Você está na página 1de 1

A liberalização da economia expressou-se, prin- rais brasileiros continua a operar com níveis bai-

cipalmente, na drástica redução do protecionis- xíssimos de produtividade, sem acesso às no-


mo comercial, por meio da diminuição das taxas vas tecnologias ou a créditos. Em 1996, quando
alfandegárias. O aumento acelerado das impor- foi publicado o último censo agropecuário, qua-
tações tinha a finalidade de gerar um choque de se 90% dos estabelecimentos rurais brasileiros
concorrência, aumentando a competitividade não tinham sequer um trator. Muitos deles são
das empresas instaladas no País. Outra finalida- de tal forma precários, que o IBGE encontra difi-
de era a de reduzir os custos de importação de culdades em classificá-los como tais, pois seus
bens de capital e insumos industriais, criando responsáveis abandonam as terras no período
condições favoráveis para os investimentos di- da entressafra em busca de emprego nas áreas
retos estrangeiros na indústria e nos serviços. de agricultura moderna.
01. (Fuvest–SP) “Mais da metade do gênero Esses investimentos, ao lado das pressões com-
humano jamais discou um número de te- petitivas sobre as empresas já instaladas no Pa- Exercício
lefone. Há mais linhas telefônicas em Ma- ís, impulsionaram profundas transformações nas
nhattan do que em toda a África, ao sul 01. As afirmativas a seguir referem-se à
do Saara” (Mbeki, vice-presidente da estruturas produtivas e configuraram um ciclo organização do espaço da região
África do Sul, 1995). de intensa modernização econômica. As empre- mencionada no texto da reportagem.
“Nos EUA, os brancos representam sas instaladas no País, transnacionais ou nacio- Analise-as e responda de acordo com
88,6% dos utilizadores da Internet e os nais, incorporaram tecnologias avançadas e me- o esquema que segue:
negros, 1,3%, embora correspondam a lhoraram seus níveis de produtividade. Contudo
12% da população” (Adaptado de Douzet, I. ( ) Ainda hoje, o cerrado é visto
nada disso modificou o panorama de concentra- como uma forma menor de
1997). ção geográfica da riqueza que caracterizava o
Considerando-se o texto acima, assinale a ambiente natural, um bioma de
espaço nacional. segunda classe. Por isso a
alternativa correta:
A onda recente de investimentos externos não destruição indiscriminada do
a) O nível de vida das populações e o grau de
reduziu as desigualdades regionais. Na década cerrado não chegou a sensibili-
desenvolvimento tecnológico dos países ex-
plicam a desigual distribuição da rede Inter- de 1990, a participação do Sudeste no PIB na- zar a opinião pública, como no
net. cional permaneceu quase constante e acima da caso da Floresta Amazônica.
b) A cibercultura é universal e constitui um ins- marca de 58%. A participação do Sul, em torno II. ( ) Antes da difusão de tecnologias
trumento de massificação e de construção de de 17,5% e a do Nordeste foi, aproximadamen- de correção e do manejo dos
uma identidade cultural global. te, de 13%, também sofrendo apenas mudanças solos, o cerrado era visto como
c) Os fluxos de informação telefônica não de- insignificantes. A parte do Centro-Oeste no PIB imprestável para a agricultura, de-
vem ser confundidos com as infovias, que
continuou a apresentar crescimento, saltando vido à sua elevada acidez, à sua
têm uma distribuição mais igualitária no
mundo. de cerca de 5% para algo como 6%. A Região pobreza em nutrientes e à sua alta
d) Os custos da conexão virtual são mais ele- Norte, ao contrário, estagnou em menos de 5% concentração de alumínio.
vados nos países ricos do que nos países da riqueza nacional. III.( ) Antes da ocupação intensiva do
pobres, o que explica a sua desigual distri- Os Complexos Agroindustriais cerrado com a utilização de mo-
buição. derna base tecnológica, grande
e) O centro mundial de fornecimento de servi- Nesse processo, houve uma crescente mecani-
parte desse bioma já se encon-
ços da rede Internet são os Estados Unidos, zação das atividades agrícolas, especialmente
trava comprometida pelo desma-
devido à grande quantidade de telefones no Centro-Sul do país. Em conseqüência, ocor-
disponíveis. tamento para a produção do car-
reu uma intensa liberação de trabalhadores, ex-
vão destinado à indústria siderúr-
