u
2 l
o
perío‚o de
Luís.
C¾¼ quanto fiquei?
Cšlculo Respo“ta

119
C
Geometria c) d) Y
Ângulo D

O giro dado pelo ponteiro de


um relógio nos dá a
Z
ideia de
ângulo.
lado
“:
lado
“:
vñrtic
12
horas e:
3
horas vñrtic
6
horas e:
ângulo
nulo
2.
de 1 de C¾¼plet
volta
e as
de 1
volta frases
4
co¼
2 as
palav’a
s do
quadro
.
ice Be b) O c) «s
âng do
lad ñ po½to o½de
ulo o“ 1. r as ângul
° t o são
vñrt d semirreta
i fo’ma
n
e s se
l
c do“
g en-
u n e pelas
l co½tram
t duas
o
d é
i
vért B e o . semirr
ce  f
C i etas.
v
c
é q a Q
r u d M
t
i e a
1l
c
e o
:
“ â 2a
A n 0d
lados: l g o
s a u “
e d l :
m
o o lado“:
i
“ . v
r
r N ñ
e a) r
e
t
b) t
a o O i
A v O c
e
:
3. CŒassifique o“ ângulo“ em reto, agudo
Quando duas retas concorrentes se cruzam formando o§ o|”uso:
4 ângulos iguais, dizemos que as retas são s
perpendiculares. E o ângulo formado é chamado
O
ângulo 4 90º
reto
ângulo reto. mede 90
graus.
r

• Ângulos
menores do
que o
ângulo reto
são
chamados
1 12
de ângulos 0º
agudos.
• Ângulos
maiores do
que o
ângulo
reto são
chamados
de ângulos
obtusos.

ângulo reto ângulo agudo


0
ângulo obtuso

9
121
1. Represente no quadro o“ número“ de-
B LO C O7 cimais.
CONTEÚDOS: 0,1
• Números fração
decimais 1
decimal
• Adição e 10
subtração
de números • Um centésimo:
decimais número
• decimal
Multiplicaç •
P 0,01fração
ão de 1
números s decimal
100
decimais
• • Um milésimo:
Multi número decimal
plica
0,001 fração decima
ção N 1
de 1000
um
núm
ero •
deci
mal U
por m
10, d
100, ci
1000 m
o:

D núm
i
v
deci
is
ã mal
o
Cƒntésimo“
122
Milésimo“
0,1

0,01

0,001

0,02

0,4

0,005

0,08

0,03

0,006
2. C¾½tinue o exercício. ²eja o exemplo. 3. E“crev˜ a fração decimal e o número
decimal representado em cada figura.
2 «b“ervƒ o exemplo:
= 0,2 Lê-se: do‰s décimo“ 10

decimal: 8
10
1a

1b

1c

1d

1e

1f

1g

1
2
4. Represente, em número decimal, as par- 5. «b“ervƒ as figuras. Represente-as so|
tes coŒo’idas de cada figura: a fo’ma de número decimal.

a) d) a)

b)
b) e)

c)

c) f)

d)

6.
Repr
esen
te
so|
a
fo’
ma
dec
imaa) 38 10
d
l. 1 10 b) 8 décimo“
10
10
inteiro
+6
10 décimo
1,6 ou + 6 s
6
=
16 A vírgula separa a c) 45
parte inteira da
parte decimal. 0,45
centésimo“
1,6: um inteiro e
seis centésimos.

124
d) 3 centésimo“
47 =
c)
10
e) 6 décimo“
66 =
d)
10
f) 78 décimo“
51
g) 29 centésimo“ e) =
10
h) 150 décimo“
79 =
f)
10
i) 32 décimo“
j) 84 xe
m
centésim pl
o“ o.
7
. 25 = 2,5
Lê-se:
«
do‰s inteiro“
b

e
r
v
ƒ
o
e
8. o
=
me 7 =
«b“ b)
ervƒ 0,0 sm
5 Lê- o.
exe se: a1
0
mpl
o cinc
co¼ 1b
o 0
plete
. cent
1
ési
mo“
5 10
0
10
a
e
)
5
2
déc
im
o“ =
1
0
0
A a,
g
o fa
’ ça
4
d) = 0,01
100
1,96
6 =
e)
100
10. E“crev{ na fo’ma de número decimal.
3 =
f)
100
a) 34 centésimo“

9. E“crev˜ po’ 3,52


extenso.
«b“ervƒ 7,33
o
exemplo.

2,44
do‰s inteiro“ e
quarenta e quatro
centésimo“
0,36

0,08

6,27

0,85

0,91
b o teiro“ e h) 7
) “
5 43 inteiro“
d
6 ) centésimo“ e 22
c 3
e f) 4 centésim
n c
t e inteiro“ e o“ i) 99
é n
s t 18 centési
i é
s centésimo“ mo“
m
o i
g) 6 j) 9
“ m
inteiro
o inteiro“ e
c “ e

) um
45 centési
e
9 mo
) centésimo“
c
e 126
n
2
t
é
s
i
i
m n
1 1. C¾½tinue o exercício. «b“ervƒ o exemplo 12. E“crev{ na fo’ma de fração decimal.
e co¼plete. a f)
3 0,52
= 5 =
b
0,003 Lê-se:
três g)
5,16
milésimo“ 5 =
1000

h)
a10
00
0,00
2=

b10
00 i)

0,12
c10
00 7 =

j)

3,29
8=
248
)
d
13. E“crev˜ c1
=
na
d
fo’ma
de
número
decimal.
10 6
00 a)

1
0
e 0
0
)

1 b)

9 436
1
4 0
0
0

=
10
00

f
)
127
2329 75
e) = h) 4 = • 3,184
1000 1000

94 =
2 =
f) i)
1000 1000
• 0,012
18 43
g) 3 = j) =
1000 1000
• 7,914
14. E“crev˜ po’ extenso.


• 5,2
40



1,62
9

• 0,
040

128
15. Ligue co’retamente.
86
100
4 unidades, 3 centésimo“ 40,35
4
4 4 ,
1
dezenas, 6
3 4
centésim
o“ 0
,
0
4 0
9
dezenas,
35
centésimo

4
déc 40,3
centena imo
s, 3 “
40,03
dezena
s, 4
5
0,2
¯Nd c
0 r e
a n
c ç t
ã é
o s
s
i
d m
e o
c “
i
m
a
l

7
10

1
5
1
0
0
129
Adição e subtração de nú meros b) 7 + 2,133 + 1,559 =
decimais

Na adição e
subtração de
números c) 5,18 +
decimais, 2,64
colocamos =
vírgula
embaixo de
vírgula e
efetuamos a
operação.

