Você está na página 1de 1

3.

Personagens principais: chas, laços, flores e folhagens, que busca-


Lindóia – índia; heroína que morre picada vam uma elegância requintada, uma graça
por uma cobra. não raro superficial. Com seus rondós e ma-
drigais, envolvidos por intensa musicalidade,
Cacambo – índio guerreiro; esposo de Lin-
apresenta uma natureza decorativa, bem ao
dóia.
gosto arcádico.
Pe. Balda – jesuíta; vilão da história.
Precursor do Romantismo – Silva Alvaren-
Caitutu – índio guerreiro; irmão de Lin- ga é considerado o precursor do Romantis-
dóia. mo porquanto não cultua excessivamente as
Tanajura – índia feiticeira. belezas postiças greco-romanas do repertó-
Gomes Freire de Andrade – chefe das tro- rio árcade.
01. Assinale a alternativa que apresenta pas portuguesas. Nome árcade – Adota o pseudônimo de Al-
ERRO na correlação obra-características: cindo Palmireno.
4. SANTA RITA DURÃO
a) Música do Parnaso – primeira obra Tipo de poesia – Predomínio da poesia líri-
Nascimento e morte – Nasce em Cata Preta, co-amorosa.
publicada por um brasileiro. Minas, em 1722. Falece em Lisboa, em 1784.
b) Prosopopéia – primeiro poema épico da Musa – Imortaliza, nos seus poemas lírico-
Filosofia e Teologia – Com pouca idade, é amorosos, Glaura.
Literatura Brasileira. mandado para Portugal, onde realiza estudos
c) Obras Poéticas – obra inauguradora do de Filosofia e Teologia, tomando hábito aos OBRAS
arcadismo brasileiro. dezesseis anos. 1. O Desertor das Letras (poema herói-
Perseguição – Envolvido na polêmica contra cômico publicado em Coimbra, 1774).
d) Cartas Chilenas – poema épico em versos
brancos. os jesuítas, refugia-se na Espanha e, mais tar- 2. Glaura (poemas eróticos, Lisboa, 1799).
de, na França e na Itália.
e) O Uraguai – poema épico que não imita Os 5. ALVARENGA PEIXOTO
Poesia épica – De suas produções poéticas,
Lusíadas.
fica o poema épico Caramuru (Lisboa, 1871), Nascimento e morte – Inácio José de Al-
02. Assinale a alternativa que apresenta feito à imitação direta de Os Lusíadas, de varenga Peixoto nasce no Rio de Janeiro,
Camões. em 1743. Morre em Angola (África), em 1792.
ERRO na correlação obra-características:
Caramuru – Dados importantes do livro: Talento precoce – Com 14 anos, improvisa
a) Cartas Chilenas– poemas de Critilo para versos e compete com o colega Basílio da
1. Classificação – Poema épico, escrito em
Doroteu. Gama.
decassílabos rimados, com divisão em
b) Caramuru – poema épico à maneira de Os cantos e estrofes. Segue, assim, o esque- Direito em Coimbra – Após estudos secun-
Lusíadas. ma tradicional imposto por Camões em dários no Colégio dos Jesuítas do Rio de
c) Glaura – poemas lírico-amorosos de Silva Os Lusíadas. Janeiro, matricula-se no curso de Direito da
Alvarenga. 2. Tema central – O poema narra, em dez Universidade de Coimbra, formando-se e
cantos, o naufrágio de Diogo Álvares Cor- ingressando na magistradura (torna-se juiz
d) Viola de Lereno – única obra de Domingos
reia (na costa da Bahia) e suas aventuras da vila de Cintra (Portugal) durante três
Caldas Barbosa. anos).
amorosas com as índias, sobretudo com
e) O Uraguai – poema épico em que se narra Paraguaçu e Moema. O material é vasto: Juiz em Minas – Em 1776, está de volta à
a morte de moema. os fatos da História, o temperamento e as pátria. É nomeado ouvidor da comarca do
lendas dos indígenas. O poema segue o Rio das Mortes (Minas), com sede em São
