Você está na página 1de 32

11/06/2013

Orientações para geração de Orçamentos rev.


1
6

Orientações para geração de Orçamentos

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
2
6

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
3
6

Conteúdo
Casa de máquinas.............................................................................................. 5
- Regulador de velocidade: ............................................................................. 5
Substituição de Reguladores com mordente: .............................................. 5
Substituição de Reguladores sem mordente: .............................................. 8
Reguladores de velocidade 200 mm (sem mordente): ................................ 9
- Máquinas de tração: ................................................................................... 12
• Vazamentos: ....................................................................................... 12
• Freios: ................................................................................................. 14
• Contatos BK: ....................................................................................... 17
• Substituição de Motores: ..................................................................... 20
• Adaptação de Encoder: ....................................................................... 23
Caixa de corrida / Pavimentos. ......................................................................... 25
- Portas:......................................................................................................... 25
- Aumento de parada: ................................................................................... 26
- Indicadores: ................................................................................................ 26
- Botoeiras de pavimento: ............................................................................. 27
- Base interface em ABS para botoeiras e indicadores de pavimento: ......... 28
Cabina. ............................................................................................................. 29
- Painel de operação: .................................................................................... 29

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
4
6

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
5
6

Casa de máquinas

- Regulador de velocidade:

Substituição de Reguladores com mordente:

1 - Regulador TKE "Fuji"

Alguns fabricantes informam a força de atuação do limitador na placa de dados.


Quando este valor não é informado será necessário analisar o sistema de
freios da cabina e estimar o valor da força de atuação.

2 - Regulador Atlas B5A

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
6
6

Os elevadores Atlas e alguns da Otis mais antigos utilizam o sistema de freio


da cabina acionado por um cabo de aço que desenrola um tambor e fecha os
mordentes do freio da cabina.

Este sistema de atuação necessita de muita força para desenrolar o cabo e


atuar, portanto o uso do regulador de velocidade TKE não é recomendado.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
7
6

Outro problema é quanto ao diâmetro do


cabo de acionamento que deve
permanecer original, pois um cabo mais
fino corre o risco de romper e um cabo
mais grosso não pode ser instalado no
soquete (desenho acima).

Para solucionar este problema temos o


regulador de velocidade da Wittur que
atende os requisitos do original, porém
seu custo é elevado.

3 - Regulador OL-100 Wittur

Este regulador é muito semelhante ao utilizado pela KONE e é muito confiável.

Tabela de reguladores já codificados para cabo de 10 mm e força de atuação


de 2000 N:

Modelo / Velocidade GIS GUS


OL100 - 30 m/min - X26.059.597 1009340.6
OL100 - 45 m/min - X26.059.451 1001593.8
OL100 - 60 m/min - X26.059.434 1001338.0
OL100 - 75 m/min - X26.059.436 1001339.3
OL100 - 90 m/min - X26.059.149 0087578.3
OL100 - 105 m/min - X26.059.437 1001340.2
OL100 - 120 m/min - X26.059.438 1001341.5
OL100 - 150 m/min - X26.059.455 1001937.5
OL100 - 180 m/min - X26.059.574 1007942.8
Estes códigos contemplam o regulador com base e a polia tensora.

Para outros casos onde a força de atuação for menor que 800 N (81,55 Kgf.),
pode-se utilizar os reguladores TKE (TBM-026) sem problema, sempre
respeitando a velocidade e diâmetro do cabo e da polia.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
8
6

Substituição de Reguladores sem mordente:

4 - Regulador Progressivo (até 105 m/min.)

5 - Regulador Instantâneo (30 e 45 m/min)

Os reguladores de velocidade sem mordente, na maioria dos casos, a força de


atuação não excede 800 N e nestes casos podem ser substituídos por
reguladores TKE (TBM-026), sempre respeitando a velocidade e diâmetro do
cabo e da polia.

Outro problema que podemos nos deparar ao substituir um regulador de


velocidade é o diâmetro da polia. Quando o diâmetro da polia do novo
regulador for diferente da polia do antigo (+ ou – 25 mm) será necessário
acrescentar o custo de um novo furo no piso da casa de máquinas para a
passagem do cabo. Veja um exemplo:

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
9
6

Reguladores de velocidade 200 mm (sem mordente):

Os elevadores KONE utilizam um regulador de velocidade com polia de


diâmetro de 200 mm, cabo de ¼” (ref. 380 130) e, principalmente com as
máquinas VK21, com base integrada. Nestes casos a substituição do regulador
original pelo TKE é muito trabalhosa devido à necessidade de nova furação da
base da máquina alinhada com laje e sem danificar as pantalhas!