17. E„etue as adiçõƒs.

2,3 1 3 d) 0,465 +
+ , ,
6 4 0,639 =
1,8 + 1
,
2
+
e) 2 + 130
0,18
18. +
Arme e 1,32
efetue as =

adiçõƒs.

a)
0,6
+
0,7
+
2,4
=

f) 0,730
+

5,508
+

0,974
=
g) 0,630 + 4,035 = 20. Arme e efetue as sub”raçõƒs.

a) 6 – 3,62 =

h) 0,94 + 0,36 =

b)
0,096

0,058
=

i) 3 + 2,490 + 1,118 =

c) 8,32

2,78
=

19. as
E„etue
sub”raçõƒs.
2 0,7 3 7,3
d , – , – 2,8
6 4
0,5 –
0
0

1
,
5
4
2
=
e)
2 0,76 –
, 0,25 =
5

1
,
9

131
f) 9,703 – 0,468 = b) 4,26 – 2,68 =

g) c) 0,85
3, –
4 0,36 =
0
0

2,
1
5
0
=

h) =
9,
71

3,
49
d 3, 8 +
2 2,34 =

i e
)
21. Arme e efetue f) 4,63 +
4 as 2,78
, =

3 sub”raçõƒs e
3 adiçõƒs.
2
a) 8 – 2,72
=

0
,
7
3 132
0

=
g) 6,63 – 4, 27 = M ultiplicação de nú meros decimais

Na multiplicação
de números
h) decimais
efetuamos a
0,6 multiplicação
77 como se fossem
números
– 0, inteiros. Depois,
39 colocamos a
= vírgula no
produto,
contando da
direita para a
esquerda o total
de casas
decimais
dos fatores.
12
,1

1
i) ca
sa
2, de
ci
14 m
al
+
×

2, 0
89 ,
0
= 5
2 casas
E
decimais 0
×
,
×
0,
j) 155,32 7
0,605
0, 22 = ×
3 casas
decimais 3
× 6

2 k) 400, 25 4 2,
+ 5
×
5, 70 +
0, 01 =
5

16,
4
×

2
3
×

6,

133
23. Arme e efetue estas multiplicaçõƒs. 9,8 16,75 6,3
× 3,6 × 12 × 2,4
a) 0,2 x 8 = d) 10,3 × 0,3 =

2
b)
6
×
0,
4
=

e)
0,
5
×
5
=
õƒs.
efetue as
multiplicaç a) 4,7 × 0,3 = 134
5,9 × 0,3 =

c) 3 × 0,6 = f) 13,5 x 4 =

b) 24,6
× 0,6 =
e) 22,4
× 0,7 =

24. E„etue as multiplicaçõƒs.

3,41 8× 1× 26,7
× × 0,7

7
3
22,54
× 6
0,8
3
×

4
26. E„etue as multiplicaçõƒs. M ultiplicação de u m nú mero
decimal por 10, 100, 1000
3,246 2,329
× 3 × 0,3
Para multiplicar um número decimal por 10, 100 ou
1.000, deslocamos a vírgula uma, duas ou três casas
para a direita.

1,631 4,67
× 4 × 0,6 27. E„etue as multiplicaçõƒs.

a) 0,62 × 10 =

3,27 36,8 b) 17,23 × 10 =


× 1,9 × 0,15
c) 1,38 × 100 =

d) 3,5 ×
1.000
=

e)
6,745 ×
100 =

23 9 33,18
,4 × 1,3
×

0,1
f 3,54 ×
10 =

h)

i) 0,02 ×
1.000 =
28. E„etue as multiplicaçõƒs: Divisão de u m nú mero decimal
por
a) 7,2 × 10 = 10, 100, 1000
7,2 × 100 =
7,2 × 1.000 =
Para dividir um número decimal por 10, 100 ou
1.000 deslocamos a vírgula uma, duas ou três casas
b) 9,143 × 10 = para a esquerda.
9,143 × 100 =
9,143 × 1.000 = 29. E„etue as div‰sõƒs.

c) 0,5 × 10 = a) 6,2 ÷ 100 =


0,5 × 100 =
0,5 × 1.000 = b) 8 ÷ 1.000 =

d) 43,5 × 10 = c) 774,2 ÷ 1.000 =


43,5 × 100 =
43,5 × 1.000 = d) 53,6 ÷ 100 =

e) 6,87 × 10 = e) 98,5 ÷ 10 =
6,87 × 100 =
6,87 × 1.000 = f) 2,5 ÷ 10 =

f) 2,94 × 10 = g) 0,04 ÷ 10 =
2,94 × 100 =
2,94 × 1.000 = h) 0,7 ÷ 100 =

i) 2, 576 ÷ 1.000 =
136
30. E„etue as div‰sõƒs: Polígonos

a) 186,3 ÷ 10 =
186,3 ÷ 100 = Polígonos são linhas fechadas simples formadas por
segmentos de reta.
186,3 ÷ 1.000 =

b) 437,2 ÷ 10 = 31. Agrupe as figuras desenhadas de aco’-


437,2 ÷ 100 = do co¼ o número de lado“ e preencha
437,2 ÷ 1.000 = a tabƒla ab˜ixo.

c) 0,368 ÷ 10 = A B C
0,368 ÷ 100 =
0,368 ÷ 1.000 =

D E F
d) 9,85 ÷ 10 =
9,85 ÷ 100 =
9,85 ÷ 1.000 =
H I
G
e) 0,125 ÷ 10 =
0,125 ÷ 100 =
0,125 ÷ 1.000 = K
J L
f) 15,05 ÷ 10 =
15,05 ÷ 100 =
3 lado“ 4 lado“ 5 lado“ 6 lado“
15,05 ÷ 1.000 =

137
32. C¾¼plete. PoŒígo½o“
a) «s quadrilátero“ têm 4 , ±riângulo“ 33. 34.
4 e 4 . «b“er «b“
Quadrilátero“ vƒ ervƒ
b) «s quadrilátero“ que têm o“ lado“
as o“
o¿o“to“ paralelo“ são chamado“ Pentágo½o“
. figur poΒg
as e o½o“
Hexágo½o“
c) «s quadrilátero“ que têm so¼ente preen e
do‰s lado“ paralelo“ são chamado“ Mais de 6 lado“ cha resp
. o o½d
quad a.
ro:

D A
C
A
B
C
B

E F
G
D
FE

I J
K L
G I
M N
H

138
a) Quais são as características do“ 35. Pinte a figura ab˜ixo. Use a mesma
quadrilátero“? co’ para o“ quadrilátero“ do mesmo
tipo:

