Você está na página 1de 1

Logo, fazendo x=a, vem imediatamente que: o grau de uma equação, o que se consegue

P(a)= (a – a) . Q(a) + R(a), de onde se conclui dividindo P(x) por x – b, aplicando Briot-Ruffini.
que P(a)=R onde R é o resto da divisão . P3 – Se o número complexo a+bi for raiz de
Conseqüência : Se P(a)=0, então R=0 (R=resto) P(x)=0 , então o conjugado a – bi também será
e, portanto, P(x) é divisível por x – a. raiz.
Exemplo:
Exemplo: Qual o grau mínimo da equação
Determinar o quociente de P(x)=x4+x3–7x2+9x–1
P(x)=0, sabendo-se que três de suas raízes são
por D(x)=x2+3x–2.
os números 5, 3+2i e 4–3i.
Resolução: Aplicando o método da chave, temos:
Ora, pela propriedade P3, os complexos
conjugados 3–2i e 4+3i são também raízes.
Logo, por P1, concluímos que o grau mínimo de
01. (AMAN–RJ) A soma das raízes da equação x4–
x3–4x2+4x = 0 é igual a: P(x) é igual a 5, ou seja, P(x) possui, no mínimo,
a) 0 b) 1 c) –4 5 raízes.
d) 4 e) n.d.a. P4 – Se a equação P(x) = 0 possuir k raízes
Solução: x4– x3– 4x2+ 4x = 0 iguais a m, então dizemos que m é uma raiz de
A soma das raízes é dada por –b/a, onde: grau de multiplicidade k.
a = 1, b = –1, c = –4, d = 4 e e = 0 Exemplo: a equação (x – 4)10 = 0 possui 10
Verificamos que:
Então –b/a = –(–1)/1 = 1(Letra B) raízes iguais a 4. Portanto 4 é raiz décupla ou de
02. (UFPR) A média aritmética das raízes da multiplicidade 10 .
equação x3 – x2 – 6x = 0 é: Exemplo:
O dispositivo de Briot-Ruffini
a) 1 b) 1/3 c) 8/3 (1) A equação x3 = 0 possui três raízes iguais a 0,
d) 7/3 e) 5/3 Serve para efetuar a divisão de um polinômio P(x)
ou seja, três raízes nulas com ordem de
Solução: x3 – x2 – 6x = 0 por um binômio da forma (ax+b).
Exemplo: Determinar o quociente e o resto da multiplicidade 3 (raízes triplas).
a = 1, b = –1, c = –6 e d = 0
divisão do polinômio P(x)=3x3–5x2+x–2 por (2) A equação do segundo grau x2–8x+16=0
A média aritmética das raízes m,n e p é dada por:
(x–2). possui duas raízes reais iguais a 4, (x’= x’’= 4).
m+n+p –b/a –b –(–1)
–––––––– = –––– = –––– = ––––– = 1/3 Resolução: Dizemos, então, que 4 é uma raiz dupla ou de
3 3 3a 3.1
ordem de multiplicidade dois.
03. (CESGRANRIO–RJ) A soma das raízes de
P5 – Se a soma dos coeficientes de uma
x4+1=0 é:
equação algébrica P(x) = 0 for nula, então a
a) 1 b) –1 c) 0
unidade é raiz da equação (1 é raiz).
d) i e) –i
Solução: x4 + 1 = 0 Exemplo: 1 é raiz de 40x5 –10x3 + 10x – 40 = 0,
Observe que o grau de Q(x) é uma unidade
A soma das raízes é dada por –b/a = –0/1 = 0 pois a soma dos coeficientes é igual a zero.
inferior ao de P(x), pois o divisor é de grau 1.
P6 – Toda equação de termo independente nulo
04. (UFSE) A soma e o produto das raízes da Resposta: Q(x)=3x2+x+3 e R(x)=4.
equação x3 + x2 – 8x – 4 = 0 são, respectivamente: Para a resolução desse problema, seguimos os admite um número de raízes nulas igual ao
a) – 8 e – 4 b) – 8 e 4 c) – 4 e 1 seguintes passos: menor expoente da variável.
d) – 1 e 4 e) 4 e 8 1) Colocamos a raiz do divisor e os coeficientes Exemplo:
Solução: x3 + x2 – 8x – 4 = 0 do dividendo ordenadamente na parte de cima (1) A equação 3x5 + 4x2 = 0 possui duas raízes
a = 1, b = 1, c = –8, d = –4 da “cerquinha”. nulas .
