Você está na página 1de 1

Complexo de Golgi ou Sistema golgiense

Biologia Biogênese: REL – O complexo de Golgi consti-


tui-se de inúmeras vesículas, bolsas e sáculos
achatados lipoprotéicos oriundos do retículo en-
Professor JONAS Zaranza
doplasmático liso. Existe em células animais e
vegetais (dictiossomos), mas não está presente
Aula 45 em células procarióticas.

Citologia II
1. Citoplasma celular
O citoplasma celular ou hialoplasma é uma mas-
sa líquida que contém diversas substâncias, ca-
nais, bolsas e as chamadas organelas citoplas- 01. (Fuvest) Numa célula animal, a seqüência
máticas. O complexo de Golgi é um sistema de sáculos e de temporal da participação das organelas ci-
A porção mais periférica do citoplasma chama- bolsas achatadas. toplasmáticas, desde a tomada do alimento
se ectoplasma (do grego ektos, fora), e a por- até a disponibilização da energia, é:
Funções do complexo de Golgi
ção mais interna, endoplasma (do grego éndon, a) lisossomos, mitocôndrias, plastos.
dentro). As principais funções do complexo de Golgi são
o armazenamento e a secreção de substâncias b) plastos, peroxissomos, mitocôndrias.
Organelas citoplasmáticas
e a liberação das secreções através dos grãos c) complexo golgiense, lisossomos, mitocôn-
São indispensáveis ao funcionamento do orga- de zimógeno. Além disso, ele origina o acrosso- drias.
nismo vivo. É importante sabermos sua biogê- mo, ou capuz-cefálico do espermatozóide, e a d) mitocôndrias, lisossomos, complexo golgien-
nese , suas funções e sua interação com as ou- lamela média das células vegetais. Por último,
tras organelas. se.
também participa da síntese dos lisossomos.
e) lisossomos, complexo golgiense, mitocôn-
Ribossomos Armazenamento e secreção
drias.
Biogênese: nucléolo – Os ribossomos são as or- A secreção celular é o envio, para o exterior, de
ganelas responsáveis pela síntese protéica. São substâncias produzidas pela célula. O complexo 02. (Fuvest) Alimento protéico marcado com
pequenos grânulos, sem membrana envoltória, de Golgi armazena substâncias sintetizadas no radioatividade foi fagocitado por paramé-
compostos de proteínas e RNA-ribossômico ergastoplasma e, depois, secreta-as. Elas são
(rRNA). Às vezes, estão dispersos no citoplas- cios. Poucos minutos depois, os paramé-
mucopolissacarídeos, compostos que formam o
ma, aderidos à membrana nuclear ou à superfí- cios foram analisados e a maior concentra-
glicocálix; lipídios, como os hormônios sexuais e
cie externa do retículo endoplasmático rugoso; os hormônios das glândulas supra-renais; e o ção de radioatividade foi encontrada
outras vezes, unidos a um RNA-mensageiro muco dos pulmões, do nariz e do estômago. a) nos centríolos.
(mRNA), formando um conjunto denominado Quando o complexo de Golgi secreta vesículas b) nas mitocôndrias.
polissomo ou polirribossomo. chamadas grânulos de secreção, elas desta- c) na carioteca.
Estão presentes em todas as células vivas e só cam-se dele e migram para o meio extracelular.
são visíveis ao microscópio eletrônico. d) no nucléolo.
Nas células que secretam em grande quantida-
e) no retículo endoplasmático.
de, como as células glandulares, o complexo de
Golgi localiza-se entre o núcleo e o pólo secre- 03. (UNB) Um antibiótico que atue nos ribosso-
tor. mos mata:
Lisossomos a) bactérias por interferir na síntese de proteínas.
Biogênese: Complexo de Golgi – Os lisossomos b) bactérias por provocar plasmólise.
(do grego lísis, quebra; soma, corpo) são res- c) fungos por interferir na síntese de lipídios.
ponsáveis pela digestão intracelular e estão pre-
