Você está na página 1de 17

CENTRO DE ENSINO DE IDIOMA & TECNOLOGIA - NETSCHOOL

MICROSOFT OFFICE WORD 2019

Norma ABNT - 14724

MICHEL APARECIDO JORGE

TRABALHO SOBRE CLOUD COMPUTING (COMPUTAÇÃO EM NUVEM)

MICROSOFT OFFICE WORD 2019 COM APLICAÇÃO DE NORMAS DA ABNT

VARGEM GRANDE DO SUL - SP

2020
MICHEL APARECIDO JORGE

TRABALHO SOBRE CLOUD COMPUTING (COMPUTAÇÃO EM NUVEM)

MICROSOFT OFFICE WORD 2019 COM APLICAÇÃO DE NORMAS DA ABNT

Trabalho apresentado ao curso de Microsoft


Office Word 2019 do CEITN – Centro de Ensino
de Idioma & Tecnologia Netschool para
obtenção do certificado de conclusão de curso.

Professor: Michel Aparecido Jorge

VARGEM GRANDE DO SUL - SP

2020

2
Agradecimento

Aos meus pais, por nunca terem medido esforços para me proporcionar um ensino de
qualidade durante todo o meu período escolar.

Ao meu orientador, que conduziu o trabalho com paciência e dedicação, sempre


disponível a compartilhar todo o seu vasto conhecimento.

3
Abstract

“Cloud” is a collective term for a large number of developments and possibilities. It is


not an invention, but more of a “practical innovation”, combining several earlier
inventions into something new and compelling. Much like the iPod is comprised of
several existing concepts and technologies (the Walkman, MP3 compression and a
portable hard disk), cloud computing merges several already available technologies:
high bandwidth networks, virtualization, Web 2.0 interactivity, time sharing, and
browser interfaces. Cloud Computing is a popular phrase that is shorthand for
applications that were developed to be rich Internet applications that run on the
Internet (or “Cloud”). Cloud computing enables tasks to be assigned to a combination
of software and services over a network. This network of servers is the cloud. Cloud
computing can help businesses transform their existing server infrastructures into
dynamic environments, expanding and reducing server capacity depending on their
requirements. A cloud computing platform dynamically provisions, configures,
reconfigures, and deprovisions servers as needed. Servers in the cloud can be physical
machines or virtual machines. Advanced clouds typically include other computing
resources such as storage area networks (SANs), network equipment, firewall and other
security devices.

Resumo

“Nuvem” é um termo coletivo para um grande número de desenvolvimentos e


possibilidades. Não é uma invenção, mas mais uma “inovação prática”, combinando
várias invenções anteriores em algo novo e atraente. Assim como o iPod é composto
de vários conceitos e tecnologias existentes (o Walkman, compressão de MP3 e um
disco rígido portátil), a computação em nuvem mescla várias tecnologias já disponíveis:
redes de alta largura de banda, virtualização, interatividade da Web 2.0,
compartilhamento de tempo e interfaces de navegador. Computação em nuvem é uma
frase popular que é uma abreviação de aplicativos desenvolvidos para serem
aplicativos ricos da Internet que rodam na Internet (ou “nuvem”). A computação em
nuvem permite que tarefas sejam atribuídas a uma combinação de software e serviços
em uma rede. Essa rede de servidores é a nuvem. A computação em nuvem pode
ajudar as empresas a transformar suas infraestruturas de servidor existentes em
ambientes dinâmicos, expandindo e reduzindo a capacidade do servidor dependendo
de seus requisitos. Uma plataforma de computação em nuvem provisiona, configura,
reconfigura e desprovisiona servidores dinamicamente conforme necessário. Os
servidores na nuvem podem ser máquinas físicas ou virtuais. Nuvens avançadas
geralmente incluem outros recursos de computação, como redes de área de
armazenamento (SANs), equipamentos de rede, firewall e outros dispositivos de
segurança.

