Você está na página 1de 7

Mostrar perguntas, uma a uma

1. Currículo é uma palavra de origem latina, derivada do verbo currere, que significa caminho ou percurso a seguir, jornada, trajetória. No entanto, atualmente o campo vem sendo marcado por uma polissemia
do termo. Desta forma, seria correto afirmar que currículo é:

I - Uma série estruturada de resultados buscados na aprendizagem.


II - Lugar, espaço, território. O currículo é relação de poder. O currículo é autobiografia, é nossa vida.
III - Um intento de comunicar os princípios essenciais de uma proposta educativa, de tal forma que fique aberta ao exame crítico e possa ser traduzida, efetivamente, para a prática.

A.   ?    Apenas as afirmações II e III estão corretas.


B.   ?    Apenas as afirmações I e III estão corretas.
C.   ?    Apenas as afirmações I e II estão corretas.
D.   ?    Todas as afirmações estão corretas.

2. Como você pôde observar ao longo dos capítulos, não há consenso em torno do termo currículo escolar. Ficou evidente que o currículo é fruto do seu tempo histórico, econômico, político e social. Diante
disso, o currículo pode indicar:

A.   ?    Aspectos vinculados a relações de poder, o que configura o contexto educacional como um


espaço fundamentalmente político, uma arena altamente contestada.
B.   ?    Aspectos completamente desvinculados dos diferentes contextos que compõem o tecido social,
pois são apolíticos.
C.   ?    Aspectos somente conectados ao mundo das tensões educacionais e professorais.
D.   ?    Imparcialidade, ou seja, não tem influência cultural, de sociedade e de educação.

3. Você pôde constatar, durante nossos estudos, que o currículo escolar se constitui a partir de vários contextos e subjetividades e pode representar diferentes esferas e dimensões. Quais são elas?

A.   ?    Currículo oficial, currículo formal, currículo em ação ou real, currículo oculto, currículo explícito e
currículo vazio ou nulo
B.   ?    Currículo normal, currículo informal, currículo situacional.
C.   ?    Currículo implícito, currículo explícito e currículo ausente
D.   ?    Currículo não-oficial, currículo informal, currículo ausente

4. Os estudos de currículos surgiram nos Estados Unidos, no final do Séc. XIX, como área específica da educação. Vários movimentos caracterizaram seu surgimento entre a década de 1900 e 1930, na
tentativa de justificar a necessidade de fundamentos para os conhecimentos que deveriam ser incluídos ou não na proposta de escolarização em massa, que, então, se configurava em plena era da
revolução industrial. Relacione cada movimento ao seu respectivo objetivo:

I - O movimento da eficiência social de Bobbit (1918) e Charles (1923).


II - O movimento da Escola Progressiva de Dewey (1900-1930).
III - O Movimento Reconstrucionista Social de Counts e Rugg (1932).
( ) Tinha como objetivo preparar indivíduos eficientes para trabalhar na indústria. Modelo Taylorista/Fordista.
( ) Tinha por objetivo preparar os indivíduos para a construção de uma nova ordem social. Modelo Marxista.
( ) Tinha como objetivo vivenciar experiências para a autorrealização dos alunos. Modelo Pragmatista.

Assinale a alternativa correta:

A.   ?    I - III - II.


B.   ?    II - I - III.
C.   ?    III - II - I.
D.   ?    I - II - III.

5. Em 1949, a publicação de Ralph Tyler dá início à teorização sobre o currículo escolar, que se constitui no modelo clássico das teorias tradicionais de currículo, influenciando o mundo até a atualidade. Esta
publicação tem como título:

A.   ?    Princípios Básicos de Currículo e Ensino.


B.   ?    Princípios Norteadores de Currículo e Ensino Infantil.
C.   ?    Princípios Tradicionais de Currículo e Ensino.
D.   ?    Princípios Básicos de Currículo e Ensino na pós-modernidade.

