Você está na página 1de 3

Intervalos de referência hematológicos e

bioquímicos em doadores Maine Coon adultos de


sangue de gato.

Neste estudo, avaliamos um banco de dados de doadores de sangue para


calcular RIs hematológicas e bioquímicas específicas para Maine
Coons. Esta raça é uma raça popular, propensa a doenças importantes que
requerem atenção veterinária e eventuais exames de sangue (por exemplo,
HCM). Além disso, os gatos Maine Coon são gatos grandes, a maioria com
estilo de vida interno, com uma boa natureza, e essas qualidades os tornam
candidatos ideais para doação de sangue.

Análises Hematológicas

As variáveis medidas incluíram :

a contagem de glóbulos vermelhos (RBC – red blood cell) pelo método de impedância
(RBC-I)

concentração de hemoglobina

hematócrito (HCT)

volume corpuscular médio (MCV),

hemoglobina corpuscular média (MCH)

concentração de MCH (MCHC)

contagem de plaquetas (PLT-I) por método de impedância

contagem de glóbulos brancos (WBC – White blood cell - leucócitos)

contagem de neutrófilos, linfócitos, monócitos e eosinófilos pelo método a laser

Tabela 1 Novos intervalos de referência hematológicos (RIs) estabelecidos


em 81 gatos adultos doadores de sangue Maine Coon relatados de acordo
com as diretrizes do Clinical and Laboratory Standards Institute e da
Sociedade Americana de Patologia Clínica Veterinária. 15 , 16 Em três
amostras de sangue, a contagem diferencial de leucócitos foi obtida pelo
exame microscópico de esfregaço de sangue.

Maine Coons tinha um limite mais baixo para a contagem de glóbulos vermelhos
(RBC) do que a população felina em geral, um limite superior mais alto para o MCV e
um limite mais baixo para o MCHC. Além disso, os gatos Maine Coon apresentaram
uma contagem agregada de reticulócitos mais alta (duas a três vezes a da população
felina em geral). Juntos, esses dados hematológicos sugerem uma anemia
hipocrômica macrocítica (anemia regenerativa com grandes hemácias jovens com
baixas concentrações de hemaglobina). No entanto, todos os gatos deste estudo eram
clinicamente saudáveis, negativos para as infecções virais e bacterianas mais
importantes que causam anemia felina (ou seja, FIV, FeLV, infecção por hemoplasma)
e foram coletadas amostras de sangue antes de entrar em um programa de doação de
sangue. Portanto, essas características hematológicas parecem normais para esta
raça.

Análises Bioquímicas

Tabela 2 Intervalos de referência (RIs) para parâmetros bioquímicos séricos


selecionados em 81 gatos Maine Coon adultos doadores de sangue de
propriedade saudável usando o analisador de química úmida (Hitachi 904).

Os analitos medidos foram

uréia (Kinetik ultravioleta [UV]),

creatinina (método cinético Jaffè),

alanina aminotransferase (ALT)

aspartato aminotransferase (AST) (método cinético da Federação


Internacional de Química Clínica [IFCC]),

γ-glutamil transpeptidase ( GGT) (método IFCC cinético)

fosfatase alcalina (ALP; método IFCC cinético)

albumina (método bromocresol),


proteína total (TP; método biureto),

fosfato (método UV com molibdato).

Tabela 4 Intervalos de referência felinos (IR) para parâmetros bioquímicos


séricos para a população felina em geral publicados em dois livros didáticos.

Tabela 5 Intervalos de referência felinos publicados (RIs) para parâmetros bioquímicos


plasmáticos (medidos usando reagentes secos) em 139 gatos Maine Coon saudáveis

Embora os IRs nesse estudo tenham sido calculados a partir de uma


população maior (n = 139), eles eram de amostras de plasma analisadas
usando um analisador de reagente seco. Além disso, a população testada
também incluiu gatinhos e gatos com mais de 10 anos. Isso pode explicar
por que os RIs do Maine Coon publicados anteriormente foram rejeitados
por uréia, creatinina e ALT, que podem ser afetados pela idade e pelas
diferenças no tipo de amostra e no analisador usado.

(por exemplo, nossos IRs foram gerados a partir de gatos intactos, menores
de 8 anos, enquanto a população do hospital geral geralmente compreende
animais castrados e / ou idosos).

Conclusões
Encontramos diferenças significativas em Maine Coons da população felina em geral
em quatro parâmetros hematológicos e seis parâmetros bioquímicos séricos, para os
quais uma variação específica da raça pode ser uma explicação plausível.

No entanto, nossa população pode não ser representativa de toda a população de


felinos do Maine Coon, pois não havia gatos muito jovens (<1 ano) ou gatos com mais
de 8 anos incluídos. No entanto, os IRs específicos da raça encontrados neste estudo
fornecem uma ferramenta útil para a interpretação clínica dos perfis hematológicos em
Maine Coons. Esses RIs podem ser úteis para outros laboratórios usando
instrumentação e / ou métodos de análise semelhantes.