2 “ 1 Não têm
lado“
b) E“crev˜ aletra co’respo½dente a p paralelo“
cada um desses quadrilátero“ p a
co¼pletando o quadro. a r
r d
e e
s
d l
e a
d
l o
a “
d p
o a
“ r
p a
a l
r e
a l
l o
e “
l
o
u ê mero de
a)
r m lado“?
± a
o s o

a p m
s i e b) Quais são
n s o“
a t m
s no¼es
a o dessas
fi d figu-
a n
g ú ras?
s

«utro“
paralelo†ramo“ ±rapézio“ quadrilátero“

139
1. C˜lcule o termo desco½hecido.
B LO C O8
CONTEÚDOS: a) + 3 = 9 b) + 21 = 73
• Sentenças matemáticas
Cálculo de um termo desconhecido
=
• Nosso dinheiro
Lucro e prejuízo
• Medidas de tempo
=
Hora, minuto e segundo
O os
u geométr
t icos:
r poliedro
a s
s

u
n
i
d
a
d
e
s

d
e

t
e
m
p
o


lid
c ç e) g) – 16 =
a +
= N
N 36 h)
= 1 u – 9 =
m
Sentenças 2 a 34
=
matemáticas s
3
Cálculo de u
6 b
u m termo
f) t
desconhecid + r
o a
ç
= 2 ã
6 o
d = :
e
P
s 4 – 12 ÷ 3 = 45 =
a =5 =
r
c 2
o matemática =5+ = 45 × 3
a 12
n aplicamos a = 135 =
h = 17 =
e operação
e
n inversa.
c
c
i 140
o =
d
n
o Num Numa
t
adiçã multip
r
n o: licaçã
a
u o:
r
m+ 7 ×4
o
a =
= 11
t 20
s= 4
e
e
r =
n
m 20
t
o ÷4
e
n =5
i) 7 ⅹ = 35 j) 9 × = 81 c) 20 + = 85 d) – 75 = 25

= =
=

= =
=

k) + 4 = e) 9 × =
20 l) ÷ 54 f) –
6 = 24 29 =
135

= =
=

= =
=

m) ÷ 7 = g) + 95 =
32 n) 242 h)
5 × = + 5 =
25 19

= =
=

= =
=

2. ®escub’a o v˜lo’ do termo


desco½hecido. i) ÷ 15 = 4
j) × 8 =
256

a) 12 + = 20 b) ÷ 8 = 6
=

= – =
=

= =

141
3. C¾¼plete co¼ o“ sinais das o¿eraçõƒs: Problemas
+ , –, × , ÷ .
1. Ricardo tem uma coŒeção de carrinho“.
a) 73 2 = 146 b) 425 76 = 349 G˜nho§ mais 42 e fico§ co¼ 72.
Quanto“ carrinho“ Ricardo tinha
antes?

Cšlculo Resp
o“ta

c) 96 4 = 24 d) 125 46 =
171

e) 333 3 =
111 f) 2. Qual é o
189 346 número que
= 535 div‰dido po’ 6
é igual a 36?

Cšlculo Re
spo
“ta

g) 683 48 = 635 h) 144 6 = 24


142
3. A so¼a de do‰s número“ é 54. Um 5. Qual o número que multiplicado po’
deles é 26. Qual é o o§tro número? 16 é igual a 256?

Cšlcu Cšlculo
lo Res
Respo
“ta

6. O do|’o de um
número é
4. A idade de igual a 50.
J§liana meno“ Qual é o
15 ano“ é igual número?
a 9
ano“. Qual é a Cšlculo
idade de Res
J§liana?

Cšlculo Respo“ta
143
7. O triplo de um certo número é igual 9. Numa multiplicação, o pro‚uto é 284
a 27. Qual é esse número? e um do“ fato’es é 2. Qual é o o§tro
fato’?
Cšl R
cul C Resp
o o“ta

8. ²o¥¢
distrib§iu
75 b¾¼b¾½s 10. Um número
entre seus mais 6 é
netinho“. igual a
C˜da 18.
um recebƒu Qual é o
15 b¾¼b¾½s. número?
Quanto“
neto“ ele
tem?
Cšl R
cul C Resp
o o“ta
144
1 1. Lúciae Mariana têm juntas 38 ano“. 13. C˜rmem distrib§iu liv’o“ em 6
Lúcia tem 15 ano“. Qual é a idade de prateleiras. C˜da prateleira fico§ co¼
Mariana? 35 liv’o“. Quanto“ liv’o“ C˜rmem
distrib§iu?
Cšl R
cul C Resp
o o“ta

12. Qual é o 14. Leila po“suía


número que algumas
‰dido po’ 2 é
igual a 18? figurinhas.
G˜nho§ mais
47 e
fico§
co¼
98.
Quantas
figurinhas Leila
po“suía?
Cšl cu lo Respo
“ta c
C Resp
o“ta

145
Nosso dinheiro • R$ 1.930,00

O nosso dinheiro chama-se real.


• R$ 475,25

O símbolo: R$

1. E“crev˜ po’ extenso. • R$ 2.144,20

• R$ 350,80

• R$ 333,33
• R$ 1.240,00

• R$ 0,90 • R$ 3,75

• R$ 890,30 • R$ 4.920,00

• R$ 4,60 • R$ 0,72

• R$ 179,00 • R$ 2,10

146
• R$ 9.832,55 3. «b“ervƒ.

• R$

2,65
+

R$

8,69
=

R$

11,3
4

“:
2.
Represent b) 8 reais:
e as
quantias. c) 90

a) 35
centav¾“:

reais e d) 330

30 reais:
centav¾ e) 1.280
5 2 • R$ 42,00 ×
r , 5 =
e ce 6 R$
ai nt 5 210,00
s: av +
¾ 4
8,69
f) “: 2
1 1
1 ,
2 i) 0
,
5 3 0
9

r 1 4
5
e 0
• R$
2
ai 1
re
s: 66,80 – 0
ai
s R$ ,
g) 0
2. 34,60 =
e R$ 0
3
2 4 32,20
0 7 Ago’a, efetue
66, as
r ce
80
e nt – o¿eraçõƒs em
ai av 34,60 reais.
s: ¾ 32,
“: 20 a) R$ 120,40
h) + R$ 54,80
1 =
j) 840 reais
e 10 centav¾“:

147
b) R$ 1284,40 + R$ 180,30 = g) R$ 920,00 – R$ 841,00 =

c) R$ h) R$

860, 429,00 –
40 – R$
R$
87,80 =
385,
00 =

d) i) R$
R$
123,70 ×
5 4=
4,
8
0

R$
9,
2
0
=
f) k) R$
R$
1360,0
68 0 ×

e j) R$
,3 9=
)
0
384,5 ×
0 ×6
R
= 5=
$

8
,
6
0
+ 148

R
$

0
,
9
0
=
Lucro e prejuízo Ho§vƒ lucro? ®e quanto?

