Você está na página 1de 5

Pecámos, Senhor, de Vós nos afastamos

Salmo Responsorial - Quarta-feira de Cinzas e I Domingo da Quaresma

J. Mateus

   Introdução Coral

         
De Vós
    
          
Pe - cá - mos... Pe - cá - mos, Se- nhor... De Vós nos a - fas - ta - mos...
   
  
            
       
    

    
            
 
    

 
 

      

   
      

 

          

    Refrão    
          
         
Pe - cá - mos, pe - cá - mos, Se - nhor! De Vós nos a - fas - ta - mos!
     
    

             
   



          
  
    


     
        

          
           

Ten - de com - pai - xão de nós! Ten - de com - pai - xão de nós...
        
         

     



         
  
     
    
      
1º Versículo

              
Com - pa - de - cei - Vos de mim, ó Deus! Pe - la vos - sa bon - da - de, pe - la
       
     

 


   
 
  

     

        
           

 
vos - sa_i - men - sa com - pai - xão, a - pa - gai os meus pe - ca - dos!

         


 

 


  
  
 

     

         
      
2º Versículo

   
        
 
La - vai - me, Se nhor, de to - da_a_i - ni - qui - da - de, e pu - ri - fi - cai - me de to - das as mi - nhas fal - tas!

        


   

 

 
 



     
 

      

        
                   

Eu re - co - nhe - ço os meus pe - ca - dos, e di - an - te de mim es - tão as mi - nhas cul - pas!

         


 





 
     
 

       
2
    
3º Versículo

         
Pe - quei con - tra Vós, Se - nhor! Pe - quei con - tra
       
   



       
 
     

  
   

        

 
Vós... E fiz o mal di - an - te dos Vos - sos o - lhos!
 
   

  
 

 
 
 
 

      

   
4º Versículo

         
    
Cri - ai em mim, ó Deus, um co - ra - ção pu - ro, e fa -
 
    



  

     
 
   

     
3
     
            
zei nas - cer den - tro de mim, um es - pí - ri - to fir - me!
 
         
 

   
 

 

     

                      
5º Versículo

    
Não quei - rais a - fas - tar - me da Vos - sa pre - sen - ça... Não re - ti - reis de mim o Vos - so_es

 
              


 
      
     

        

   
   
  
          
pí - ri - to... Dai - me de no - vo a_a - le - gri - a da Vos - sa sal - va - ção!

       
 

 
    
  
 

       
4
     
    
6º Versículo
       
       
Fir - mai em mim, Se - nhor, um es - pí - ri - to ge - ne - ro - so, e a mi - nha bo - ca pro - cla - ma
           
    


 


   
      

      

       
            
 

 
rá a cer - te - za da Vos - sa sal - va - ção! A - bri, Se - nhor os meus lá - bios!

           


 



    
     

        

INDICAÇÕES:

A Introdução Coral deve ser cantada apenas no início do Salmo, antes do Salmista propôr pela primeira vez o refrão à assembleia.
A suspensão no primeiro compasso do refrão é para permitir ao Salmista chegar ao ambão. Só deve ser considerada nesse momento.
O acompanhamento do órgão para a Introdução Coral é ad libitum.
Os compassos dos versículos são sobretudo para indicar a acentuação da melodia. O tempo é indicado pelo texto.
A nota entre parentesis indicada no último compasso dos versículos é anacruza para o refrão.