Você está na página 1de 41

QB-4260 - Manual de Instruções

NOVA SERIE

QB-4260
MANUAL DE INSTRUÇÕES

MS INSTRUMENTOS INDUSTRIAIS LTDA


Estrada do Biguá, 43 - Alto da Boa Vista - Rio de Janeiro (RJ)
www.msinstrumentos.com.br
Tel. +55 21 2493-0588

MS INSTRUMENTOS Pag. 1
QB-4260 - Manual de Instruções

PAGINA PARA ANOTAÇÕES

MS INSTRUMENTOS Pag. 2
QB-4260 - Manual de Instruções

Firmware
Edição Data Descrição Autor
Versão
Medidor de Umidade modelo QB-4260
1.0 09/11/2015 V3.03 C. G.
Manual de Instruções

MS INSTRUMENTOS Pag. 3
QB-4260 - Manual de Instruções

Garantia, Exclusões e Limitações

Todos os produtos fabricados pela MS INSTRUMENTOS são garantidos por


um período de um ano contando a partir da data de entrega. Esta garantia
cobre as peças e a mão-de-obra necessárias para corrigir os defeitos dentro do
escopo da garantia da companhia.

Os produtos (a) que foram sujeitos a um uso inadequado, elétrico, mecânico ou


de outro tipo, ou uso excessivo (b) que foram desmontados ou consertados, ou
nos quais ocorreu uma tentativa de conserto por parte de pessoas que não
pertencem à MS INSTRUMENTOS ou à sua rede de serviço autorizada são
excluídos da cobertura de garantia.

A garantia em pauta substituirá todas as outras garantias, explícitas ou


implícitas, e a Companhia se isenta, expressamente, de qualquer
responsabilidade pela capacidade do vendedor ou adequação por uma
finalidade específica.

Salvo acordo em contrário, por escrito, por parte da Companhia, os consertos e


as peças de troca fornecidos pela Companhia sob sua garantia terão garantia
somente durante o período não expirado da garantia original do produto
consertado.

A responsabilidade da MS INSTRUMENTOS com relação a um comprador ou


usuário de seus produtos não poderá ultrapassar o custo de reparo de defeitos
em um produto conforme as disposições deste instrumento e após o término de
um ano contado a partir da data de venda, tal responsabilidade terminará. Em
nenhum caso será a Companhia responsável pela interrupção de operações,
perda de lucro, ou danos especiais ou conseqüentes.

Atualizações do Software

Revisões futuras do software que corrigem erros estarão à disposição dos


consumidores gratuitamente. Melhorias e aperfeiçoamentos realizados no
software estarão disponíveis por um custo nominal.

MS INSTRUMENTOS Pag. 4
QB-4260 - Manual de Instruções

Índice

Capitulo 1. Introdução
1.1. Usando o Manual
1.2. Conhecendo o QB-4260
1.3. Desembalagem

Capitulo 2. Princípio de Operação

Capitulo 3. Descrição do Sensor


3.1. Componentes do Sensor
3.1.1. Fonte de Luz
3.1.2. Disco de Filtros
3.1.3. Detector
3.1.4. Circuito Eletrônico
3.2. Interface do Operador
3.2.1. Amostragem Media
3.2.2. Tela com Gráfico de Tendência
3.2.3. Alterando o Código do Produto
3.2.4. Tela do Usuário
3.2.5. Menu de Proteção da Senha
3.2.6. Menu de Seleções
3.2.7. Parâmetros de Calibração
3.2.8. Rotina de Calibração
3.2.9. Diagnósticos
3.2.10. Miscelânea
3.2.11. Analogicos
3.2.12. Digital
Menu de Engenharia
3.3. Configurações do Sensor
3.3.1. Configurações Stand Alone
3.3.2. Configurações do Sistema
3.4. Saídas do Sensor
3.4.1. Saídas Analógicas
3.4.2. Saídas Digitais

MS INSTRUMENTOS Pag. 5
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 4. Instalação do Sensor


4.1. Montagem do Sensor
4.2. Vibração
4.3. Fontes de Luz
4.4. Temperatura
4.5. Umidade e Limpeza da Lente
4.6. Distância Ideal
4.7. Reflexão da Superfície do Material

Capitulo 5. Ligações Elétricas


5.1. Alimentação AC
5.2. Cabos de Conexão Analógica e Serial

Capitulo 6. Guia para Calibração do Sensor

Capitulo 7. Conexões Eletricas do Usuario

Capitulo 8. Especificações Técnicas

MS INSTRUMENTOS Pag. 6
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 1. Introdução

1.1. Usando este Manual


Este manual é designado para instalação, operação e manutenção do Analisador Modelo
MS/QB-4260. O manual é dividido em capítulos, como se segue:

1) Principio de Operação
Esta sessão aborda a tecnologia NIR (Near Infra Red) usada pelo Analisador modelo
QB-4260 para diferentes medições.

2) Descrição do Sensor
Esta sessão abrange os diferentes components do QB4260 e resume suas
características. Esta sessão tambem abrange as diferentes configurations e interface
do operador.

3) Instalação do Sensor
Esta seção abrange a instalação mecânica do sensor QB-4260 e como otimizar a
performance do sensor.

4) Conexões Elétricas
Esta sessão explana as ligações elétricas do sensor QB-4260.

5) Acessórios
Esta sessão lista os diferentes acessórios que podem ser usados com o QB-4260.

6) Calibração do Sensor
Esta sessão aborda como amostras do produto devem ser condicionadas para calibrar
o sensor QB-4260.

7) Especificações Técnicas
Esta sessão lista todas as especificações técnicas do QB-4260.

1.2 Conhecendo o QB-4260


O QB-4260 é um confiável transmissor multi-constituinte de construção robusta e disponível
com uma variedade de saídas. O QB-4260 é feito de 5 componentes básicos: lâmpada de
Quartzo halogênio, motor, disco de filtros detector de Sulfeto de Chumbo e um simples circuito
eletrônico. O QB-4260 é totalmente modular – cada um destes componentes podem ser
trocados em campo, em poucos minutos.