S = –b/a = –1/1 = –1 2) O primeiro coeficiente do dividendo é repetido (2) A equação x100+x12=0 possui 100 raízes,
P = –d/a = –(–4)/1 = 4 abaixo. das quais 12 são nulas!
05. (FGV–SP)– A soma e o produto das raízes da 3) Multiplicamos a raiz do divisor por esse coefi- P7 – Se x1, x2, x3, ... ,xn são raízes da equação
equação x4 – 5x3+ 3x2+ 4x – 6 = 0 formam qual ciente repetido abaixo e somamos o produto
aoxn + a1xn–1 + a2xn–2 + ... + an = 0, então ela
seguinte par de valores? com o 2.° coeficiente do dividendo, colocando
pode ser escrita na forma fatorada:
a) –5; 6 b) 5; – 6 c) 3; 4 o resultado abaixo deste.
ao(x – x1).(x – x2).(x – x3). ... . (x – xn)= 0
d) 1; 6 e) 4; 3 4) Multiplicamos a raiz do divisor pelo número
colocado abaixo do 2.° coeficiente e somamos Exemplo: Se – 1 , 2 e 53 são as raízes de uma
Solução: x4 – 5x3+ 3x2+ 4x – 6 = 0
o produto com o 3.° coeficiente, colocando o equação do 3.° grau , então podemos escrever:
a = 1, b = –5, c = 3, d = 4, e = –6
resultado abaixo deste e, assim, (x+1) . (x–2) . (x–53) = 0, que, desenvolvida, fica:
S = –b/a = –(–5)/1 = 5
sucessivamente. x3 – 54x2 + 51x + 106 = 0.
P = e/a = –6/1 = –6
5) Separamos o último número formado, que é Relações de Girard
06. (PUC–PR)– Se a, b e c são raízes da equação
igual ao resto da divisão, e os números que São as relações existentes entre os coeficientes e
x3– 4x2– 31x + 70 = 0, podemos afirmar que log2(a
ficam à esquerda deste serão os coeficientes as raízes de uma equação algébrica.
+ b + c) é igual a:
do quociente. (1) Para uma equação do 2.° grau, da forma
a) 4 b) 0 c) 1
Equações Algébricas ax2+bx+c=0 , já conhecemos as seguintes
d) 2 e) n.d.a.
Solução: x3– 4x2– 31x + 70 = 0 Sendo P(x) um polinômio em C, chama-se equa- relações entre os coeficientes e as raízes x1
A=1, B=–4, C=–31, D=70 ção algébrica à igualdade P(x) = 0. Portanto as e x2: x1 + x2 = –b/a e x1.x2 = c/a.
a, b e c são raízes raízes da equação algébrica são as mesmas do (2) Para uma equação do 3.° grau, da forma ax3+
log2(a + b + c) = log2(–B/A) = log2(–(–4)/1) = polinômio P(x). O grau do polinômio será também bx2+cx+d = 0, sendo x1, x2 e x3 as raízes,
log24 = 2 o grau da equação. temos as seguintes relações de Girard:
Exemplo: 3x4 – 2x3 + x + 1 = 0 é uma equação
07. (UNESP–SP)– Consideremos a equação x2+ ax x1 + x2 + x3 = – b/a
do 4.° grau .
+ b = 0. Sabendo-se que 4 e –5 são as raízes x1.x2 + x1.x3 + x2.x3 = c/a
dessa equação, então: Propriedades importantes:
x1.x2.x3 = – d/a
a) a = 1, b = 7 b) a = 1, b= –20 P1 – Toda equação algébrica de grau n possui (3) Para uma equação do 4.° grau , da forma
c) a = 3, b = –20 d) a = –20, b = –20 exatamente n raízes. ax4+bx3+cx2+dx+e=0, sendo as raízes
e) a = b = 1 Exemplo: a equação x3 – x=0 possui 3 raízes, a
iguais a x1, x2, x3 e x4, temos as seguintes
Solução: x2+ ax + b = 0 saber: x=0 ou x=1 ou x=–1. Dizemos, então, que
relações de Girard :
4 e –5 são as raízes o conjunto verdade ou conjunto solução da
x1+x2+x3+x4 = –b/a
4 + (–5) = –a/1, então a = 1 equação dada é S = {0, 1, –1}.
4.(–5) = b/1, então b = –20 P2 – Se b for raiz de P(x)=0 , então P(x) é divisível x1.x2+x1.x3+x1.x4+x2.x3+x2.x4+x3.x4 = c/a
por x–b . x1.x2x3+x1.x2.x4+x1.x3.x4+x2.x3.x4 = –d/a
Esta propriedade é muito importante para abaixar x1.x2.x3.x4 = e/a

10