4
Sumário
Cloud Computing (Computação em Nuvem) ............................................................................. 6
O que é cloud computing?.......................................................................................................... 7
Para que serve a cloud computing? ........................................................................................... 8
Como funciona a cloud computing? ......................................................................................... 10
Nuvem pública ...................................................................................................................... 10
Nuvem privada ...................................................................................................................... 11
Nuvem híbrida ...................................................................................................................... 11
Quais serviços a cloud computing possui? ............................................................................... 12
SaaS (Software como serviço)............................................................................................... 12
PaaS (Plataforma como serviço) ........................................................................................... 13
IaaS (Infraestrutura como serviço) ....................................................................................... 13
Benefícios da computação em nuvem ..................................................................................... 14
Agilidade ............................................................................................................................... 14
Elasticidade ........................................................................................................................... 15
Economia de custo ................................................................................................................ 15
Implantação global em questão de minutos ........................................................................ 15
Conclusão.................................................................................................................................. 16
Referências ............................................................................................................................... 17

5
Cloud Computing (Computação em Nuvem)

Cloud computing, conhecida também como computação em nuvem, é a tecnologia

que permite o uso remoto de recursos da computação por meio da conectividade da


Internet.

Poucos termos foram tão populares no mundo da tecnologia quanto a computação

em nuvem. Hoje em dia, parece que tudo acontece na “nuvem”.

Quem não sabe o que é, busca saber mais sobre o assunto, quem conhece, busca

maneiras de implementá-la e quem já a utiliza, sempre fala sobre os excelentes


resultados que consegue com ela.

6
O que é cloud computing?

Cloud computing é uma tecnologia que usa a conectividade e a grande escala da


Internet para hospedar os mais variados recursos, programas e informações. Dessa

forma, a computação em nuvem permite que o usuário os acesse por meio de qualquer
computador, tablet ou telefone celular.

Tudo isso sem a necessidade de conectar-se a um computador pessoal ou servidor

local.

Se ainda não está claro, deixe-me exemplificá-lo: se você já editou um documento no


Google Docs, ouviu música no Spotify ou assistiu a um filme na Netflix, teve contato

direto com a computação em nuvem.

Todos eles são serviços online que não exigem o download, instalação e acesso de

qualquer tipo de software ou arquivo no seu computador. Você só precisa de um


navegador e uma boa conexão com a Internet para usá-los.

7
Para que serve a cloud computing?

Se analisarmos o modelo tradicional de computação, em que usuários e empresas

precisam investir em downloads, hardwares, sistemas operacionais e softwares para


conseguir algum tipo de aplicação, é fácil entender o porquê de a computação em

nuvem ter se tornado tão popular.

A nuvem surgiu como uma forma de democratizar informações e melhorar a

experiência de quem depende de recursos tecnológicos em nível pessoal ou


profissional.

A computação em nuvem trouxe inúmeras vantagens. A opção por um serviço na

nuvem permite:

A redução de custos com infraestrutura: uma vez que elimina os gastos de capital com

compras de hardware e software, instalação e manutenção;

A economia do espaço: dado que os recursos permanecem armazenados online;

A centralização da informação: impedindo que todos os dados sejam mantidos em


diferentes programas, com diferentes tipos de formulários de autenticação e acesso;

O aumento ou diminuição de acordo com a necessidade do cliente: graças ao poder


de elasticidade que fornece a quantidade ideal de recursos, armazenamento e

processamento;

Trabalho remoto: funcionários da empresa podem acessar todos os dados através de


qualquer computador, notebook, tablet ou smartphone, desde que estejam

conectados à Internet.

Além disso, podemos citar a qualidade da segurança, a atualização automática do

servidor, a usabilidade das plataformas, os serviços de assistência técnica e backups.

8
Em meio a tantos benefícios, a computação em nuvem se tornou a escolha preferida
de muitas empresas e usuários em geral. Não em vão, praticamente tudo o que

consumimos atualmente na Internet – redes sociais, armazenamento de arquivos,


streaming de vídeo e música – vem de aplicativos e serviços hospedados na nuvem.

9
Como funciona a cloud computing?

A computação em nuvem usa um servidor remoto para conectar dispositivos dos


usuários a recursos centralizados. Um servidor remoto armazena todos os dados e

programas de que você precisa e pode estar no seu próprio país ou do outro lado do
mundo, por exemplo, no Japão.