1.3 Desempacotamento
Remova o lacre da caixa e verifique o equipamento recebido. Se voce necessitar de alguma
informação sobre esta embalagem, contate a MS INSTRUMENTOS. Uma vez recebido,
inspecione o equipamento para verificar a presença de possíveis danos ocorridos durante o
transporte. Reporte imediatamente qualquer dano verificado.

MS INSTRUMENTOS Pag. 7
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 2. Principio de Operação

Ligações moleculares O-H presentes na água, e C-H em casos de óleos e revestimentos


orgânicos, absorvem a luz infravermelha em específicos comprimentos de onda,
proporcionalmente à sua concentração. Esta absorção é quantificada comparando-se o sinal
de comprimento de onda de medição emitido com o sinal obtido de um ou mais comprimentos
de onda de referência, que não tenha sido absorvido. A medição é obtida focalizando a luz
através de filtros NIR, de medição e referência, montados em um disco giratório. Um sinal de
voltagem interno e externo é gerado para cada filtro, e a luz refletida é coletada por um
espelho côncavo e refletida em um detector. A razão entre os sinais dos filtros internos e
externos provém uma voltagem que é devida do produto, sem efeitos do sensor. Sinais de
filtros são combinados internamente e um algoritmo para gerar uma saída proporcional
enquanto que a calibração provém uma leitura direta.

Figura 1: QB-4260 – Vista interna

Constituintes Típicos:
O-H para Umidade e Alcool
C-H para Óleos, Gordura, Adesivos e Plásticos
N-H para Proteínas, Amônia e Aminas

MS INSTRUMENTOS Pag. 8
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 3. Descrição do Sensor

3.1. Componentes do Sensor

O QB-4260 consiste em um sensor on-line que contém partes oticas e uma unidade
electronica de processamento. O sensor conecta via cabo especial com uma interface do
Operador (IHM). Rede elétrica AC e saídas analógicas são conectados na parte traseira do
sensor ou na a Interface do Operador, dependendo da configuração (detalhes na seção 3.4).

3.1.1. Fonte de Luz

Uma lâmpada de quartzo-halogênio, com voltagem reduzida, é usada para gerar a energia
infravermelha.

3.1.2. Disco de Filtros

Seis filtros infravermelhos e visivel são montados em um disco circular. Uma pequena
abertura na extremidade do disco é usada para contagem da rotação.

3.1.3. Motor do Disco de Filtros

Um motor DC de alta precisão é usado para prover a rotação do disco de filtros na frente do
feixe de luz infravermelha.

3.1.4. Detector

Um detector de PbS (Sulfeto de Chumbo) é usado para converter a energia infravermelha em


pulso elétrico.

3.1.5. Circuito Eletrônico

O QB-4260 contém os seguintes components eletronicos:


 Fonte de Alimentação: Uma fonte automatica de 90 a 260VAC provem as
voltagens DC para operação so sensor.
 Eletrônica do Sensor: Um simples circuito PCB “smart” contendo o
processamento central, saídas analógicas e comunicação serial.
 Interface do Operador: Um painel para montage em parede com tela LCD de
5.7” de alta resolução e touch screen é disponibilizado para configuração,
calibração e verificar diagnósticos do sensor.

MS INSTRUMENTOS Pag. 9
QB-4260 - Manual de Instruções

3.2. Interface do Operator

A interface do Operador é usada para configurar calibrar e prover diagnosticos do QB-4260.


A interface é feita com dois componentes principais: Um display 5,7” touch-screen de alta
resolução e uma simples placa eletrônica. Estes componentes are montados em uma caixa
IP-65. A Interface do operador também pode ser usada como uma saída de leitura digital.

Abaixo algumas telas mostrando diferentes paginas da Interface do Operador:

Figura 2: Tela Home – Unico Constituinte

MS INSTRUMENTOS Pag. 10
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 3: Tela Home – Dois Constituintes

Figura 4: Tela Home – Três Constituintes

MS INSTRUMENTOS Pag. 11
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 5: Tela Home – Quatro Constituents & Temperatura do Produto

3.2.1 Leitura Media de Amostras

Uma rápida média de leituras do sensor pode ser feita usando o simbolo “mão” localizado no
canto direito superior da tela. Tocando este símbolo, é iniciada a função de média. Durante
este tempo uma amostragem do produto que esta se movendo sob o sensor é feita e depois
de um curto periodo o display mostra o valor médio dos resultados medidor pelo sensor.

Se o periodo de tempo for configurado para 0 segundos, a media de leituras poderá ser
obtida tocando-se duas vezes no símbolo “mão”. Um toque inicia a coleta de leituras e outro
encerra a coleta de dados. Após 10 segundos o display retorna automaticamente para a tela
de leitura (home).

3.2.2 Tela de Gráficos de Tendência


Uma tendência de qualquer um dos constituintes medidos pelo QB-4260 pode ser obtida
com um simples toque no símbolo “gráfico”, localizado ao lado do símbolo de média. O
gráfico mostra a leitura da constituinte com relação ao tempo. Ilustrações destas telas são
mostradas a seguir nas figuras 6 e 7.

MS INSTRUMENTOS Pag. 12
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 6: Single Constituent Trend Screen

O eixo “X” indica os valores mínimo e máximo para a tendência, mostrados na figura 6 acima
e figura 7 abaixo:
Min: 1 minuto
Max: 360 minutos

Figura 7: Multi Constituent Trend Screen

MS INSTRUMENTOS Pag. 13
QB-4260 - Manual de Instruções

Os eixos X e Y são os valores ajustáveis da tendência e podem ser alterados com um simples
toque no botão de Configuração, ao lado do símbolo “casa” (home), no canto superior do display.
A figura 8 abaixo mostra a pagina de ajuste da tendência.

