Você está na página 1de 4

Ji-Paraná/RO, 05 de dezembro de 2018.

Laudo – Resistência em teste de arranchamento estático

Informações da obra:
1. Contrato: 19/2018
2. Objeto: Reforma do imóvel da PTM em Ji-Paraná.
3. Local da obra: Rua Clóves Arraes nº 1415, bairro Centro, Ji-Paraná/Ro, CEp
769000-45

Material do laudo:
4. 11 pontos de ancoragem fixado em aço carbono chumbado em laje com
parabolt e 8 pontos de ancoragem em aço inox em fachada

Aplicação:
5. Dispositivo de Ancoragem para trabalhos em altura. Projetado para
utilização como parte de um sistema pessoal de proteção de queda e também
de forma que possa ser removido da estrutura e ser parte do sistema de
ancoragem. Ideal para aplicações industriais e prediais em sistemas de
proteção e de segurança em trabalhos em altura.

Características da ancoragem utilizada:


6. Olhal em aço inox 316 fixado com parabolt em estrutura de concreto armado
Ancoragem predial tipo A1, conforme NBR 16325-1
Material: Aço INOX 316
Carga Máxima: 1500kgf – 1,5KN
Peso: 330 gramas
Rosca interna: ½ polegada
Dimensões: Base quadrada de 45mm de lado X 65mm de altura
Fixação: parabolt modelo Alpha, de aço forjado galvanizado a fogo ½”x100mm

Página 1 de 4
Ji-Paraná/RO, 05 de dezembro de 2018.

Figura 1 - Planta e corte da ancoragem

7. Pontos de ancoragem fixado em suporte de aço carbono chumbado em laje


com parabolt, perfil tipo I, 80mmx8mmx3,00 em aço ASTM A 572 GRAU 5,
sapatas de aço carbono A 36 soldadas na base lateral e base de fundo dos
pilaretes metálicos, com eletrodo E 7011. Fixação com parabolt modelo Alpha,
de aço forjado galvanizado a fogo ½”x100mm, fornecido com porca sextavada
e arruela lisa, resistente a carga estática de trabalho de 2.200 kgf.

Modo de instalação
8. A Ancoragem pode ser instalada em concreto através de fixação química ou
por furação passante, em estruturas de concreto, aço ou madeira. a) Fixação
química em concreto: a Ancoragem possui rosca interna de ½ polegada. Para a
fixação é necessária uma haste de aço inoxidável com rosca de ½ polegada
(diâmetro 12,7mm) que deverá ter no mínimo 140mm de comprimento. Para
realizar a instalação, as seguintes etapas devem ser seguidas:  Furar a viga
de concreto com broca de 14mm de diâmetro com profundidade de 25mm a
30mm menor que o comprimento da haste com rosca, ou seja, para uma haste
de 140mm o furo deve ter de 110mm até 115mm de profundidade;  Limpar o
furo. A maneira recomendada é através de sopro de ar, mas também pode ser
feito com escova. Importante remover todo resíduo no interior do furo para uma
fixação eficaz;  Injetar o chumbador químico em quantidade suficiente e de
forma que o furo esteja preenchido, sem vazio após inserir a haste. Devem ser
seguidas as instruções de uso do fabricante do chumbador químico;  Inserir a
Página 2 de 4
Ji-Paraná/RO, 05 de dezembro de 2018.

haste roscada até o fundo do furo. Deverá sobrar de 25mm a 30mm de rosca
para fora do furo.  Aguardar tempo de cura do chumbador químico conforme
as recomendações do fabricante; Rosquear no sentido horário a Ancoragem na
haste de ½ polegada até dar aperto contra o concreto.  Realizar ensaio de
tração “arrancamento” na Ancoragem instalada, com carga de 1500 kgf. Manter
a carga por no mínimo 30 segundos verificando se a carga está estabilizada.
Se o valor da força aplicada não variar nesse intervalo de tempo a instalação
foi aprovada, mas se o valor estiver reduzindo significa que a instalação não
suporta a carga que está sendo aplicada, sendo necessária nova instalação.

Figura 2 - Instalação

Cuidados de manutenção
9. 11 Inspeções periódicas são obrigatórias. Ao iniciar a jornada de trabalho, a
vistoria deve ocorrer de acordo com o item a de Instruções. Verificações
semestrais são necessárias para garantir a segurança na utilização dos pontos
de ancoragem. Esse procedimento deve ser realizado por profissional treinado
e capacitado.

Página 3 de 4
Ji-Paraná/RO, 05 de dezembro de 2018.

Conclusão
10. Foram testados 18 pontos de ancoragem, conforme NBR 16325-1, sendo
11 em perfil tipo I de aço carbono e 8 tipo olhal em aço inox, através de teste
de arranchamento estático. Dessa forma, atesto a resistência mínima de 15 kN
para cada ponto de ancoragem, individualmente.

____________________________________
Esdras Áquila Gama de Sousa
Eng. Civil CREA 10049 D/AC
Executiva Serviços

Página 4 de 4