O fato é que você pode acessá-los on-line, de qualquer lugar, mesmo que estejam

armazenados a quilômetros de distância.

Existem 3 tipos de computação em nuvem: o público, o privado e o híbrido. Se você


tem uma empresa e planeja usar um serviço na nuvem, tenha em mente que a escolha

dependerá de fatores relacionados a custo, disponibilidade, desempenho e


expectativas. Em seguida, você verá como cada nuvem funciona:

Nuvem pública

São recursos computacionais, como servidores e armazenamento, fornecidos por


terceiros e disponíveis para qualquer pessoa ou empresa que deseje contratá-los.

10
Nesse modelo, o cliente é responsável pelo que será enviado para a nuvem, seja um
backup, um aplicativo ou alguns arquivos, enquanto o provedor de nuvem está

preocupado com a manutenção, segurança e gerenciamento de todos os recursos.

Na nuvem pública, tudo está disponível na web e compartilhado entre vários usuários
que o usam simultaneamente (mas separadamente), o que mantém os recursos

padronizados.

Ao oferecer soluções unificadas, esse modelo acaba sendo mais barato. Portanto, a

nuvem pública é indicada para empresas que desejam economizar em investimentos.

Nuvem privada

Nesse modelo, a empresa mantém a infraestrutura da nuvem em seu domínio interno


e oferece acesso restrito a usuários selecionados, como funcionários e parceiros.

A nuvem privada oferece à empresa a possibilidade de personalizar as funções e o

suporte às suas necessidades. Como a nuvem é projetada exclusivamente para ela,


todos os processos são direcionados para a realidade do negócio.

Em geral, a nuvem privada é usada por organizações que devem seguir certos
regulamentos e regras específicas sobre segurança e privacidade de dados e

informações, como é o caso de algumas instituições financeiras e governamentais.

Nuvem híbrida

Finalmente, quando falamos sobre a nuvem híbrida, nos referimos à união dos dois
anteriores, ou seja, a combinação que permite compartilhar dados e aplicativos entre

os dois tipos de nuvem citados.

Assim, de acordo com a necessidade e a estratégia do negócio, alguns recursos são


utilizados de forma privada, outros são utilizados publicamente ou estão ligados por
meio de tecnologias.
11
Quais serviços a cloud computing possui?

Atualmente, a computação em nuvem oferece uma ampla variedade de serviços,


ferramentas e funcionalidades para atender às necessidades das empresas. Entre as

principais ofertas, destacam-se 3 modelos:

SaaS (Software como serviço)

O SaaS permite que você acesse o software sem comprar sua licença, usando-o
gratuitamente na nuvem, geralmente com recursos limitados.

No entanto, há também planos de pagamento em que é cobrada uma taxa fixa, um

valor que varia de acordo com o uso ou mesmo sem custo, se o recurso oferece
anúncios ou outra forma de monetização.

Nesse formato, a empresa acessa o software pela Internet, sem a necessidade de se

preocupar com a instalação, configuração e investimento em licenças.

Muitos CRMs e ERPs funcionam através do SaaS. Os serviços de e-mail e outros

aplicativos públicos, como Skype, Whatsapp, LinkedIn e Facebook também funcionam


com esse tipo de modelo, e é por isso que é o mecanismo mais popular.

12
PaaS (Plataforma como serviço)

Neste modelo de nuvem, é contratado um ambiente completo de desenvolvimento on


demand, no qual é possível criar, modificar e otimizar softwares e aplicativos.

A vantagem do modelo PaaS é que ele inclui sistemas operacionais, ferramentas de

desenvolvimento, sistemas de gerenciamento de bancos de dados, serviços


de Business Intelligence e muitos outros recursos, além de toda a infraestrutura

necessária para executar ou aperfeiçoar aplicações Web ou móveis.

A equipe de desenvolvimento só precisa se preocupar com a programação da

aplicação, uma vez que a administração, manutenção e atualização da infraestrutura


são deixadas para o provedor.

IaaS (Infraestrutura como serviço)

No modelo IaaS, os recursos de infraestrutura são alugados, como servidores, routers,

racks, datacenters, hardware e outras ferramentas que permitem a transmissão e o


armazenamento de dados.

