Você está na página 1de 6

1) São receitas exclusivamente correntes pertencentes à lei orçamentária anual (LOA)

A) a tributária, a patrimonial, a de serviços e as operações de crédito.


B) a tributária, a de contribuições, a patrimonial e a amortização de empréstimos.
C) a tributária, a de contribuições, a de serviços e a alienação de bens.
D) a tributária, a de contribuições, as operações de crédito e a agropecuária.
E) a tributária, a patrimonial, a de serviços e a industrial.

2) Acerca da classificação das receitas públicas pela Lei n° 4.320/1964, assinale a alternativa
que apresente corretamente uma hipótese de receita corrente

A) Receitas de serviços
B) Operações de crédito
C) Amortização de empréstimos
D) Alienação de bens

3) Segundo a doutrina, essas receitas públicas são as arrecadadas por meio da exploração de
atividades econômicas pela Administração Pública. Resultam, principalmente, de rendas do
PATRIMÔNIO mobiliário e imobiliário do Estado (receita de aluguel), de preços públicos, de
prestação de serviços comerciais e de venda de produtos industriais ou agropecuários.

O conceito acima é relativo à receita

A) derivada.
B) originária.
C) ordinária.
D) vinculada.
E) efetiva.

4) Receitas extraorçamentárias são recursos financeiros de caráter temporário, do qual o


Estado é mero agente depositário, ou seja, são receitas que não pertencem ao patrimônio
público. Sua devolução não se sujeita a autorização legislativa, portanto, não integram a Lei
Orçamentária Anual (LOA). Por serem constituídos por ativos e passivos exigíveis, os ingressos
extraorçamentários, em geral, não têm reflexos no Patrimônio Líquido da Entidade.

Nesse contexto, assinale a alternativa que apresenta receitas extra-orçamentárias:

A) recebimento de depósitos em caução e emissão de moeda.


B) amortização de empréstimos concedidos e operações de crédito por antecipação de receita
orçamentária.
C) pagamento de depósitos em caução e operações de crédito por antecipação de receita
orçamentária.
D) emissão de papel moeda e rendimentos recebidos de aplicação financeira.
E) receita de prestação de serviços e pagamento de depósitos em caução.

5) Para atender às necessidades da sociedade, o governo precisa prestar serviços e realizar


obras, o que exige gastos. Receita pública é o dinheiro que o governo dispõe para manter sua
estrutura e oferecer bens e serviços à sociedade, como hospitais, escolas, iluminação,
saneamento. Em sentido restrito, receitas são as entradas que se incorporam ao patrimônio
como elemento novo e positivo; em sentido lato, são todas quantias recebidas pelos cofres
públicos, denominando-se entradas ou ingressos. O tipo de receita que ingressa nos cofres
públicos e que não é de propriedade do Estado é a:

A) Receita extraorçamentária.
B) Receita de capital.
C) Receita patrimonial.
D) Receitas correntes.

6) A classificação da receita pública está polarizada em “correntes” e “de capital”. Classificam-


se como receitas de capital

A) a receita agropecuária e as operações de crédito.


B) a receita patrimonial e a alienação de bens.
C) as operações de crédito e a alienação de bens.
D) as amortizações de empréstimos e a receita patrimonial.
E) a receita tributária e as operações de crédito.

7) Considerando os ingressos de recursos financeiros nos cofres do Estado, analise as


afirmações a seguir:

I - As receitas orçamentárias representam disponibilidades de recursos financeiros para o


erário.
II - Os ingressos extraorçamentários representam apenas entradas compensatórias.
III - Receita Orçamentária Efetiva é aquela em que os ingressos de disponibilidades de recursos
foram precedidos de registro do reconhecimento do direito ou constituem obrigações
correspondentes, como é o caso das operações de crédito.
IV - Receita Orçamentária Não Efetiva é aquela em que os ingressos de disponibilidade de
recursos não foram precedidos de registro de reconhecimento do direito e não constituem
obrigações correspondentes.

