Você está na página 1de 3

EEEFM: MARIA DE NAZARÉ MARQUES RIOS

DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA


PROFESSOR: JOELMIR MOTA DA SILVA
TURMAS: M1NJ02

Leia o texto abaixo para responder às próximas questões:

No ensino, como em outras coisas, a liberdade deve ser questão de grau. Há liberdades que não podem ser
toleradas. Uma vez conheci uma senhora que afirmava não se dever proibir coisa alguma a uma criança, pois
deve desenvolver sua natureza de dentro para fora. “E se a sua natureza a levar a engolir alfinetes?” indaguei:
lamento dizer que a resposta foi puro vitupério. No entanto, toda criança abandonada a si mesma, mais cedo
ou mais tarde, engolirá alfinetes, tomará veneno, cairá de uma janela alta ou doutra forma chegará a mau fim.
Um pouquinho mais velhos, os meninos, podendo, não se lavam, comem demais, fumam até enjoar,
apanham resfriados por molhar os pés, e assim por diante – além do fato de se divertirem importunando
anciãos, que nem sempre possuem a capacidade de resposta de Eliseu. Quem advoga a liberdade da educação
não quer dizer que as crianças devam fazer, o dia todo, o que lhes der na veneta. Deve existir um elemento
de disciplina e autoridade: a questão é até que ponto, e como deve ser exercido.
RUSSEL, Bertrand. Ensaios céticos. 2. ed. São Paulo. Nacional, 1957. p. 146.

1. O texto tem como tema principal:


(A) os riscos a que as crianças estão expostas
(B) o desrespeito do jovens aos mais velhos
(C) o grau de liberdade que se deve dar a uma criança
(D) o desenvolvimento infantil

2. Os trechos abaixo expressam o ponto de vista do autor sobre o tema discutido, EXCETO:
(A) No ensino, como em outras coisas, a liberdade deve ser questão de grau.
(B) Há liberdades que não podem ser toleradas.
(C) Não se dever proibir coisa alguma a uma criança.
(D) Toda criança abandonada a si mesma, mais cedo ou mais tarde, engolirá alfinetes, tomará veneno, cairá
de uma janela alta ou doutra forma chegará a mau fim.

3. No trecho: “lamento dizer que a resposta foi puro vitupério”, o termo em destaque tem o sentido de:
(A) bobagem (B) ofensa (C) perda de tempo (D) imbecilidade

4. No trecho: “não se dever proibir coisa alguma a uma criança, pois deve desenvolver sua natureza de
dentro para fora.”, o termo em destaque apresenta a ideia de
(A) adição de ideias (B) oposição de ideias (C) conclusão de ideias (D) explicação de ideias

5. No trecho “No ensino, como em outras coisas, a liberdade deve ser questão de grau.”, o termo em
destaque estabelece uma:
(A) consequência (B) conclusão (C) modo (D) comparação

Leia o texto abaixo:

Os amigos F. V. S., 17 anos, M. J. S., 18 anos e J. S., 20 anos, moradores de Bom Jesus, cidade paraibana na
divisa com o Ceará, trabalham o dia inteiro nas roças de milho e feijão.
Eles dizem que o salário, é “de meia”, ou seja, metade da produção fica para o dono da terra e metade para a
eles. (texto adaptado)
Folha de S. Paulo, 1º de junho de 2002.

6. Ao registrar a fala dos entrevistados entre aspas no trecho “de meia”, o redator do texto tinha por objetivo
(A) ridicularizar a fala dos meninos
(B) dar destaque à palavra
(C) indicar que estava citando a fala literal dos meninos
(D) indicar discordância do termo empregado por eles
Leia o seguinte fragmento de texto:
Todo ponto de vista é a vista de um ponto
Ler significa reler e compreender, interpretar. Cada um lê com os olhos que tem. E interpreta a partir de onde
os pés pisam.
[...] Leonardo Bof

7. No trecho “Cada um lê com os olhos que tem.”, a expressão em destaque significa


(A) ler sem aceitar orientação de ninguém
(B) ler com conhecimentos e visões de mundo próprios
(C) ler da forma que quiser
(D) ler sem considerar o que autor quer dizer

Leia o quadrinho ao lado:

8. Assinale a alternativa que apresenta uma frase nominal:


(A) Oi, Calvin.
(B) Posso almoçar com você?
(C) Eu trouxe sopa.
(D) Quer um pedaço?

