Você está na página 1de 8

Memorial descritivo do Sistema de

Microgeração fotovoltaica, Usina


Carlos José do Amaral -
conectado à rede elétrica de Baixa
Tensão.

Ituiutaba-MG, 18/02/2021.

1
SUMÁRIO

1. OBJETIVO

2. DESCRIÇÃO GERAL DO CONSUMIDOR

3. DESCRIÇÃO GERAL DA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

3.1 Módulos fotovoltaicos, ................................................................................... 04

3.2 Inversores, geradores elétricos ......................................................................05

3.3 Estruturas metálicas ....................................................................................... 06

3.4 Exemplo: Dispositivos de proteção ............................................................... 06

3.5 Exemplo: Aterramento .................................................................................... 06

4. PREVISÃO DA PRODUÇÃO DE ENERGIA ...................................................... 07

5. PLANTA DE SITUAÇÃO COM INDICAÇÃO DO PADRÃO DE ENTRADA DE


ENERGIA...........................................................................................................07

6. ANEXOS ............................................................................................................ 08

1- FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO


2- DUB – DIAGRAMA UNIFILAR BÁSICO
3- ART DE PROJETO
4- CERTIFICADOS DE CONFORMIDADE DE INVERSORES

2
1. OBJETIVO

Este projeto tem por objetivo viabilizar a construção de um sistema fotovoltaico conectado
à rede, que diminua ao máximo a conta de energia, através do sistema de compensação
da CEMIG.

O responsável pelo projeto e execução é:


Juarez Faustino Lopes Neto, Engenheiro Eletricista, portador do
CREA-MG: 241771. A Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) está registrada sob
número MG20210097322.

Dados da empresa responsável:


Nome Fantasia: Grupo Villares
Razão Social: Construtora Villares-LTDA
CNPJ: 27.474.904/0001-05
Endereço: Rua Vinte e Seis, Nº 713, Centro, Ituiutaba-MG, CEP: 38300-080

2. DESCRIÇÃO GERAL DO CONSUMIDOR


O sistema fotovoltaico será instalado na área rural cujo local é RUA VINTE E SETE, 917
CASA, CENTRO, na Cidade de ITUIUTABA-MG, CEP 38300-110, Zone: 22K,
Longitude UTM: 662541.00 m E, Latitude UTM: 7900715.00 m S, Altitude: 591m e tem
como proprietário CARLOS JOSÉ DO AMARAL, CPF: 425.271.476-15.

Figura 2.1 - Localização

A tensão de atendimento local é 127/220v sendo o padrão local bifásico com


disjuntor geral de 63A.

3
O cliente possui média mensal de consumo de 2.000,00kWh e atividade
comercial.

3. DESCRIÇÃO GERAL DA GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

O sistema proposto é composto de 01 (um) inversor, da marca Fronius, com


potência de 8,2kW e 24 módulos fotovoltaicos de 440Wp JINKO TIGER, com 2
arranjos, além de quadros de proteções CC e CA

3.1 Módulos fotovoltaicos;

Os módulos escolhidos são da marca JINKO TIGER, modelo JKM440M-


6TL4, e possuem as seguintes características técnicas:

DADOS TÉCNICOS
Máxima Potência 440 W
Tensão de Máxima Potência 33,82 V
Corrente de Máxima Potência 13,01A
Tensão de Circuito Aberto 40,92 V
Corrente de Curto Circuito 13,69 A
Eficiência 20,77 %
Temperatura de Operação -40 ºC a +85 ºC
Tipo de Célula Monocristalino
Nº de Células 120
Coeficiente de temperatura (Pmax) -0,35%/ºC
Coeficiente de temperatura (VOC) -0,28%/°C
Coeficiente de temperatura (ISC) 0,048%/ºC
* Sob as Standard Test Conditions (STC): Irradiância de 1000 W/m2, massa de
ar (AM) de 1,5 e temperatura de célula igual a 25ºC

