Você está na página 1de 1

Aprovar_18V.

qxp 8/7/2008 11:44 Page 2

Guia de Profissões
Meteorologia

M
eteorologia – de meteoro, que si- pitação etc. estarão acima,
gnifica aquilo que está elevado ou abaixo ou próximas do valor
contido na atmosfera – é a ciência esperado. Assim, a previsão
que estuda, de forma interdisciplinar, os do tempo e do clima é definida
fenômenos da atmosfera terrestre e de ou- para diferentes escalas
tros planetas, com foco nos processos temporais e espaciais. Muitos
físicos. Sua característica mais tradicional, dos sistemas atmosféricos
e a mais conhecida, é a previsão do tempo apresentam uma combinação
e clima. complexa de fenômenos de
A pesquisa científica da atmosfera e as apli- escalas diferentes.
cações que dela decorrem definem o uni- Os prognósticos ou previ-
verso e a abrangência da Meteorologia. Um sões dos fenômenos do tem-
• Dar pareceres técnicos de Meteorologia
dos principais objetivos operacionais da po local, principalmente daqueles
relacionados com outras ciências;
Meteorologia é a previsão do tempo, enten- fenômenos associados ao tempo severo,
• Elaborar estudos e relatórios de impacto
dida, aqui, como a previsão dos fenômenos como tempestades, ventanias, rajadas,
atmosféricos que ocorrem em um determi- ambiental;
pancada de chuva, granizo etc são muito
nado instante e lugar. Além da previsão do • Assessorar análises de composto ambi-
importantes para uma vasta gama de ativi-
tempo, há a determinação da tendência ental e meio ambiente;
dades humanas e para o entendimento das
das flutuações climáticas, em geral referida transformações rápidas do ambiente. Por • Interpretar as interações entre oceano e
simplesmente como tendência climática. exemplo, nas grandes cidades, os fenôme- atmosfera nas diversas escalas de tempo
Nesse caso, a tendência procura estabele- nos meteorológicos mais críticos acabam e de espaço;
cer as condições das flutuações climáticas por definir as condições de salubridade e a • Gerar e interpretar informações meteoro-
do próximo ano ou da próxima estação, se qualidade ambiental à qual está sujeita a lógicas e climatológicas para finalidade e
a temperatura, a umidade do solo, a preci- população. Entre esses fenômenos, listam- agropecuária;
se as inundações, as estiagens e a dis- • Pesquisar, planejar e dirigir a aplicação
ponibilidade de água potável, as condições da Meteorologia nos diversos campos de
críticas de temperaturas extremas (ondas atividades humanas.
de calor), em geral associadas a baixos va- Em todo o Brasil, além de Manaus, apenas

Índice lores de umidade relativa do ar, os eventos


críticos de poluição do ar, associados às
outras sete cidades oferecem formação na
área: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ),
Pelotas (RS), Belém (PA), Maceió (AL)
concentrações de poluentes atmosféricos
acima de valores aceitáveis à saúde huma- Campina Grande (PB) e Santa Maria (RS),
FÍSICA na, animal e vegetal etc. todas com cursos implantados há mais de
A ciência atmosférica torna-se cada vez 23 anos, com exceção da experiência gaú-
Eletrostática ............................. Pág. 03 mais presente na consciência dos gestores cha de Santa Maria.
(aula 103) ambientais, tanto nas cidades quanto no Esse curso de graduação faz parte de uma
campo das paisagens naturais e agropasto- rede de pesquisas formada pelo Centro de
GEOGRAFIA ris. Infelizmente, hoje, as paisagens estão Estudos Superiores do Trópico Úmido, que
sob intensa pressão ocupacional, hídrica e abriga o Centro de Meteorologia e Hidrolo-
A Amazônia – Projetos de Integração
das diferentes formas da poluição. gia do Estado do Amazonas.
................................................... Pág. 05 A profissão é reconhecida por lei federal e O foco central desse Centro serão os pro-
(aula 104) fiscalizada pelo sistema CREA/CONFEA. A cessos meteorológicos relacionados ao
esfera de atuação dos meteorologistas é uso e à conservação dos ecossistemas
BIOLOGIA constituída por empresas privadas, empre- amazônicos. Sua função principal será criar
sas de capital misto e por instituições go- elementos para um planejamento mais ágil
Embriologia II .......................... Pág. 07 vernamentais. e racional das políticas públicas de preser-
(aula 105) O curso na UEA – Implantado em 2006, o vação ambiental e de desenvolvimento sus-
curso de Meteorologia da UEA tem como tentável para a região.
LITERATURA objetivo formar profissionais que estejam Essa rede estratégica é composta, ainda,
aptos a mapear tendências e previsões cli- por um Núcleo de Pesquisas Climáticas e
Realismo e naturalismo II ........ Pág. 09 máticas que possam levar as medidas pre- Ambientais da Amazônia, cujas ações se-
(aula 106) ventivas para amenizar os efeitos de gran- rão dirigidas para pesquisas avançadas na
des cheias e secas no ambiente amazôni- área de climatologia e educação ambiental,
QUÍMICA co, além de diversas outras atividades atri- voltadas para a geração de renda e a inclu-
buídas aos meteorologistas, tais como:
Termoquímica I ........................... Pág. 11 são social das comunidades interioranas e
• Dirigir órgãos, serviços, seções, grupos e a consolidação das unidades de conserva-
(aula 107) setores de Meteorologia em instituições
ção em todo o Estado do Amazonas.
públicas;
Dentro dessa política, já estão sendo exe-
GEOGRAFIA • Estudar e pesquisar os fenômenos at-
cutados cursos de pós-graduação (mestra-
mosféricos e suas modificações para so-
Fundamentos de cartografia ... Pág. 13 do e doutorado) em clima e ambiente, cujo
lucionar problemas relacionados com o
(aula 108) objetivo é a formação de recursos humanos
tempo e realizar previsões;
avançados para o setor, tendo como foco
• Pesquisar e avaliar recursos naturais na
Referências bibliográficas ...... Pág. 15 central a complexidade dos processos inte-
atmosfera;
rativos entre a atmosfera e o ambiente ama-
• Introduzir técnicas, métodos e instrumen-
zônico em diversas escalas temporais e es-
tal em trabalhos de Meteorologia;
paciais.