Você está na página 1de 3

ELETRICIDADE

CABOS ELÉTRICOS

•Introdução

Cabos elétricos são nada mais nada menos que condutores elétricos que tem
diversas utilidades como,conduzir eletricidade de um ponto a outro ou em
eléctrica ,num circuito ,protegidos em eletrodutos, destinados à distribuição de
luz, força motriz, aquecimento, sinalização e campainha em instalações fixas,
embutidas ou aparentes.Podemos encontrar cabos eléctricos em todos os
aparelhos electrodomésticos, na ligação destes às tomadas da rede etc.

•Caracteristicas Técnicas

Esses cabos são feitos de cobre (pela sua eficiência na condutibilidade) e às


vezes são cobertos por uma pequena camada de estanho a fim de facilitar a
solda dos mesmos;sua espessura ou "secção" é definida pela quantidade de
eletricidade que ele deverá suportar, sendo assim quanto mais eletricidade ele
tiver que conduzir , mais grosso será. Um cabo condutor é formado por vários
fios condutores, entrelaçados uns nos outros, que são flexíveis e suportam
dobragens sem se romperem , por isso são muito usados em ligações de duas
partes em um circuito , que podem mudar de posições , ou seja sofrem muitas
dobragens.

•PVC
O isolante de PVC é composto por resina sintética (cloreto de polivinila puro),
estabilizantes, cargas e plastificante. Possui boa estabilidade química,
principalmente se comparado com outros isolantes, e é pouco sensível à água.
Podem ser facilmente coloridos e a utilização de estabilizantes adequados pode
combater o envelhecimento térmico. Sua rigidez dielétrica e poder indutor são
altos, mas sua resistência de isolamento é mais fraca comparada ao isolante de
polietileno e suas perdas dielétricas acima de 20 kV são grandes. Por isso, são
indicados para cabos de potência em instalações elétricas de até 10 kV. O PVC
não é exatamente um bom condutor de fogo, mas sua queima produz fumaça
com grandes quantidades de gases tóxicos e corrosivos. Os cabos isolados com
PVC são mais facilmente encontrados no mercado e isso se deve ao relativo
pouco tempo de existência dos condutores com baixa emissão de fumaça e
gases tóxicos, cujas normas ABNT NBR 5410 e a NBR 13570 obrigam, em
certos locais e em certas maneiras de instalar, o uso de cabos com baixa
emissão de fumaça, gases tóxicos e corrosivos, que devem ser fabricados
conforme a NBR 13248.
• EPR
Os cabos isolados com etileno-propileno, ou EPR, são geralmente reticulados
com peróxidos orgânicos e dessa mistura é possível obter uma boa resistência
aos agentes oxidantes e ao envelhecimento térmico, que permite manter em um
nível aceitável as densidades de correntes quando instalados em ambientes
quentes. Também possui elevada resistência às radiações e descargas
ionizantes, e resistência à deformação térmica durante curtos-circuitos de até
250 ºC. Como o EPR é um tipo de borracha, também é muito flexível mesmo em
temperaturas baixas. O EPR possui baixas perdas em média tensão, mínima
dispersão da rigidez dielétrica e é pouco suscetível a um fenômeno chamado
treeing, que é responsável pela formação de arborescências na isolação,
resultando em descargas localizadas e deterioração do material. Podem ser
usados em condutores para baixa, média e alta tensão. Atualmente o mais
utilizado é o EPR 105 que permite que os cabos trabalhem com gradiente
elétrico elevado e suportem temperatura de operação do condutor de até 105
ºC.

•XLPE
O polietileno reticulado, conhecido no mercado como XLPE, em sua reticulação
passa por um processo interno de transformação parecido com a vulcanização
de uma borracha, com isso, o material deixa de estar sujeito a fissuras que
poderiam ocorrer na utilização da resina em seu estado original. A reticulação
também otimiza o comportamento mecânico do polietileno e aumenta a
resistência à intempéries e ao fogo.O XLPE também é resistente às
deformações térmicas em até 250 ºC e tem desempenho satisfatório quando
opera em baixas temperaturas, mantendo sua estabilidade química. Os
condutores com XLPE são normalmente usados em baixa e média tensão, mas
sua aplicação em instalações com tensão superior a 15 kV exige muito cuidado,
pois esse tipo de isolação possui dispersão alta da rigidez dielétrica e pode
apresentar treeing. Esse tipo de isolação só não é recomendada para aplicações
em que os cabos serão submetidos a algum tipo de umidade, como instalações
subterrâneas ou em canaletas.

•Fabricantes

- Condvolt Indústria de Condutores Elétricos Ltda

- Pirelli

- FIMAL fios elétricos LTDA

- Condumax Fios e Cabos Elétricos

- Tutto Elétrica

entre outras.
•Conclusão

Cabos elétricos estão inseridos no nosso cotidiano em peso, a mostra ou


imperceptíveis eles são necessários nas nossas vidas pois constituem o corpo
da maioria dos produtos que temos em casa (eletrodomésticos) assim de certa
forma somos dependentes desses dispositivos.

•Bibliografia

http://www.tecnologiadoglobo.com/2009/04/diferenca-entre-fios-cabos-
condutores/

http://www.tecnologiadoglobo.com/2009/04/diferenca-entre-fios-cabos-
condutores/

http://www.fazfacil.com.br/reforma_construcao/eletricidade_fios.html