Cap.2
Mostrar perguntas, uma a uma

1. Para contrapor-se ao modelo teórico tradicional de currículo, emergem nos anos 70,
__________________________________________. Assim, inicia-se a marca de outro movimento, este fortemente influenciado pelo
pensamento de Paulo Freire. Silva (1999, p. 30) argumenta que essas teorias de currículo “[...] começam por colocar em questão
precisamente os pressupostos dos presentes arranjos sociais e educacionais.” Nesta compreensão teórica do currículo, a ênfase
está no questionamento em relação às desigualdades e injustiças sociais. A argumentação teórica reside no fato de que “[...] o
importante não é desenvolver técnicas de como fazer o currículo, mas desenvolver conceitos que nos permitam compreender o que o
currículo faz” (SILVA, idem, p. 30). Assim, o interesse teórico está em examinar “[...] as relações entre o conhecimento escolar e a
estrutura de poder na sociedade mais ampla, abrindo possibilidades para a construção de propostas curriculares, informadas por
interesses emancipatórios [...].” (MOREIRA, 1994, p. 12). Assinale a alternativa que completa a frase do enunciado corretamente:

A.   ?    As teorias tradicionais de currículo.


B.   ?    As teorias criticas de currículo.
C.   ?    As teorias pós-criticas de currículo.
D.   ?    As teorias pós-modernas de currículo.

2. No início da década de 90, o currículo como campo de estudos encontra-se em ebulição e novas perspectivas teóricas emergentes
vão se constituindo. Elas se constituem como as________________________________________________, as quais têm
polemizado as discussões de currículo, na contemporaneidade. Para essas teorias, o conhecimento será entendido como reflexo dos
interesses humanos, valores e ações, que são socialmente construídos. Nesse sentido, haveria uma reorientação com relação aos
modelos curriculares a serem construídos, constituindo-se numa perspectiva multicultural, questão tão almejada no contexto
educacional da atualidade Assinale a alternativa que completa a frase do enunciado corretamente:

A.   ?    Teorias pós-críticas do currículo.


B.   ?    Teorias críticas do currículo.
C.   ?    Teorias tradicionais do currículo.
D.   ?    Teorias piramidais do currículo.

3. São termos representativos e originários de uma perspectiva teórico-crítica:

A.   ?    Identidade, Alteridade, Diferença, Subjetividade, Significação e Discurso, Saber-Poder, Representação, Cultura,


Gênero, Raça, Etnia, Sexualidade e Multiculturalismo.
B.   ?    Ideologia, Reprodução Cultural e Social, Poder, Classe Social, Capitalismo, Relações Sociais e de Produção,
Conscientização, Emancipação e Libertação, Currículo Oculto e Resistência.
C.   ?    Ensino, Aprendizagem, Avaliação, Metodologia, Didática, Organização, Planejamento, Eficiência e Objetivos.
D.   ?    Identidade, Alteridade, Diferença, Conscientização, Emancipação e Libertação, Avaliação, Metodologia, Didática,
Organização.

4. São termos representativos e originários de uma perspectiva teórica pós-critica:

A.   ?    Identidade, Alteridade, Diferença, Subjetividade, Significação e Discurso, Saber-Poder, Representação, Cultura,


Gênero, Raça, Etnia, Sexualidade e Multiculturalismo.
B.   ?    Ideologia, Reprodução Cultural e Social, Poder, Classe Social, Capitalismo, Relações Sociais e de Produção,
Conscientização, Emancipação e Libertação, Currículo Oculto e Resistência.
C.   ?    Ensino, Aprendizagem, Avaliação, Metodologia, Didática, Organização, Planejamento, Eficiência e Objetivos.Ensino,
Aprendizagem, Avaliação, Metodologia, Didática, Organização, Planejamento, Eficiência e Objetivos.
D.   ?    Identidade, Alteridade, Diferença, Conscientização, Emancipação e Libertação, Avaliação, Metodologia, Didática,
Organização.

5. Assinale a alternativa correta que corresponde aos princípios da administração científica:

A.   ?    Planejamento, preparo, controle e execução.


B.   ?    Planejamento, controle e execução.
C.   ?    Planejamento, controle e preparo.
D.   ?    Os paradigmas Circular- Consensual e Dinâmico-Dialógico.

Cap.3
Mostrar perguntas, uma a uma

1. Tomando por base alguns teóricos da literatura de currículo brasileira (LOPES; MACEDO, 2002; PEDRA,
1997; MOREIRA, 1990), a gênese do campo do currículo brasileiro foi demarcada pela transferência de
teorias e movimentos curriculares dos Estados Unidos. Sua origem remonta aos anos 20 e 30 do século XX,
marcados pela intensa revolução industrial e pelo aumento exacerbado dos modos de produção capitalista,
pela ampla necessidade de mão de obra mais qualificada, sempre caracterizados por necessidades de
caráter econômico, social, político, cultural e ideológico. Isso significa dizer que: I – As bases epistemológicas
e teóricas do currículo, no Brasil, são importadas; ou seja, são estrangeiras. II – A inteligência nacional não
conseguiu criar um pensamento autônomo sobre o currículo. III – Não restaram muitas alternativas senão a
de buscar nos textos norte-americanos o conteúdo e a forma do pensar e fazer currículo. Assinale a
alternativa correta:

I - Uma série estruturada de resultados buscados na aprendizagem.