02. (PUC–RJ) Com relação ao processo de pulsos da agropecuária e forçados a procurar
gica.
urbanização brasileiro, podemos afirmar ocupação na indústria e nos serviços. Desse
IV.( ) A aparente monotonia das paisa-
que: modo, a economia rural comportou-se como
( ) A partir da década de 60, a integração do
gens do cerrado esconde uma
fonte de força de trabalho para a economia
território pelas redes de transportes e de vasta e rica biodiversidade vege-
urbana. Em 1950, cerca de 70% da população
comunicações e pelo mercado permitiu que tal e animal, pois o clima regional
economicamente ativa do Brasil estava empre-
a urbanização brasileira se tornasse, espaci- predominante, quente e úmido,
gada no setor agropecuário. No ano 2000, a a-
almente, um fenômeno generalizado. sem estação seca, permite o vi-
( ) Entre as décadas de 60 e 80, a urbanização gropecuária empregava cerca de 23% da popu-
goroso desenvolvimento da regi-
alcançou o estágio de metropolização, com lação ativa nacional.
ão.
o aumento do número de cidades com mais A economia rural transformou-se em fornecedo-
de 1 milhão de habitantes. a) Somente I, II e III estão corretas.
ra de matérias-primas para as indústrias e para
( ) Durante as décadas de 60 e 70, a acelera- b) Somente I, II e IV estão corretas
o abastecimento dos mercados urbanos. Para
ção do ritmo de urbanização demonstrou c) Somente I, III e IV estão corretas.
que os setores industrial e financeiro subor- realizar essa função, os complexos agroindus-
d) Somente II, III e IV estão corretas.
dinaram e transformaram a agricultura, inte- triais organizam-se em torno de cadeias produ-
e) Todas as afirmativas estão corretas.
grando-a às necessidades do mercado ur- tivas que envolvem, além do plantio e da colhei-
bano. ta, o beneficiamento e a distribuição do produto. 02. (UERN) A transformação do Brasil de
( ) A partir da década de 80, o ritmo de expan- Os complexos agroindustriais movimentam o país agrário em país urbano industrial
são populacional das metrópoles nacionais chamado agribusiness, ou seja, os lucrativos provocou grandes mudanças na distri-
diminuiu devido à tendência de relocaliza- negócios do campo brasileiro, que se estendem buição da população pelos setores de
ção das empresas, o que estimulou o cres-
por todas as etapas das cadeias produtivas. atividades.
cimento das cidades médias.
Eles recebem a maior parte dos créditos cedi- Essas mudanças ocorridas com a Po-
03. (Fuvest–SP) No Brasil, a participação do dos pelo sistema financeiro para o setor agro-
trabalho feminino no Setor Secundário já pulação Economicamente Ativa (PEA)
pecuário. Para eles também está voltada a mai- podem ser expressas:
foi maior que nos dias atuais Essa dimi- oria das pesquisas em novas tecnologias de
nuição pode ser explicada, entre outros a) pelo aumento do Setor Primário na Re-
fatores, pela: produção, desde sementes melhoradas por se- gião Nordeste;
leção dirigida ou geneticamente manipuladas b) pela redução do Setor Secundário na
a) mudança na estrutura industrial, com a me-
até sofisticados programas de manejo dos solos Região Centro-Oeste;
nor participação dos ramos tradicionais, co-
mo o têxtil, o de vestuário e o alimentício; e de monitoramento climático. c) pela redução do Setor Terciário na Regi-
b) monopolização masculina do trabalho in- Grande parte dessas pesquisas foi e está sendo ão Norte;
dustrial, decorrente das inovações tecno- desenvolvida pela Empresa Brasileira de Agro- d) pela não-alteração do Setor Terciário na
lógicas; pecuária (Embrapa), criada no início da década Região Sul;
c) diminuição da importância dos ramos da de 1970, e pelas Secretarias de abastecimento
química e da eletrônica, tradicionais empre- e) pelo aumento expressivo do Setor Se-
dos principais estados agrícolas do Brasil. Por cundário, principalmente na Região Su-
gadores de mão-de-obra feminina;
causa delas, mesmo os cultivos tradicionais no deste, e pela redução do Setor Primário.
d) manutenção da estrutura industrial e mono-
polização do trabalho masculino; País, como o de arroz e o de feijão, têm ganha-
e) manutenção da estrutura industrial e do de- do enorme.produtividade e passaram a integrar
senvolvimento tecnológico. os agribusiness.
Entretanto a maioria dos estabelecimentos ru-