Você está na página 1de 5

AVALIAÇÃO BIMESTRAL NOTA:

Disciplina: DIREITO PENAL I


Nome do(a) acadêmico(a) Matrícula

Turma Data Professor(a)


DI201N219 01 a 09/06/2020 Prof. Guilherme Martins T. Borges
Bimestre: 2º ATENÇÃO: Não serão passíveis de REVISÃO avaliações resolvidas a LAPIS

ATENÇÃO! ORIENTAÇÕES PARA A RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO

1. Esta avaliação é individual; 2. Todas as respostas devem ser fundamentadas no conteúdo da


disciplina; 3. No cabeçalho deverá constar o nome e a matrícula do aluno; 4. Há apenas uma alternativa
correta em cada questão objetiva; 5. Essa Avaliação tem o valor total de 7,0 pontos.

As respostas das questões objetivas devem ser marcadas no quadro a seguir:

Questão 01 (Valor: 0,7 pontos) (DIREITO – ENADE 2012) Alguém publica em uma página pessoal
na rede mundial de computadores, fotos de crianças e adolescentes (entre 8 e 16 anos) nuas ou
em situações que denotam atividade sexual. O Ministério Público não conseguiu, ainda,
desvendar a identidade do autor, mas tem provas de que as fotos estão disponíveis em um site
controlado por uma empresa estrangeira. Conseguiu provar, também, que foram
disponibilizadas na rede mundial de computadores por meio de um computador situado no
Brasil e que todos os acessos a tais fotos ocorreram por meio de computadores também
situados no Brasil. Com base nos dados acima, é possível afirmar que o crime (Valor 1,0 ponto)
a) está sujeito à aplicação da lei brasileira, já que praticado por brasileiro no exterior.
b) está sujeito à aplicação da lei brasileira, já que praticado no Brasil, independentemente da
nacionalidade do agente.
c) está sujeito à aplicação da lei brasileira, já que o Brasil se obrigou a reprimi-lo por meio de um
Tratado Internacional.
d) não está sujeito à aplicação da lei brasileira, já que praticado no país da sede da empresa
estrangeira.
e) não está sujeito à aplicação da lei brasileira, já que praticado por estrangeiro no Brasil

Página 1 de 5
02) (DIREITO – ENADE 2012) Relativamente ao direito penal, analise as afirmativas a seguir:
(Valor: 0,7 pontos)
I. Os crimes omissivos são aqueles em que o agente viola o dever jurídico de agir, imposto pela norma,
e basta a desobediência ao comando da norma para caracterizar o delito. São condições para a
ocorrência dos crimes omissivos o conhecimento da situação típica da qual surge o dever e a
possibilidade física real de realizar a ação ordenada.
II. Os crimes omissivos são aqueles em que o agente viola um dever de conduta, imposto pela norma,
devendo iniciar a prática de um ato concreto para que ele se materialize. São condições para a
ocorrência dos crimes omissivos o conhecimento da situação típica, da qual surge o dever e a
possibilidade psíquica real de realizar a ação ordenada.
III. A diferença entre os crimes omissivos próprio e impróprio é que, no primeiro, a obrigação de agir
decorre da norma; ao passo que, no segundo a obrigação é resultado de um especial dever jurídico de
agir. Se a mãe deixa de alimentar o filho, que morre em decorrência dessa omissão, pratica o crime de
homicídio. Se um terceiro pratica a mesma conduta, pratica o crime de omissão de socorro qualificada.
IV. Em regra, todos os crimes comissivos podem ser praticados por omissão, salvo aqueles em que é
necessária uma atividade do agente. São elementos do crime comissivo por omissão a abstenção da
atividade que a norma impõe, a superveniência do resultado típico em virtude da omissão, a ocorrência
da situação de fato da qual deflui o dever de agir.
Estão CORRETAS somente as afirmativas

A) I, III e IV.
B) II e IV.
C) I e II
D) I e III.
E) II e III.

Questão 03 (Valor: 0,7 pontos): Leia as assertivas e ao final marque a opção correta:
I - O consentimento do ofendido é causa de extinção da tipicidade, sempre que apreça expressa ou
tacitamente no tipo de injusto, como condição que deve estar necessariamente presente para funcionar
como excludente.
II - Ainda a respeito da disciplina da ilicitude, é possível constatar que o nosso Código Penal relaciona
quatro causas de exclusão da ilicitude, mas apenas explicitou conceitualmente duas delas em sua Parte
Geral.
III - Age em legitima defesa de direito difuso de terceiros, a equipe policial que ingressa no interior de
uma residência para prender em flagrante delito uma pessoa que lá se encontra, mantendo escondida
em seu interior, farta quantidade de droga.
IV - Segundo a teoria da ratio essendi, a prática de uma conduta típica indicia sempre a sua própria
ilicitude, de modo que se resultar provado que o agente agiu em legítima defesa, teremos o caso de
uma conduta típica, mas com a exclusão de sua antijuridicidade.
V - No que concerne ao instituto do estado de necessidade adotado pelo legislador pátrio, é possível
afirmar que age em estado de necessidade exculpante, a equipe policial que ingressa no interior de
uma residência para prender quem se encontra em flagrante delito.
a) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
b) Apenas as assertivas III e IV estão corretas.
c) Apenas as assertivas I e V estão corretas.
d) Apenas as assertivas II e IV estão corretas.
e) Apenas as assertivas III e V estão corretas.

