Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 1

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

NC101 – SOCIEDADE E CULTURA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO


Docente responsável: Rafael Dias
PED: Nathália Urbano Canal

1. EMENTA
As mudanças socioculturais nos séculos XX e XXI. Modernidade e pós-
modernidade; globalização; nação, estado e mercado; indivíduo e
individualismo; o dogma do progresso e a sociedade de risco; as redes na
“Idade Mídia”.

2. OBJETIVOS
O curso busca apresentar e debater algumas das principais mudanças
sociais, culturais e políticas ocorridas ao longo do século XX e no início do
século XXI, de modo a fornecer elementos para que os alunos possam
confrontar diferentes interpretações acerca desses processos.
Ademais, o curso pretende estimular a percepção dos alunos da
sociedade à sua volta, de modo que estes possam, por meio da observação,
identificar processos, mudanças, tendências e contradições de natureza
sociocultural.
Espera-se que os alunos possam, ao final do curso, aplicar os conteúdos
discutidos para interpretar de forma crítica sua posição na sociedade
contemporânea.

3. AVALIAÇÃO
A aprovação do aluno na disciplina está condicionada à sua presença
em 75% (setenta e cinco) das aulas e à obtenção de nota final igual ou superior
a 6,0 (seis). Os alunos com nota entre 3 e 5,9 poderão fazer o Exame na data
prevista no calendário acadêmico. Aqueles com nota inferior a 3 não poderão
1
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 2

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

fazer o Exame. Serão aprovados no Exame aqueles cuja média final (a média
entre a nota final e a do exame) for igual ou superior a 5,0 (cinco).

A avaliação na disciplina dar-se-á por meio dos seguintes instrumentos:

a) N1: Nota de participação nos debates em sala (30% da nota);

b) N2: Apresentação de um relatório, por escrito, referente a trabalho


em grupo no final do semestre (30% da nota);

c) N3: Uma avaliação final, sobre todo o conteúdo da disciplina, no


final do semestre (40% da nota).

A nota final da disciplina, portanto, será dada por

NF = 0,3N1 + 0,3N2 + 0,4N3

4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
O conteúdo da disciplina está distribuído em cinco blocos:

1) Sociedade, Cultura e o Contemporâneo. Conceitos e definições


gerais de sociedade e de cultura; reflexão sobre a diversidade
sociocultural e o relativismo, construção social, e sobre as formas de
representação do tempo e da contemporaneidade; sociedade
brasileira e cultura brasileira.

2) O dogma do progresso e a noção do moderno. A Modernidade e a


pós-modernidade. O papel do dogma do Progresso, do acúmulo de
conhecimento científico e tecnológico. A emergência da sociedade
de risco.

3) Modernidade, Globalização, Sociedade(s) e Cultura(s). Globalização


para além de sua dimensão econômica. Contradições da
Globalização.
2
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 3

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

4) Nação, Estado, mercado e indivíduo. A nação e o nacional. Papéis


do Estado e do Mercado enquanto instâncias reguladoras. O
indivíduo, a construção da identidade. O individualismo, o narcisismo
e o autismo social.

5) A sociedade em rede? Redes e redes sociais. O papel das mídias,


da informação, na contemporaneidade. A cultura de massa, a
internet. Inclusão e exclusão digital. Sociedade da informação ou
economia do conhecimento?

5. METODOLOGIA
As aulas terão duração de quatro horas, divididas em duas partes. Na
primeira parte, haverá apresentação do conteúdo em diversos formatos e a
discussão geral dos principais elementos apresentados. Na segunda parte,
ocorrerão atividades complementares (por exemplo, seminários, apresentação
de vídeos, leitura dirigida, exercícios em sala, debates) para a fixação e o
aprofundamento do conteúdo. Será valorizada a prática de leitura e de reflexão
sobre os textos, dentro e fora da sala de aula.