Figura 8: Pagina de Ajustes da Tendência

3.2.3 Alterando o Código do Produto

A seleção da calibração do produto é feita tocando sobre o produto corrente (Product Cal
(1)). Uma nova janela para selecionar o produto será aberta. Selecione o novo produto
tocando no produto desejado que aparecerá na lista de produtos calibrados e pressione o
botão SAVE.

A figura 9 abaixo mostra a pagina Cal & Constituent que existe para listar todos os produtos
calibrados.

MS INSTRUMENTOS Pag. 14
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 9: Menu de Seleção do Produto

3.2.4 Tela do Usuário (Home)

Pressionando o simbolo “Casa” no canto superior direito da tela principal permitirá acessar a tela
do Usuário, mostrado na figura 10 abaixo. Nesta tela, o usuário poderá fazer a correção de Zero
(offset) alterar o amortecimento (Damp) e o tempo de amostragem.

Para pré-ajustar o QB-4260 para uma leitura qualquer, basta tocar no número que aparece ao
lado de “Adjust” e usar o teclado da janela que irá se abrir para entrar com o valor real de umidade
e ao pressionar a tecla ENTER o display irá mostrar o valor inserido.

Na sequencia para alterar o tempo de coleta de amostra, tocar no numero ao lado de “GRAB
TIME” e usar o teclado que irá se abrir para inserir o tempo desejado.

Na sequencia, para alterar o tempo de resposta (Damp), tocar no numero ao lado de “DAMP” e
usar o teclado que irá se abrir para inseriri um novo valor. O tempo de resposta é um ajuste que
abrange todos os produtos calibrados.

MS INSTRUMENTOS Pag. 15
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 10: Pagina Menu do Usuário

3.2.5 Menu de Proteção de Senha

Para acessar o menu de programação, tocar na tecla ENTER SETUP no display. A senha
será solicitada em uma janela que irá se abrir na sequencia. Inserir a senha atual e tocar em
ENTER para ter acesso ao menu SETUP. A senha default é 0000

Figura 11: Tela para Inserir a Senha

MS INSTRUMENTOS Pag. 16
QB-4260 - Manual de Instruções

3.2.6 Menu de Seleções

Depois de introduzir a senha correta, o menu de seleções sera apresentado. A seleção de menu
consiste em duas paginas. A página 1 do menu do usuário é mostrada na figura 12 abaixo, e a
pagina 2 mostrada na figura 13.

Figura 12: Menu do Usuário Pag. 1

Figura 13: Menu do Usuário Pag. 2

MS INSTRUMENTOS Pag. 17
QB-4260 - Manual de Instruções

3.2.7 Parâmetros de Calibração

Tocando na tecla de parametros de calibração mostrada na figura 12 abaixo, será permitido


acessar “SELECT CAL PAGE” (mostrado na figura 14). O display apresentará as
calibrações dos produtos salva na memoria do QB-4260.
O usuário pode selecionar a calibração do produto tocando no produto correspondente.
Tocando na Seta para Direita, no topo da tela, serão mostrados os parametros de calibração
par ao produto que está sendo utilizado, conforme mostra a figura 15 abaixo. A adição de
novos produtos é feita tocando na tecla “NEW”.

Figura 14: Parametros de Calibração – Pag. 1

MS INSTRUMENTOS Pag. 18
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 15: Parametros de Calibração – Pag. 2

Cada produto possui uma configuração individual de Zero e Span.

Para alterar estes valores, basta tocar no numero ao lado e um teclado numérico irá se abrir.
Inserir o novo valor desejado e tocar em ENTER ao final.

Alarmes: Os niveis de alarmes alto e baixo para cada constituinte devem ser ajustados para
que os valores de medição na tela indiquem atraves de cores as configurações de alertas. A
cor verde significa leitura normal, vermelha quando o alarme alto é excedido e amarela
quando o alarme baixo é excedido.

3.2.8 Rotina de Calibração

A Rotina de Calibração é uma regressão linear que ajusta os parametros de calibração (span
e zero) para que o valor medido corresponda ao real valor determinado pelo laboratório. Isto
é feito usando uma serie de valores comparativos entre o QB-4260 e os respectivos
resultados de laboratório, no range abrangente ao nominal de operação.

O objetivo da calibração é obter uma linha reta no grafico QB-4260 x LAB que correlacione
as leituras entre o medidor e os resultados de laboratório para uma serie de amostras,
conforme mostrado na figura 16 abaixo.

MS INSTRUMENTOS Pag. 19
QB-4260 - Manual de Instruções

12

10

8
LAB

0
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
QB-4260

Figura 16: Grafico da Calibração

Rotina de Calibração:

1- Selecionar o produto desejado para a calibração.

2- Coletar do processo uma serie de amostras (máximo 25) com valores de umidade que
sejam abrangentes a todo range nominal do processo.

3- Ajustar inicialmente o valor de Span em 25.0, o valor de Zero em -20.0 e o valor de


Damp em 1.0. Estes valores são default na programação do QB-4260.

4- Colocar a amostra de menor valor sob o sensor e ajustar o valor de Zero para fazer com
que a leitura do QB-4260 seja igual a informada pelo laboratório. Anote os resultados.

5- Colocar todas as amostras uma a uma sob o sensor , e anotar os resultados obtidos para
cada amostra.

6- Tabular os resultados conforme tabela abaixo:

QB-4260 Lab
3.7 3.7
4.5 5.2
7.6 8.3
9.5 10.3
8.2 8.9
Tabela 1: QB4260 vs Lab

7- Selecionar a Rotina de Calibração no menu principal (mostrado na Figura 12) para ter
acesso a pagina de calibração mostrada na Figura 17 abaixo.
MS INSTRUMENTOS Pag. 20
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 17: Página de Rotina de Calibração

8- Teclar no numero em azul ao lado de “LAB VALUE” e inserir o valor real de umidade para
a primeira amostra, determinado pelo laboratório.