Dependendo do provedor e do modelo escolhido, a empresa pode ser cobrada, por

exemplo, pelo número de servidores usados e pela quantidade de dados armazenados


ou trafegados.

No modelo IaaS, o que é necessário é utilizado de acordo com a demanda da


empresa e somente o que é utilizado é pago.

A grande vantagem deste modelo é a sua escalabilidade. Afinal, em um mês, você pode

exigir alguns servidores virtuais onde você armazenará poucos dados e terá pouco
tráfego, enquanto, no mês seguinte, poderá solicitar o dobro dos recursos.

Assim, o mecanismo funciona como contratar um serviço de TV a cabo, é possível


cancelá-lo, aumentá-lo ou reduzi-lo a qualquer momento.

13
Benefícios da computação em nuvem

Agilidade
A nuvem oferece acesso fácil a uma grande variedade de tecnologias para que você
possa inovar mais rapidamente e criar praticamente tudo o que puder imaginar. Você

pode gerar rapidamente recursos conforme a necessidade, de serviços de


infraestrutura, como computação, armazenamento e bancos de dados até Internet das

Coisas, machine learning, data lakes, análises de dados e muito mais.

Você pode implantar serviços de tecnologia em questão de minutos e passar da ideia


à implementação com agilidade várias ordens de grandeza maior do que antes. Assim,

você tem a liberdade de experimentar, testar novas ideias para diferenciar as

experiências dos clientes e transformar a sua empresa.

14
Elasticidade

Com a computação em nuvem, você não precisa provisionar recursos em excesso para
absorver picos de atividades empresariais no futuro. Em vez disso, você provisiona a

quantidade de recursos realmente necessária. Você pode aumentar ou diminuir


instantaneamente a escala desses recursos para ajustar a capacidade de acordo com a

evolução das necessidades empresariais.

Economia de custo

A nuvem permite que você troque as despesas de capital (datacenters, servidores


físicos etc.) por despesas variáveis e pague apenas pela TI consumida. Além disso, as

despesas variáveis são muito menores do que as que você pagaria por conta própria
devido às economias de escala.

Implantação global em questão de minutos

Com a nuvem, você pode ampliar as atividades para novas regiões geográficas e

implantar globalmente em minutos. Por exemplo, a AWS tem infraestrutura em todo o


mundo, o que permite que você implante aplicativos em vários locais físicos com

apenas alguns cliques. Aproximar os aplicativos dos usuários finais reduz a latência e
melhora a experiência desses usuários.

15
Conclusão
Agora que você entende o conceito de cloud computing, eu recomendo que antes de
pensar sobre o melhor modelo para o seu negócio, reflita sobre as necessidades e

prioridades do seu negócio, pois, é com base nelas que você vai decidir quais serviços
são fundamentais e que precisam desse tipo de investimento.

A definição do orçamento disponível também ajudará você a escolher o melhor


sistema de implementação: SaaS, PaaS ou IaaS.

Analise os recursos e funcionalidades que você precisa e procure os fornecedores que

os oferecem, por exemplo, criptografia e outras metodologias de segurança, serviços


de backup eficientes, assistência técnica 24 horas, etc.

De qualquer forma, é sempre bom encarar a nuvem, a princípio, como um ambiente


de experimentação e testes.

Existe uma grande variedade disponível no mercado, analise e realize testes, observe

como a sua empresa se comporta ao utilizar este tipo de serviço e implemente, pouco
a pouco, a cloud computing em seus processos.

16
Referências

“DESCUBRA FINALMENTE O QUE É O CLOUD COMPUTING E PARA QUE SERVE A

COMPUTAÇÃO EM NUVEM” Disponível em: < https://rockcontent.com/br/blog/cloud-


computing/>Autor: Tulio Magalhães, Atualizado em: 23 de junho de 2020.

“BENEFÍCIOS DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM” Disponível em: <

https://aws.amazon.com/pt/what-is-cloud-computing/> Autor: AWS Amazon.

“O QUE É CLOUD COMPUTING?” Disponível em: <

https://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/03/o-que-e-cloud-
computing.html> Autor: Carol Fernandes Publicado em: Março 2013.

17

Você também pode gostar