Você está na página 1de 34

Universidade Federal de Sergipe

Centro de Ciências Exatas e Tecnologia


Departamento de Engenharia Mecânica

Elementos de Máquinas I

AULA 1.1
semestre 2020.1

1
Disciplina: Elementos de Máquinas I
Professor: André Costa / e-mail: andre.costa@ufs.br
Aulas: sexta-feira de 9:00 às 13:00h
Atendimento aos alunos: terça-feira 14 às 18h

2
Metodologia
Aulas: explicação da teoria básica para o dimensionamento de
elementos de máquinas através de exemplos.
Aprendizagem: só é possível com resolução de exercícios,
problemas e pequenos projetos.
Avaliações: 4 projetos em grupos de três alunos, valendo 10,0
pontos cada.

Nota Final: (N1 + N2 + N3 + N4)


4

O aluno será aprovado se NF ≥ 5,0

3
Bibliografia Recomendada

Budynas, R.G., Nisbett, J.K. Elementos de


Máquinas de Shigley, 10ª edição, Editora
AMGH, 2016.

Norton, R.L. Projeto de Máquinas: uma


abordagem integrada, 4ª edição, Editora
Bookman, 2013.

4
Collins, J.A., Busby, H., Staab, G. Projeto
Mecânico de Elementos de Máquinas, 2ª
edição, Editora LTC, 2019.

Juvinall, R.C. e Marshek, K.M.


Fundamentos do Projeto de
Componentes de Máquinas, 5ª edição,
Editora LTC, 2016.

5
Introdução Geral: Elementos de Máquina e Projetos
Mecânicos

Máquina

• Qualquer equipamento mecânico que executa ou ajuda no


desempenho de tarefas, dependendo para isto de uma fonte
de energia.
• Dispositivo que modifica força ou o movimento.

O termo máquina aplica-se geralmente a um conjunto de


peças que operam juntas para executar o trabalho

• dispositivos simples são normalmente chamados de


ferramentas.
6
As máquinas são freqüentemente classificadas pelo tipo de
conversão de energia que executam como:
* Máquinas térmicas – são máquinas ou sistemas que operam a
partir da conversão da energia térmica em energia mecânica ou
vice-versa.
Exemplos: motores a combustão, máquinas a vapor, sistemas
de refrigeração.
* Máquinas hidráulicas – são máquinas ou sistemas que operam
a partir da conversão da energia hidráulica em energia
mecânica ou vice-versa.
Exemplos: bombas, turbinas.
* Máquinas elétricas – são máquinas ou sistemas que operam a
partir da conversão energia elétrica em energia mecânica ou
vice-versa.
Exemplos: motor elétrico, geradores.
7
De maneira simplificada podemos afirmar que as
máquinas possuem os seguintes sistemas:

Estrutura

Sistema de Conversão de
Energia

Sistema de transmissão de
Energia

Mecanismos de Movimento

Dispositivos de Controle

Ferramentas

8
9
10
11
Uma máquina pode então ser compreendida como um conjunto
de peças que se organizam formando sub-sistemas e sistemas
que trabalham juntos para realizar o trabalho desejado.
Um exemplo comum é o automóvel.

Sistema estrutural: chassi, carroceria, etc.


Sistema motor: reservatório, bomba de combustível, carcaça, cilindros,
injetores, pistões, válvulas, eixo de cames, velas, sensores, acelerador,
etc.
Sistema transmissão: embreagem, caixa de engrenagens, diferencial,
eixos, alavanca, pedal, rodas, etc.
Sistema de suspensão: pneus, amortecedores, molas, barras de
torção, mecanismos
Sistema de frenagem: freios, pedal, alavanca, mangueiras, etc.
Sistema de direção: volante, barra de direção, eixo, manga de eixo,
pino, etc.
12
Sistema de Resfriamento: bomba de água, radiador, etc.
Sistema elétrico: bateria, motor de arranque, gerador, velas,
cabos, lâmpadas, etc.
Acessórios: bancos, retrovisores, etc.
Sistema eletrônico
Sistema de ar-condicionado

13
sistema estrutural

14
http://carroceria.blogspot.com
sistema motor sistema de transmissão

sistema de suspensão
sistema de frenagem

15
sistema de direção

16
máquina

17
Para fins de análise, projeto, fabricação, montagem e
manutenção, uma máquina pode ser sub-dividida em vários
níveis de complexidade, começando com as peças individuais
até o sistema completo.

As peças ou sub-sistemas mais simples são chamados de


elementos de máquinas ou componentes de máquinas. Esses
componentes mecânicos devem resistir a esforços e/ou
transmitir potência.

Os elementos de máquinas podem ser divididos em:


• Elementos de Fixação
• Elementos de Transmissão
• Elementos Estruturais
18
Os elementos de fixação servem para unir outros componentes
entre si ou a uma estrutura externa.
• União Não-Permanente: Parafusos, Pinos, Chavetas
• União Permanente: Solda, Rebites, Adesivos

Os elementos de transmissão servem para transmitir uma


quantidade física (energia, potência, força, ou trabalho) a fim
de realizar o trabalho desejado.
Eixos, Engrenagens, Parafusos de Potência, Embreagens,
Freios, Molas, Correias, Correntes, Cabos, Mecanismos

19
Os elementos estruturais servem para suportar forças
externas, para sustentar, apoiar, separar ou conectar
outros elementos, controlar o desgaste, vibrações e
ruídos, proteger de agentes corrosivos, etc.