9- Tocar no numero em azul ao lado de “QB-4260 Value” e inserir a leitura da primeira


amostra lida no QB-4260.

10- Repetir este procedimento para todas as amostras.

11- Quando todos os pares de amostras tiverem inseridos, tocar na tecla “CALCULATE”.
Uma janela irá se abrir com a regressão linear e os valores de Zero e Span estarão
corretamente ajustados para a calibração do QB-4260. Tocar em “SAVE” para salvar os
novos valores de calibração para o produto desejado.

MS INSTRUMENTOS Pag. 21
QB-4260 - Manual de Instruções

Estatisticas da Regressão Linear

O QB-4260 calcula algumas estatísticas durante a rotina de calibração. ; estas estatísticas é


que determinarão a precisão e a qualidade da calibração.

Coeficiente de Correlação: Este valor expressa o tão quanto a leitura do QB-4260 está
correlacionada com a umidade real.
1.00 é perfeito
Maior do que 0.95 é aceitável
Menor do que 0.95 não é aceitável.

Desvio Padrão (Standard Error): Este valor indica a precisão da calibração. O valor perfeito
deve ser 0.0 e aceitável quando estiver entre 0.0 e 0.5, dependendo do range de umidade
que está sendo medido.

3.2.9 Diagnosticos

Todos os valores de diagnostico do QB-4260 são mostrados neste menu. Para acessar os
diagnósticos, tocar em “DIAGNOSTICS” no menu do usuário mostrado na figura 12 abaixo.
São quarto paginas de parâmetros de diagnósticos, e a primeira pagina é chamada “Front
End” e mostrada na figura 18 abaixo.

Figura 18: Menu de Diagnosticos – Pag. 1

Na página Front End os seguintes diagnósticos são listados:

MS INSTRUMENTOS Pag. 22
QB-4260 - Manual de Instruções

Sensor STATUS: Informa o atual status do sensor. O microprocessador do sensor monitora


continuamente até 12 parâmetros. Se todos estão corretos, o Status indica OK. Se quqlquer
um dos parâmetros estiver for a do range de operação, uma mensagem de erro sera
mostrada. A lista detalhada de STATUS DO SENSOR é mostrada na pagina 2 -
diagnósticos.

Wheel Speed: Indica a velocidade de rotação do disco de filtros.

Internal Temperature: Indica a temperatura interna do QB-4260.

Filter Gain: Mostra o valor do ganho do circuito óptico.

Cooler Temperature: Mostra a atual temperatura do detector.

A página 2 do menu de diagnósticos mostra o status de componentes do QB-4260, conforme a


figura 19 abaixo. A janela de cada componente é mostrada em verde, quando o status está Ok e
vermelho quando há algum erro.

Figura 19: Menu de Diagnosticos – Pag. 2

A pagina 3 do menu de diagnósticos mostra os valores de voltagem da placa eletronica principal,


conforme figura 20 abaixo. Os valores são mostrados em verde quando estão OK, e em vermelho
quando estão com alguma falha.

MS INSTRUMENTOS Pag. 23
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 20: Menu de Diagnosticos – Pag 3

A pagina 4 do menu de diagnósticos mostra os valores dos filtros, conforme a figura 21


abaixo. Estes valores são usados para balancear opticamente o QB-4260, pois representam
os níveis de sinais do detector para até seis filtros, montados no disco giratório no QB-4260.
Os valores mostrados são para ambos os filtros, internos e externos. Um gráfico de barra
compara o valor de cada filtro INT e EXT e são mostrados no numero do filtro (F#).
O ganho do pré-amplificador também é mostrado. Este valor é uma indicação da
amplificação requerida para trazer o sinal do detector para o range necessário para o
processamento eletrônico.

Figura 21: Menu de Diagnosticos – Pag. 4

MS INSTRUMENTOS Pag. 24
QB-4260 - Manual de Instruções

Range de Parâmetros de Diagnosticos:

A seguinte tabela informa o range esperado de cada parametro de diagnóstico:

Parâmetro Nominal Mínimo Máximo Mensagem de Alerta


Filtros Internos 3.0-8.0 0.5 10.0 Acima de 9.9
“High Signals”
Filtros Externos 3.0-8.0 0.5 9.9 Acima de 9.9
“High signals”
+5V 5.00 4.8 5.2 Fora da Faixa Min/Max
“VCC Fault”
+ 15 V 15.00 14.0 16.0 Fora da Faixa Min/Max
“VP Fault”
- 15 V 15.00 14.0 16.0 Fora da Faixa Min/Max
“VN Fault”
Veloc. do Motor 1500 950 3500 Fora da Faixa Min/Max
“High/Low Motor”
Disco de Filtros Não conectado ou > 400 ms “Motor Stopped”
Ganho X5-X10 1 100 Acima de X64
“Low Signals”
Cooler Drive 15% 0.1% 100% Acima de 75%
“Cooler Fault”
Pre-Ganho 1 0 2 Nenhum
Cooler Temp 20 0.2 65 0.0 “Falha Detector”
Temp Interna 35 0.0 100 Acima de 65
“High Board Temp”
Tabela 2: Ranges dos Parâmetros de Diagnósticos

3.2.10 Miscelânea

O menu de miscelânia mostrado na figura 22 abaixo, permite acesso para alterar o password do
menu de usuário e o ponto decimal de leitura. Tambem são apresentadas as informações do
sistema, como versão, série da placa e versão da interface.

MS INSTRUMENTOS Pag. 25
QB-4260 - Manual de Instruções

Figura 22: Pagina de Miscellaneos

3.2.11 Analógicos

Este menu permite ao usuário ajustar as entradas e saídas analogicas do QB-4260. Ao tocar
o botão Analógico no menu do usuário sera habilitado o menu Analogico mostrado na figura
23 abaixo:

Figura 23: Menu de Analógicos

MS INSTRUMENTOS Pag. 26
QB-4260 - Manual de Instruções

Sensor Outputs:

Permite ao usuário ajustar a saída 4-20mA para cada constituinte(s) medido. O usuário
pode utilizer até 04 saídas analógicas e um unicocosntituinte com mais de uma saída
analógica (conector analógico adicional pode ser requerido, dependendo do numero de
saídas analógicas).

