Você está na página 1de 3

Direitos humanos

Conceito e estrutura
 Rol amplo/aberto = demandas sociais; tempo/espaço
Em gera, todo direito expressa a faculdade de exigir de um terceiro
Estado/particular
 Direito-pretensão: consiste na busca de algo, gerando a contrapartida de
outrem do dever de prestar
 Direito-liberdade: consiste na faculdade de agir, que gera ausência do
direito de um terceiro interferir
 Direito-poder: implica em uma relação de poder de uma pessoa exigir
determinada sujeição de um terceiro
 Direito-imunidade: é a autorização dada por uma norma a uma pessoa,
impedindo que outra interfira de qualquer modo

Conteúdo e fundamentalidade
 Representam valores essenciais implícitos/explícitos na CF, tratados
internacionais
 Formal/material
Conceito: são um conjunto de direitos considerados indispensáveis para uma
vida pautada pela liberdade, igualdade e dignidade

Marcas distintivas

 Universidades – criticas
 Essencialidade
 Superioridade normativa/preferenciabilidade
 Reciprocidade
Sociedade pautada na igualdade e na ponderação do interesse de todos

Pontos de vista:
 Implemntaçao:
 Subjetivo – Quem?
 Objetivo – Como?
Sociedade inclusiva: defesa do interesse de todos
 Consequências
 1. “Direito a ter direitos”
 2. Direito de um indivíduo conviver com direito de outros indivíduos
 Rol amplo/aberto → colisões de direitos → pensamento dos valores
envolvidos → limites, preferencias e prevalências

Terminologia e classificações
 Direitos humanos x direitos fundamentais
 Superação: “processo de aproximação e mutua relação entre o direito
internacional e o direito interno na temática dos direitos humanos” –
André de Carvalho Ramos
 Art. 5°, §3° CF
 CIDH (Corte interamericana de direitos humanos)
 Direitos fundamentais refletem direitos humanos

Teoria das gerações


1ª: LIBERDADE: direitos civis/políticos, direito de defesa e liberdade
individuais – Revoluções liberais (Séc. XVIII)
 Estado: passivo (prestação – não agir)
 Estado: ativo – segurança pública, administração da justiça
2ª: IGUALDADE: Estado: ativo (prestação +)
 Marco: lutas sociais Europa/América
3ª: FRATERNIDADE:
 Solidariedade social
 Titularidade: comunidade

Paulo Bonavides
4ª: resulta da globalização dos direitos
5ª: paz (declaração e programa de ação sobre uma cultura de paz. ONU 1999)

Critica
 Dimensões: agrega
Título I. Dos princípios fundamentais
Art. 1°: fundamentos
Art. 2°: tripartição dos poderes
Art. 3°: objetivos
Art. 4°: princípios que regem o Brasil a orbita internacional

Título I. Dos direito e garantias fundamentais


Capítulos:
I. Dos direitos e deveres individuais e coletivos
II. Dos direitos sociais
III. Da nacionalidade
IV. Dos direitos políticos
V. Dos partidos políticos