Você está na página 1de 4

CURSO: DIREITO

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO


EXERCÍCIOS TIPOS DE CONHECIMENTO

1- As sentenças abaixo estão definindo e relatando aspectos conceituais em relação aos quatro tipos de
conhecimentos estudados. Assinalando com V para as alternativas verdadeiras e F para as alternativas falsas.

[ f ] A forma de explicar e entender o conhecimento poderia passar, além das que já temos acesso, por várias
vertentes questionáveis, como: Conhecimento Empírico (senso comum), Conhecimento Filosófico, Conhecimento
Teológico e Conhecimento Científico.

[ v ] Existe um domínio da vida que pode ser entendido como vida por excelência: é a vida do cotidiano. É no
cotidiano que tudo flui que as coisas acontecem e que sentimos a realidade. É nela que deparamos com o
conhecimento do senso comum, na produção desse tipo de conhecimento, percorre um caminho que vai do hábito à
tradição, ao qual, quando estabelecida, passa de geração para geração.

[ v] Esse conhecimento do senso comum, além de sua produção característica, acaba por se apropriar, de uma
maneira muito singular, de conhecimentos produzidos pelos outros setores da produção do saber humano. O senso
comum mistura e recicla esses outros saberes, muito mais especializados, e os reduz a um tipo de teoria simplificada,
produzindo uma determinada visão de mundo.

[ v ] A necessidade de acumularmos esse tipo de conhecimento elaborado pelo senso comum, pelo conhecimento
empírico parece-nos óbvia. Imagine termos de descobrir diariamente como as coisas funcionam. O fato é que a dona
de casa, quando usa a garrafa térmica para manter o café quente, sabe por quanto tempo ele permanecerá
razoavelmente quente, sem fazer nenhum cálculo complicado e, muitas vezes, desconhecendo completamente as
leis da termodinâmica.

[ v ] Usamos o conhecimento empírico também quando alguém em casa reclama de dores no fígado e se faz um
chá de boldo, que é uma planta medicinal já usada pelos avós de nossos avós, sem, no entanto, conhecer o princípio
ativo de suas folhas nas doenças hepáticas e sem nenhum estudo farmacológico.

[ f ] O conhecimento Teológico ou Religioso trabalha no plano da fé com base na explicação sistematizada através
da pesquisa científica, mesmo que a base deste conhecimento não pressupõe a existência da forças que estão além
da capacidade de explicação do homem.

[ f ] O conhecimento de Senso Comum ou Empírico tem uma preocupação direta com o ato reflexivo, ele ocorre
espontaneamente das experiências do cotidiano.

[ v ] O conhecimento Filosófico baseia seus estudos de modo reflexivo e crítico.

[ v ] O conhecimento Filosófico é um estudo racional, porém não há uma preocupação de verificação, apenas
reflexão sobre os fatos.

[ v ] O conhecimento científico é aquele produzido pela investigação científica, através de seus métodos.

[ v ] O conhecimento Científico surge não apenas da necessidade de encontrar soluções para problemas de ordem
prática da vida diária, mas do desejo de fornecer explicações sistemáticas que possam ser testadas.

[ f ] Conhecimento Empírico é Subjetivo – é o próprio sujeito que organiza suas experiências e formula de em forma
de senso comum o conhecimento referente a sua atividade no contexto do seu cotidiano.

[ f ] O conhecimento de Senso Comum ou Empírico é crítico e reflexivo.

[ v ] Conhecimento Filosófico é valorativo – seu ponto de partida consiste em hipóteses, que não poderão ser
submetidas à observação. As hipóteses filosóficas baseiam-se na experiência e não na experimentação.

[ f ] O conhecimento Filosófico não tem por origem a capacidade de reflexão do homem e por instrumento exclusivo
do raciocínio e da reflexão humana.

[ v ] Conhecimento filosófico não é verificável – os enunciados das hipóteses filosóficas não podem ser
confirmados nem refutados.

[ v ] Conhecimento Filosófico é racional – consiste num conjunto de enunciados logicamente correlacionados.

[ v ] No conhecimento filosófico, as suas hipóteses e postulados não são submetidos ao decisivo teste da
observação, experimentação.

[ v ] Conhecimento Religioso ou Teológico apoia-se em doutrinas que contêm proposições sagradas, valorativas.

[ v ] Conhecimento Científico é verificável, pois as hipóteses que não podem ser comprovadas não pertencem ao
âmbito da ciência.
[ v ] O conhecimento de Senso Comum ou Empírico obtido ao acaso, no cotidiano, após inúmeras tentativas, ou
seja, o conhecimento adquirido através de ações não planejadas. Conhecimentos transmitidos pelo contexto familiar.

[ v ] O conhecimento Religioso ou Teológico é revelado pela fé ou crença religiosa. Não pode, por sua origem, ser
confirmado ou negado. Depende da formação moral e das crenças de cada indivíduo.