Para configurar a saída analógica do QB-4260, basta tocar no botão Analogs e será
direcionado para o seguinte menu mostrado na Figura 24 abaixo:

Figura 24: Página de Saídas Analógicas

A Seta PARA CIMA no canto direito superior da tela permite selecionar cada uma das saídas
analógicas disponibilizadas pelo QB-4260

Analog Hi: Este valor corresponde ao valor de umidade (ou outro constituinte) para a saída
de 20mA.

Analog Lo: Este valor corresponde ao valor de umidade (ou outro constituinte) para a saída
de 4 ou 0mA.

Output mA: Corresponde ao atual valor mA que está sendo enviado para a saída analógica.
Este valor pode ser conferido medidndo com um multímetro no conector de saída.

Output Mode: Permite selecionar a saída 0 – 20 mA ou 4 – 20 mA.

NOTA: Saídas analógicas 0 – 10V and 0 – 5V também estão disponíveis como opcionais.
Favor contatar o fabricante para maiores detalhes.

MS INSTRUMENTOS Pag. 27
QB-4260 - Manual de Instruções

Source: Permite qulquer um dos 04 constituintes medidos ser alocado para qualquer canal
analógico.

Ajustando os Sinais de Saída Analógica:

A precisão do sinal 4-20mA pode ser ajustada usando a tecla Fix mA e a tecla Adjust.

Instruções:

 Tocar na tecla Fix 2 mA.


 Medir a saída mA do sensor com um multímetro.
 Tocar no valor para abrir a janela do teclado numérico.
 Inserir o valor medido no multímetro.
 Tocar em Enter para corrigir o valor de 2 mA.
 Repetir o procedimento acima para ajustar a saída 18 mA.

Sensor Input:

Esta configuração é usada quando outro tipos de sensores como temperatura, altura, cor,
etc, são adaptados ao QB-4260 . A entrada deve ser 4 – 20 mA, 0 – 5V ou 0 – 10V.

Figura 25: Pagina Sensor Input

MS INSTRUMENTOS Pag. 28
QB-4260 - Manual de Instruções

Range Hi: Este é o valor máximo a ser ajustado para as saídas de 20 mA, 5V ou 10V.

Range Lo: Este é o valor mínimo a ser ajustado para as saídas 4 mA, 0V ou 0 V

Output: Este é o valor atual de saída que está sendo enviado. É o mesmo valor medido com
um multimetro.

Input: Este é o atual valor ajustado para o sensor.

Damp: Este é o valor do amortecimento do sensor.

Zero: Este valor permite ao usuário compensar a saída analógica.

Span: Este valor permite ao usuário modificar a sensibilidade da saída analógica.

Interface Outputs:

As saídas analógicas podem ser obtidas do Sensor, da Interface ou de ambos. Isto permite
ao usuário selecionar cada saída para cada constituinte medido e registrado na interface do
operador. O usuário pode utilizar até 4 saídas analógicas em separado para cada
constituinte, ou usar mais de uma saída para um mesmo constituinte.

Figura 26: Pagina Interface Outputs

MS INSTRUMENTOS Pag. 29
QB-4260 - Manual de Instruções

A seta PARA CIMA no canto direito superior da tela permite selecionar cada uma das 04
saídas analógicas disponibilizadas pelo QB-4260.

Analog Hi: Este é o valor da umidade (ou outro constituinte) desejado para a saída de
20mA.

Analog Lo: Este é o valor da umidade (ou outro constituinte) desejado para a saída de 4mA
ou 0mA.

Output mA: Este é o atual valor analógico que está saíndo do QB-4260. Corresponde ao
mesmo valor medido com um multímetro.

Output Mode: Este valor permite selecionar a saída 0 – 20 mA or 4 – 20 mA.

Nota: 0 – 10V and 0 – 5V tambem podem ser disponibilizadas. Consultar a MS


INSTRUMENTOS para maiores detalhes.

Source: Este valor permite que qualquer um dos 4 constituintes medidospossam ser
alocados para qualquer outro canal analogico.

Ajustando o Sinal Analogico de Saída

A precisão do sinal mA pode ser ajustada usando as teclas Fix mA e Adjust.

Instruções:

 Teclar em Fix 2 mA
 Medir o sinal de saída mA do QB-4260
 Teclar em Adjust para acessar o teclado numerico. Entrar com o valor medido
(passo 2). Teclar em Enter para corrigir a saída de 2 mA.
 Teclar em Fix 18 mA.
 Medir o sinal de saída do QB-4260
 Teclar em Adjust para acessar o teclado numerico. Entrar com o valor medido
(passo 5). Teclar em Enter para corrigir a saída de 18 mA.
 Repetrir os passos 2 e 5 para conferir os ajustes feitos.

Sinal de Ganho (Signal Gain System)

O QB-4260 possui um ajuste automatico do ganho do pré-amplificador. Este fator é aplicado


ao sinal de ganho proveniente do detector. A amplificação aplicada é baseada em dois
componentes:

Pre-Gain: Este é um fator de ganho manualmente ajustável que seleciona um ganho de


resistência do pré-amplificador para amplificar os sinais de detector.

Gain: Este é o ajuste fino aplicado pelo software para amplificar o sinal do detector para
alcançar de 4.5v correspondente ao filtro de maior valor.