É CORRETO o que se afirma em:

A) I e II.
B) I, II, III e IV.
C) III e IV.
D) II, III e IV.
E) II e III.

8) Assinale a alternativa que apresenta uma receita extra orçamentária obtida por um Ente
público:

A) Valores obtidos pela concessão de bens públicos.


B) Transferências recebidas de outros Entes Públicos.
C) Valores obtidos com operação de crédito por antecipação da receita orçamentária.
D) Remuneração dos recursos disponíveis do Ente público.
E) Receitas com multas e juros de mora sobre tributos pagos em atraso.

9) De acordo com a Lei n.º 4.320/64, que estatui normas gerais de direito financeiro para
elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do
Distrito Federal, analise as afirmações sobre a classificação das receitas e despesas públicas e
marque a alternativa correta:
I - São classificadas como receitas correntes: a tributária, de contribuições, patrimonial,
agropecuária, industrial, de serviços, transferências correntes e outras receitas correntes.
II - São classificadas como receitas de capital: a tributária, de contribuições, patrimonial,
agropecuária, industrial, de serviços, transferências de capital e outras receitas de capital.
III - São classificadas como receitas de capital: operações de crédito, alienação de bens,
amortização de empréstimos, transferências de capital e outras receitas de capital.
IV - São classificadas como receitas correntes: operações de crédito, alienação de bens,
amortização de empréstimos, transferências correntes e outras receitas correntes.

A) Somente as afirmativas I e II estão corretas.


B) Somente as afirmativas III e IV estão corretas.
C) Somente as afirmativas I e III estão corretas.
D) Somente as afirmativas II e IV estão corretas.

10) Na classificação econômica das receitas públicas, ocorre uma receita de capital quando o
ente público

A) aluga um imóvel de sua propriedade para terceiros.


B) capta recursos por meio de empréstimos concedidos pela rede bancária privada.
C) recebe cauções para garantir a licitação de bens e serviços públicos.
D) recebe débitos de contribuintes inscritos na sua Dívida Ativa.
E) recebe uma indenização por danos causados ao patrimônio público.

11) As receitas públicas são classificadas de diversas formas, observando-se critérios distintos.
Nesse sentido, na classificação das receitas públicas quanto à forma de ingresso, é correto
afirmar que as receitas públicas se classificam em:

A) Receitas Orçamentárias e Receitas Extraorçamentárias


B) Receitas Correntes e Receitas de Capital
C) Receitas Originárias e Receitas Derivadas
D) Receita Pública Efetiva e Receita Pública Não-Efetiva
E) Receitas Patrimoniais e Receitas de Contribuições

12) Considere o detalhamento de receitas apresentado a seguir:

Depósitos em garantia 2.640,00


Amortização de empréstimos 3.970,00
Receita de serviços 4.780,00
Antecipação da receita orçamentária 6.820,00
Receita patrimonial 7.450,00
Alienação de bens 9.450,00
Operações de crédito 16.200,00
Receita de contribuições 27.320,00
Receita tributária 61.350,00
Transferências correntes 93.160,00

O montante das receitas que, no momento do reconhecimento do crédito, contribui para


aumentar a situação líquida patrimonial da entidade é:

a) 100.900,00;
b) 194.060,00;
c) 203.510,00;
d) 219.710,00;
e) 223.680,00.

13) A receita pública pode ser classificada como receitas derivadas e receitas originárias. São
exemplos de receitas originárias:

a) a receita tributária, a receita de contribuições e as receitas de serviços.


b) a receita tributária, as taxas de serviços e as receitas agropecuárias.
c) as receitas patrimoniais, agropecuárias e de contribuições.
d) as receitas patrimoniais, de serviços e a receita de contribuições.
e) as receitas agropecuárias, as patrimoniais e as receitas de serviços.