4
3.1.1 Inversor;

O inversor escolhido foi da marca Fronius, modelo Primo 8.2-1, com as


características seguintes:

Figura 3.2 -Inversor

ENTRADA
Certificado no INMETRO: 002134 / 2016 PRIMO 8.2-1
Potência PV recomendada (kWp) 12,3 [máx]

Max. corrente curto-circuito (MPPT 1/MPPT 2) 27 A / 27 A

Faixa de tensão do MPP 270 - 800 V

Max. tensão de entrada 1000 V

Tensão nominal 220/230


Número de MPPT 2
SAÍDA
Max. potência 220 / 230 V 8200 VA
Max. corrente 220 / 230 V 35,7 A

Max. Eficiência 0,98


Conexão à Rede 50 /60 Hz 230/220 Vca
Taxa de Distorção Harmônica (THD) <5%
Fator de potencia 0,85 – 1,0 ind./cap.

REGISTRO INMETRO: 002134/2016

5
3.1.2 Estruturas metálicas, torres, edificações ou outras estruturas;

As estruturas metálicas serão em ferro galvanizado e confeccionadas por mão de


obra especializada, de acordo com as necessidades da obra.

3.1.3 Dispositivos de proteção;

Entrada:
- 1 Disjuntor CC – 32A
- 3 DPS – 1000Vcc/ 40kA

Saida:
- 2 DPS 175Vca/ 20kA
- 1 Disjuntor Bipolar 50A para Fronius 8.2kW e um geral bipolar de 50A.

Aterramento;

O sistema de aterramento será feito através de cabo de cobre isolado de 10mm² com
proteção UV, desde os arranjos fotovoltaicos, passando pelos inversores (string box) e
interligando ao sistema de aterramento da unidade consumidora.
Do lado de corrente alternada será feito o sistema de aterramento com cabo de 10mm².
A conexão dos condutores do aterramento com o aterramento da unidade consumidora
será se feito por meio de solda exotérmica.

3.1.4 Sinalização

Junto ao padrão de entrada de energia, próximo a caixa de medição/proteção, será


instalada uma placa de advertência com os seguintes dizeres: “CUIDADO – RISCO
DE CHOQUE ELÉTRICO – GERAÇÃO PRÓPRIA”. A placa de advertência será
confeccionada em PVC com espessura mínima de 1 mm, tendo 25 cm de largura e 18
cm de altura, conforme modelo descrito na ND 5.30 (CEMIG), página 5.3.

Figura 3.9 – Placa de advertência indicando geração própria de energia elétrica.

6
4. PREVISÃO DA PRODUÇÃO DE ENERGIA
Está prevista a instalação de 24 módulos fotovoltaicos de 440 Watts (Potência nominal em
STC) distribuídos em 2 arranjos. Veja um resumo dos valores calculados na tabela abaixo:

Parâmetros da Análise
Histórico de consumo 12.000,00 kWh/ano
Histórico de consumo 1.000,00 kWh/mês
Irradiação total 2016,11 kWh/m².ano
Potência 10,56 kWp
Área Necessária 48,00 m²
Performance Ratio 75%
Geração de Energia 18.000,00 kWh/ano
Geração de Energia 1.500,00 kWh/mês

5. PLANTA DE SITUAÇÃO COM INDICAÇÃO DO PADRÃO DE


ENTRADA DE ENERGIA

- Planta de Situação com o local de instalação do padrão de entrada;


- Contém agrupamento de 02 unidades consumidoras com respectivos disjuntores
Bipolar 63A e sem disjuntor de proteção geral.

- Não haverá mudança de local de padrão.

7
6. ANEXOS
1- FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO
2- DUB – DIAGRAMA UNIFILAR BÁSICO
3- ART DE PROJETO
4- CERTIFICADOS DE CONFORMIDADE DE INVERSORES

Você também pode gostar