Quando compramos uma mercadoria, pagamos


um preço por ela. Ho§vƒ prejuízo? ®e quanto?
Se a vendemos por um preço maior, obtemos lucro.
Se a vendemos por um preço menor, temos prejuízo.
b) C¾¼prei uma mercado’ia po’
R$ 165,50.
E¦emplo Revƒndi po’ R$ 114,50.

Ho§vƒ lucro? ®e quanto?


C¾¼prei uma mercado’ia po’
R$ 156,00.
Revƒndi po’ R$ 150,00. Ho§vƒ prejuízo? ®e quanto?
Ho§vƒ lucro? ®e quanto?
Respo“ta: Não ho§vƒ lucro.
Ho§vƒ prejuízo? ®e quanto? c) C¾¼prei uma mercado’ia po’
Respo“ta: ¬im. ®e R$ 6,00. R$ 897,00.
Revƒndi po’ R$ 1045,00.

4. E¼ cada situação, respo½da. Ho§vƒ lucro? ®e quanto?

a) C¾¼prei uma mercado’ia po’


R$ 1.280,00. Ho§vƒ prejuízo? ®e quanto?
Revƒndi po’ R$ 1540,00.
149
d) C¾¼prei uma mercado’ia po’ b)
R$ 2.130,00.
Revƒndi po’ R$ 1790,00. R$ 0,50 R$ 1,50 R$ 0,60

Ho§vƒ lucro? ®e quanto? C¾¼ R$ 20,00 po“so co¼prar


pirulito“.

Ho§vƒ prejuízo? ®e quanto?

5. ResoŒv˜ e registre as respo“tas.


a) E¼ R$ 365,00 há C¾¼ R$ 30,00 po“so co¼prar
quantas moƒdas de R$ so’vƒtes.
0,05?

C¾¼ R$ 18,00 po“so co¼prar


b¾¼b¾½s.

150
c) «b“ervƒ. e) C{lcule o preço da b¾Œa, da peteca
e do regado’.

R$ 52,50 R$
85,00 R$37,80 Preço
to”al: R$

14,55

Quero
co¼prar o“ Preço
três
to”al: R$
b’inquedo“,
mas só 12,30
tenho
R$
150,00.
Quanto
me falta
em
dinheiro?

Respo“ta:
Pre as. Peteca:
¯ ço
a Regado’:
l to”
t al:
R$
a
7,7
m 5 151
.

d 5
n 0
e ?
c
es
si
to
p
a R
r es
a p
o
te “t
r
a:
R
m
$
o
5 ƒ
, d
Problemas 3. Mamãe pago§ co¼ R$ 100,00 uma
co¼pra no v˜lo’ de R$ 75,00.
1. C¾¼prei um sapato. ®ei R$ 15,00 de ¯acilito§ o tro}o dando mais
entrada, R$ 10,00 na 1ª prestação e R$ 5,00. Quanto recebƒu de v¾Œta?
R$ 10,00 na 2ª. Quanto paguei pelo s Re
sp
o“t
a

Cšlc Respo“ta
ulo

um

2. C¾¼prei um
reló†io
po’ R$
48,00.
Po’
quanto devƒrei
vƒndê-lo
para
o|”er
4. C¾¼prei um
b’inco 25,00. ±ivƒ
po’ R$ lucro
35,00. o§ prejuízo? ®e
152
Revƒndi-o po’ R$ quanto?
l Res
u po“
c ta
r
o
d
e
R
$

1
5
,
0
0
?

Cšl Respo“ta
cul
o
5. Ana Lúcia gasto§ R$ 45,00 na 7. C˜rlinho“ recebƒ uma mesada de
co¼pra de um sapato e R$ 50,00 na R$ 40,00 e eco½o¼iza R$ 15,00 po’
co¼pra de uma b¾Œsa. C¾¼pro§ um mês. Quanto gasta po’ mês?
vƒstido que custo§ R$ 25,00 a mais Quanto eco½o¼izará em 5 meses?
do que a b¾Œsa. Quanto gasto§ Ana L Res
po“t
a

Cšl Respo“ta
cul
o

90,00. Mamãe
6. Mamãe tevƒlucro

co¼pro§ uma prejuízo?
mercado’ia em ®e quanto?
2 prestaçõƒs
iguais
de
R$
50,00.
O seu preço à
v‰sta
era R$
8. Papai co¼pro§ o restante
uma b em
‰cicleta po’ 2
R$ prestaçõƒs iguais.
Qual
788,00. o
Pago§ v˜lo’
de de cada
entrada prestação
R$ ?
394,00 e
C Res
Cšl R po“t
cul a
o

153
9. André co¼pro§ um b’inquedo usado 1 1. J¾“é ganha R$ 6,00 po’ ho’a de
po’ R$ 20,00. G˜sto§ R$ 6,00 para trab˜lho. Quanto ganha po’ mês, se
co½sertá-lo e, depo‰s, vƒndeu-o po’ trab˜lha 8 ho’as po’ dia?
R$ 35,00. Quanto lucro§? C Resp
Cšl R o“ta
culo

12. «lív‰a deu de


10. Um feirante entrada R$
co¼pro§ 300,00 na
uma co¼pra de um
dúziade micro}o¼putado’.
ab˜caxis po’ E„etuo§ o
R$ 12,00 restante do
e vƒndeu pagamento em
po’ R$ 24 prestaçõƒs
1,50 cada. iguais de R$
Quanto 88,00. Qual é o
lucro§? preço do
micro}o¼putad
o’?
Cšl R
culo C Resp
o“t a

154
Medidas de tempo e) f)
Hora, minuto e segundo

O segundo é a unidade básica de medida de tempo.


Símbolo: s
Unidades maiores que o segundo:
• minuto min : 1 minuto = 60 segundos
• hora h : 1 hora = 60 minutos = 3.600 segundos. 2. E“crev˜ po’ extenso.

