Você está na página 1de 2

DISCIPLINA:FHTM II

PROFESSORA :LIDIANE PATRICIA

CURSO:SERVIÇO SOCIAL

AVALIAÇÂO OFICIAL

1) CONSIDERANDO OS ASPECTOS DA HISTÒRIA DO SERVIÇO SOCIAL NO


BRASIL.DISCORRA SOBRE AS RELAÇÔES ENTRE A IGREJA E O ESTADO
2) CONSIDERANDO A IGREJA CATÒLICA E A FORMAÇÂO DAS PRIMEIRAS ESCOLAS
DE SERVIÇO SOCIAL NA AMÈRICA LATINA .DISCORRA SOBRE
2 1- A FORMAÇÂO PROFISSIONAL E A PRIMEIRA ESCOLA CATÒLICA CHILENA DE
SERVIÇO SOCIAL
2-2 AS PRIMEIRAS ESCOLAS DE SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL

RESPOSTAS:
1)O Conflito entre a igreja e o estado existente no Brasil no final do século XIX é
possível analisar tal conflito e ter acesso a uma geração de brasileiros
conhecidos na historiografia como geração de 1870 que criticavam os
governantes a inflência e o poder exercido pelo catolicismo romano neste
sentido a união entre os dois poderes era entendida como obstáculo ao avanço
do pensamento moderno no país influenciando negativamente a formação e a
construção da sociedade brasileira tal geração inserida no processo de
secularização lutou para o país rompesse as amarras da tradição religiosa ao
mesmo tempo a igreja católica por meio de ultramontanismo reagia ao
fortalecimento do racionalismo do iluminismo e do liberalismo é preciso que se
de ao cristianismo o que é do cristianismo e que se reduza o romanismo ao seu
verdadeiro lugar as nações modernas não podem progredir sob influencia
deste ultimo é seu caráter impedir o acesso da luz ao homem geral a guerra
aberta que sempre tem feito á razão esta dotada em cada página da histórias
de todas as nações onde tem reinado José Carlos Rodrigues acreditou na
formação de uma identidade brasileira rompendo com a união entre a igreja e
o estado e ao mesmo tempo buscou o progresso para o país defendendo o
cristianismo.
2-1)No capitulo III o autor aprofunda sobre o que se foi tratado no primeiro e
no segundo capitulo do livro , ressaltando sobre a relação da igreja católica
com a formação das primeiras escolas de serviço social na america latinaa
partir do novo modelo de sociedade capitalista que estava crescendo nos
países nos anos 20 houveram mudanças da vida social no chile com o
surgimento de novos grupos sociais o que impactou a economiao movimento
operário avançou na sociedade chilena então ocorreu uma mudança no
sistema politico por causas dos ideiais socialista trazidos por esse novo grupo a
primeira escola católica chilena do serviço foi a Elvira Mate de cruchaga
fundada por Miguel cruchaga com apoio da igreja católica e com intuito de
recuperar seu papel como condutora moral da sociedade a escola era
frequentadas por mulheres que eram vistas pessoas com almas caridosas que
tinham vínculos com a igreja as alunas recém formadas iriam compor a
associação de visitadoras sociais do chile e estando la deviam manter o espirito
de fé e caridade cristãdevido a igreja católica a pratica no serviço social se
expandio.

2-2) O Serviço Social brasileiro passou por grandes transformações e


adequação a realidade social do país e quebrando o paradigma do Serviço
social tradicional e assumindo um caráter inovador dentro da teoria capitalista
de Karl Marx para entendermos a gênese do serviço Social retornaremos ao
passado desde a criação das primeiras escolas de serviço social no Brasil
esclarecendo a importância histórica da criação das escolas para o serviço
social contemporâneo o surgimento do serviço social se da no seio do bloco
católico que manterá o monopólio da formação dos agentes sociais
especializados definindo sua base social doutrina e ideologia.No Brasil a
primeira escola surgiu em 1936 em São Paulo após um curso intensivo para
moças ministrado pela madamoisele Adele Leneaux da Escola católica do
serviço social de bruxela eram exigidos requisitos como vocação mas o objetivo
dessas escolas era formar profissionais com personalidade conservadora
fundamentada na ideologia da igreja católicas por meio das praticas
assistencialista a favor da estabilidade dos interesses do dono do capital.

Você também pode gostar