MS INSTRUMENTOS Pag. 30
QB-4260 - Manual de Instruções

Ajustes de Pre-Gain e Gain:

O recurso do Pré-ganho permite que o ganho do pré-amplificador seja ajustado para permitir
que o QB-4260 operar em uma ampla gama de produtos com diferentes cores.
Produtos escuros não refletem bem a luz infravermelha e precisam de uma configuração de
pré-ganho maior. Produtos de cores brancas ou claras refletem a luz com mais intensidade e
com isso precisam de uma configuração pré-ganho menor. O Pré-ganho tem quatro definições
ajustadas manualmente:

Pre-Gain Gain Factor


0 x1
1 x10 (Default)
2 x15
3 x20

O ajuste de ganho é o ganho “fino”, que é controlado pelo microprocessador. Ele é ajustado
automaticamente para definir os valores de filtro a um nível de 7.0volts. Se o valor de ganho
sobre o produto estiver acima x10, então o valor de pré-ganho deve ser aumentado.

Figura 32: Pagina Engineering Menu – Constituents

FunctAtro (Dry): Esta função permite ao QB-4260 operar com leitura convertida em base de
peso seco.

Algorithm (Log): Esta função ajusta o QB-4260 para letura com cálculo logarítmico.

Lin Mode: Esta opção altera a regressão linear da calibração para adequar a uma tabela de
calibração específica.

MS INSTRUMENTOS Pag. 31
QB-4260 - Manual de Instruções

1- Constantes (Página de Engenharia):

A pagina de constantes mostrada na figura 33 abaixo apresenta o atual algoritmo do QB-


4260. Esta pagina é usada para alterar os algoritmos para todos os algoritmos medidos,
conforme a aplicação.

Figura 33: Pagina Engineering Menu

2- Página Geral de Engenharia:

A pagina geral de Engenharia mostrad na figura 34 abaixo consiste em parametros


especificos de Engenharia a serem configurados no QB-4260.

Figura 34: Pagina Engineering Menu

MS INSTRUMENTOS Pag. 32
QB-4260 - Manual de Instruções

Panel Size: A interface do operador está disponivel com dois tamanhos de tela LCD:
- 640x480 (5.7”)
- 800x600 (12”)

Tocando no valor em azul é permitido escolher a opção desejada.

Grab Delay: Este é um tempo de atraso ajustável que será utilizado para cada " coleta de
amostra online" antes de calcular uma média de resultados.

Banda Damp: Esta é uma faixa de amortecimento interna ajustável na qual um


amortecimento superior é aplicad quando a medição da amostra estática.

Dyn Damp: Este é o aumento do tempo de amortecimento, em segundos, que é aplicado à


leitura do QB-4260.

Bench Mode: Esta função permite que o QB-4260 seja configurado para operar em modo de
bancada.

Limit Scan Ctrls: Este recurso só é utilizado quando a interface do operador é usada com
um sensor anexado a um dispositivo móvel de varredura (escâner).

3.3. Configurações do QB-4260

O QB-4260 pode ser usado com duas diferentes configurações baseadas nos requerimentos
da aplicação. Estas duas configurações são mostradas a seguir:

3.3.1. Configuração Stand Alone


A configuração stand-alone é quando as saídas analogicas e digitais são obtidas do sensor.
Neste caso o uso da interface do operador é opcional, podendo ser usada somente para
acesso temporário.

QB-4260 Stand Alone – Resumo da Configuração:

Conecta diretamente ao PLC


 Não requer uso da interface do operador
 Alimentação elétrica direta no sensor (24vcc)
 Todas as saídas analógicas e digitais ligadas diretamente no sensor.
 Interface do Operador 5.7” / Display (opcional)

MS INSTRUMENTOS Pag. 33
QB-4260 - Manual de Instruções

3.3.2. Configuração Standard


A configuração standard é quando todas as saídas analógicas e digitais são obtidas da
Interface do Operador ao invés do Sensor.

QB-4260 Standard – Resumo da Configuração:


 Sensor conectado com a Interface do operador
 Sensor é alimentado pela Interface do Operador
 Todas as saídas analógicas e digitais são ligadas diretamente na Interface do
Operador.
 Visualização local em display 5.7” de alta resolução, com touch-screen.

3.4. QB-4260 - Saídas


Cada medição feita com o QB-4260 produz analogicas e digitais saídas para controle e
comunicação remota. Interfaces data-bus como Ethernet, Modbus, Profibus, etc… tambem
estão disponiveis. O QB-4260 dispõe dos seguintes sinais para conexão com outros
dispositivos:

3.4.1. Saídas Analogicas


 04 saídas isoladas de 4 – 20 mA ou 0 – 10 V outputs (selecionáveis)
 Impedancia de carga: 500 ohms (max.)

3.4.2. Saídas Digitais


O QB-4260 dispõe de uma escolha de formatos de saída serial, RS232, RS485, e
USB. RS232 é adequado para uso com um único QB-4260 para conexão com o
computador a uma distância de até 30 metros. O RS485 é adequado para conexão de
múltiplos QB-4260 ao mesmo tempo, em distancias de até 5Km. A saída USB é
opcional e usada para conexão direta com um PC portátil (laptop).

Serial - Requerimentos:
RS232/485:
Baud Rate: 9600 to 38400 (9600 default)
Parity: None
Data Bits: 8
Stop Bits: 1
Cabos:
RS 232: DB-9 conector serial (pinos 2,3 e 5)
RS 485: Cabo com um par + shield.

MS INSTRUMENTOS Pag. 34
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 4. Instalação do QB-4260

4.1. Montagem do sensor


O sensor é capaz de operar em qualquer orientação, desde que a luz infravermelha seja
refletida da superficie do produto.

4.2. Vibração
O suporte de montagem do sensor, ou qualquer outro componente que esteja em contato com
o sensor, deve estar livre de vibrações excessivas.

4.3. Fontes de Luz Externas


Luzes que contenham energia infravermelha de alta intensidade, como a luz solar e lãmpadas
incandescentes por exemplo, interferem na medição e devem ser evitadas no local de
instalação do sensor.

