Você está na página 1de 2

PÓS-GRADUAÇÃO EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MÓDULO SOLUÇÃO PACÍFICA DE CONTROVÉRSIAS E COOPERAÇÃO


JURÍDICA INTERNACIONAL

1. Material para discussão pós-aula

Tema

Política Externa: conceito, alcance e características.

Questão

Analise o excerto de de Celso Lafer, publicado em O Estado de S.


Paulo, 18 de dezembro de 2016, e também disponível na referência
de rodapé:

(...) “como operar a governança da economia globalizada que tem


como um dos seus desdobramentos a irradiadora repercussão da
desigualdade entre os Estados e nas sociedades?; como gerenciar a
Torre de Babel da
diversidade cultural e do conflito de valores, inclusive nas formas
mais extremas dos autocentrados fundamentalismos religiosos e
políticos?Estes desafios se colocam num instável mundo em
mudança, de polaridades mais indefinidas do que definidas, e no qual
o jogo dos interesses se mescla com a geografia das paixões. Nele,
operam simultaneamente, numa dialética de mútua implicação, o
ímpeto das forças centrífugas, dos nacionalismos excludentes, da
xenofobia, dos fechamentos protecionistas, e o peso das forças
centrípetas. Estas propiciaram pela ação da economia e da revolução
científica‑tecnológica a interdependente unificação do campo
diplomático do planeta, aprofundada pelo ciberespaço da era digital.”1

Agora responda: O que representa a política externa dentre as


diversas políticas públicas do Brasil para o atendimento do interesse
público?

1
Lafer, Celso. Relações internacionais, política externa e diplomacia brasileira: pensamento
e ação /
Celso Lafer. – Brasília : FUNAG, 2018.p. 931. Disponível em:
http://funag.gov.br/biblioteca/download/relacoes-internacionais-politica-externa-diplomacia-
brasileira-volume-2.pdf

GABARITO

De acordo com o próprio Celso Lafer, no artigo acima, a tarefa da


política externa é encontrar o lugar apropriado do Brasil neste
mundo, no qual também atua a lógica própria das muitas regiões que
integram a arquitetura do sistema internacional. Esta objetiva
traduzir necessidades e aspirações internas em possibilidades
externas. Isto significa identificar como o país à luz das suas
especificidades se situa nos campos dos valores; das relações
econômicas; e da paz e da guerra.