Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E BIOLÓGICAS


DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
QUI115 – FÍSICO-QUÍMICA I (2020/1)
LISTA DE EXERCÍCIOS GASES/FASES CONDENSADAS

3
1. Determine a massa de CO2(g) que está em um recipiente de volume igual a 575cm a 752torr e 22°C.
Considere comportamento ideal do gás. Dado: MCO2 = 44,0g/mol. R.: m = 1,06g.

2. Seja 1,0 mol de um gás ideal ocupando um volume de 2,0L, a 25°C e 1,0atm. Se a temperatura é
acrescida de 435°C, qual será a pressão, se o volume permanece o mesmo? R.: p = 2,46atm.
3
3. A densidade de um composto gasoso que se comporta idealmente é 1,23kg/m , a 330K e 20kPa.
Determine a massa molar do composto. R.: M = 169g/mol.

4. Considerando o comportamento ideal dos gases, determine: a) a pressão de 1,0 mol de um gás que ocupa
3
um recipiente de 0,12m , a 25°C; b) a massa molar de um gás, com 0,6946g, contido em um bulbo de
3
138,2mL de volume, a 756,2torr e 100°C. R.: a) p = 20,7x10 Pa; b) M = 154,4g/mol.
3
5. Uma amostra de um gás tem o volume de 20,0dm , a 0ºC e 1,0atm. O gráfico dos dados experimentais do
comportamento do volume com a temperatura na escala Celsius, a pressão constante, é uma reta com o
3
coeficiente angular igual a 0,0741dm /ºC. Estime, exclusivamente a partir dos dados e tomando como base a
lei de Charles, o zero absoluto de temperatura, em graus Celsius. R.: T = - 270ºC.

6. Um bulbo de vidro vazio, onde se fez vácuo, pesa 37,936g. Quando cheio com ar, a 1,0atm e 25ºC, seu
peso é de 38,074g. Contudo, quando cheio com uma mistura de gases, metano e etano, nas mesmas
condições, pesa 38,035g. Calcule as pressões parciais dos gases na mistura. Considere comportamento
ideal. Dados: dar = 1,185g/L; MCH4 = 16,0g/mol; MC2H6 = 30,0g/mol. R.: pCH4 = 0,65atm; pC2H6 = 0,35atm.

7. Uma mistura gasosa ideal é constituída por 320mg de CH4, 175mg de Ar e 225mg de Ne. A pressão
parcial do Ne, a 300K, é 8,87kPa. Calcule o volume e a pressão total da mistura. Dados: MCH4 = 16,04g/mol,
MAr = 39,95g/mol, MNe = 20,18g/mol. R.: V = 3,03L; p = 27,7kPa.

8. O volume ocupado por 5,0 mols de CH4(g), sob pressão de 15atm na temperatura de 25°C, é de 6,39L.
Determine seu fator de compressibilidade (Z) nestas condições. R.: Z = 0,784.

9. Em um recipiente de 300L de capacidade, estão contidos 300g de CH4(g), a 38°C. Mediante a abertura de
uma válvula, o gás escapa para a atmosfera até sua pressão igualar-se a pressão externa de 1,0atm.
Admitindo comportamento ideal do gás e que a temperatura permaneça constante, determine a massa de
CH4(g) que escapou para a atmosfera. Dado: MCH4(g) = 16,04g/mol. R.: m = 112g.

10. Determine o fator de compressibilidade para um gás que obedece a seguinte equação de estado: p(V –
V
1
0
b

nb) = nRT. Dado: = . R.: Z = 1,11.

11. Quais as massas de hidrogênio, oxigênio e nitrogênio presentes em 10,0L de uma mistura gasosa ideal,
medida a 18ºC e 750torr, cuja composição volumétrica é de 10% de H2, 75% de N2 e 15% de O2? Dados:
MH2 = 2,0g/mol; MO2 = 32,0g/mol; MN2 = 28,0g/mol. R.: mH2 = 0,083g; mO2 = 1,980g; mN2 = 8,680g.

12. Um gás a 350K e 12atm possui um volume molar 12% maior que se comportasse como um gás ideal.
Calcule: a) o fator de compressibilidade; b) o volume molar do gás; c) Quais forças predominam nesse
sistema? Justifique. R.: a) Z = 1,12, b) Vmolar = 2,68L, c) Repulsão, pois Z > 1.

13. Um recipiente de 100mL contem 175mg de uma mistura gasosa ideal de buteno (C4H8) e propano (C3H8),
na temperatura de 20ºC e pressão de 700mmHg. Determine a pressão parcial de cada gás na mistura.
Dados: MC3H8 = 44,10g/mol; MC4H8 = 56,11g/mol. R.: pbuteno = 91mmHg; ppropano = 609mmHg.

14. Uma ampola rígida contendo água, completamente cheia, inicialmente com uma pressão interna de
1,0atm, é aquecida de 25ºC a 35ºC. Calcule a pressão que se desenvolverá na ampola. Dados para água: α
-4 -1 -5 -1
= 2,07x10 K e κ = 4,50x10 atm . R.: ∆p = 46,08atm.

15. O volume de um líquido varia com a temperatura na escala Kelvin de acordo com a seguinte expressão:
-4 -6 2
V = V’(0,77 + 3,7x10 T + 1,52 x 10 T ), onde V’ é o volume a 298K. Calcule seu coeficiente de expansão, α,
-3 -1
a 310K. R.: 1,27x10 K .

Você também pode gostar