Para estes casos foi desenvolvida uma base adaptadora para utilização de
reguladores Wittur OL35 com polia de 200 mm.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
10
6

6 - Regulador de velocidade KONE.

7 - Base adaptadora p/ regulador KONE. 8 - Regulador Wittur OL35 - Ø200mm.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
11
6

Requisitar:

Descrição GIS GUS


Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 45m/min. X26.045.218 1009391.7
Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 60m/min. X26.045.219 1009392.6
Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 75m/min. X26.045.220 1009393.2
Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 90m/min. X26.045.221 1009394.5
Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 105m/min. X26.045.222 1009395.8
Regulador OL35 - Ø200mm - cabo de ¼” – 120m/min. X26.045.223 1009396.0

Acrescentar:

X26.045.204 (1007943.0) - Base adaptadora limitador Kone – 01pç/elev;

B.0012.X50 (1663.2) – Parafuso sextavado M12 x 50 DIN EN 24017– 6pçs/elev;

N.0012.X1 (1661.3) – Porca M12 DIN EN 24034 – 6pçs/elev;

W.0012.L1 (1660.9) – Arruela lisa M12 DIN EN ISO 7091– 12pçs/elev;

W.0012.P1 (3307.3) – Arruela de pressão M12 – 6pçs/elev;

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
12
6

- Máquinas de tração:

• Vazamentos:

Os vazamentos das máquinas de tração devem ser analisados com cuidado.


As máquinas de tração (de todos os fabricantes) podem apresentar
vazamentos pelos mais diversos motivos, entre eles podemos citar:
- Falta de óleo;
- Excesso de óleo;
- Óleo com especificação incorreta;
- Trincas na caixa do redutor;
- Ajuste da pressão da Gaxeta incorreto;
- Tampas ou parafusos frouxos;
- Desgaste dos componentes de vedação (Retentores, gaxetas, juntas, etc.);
- Entupimento dos canais de retorno de óleo;
- Etc.
Após verificação destes itens, podemos orçar corretamente o reparo.
Seguem alguns dados já levantados:

Fabricante Modelo Item Código Quantidade


Óleo 53891.8 6130011 5 litros
Gaxeta (182 A10) 43612.8 X26.038.706 01 cj.
JUNTA 36TH080100 40869.8 X26.038.632 1,0 m
Arame n.º 20 53813.3 60010004 1,0 m
JUNTA BX376J500 40865.6 X26.038.628 02 pç
11 BT JUNTA BX376J501 40866.4 X26.038.629 02 pç
JUNTA BX376J502 40867.9 X26.038.630 02 pç
JUNTA BX376J503 40868.3 X26.038.631 02 pç
JUNTA G0376R1 40870.2 X26.038.633 02 pç
Otis
JUNTA M0376J1 40871.7 X26.038.634 02 pç
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo 53891.8 6130011 5,5 litros
Gaxeta (182 A2) 43613.2 X26.038.707 01 cj.
16 BT JUNTA (36TH080100) 40869.8 X26.038.632 1,0 m
Arame n.º 20 53813.3 60010004 1,0 m
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 04 pç
Óleo 53891.8 6130011 15 litros
19 BT
Gaxeta (182 A3) 43614.7 X26.038.708 01 cj.
Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho
11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
13
6

Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 04 pç


JUNTA 36TH080100 40869.8 X26.038.632 1,0 m
Arame n.º 20 53813.3 60010004 1,0 m
Óleo 53891.8 6130011 18 litros
Gaxeta (182 A4) 43615.1 X26.038.709 01 cj.
27 BT JUNTA 36TH080100 40869.8 X26.038.632 1,0 m
Arame n.º 20 53813.3 60010004 1,0 m
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 04 pç
Óleo 53891.8 6130011 3 litros
11 VTR Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Retentor 00501 TO33A1 01 pç
Óleo 53891.8 6130011 7 litros
13 VTR Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Retentor LO33LN1 01 pç
Retentor 00501 TO33A1 01 pç
140 VAT Óleo 53891.8 6130011 3 litros
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Retentor LO33LN1 01 pç
160 VAT Óleo 53891.8 6130011 7 litros
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Retentor BX33A1 01 pç
Óleo
17 CT
Anel O-Ring BO340AD1 01 pç
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 3,6 litros
CE 125
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 3,6 litros
CE140
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 4,31 litros
CE 160
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 3 litros
CE 190
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 8 litros
CE 250
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 14,2 litros
CE 357
Atlas Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 4,31 litros
CE 360
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 4,31 litros
CE 365
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 4,31 litros
CE 365 A
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 680 3547.8 X02.003.004 4,31 litros
CE 365 B
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo – ISO VG 1000 1002046.0 X26.059.458 18 litros
I-47 Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 04 pç
Gaxeta do sem-fim 24849.6 X26.039.089 01 Cj.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
14
6