As receitas públicas originárias, segundo a doutrina, são as arrecadadas por meio da


exploração
de atividades econômicas pela Administração Pública. Resultam, principalmente, de rendas do
patrimônio mobiliário e imobiliário do Estado (receita de aluguel), de preços públicos (tarifas),
de prestação de serviços comerciais e de venda de produtos industriais ou agropecuários.

14) Com relação às Receitas, avalie as informações da tabela abaixo. 

Com base no quadro acima, a alternativa que contém, respectivamente, os valores das
Receitas Correntes e das Receitas de Capital é: 

A) $ 578 milhões e $ 200 milhões.


B) $ 528 milhões e $ 250 milhões.
C) $ 250 milhões e $ 528 milhões.
D) $ 510 milhões e $ 268 milhões.
E) $ 370 milhões e $ 408 milhões.

15) Analise as assertivas a seguir:

I – Quanto à coercitividade, as receitas públicas podem ser classificadas em orçamentárias e


extraorçamentárias.
II – Quanto à categoria econômica, as receitas públicas podem ser classificadas em correntes e
de capital.
III – Quanto à afetação patrimonial, as receitas públicas podem ser classificadas em ordinária e
extraordinária.

Está(ão) CORRETA(S) a(s) assertiva(s):

A) Somente I e III.
B) Somente II.
C) Somente III.
D) I, II e III.

16) A Receita Pública corresponde aos recursos arrecadados pelo Estado com o intuito de
atender as despesas públicas. Sobre o tema, assinale a alternativa correta.
A) A receita orçamentária efetiva é aquela em que os ingressos de disponibilidades de recursos
foram precedidos de registro do reconhecimento do direito ou constituem obrigações
correspondentes, como é o caso das operações de crédito.
B) As receitas públicas derivadas são as receitas obtidas pelo poder público por meio da
soberania estatal e decorrem de imposição constitucional ou legal, e por isso são auferidas de
forma impositiva, como as receitas de impostos.
C) As receitas orçamentárias correntes são arrecadadas dentro ou fora do exercício financeiro
e constituem instrumento para financiar os objetivos definidos nos programas e ações
orçamentárias, com vistas a satisfazer finalidades públicas.
D) As receitas de operações intraorçamentárias são as provenientes da realização de recursos
financeiros oriundos da constituição de dívidas e da conversão, em espécie, de bens e direitos.
E) As receitas de capital são arrecadadas entre órgãos e demais entidades da Administração
Pública integrantes do orçamento fiscal e do orçamento da seguridade social do mesmo ente
federativo.

17) As seguintes informações sobre as receitas de um determinado ente público estadual,


referentes ao exercício financeiro de 2018, foram extraídas do seu sistema de contabilidade:

 Arrecadação de R$ 8.850.000,00 referente ao valor principal de Impostos.


 Arrecadação de R$ 800.000,00 referente à Exploração do Patrimônio Imobiliário do
Estado.
 Obtenção de R$ 650.000.000,00 referente às Operações de Crédito por Antecipação
de Receita Orçamentária.
 Obtenção de R$ 500.000.000,00 referente às Operações de Crédito - Mercado Interno.
 Arrecadação de R$ 130.000,00 referente à Delegação de Serviços Públicos Mediante
Concessão, Permissão, Autorização ou Licença.
 Arrecadação de R$ 100.000,00 referente às Indenizações, Restituições e
Ressarcimentos.
 Alienação de Bens Imóveis, à vista, por R$ 80.000,00, cujo resultado com a venda foi
igual a zero.
 Arrecadação de R$ 50.000,00 referente ao valor de multas e juros de mora de
Impostos.
 Arrecadação de R$ 20.000,00 referente a Serviços Administrativos e Comerciais Gerais.

Com base nessas informações tomadas em conjunto, o valor da receita de capital arrecadada
no exercício financeiro de 2018 pelo referido ente público estadual foi, em reais,

A) 500.080.000,00.
B) 500.880.000,00.
C) 1.150.880.000,00.
D) 1.150.080.000,00.
E) 1.150.130.000,00.

Você também pode gostar