1. E“crev˜ a ho’a marcada em cada re- • 2h 30min 15s


ló†io: (ho’a, minuto e segundo).

a) b) • 5h 45min

• 10h

• 9h 10min 20s

c) d)
• 35min

• 10min 48s

155
• 8h 59min • 540min

• 360min
• 1h 23min 9s
• 600min

• 7h 10min
b) C˜lcule quanto“ minuto“ há em:

• 3h 20min 20s • 3h

• 8h
Para converter medidas de tempo, multiplicamos
ou dividimos por 60. • 4h 30min
2 horas = 60 × 2 = 120 minutos.
240 segundos = 240 ÷ 60 = 4 minutos • 6h

3. Respo½da.

a)
C˜lcule •
240
quantas
min
ho’as
há em:

• 480
180 min
min
• 2h 3min

• 9h
• 12h

156
c) C˜lcule quanto“ segundo“ há em: O utras unidades de tempo

• D
s
Quin
i
zena:
a
• :
15
dias
2 Mês: 28, 29,

4 30 ou 31 dias
Bimestre: 2
h meses

o Trimestre: 3
r meses
a Semestre: 6
s meses

S 4.
e Respo½da
m.
a
n
a
:

d
i
a
A
a) Quais

o“

meses
• do
ano
• que
têm
• 30
dias?

b) Quais

o“
meses
do
ano
que
têm
31
dias?
o?
c 157
e) O
que
d aco½
tece
co¼
o
¼ês
de
fevƒ
reiro
qua
ndo

ano
b
‰ss
exto
?
5. C¾¼plete o“ espaço“. Problemas

a) Uma semana tem dias. 1. Um granjeiro vƒnde 170 galinhas po’


dia. Quanto vƒnderá numa quinzena?
b) Um ano e meio tem meses. E num mês?

c) Uma C Resp
quinzena o“ta
tem
dias.

d) Um

semestre tem

meses. e) Um

dia tem

ho’as. f) Um

ho’a tem

minuto“.

g) Um b h) Uma
‰mestre tem
meses. década tem
ano“.
Respo“ta
i) Meio 2. ±io Zeca
século tem co½struiu
ano“. uma casa em
3 trimestres
e 25
dias.
Quanto“ dias
lev¾§ para
co½struir a
casa?
Cšlc
j) Um 1a ulo

trimestre

tem

dias. k)

Meia

década são

ano“. l)

Um b‰ênio

tem
3. Leandro ganha R$ 3,00 po’ ho’a. 6. O pai de J¾œo é mais vƒlho que o pai
±rab˜lha 8 ho’as po’ dia. Quanto de J¤lio. O pai de J¾½as é mais no¥¾
recebƒ no fim do mês? que o pai de J¤lio. Qual do“ pais é
Cšl R o mais vƒlho?
cul Qual é o
o mais no¥¾?

7. Que idade terá


4. Papai co¼eço§ a ¬uzana
trab˜lhar ao“ 18 daqui a
ano“. 35 ano“
±rab˜lho§ 3 se hoŠe ela
tem 12
décadas e ano“?
meia
e
depo‰s
se apo“ento§. C Resp
Quanto“ o“ta
ano“
trab˜lho§?
C¾¼ quanto“
ano“ se
apo“ento§?

Cšl o
cul
Re spo“ta

8. ¯altam 40
ano“ para
minha tia
co¼pletar um
5. Um so’vƒteiro século de
vƒnde 750 existência.
so’vƒtes po’ mês. Quanto“ ano“
Quanto“ ela tem?
so’vƒtes
vƒnderá em 1 Cšlculo
semestre?
Cšl Respo“ta
cul
o

159
Sólidos geométricos b) faces:
Poliedros
arestas:

Os sólidos vñrtic
geométricos es:
formados
por
superfícies
planas são
chamados
poliedros.

vértice

c)
f

a prism
a
1 de
. b˜s
e
C tria
¾ ngu
¼ lar
p
l
e
t
fa e U 2. «b“ervƒ
c ma caixa a
e co represent
s: v ¼o esta ação de
lem alguns
a b’a poŒiedro“.
um cub¾. ®ê
E“t o
e poŒiedro número
tem de:
f a) faces
a
c
e
s
,

v
ñ
r
t
i
c
e
s
.
arestas:
prisma
de
b˜se
d)
vñr
a tic
p es:
i v
1 r
6 â
0 m
i
d
e
d
e
b
˜
s
e
q
u
a
d
r
a
d
a
"-------1

c
... .J _
... -

D I
I
-
I
I
I
J.----
/
/
/

161
1. C¾¼plete.
B LO C O9
CONTEÚDOS: a) O é a unidade fundamen-
• Medidas de submúltiplos do
comprimento litro
O

m Medidas de
e
t comprimento
r O metro
o
Múltiplos e
submúltiplos do O metro é a unidade
metro
padrão de medida de
• Perímetro
• Medidas de comprimento. Símbolo:
massa m
O
M
g ú
r l
a t
m i
a p
Múltiplos e l
submúltiplos do o
grama s
• Medidas de
capacidade d
o
O

l m
i e
t t
r r
o o
Múltiplos e
t e “ s o metro
a u o
l s d o Múltiplo“
í s ¬ub¼
o o
d m u
e km hm
b m b M últiplos e dam m dm
m ¾ e ¼ submúltiplos do cm mm
e Œ t ú d d 1
d o r l e 1000m 100m
h 1
i c
o t â h 10m
d
a
é i m m
. s e 1m 0,1m 0,01m
p tr =
d ã o 0,001m
l
e b o 1
) o h 0
e 0
c “ ct
o « o ô m
¼ s , m
d et
p o ro
r
o
m
i e m metr
ú
m
l o e Sub o
e
n t t múl
t i r
c tipl
o p ) o
. os
l s
o « do
¬ ã
. 0

{
0
quil 1 162
10 dam
ôm 1
1

{
etro 1 h
m

=
km
1
0
decí 0

met m
ro

{
dm 10 dm

cen 1
íme m
tro
=
cm
1
0
0

c
m
milí 1
met
ro

mm
2. «b“ervƒ o“ exemplo“ e deco¼po½ha as k) 2,381 km
medidas.

km hm dam m dm cm mm 3. E“crev˜ estas medidas po’ extenso.


a) 3, 7 2 5
b) • 12 m
5, 4 2
c) 4 3, 7 2 1 • 0,5 m

a) 3,725 km = 3 km e 725 m • 0,68 m


b) 5,42 m = 5 m e 42 cm
c) 43,721 m = 43 m e 721 mm
• 2,45 m
d) 5,17 hm
e) 45,9 dam • 1,427 m

f) 26,34 m
• 0,783 m
g) 3,567 m
h) 15,82 km • 4,76 m

i) 7,811 dam
• 0,6 m
j) 4,58 dm
163
4. «b“ervƒ a tabƒla e indique a que grupo
pertence cada uma dessas pesso˜s. • Para converter uma unidade maior em outra menor,
multiplica-se por 10, 100, 1.000, deslocando-se a
G’upo E“tatura em metro“ vírgula para a direita na escrita numérica.
• Para converter uma unidade menor em outra maior,
A de 1,16 a 1,20 divide-se por 10, 100, 1.000, deslocando-se a
vírgula para a esquerda na escrita numérica.
B de 1,21 a 1,25
C de 1,26 a 1,30
5. C¾¼plete, transfo’mando as medidas.
D de 1,31 a 1,35 «b“ervƒ o exemplo.
E de 1,36 a 1,40 km hm dam m dm cm mm
F de 1,41 a 1,45 3 1 5
G de 1,46 a 1,50 «b“ervƒ essa co½vƒrsão no quadro:
315 cm = 31,5 dm = 3,15 m =
0,315 dam

grupo:

