Você está na página 1de 1

4.

FUNDING-LOAN [empréstimos de fundos]

História (1898)
Realizado no governo de Campos Sales, pelo mi-
Professor DILTON Lima nistro da Fazenda Joaquim Murtinho. Estabele-
ceu um acordo da dívida externa com os ban-
queiros ingleses do grupo Rotschild. A negocia-
Aula 102 ção estabelecia:
Republica Velha (1889–1930) • Suspensão do pagamento dos juros por três
anos.
REPÚBLICA DA ESPADA (1889-1894) • Novo empréstimo no valor de 10 milhões de
Exército no poder – Período em que o Brasil foi libras esterlinas.
governado pelos militares. Tivemos dois presi- • Treze anos para o Brasil iniciar a amortização. 01. (UFPR) Ora entendidos como bandidos,
dentes: • Hipotecas do prédio da alfândega do Rio de ora como verdadeiros heróis, no início do
• Deodoro da Fonseca (1889–1891). Janeiro e da estrada de ferro Central do Brasil século XX, homens e mulheres das clas-
• Floriano Peixoto (1891–1894). como garantia de pagamento. ses populares impunham suas leis e
1. ENCILHAMENTO 5. CONVÊNIO DE TAUBATÉ (1906) afrontavam o poder no Nordeste brasilei-
• Ministro da Fazenda: Rui Barbosa. Acordo assinado no governo de Rodrigues Alves
ro, sendo destacados na história, na lite-
• Meta: industrialização. ratura e no cinema. Ainda hoje, são forte
(1902–1906). As principais oligarquias reuniram-
• Política emissionista: emissão de grande quan- referência no cancioneiro popular. Sobre
se em Taubaté (SP) a fim de tomar decisões im-
tidade de papel-moeda sem lastro-ouro.
portantes sobre a produção cafeeira. Participa-
esse movimento popular e seus integran-
• Conseqüências: inflação galopante; especula- tes, é correto afirmar:
ram dessa reunião os representantes de São
ção financeira.
Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. a) Defendiam o movimento integralista, cujo
2. CONSTITUIÇÃO DE 1891 objetivo era o povoamento efetivo dos ser-
O Governo Federal deveria comprar a produção
• Foi elaborada por uma Assembléia Constituin- excedente de café, realizando a estocagem des- tões.
te. sa produção e, se fosse preciso, queimando os b) Eram chamados de cangaceiros, e seu mo-
• Estabeleceu, como forma de governo, a Repú- estoques. vimento caracterizava-se como uma forma
blica; como sistema de governo, o Presidenci- de banditismo social.
Objetivo: valorizar o café, evitando a queda nos
alismo.
c) Seus membros realizavam protestos contra
• Sofreu forte influência dos Estados Unidos. O
preços.
6. MOVIMENTOS SOCIAIS a mecanização da agricultura e a monocul-
País passou a chamar-se República dos Esta-
tura.
dos Unidos do Brasil. 1.° GUERRA DE CANUDOS (1894–1897)
• Transformou o Brasil em federação composta • Revolta ocorrida no Sertão da Bahia, no gover-
d) Seguiam um líder messiânico que defendia
de 20 estados autônomos. o retorno da Monarquia e o comunismo
no de Prudente de Morais. Estava ligada às
• Impôs o voto universal (direto) e descoberto condições econômicas do Nordeste, ao mes-
agrário.
(aberto) para todos os cidadãos maiores de 21 e) Tratava-se de um movimento separatista
sianismo e ao misticismo religioso como saída
anos. Não podiam votar analfabetos, mulhe- para a miséria. que recusava a hegemonia da região Sul.
res, mendigos, praças de pré e religiosos de • Líder: beato Antônio Mendes Maciel, conheci- 02. (UFF) Durante a Primeira República, a li-
ordem monástica. do como Antonio Conselheiro.
• Adotou a divisão em três Poderes: Executivo, • Movimento marcado pelo messianismo religio-
derança do movimento operário no Rio de
Legislativo e Judiciário. Janeiro e em São Paulo foi disputada por
so.
• Promoveu a separação entre a Igreja Católica • Objetivo: luta pela terra e pela criação de uma
diversas correntes políticas.
e o Estado. Dentre essas correntes, podemos desta-
comunidade igualitária.
Observação – O presidente da República era
• Esta revolta inspirou Euclides da Cunha a pro-
car como força hegemônica :
eleito para um mandato de 4 anos, vedada a re- a) o socialismo utópico
duzir a obra Os Sertões.
eleição.
2.° CANGAÇO b) o trabalhismo varguista
OLIGARQUIAS NO PODER (1894 – 1930) c) o anarco-sindicalismo
Bandos armados que buscavam riquezas por
• Primeiro presidente: Prudente de Morais. d) o marxismo
meio de assaltos às fazendas, saques a arma-
• Último presidente: Washington Luís. e) o socialismo científico
zéns e a vilas. Esses cangaceiros formavam o
1. POLÍTICA DO CAFÉ-COM-LEITE que se convencionou chamar de “banditismo so- 03. (FGV) A cidade é um monstro onde as
Política de São Paulo com Minas Gerais, na esfe- cial”: forma de luta que extrapolou a República
epidemias se albergam dançando
ra nacional. Minas: produtor de leite; São Paulo: Velha, chegando à Era Vargas, nos anos de 1940.
"sabats" magníficos, aldeia melancólica
produtor de café. Essa política marcou toda a Dentre os vários lideres de grupos de cangaço,
República Velha, alternando presidentes mineiros
de prédios velhos e alçapados, a descas-
merecem destaque: Capitão Antonio Silvino, Ca-
e paulistas no poder. pitão Virgulino (Lampião) e Corisco.
car pelos rebocos, vielas sórdidas chei-
rando mal."
2. CORONELISMO 3.° GUERRA DO CONTESTADO (1912–1916) ("Nosso Século". São Paulo: Abril Cultu-
Fenômeno social e político típico da República
Velha, caracterizado pelo prestígio do político e • Revolta que teve início no governo Hermes da ral/Círculo do Livro,1985, v. 1, p. 37.)