Óleo – ISO VG 1000 1002046.0 X26.059.458 9 litros


II-47
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 04 pç
Óleo SAE 140 3547.8 X02.003.004 4 litros
W54
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo SAE 140 3547.8 X02.003.004 4 litros
W55
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo SAE 140 3547.8 X02.003.004 4 litros
W56
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Schindler Óleo SHC 320 3547.8 X02.003.004 6 litros
W57
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Óleo SHC 320 1001654.0 X26.040.427 3,51 litros
W 140 Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç
Retentor (eixo sem-fim) 1001654.0 X26.040.425 01 pç.
Óleo SHC 320 1001654.0 X26.040.427 5 litros
W 160
Silicone para juntas 38742.9 X06.002.098 02 pç

NOTAS:

Os itens em vermelho se referem ao código original do fabricante ou fornecedor;

Nem todos os itens necessários podem estar listados.

• Freios:

Segundo a NM-207/99 as máquinas de tração devem possuir ferio duplo.


“Todos os componentes mecânicos do freio que tomam parte na ação de
freada no tambor ou disco devem ser instalados em duplicata e ter dimensões
de modo que se um dos componentes não estiver trabalhando no tambor ou
disco, mesmo assim deverá continuar a ser exercido um esforço de freada
suficiente para redução da velocidade do carro com a carga nominal.”
(NM207:99 – Pg 62 item 12.4.2.1)

Atualmente temos kits para modernizar apenas as máquinas Schindler W54,


W55, W56 e W57. Estas máquinas possuem originalmente um sistema de freio
acionado por motor, chamado de Freio BS. O sistema de freio BS é perigoso e
deve sempre ser substituído!

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
15
6

9 - Máquina W54 com freio BS

Os Kits para substituição, são chamados de Kit Binder e devem ser fornecidos
apenas pela Nork-2 ou MGTI SNEV. Os kits fornecidos pela Alfa ou Elevatec
não seguem um bom padrão de fabricação e não tem o sistema de freio duplo
independente, logo não atendem a norma NM207.

10 - Freio Binder Alfa Elevadores

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
16
6

11 – Kit de freio Binder – NORK-2

Seguem os códigos:

Máquina Schindler W54 – X26.040.157 (40183.7);


Máquina Schindler W55 – X26.040.171 (42071.0);
Máquina Schindler W56/57 – X26.040.174 (42478.8).

Existe outro kit para substituição do motor, que em conjunto substitui o freio da
máquina. Este Kit tem o nome de EC36, para utilizá-lo deve-se utilizar a tabela
a seguir:

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
17
6

Máquina Original Substituir por


Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CC 10 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
365 A Motor CC 15 CV – 1800 RPM
Motor 15 KW - X26.039.837 - 45766.4
Freio FD 35
(Disco Pequeno) Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CA 10 CV – 1800 RPM
Motor 7,5 KW - 3Y.6533.G.3 - 14354.2
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
Motor CA 15 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CC 10 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
365 B Motor CC 15 CV – 1800 RPM
Motor 15 KW - X26.039.837 - 45766.4
Freio FD 35
(Disco Grande) Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CA 10 CV – 1800 RPM
Motor 7,5 KW - 3Y.6533.G.3 - 14354.2
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
Motor CA 15 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6

Nota: Atenção à rotação do motor original, esta deve ser sempre menor que
1800 RPM.

As demais máquinas, por ora, não têm kits para substituição do sistema de
freios homologados e, portanto não devem ser modificados. Caso seja
exigência a adequação total do elevador à NM207, a máquina deverá ser
substituída ou então deverá ser instalado o sistema de segurança Rope
Gripper.