• mancais
• volantes
• alavancas
• carcaças
• estruturas em geral

20
Etapas para Desenvolvimento de um Projeto Mecânico

Etapa 1 – definição do problema, dos parâmetros de


operação e dos requisitos da máquina

Etapa 2 – concepção e dimensionamento dos


componentes e sistemas

Etapa 3 – apresentação do projeto final

21
Fluxograma para Desenvolvimento de um Projeto Mecânico

definição do problema / parâmetros de operação

definição dos requisitos da máquina

concepção

dimensionamento interativo de todos os


componentes e sistemas

Projeto – Versão Preliminar

NÃO Ajustes ? SIM

Projeto – Versão Final


22
Um projeto mecânico bem sucedido é aquele onde a
máquina realiza o trabalho desejado durante um tempo
razoavelmente longo sem ocorrência de falha (funciona
bem por toda a sua vida útil), preenchendo vários
requisitos de trabalho e de mercado: boa segurança,
elevada confiabilidade, alta eficiência, custo competitivo,
boa mantenabilidade, etc.

23
Um projeto de engenharia para uma máquina envolve
vários sub-projetos:

• Projeto Mecânico
• Projeto de Fabricação / Montagem
• Análise de custos / Viabilidade econômica
• Projeto de Manutenção

24
O foco da disciplina será o dimensionamento de
componentes de máquinas fazendo projetos mecânicos
de sistemas ou máquinas simples.

Dimensionamento – determinação da forma, das


dimensões e do material de cada componente mecânico
e da máquina.

25
O dimensionamento deve ser feito considerando todas as
condições de trabalho da peça e da máquina por meio de:
• Análise de tensões e deformações – considerando cargas
estáticas, cargas dinâmicas, momentos, torques, impacto,
fadiga, tensões térmicas, vibrações, etc.
• Análise dinâmica e de mecanismos – considerando as
velocidades e acelerações.
• Análise tribológica – considerando atrito, mecanismos de
desgaste e degradação, lubrificação, corrosão, condição de
superfície, etc.
• Análise de funcionalidade – desempenho geral, segurança,
eficiência, peso, tamanho, custo, facilidade de fabricação e
montagem, transporte, etc.
• Análise ambiental – minimizar a poluição ambiental e ruído,
maximizar a reciclagem, etc.
26
De maneira geral, o projeto mecânico de uma máquina envolve o
dimensionamento interativo de todos os componentes.

definição do problema / parâmetros de operação

definição dos requisitos da máquina

concepção

dimensionamento componente

Necessita de ajustes?
NÃO SIM
(peso, custo, resistência, tamanho, etc.)

procedimento
Próxima Etapa do Projeto interativo
27
Como os componentes estão conectados, o
dimensionamento dos elementos da máquina é
interdependente.

Isto significa que o dimensionamento dos


componentes deve ser feito de maneira que otimize
o dimensionamento geral do sistema mecânico.

28
definição do problema / parâmetros de operação

definição dos requisitos da máquina

concepção

dimensionamento comp. 1
SIM
Necessita de ajustes?
NÃO
dimensionamento comp. 2 SIM

Necessita de ajustes?

dimensionamento comp. n NÃO


SIM

Necessita de ajustes?

NÃO Projeto – Versão Preliminar 29


Dimensionamento do Elemento de Máquina

Especificar as Funções do Elemento

Determinar as Forças Atuantes no Elemento

Selecionar o Material do Elemento

Determinar do Modo de Falha do Elemento

Calcular as Dimensões Geométricas do Elemento

Modificar as Dimensões para Montagem e Fabricação


e
Checar o Projeto nos Pontos Críticos

Desenho Mecânico Definitivo do Elemento


30
Projetos da disciplina Elementos de Máquinas I
Grupo de Alunos: 3
Prazo: 15 dias
Itens de Avaliação:

a) Criatividade (concepção, soluções de engenharia


adotadas) – 1,0 pts

b) Esquemas, Desenhos e Gráficos – 2,0 pts

c) Cálculos (seleção de materiais, uso correto da teoria e


das fórmulas, escolha de coeficientes, uso de planilhas e
programas, precisão dos resultados, etc.) – 4,0 pts

31
d) Uso da Literatura Técnica disponível (livros, normas
técnicas, artigos técnicos, catálogos de fabricantes, etc.)
– 1,0 pt

e) Apresentação Oral – 2,0 pontos

Multa: 1,0 pt para cada dia de atraso.

A apresentação oral será realizada por um aluno do grupo


escolhido pelo professor, e deve feita em PowerPoint com
duração máxima de 15 min.

32
Programação

outubro 23 Introdução / Projeto Mecânico / Parafusos


30 Parafusos (cont.)
novembro 06 Juntas Soldadas
13 Cabos / Definição do Projeto 1
20 Falha por Fadiga
27 Apresentação do Projeto 1
28 Falha por Fadiga (cont.)
dezembro 04 Eixos
11 Engrenagens
18 Engrenagens / Definição do Projeto 2
janeiro 22 Apresentação do Projeto 2
23 Molas
29 Freios e Embreagens / Definição do Projeto 3
fevereiro 05
12 Apresentação do Projeto 3

33
Fim da Aula 1.1

34