por seu poder de mando. O chefe político local Fonseca (1910–12) e que foi sufocada no go- Era dessa forma que o jornalista Luiz Ed-
ou regional era maior ou menor de acordo com o verno Venceslau Brás (1914–1918), nos limites mundo descrevia o Rio de Janeiro no
número de votos por ele controlado. entre Paraná e Santa Catarina. começo do século XX. De fato, em 1904,
3. POLÍTICA DOS GOVERNADORES • Características semelhantes à Guerra de Canu- eclodia, na cidade, a chamada Revolta da
Teve início no governo Campos Sales (1898– dos: religiosidade, misticismo, messianismo e Vacina. Essa rebelião popular foi
1902). Consistia numa troca mútua de favores en- luta pela terra. provocada:
• Líderes: monges João e José Maria.
tre os governadores estaduais e o Governo Fede- a) pelo profundo descontentamento com a
ral. Por acordo, ficou determinado que os grupos epidemia de dengue que afligia a cidade.
políticos que governavam os Estados dariam 4.° REVOLTA DA CHIBATA
b) pela decisão do governo de limitar a impor-
total apoio ao Governo Federal, que, em troca, só • Aconteceu no governo Hermes da Fonseca.
tação de vacinas contra a febre amarela.
reconheceria a vitória dos deputados que perten- Revolta no Batalhão Naval, no Rio de Janeiro,
c) pela recusa do governo de promover a va-
cessem ao grupo. Como conseqüência, forma- 1910.
cinação contra a peste bubônica.
ram-se as oligarquias estaduais. • Foi comandada pelo marinheiro João Cândi-
do, conhecido como “Almirante Negro”. d) pelo cancelamento da vacinação contra a
Observação – Os candidatos que não fizessem
parte dessa política seriam “degolados”, ou seja, • Causas da revolta: maus-tratos (surras de chi- paralisia infantil.
bata) que sofriam os marinheiros. e) pelo decreto que tornava obrigatória a vaci-
não seriam reconhecidos como vitoriosos.
• Os rebeldes, sob o comando do negro João nação contra a varíola.
Cândido, apoderaram-se de dois navios de

13