• Contatos BK:

Os quadros de comando TKE necessitam de um sinal de confirmação do


estado do freio (aberto ou fechado), este sinal é fornecido pelo contato BK.
Atualmente temos já desenvolvidos 2 kits para instalação de contato BK, são
eles:

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
18
6

Máquinas Atlas série 365:

Kit BK: X26.039.491 (39883.9);

Micro Chave: X26.039.490 (39882.4).

Máquinas Otis série BT:

11 BT:

Kit BK 11 BT - X26.038.924 (83152.0)

_______________________________

16, 19, 27 BT:

Kit BK BT: X26.038.805 (48424.6)

O Kit BK BT foi desenvolvido para as máquinas 16 BT, 19 BT, 27 BT e 131 HT,


mas já foi aplicado em outras máquinas com sucesso.
O Kit 11 BT, como o próprio nome diz, foi desenvolvido para a máquina 11 BT,
mas pode ser aplicado em outras máquinas como KONE (MR-12 e VK21), Otis
(11 VTR, 13 VTR, 140VAT e 160VAT), entre outras.

Outras máquinas muito encontradas são da Atlas série SE (SE5, SE500,


SE300, SE12, etc) e série CE (CE 111, CE I-47, CE II-47, CE 257 e CE 357),
estas máquinas utilizam o mesmo sistema de freio, o modelo BRC.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
19
6

12 - Freio BRC

Este freio já possui originalmente o contato BK, mas na hipótese do contato


original estar quebrado ou desgastado, o contato BK TKE pode ser facilmente
adaptado. Neste caso utilizar o conjunto código: 3Y.6098.D.1 (5718.3).

Máquinas Otis 74D:

Devido ao curso do freio as máquinas Otis Gearless Tipo 7 precisam de um


contato BK especial que fica instalado monitorando diretamente o braço do
freio e não a bobina.
Segue o código:

X26.060.944 (1009390.4) - Kit BK 74D – 02pçs/elev.

Para instalação solicitar instrução ao ITS.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
20
6

13 - Máquina 74D

14 - Kit BK 74D.

• Substituição de Motores:

A substituição de motores é recomendada para substituir motores antigos com


grande escorregamento, perdas ou para adequação elétrica (220 para 380 v ou
mudança de corrente contínua para corrente alternada) quando o custo de
substituição da máquina completa inviabilize a venda. Para especificar o novo
motor deve-se levar em conta a potencia, a rotação, o torque e as dimensões
dos motores.

Nas máquinas onde o motor é “separado” da caixa (exemplo EM-62), a


substituição é mais simples, e caso os valores citados acima “casem” com as
características dos motores TKE, a TBM-039 poderá ser utilizada. Lembrando
que o novo motor deverá ser alinhado obrigatoriamente por uma equipe
especializada, pois o desalinhamento pode causar desde um leve desconforto
até a quebra do eixo do redutor e logo um acidente!

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
21
6

15 - Exemplos de máquinas "separadas" dos motores

ATENÇÃO:

Alguns fatores devem ser considerados quando for substituir apenas o motor:

- A máquina possui freio duplo (Conforme NM-209)?

- A máquina possui peças de reposição no mercado?

- A máquina será coberta pela garantia da modernização (contrato integral)?

Estas questões devem ser analisadas, pois algumas máquinas podem oferecer
risco ao usuário ou técnico ou então acarretar num passivo para o setor de
serviços!

Nas máquinas onde o motor é fixo na caixa em balanço (exemplo EM-33) a


substituição é mais trabalhosa.

Já temos kits homologados para as máquinas Atlas CE365A/B, CE I-47 e CE II-


47.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
22
6

Máquina Original Substituir por


Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CC 10 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
365 A Motor CC 15 CV – 1800 RPM
Motor 15 KW - X26.039.837 - 45766.4
Freio FD 35
(Disco Pequeno) Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CA 10 CV – 1800 RPM
Motor 7,5 KW - 3Y.6533.G.3 - 14354.2
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
Motor CA 15 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CC 10 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
365 B Motor CC 15 CV – 1800 RPM
Motor 15 KW - X26.039.837 - 45766.4
Freio FD 35
(Disco Grande) Kit EC36 G1 - X26.039.838 - 45764.5
Motor CA 10 CV – 1800 RPM
Motor 7,5 KW - 3Y.6533.G.3 - 14354.2
Kit EC36 G2 - X26.039.839 - 45767.9
Motor CA 15 CV – 1800 RPM
Motor 11 KW - X26.039.836 - 45765.6