II - Lugar, espaço, território. O currículo é relação de poder. O currículo é autobiografia, é nossa vida.
III - Um intento de comunicar os princípios essenciais de uma proposta educativa, de tal forma que fique
aberta ao exame crítico e possa ser traduzida, efetivamente, para a prática.

A.   ?    I e II são verdadeiras.


B.   ?    I e III são verdadeiras.
C.   ?    II e III são verdadeiras.
D.   ?    I, II e III são verdadeiras.

2. O movimento dos pioneiros da escola nova foi caracterizado pela busca de superação da escola tradicional,
pouco democrática e voltada à memorização de conteúdos. Suas principais características são: educação
integral, voltada para o desenvolvimento intelectual, físico e moral; educação ativa e prática, com
obrigatoriedade de trabalhos manuais; desenvolvimento da autonomia e ensino individualizado. Este
movimento representou, para o campo do currículo:

A.   ?    Uma busca pela manutenção do modelo tradicional de currículo.


B.   ?    Uma tentativa de copiar modelos de outros países.
C.   ?    Uma luta pela democracia no país.
D.   ?    Uma tentativa de ruptura com os princípios tecnicistas vigentes no currículo

3. Com o início de um período de redemocratização no país e com a fragilização provocada pela da Guerra Fria
(década de 1980), a predominância do modelo hegemônico funcionalista norte americano começa a ser
questionado. Neste contexto, outras vertentes teóricas começam a ganhar terreno e força no pensamento
curricular, no Brasil. Segundo Moreira (2001), houve a presença de duas vertentes críticas (brasileiras). São
elas:

A.   ?    A primeira, associada à pedagogia crítico-social dos conteúdos, e a segunda, associada às


propostas de educação popular. A primeira representada por Demerval dos Santos Silva e a segunda,
por Gylberto Freire
B.   ?    A primeira, associada à pedagogia crítico-social dos conteúdos, e a segunda, associada às
propostas de educação popular. A primeira representada por Demerval Saviani, Guiomar Namo de
Mello e José Carlos Libâneo e, a segunda, por Paulo Freire.
C.   ?    A primeira, associada à pedagogia moderna, e a segunda, associada às propostas de educação
para as elites. A primeira representada por Percival Saviani, Guiomar Namo de Mello e José Carlos
dos Santos, e a segunda, por Guilherme Freire de Freitas.
D.   ?    A primeira, associada à pedagogia moderna, e a segunda, associada às propostas de educação
para as elites. A primeira representada por Tomás Tadeu, e a segunda, por Paulo Freire.
4. A literatura histórica do campo e alguns estudos da área indicam que até a década de 70, do século XX, o
modelo de currículo como prática, que imperou nas escolas brasileiras, foi o modelo tradicional, importado de
alguns autores americanos, e, em especial, _______________. (MOREIRA, 1990; SCHUBERT, 1986).
Obviamente tivemos algumas influências de vários movimentos, já amplamente discutidos anteriormente,
mas, conforme Moreira (1997), foi somente a partir dos anos 70, que novas perspectivas emergiram para os
estudiosos do campo do currículo, com o surgimento de uma abordagem mais crítica das questões
curriculares e a superação do caráter técnico-prescritivo até então dominante. Isso não significa afirmar que,
a partir daí, as práticas tradicionais em curso foram até superadas.

A.   ?    O modelo Taylor e Ford.


B.   ?    O modelo Taylor e Bobbit.
C.   ?    O modelo Tyler e Taba.
D.   ?    O modelo de Bill Clinton.

5. Assinale a alternativa que corresponde as características da proposta do Movimento dos Pioneiros da Escola
Nova.

A.   ?    Educação integral, voltada para o desenvolvimento intelectual, físico e moral, educação ativa e
prática, com obrigatoriedade de trabalhos manuais; desenvolvimento da autonomia e ensino
individualizado.
B.   ?    O foco do currículo centrava-se no aluno e no desenvolvimento moral.
C.   ?    Ensino era voltado para a memorização dos conteúdos e para o ensino individualizado.
D.   ?    Preparar alunos para desempenhar funções definidas em uma situação também definida.