Questão 04 (Valor: 0,7 pontos): Sobre o dolo, é correto afirmar:


a) O dolo requer o pleno conhecimento dos elementos do tipo subjetivo, além da vontade de realizá-lo.
b) A teoria da imputação objetiva limita os casos em que o dolo é excessivo e pode aumentar a pena
do réu diante do risco criado.
c) O momento do dolo não precisa coincidir com o momento da execução da ação, existindo
validamente nas figuras do dolo antecedente e subsequente.
d) O aspecto cognitivo do dolo antepõe-se sempre ao volitivo.
e) Os tipos omissivos prescindem da verificação do dolo.
.Questão 05 (Valor: 0,7 pontos): Assinale a alternativa correta:

Página 2 de 5
a) A teoria finalista da ação adota o dolo como um dolo normativo, que é a vontade consciente de
praticar a conduta típica, acompanhada da consciência de praticar um ato ilícito.
b) No dolo eventual e na culpa consciente existe a assunção do risco de realização do resultado típico,
não havendo diferença conceitual, apenas distinção na sanção penal em razão do juízo de censura.
c) A culpa imprópria é a culpa com previsão, e se configura quando o agente deseja atingir
determinado resultado, embora atue porque está envolvido pela hipótese de erro inescusável.
d) Na culpa consciente há uma previsão positiva, pois a culpa representa um agir arriscado, onde o
agente não quer diretamente a realização do tipo objetivo, mas aceita como provável, assumindo o
risco da produção do resultado.
e) Na desistência voluntária e no arrependimento eficaz não existe abandono do dolo, pois os
elementos intelectual e volitivo surgem no início do iter criminis.

Questão 06 (Valor: 0,7 pontos): Considerando as teorias relativas ao tipo penal e os conceitos de
crime doloso e crime culposo, assinale a opção correta.
a) Configura-se crime impossível, que enseja a exclusão da ilicitude, a conduta de tomar remédios
para abortar, se, posteriormente, ficar comprovado que a autora nunca esteve grávida.
b) De acordo com a teoria do tipo indiciário, a tipicidade leva à presunção absoluta de ilicitude da
conduta.
c) Adotando-se a teoria do tipo avalorado ou acromático, no caso de atropelamento com morte, a
comprovação de que a vítima se jogou na frente do veículo para cometer suicídio seria relevante
para a verificação da existência do fato típico.
d) Conforme a teoria dos elementos negativos do tipo ou do tipo total de injusto, a legítima defesa
configura causa excludente da tipicidade.
e) De acordo com a legislação penal vigente, toda conduta de quem prevê o resultado é considerada
dolosa.

Questão 07 (Valor: 0,7 pontos): Analise os itens e assinale a quantidade de itens errados.
I – A aeronave, por ser considerada bem imóvel na legislação civil, não pode ser objeto do crime de
furto.
II - A autoria de um homicídio praticado na forma omissiva é determinada pela relação normativa da
obrigação de evitar o resultado existente entre o autor e a vítima, não existindo qualquer vínculo causal
entre a omissão e o resultado.
III - Admite- se legítima defesa putativa em oposição a um ato de legítima defesa real.
IV - Admite- se legítima defesa real em oposição a um estado de necessidade putativo.
V - O excesso da legitima defesa pode ser derivado de erro de proibição.

a) Um.
b) Dois.
c) Três.
d) Quatro.

Questão 08 (Valor: 0,7 pontos): Quanto à exclusão de ilicitude, é correto afirmar que
a) no excesso de legítima defesa involuntário, derivado de erro de tipo escusável, o agente responde
pelo fato criminoso.
b) o estado de necessidade defensivo ocorre quando a conduta do agente atinge um bem jurídico de
terceiro inocente
c) o Código Penal Brasileiro adotou a teoria unitária do estado de necessidade.
d) o excesso culposo decorrente de erro sobre os limites da causa de justificação não é punível a título
de dolo ou culpa.

09) Lei o texto abaixo:


Página 3 de 5
No caso acima, o crime praticado pelo motorista foi, em tese, a lesão corporal culposa, prevista
no art. 303 da Lei 9.503/971. Antes de tudo, demonstre qual a diferença entre o crime formal e o
crime material. Após, diga se no caso da notícia relatada o atropelador cometeu um crime
material ou formal. (Valor 0,7 pontos)

___________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

1
Lei 9, 503/97, conhecido como Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Dispõe o art. 303 o seguinte: “Praticar lesão corporal
culposa na direção de veículo automotor: Penas: detenção de 6 (seis) meses a 2 (dois) anos e suspensão ou proibição de se
obter a permissão ou habilitação para dirigir veículo automotor”. Inclusive pode ocorrer um aumento de pena de 1/3 a ½ pela
omissão de socoro, conforme parágrafo único do mesmo artigo.
Página 4 de 5
10) No que se refere à Teoria Geral do Delito, responda fundamentadamente: qual foi a teoria
adotada pelo Código Penal brasileiro quanto ao nexo de causalidade? Apresente a solução
metodológica para sua aplicabilidade em situações concretas. (Valor 0,7 pontos).

___________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

Página 5 de 5

Você também pode gostar