Você está na página 1de 2

Opções e realizações da economia de direção central

Sistema económico que assenta no exercício de todas as decisões de


carácter económico por uma única entidade, o Estado. Este constitui-se,
portanto, como a autoridade económica. Exemplos significativos
encontram-se nos países do chamado socialismo real, como a antiga
União Soviética e os países da sua esfera de influência. Durante a guerra, a
produção industrial da URSS diminuíra 42% e as destruições globais
aumentaram a cerca de seis vezes mais o rendimento nacional. Os
Soviéticos precisavam, pois, de reconstruir o mais depressa possível a
URSS para consolidar o lugar de superpotência conquistado com a sua
vitória no conflito mundial. Assim, logo que acabou a guerra, os planos
quinquenais foram retomados.

IV Plano quinquenal
Conceito de Plano Quinquenal
Os Soviéticos precisavam, pois, de reconstruir o mais depressa possível a
URSS para consolidar o lugar de superpotência conquistado com a sua
vitória no conflito mundial. Assim, logo que acabou a guerra, os planos
quinquenais foram retomados.
É uma previsão de ações, quer políticas, económicas, educacionais, entre
outras que um determinado organismo prevê implementar num espaço
delimitado, com vista a alcançar certos objetivos e metas previamente
definidos, durante cinco anos de calendário civil.
A reconstrução económica foi definida no IV Plano Quinquenal
(1946-1950). Os objetivos eram muito ambiciosos: a reconstrução total da
economia nas regiões houve ocupação alemã, a reconversão da economia
de guerra e o desenvolvimento de todas as regiões do país, para
recuperar, primeiro, e depois superar o nível de desenvolvimento de antes
da guerra.
Assim, apesar da penúria que a população sofrera durante a guerra, a
opção prioritária foi a indústria de bens de equipamento e o progressivo
desenvolvimento do poder defensivo da União Soviética equipando as
forças armadas com equipamento mais moderno.
As dificuldades enfrentadas no primeiro ano foram tremendas, entre as
quais o péssimo ano agrícola, mantendo baixas as rações alimentares.
Os trabalhadores foram exortados a multiplicar esforços para aumentar a
produtividade e em 1950 os ambiciosos objetivos do plano tinham sido
superados relativamente ás indústrias de bens de equipamento e energia
elétrica. O mesmo não acontecia com os bens de consumo, que tal como
os artigos domésticos, eram insuficientes.Por outro lado , os agricultores
eram tidos em menor apreço pelo governo central , que cometeu vários
erros de planeamento e lhes aumentou os impostos.

V Plano Quinquenal
O V plano teve as mesmas opções económicas impostas por Estaline:
fixação de um índice elevado de crescimento, para a produção industrial,
sobretudo para o setor pesado, em detrimento da agricultura, e a
preferência por obras grandiosas a melhoria de condições de vida da
população.
Quando Estaline morreu ,1953,a URSS era uma grande potência
industrial, embora com desequilíbrios.

Você também pode gostar