4
Mostrar perguntas, uma a uma

1. Toda política de currículo requer cuidados e mudanças na prática. Da mesma forma, o trabalho docente; ou seja, a ação pedagógica assume um novo contexto e,
portanto, necessita ser reconcebida, repensada. Diante disto, explicita o documento geral do MEC, pp. 24-25: É essencial que esse professor esteja sintonizado com os
aspectos relativos aos cuidados e à educação dessas crianças, seja portador ou esteja receptivo ao conhecimento das diversas dimensões que as constituem no seu
aspecto físico, cognitivo-linguístico, emocional, social e afetivo. Nessa perspectiva, é essencial assegurar ao professor programas de formação continuada, privilegiando
a especificidade do exercício docente em turmas que atendem a criança de seis anos. A natureza do trabalho docente requer um continuado processo de formação dos
sujeitos sociais historicamente envolvidos com a ação pedagógica, sendo indispensável o desenvolvimento de atitudes investigativas, de alternativas pedagógicas e
metodológicas na busca de uma qualidade social da educação. Há que se considerar, portanto, que não se trata apenas de antecipar uma série em termos cronológicos
e movimentar professores; trata-se de um novo projeto que reserva suas especificidades e que, portanto, requer uma nova prática pedagógica. Diante desta
contextualização, pode-se afirmar que se trata da:

( ) Pesquisa Básica: objetiva produzir conhecimentos novos, úteis para o avanço da ciência, sem aplicação prática prevista. Envolve verdades e interesses universais
(GIL,1999). Assim, o pesquisador busca satisfazer uma necessidade intelectual pelo conhecimento e sua meta é o saber. (CERVO; BERVIAN, 2002).
( ) Diversos autores já publicaram suas percepções e conceitos sobre pesquisa e muitos salientam que é um processo de perguntas e investigação; é sistemática, mas
não possui método.
( ) Pesquisar consolida a ciência de determinada área, divulgando por meio de trabalhos técnico-científicos, os conhecimentos práticos e teóricos, descobertos por
pesquisadores, através do uso de métodos científicos que impulsionam o crescimento humano.

Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

A.   ?    Política do Bolsa Escola.


B.   ?    Política do Ensino fundamental de nove anos.
C.   ?    Programa Universidade para todos.
D.   ?    Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio.

2. Os ____________________________________________________________ constituem uma proposta orientadora e de base comum, visando apoiar os sistemas
educacionais na elaboração e operacionalização de currículos, de acordo com suas diversidades culturais e com as metas dos professores e equipes pedagógicas de
cada unidade educativa. São constituídos de dez volumes orientando cada disciplina separadamente, incluindo também os temas transversais.

( ) A atividade científica não ocorre de maneira produtiva sem o conhecimento e aplicação dos métodos e técnicas da Metodologia. Este processo envolve a leitura, a
reflexão, a interpretação e reprodução textual das constatações da pesquisa, seguidas com rigor técnico-científico.
( ) A pesquisa se apresenta como um processo planejado, que faz com que o investigador execute diversas atividades relacionadas com a ciência estudada, visando
obter conhecimentos práticos e teóricos que incrementem sua experiência de vida.
( ) A pesquisa bibliográfica busca encontrar as fontes primárias e secundárias e os materiais científicos e tecnológicos necessários para a realização do trabalho
científico ou técnico-científico. Realizada em bibliotecas públicas, faculdades, universidades e, atualmente, nos acervos que fazem parte de catálogo coletivo e das
bibliotecas virtuais. (OLIVEIRA, 2002).
( ) Os estudos científicos se tornam uma experiência somente teórica não apenas para o pesquisador, como também da comunidade científica, pois assim é possível
refletir sobre acontecimentos ocorridos na sociedade sem considerar a prática do dia-a-dia.

Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

A.   ?    Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil.


B.   ?    Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Fundamental.
C.   ?    Planos de Desenvolvimento da Educação.
D.   ?    Planos Nacionais de Educação.

