Você está na página 1de 12

SOCIOLOGIA

O ESTUDO DA SOCIEDADE
AÇÕES INDIVIDUAIS
Organismo Biológico ------→ estudo das Ciências Biológicas, Psicológicas, Físicas
COMPORTAMENTOS SOCIAIS
Objetos das CIÊNCIAS SOCIAIS: Sociologia, Antropologia, Ciência Política, Economia
OBJETO DA SOCIOLOGIA

RELAÇÕES SOCIAIS E AS FORMAS DE ASSOCIAÇÃO

ESTUDOS DA SOCIOLOGIA

Grupos sociais (sala de aula, organização sindical, tribos urbanas, fã clubes, etc)

Camadas sociais ( classes sociais, sistema de castas, mobilidade social,


distribuição de poder, identificação de lideranças, etc.)

Sistemas de interação (competição, cooperação, conflitos, alianças, etc.)


ANTROPOLOGIA CIÊNCIA POLÍTICA

CULTURA
Tipos de organização familiar DISTRIBUIÇÃO DE PODER
Religiões Partidos políticos
Magia Mecanismos eleitorais
Ritos de iniciação dos jovens Formas de governo
Sistemas de casamento

ECONOMIA

ATIVIDADES DE PRODUÇÃO E CIRCULAÇÃO DE BENS SERVIÇOS E CAPITAIS


Distribuição de renda do país
Política salarial
Produtividade de empresas e relação com a economia do país
importante

1. Aumentar o conhecimento sobre o homem e a sociedade através


da investigação científica (método de pesquisa)

2. Não existe uma divisão nítida entre as disciplinas SOCIOLOGIA,


ANTROPOLOGIA, CIÊNCIAS POLÍTICA
A SOCIEDADE COMO OBJETO DE ESTUDO

1ª. Tentativa: mitos

Imaginação, fantasia, criação de heróis, deuses - para ordenar o mundo

2ª. Tentativa: filosofia com influência religiosa

427 aC – 347 aC – PLATÃO : REPÚBLICA

384 aC – 322 aC – ARISTÓTELES: POLÍTICA -

“O HOMEM NASCE PARA VIVER EM SOCIEDADE”

IDADE MÉDIA - explicação com forte influência religiosa

SANTO AGOSTINHO – A CIDADE DE DEUS


O homem vivia em uma cidade onde habitava o pecado. Propunha normas
para se viver onde não houvesse pecado
3ª. Tentativa: Filosofia com maior racionalidade

RENASCIMENTO CULTURAL – autores preocupados em tratar os


fenômenos sociais num nível realista

MAQUIAVEL – O PRINCIPE

TOMAS MORUS – UTOPIA

TOMASO CAMPANELLA – CIDADE DO SOL

FRANCIS BACON – NOVA ATLÂNTIDA

ERASMO DE ROTERDÃ – O ELOGIO DA LOUCURA

TOMAS HOBBES – O LEVIATÃ


Séc. XVIII – GIAMBATISTA VICO – A NOVA CIÊNCIA

“ o mundo social é, com toda certeza, obra o homem”

Séc. XIX – JEAN-JACQUES ROUSSEAU – O CONTRATO SOCIAL

“ o homem nasce puro e a sociedade é que o corrompe”


SÉC. XIX – O nascimento da SOCIOLOGIA

(1798 – 1857) – AUGUSTO COMTE – 1839 – Curso de Filosofia Positiva

Método Cientifico para as Ciências Sociais

OBSERVAÇÃO DOS FENÔMENOS SOCIAIS

IDENTIFICAÇÃO DAS LEIS QUE REGEM A


SOCIEDADE : leis que resultam de aspectos
afetivos, psicológicos+ interação com aspectos
sociais

LEI DOS TRÊS ESTADOS: 1º. estado teológico-fictício : o


espírito humano explica os fenômenos por meio das vontades
divinas ou agentes sobrenaturais; 2º. estado metafísico-
abstrato, onde os fenômenos são explicados por meio de
forças ou entidades ocultas e abstratas, como o princípio vital;
3º.terceiro estado, positivo-científico, no qual se explicam os
fenômenos de forma científica, utilizando-se a experiência
sensível.
(1858-1917) ÉMILE DURKHEIM – AS REGRAS DO MÉTODO SOCIOLÓGICO
O SUICÍDIO ; A DIVISÃO DO TRABALHO SOCIAL

A Sociologia é o estudo dos fatos sociais

são os modos de pensar, agir e sentir de


um grupo social

possui características próprias:

Generalidade – é comum aos membros de um grupo

Exterioridade - existe independente da vontade o indivíduo

Coercitividade – os indivíduos sentem-se obrigados a seguir o


comportamento estabelecido
Para DURKHEIM:

Os FATOS SOCIAIS podem ser estudados de forma objetiva, como COISAS

ATIVIDADES

1. A partir da observação da sua realidade (sala de


aula, família, academia, clube, igreja):

a) Dê exemplos de dois fatos sociais


b) Para cada exemplo, explique suas características