Você está na página 1de 9

Literatura e ensino no contexto das

tecnologias digitais

1/9
PCN – Linguagens, códigos e suas
tecnologias
São quatro saberes propostos pela UNESCO:

Aprender a conhecer;

Aprender a fazer;

Aprender a viver com os outros;

Aprender a ser.

2/9
Caracterização da área

Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Arte, Educação Física e Informática

Representação e Comunicação – manejar sistemas simbólicos e decodificá-los

Investigação e Compreensão – analisar recursos expressivos das linguagens;
recuperar o patrimônio representativo da cultura; articular diferenças e
semelhanças entre as linguagens, etc.

Contextualização Sociocultural – articular significados coletivos em sistemas
arbitrários de representação.

3/9
Ensino Interdisciplinar


O planejamento deve considerar cada item do trabalho escolar em dois níveis de
coerência:

Interna - com o corpus selecionado para a disciplina

Externa – com a área em que se insere a disciplina, com as duas outras áreas
propostas nos PCN e com a realidade social

4/9
Cabe ao Professor/ Orientador:

Explicitar as possíveis relações entre as diversas disciplinas e diversas áreas

Levar em conta a bagagem de conhecimento do aluno

Desenvolver estudos metalinguísticos

Ampliar o conceito de intertextualidade (comparação de linguagens)

Conduzir à compreensão do contexto de produção dos objetos culturais concretizados nas linguagens

Conduzir o aluno a compreender o mundo e sua codificação como um sistema interdependente

Valer-se das múltiplas ferramentas fornecidas pela área do conhecimento para problematizar o mundo e a cultura
atual

Estimular os alunos a recorrerem a outras disciplinas para compreender melhor aquela que está estudando em
determinado momento

Acompanhamento e orientação dos trabalhos

Aplicar tecnologias da comunicação e da informação em situações relevantes

5/9
Ensino de Língua Portuguesa

Espaço privilegiado para o texto literário – oferta de produtos culturais pouco presentes
no cotidiano imediato dos jovens

Priorização do desenvolvimento do potencial crítico do aluno

Utilização de vocabulário técnico/ ferramentas capazes de descrever com maior precisão
os elementos estéticos de uma obra literária

Capacitação do aluno como leitor efetivo dos mais diversos tipos/gêneros textuais

Desenvolvimento de procedimentos comuns aos professores das várias séries do ciclo

Ampliação e articulação conhecimentos e competências em inúmeras situações de uso da
língua com que o aluno se depara na família, na escola e no mundo do trabalho

6/9
Leitura do Texto Literário

Compreensão do texto literário como uma representação simbólica da experiência humana

Análise de estruturas composicionais

Percepção dos recursos expressivos de que se vale o autor para constituir seu estilo

Análise da relação entre texto e o contexto sociocultural de produção e recepção

Aproximação da linguagem verbal à linguagem não-verbal

Leitura intertextual: identificar semelhanças, apontar diferenças, categorizar

A competência de ler e interpretar pode se desenvolver em atividades relacionadas a antecipação
e inferência, título e índice, elementos da narrativa, efeitos de sentido, autoria: escolhas e estilo.

7/9
Procedimentos

Oportunizar a análise de diversos gêneros textuais

Oportunizar a análise dos elementos estéticos que compõem uma obra literária (pontuação,
recursos lexicais, recursos sintáticos, recursos semânticos, recursos estruturais, etc.)

Oportunizar a pesquisa/compreensão sobre o contexto sociocultural do qual emana um texto
literário

Oportunizar a análise do diálogo intertextual atravessado em diversas produções culturais

Oportunizar situações de diálogo que implicam graus de formalidade variáveis: desde conversas
informais sobre obras literárias até o julgamento de uma personagem do texto num debate
regrado

8/9
Avaliação

Privilegia-se hoje a avaliação do processo de aprendizagem como um todo, durante seu desenvolvimento

Valorização dos acertos dos alunos

Embasamento nas matrizes de competências e habilidades listadas nos PCN

Possíveis formatos de avaliação:
- Aferição da habilidade do aluno de produzir um texto oral;
- Observação da habilidade de leitura do aluno;
- Abertura para outras formas de representação das obras geralmente lidas a partir de um suporte físico
- Proposição de situação problema que mobilize uma série de conhecimentos relacionados às
competências trabalhadas na disciplina

9/9

Você também pode gostar