[ v ] O conhecimento de Senso Comum ou Empírico resulta de experiências levadas a efeito pelo homem ao se
deparar com problemas encontrados no seu cotidiano.

[ v ] O conhecimento de Senso Comum ou Empírico está ao alcance das pessoas comuns, diferente do
conhecimento Científico que necessita de reflexão, critica e método.

[ f ] O conhecimento filosófico não se distingue do conhecimento científico pelo objeto de investigação e pelo
método.

[ v ] O objeto das ciências são os dados próximos, imediatos, perceptíveis pelos sentidos ou por instrumentos, pois,
sendo de ordem material e física, de forma alguma são por isso suscetíveis de experimentação.

[ v ] O conhecimento Religioso ou Teológico consiste em aceitar explicações de alguém que tenha desvendado o
mistério e implica sempre uma atitude e fé diante de um conhecimento revelado.

[ v ] O conhecimento científico é real (factual) porque lida com ocorrências ou fatos, isto é, com toda "forma de
existência que se manifesta de algum modo" (Trujillo, 1974:14).

[ f ] O conhecimento científico possui a característica da não verificabilidade, a tal ponto que despreza as
afirmações (hipóteses) que podem ser comprovadas e que pertencem ao âmbito da ciência.

[ v ] "A investigação científica se inicia quando se descobre que os conhecimentos existentes, originários quer das
crenças do senso comum, das religiões ou da mitologia, quer das teorias filosóficas ou científicas, são insuficientes e
imponentes para explicar os problemas e as dúvidas que surgem".(LAKATOS. e MARCONI, 1991, p.30)

2 - Correlacione as afirmações sobre os tipos de conhecimento com as situações apresentadas para eles.

a) Empírico ou Senso Comum


b) Científico
c) Filosófico
d) Teológico ou Religioso

[ b ] O
homem pode ser produzido em tubos de ensaio.
[ a ]
Quebrar espelho dá sete anos de azar.
[ a ] Benzer cura dor de cabeça.
[ d ] Jesus Cristo morreu na cruz para nos salvar dos pecados.
[ d ] "O jeito de ver pela fé é fechar os olhos da razão." (BENJAMIN FRANKLIN)
[ a ] Rezar para passar no vestibular.
[ a ] Tomar chá de hortelã para passar a dor de barriga.
[ b ] Tomar vacina contra gripe.
[ b ] Conhecer os efeitos radioativos da bomba nuclear.
[c ] “A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio
conhecimento.”(Platão)

3 – Leia o que é solicitado no enunciado de cada questão e responda.


a) Todo conhecimento científico é verdadeiro e definitivo? Argumente sua resposta.

Não , pois como se trata de um conhecimento da área da ciência, o conhecimento sempre será aproximadamente
exato ,nunca 100% exato ,pois sempre poderá surgir novas proposições e desenvolvimento de técnicas que podem
reformular a teoria existente.

b) Cite as diferenças entre conhecimento: científico e empírico, conhecimento filosófico e religioso. As diferenças são
claras, o conhecimento empírico diz respeito ao conhecimento popular, é o que aprendemos a partir da nossa
interação e observação do mundo, o conhecimento científico compreende as informações e fatos que são
comprovados por meio da ciência, o conhecimento filosófico nasce a partir das reflexões que o ser humano faz sobre
questões subjetivas, já O conhecimento teológico, ou religioso, é o baseado na fé religiosa, acreditando que ela
detém a verdade absoluta.
4-   Assinale V (verdadeiro) ou F (falso), conforme as afirmativas abaixo.
a. ( v ) O conhecimento é a forma teórico-prática de compreender a realidade.
b. ( f )  O conhecimento científico baseia-se no senso comum.
c. ( f )  O conhecimento empírico da descrença.
d. ( v )  A ciência pode ser definida como uma forma de investigação metódica e sistematizada.
e. ( v )  A ciência refere-se a investigação racional ou estudo da natureza, direcionada para descoberta da verdade.

5 - O que é ciência? A Ciência é o conhecimento que abarca verdades gerais ou a operação de leis gerais
especialmente obtidas e testadas através do método científico , também é o esforço para descobrir e aumentar o
reconhecimento humano; como o Universo funciona, corpo humano, entre outros.
6 - Qual o princípio básico da ciência? que é falível, pois quando adquirimos novos conhecimentos podemos chegar a
resultados diferentes sobre um mesmo tema. ... Técnicas e processos utilizados para formular e resolver problemas
de aquisição do conhecimento.

7 - O que significa metodologia? a Metodologia consiste no campo que estuda os melhores métodos praticados, ela
descreve a estratégia geral de pesquisa que dita a maneira pela qual a pesquisa deve ser realizada.

8 - O que é metodologia científica? Metodologia científica é o estudo dos métodos ou dos instrumentos necessários
para a elaboração de um trabalho científico. É o conjunto de técnicas e processos empregados para a pesquisa e a
formulação de uma produção científica.