03. Assinale a alternativa que contém um esquema clássico camoniano, usando a João del Rei, onde conhece Bárbara Helio-
texto pertencente ao Arcadismo bra- oitava rima e obedecendo à divisão tradi- dora, bonita e prendada, filha de uma família
sileiro. cional em proposição, invocação, dedi- paulista.
catória, narrativa e epílogo.
a) Sinto-me sentir, todo abrasado Casamento e mineração – Casa-se com Bár-
3. Personagens principais: bara Heliodora em 1781. Abandona a magis-
No rigoroso fogo que me alenta;
Diogo Álvares Correia – herói; náufrago tradura e dedica-se à mineração. Ganha di-
O mal que me consome me sustenta
português. nheiro, compra fazendas e escravos, levan-
O bem que me entretém me dá cuidado.
Paraguaçu – índia, filha do cacique. do uma vida feliz com a mulher e quatro fi-
b) Destes penhascos fez a natureza lhos, entre os quais Maria Efigênia, “a prin-
Moema – amante de Diogo; morre afoga-
O berço em que nasci! Oh, quem cuidara cesa do Brasil”, segundo o pai.
da.
Que entre penhas tão duras se criara Prisão e exílio – Implicado na Inconfidência
Taparica – cacique; pai da índia Paragua-
Uma alma terna, um peito sem dureza! Mineira, é preso e conduzido para a Ilha das
çu.
c) Meu canto de morte, Cobras (Rio de Janeiro), e de lá, em exílio
Jararaca – índio caeté inimigo de Gupe- perpétuo, para Angola (África), onde falece
Guerreiros, ouvi: va. (1792).
Sou filho das selvas,
4. SILVA ALVARENGA Tragédia total – A família desfaz-se: a espo-
Nas selvas cresci;
sa enlouquece, Maria Efigêcia suicida-se, os
Guerreiros, descendo Nascimento e morte – Manuel Inácio da
outros três filhos sofrem rudemente.
Da tribo Tupi. Silva Alvarenga nasce em Vila Rica, Minas
Gerais, em 1749. Morre no Rio de Janeiro, em Nome árcade – Adota o pseudônimo de Eu-
d) Eu durmo e vivo ao sol como um cigano, reste Fenício.
1 de novembro de 1814.
Fumando meu cigarro vaporoso; Musa – Imortaliza nos poemas lírico-amoro-
Direito em Coimbra – Faz os estudos secun-
Nas noites de verão namoro estrelas; dários no Rio de Janeiro e cursa Direito na sos Bárbara.
Sou pobre, sou mendigo e sou ditoso! Universidade de Coimbra. Tipo de poesia – Cultiva a poesia lírico-amo-
e) Descansem o meu leito solitário O Desertor das Letras – Ao longo do curso, rosa.
Na floresta dos homens esquecida, escreve e publica, sob o patrocínio do Mar- Produção poética perdida – O poeta escre-
À sombra de uma cruz, e escrevam nela quês de Pombal (Sebastião José de Carvalho ve muito, mas a maioria de sua obra perde-
e Melo – 1699-1782), O Desertor das Letras, se quando o governo confisca-lhe os bens,
– Foi poeta – sonhou – e amou na vida.
poema herói-cômico de enaltecimento às re- conseqüência da Inconfidência Mineira.
04. Identifique a correlação errada. formas universitárias pombalinas.
Única obra – Obras Poéticas (poesias espar-
Glaura – Em 1799, publica, em Lisboa, seu sas reunidas pelos amigos e publicadas em
a) Suspiros Poéticos e Saudades – poesias.
livro de poemas Glaura, tornando-se o exem- Paris, em 1865, sob o patrocínio de D. Pedro
b) A Moreninha – romance.
plo perfeito do estilo rococó: estilo ornamen- II).
c) Na festa de São Lourenço – teatro. tal surgido na França durante o reinado de
d) Prosopopéia – poema épico. POEMAS FAMOSOS:
Luís XV (1710-1774), caracterizado pelo ex-
e) Marília de Dirceu – romance. cesso de curvas caprichosas e pela profu- 1. Bárbara Heliodora (lira escrita na prisão).
são de elementos decorativos, como con- 2. Estela e Nize (soneto lírico-amoroso)

12

Interesses relacionados