6. BIBLIOGRAFIA

Bloco 1: Sociedade, Cultura e o Contemporâneo


Básica:
CARDOSO DE MELLO, J. M. & NOVAIS, F. A. Capitalismo tardio e
sociabilidade moderna. In: SCHWARCZ, L. M. (org.) História da vida privada
no Brasil vol. 4: contrastes da intimidade contemporânea. São Paulo:
Companhia das Letras, 1998.

Complementar:
GEERTZ, C. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Guanabara, 1989.
HOBSBAWN, E. A invenção das tradições. Rio de Janeiro: Paz e Terra,
2008.
3
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 4

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

LARAIA, R. B. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro : JORGE


ZAHAR Ed., 2005.
ORTIZ, R. A moderna tradição brasileira. São Paulo: Editora Brasiliense,
1988.
SAHLINS, M. Cultura na Prática. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2004.

Bloco 2: O dogma do progresso e a noção do moderno


Básica:
NISBET, R. História da idéia de progresso. Brasília: Editora da UNB, 1985.
Introdução, Caps. 8 e 9.

BRAVERMAN, H. Trabalho e capital monopolista: a degradação do


trabalho no século XX. LTC Editora, 1987.
FEENBERG, A. O que é a Filosofia da Tecnologia? In: NEDER, R. T. (org). A
Teoria Crítica de Andrew Feenberg. Editora da UNB, 2010.
HABERMAS, J. Técnica e ciência como ideologia. Lisboa: Editora 70, 1987.
KUMAR, K. Da sociedade pós-indutrial à pós-moderna: novas teorias
sobre o mundo contemporâneo. Rio de Janeiro: Zahar, 1997.

Bloco 3: Modernidade, Globalização, Sociedade(s) e Cultura(s)


Básica:
SOUSA SANTOS, B. Os processos da globalização. In: SOUSA SANTOS, B.
(org.) A globalização e as Ciências Sociais. São Paulo: Cortez Editora, 2002.

Apresentação do documentário Mondovino (2004), de Jonathan Nossiter.

Complementar:
BAUMAN, Z. O Mal estar da Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar,
1998.
BERGER, P. L. & HUNTINGTON, S. P. (orgs.) Muitas globalizações:
diversidade cultural no mundo contemporâneo. Rio de Janeiro: Editora
Record, 2004.
GIDDDENS, A. As conseqüências da modernidade. São Paulo: Unesp,
1991.
HARVEY, D. Condição pós-moderna. São Paulo: Edições Loyola, 17ª. Ed.
2008.
IANNI, O. Teorias da globalização. Rio de Janeiro : Civilização Brasileira,
2003
TOURAINE, A. Crítica da modernidade. 7ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2002.

4
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 5

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

Bloco 4: Nação, Estado, mercado e indivíduo


Básica:
ANDERSON, B. Nação e consciência nacional. São Paulo: Ática, 1989.

Apresentação do documentário Capitalismo: uma história de amor (2009), de


Michael Moore.

Complementar:
ANDERSON, P. Balanço do neoliberalismo. In: SADER, E. & GENTILI, P.
(orgs.) Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado democrático.
Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995
BOBBIO, N. O futuro da democracia: uma defesa das regras do jogo. Rio de
Janeiro: Paz e Terra, 1986.
ELIAS, N. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed.,
1994.
HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A,
2000.
MORAES, R. Neoliberalismo: de onde vem, para onde vai. São Paulo:
Senac, 2001.
SOUSA SANTOS, B. Pela Mão de Alice: o social e o político na pós-
modernidade. São Paulo: Cortez, 1997.

Bloco 5: A sociedade em rede?


Básica:
CASTELLS, M. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. Cap. 1.
Complementar:
ADORNO, T. W.; HORKHEIMER, M. A indústria cultural: O esclarecimento
como mistificação das massas. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro:
J. Zahar Ed., 1999.
DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. São Paulo: Contraponto, 1997.
LATOUR, B. Jamais Fomos Modernos. Ensaio de Antropologia Simétrica.
Tradução de Carlos Irineu da Costa. RJ: Editora 34. 1994.
RUBIM, A. A. C. A contemporaneidade como idade mídia. Interface.
Comunicação, Saúde, Educação, v.4, n.7, p.25-36, 2000.