4.4. Temperatura
O sensor é designado para proporcionar mediçõess confiáveis em ambientes com
temperatura de até 50ºC. Para uso em temperaturas mais elevadas, favor contatar a MS
INSTRUMENTOS.

4.5. Umidade & Limpeza da Lente (purga de ar)

O sensor deve ser protegido de umidade excessiva. É importante evitar a condensação na


janela (visor). Poeira atmosférica normal não afeta a leitura do sensor, porém o acumulo de pó
sobre o visor irá prejudicar a operação do sensor. Para minimizar estes problemas, o QB-4260
é fornecido com um tubo especial para purga de ar comprimido, montado no sensor para a
manter a janela sempre limpa. O usuário deve dispor de conexão (6mm) tubo de 1/4 com um
fornecimento de ar seco e limpo (livre de umidade e óleo), a uma pressão não superior a 10
psi, e com vazão aproximada de 2 litros por minuto.

4.6. Distancia Ideal do Sensor ao Produto


A distância de operação ideal é de 8 "(200 milímetros) da parte inferior do sensor até a
superfície do material, mas qualquer distância entre 6" e 12 "(150 - 300 milímetros) é
aceitável. Variações na altura do produto passe de +/- 1 "(25 mm) são permitidas e não
interferem na operação do QB-4260.

MS INSTRUMENTOS Pag. 35
QB-4260 - Manual de Instruções

4.7. Reflexões da Superficie do Material


É essencial evitar reflexões especulares da luz transmitida do produto. Medições em pó e
produtos granulados não causam estes problemas, e o feixe de luz do sensor deve ser
montado sem qualquer ângulo com a superfície superior do produto. Já a medição em
materiais reflexivos como folhas e filmes exige que o sensor seja inclinado de modo que o
feixe de luz fique em ângulo entre 80º-85º com a superfície.

Capitulo 5. Conexões Eletricas

5.1. Conexão AC

O QB-4260 is energizado com um cabo elétrico conectado diretamente no terminal AC da


Interface do Operador. A entrada da rede deve ser de 90 a 260VAC, 15A.

Para uso na configuração stand-alone, é necessária rede de 24VCC / 5A ao invés de


alimentação AC.

5.2. Conexões Analogica & Serial


As conexões analogicas e serial devem ser feitas diretamente na regua de terminais
correspondents, localizada na Interface do Operador. Maiores detalhes sobre estas
respectivas conexões são mostradas nas seções 8.0 e 9.0.

MS INSTRUMENTOS Pag. 36
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 6. Guia para Calibração do QB-4260


Umidade

Considerações importantes:

1. É de extrema dificuldade conseguir amostras em linha do produto em todo range de


operação, devido a restrições de tempo ou desperdício de produção.

2. Uma amostra exata (padrão) não pode ser facilmente obtida para fins de referenciar o QB-
4260. Isto é particularmente importante nos casos em que a amostra não está totalmente
homogénea ou seu equilíbrio não é completo.

Materiais Sólidos

Calibração Off-line

Quando é possível recolher amostras ao longo do range total de umidade a partir da linha de
produção, e manter o nível de umidade, colocando-as em recipientes hermeticamente
fechados durante um período de 24 horas, isto irá proporcionar melhor calibração e é o mais
recomendado. Isto assegura que todas as características da amostra variem por igual, não só
a umidade, o que torna a calibração mais consistente ao longo do tempo.

Se não for possível, deve ser coletada uma amostra da linha de produção com baixo nível de
umidade, e a partir desta preparar outras amostras com níveis mais elevados de umidade ao
longo do range nominal do processo. Isto deve ser feito por um laboratório, que dispõe de
meios para condicionar e preparar amostras.

Condicionando Amostras

É necessário condicionar um mínimo de duas ou três amostras (cada uma com


aproximadamente 50 cm3) para uma calibração aproximada, sete ou mais para uma
calibração completa. Duas amostras próximas ao limite inferior e duas amostras próxima aos
limites superiores do range de umidade são necessárias a fim de determinar a sensibilidade
da calibração (SPAN) e definir o offset (ZERO). A quinta amostra é utilizado como um ponto
médio para se verificar a linearidade da calibração, ou como uma amostra de alta ou baixa
para proporcionar a conferencia do SPAN.

Deve se obter uma amostra do produto em linha, e deixar que a mesma se estabilize. Use
uma a estufa e uma balança de precisão para conhecer o nível de umidade real. Calcula-se a
massa de agua necessária a ser adicionada em cada sub-amostra para atingir os níveis de
umidade desejados. Colocar as amostras acondicionadas em sacos herméticos durante um
período mínimo de 24 horas para que as mesmas atinjam total equilíbrio.
MS INSTRUMENTOS Pag. 37
QB-4260 - Manual de Instruções

Amostragem no QB-4260

Posicione cada uma das amostras sob o QB-4260, utilizando a parametrização default (Span
= 25, Zero = -20). Se a amostra não é homogénea ou varia em tamanho de partícula, faça
pelo menos duas leituras, devolvendo-o para o seu recipiente entre as medições. Registre os
valores lidos pelo QB-4260. Se houver pouca ou nenhuma diferença na leitura entre a
amostra maior e a menor umidade, dobre o valor de Span e refaça as leituras. Repetir
novamente o procedimento imediatamente após a calibração.

Uma vez que todos os valores lidos são registrados, os pares de dados (QB-4260 x Valor de
referência correspondente) podem ser introduzidos na rotina de calibração (Menu Cal) na
Interface do Operador. Um gráfico pode ser acessado mostrando os valores existentes e
valores calibrados. Examinar o gráfico e remover manualmente quaisquer pontos de dados
que apresentem dispersões acima de duas vezes o valor do desvio padrão de todos os
resultados. Clique em "Calcular" para acessar as estatísticas de calibração e novo Span e
Zero e por fim salvar esta nova calibração.