Máquina Original Substituir por


Motor CC 15 CV Kit EC47 G1 - X26.049.204 - 449504.9
Até 1200 RPM Motor 15 KW - X26.059.139 – 85894.0
Motor CC 20 CV Kit EC47 G1 - X26.049.204 - 449504.9
Até 1200 RPM Motor 19 KW - X08.027.083 - 14388.7
CE I-47 Kit EC47 G2 - X26.049.205 – 49505.3
Motor CC 30 CV
CE II-47 Até 1200 RPM Motor 30 KW - X26.059.138 – 85892.1
Motor CA até 20 CV Kit EC47 G1 - X26.049.204 - 449504.9
Até 1200 RPM Motor conforme TBM-039
Motor CA até 20 CV Kit EC47 G2 - X26.049.205 – 49505.3
Até 1200 RPM Motor conforme TBM-039

Salvo casos muito raros, não se deve substituir o motor com a intenção de
aumentar a velocidade do elevador. O aumento de rotação no eixo sem fim
pode acarretar na sua quebra e consequentemente um acidente muito grave
para o usuário. Para aumento de velocidade a máquina deve ser substituída
conforme TBM-038, após avaliação de itens como: Aparelho de segurança,
estrutura, última altura, profundidade do poço, etc.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
23
6

• Adaptação de Encoder:

- Universal (Máquina Gearless):

Item Descritivo Código Código GIS


GUS
1 Encoder 5000 pulsos 88853.6 X26.042.801
2 Placa de Fixação 88858.9 X26.042.803
3 Acoplamento 82913.7 X26.059.090
Eixo interno: M08 88849.8 X26.042.797
Eixo interno: M10 88850.2 X26.042.798
4 Eixo interno: M12 88851.7 X26.042.799
Eixo interno: M16 88857.4 X26.042.802
Varão roscado M8 x 150
5 Varão roscado M10 x 150
Varão roscado M12 x 150

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
24
6

Nota: Os itens 4 e 5 irão variar de acordo com o modelo da máquina.

- Atlas CE 365:

Item Descritivo Código GUS Código GIS Quantidade


1 Encoder 1024 pulsos Ø40 mm Conforme TBM-030 01
2 Adap Encoder 365 88847.9 X26.059.158 01
3 Suporte 365 88848.3 X26.059.159 01
4 Retentor 1707 24975.4 X26.041.015 01

- Otis 140 VAT:

Item Descritivo Código GUS Código GIS Quantidade


1 Encoder 1024 pulsos Conforme TBM-030 01
2 Adap Encoder 140 VAT 88854.0 X26.060.078 01
3 Espaçador 88856.6 X26.060.080 03
4 Braço 140 88855.5 X26.060.079 01

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
25
6

Caixa de corrida / Pavimentos.

- Portas:

Os elevadores com portas tipo eixo vertical são mais fáceis de modernizar, pois
o operador TKE (TBM-015) “casa” facilmente com a maioria das portas EV.
Neste caso deve-se solicitar a rampa que mais de adéqüe ao mecanismo do
pavimento (Europa ou acionamento frontal).

Os fechos eletromecânicos e hidráulicos podem ser aproveitados, pois são de


fácil aquisição nas lojas especializadas. Não recomendamos a substituição do
tipo de fechador hidráulico, pois cada porta EV é projetada para um modelo de
fechador (de piso, dictador, aéreo, dorma, etc.).

A substituição de soleiras tanto de cabina quanto pavimento pode ser feita


utilizando fornecedores locais, não é necessário abrir AVT.

As portas automáticas podem ser aproveitadas se estiverem em bom estado,


neste caso deve-se substituir o operador de portas, conforme TBM-015/x, e
adaptar a rampa da cabina de forma que ela opere o pavimento original.
Recomendamos sempre a substituição do operador para uma melhor
performance, mas no caso das portas originais serem dos fabricantes Wittur,
Selcon ou Fermator estas podem ser mantidas integralmente, incluindo o
operador da cabina.

