Você está na página 1de 1

Economia de cada um dos Estados.

Existe,

Geografia ainda, uma Comissão Parlamentar Conjunta


(CPC), integrada por igual número de parlamen-
tares de cada Estado e destinada a acelerar a
Professor Paulo BRITO transformação dos acordos do bloco em leis
nacionais.
Todo o desenho institucional do Mercosul atesta
Aula 119
a prioridade da integração econômica. Ao
Comércio e investimentos no contrário da União Européia, cujos tratados
Mercosul apontam para a direção de uma crescente
cooperação política, militar e cultural, o bloco do
O Mercosul nasceu da conjugação de circunstân- Cone Sul sustenta-se no intercâmbio comercial. 01. (UFMS) Na fase atual da regionalização do
cias políticas e econômicas que conduziram à Contudo uma “cláusula democrática” foi espaço mundial, um dos fatores funda-
aproximação geopolítica entre o Brasil e a Argen- introduzida no Tratado de Assunção. Essa mentais é o processo de globalização eco-
tina. Essa aproximação representou uma ruptura cláusula estabelece a obrigação dos Estados de nômica, sobre o qual é correto afirmar que:
com a tradição de rivalidade que caracterizou respeitar os valores e as regras da democracia
representativa, que se consubstanciam nas a) Tem havido uma redução das relações comer-
quase toda a história das relações entre os vizi-
liberdades políticas, na separação dos poderes e ciais com o aumento das restrições tarifárias
nhos da Bacia Platina.
A condição prévia para a cooperação diplomática na vigência plena dos direitos humanos. entre os países de um mesmo bloco
entre o Brasil e a Argentina foi a redemocratização O Mercosul assenta-se sobre a cooperação econômico.
dos dois países, que ocorreu durante a década de bilateral entre o Brasil e a Argentina. No contexto b) Ocorre a crescente adoção de contratos
1980. Depois do fim dos regimes militares nos do processo de integração, a participação do temporários de trabalho, o aumento da práti-
dois países, o encontro dos presidentes José Uruguai e do Paraguai tem reduzida importância ca de terceirização da produção e a expan-
Sarney e Raul Alfonsín, em novembro de 1985, econômica, mas elevado valor geopolítico. De são do setor de serviços.
em Foz do Iguaçu, deflagrou uma dinâmica de um lado, elimina fontes de rivalidade e atrito entre c) Há maior preocupação com o desenvolvi-
aproximação e de cooperação. A Ata de Iguaçu, os dois parceiros maiores, que, desde as mento de novas tecnologias.
uma declaração conjunta emanada do evento, independências, disputaram influência sobre os d) Os investimentos produtivos localizam-se em
assinalou os novos rumos da política externa dos vizinhos menores. De outro, sinaliza o função da redução de custos e da possibi-
antigos rivais. compromisso do bloco com a noção de lidade do aumento da produtividade.
Mas o projeto do Mercosul foi também uma res- regionalismo aberto, que prevê a expansão e) Intensificam-se as trocas comerciais e a
posta à encruzilhada econômica dos dois países. horizontal do Mercosul por meio da adesão de organização dos países em blocos econô-
Na década de 1980, o esgotamento dos modelos novos membros. micos.
de desenvolvimento baseados na substituição de Um primeiro passo na direção da expansão hori-
importações manifestou-se através de crises asso- zontal foram os acordos de associação firmados 02. (UEPA) Uma característica presente no
ciadas às dívidas externas. No plano internacional, em 1996 com o Chile e a Bolívia. Os acordos espaço econômico globalizado é a exis-
a lógica da globalização pressionava no sentido prevêem a formação de zonas de livre comércio tência de uma outra face, que é a regio-
da redução do protecionismo alfandegário. Os entre o Mercosul e os países associados. Por nalização, da qual podemos afirmar que:
investimentos externos escasseavam, ameaçando meio deles, o Mercosul começa a realizar a sua a) está presente no processo de reordenação
a modernização tecnológica tanto no Brasil quanto vocação de integrar o conjunto das economias econômica, em que megablocos econômicos,
na Argentina. do Cone Sul. como o Mercosul, destacam-se pela plena
O Mercosul representou a faceta externa das refor- O eixo platino unificação dos países latino-americanos;
mas internas de liberalização e de abertura das b) se manifesta através da formação de blocos
A consolidação do Mercosul derivou, antes de
economias dos dois países. O bloco estava econômicos, como, por exemplo, o Nafta,