Instalação on-line e ajuste zero

O QB-4260 deve ser instalado on-line, na mesma distância, e no mesmo ângulo em relação
ao produto. É necessário um ajuste do Zero (offset), a fim de completar o processo de
calibração devido a diferença de leitura estática e dinâmica. O ajuste de zero é feito
coletando-se três amostras consecutivas em linha usando o recurso de amostragem na teal
da Interface do Operador (símbolo da mão) para obter uma leitura média do QB-4260, durante
o intervalo de amostragem. Cada amostra deve ser referenciada pelo laboratório, e uma vez
referenciados, a diferença entre o valor médio do QB-4260 e o valor médio de referência deve
ser calculado e o valor de Zero ajustado no QB-4260 para compensar a diferença.

Calibração On-line

Se o controle operacional do processo pode ser utilizado para gerar uma gama de variações
da umidade em linha, a calibração em linha deve ser escolhida.

O QB-4260 deve ser instalado de acordo com o manual do usuário na linha de produção. A
tela da Interface do Operador deve ser observada a fim de selecionar amostras em toda a
faixa de umidade. Quando a leitura exibida mostra um valor que difere da seguinte valor de
amostra mais próximo, pressione a função de amostragem (tecla mão) para pegar o produto
em pequenos punhados de linha e coloque em um recipiente fechado hermeticamente.
Finalizar a coleta quando a média QB-4260 for exibida. Utilize o mesmo procedimento com
todas as outras amostras e em seguida e, em seguida, entre com os dados na rotina de
calibração.

MS INSTRUMENTOS Pag. 38
QB-4260 - Manual de Instruções

Capitulo 7. Conexões Elétricas do Usuário


Todas as conexões eletricas no QB-4260 são feitas na Interface do Operador. O QB-4260 é
fornecido com um cabo proprio que interliga a Interface do Operador ao Sensor.

Ligação AC:

A alimentação elétrica do QB-4260 é feita com um cabo ou tomada com tensão de rede que
pode variar de 90 a 260 VAC, e ligado diretamente na régua de terminais correspondente,
obedecendo a indicação de rede e aterramento.

Ligação da Interface do Operador ao Sensor:

O QB4260- é fornecido com um cabo padrão de 10m para interligar a Interface ao Sensor. Em
uma das extremidades é montado um conector próprio para engate rápido no sensor, e na
outra os fios identificados para serem conectados a régua de terminais na Interface do
Operador.

Ligações Analógicas e Digitais:

Estas ligações devem ser feitas por um técnico qualificado da MS INSTRUMENTOS na


ocasião do start-up na planta local de utilização. Os cabos provenientes destas ligações
devem ser conectados diretamente na régua de terminais da Interface do Operador,
obedecendo as indicações escritas na placa eletrônica principal e conforme o constituinte a
ser medido.

Capitulo 8. Especificações Técnicas


Transmissor QB-4260 NIR Especificações:
• Constituintes Medidos: 1, 2 ou 3 simultaneamente
• Range (umidade): Min. 0.1%, Max. 95%
• Range (revestimentos): Min. 0.1gr./m, Max. 200 gr./m
• Range (teor de óleo): Min. 0.1%, Max. 50%
• Repetibilidade: +/- 0.2%
• Distancia ao produto: 8-18” (200-450mm)
• Códigos de Calibração: 100
• Tempo de Resposta: 1 – 999 segundos.
• Saídas: 4-20mA, 0-10V (isolated), RS-232 & RS485
• Alimentação: 24VCC, proveniente da Interface do Operador
• Peso/Construção: 8.6kg / IP67, Involucro de Aluminio/Ferro fundido.
• Temperatura de Operação: 0-50 °C, com resfriamento opcional até 80°C.

MS INSTRUMENTOS Pag. 39
QB-4260 - Manual de Instruções

Precisão: (sujeita a aplicação e tipo de produto)


• Umidade: +/- 0.1%
• Revestimentos: +/- 0.1 gr./m
• Teor de Gordura: +/- 0.2%
• Repetibilidade: +/- 0.2%

CE Certificados:
EMC Directives EN50081-1 & EN50082-2, EN61010-1
Low Voltage Directives

Interface do Operador - Especificações:


• Display: 5.7” LCD em cores com Touchscreen
• Linguagem : Selecionavel pelo usuario
• Alimentação Elétrica: 90-260VAC, 50/60 Hz, 40 watts
• Cable: 10m padrão
• Enclosure: Plastico FI-Box
Databus & Software:
• Interfaces Opcionais: Ethernet TCP/IP, Devicenet, Modbus, Profibus
• Software: Plataforma Windows – PSC-Viewer Suite

MS INSTRUMENTOS Pag. 40
QB-4260 - Manual de Instruções

Declaração de Conformidade

Padrões Europeus

Equipamento: Série QB 4200 de transmissores de absorção infravermelho.

O equipamento acima indicado está em conformidade com as seguintes Diretrizes Européias:

Diretriz de Compatibilidade Eletromagnética 89/336/EEC

Diretriz Modificada 91/263/EEC, 92/31/EEC, 93/68/EEC

Diretriz de Voltagem Baixa 73/23/EEC

Diretriz Modificada 93/68/EEC

A fim de estar em conformidade com essas diretrizes, o instrumento foi testado conforme as
seguintes normas:

Para EMC

EN55022 Classe B. EN61000-3-2 e EN61000-3-3 Norma de Emissão Genérica para Residências,


Estabelecimentos Comerciais e da Indústria Leve.

Para LVD

EN61010-1 (1993) Requisitos de segurança para equipamentos elétricos para medição, controle e
uso de laboratório – Requisitos gerais

Gerente Responsável: Cláudio Gonçalves

Cargo: Gerente de Produto

Data: 09 de Novembro de 2015

Se você tem qualquer pergunta ou precisa de assistência técnica, favor entrar em contato com o
Departamento Técnico da MS INSTRUMENTOS.

MS INSTRUMENTOS Pag. 41

Você também pode gostar