O ITS desenvolveu um conjunto para substituição dos fechos eletromecânicos


da Atlas, veja tabela a seguir.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
26
6

Abertura ALD ALE AC


Material LU 750 800 1000 750 800 1000 750 800 1000
3Y.0090.HL.1 (31972.7) – Suporte para trincos e batentes 01 01 01 01 01 01 01 01 01
3Z.0067.A.1 (14982.8) – Batente Completo 02 02 02 02 02 02 02 02 02
3Y.0098.S.1 (16885.6) – Fecho para modernização ALD/AC 01 01 01 01 01 01
3Y.0098.S.2 (17076.5) – Fecho para modernização ALE 01 01 01
X26.039.484 (39778.6) – Chapa de adaptação 01
X26.039.492 (39884.3) – Chapa de adaptação 01 01 01
X26.039.493 (39885.8) – Chapa de adaptação 01 01 01
X26.039.494 (39886.2) – Chapa de adaptação 01 01
3Y.0900.DB.1 (21640.4) – Kit Contato AC/ALD 01 01 01 01 01 01
3Y.0900.DB.2 (22195.6) – Kit Contato ALE 01 01 01
X26.039.485 (39779.4) – Suporte móvel do contato 01 01 01 01 01 01 01 01 01
3Z.0833.D.3 (29965.6) – Kit Chave Triangulo 01 01 01 01 01 01
3Z.0833.D.5 (29370.6) – Kit Chave Triangulo 01 01 01
3Z.0415.J.2 (14986.6) – Mola de porta 01 01 01
3Z.0415.J.3 (14987.0) – Mola de porta 01 01 01
3Z.0415.J.5 (14989.6) – Mola de porta 01 01 01

- Aumento de parada:

Para realizar um aumento de parada o ideal é a substituição de todas as portas


para uniformizar o equipamento, mas na impossibilidade disto, deve-se instalar
uma porta com as mesmas características das demais e modificar os fechos
eletromecânicos dos pavimentos de forma que o novo operador da cabina
possa acionar os pavimentos.

O aumento de parada pode implicar na mudança da ultima altura e neste caso


deve ser analisado previamente, mas itens como máquina, cabos, cabina,
portas, amortecedores/molas, guias, etc. sempre podem ser aproveitados.

- Indicadores:

O Kit IPD Serial ITS está disponível, inicialmente, para todos os quadros de
comando, pois ele funciona monitorando a posição da cabina e na
eventualidade do quadro de comando original não fornecer o sinal necessário,
pode-se acrescentar um sensor de baixo custo para fornecer o sinal
necessário. Segue a listagem de materiais:

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
27
6

• X26.051.087 (49743.9) – Placa de interf. Serial VVVF-ITS R.2 – 01pç/elev;

• X08.063.209 (35964.6) - Fonte 24 v 6A – 01pç/elev.;

• X08.006.013 (6214.0) – Cabo AWG 18 - 0,75mm² - (6 Lances) — n metros/elev.

n = Percurso do Q.C. até o indicador da Primeira parada;

• Indicadores de pavimento seriais conforme TBM-012/A;

Caso queira instalar IPD na cabina acrescentar:

• 3Z.0598.CH.1 (48363.7) – Indicador TK-99HS – 01pç/elev. (Para adaptar na botoeira


de cabina);

• E caso não existam 04 linhas reserva cotar um lance de cabo de manobra, conforme
TBM-037.

- Botoeiras de pavimento:

A substituição das botoeiras pode ser executada mediante avaliação do


sistema de chamadas do quadro de comando original. Os botões TKE MCP5
24 v são ótimos para esta aplicação.

A seguir temos uma tabela dos modelos mais comuns de quadro de comando
onde estes botões podem ser aplicados:

Fabricante Modelo do Quadro Utilizar


Excel TBM-011/G ou TBM-011/I ou
TBM-011/M ou TBM-011/S,
Atlas acrescentando 02 diodos por
Omega botão X08.032.080 (3701.1)

TBM-011/G ou TBM-011/I ou
Otis LCBII (ADV-210) TBM-011/M ou TBM-011/S.

Miconic E
TBM-011/G ou TBM-011/I ou
Schindler Miconic LX TBM-011/M ou TBM-011/S

Miconic SX

TMS 50 TBM-011/G ou TBM-011/I ou


Kone TBM-011/L ou TBM-011/M ou
TMS 50e TBM-011/S.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
28
6

IFL-750 TBM-011/G ou TBM-011/I ou


TBM-011/M ou TBM-011/S,
Infolev acrescentando 02 diodos por
JR-80 botão X08.032.080 (3701.1)

OMD3
TBM-011/G ou TBM-011/I ou
TBM-011/M ou TBM-011/S,
Dual Baby 98 acrescentando 02 diodos por
botão X08.032.080 (3701.1)
OMD85

EC16 TBM-011/G ou TBM-011/I ou


TBM-011/M ou TBM-011/S,
Addtech acrescentando 02 diodos por
EC49 botão X08.032.080 (3701.1)

- Base interface em ABS para botoeiras e indicadores de pavimento:

A base não tem o intuito de tornar a botoeira de sobrepor.