Leia a seguinte notícia:

"Jéssica veio do céu"


Jéssica é somente uma garota de 11 anos [...]. Mas tem a coragem de uma leoa e a calma de um anjo
da guarda. Na noite do domingo 3, a casa em que ela mora se transformou num inferno que ardia em chamas
porque um de seus irmãos causou o acidente ao riscar um fósforo. Larissa, de sete anos, Letícia, de três, e o
menino de oito que involuntariamente provocou o incêndio foram salvos porque Jéssica (apesar de seus 11
anos) se esqueceu de sentir medo.
Mesmo com a casa queimando, a garganta sufocando com a fumaça e a porta da rua trancada por
fora (a mãe saíra), a menina não se desesperou. Abriu a janela de um quarto e através dela colocou, um por
um, todos os irmãos para fora. Enquanto fazia isso, rezava. Ninguém sofreu sequer um arranhão. Só então
Jéssica pensou em si própria. E sentiu muito medo. Pulou a janela e disparou a correr.
(Revista Veja. São Paulo: Abril, 18 de Fevereiro de 2004.)

9. Assinale a alternativa no qual o termo destacado NÃO retoma o termo “Jéssica”


(A) [...] em que ela mora se transformou num inferno [...]
(B) [...] a menina não se desesperou. [...]
(C) [...] quarto e através dela colocou [...]
(D) [...] pensou em si própria. [...]

10. No trecho “porque um de seus irmãos causou o acidente ao riscar um fósforo” o termo em destaque
expressa a ideia de causa. Assinale a única alternativa dentre as seguintes que não poderia substituir o
conectivo destacado sem alterar o sentido da frase, isto é, que não apresenta a ideia de causa
(A) portanto
(B) já que
(C) pois
(D) visto que

Observe a imagem ao lado, sobre o aumento salarial dos professores:

11. De acordo com o texto, diante da notícia, a professora


(A) está satisfeita com seu novo salário.
(B) gostou do aumento, mas está muito cansada para comemorar.
(C) está sendo irônica, o que ela diz é o oposto do que ela pensa.
(D) ficou triste, mesmo gostando do aumento.
Observe este outdoor:

12. O outdoor ao lado faz um jogo de sentido com uma


palavra, objetivando criticar as pessoas que jogam lixo
na rua. A palavra cujo sentido é duplamente explorado é
( ) rua
( ) pública
( ) privada
( ) entulhos

Leia o texto abaixo:


Receitas da vovó
Lembra aquela receita que só sua mãe ou sua avó sabem fazer? Pois saiba que, além de gostoso, esse prato é
parte importante da cultura brasileira. É verdade. Os cadernos de receita são registros culturais. Primeiro,
porque resgatam antigas tradições, seja familiares ou étnicas. Além disso, mostram como se fala ou se falava
em determinada região. E ainda servem como passagens de tempo, chaves para alcançarmos memórias
emocionais que a gente nem sabia que tinha (se você se lembrou do prato que sua avó ou sua mãe fazia, você
sabe do que eu estou falando).

13. O trecho em que o autor dialoga com o leitor é


(A) Lembra aquela receita que só sua mãe ou sua avó sabem fazer? [...]
(B) [...] Os cadernos de receita são registros culturais. [...]
(C) [...] Primeiro, porque resgatam antigas tradições, seja familiares ou étnicas. [...]
(D) [...] Além disso, mostram como se fala ou se falava em determinada região. [...]

Leia o seguinte poema:


Quadrilha
João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história

14. A repetição do termo “que”, ao longo do poema, retomando as personagens, transmite a ideia de:
(A) muito amor entre as pessoas
(B) desencontro amoroso
(C) traição amorosa
(D) troca de amores

Leia o seguinte texto:


“Há uma geração sem palavras”
A malhação física encanta a juventude com seus resultados estéticos e exteriores. O que pode ser bom. Mas
seria ainda melhor se eles se preocupassem um pouco mais com os “músculos cerebrais”, porque, como diz o
poeta e tradutor José Paulo Paes, “produzem satisfações infinitamente superiores”.
Fonte: Marili Ribeiro – Jornal do Brasil
15. No fragmento apresentado, o autor defende a ideia de que
(A) A malhação física traz ótimos benefícios aos jovens.
(B) Os jovens devem se preocupar mais com o desenvolvimento intelectual.
(C) O poeta José Paulo Paes pertence a uma geração sem palavras.
(D) Malhar é uma atividade superior às atividades cerebrais.

Você também pode gostar