Você está na página 1de 16

A MULTIDETERMINAÇÃO

DO SER HUMANO
QUESTÕES NORTEADORAS

1. O que significa dizer que o homem é um ser


histórico-social?

2.Quais as três principais características que


diferenciam o homem dos outros animais?

3. Qe aspectos justificam se dizer que o homem é


multideterminado?
MITOS SOBRE O HOMEM
TRÊS MITOS FILOSÓFICOS QUE APRESENTAM A
IDEIA DE QUE O HOMEM NASCE PRONTO:


• O HOMEM NATURAL: ESSENCIA ORIGINAL QUE


PODE SER MODIFICADA PELO SOCIAL

• O HOMEM ISOLADO: SER ORIGINARIAMENTE


NÃO SOCIAL

• O H O M E M A B S T R ATO : S E R C U J A S
CARACTERÍSTICAS INDEPENDEM DAS
SITUAÇÕES DE VIDA
MITOS SOBRE O HOMEM
O HOMEM NATURAL: ESSENCIA ORIGINAL QUE
PODE SER MODIFICADA PELO SOCIAL
• O homem como possuidor de uma essência original que
o caracteriza como bom: possui qualidades que, por
influencia da organização social, se manifestam, se
perdem ou se modificam (o homem é bom, a sociedade é
que o corrompe);
• O homem nasce com algumas qualidades, porem, sem
atributos morais: a sociedade se encarregará de
influenciar na manifestação, na perda ou modificação
dessas qualidades e ainda na interiorização desses
atributos morais.
MITOS SOBRE O HOMEM

O HOMEM ISOLADO: SER ORIGINARIAMENTE


NÃO SOCIAL

• O homem como um ser isolado, não social, que


desenvolve gradualmente a necessidade de
relacionar-se com os outros;

• O indivíduo torna-se humano com o convívio,


do qual depende desde o inicio.
MITOS SOBRE O HOMEM

O H O M E M A B S T R ATO : S E R C U J A S
CARACTERÍSTICAS INDEPENDEM DAS
SITUAÇÕES DE VIDA

• O homem surge como um ser cujas


características independem das situações de
vida;
• Seus atributos e propriedades são apresentados
como universais, independentes do seu momento
histórico, tipo de sociedade ou das relações que
vivencia.
QUEM É O HOMEM?


O ser humano se desenvolve a mais ou menos três milhões de anos.


Essa evolução esteve condicionada por mudanças que só foram
possíveis devido a sua capacidade de pensar e lutar pela satisfação
de necessidades.

O HOMEM É UM SER SÓCIO-HISTÓRICO


Estudos científicos nos revelam que pertencemos a uma espécie animal


– Homo Sapiens. Que todos nós dependemos da carga genética que
herdamos de nossos ancestrais obedecendo às características de nossa
espécie. No entanto, experiências desenvolvidas no campo biológico
comprovam que os genes, submetidos a determinadas condições
ambientais, sofrem modificações e se manifestam. Depreende-se que,
todos os traços, físicos ou mentais, normais ou não, são ao mesmo
tempo genéticos e ambientais. As mutações havidas face essa
submissão resulta num ser específico, individual e particular.
Comprova-se que o homem como ser natural necessita apropriar-se da
cultura criada pelas gerações precedentes para o seu desenvolvimento
histórico e garantir sua vida em sociedade. São exemplos dessa
apropriação a aprendizagem, do manuseio de instrumentos e a da
linguagem.
QUEM É O HOMEM?

O homem como ser sócio histórico:

• Espécie animal: aparato biológico, traços herdados


que, em contato com o ambiente, resultam em um
ser único;

• Ser de aptidões: o homem aprende a ser homem e


a única aptidão inata é a disposição para assimilar
novas aptidões (capacidade ilimitada de apreender).
O HOMEM APRENDE A SER
HOMEM

"A criança, no momento do nascimento, não passa de


um candidato à humanidade, mas não pode alcança-
la no isolamento: deve aprender a ser um homem na
relação com os outros homens".
CARACTERÍSTICAS DO HOMEM

• O homem trabalha (ação sobre a natureza) e utiliza


instrumentos (capacidade de planejamento,abstração/
pensamento conceitual);

• O homem cria e utiliza a linguagem (capacidade de dar


sentido e significado aos fenômenos usando signos e
sinais);

• O homem compreende o mundo ao seu redor


(capacidade de consciência e reflexão).
O HOMEM TRABALHA E UTILIZA
INSTRUMENTOS
O HOMEM CRIA E UTILIZA A
LINGUAGEM
O HOMEM COMPREENDE O
MUNDO AO SEU REDOR
AFINAL, QUEM É O HOMEM?

As propriedades que fazem do homem um ser


particular, que fazem deste animal um ser humano,
são um suporte biológico especifico, sua
capacidade de ação (intencional) sobre a natureza
(ou o seu trabalho) e de uso dos instrumentos, a
linguagem, as relações sociais e uma subjetividade
caracterizada pela consciência e identidade, pelos
sentimentos e emoções, pelo inconsciente. Com
isso, queremos dizer que o homem é determinado
por todos esses elementos.
Ele é multideterminado.

Você também pode gostar