Você está na página 1de 5

PROPOSTA DE ATIVIDADE HISTÓRIA E GEOGRAFIA

OS POVO INDÍGENAS E SUA RESILIÊNCIA NO BRASIL

TEMA

PÚBLICO COMP. CURRICULARES PARTICIPAÇÃO

Professores do Ensino História e Geografia Individual e/ou


Fundamental II coletiva

Os povos indígenas foram os primeiros habitantes do Brasil. No


entanto, a questão indígena continua sendo de grande importância para
o nosso país. Os habitantes originários das Américas estão sendo
ATIVIDADE submetidos a séculos de uma história repleta de desrespeito e
agressões variadas. Desde quando os colonizadores portugueses
invadiram as terras no litoral do que hoje é a Bahia, os povos originários
não mais recuperaram o lugar que merecem no espaço geográfico
brasileiro.

PÚBLICO COMP. CURRICULARES PARTICIPAÇÃO

Professores do Ensino História e Geografia Individual ou construção coletiva


Fundamental II

OBJETIVOS

Associar conhecimentos históricos e geográficos para compreender a questão indígena de luta


pela terra. Identificando os motivos pelos quais essa luta persiste. Sobretudo, é importante refletir a
respeito da história, os modos de vida e os territórios indígenas.

HABILIDADES – BNCC REFERÊNCIAS


BNCC:
História: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/

(EF09HI07) Identificar e explicar, em meio a lógicas de


Djavan – Cara de índio:
inclusão e exclusão, as pautas dos povos indígenas, no https://www.youtube.com/watch?v=JG5o8IzBC1c
contexto republicano (até 1964), e das populações
afrodescendentes. Conflito pela terra e suas conseqüências para os
povos indígenas:
(EF05HI05) Associar o conceito de cidadania à conquista https://geografar.ufba.br/sites/geografar.ufba.br/files
de direitos dos povos e das sociedades, compreendendo-o /apresentacao_geografar_-
como conquista histórica.
_abril_indigena_2016.pdf
(EF08HI14) Discutir a noção da tutela dos grupos
indígenas e a participação dos negros na sociedade Caboclo Marcellino – Plataforma Anísio Teixeira:
brasileira do final do período colonial, identificando http://pat.educacao.ba.gov.br/tv-anisio-
permanências na forma de preconceitos, estereótipos e
violências sobre as populações indígenas e negras no
teixeira/programas/exibir/id/4170
Brasil e nas Américas.
Escola estadual Ângelo Pereira Xavier – Aldeia
GEOGRAFIA: Pankararé, Brejo dos Burgos – Gloria
http://pat.educacao.ba.gov.br/tv-anisio-
(EF06GE02) Analisar modificações de paisagens por
diferentes tipos de sociedade, com destaque para os teixeira/programas/exibir/id/3949
povos originários.
Ailton Krenak – O amanhã não está a venda:
(EF09GE03) Identificar diferentes manifestações culturais https://drive.google.com/file/d/1KYBBoryiXrosWcB7
de minorias étnicas como forma de compreender a
multiplicidade cultural na escala mundial, defendendo o Z2W4QjKjWVhHVt4f/view
princípio do respeito às diferenças.
.

DETALHAMENTO DA ATIVIDADE

A atividade se divide em cinco partes.

1) Assista o vídeo "Cara de Índio", com a canção do cantor e compositor alagoano Djavan. Anote versos e
expressões que mais lhe chamaram atenção na letra da música.
2) Leia o documento "Conflito pela terra e suas consequências para os povos indígenas". Lá, muitos dados
importantes sobre esses povos vão ajudar você a ter uma ideia mais clara do que ocorre com eles no Brasil
atualmente. No quadro sobre os povos indígenas que existem no estado da Bahia, escolha uma das etnias.
3) Assista o vídeo "Caboclo Marcellino", e relacione o conteúdo com o que você leu no documento
"Conflito pela terra e suas consequências para os povos indígenas". Que tal fazer um pequeno vídeo (pode
ser com o celular) como se você fosse um indígena dando um recado para o restante do Brasil? Os versos
da canção de Djavan lá do início podem te ajudar, também.
4) Leia o texto do pesquisador indígena Ailton Krenak: "O amanhã não está a venda" e faça uma lista dos
ambientes naturais que foram depredados na sua cidade.
5) Assista o filme documentário "Minha escola, meu lugar - Escola Estadual Ângelo Pereira Xavier - Aldeia
Pankararé, Brejo dos Burgos - Glória" analise o discurso do filme e descreva as seguintes questões:
a) Pesquise e descreva as principias características climáticas da região (Raso da Catarina), onde se
localiza a Escola Estadual Ângelo Pereira Xavier e suas relações com o espaço produtivo da Aldeia
Pankararé.
b) Analise o conceito de "territorialidade" de RAFFESTIN (1993), e relacione esse conceito ao
comportamento e reorganização do espaço geográfico da comunidade Pankararé, retratado no filme.

"Raffestin considera que a territorialidade é mais do que uma simples relação homem-território,
argumentando que para além da demarcação de parcelas individuais existe a relação social entre os
homens. Dessa forma, a territorialidade seria "um conjunto de relações que se originam num sistema
tridimensional sociedade-espaço-tempo em vias de atingir a maior autonomia possível, compatível com os
recursos do sistema". Considerando-se a dinâmica dos fatores envolvidos na relação, seria possível a
classificação de vários tipos de territorialidade, desde as mais estáveis às mais instáveis. (RAFFESTIN,
1993:160). Assim, a territorialidade resultaria de uma construção social (moldagem de condicionantes
espaciais) – são relações sociais formatadas espacialmente."
6) Assista os vídeos :
1 - Índios e a Tecnologia - Cristino Wapichana;
2 - Como as Mídias Digitais impactam a Realidade dos Povos Indígenas?

Relacione os conteúdos dos vídeos com:


“A Internet como ferramenta de comunicação para os povos indígenas “.
Sugestão: Relate o seu entendimento em um breve podcast. Publique no Instagr am com as hashtags
das páginas de sua escola, do Instituto Anisio Teixeira(@ iat_ba), as da Rede Anisio Teixeira
(@redeanisioteixeira) e as das Secretaria de Educação da Bahia (@educacaobahia) .

Até a próxima!

Professores da Rede Anísio Teixeira

Você também pode gostar