Você está na página 1de 2

Lista 9 – Oscilações amortecidas

1. Verificar que x= A e−α t cos( ω t) é uma possível solução da equação


dx 2 dx 2
2
+ γ + ω 0 x =0 . Achar α e ω em termos de γ e ω 0 .
d t dt

2. Mostre que um oscilador super-amortecido pode cruzar o ponto de equilíbrio uma vez no
máximo.
− γ t /2
3. (a) Mostre que x=D t e é uma solução para a equação do oscilador amortecido
−γ t / 2
para o caso de amortecimento crítico. (b) Mostre que x=B e é também uma
−γ t / 2 −γ t / 2
solução, então a solução geral é x=x=B e + Dt e .

4. Um objeto de massa 0,2 kg pendura de uma mola de constante 80 N/m. O objeto está
sujeito a uma força resistiva dado por −bv , onde v é sua velocidade em metros por
segundo. (a) Escrever a equação diferencial de movimento para as oscilações livres do
sistema. (b) Se a frequência amortecida é √ 3/2 da frequência não amortecida, qual o
valor da constante b ? (c) Qual é fator que qualidade Q do sistema? e por qual fator a
amplitude da oscilação é reduzida após 10 ciclos completos?
5. Considere dois osciladores idênticos do tipo massa-mola horizontal. Para um dos
osciladores, a superfície é sem atrito, mas há um amortecimento viscoso F viscoso=−b v ,
Para o outro, a superfície tem coeficiente de atrito cinético μk, mas não há amortecimento
viscoso. As massas são ambas afastadas do equilíbrio a mesma distância para a direita e
depois liberado. Quando eles alcançam a posição de equilíbrio pela primeira vez, a
magnitude da força de amortecimento viscosa para o primeiro oscilador é igual à
magnitude da força de atrito para o segundo oscilador. Qual oscilador diminui até um
décimo da amplitude mais rapidamente? Explique seu raciocínio.
6. Muitos sistemas oscilatórios, embora o mecanismo de perda ou dissipação não seja
análogo ao amortecimento viscoso, mostram uma diminuição exponencial na energia
média armazenada com o tempo, Ē= Ē 0 e−γ t . Um Q para tais osciladores pode ser
definido usando a relação Q=ω 0 / γ , onde ω 0 é a frequência natural de oscilação.
(a) Quando no piano a nota “meio C” é tocada, sua energia de oscilação diminui para
metade de seu valor inicial em cerca de 1 segundo. A frequência do meio C é de 256 Hz.
Qual é o fator Q do sistema? (b) Se a nota uma oitava mais alta (512 Hz) leva
aproximadamente o mesmo tempo para a energia decair, qual é o seu Q ? (c) Um
oscilador amortecido livre, consistindo de uma massa m= 0,1 kg movendo-se em um
líquido viscoso de coeficiente de amortecimento b ( F viscoso=−b v ), e ligado a uma
mola de constante de mola k = 0,9 N/m, é observado que executa um movimento
oscilatório amortecido. Sua energia média decai para 1/e do seu valor inicial em 4 seg.
Qual é o Q do oscilador? Qual é o valor de b ?

7. Problema 9. H. Moyses, Curso de física básica, vol 2. Capítulo 4.

8. Usando uma força de 4 newtons, um oscilador harmônico amortecido é deslocado do


equilíbrio em 0,2 metros. Em t = 0, é liberado do repouso. O deslocamento resultante do
oscilador, a partir da posição de equilíbrio, em função do tempo, é mostrado na figura
abaixo. Estimar, tão bem como puder usando as informações fornecidas: (a) a massa do
oscilador, (b) O fator de qualidade do oscilador.
9. De acordo com a teoria eletromagnética clássica, um elétron acelerado irradia energia na
taxa K e2 a2 /c 3 , onde K=6×109 N m2 /C 2 , e = carga eletrônica (C), a =
aceleração instantânea (m/s2) e c = velocidade da luz (m/s). (a) Se um elétron estivesse
oscilando ao longo de uma linha reta com frequência ν (Hz) e amplitude A , quanta
energia irradiaria durante 1 ciclo? (suponha que o movimento seja descrito adequadamente
por x= A sen (2 π ν t) durante qualquer ciclo. (b) Qual é o Q deste oscilador. (c) Quantos
períodos de oscilação decorreriam antes que a energia do movimento fosse reduzida a
metade do valor inicial? (d) Colocar para ν uma frequência óptica típica (isto é, para luz
visível) estimar numericamente o Q aproximado e a “meia-vida” do sistema radiante.