d) vírus por alterar DNA.
sentes apenas em células animais. São peque-
nas bolsas delimitadas por uma membrana lipo- e) vírus por impedir recombinação gênica.
Esquema de ribossomo. protéica, visíveis somente à microscopia eletrô- 04. As mitocôndrias são consideradas as “casas
Retículo endoplasmático nica e repletas de diferentes tipos de enzimas
digestivas.
de força” das células vivas. Tal analogia refe-
Biogênese: Membrana plasmática – O retículo re-se ao fato de as mitocôndrias
endoplasmático (do latim reticulu, pequena re- Digestão intracelular
a) estocarem moléculas de ATP produzidas na
de) é uma rede de canais, na forma de tubos e A digestão intracelular é aquela que acontece
bolsas achatados. digestão dos alimentos.
dentro da célula, portanto não é igual à que o-
O retículo endoplasmático só é encontrado em corre no tubo digestório (conforme antiga no- b) produzirem ATP com utilização de energia li-
células eucarióticas e só é visualizado por meio menclatura: tubo digestivo) dos animais. Para berada na oxidação de moléculas orgânicas.
de microscópio eletrônico. É delimitado por que ela seja possível, enzimas digestivas são c) consumirem moléculas de ATP na síntese de
membrana lipoprotéica, podendo ou não apre- sintetizadas no ergastoplasma, migrando, em glicogênio ou de amido a partir de glicose.
sentar ribossomos aderidos à sua face externa. seguida, para o complexo de Golgi, onde são d) serem capazes de absorver energia luminosa
Tipos de retículo endoplasmático empacotadas, originando os lisossomos. Nessa
utilizada na síntese de ATP.
Há dois tipos de retículo endoplasmático no ci- fase, ainda não tendo efetuado a digestão celu-
lar, o lisossomo é chamado lisossomo primário. e) produzirem ATP a partir da energia liberada na
toplasma: o retículo endoplasmático liso ou a-
Entretanto, quando envolve um corpúsculo, abre síntese de amido ou de glicogênio.
granular (sem ribossomos) e o retículo endo-
plasmático rugoso ou granular (com ribosso- sua membrana e nele despeja suas enzimas,
passando a chamar-se lisossomo secundário ou 05. (Fuvest-GV) A figura a seguir indica as di-
mos), também conhecido como ergastoplasma.
vacúolo digestivo. versas etapas do processo que uma ameba
Ciclo lisossômico realiza para obter alimentos.
A digestão heterofágica (do grego hétero, dife-
rente; phageín, comer) ocorre com substâncias
englobadas pela célula, como na fagocitose e
na pinocitose.
O vacúolo, formado na digestão heterofágica,
chama-se vacúolo digestivo (associação entre
REL RER
lisossomos e fagossoma).
Representação dos dois tipos de retículo endoplasmá-
Os lisossomos também podem digerir substân- A organela que se funde ao fagossomo
tico
cias e velhas organelas citoplasmáticas da pró- contém
Funções do retículo endoplasmático pria célula (autofagia), reaproveitando seus
a) produtos finais da digestão.
REL – Transporte de substâncias, armazena- compostos em uma espécie de reciclagem, a-
ção fundamental para a preservação da vida ce- b) enzimas que sintetizam carboidratos.
mento, síntese de lipídios (esterópides) e doto-
xificação. lular. Esse processo é a digestão autofágica (do c) enzimas digestivas.
RER ou Ergastoplasma – Transporte de subs- grego autos, próprio; phageín, comer). d) enzimas da cadeia respiratória.
tâncias,armazenamento, síntese de proteínas. O vacúolo digestivo, formado na digestão auto- e) reservas energéticas.
fágica, recebe o nome de vacúolo autofágico.
Após ter realizado a digestão, a célula aproveita
compostos que podem ser úteis, como aminoá-
cidos, carboidratos e lipídios, e coloca para fora