tudo, da ampliação do comércio no interior do
destinado a funcionar como instrumento de adap- que engloba países da América Saxônica e
bloco. O crescimento do intercâmbio acompa-
tação de ambas as economias ao ambiente de Latina como o México, o Chile e a Venezuela;
nhou a estabilização interna das economias do
acirramento da concorrência internacional. Simul- c) se materializa com o aumento dos fluxos de
Brasil e da Argentina e o aumento geral da
taneamente, destinava-se a atrair investimentos capitais que ultrapassam as fronteiras políti-
exposição de ambas ao comércio internacional,
externos produtivos e financeiros. cas dos Estados, pois, com a globalização,
proporcionado pelas políticas de redução de
A adesão do Uruguai e do Paraguai ampliou para
tarifas de importação. Mas as reduções tarifárias não existem mais barreiras protecionistas
a escala da Bacia Platina o quadro de
especiais negociadas no âmbito do Mercosul nacionais;
cooperação bilateral estabelecido entre Brasília e
contribuíram bastante para o resultado. d) tem, nas alianças comerciais bilaterais, seu
Buenos Aires. O Tratado de Assunção, firmado
No bloco do Cone Sul, o fator decisivo é a mais evidente agente estimulador, uma vez
em março de 1991, constituiu formal e juridica-
economia brasileira, que representa cerca de que a união aduaneira, através de blocos
mente o Mercosul.
70% do PIB conjunto do Mercosul. Por isso, a econômicos, não obteve sucesso, devido à
O bloco do Cone Sul evolução positiva do comércio intrabloco signi- acirrada competição econômica dos países
O Tratado de Assunção estabeleceu duas metas ficou, essencialmente, o crescimento acelerado que a compõem;
sucessivas para o processo de integração. A do intercâmbio entre o Brasil e os outros países e) busca a retirada das barreiras que dificultam
primeira consiste na configuração de uma zona do Mercosul. Entre 1992 e 1998, a soma das os fluxos de mercadorias, capitais, informa-
de livre comércio pela eliminação de barreiras à exportações e importações do Brasil com os ções e indivíduos, estabelecendo acordos
circulação de mercadorias no interior do bloco. A parceiros quase triplicou . que resultam em mercados comuns, uniões
segunda, na formação de uma união alfan- Esse processo transformou o Mercosul num eixo aduaneiras ou simplesmente zonas de livre
degária, através da adoção de uma tarifa exter- prioritário do comércio exterior brasileiro. O bloco comércio.
na comum (TEC) pelos países-membros. responde por cerca de 17% do intercâmbio
Apesar da denominação do bloco, o Tratado de internacional do País, e a Argentina é, isola- 03. (UECE) Considerando a estrutura industrial
Assunção não definiu rigorosamente a meta de damente, o segundo maior parceiro comercial. brasileira, no que se refere à origem do
criação de um mercado comum, que implica a O Mercosul é ainda mais importante para o capital, é correto afirmar que:
livre circulação de serviços, capitais e pessoas. intercâmbio externo da Argentina. Assim como o a) desde a origem da industrialização brasileira,
Contudo apontou nessa direção, ao estabelecer Brasil, a Argentina é um global trader, exibindo a indústria de capital privado nacional sempre
a meta da coordenação de políticas macroeco- significativos fluxos comerciais com a União
foi, numericamente, superior às demais;
nômicas entre os integrantes. Européia e com o Nafta. Contudo o Mercosul é o
b) na atualidade, as indústrias de capital privado
A estrutura institucional do Mercosul foi definida destino de mais de 30% das exportações e a
nacional são um setor forte e predominante
pelo Protocolo de Ouro Preto, firmado em 1994. origem de mais de 25% das importações argen-
no sistema econômico;
Essa estrutura baseia-se em órgãos decisórios tinas. O Brasil, isoladamente, é o principal
c) somente após 1964, as empresas estatais
de natureza intergovernamental, constituídos por parceiro comercial da Argentina e responde por
passaram a uma fase de enfraquecimento;
representantes dos Estados que agem apenas cerca de 23% do seu intercâmbio internacional.
d) as multinacionais, com sede no exterior,
por consenso. O órgão superior é o Conselho do O Uruguai e o Paraguai, países com população e
economia diminutas, exibem forte dependência começaram a penetrar mais intensamente no
Mercado Comum (CMC), integrado pelos minis-
comercial em relação ao bloco do Cone Sul. Os Brasil após a Segunda Guerra Mundial.
tros das pastas de Relações Exteriores e

11