3. Os Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil estão apresentados em três volumes. I – O volume 1: Introdução II – O volume 2: Formação pessoal e
social III - O volume 3: Conhecimento de mundo ( ) Apresenta considerações gerais sobre a educação infantil, sobre a composição dos referenciais, os objetivos gerais
e aspectos organizacionais das instituições e dos projetos educativos desse nível de ensino. ( ) É dividido em seis eixos: movimento, música, artes visuais, linguagem
oral e escrita, natureza e sociedade e matemática. Cada eixo é contextualizado na educação infantil, seguido dos objetivos, conteúdos e orientações gerais para o
professor. ( ) Aborda concepções e orientações necessárias ao desenvolvimento da identidade e da autonomia, além dos processos de aprendizagem na educação
infantil, objetivos, conteúdos e orientações gerais para o professor. Relacione as colunas e, depois, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

A.   ?    I – III – II.


B.   ?    I – II – III.
C.   ?    II – I – III.
D.   ?    III – II – I.

4. Em seu estudo, você encontrou alguns conceitos sobre políticas públicas. Agora, leia as frases a seguir e assinale a alternativa correta.
I- Para Ball (2001), políticas públicas são produções mistas de contextos e discursos, concretizadas, analisadas e avaliadas num contínuo, em diversos âmbitos:
nacionais, internacionais, regionais e locais e que se influenciam mutuamente.
II- Nem sempre o currículo formal, prescrito, é o que se efetiva na sala de aula.
III- Uma política pública que passa por um processo de decisão política, pode ser entendida como sendo uma lógica entre o que se propõe e o que se faz efetivamente.
IV- Lopes (2004) apud Ranghetti (2009, p.69) observa que “as políticas estão sempre em processos de vir a ser, sendo múltiplas as leituras possíveis de serem
realizadas por múltiplos leitores, em um constante processo de interpretação das interpretações”.
Assinale a alternativa correta em relação as afirmativas lidas anteriormente.

A.   ?    As frases II e III estão corretas.


B.   ?    As frases I e III estão corretas.
C.   ?    Todas as frases estão corretas.
D.   ?    As frases I e IV estão corretas

5. Com base nas políticas de currículo (PCN´S e RCNEI´S) e com base na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LDB/9394/1996, assinale a alternativa correta.
I- As práticas pedagógicas nas escolas, em todos os níveis sofreram alguns desdobramentos.
II- O professor passa a ser o principal gestor do currículo escolar.
III- Os Estados, Municípios e as Escolas passam a ter autonomia para construir seus projetos pedagógicos.
IV- A gestão dos projetos educativos ficou sob o controle de cada Estado, Município e Escola.

A.   ?    As afirmativas I e IV estão corretas.


B.   ?    As afirmativas Ie II estão incorretas.
C.   ?    As alternativas I, II e IV estão corretas.
D.   ?    Todas as afirmativas estão corretas.

Cap. 5
Mostrar perguntas, uma a uma

1. O currículo, numa perspectiva problematizadora, consiste na aplicação de alguns princípios básicos que,
segundo Gesser (2001) são: contextualização, problematização da prática escolar, construção e
reconstrução coletiva, autonomia, projeção crítica, processo democrático, diálogo, autêntica relação
professor-aluno, solução de problemas, transformação social e humanização. Assinale a alternativa que
representa esta perspectiva de currículo:

A.   ?    O modelo de currículo de Paulo Freire.


B.   ?    O modelo de currículo de John Dewey.
C.   ?    O modelo de currículo de Ralf Tyler.
D.   ?    O modelo de currículo de Bill Clinton.

2. O professor pode ter uma postura norteadora do currículo em ação, no processo ensino-aprendizagem,
levando em consideração que sua prática pedagógica em sala de aula tem papel fundamental no
desenvolvimento intelectual de seu aluno. Desta maneira, ele pode ser o responsável pelo crescimento ou
pela introspecção do seu aluno, em virtude da forma como conduz a sua prática pedagógica. Assim, o
professor se constitui num mediador do conhecimento diante do aluno, que é o sujeito da sua própria
formação. Neste sentido, os professores, por meio de suas práticas, não só ajudam o aluno a transformar a
informação em conhecimento e em consciência crítica, mas também ajudam na formação de personalidades.
Tomando essas considerações como verdades, pode-se concluir que:

A.   ?    O currículo, mais que ensinar conteúdos, forma ou deforma personalidades, subjetividades.
B.   ?    O currículo ensina somente conteúdos politicamente corretos.
C.   ?    O currículo inclui sempre todos os conteúdos que as pessoas mais irão usar e precisar.
D.   ?    O currículo diz respeito aos conteúdos utópicos e que não tem aplicação.