9 - Cite um dos objetivos da metodologia científica. Ser instrumental da pesquisa científica e diretrizes a serem
alcançadas

10 - O que é ciência formal ou pura? As ciências formais, ou pura, são ideais. Seu método é a dedução, e seu critério
de verdade é a consistência ou não contradição de seus enunciados. Todos os seus enunciados são analíticos, isto
é, deduzidos de postulados ou teoremas;

11 - Qual o objeto da ciência factual?  O objetivo da ciência fectual, ou aplicada, são materiais; seu método é a
observação e a experimentação e, em segundo lugar, também a indução e seu critério de verdade é a verificação. Os
enunciados das ciências fectuais são predominantemente de síntese , embora haja, também, enunciados analíticos.

12 - O que é método? O método é, basicamente, um conjunto de regras para se realizar uma experiência, com o
objetivo de produzir um novo conhecimento, além de corrigir conhecimentos pré-existentes

13 - O que é conhecimento e como se adquire? Conhecimento é o ato de saber e de conhecer determinado


fato,se adquire Através do estudo e das relações do dia-a-dia com nós mesmos. Se pararmos para pensar estamos
sempre adquirindo conhecimento de todos os pontos e de uma ampla grade de itens ao nosso redor atráves de vários
métodos.

14 - O que é conhecimento filosófico e como é adquirido? O conhecimento filosófico é


um conhecimento fundamentado na lógica e na construção ou definição de conceitos. É um conhecimento metódico
que tem como objetivo encontrar explicações válidas para os diversos problemas propostos. Ele é adquiro através da
duvida, da observação, e da reflexão sobre determinado assunto.

15 – Defina conhecimento religioso e como ele é adquirido. Conhecimento religioso é todo conhecimento baseado em
doutrinas sagradas ou divinas. Através de escrituras ou ações sustentadas pela fé.

16 – Defina conhecimento empírico ou popular e como ele é adquirido. Conhecimento empírico é a ausência de
comprovação científica acerca de um dado fenômeno, manifestado. Normalmente ele é passado de geração em
geração.

17 – O que é conhecimento científico e como se adquire? O conhecimento científico é aquele produzido pela
investigação científica, através de seus métodos. Ela se adquire através de observações, anotações e busca
comprovar e testar algum fato.

18 - Cite algumas características de um pesquisador: algumas características que todo pesquisador dever
ter são : criatividade, capacidade para ver e delimitar com precisão um problema relevante, persistência em
perseguir soluções para um determinado problema, capacidade administrativa, aptidão para a liderança , trabalhar
em grupo e se comunicar, entre outros...

19 - Os fundamentos básicos das chamadas revoluções cientificas mostram que a ciência avança?
Sim, pela mudança de paradigmas. Ter coragem para inovar, disposição para levantar as âncoras do passado e,
disposição para enfrentar o novo.

20 - Marque com um X a opção correta. Em sentido amplo, ciência refere-se a qualquer conhecimento ou prática
sistemáticos. Os fundamentos básicos das chamadas revoluções cientificas mostram que a ciência avança...
a) pelo acúmulo de conhecimento.
(X)b) pela mudança de paradigmas.
c) pela quantidade de cientistas.
d) pela quantidade de equipamentos.
e) pela quantidade de publicações.

21 - Um paradigma no contexto das revoluções científicas significa:


a) a estrutura empírica da ciência normal.
b) as anomalias da ciência normal.
(X)c) os fundamentos teóricos que substituem a ciência normal.
d) os fundamentos teóricos das crises do conhecimento científico.
e) os princípios empíricos da anomalia

22 - Sobre a construção do conhecimento a partir de pesquisas científicas é correto afirmar que:


a) a pesquisa sempre procura construir resultados aplicáveis.
b) a pesquisa só pode ser considerada científica quando procura conhecimento que se refere às observações
empíricas.
(X)c) a ciência procura construir um modelo inteligível, simples, preciso, verificável e eficaz da realidade
d) a ciência procura construir um modelo inteligível, complexo, preciso, definitivo e aplicável à realidade.
e) a pesquisa só pode ser considerada científica quando busca conhecimento que se refere a teorias preexistentes.

23 - Assinale a segunda coluna de acordo com a primeira coluna: considerando ainda os diferentes tipos de
conhecimento, identifique as características de cada um a partir dos seguintes critérios:

( E ) Conhecimento empírico;  
( C ) Conhecimento científico;    
( F ) Conhecimento filosófico;
( T ) Conhecimento teológico;  
( NC ) Não corresponde. 

( C )    É racional, objetivo, sistemático, investiga fatos e fenômenos.


( F ) É constituído de realidades mediatas, não perceptíveis pelos sentidos, raciocínio lógico.
( NC )    É superficial, sensitivo, subjetivo, místico.
( T )    É desprovido de método; por sua origem, não pode ser confirmado ou negado.
( E )    É superficial, sensitivo, subjetivo, acrítico.  

Você também pode gostar