Sobre a mesma podem ser montadas botoeiras padrões de fábrica nas


dimensões:

75 x 235 mm com entre furos de 195 mm. (Dimensões das botoeiras SEM MOLDURA)

90 x 231 mm com entre furos de 195 mm. (Dimensões das botoeiras COM MOLDURA)

Com Moldura Sem Moldura Códigos Aplicação Cor


X07.039.021
BOTOEIRA
1004085.3
PRETA
X07.039.022
INDICADOR
1004086.6

X07.039.023
BOTOEIRA
1004087.9
CINZA
X07.039.024
INDICADOR
1004088.1

NÃO SE APLICA O USO DESTA BASE DE INTERFACE:


 Quando o comando for ACSD e a botoeira tiver: SETA; IPD e TK-49;
 Quando o comando for ACS e a botoeira tiver: SETA e IPD.

NOTA: ATENTAR QUANTO A LARGURA QUANDO FOR APLICAR EM


MARCOS MAIS ESTREITOS.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
29
6

Cabina.

- Painel de operação:

Assim como as botoeiras de pavimento, substituição do painel de operação


pode ser executada mediante avaliação do sistema de chamadas do quadro de
comando original. Os botões TKE MCP5 24 v são ótimos para esta aplicação.

A seguir temos uma tabela dos modelos mais comuns de quadro de comando
onde estes botões podem ser aplicados:

Fabricante Modelo do Quadro Utilizar


TBM-010/M ou TBM-010/R ou
Excel TBM-010/S ou TBM-010/U ou
Atlas TBM-010/V, acrescentando 02
Omega diodos por botão X08.032.080
(3701.1)
TBM-010/M ou TBM-010/R ou
Otis LCBII (ADV-210) TBM-010/S ou TBM-010/U ou
TBM-010/V

Miconic E
TBM-010/M ou TBM-010/R ou
Schindler Miconic LX TBM-010/S ou TBM-010/U ou
TBM-010/V
Miconic SX

TMS 50 TBM-010/M ou TBM-010/R ou


Kone TBM-010/S ou TBM-010/U ou
TMS 50e TBM-010/V

TBM-010/M ou TBM-010/R ou
IFL-750 TBM-010/S ou TBM-010/U ou
Infolev TBM-010/V, acrescentando 02
JR-80 diodos por botão X08.032.080
(3701.1)

OMD3 TBM-010/M ou TBM-010/R ou


TBM-010/S ou TBM-010/U ou
Dual Baby 98 TBM-010/V, acrescentando 02
diodos por botão X08.032.080
(3701.1)
OMD85
TBM-010/M ou TBM-010/R ou
EC16 TBM-010/S ou TBM-010/U ou
Addtech TBM-010/V, acrescentando 02
EC49 diodos por botão X08.032.080
(3701.1)

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
30
6

A substituição de componentes desgastados ou quebrados, quando não for


adaptar uma peça diferente da original, representa uma manutenção corretiva
ou preditiva neste caso é necessário abrir AVT e encaminha-la para o depto.
DEMDR. Caso existam dúvidas na identificação da peça de reposição, contatar
o ITS diretamente por telefone ou pelo e-mail:
its.la@thyssenkruppelevadores.com.br.

Assim como no pavimento substituição de soleiras de cabina pode ser feita


utilizando fornecedores locais, não é necessário abrir AVT.

A substituição das folhas de portas de cabina deve ser feita com critério, pois
existe a possibilidade da porta ser muito comprida (HD), ou o sistema de
fixação ser diferente do padrão TKE e assim necessitar de muito retrabalho
para instalar as folhas novas.

As corrediças de cabina podem ser substituídas pelas corrediças TKE, na


maioria dos casos é necessário apenas fazer uma nova furação no suporte da
armação.

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
31
6

Anotações:

_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho


11/06/2013
Orientações para geração de Orçamentos rev.
32
6

Revisor: Bruno H. Torres Aprovador: Joel Coelho