1,43 m 1,28 164


m 1,34
m 1,22
m grupo:
grupo:
grupo:
a) 289dm = = mm
m =

dam =
hm

b) 75mm =

cm =

dm = m

c) 6,4dam =

m =

dm =
cm

d) 5,21hm =

dam =
m =

dm

e) 8,6m =

dm = cm
f) 0,376dam = m = dm = cm 7. Passe para a unidade que se pede.

g) 2,4km = hm = dam = m a) 16,2 m para hm =

6. ±ransfo’me as medidas, usando o b) 0,185 dam para dm =


metro co¼o unidade de medida.
c) 45,2 km para dam =
a) 7,2 km = m
d) 8,361 m para mm =
b) 144,8 cm = m
e) 7,3 dam para km =
c) 56,32 dam = m
f) 15 cm para dam =
d) 10 dm = m
g) 30,2 hm para km =
e) 0,85 hm = m
h) 6 km para dam =
f) 9,6 cm = m
i) 64,8 hm para km =
g) 86 dm = m
j) 90 m para cm =
h) 6,91 dam = m
k) 7,2 dmpara dam =
i) 322 cm = m
l) 2,1 m para dam =
j) 8.000 mm = m
m) 9,2 dmpara m =

165
8. E“crev˜ as medidas. «b“ervƒ o exemplo. 9. Assinale apenas o que fo’ vƒrdadeiro.

a) 6 km = 6.000 m
6 hectô¼etro“ e 32 metro“: 6,32 hm
b) 50 cm = 0,5 m
a) 5 quilô¼etro“ e 4 hectô¼etro“
c) 2 hm = 2.000 m
b) 21 decâmetro“ e 3 metro“ d)6 hm > 80
dam
c) 76 centímetro“
e) 15 km ≠ 1.500 m
d) 3 quilô¼etro“ e 203 metro“
f) 9,4 hm = 94 m
e) 6 centímetro“ e 5 milímetro“ g) 8 dam < 8 dm
f) 2 hectô¼etro“ e 43 metro“ h) 4,3 hm > 4,3 m
g) 9 metro“ e 6 decímetro“ 10. E„etue as o¿eraçõƒs e co¼plete.
h) 126 milímetro“ a) 15,3 m + 6m + 7,20 m
=
i) 15 quilô¼etro“ e 300 metro“

j) 3 metro“ e 20 milímetro“
166
b) 81,60 m − 5,40 m = Problemas

1. Mamãe co¼pro§ 12 m de fita vƒrmelha,


6,50 m de fita azul e 4,25 m de fita
amarela. Quanto“ metro“ de fita
c) 7,21 m × 3= mamãe co¼pro§?

Cšlcul
o
Respo“
ta

d) 3,5 m +
2. Uma estrada
4,25 m +
mede 34,5 km e
1,148 m = uma o§tra mede
163,8 hm.
Qual é a
diferença em
metro“ entre o
co¼primento
das duas
estradas?
Cšlculo
spo
R “ta
e

e) 52,90 m − 26 m =
26,90 m =

167
3. ±enho 3,40 m de b˜rb˜nte para div‰dir Perímetro
igualmente entre 4 emb˜lado’es. Quan-
to“ centímetro“ recebƒrá cada um?
Cšlculo Respo“ta • Perímetro é a soma das medidas dos lados de um
polígono.

1. ®etermine o
perímetro do“
4. Para fazer poŒígo½o“
um paletó, um d
alfaiate gasto§ e
2,80 m de s
tecido. Quanto e
gas- to§ para n
fazer 6 paletó“ h
iguais? a
d
Cšlculo o

ab˜ixo.

a
)
4,5
c
m
cm
2,5 cm
4,5 cm

b)
2 cm 4
cm
5. ®e uma peça
de b’im de
45,50 m fo’am 5 cm
vƒndido“
28,40 m. c) 1,5 cm
Quanto“ me-
tro“ restam na
peça?
Cšlculo

2
cm
4
cm

5
1 c
m
d) 2. Meça co¼ sua régua o“ lado“ destas
4 cm figuras e determine o“perímetro“.

2 cm 2 cm a)
3 cm 5 cm
4 cm
4
e c
) m

5 3
4
c
cm m
b)
2

c
m
2

c
m

c
d)
) 2,5
f) cm
2
cm
3
2 2 cm 2,5
c
m cm
4
cm
2 2
, 169
5
c
m

4
c
m
3. C˜lcule o perímetro das figuras. e)
2 cm 2 cm
a) 6 cm
2 cm

3 cm 3 cm
f)
6
cm 3,6 cm
3,6
b) cm
2,5

cm 4
,
4,5 8
cm c
m
6
cm

c) 6,4 cm

m 4 3
4 c ,
m 3,
7c
d 4 cm
)
7
2
6
cm
,
4 3 cm
c 1
m
Problemas 4. ²o¥¡ mando§ coŒo}ar ro‚apé numa
sala de 6,5 m de co¼primento po’
1. Um terreno quadrado mede 96 m de 4,7 m de largura. Quanto“ metro“ de
perímetro. Quanto mede cada lado? ro‚apé serão necessário“ se na sala
Cšlculo Respo“ta há uma po’ta de 90 cm de largura?

Cšlculo
Respo“ta

2. C˜lcule o de um
perímetro de triângulo
um terreno equilátero que
re tangular tem 7
cujo lado cm de
meno’ mede lado?
15 m e o Cšlculo
maio’ 27 m. Resp
Cšlculo

3. Qual é o
perímetro
tangular cujo
co¼primento
mede 92 m e a
largura é 3 do
5. Qual é o co¼primento?
perímetro de um 4
terreno re-
Cšlculo

171
Medidas de massa b) «s múltiplo“ do grama são o
O grama , o e o
.
O grama é a unidade básica de medida de c) «s sub¼últiplo“ do grama são o
massa.
, o e
Símbolo: g o .
Múltiplos do grama d a d 1 dag = 10 g
ec
a h 1 hg = 100 g
gr
1 kg = 1000 g
a
m 1 t = 1000 kg
a

he
ct
og
ra
m
a
qu
ilo
gr
a
m
a
to
n
el
a
d
A
2. A B 250 g 50 g grupo
250
C D
arr @ 1 @ = 15 kg
g 750
g 100
ob g
a
500 g 250 g 100 g 1º grupo 2º
Subm 100 g 750 g
grupo 3º ¬o|’a a peça .
últiplo
1 dg = 0,1 g
s do
grama
1 cg = 0,01 g 172
decigr J
1 mg = 0,001 g
ama
dg
centig
rama
cg
miligr
ama

massa.
¬eu
1. C¾¼plete: símb¾Œo
é .
a) O
é a
unidade
fundame
ntal de
medida
de
3. E“crev˜ po’ extenso estas medidas. M últiplos e submúltiplos do grama