3. Além dos modelos clássicos de Freire e Tyler, estudamos também o método de projetos de Kilpatrick. Este
método se configura a partir de:

A.   ?    Intenção, preparação, execução e coleta de dados.


B.   ?    Intenção, preparação, execução e avaliação.
C.   ?    Intenção, preparação, determinação e execução.
D.   ?    Intenção, preparação, determinação e avaliação

4. Leia atentamente o texto abaixo e complete as lacunas. Para Freire (1996), a prática curricular crítica envolve
"o movimento ____________, ____________, entre o fazer e o pensar sobre o fazer". Segundo este autor,
os sujeitos envolvidos nesta prática são "epistemologicamente curiosos" e, por estarem "pensando
criticamente a prática de hoje ou de ontem, [é] que se pode melhorar a próxima prática". Em sua perspectiva,
os professores e alunos, bem como toda a comunidade escolar, se constituem agentes ativos no processo de
_______________ do currículo.
Assinale a alternativa que contém as palavras que completam as lacunas acima na sequência em que são
apresentadas.

A.   ?    Dialético- Crítico- Desenvolvimento.


B.   ?    Dialético - Constante - Avaliação.
C.   ?    Dinâmico - Dialético - Desenvolvimento.
D.   ?    Dinâmico - Crítico - Planejamento.

Cap. 6
Mostrar perguntas, uma a uma

1. Em relação aos contextos envolvidos, em tese, há três contextos/Níveis que deveriam participar do processo de decisões sobre o desenvolvimento do currículo escolar.
São eles:

A.   ?    [a] político-técnico – âmbito da administração setorial; [b] gestão – âmbito da escola e da


administração regional; [c] realização – âmbito de sala de aula.
B.   ?    [a] político-administrativo – âmbito da administração central; [b] gestão – âmbito da escola e da
administração regional; [c] realização – âmbito de sala de aula.
C.   ?    [a] político-administrativo – âmbito da administração central; [b) gestão – âmbito da escola e da
administração regional; [c] avaliação – âmbito de especialistas da educação.
D.   ?    [a] político-administrativo – âmbito da administração central; [b] setorial – âmbito da escola e da
administração local; [c] realização – âmbito de sala de aula.

2. Diante de todos os princípios e pressupostos que se estudou em relação ao professor, que é gestor do currículo, é possível afirmar mais uma vez: “Em função disso é
que temos reafirmado, no decorrer deste trabalho, a idéia de que o professor ocupa uma posição estratégica. A sala de aula, lugar de sua atuação, se situa entre as
diretrizes da escola e as do sistema de ensino. Dificilmente as propostas dispensam a ação docente, uma vez que o professor exerce o papel central de tradutor da
idéia oficial para o contexto da prática.” (CRUZ, 2007, p. 200). Isso significa que:

A.   ?    É o professor, por excelência, que pode definir o currículo em ação.


B.   ?    É a escola que determina, em última instância o que se trabalha em sala de aula.
C.   ?    É o currículo prescrito pelas autoridades educacionais que, efetivamente, acontece em sala de
aula.
D.   ?    São os pais que determinam, em última instância, o que se deve trabalhar em sala de aula.

3. No processo de desenvolvimento do currículo, os agentes das decisões externas são sociedade, encarregados da educação e empregadores. Enquanto que os agentes
das decisões curriculares internas são:

A.   ?    Encarregados da educação, professores, alunos e sistemas escolares.


B.   ?    Professores, alunos e sistemas escolares.
C.   ?    Encarregados da educação, empregadores, professores e sociedade.
D.   ?    Professores, alunos, sistemas escolares e sociedade.

4. O currículo se desenvolve em várias etapas e por isso é um processo construído por vários contextos e agentes educacionais. Entre eles, destaque o principal
protagonista.

A.   ?    Diretor
B.   ?    Professor
C.   ?    Conselho Escolar
D.   ?    Comunidade escolar

5. Sobre os contextos envolvidos no desenvolvimento do currículo e os níveis que deveriam participar do processo de decisões do desenvolvimento deste currículo, é
correto afirmar que:

A.   ?    Político -administrativo- âmbito da administração central; gestão – âmbito da


escola e da administração regional.
B.   ?    Político-administrativo – âmbito da administração central; gestão- âmbito da
escola.
C.   ?    Político – administrativo – âmbito da administração central; gestão- âmbito da
escola e da administração regional; realização – âmbito da sala de aula.
D.   ?    Político-administrativo - âmbito da escola e da administração regional.