5
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 6

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

7. CRONOGRAMA

AULA DATAS TEMA OBJETIVO


Ter 22/02
Ter 22/02
1 Recepção dos calouros
Qui 24/02
Sex 25/02
Seg 28/02 Sociedade, Cultura e o Apresentação da disciplina.
Ter 01/03 Contemporâneo Conceitos e definições iniciais
2
Qui 03/03
Sex 04/03
Seg 14/03 Sociedade, Cultura e o Aula 2 do Módulo 1: reflexões
Ter 15/03 Contemporâneo sobre definições de sociedade e
3 cultura; diversidade, relativismo
Qui 10/03
Sex 11/03 e determinismo.
Seg 21/03 Sociedade, Cultura e o Aula 3 do Módulo 1 – Discussão
Ter 22/03 Contemporâneo de CARDOSO DE MELLO &
4 NOVAIS (1998)
Qui 17/03
Sex 18/03
Seg 28/03 O dogma do progresso e a Aula 1 do Módulo 2:
Ter 29/03 noção do moderno modernidade e pós-modernidade
5
Qui 24/03 Apresentação da proposta do
Sex 25/03 trabalho
Seg 04/03 O dogma do progresso e a Aula 2 do Módulo 2 – avanço
Ter 05/03 noção do moderno científico e tecnológico e o
6 dogma do progresso
Qui 31/03
Sex 01/04
Seg 11/04 O dogma do progresso e a Aula 3 do Módulo 2: Discussão
Ter 12/04 noção do moderno de NISBET (1985)
7
Qui 07/04
Sex 08/04
Seg 18/04
Ter 19/04
8 Oficina de acompanhamento dos trabalhos
Qui 14/04
Sex 15/04
Seg 25/04 Modernidade, Globalização, Aula 1 do Módulo 3: os
Ter 26/04 Sociedade(s) e Cultura(s) significados da Globalização
9
Qui 28/04
Sex 29/04
Seg 02/05 Modernidade, Globalização, Aula 2 do Módulo 3 –
Ter 03/05 Sociedade(s) e Cultura(s) contradições da Globalização
10 Qui 05/05 Apresentação do documentário
Sex 06/05 “Mondovino” e debate

6
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 7

FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

AULA DATAS TEMA OBJETIVO


Seg 09/05 Modernidade, Globalização, Aula 3 do Módulo 3 – Discussão
Ter 17/05* Sociedade(s) e Cultura(s) de Sousa Santos (2002)
11
Qui 12/05 Acompanhamento dos trabalhos
Sex 13/05
Seg 16/05 Nação, Estado, mercado e Aula 1 do Módulo 4 – Estado e
Ter 24/05 indivíduo mercado
12 Qui 19/05 Apresentação do documentário
Sex 20/05 “Capitalismo, uma história de
amor” e debate
Seg 23/05 Nação, Estado, mercado e Aula 2 do Módulo 4 – identidade,
Ter 31/05 indivíduo indivíduo e individualismo
13
Qui 26/05 Discussão de ANDERSON
Sex 27/05 (1989)
Seg 30/05 A sociedade em rede? Aula 1 do Módulo 5 – indivíduo,
Ter 07/05 redes e a Internet; inclusão e
14 exclusão digital
Qui 02/06
Sex 03/06
Seg 06/06 A sociedade em rede? Aula 2 do Módulo 5 - Discussão
Ter 14/06 de CASTELLS (1999)
15 Qui 09/06 Entrega dos trabalhos
Sex 10/06 Avaliação da disciplina pelos
alunos
Seg 13/06
Ter 21/06
16 Avaliação Final
Qui 16/06
Sex 17/06
OBS: na coluna “datas”, foram listadas as datas das aulas das quatro turmas da disciplina.
* No dia 10/05 não haverá aula.

A data do Exame será definida ao final do curso. O Exame deverá ocorrer, para todas
as turmas, entre os dias 11 e 16 de julho.