• 8g Múltiplo“ ¬ub¼últiplo“
kg hg dag g dg cg mg
• 0,62 g
1000g 100g 10g 1g 0,1g 0,01g 0,001g
• 3,57 kg

{ {
10
• g
1 dag =
• 100 dg
1.
00
0
cg

• { { 1
0

d
a
1g=
cg
10
dg
100

• g 1.000
mg
1
0
0

g
1
.
0
0
0

d
g

3,650 kg

• 5,070 kg
4. =
• «b“erv
ƒ o 6g
• exempl
o e e
deco¼p 32cg
o½ha
as o§
medid
6g
as.
e
kg 320
mg
hg
b)
dag 4,50
g kg =
4kg
dg e
cg 50da
g o§
mg
4kg
a) e
3 500g
b) 4, 5 c)
0
5,72
c) 5, 7 1kg
2 1
=
a) 6,32g
5kg
e
721g
173
d) 5,83 hg = a) 6,8 g = dg = cg = mg
e) 9,6 g =
f) 8,34hg = b) 5,23 hg = dag = g= dg
g) 4,26 hg =
h) 2,325 dag c) 8,450 kg = hg = dag= g
i) 2,142hg =
j) 1,23 g = d) 56 g = dag = hg = kg

e) 761 mg = cg = dg = g

• Para converter uma unidade maior em outra f) 375 cg = dg = g= dag


menor, multiplica-se por 10, 100, 1.000,
deslocando-se a vírgula para a direita na escrita
6. ±ransfo’me em gramas.
numérica.
• Para converter uma unidade menor em outra
a) 7 dag =
maior, divide-se por 10, 100, 1.000, deslocando-se
a vírgula para a esquerda na escrita numérica.
b) 34 hg =

c) 250 dg =
5. C¾¼plete, transfo’mando as medidas:
d) 800 mg =
kg hg dag g dg cg mg
e) 400 cg =
«b“ervƒ o exemplo.
f) 2 kg =

4,5 dag = 45 g = 450 dg = 4.500 cg


g) 0,007 kg =

174
h) 375 dag = 8. ±ransfo’me em gramas.

i) 1 kg = a) 6 hg =

2
b) 24,6 dag =

j) 1 kg =

4 c) 5,56 kg =

k 4 )
) 2
d
, g
3 5

k d
g a
g
= =
4
b
)
7. 2
±ransfo’m 5
e em 0
quilo†ram
as. g
=
a
) c
d
e

m
9. ±ransfo’me em gramas e efetue as 10. E„etue as o¿eraçõƒs no“ espaço“ ab˜ixo.
o¿eraçõƒs.
a) 5,42 kg + 12,7 kg =
a) 5 kg + 3 hg + 8 dag =

b) 46,5 g – 3,76 g =
b) 7 kg + 5 dag + 9 g =

c) 3 × 42,5
c) kg
8,3 =
kg

26,
4
hg
=

d) 2,45
d) 1 de 1
k kg =
g 5
×
3
=

176
Problemas 4. Quanto“ quilo†ramas são 5 to½eladas
e 4 arro|˜s?
1. E¼ um b˜lcão hav‰a 70 kg de quei- Cšlculo Respo“ta
jo. ¯o’am vƒndido“ 42,5 kg. Quanto“
quilo†ramas restaram no b˜lcão?
Cšlculo Respo“ta

2. ¬e um quilo de de carne
uma transpo’ta?
mercado’ia Cšlculo
custa Resp
R$ 2,50,
quanto
custarão
kg?

Cšlculo

3. Um caminhão
transpo’ta 5
to½eladas e
450 kg de
carne. Quanto“
quilo†ramas
o decilitro dL 1 cL = 0,01 L
dL = 0,1 L
Medidas de s mililitro mL
centilitro cL 1 1 mL
capacidade = 0,001 L
d
O litro
o
177
O litro l
éa
unidade i
básica t
de
r
medida
de o
capacid decal
ade.
itro daL
S
1 daL
í
= 10
m
L
b
hecto
o
litro hL
l
1 hL
o
= 100
:
L
L
quilol
M
itro kL
ú
1 kL
l
=
t
1.000
i
L
p
Submúltiplos do litro
l
1. C¾¼plete. Ago’a indique o“ litro“ que cabƒm em:

a) O é a unidade funda- a) 5 recipientes de água: L.


mental de medida de capacidade.
¬eu símb¾Œo é . b) 12 frasco“ de io†urte: L.
b) «s múltiplo“ do litro são o c) 6 garrafas de leite: L.
, o e o
. d) 4 garrafas de laranjada: L.
c) «s sub¼últiplo“ do litro são e) 8 garrafas de limo½ada: L.
o , o e o
. f) 8 frasco“ de io†urte: L.

M últiplos e submúltiplos do litro


2. «b“ervƒ as figuras.
Múltiplo“ ¬ub¼últiplo“
kL hL daL L dL cL mL

1 litro 1.000L 100L 10L 1L 0,1L 0,01L 0,001L


2
10 hL
1=
10 100 daL

litro“ 2 k {
litro“
L
4 1 1.00

{
1 hL = . 0 cL
10 L =
1 daL = 100 dL

{ 1 {
1 1 1 10
dL
1
litro .
1L
cL
100

1.0
00
mL

178
g) 5,7 hL
Para converter uma unidade maior em outra menor,
multiplica-se por 10, 100, 1.000, deslocando-se a
vírgula para a direita na escrita numérica. h) 12 mL

