Você está na página 1de 1

Equilíbrio Qual é o espaço percorrido pelo corpo até

As situações previstas na 1.a Lei (repouso e parar? (Dados: µ = 0,5 e g = 10m/s2).


MRU), constituem situações em que a resultante Solução:
→ →
das forças que atuam no corpo é nula: Fat = R ⇒ µ .N = m.a
• Repouso: equilíbrio estático. Como no plano horizontal a Normal é igual ao
• MRU: equilíbrio dinâmico. Peso, temos:
N = P ⇒ µ .P = m.a
Aplicação 1 Fazendo P = mg:
Um avião está em vôo ascendente, em trajetória µ .mg = m.a ⇒ a = µ .g
retilínea x, inclinada de θ em relação ao solo, Substituindo esse resultado na equação de
admitido plano e horizontal, sob a ação de Torricelli:
quatro forças: v2 = v2o + 2a∆S ⇒ v2 = v2o + 2µ .g.∆S

01. Um bloco de massa 50kg encontra-se P 02 = 202 – 2. 0,5 .10.∆S
→ : força da gravidade.
em repouso sobre uma superfície S 0 = 400 – 2. 0,5 .10.∆S ⇒ ∆S = 40m
→ : força de sustentação do ar.
horizontal perfeitamente lisa. Aplica-se F
→ : força propulsora. Terceira Lei de Newton
ao bloco uma força paralela à superfície R: : força de resistência do ar. Princípio da Ação-Reação
e para a direita, de módulo 80N, durante Se um corpo A exerce uma força sobre um
corpo B, o corpo B reage em A com uma força
10s. de mesma intensidade, mesma direção, mas de
a) Qual é a aceleração do bloco? sentido
→ contrário.

b) Qual será a velocidade do bloco F AB = – F BA
após os 10s?
c) Se, após os 10s, a força é retirada, o
que acontece com a velocidade do
bloco? Supondo que o movimento do avião seja unifor- Se num cabo-de-guerra as duas equipes puxam
me, analise as proposições a seguir, apontando com a mesma força, não saem do lugar.
02. (UEA – Aprovar) Considere uma caixa as falsas e as verdadeiras.
de massa m em repouso em relação à I) O→avião
→ está
→ → em equilíbrio
→ dinâmico.
superfície da Terra, considerada II) P+ → S+→F+ R = →0
horizontal. Assinale certo ou errado: III) | F|=
→ R: |→+ | P|sen θ
IV) | S| = | P|
I. O peso da caixa é a força de intera- V) O avião está em movimento, por inércia. Mas se uma das equipes soltar de repente a
ção entre ela e a superfície. Solução: corda...
II. Se a caixa estivesse no ar, ela não I) Correta. Se o avião realiza movimento retilíneo (Ilustrações de Philip Reeve, no livro de Kjartan Poskitt,
uniforme, ele está, como vimos, em equilíbrio Isaac Newton e sua maçã, Cia. Das Letras, 2003).
aplicaria força na superfície, mas, dinâmico.
ainda assim, estaria interagindo com II) Correta. A resultante das forças atuantes no Forças de ação-reação:
• São coexistentes.
a Terra. → →deve
avião → ser
→ nula
→ (condição de equilíbrio):
P+ S+ F+ R = 0 • São simultâneas.
III. A força normal é uma interação de • Podem apresentar efeitos diferentes.
III) Correta. Na direção x, a resultante das forças
contato e a força peso é uma • Não se anulam.
→ ser→
deve →
nula. Logo:
interação de campo. | F|= | R| + | P|sen θ
IV) Errada. Na direção y, a resultante das forças Aplicações
03. Considere a situação em que uma

também →
deve ser nula. Então: 01. Um rebocador arrasta duas pequenas balsas
pessoa puxa, com uma corda, um | S| = | P| cos θ idênticas, de 3,2t de massa cada, imprimindo-lhes
caixote, que está apoiado numa V) Correta. uma aceleração de módulo 0,10m/s2, ao longo de
superfície horizontal. Sabe-se que a Segunda Lei de Newton uma linha reta. A força de tração no cabo que o
Princípio Fundamental da Dinâmica une à primeira balsa tem intensidade de 800N.
força aplicada pela pessoa faz um
ângulo è com a horizontal e não é Força e variação de velocidade são diretamente
proporcionais: A expressão matemática que
suficiente para colocar o caixote em representa a segunda lei é:
movimento. O que acontece se a r r
Fr = m.ar ou, algebricamente, F = m.a
pessoa for aumentando o módulo da • Maior força aplicada, maior aceleração.
força aplicada na corda? • Maior massa, menor aceleração para mesma A força de resistência aplicada pela água em
força. cada balsa, tem intensidade f e a força de
04. Com base na Primeira Lei de Newton, tração no cabo que une as duas balsas tem
julgue as afirmações seguintes: intensidade T. Calcule f e T.
I. Um corpo em repouso permanece Solução:
m = 3,2t = 3,2 . 103kg
em repouso se, e somente se, a 2.a Lei de Newton para o conjunto das duas
resultante das forças que agem balsas:
sobre ele é nula. T1 – 2f = (m + m).a ⇒ T1 – 2f = 2ma
II. Um corpo em movimento retilíneo e 800 – 2f = 2 . 3,2 . 103. 0,10 ⇒ f = 80N
2.a Lei de Newton para a balsa de trás:
uniforme permanece em movimento
T2 – f = ma ⇒ T2 – 80 = 3,2 . 103 . 0,10
retilíneo e uniforme se, e somente (Ilustração de Philip Reeve, no livro de Kjartan Poskitt, T2 = 400N
se, a resultante das forças que Isaac Newton e sua maçã, Cia. Das Letras, 2003).
02. Qual a força mínima, expressa em N, para
agem sobre ele é nula. acelerar um corpo de massa 1,0kg, Segundo a
III.Sob resultante nula, dizemos que as Aplicações vertical, para cima, com aceleração de 1m/s2?
forças que agem no corpo estão 01. (FGV) Um corpo com massa igual a 10kg, (g = 10m/s2)
equilibradas. sujeito a uma força de 30N, partindo do repouso, Solução:
terá que velocidade após 6m de percurso?
IV. Um corpo em repouso encontra-se Solução:
em equilíbrio estático. A 2.a Lei de Newton permite encontrar a acelera-
V. Um corpo em movimento encontra- ção do automóvel:
se em equilíbrio dinâmico. F=m.a
30 = 10.a → a = 3m/s2
VI.Para um corpo estar em equilíbrio Como o tempo do movimento não foi fornecido, A resultante das forças que agem no corpo é:
não pode haver forças agindo sobre utilizemos a equação de Torricelli: R=F–P
ele. v2 = vo2 + 2a∆S ⇒ v2 = 0 + 2.3.6 ⇒ v = 6m/s Aplicando a 2.a Lei de Newton:
02. (ITA) Um corpo é lançado com velocidade m.a = F – m.g ⇒ F = m(a+g)
de 20m/s sobre um plano horizontal rugoso. F = 1(1+10) ⇒ F

12