3. «b“ervƒ o“ exemplo“ e deco¼po½ha as i) 2,3 cL


medidas.
j) 6,36 hL
kL hL daL L dL cL mL
a) 5, 2 6
b) 4, 7 2 k) 4,15 daL

c) 4 0, 5 0

4. ±ransfo’me litro“ em mililitro“. Veja


a) 5,26 daL = o exemplo.
cinco decalitro“ e v‰nte e seis decilitro“
b) 4,72 dL =
1 L = 1.000 mL
quatro decilitro“ e setenta e do‰s mililitro“ 3 L = 3 × 1.000 = 3.000 mL
c) 40,50 L =
0,3 L = 0,3 × 1.000 = 300 mL
quarenta litro“ e cinquenta centilitro“

d) 6 kL a) 10 L =

e) 3, 25 L b) 5 L =

f) 4,52 daL c) 2,5 L =

d) 0,2 L =

179
e) 6 L = c) 328mL= daL d) 7kL =

f) 0,6 L = daL e) 0,9L= daL

g) 5,5 L = f) 85L= daL g) 5,62dL=

5. C¾¼plete, transfo’mando as medidas. daL h) 3mL = daL

a) 650 mL em L: i) 28,7cL= daL j) 66hL= daL

b) 17,9 L em daL:
Para converter uma unidade menor em outra maior,
c) 18,4 hL emkL: divide-se por 10, 100, 1.000, deslocando-se a vírgula
para a esquerda na escrita numérica.
d) 4,33 kL em daL:

e) 146,8 dL em L: 7. C¾¼plete, transfo’mando em litro“.

f) 6,9 hL em L: a) 6,2daL= L g) 2 kL = L

g) 38,7 L em hL: b) 8hL= L h) 5 dL = L

h) 25,5 cL em dL: c) 5daL= L i) 1 daL = L

6. ±ransfo’me em decalitro“: d) 3,9kL= L j) 3,6mL = L

a) 2,7kL= daL b) 4, 209hL= daL e) 7mL = L k) 2,5daL= L


180
f) 4,3hL= L l) 600dL= L
8. Leia co¼ atenção e transfo’me para a d) 5 litro“ e 10 mililitro“:
unidade pedida.
e) 2 quiloŒitro“ e 56 decalitro“:
a) 8,16 L para mL =
f) 6 hectoŒitro“ e 3 decalitro“:
b) 6,245 kL para daL =
10. E„etue:
c) 12,8dL para cL =
a) 12,6L + 3,437L =
d) 0,093 kL para L =

e) 72 daL para L =

f) 6kL para dL = b) 6,09L + 11,307 L =

g) 1,3hL para cL = h) litro“


45,2cL e 28
para centilitro“
da :
=
b) 12
9. E“crev˜
decalitro“ e
as 6
medidas. decilitro“:

a) 3 c) 8
hectoŒitro c) 436,8L +
“ e 22
litro“: 15,024 L =

d) 7L + 16,5
L =

181
Problemas 3. Ro“a guardo§ num depó“ito 36 gar-
rafas de meio litro de suco. Quanto“
1. Uma padaria vƒndeu, em um dia, 1 litro“ de suco armazeno§?
quiloŒitro, 5 hectoŒitro“ e 6 decali- Cšlculo Respo“ta
tro“ de leite. Quanto“ litro“ vƒndeu?
Cšlculo Respo“ta
4. G˜stei 46,5
litro“ de v
‰nagre de um
b˜rril de 70
litro“.
2. ²o¥¡ tem uma Quanto“
máquina de litro“ de
lav˜r que v
co½so¼e 25 ‰nagr
litro“ e meio e tenho
de água em aind
cada lav˜gem. a?
Quanto Cšlcu
co½sumirá de lo
água em 15 Resp
lav˜gens? o“ta
Cšlculo

5. E¼ um
depó“ito há cada
675 L de óŒeo. uma
Quantas latas é
de po“sívƒl encher
5 co¼
L esse
óŒeo?

Cšlcu
lo
Respo
“ta

182
0 ×1 = 0 36 0 ×2 = 0 4 ×7 = 0 ×3 = 0
1 ×1 = 1 7 ×6 = 1 ×2 = 2 28 1 ×3 = 3
42 5 ×7 =
TABUADA DA MULTIPLICAÇÃO
2 ×1 = 2 2 ×2 = 4 2 ×3 = 6
3 ×1 = 3 8 ×6 = 3 ×2 = 6 35 3 ×3 = 9
4 ×1 = 4 48 4 ×2 = 8 6 ×7 = 4 × 3 = 12
5 ×1 = 5 9 ×6 = 5 ×2 = 42 5 × 3 = 15
6 ×1 = 6 54 10 7 ×7 = 6 × 3 = 18
7 ×1 = 7 10 × 6 = 6 ×2 = 49 7 × 3 = 21
8 ×1 = 8 60 12 8 ×7 = 8 × 3 = 24
9 ×1 = 9 7 ×2 = 56 9 × 3 = 27
10 × 1 = 14 9 ×7 = 10 × 3 = 30
10 8 ×2 = 63
0 ×8 = 0
16 10 × 7 =
0 ×6 = 0 1 ×8 = 8
9 ×2 = 70
1 ×6 = 6 2 × 8 = 16
2 ×6 = 18 3 × 8 = 24
12 10 × 2 = 4 × 8 = 32
3 ×6 = 20 5 × 8 = 40
18 0 ×7 = 0 6 × 8 = 48
4 ×6 = 1 ×7 = 7 7 × 8 = 56
24 2 ×7 = 8 × 8 = 64
5 ×6 = 14 9 × 8 = 72
30 3 ×7 = 10 × 8 = 80
6 ×6 = 21
183
0 ×4 = 0 0 ×5 = 0 2 × 10 = 0 4 4 ÷ 5
6 2
1 ×4 = 4 1 ×5 = 5 3
20 43
=
2 ×4 = 8 2 ×5 = ÷
3 × 10 = ÷
3 × 4 = 12 10 ÷ 3 9 5
1
30 2
4 × 4 = 16 3 ×5 = 4 1 3
TABUADA DA DIVISÃO

5 × 4 = 20 15 4 × 10 = 6 4 =
6 5
6 × 4 = 24 4 ×5 = 6
40 = 7 1
7 × 4 = 28 20 ÷ 8
5 × 10 = = 9 1
8 × 4 = 32 5 ×5 = 1 4 1
2
9 × 4 = 36 25 50 1 8 2
3
10 × 4 = 40 6 ×5 = 6 × 10 = 1 = 3
4
2 4
0 ×9 = 0 30 ÷ 4 5
60 1
1 ×9 = 9 7 ×5 = ÷ 2 2
7 × 10 = 3
2 × 9 = 18 35 4 0 4
8 ×5 = 70 6 5
3 × 9 = 27 6
40 8 × 10 = ÷ 7
4 × 9 = 36 =
= 8
5 × 9 = 45 9 ×5 = 19
45 80 2 2 4
6 × 9 = 54 9 × 10 = 1 =
7 × 9 = 63 10 × 5 = 1
50 90 8 2
8 × 9 = 72 5
9 × 9 = 81 0 × 10 = 0 10 × 10 =
10 × 9 = 90 1 × 10 = 100 ÷ ÷ 2
4
1 1 6
184 10