Você está na página 1de 2

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

Recrutamento e Seleção

O processo de Recrutamento e Seleção está presente em diferentes formas na sociedade desde os


primórdios do capitalismo. Certamente é um dos processos mais importantes de qualquer empresa.
Envolve diferentes técnicas, metodologias e etapas e vem se transformando nos últimos anos.

A mudança de ótica que o RH sofreu recentemente para se tornar mais estratégico impactou o R&S.
Agora, ficou claro que encontrar o talento certo é fundamental para construir uma empresa de desta-
que no mercado. E isso vai se tornar ainda mais relevante a cada ano.

A inovação tecnológica e as novas políticas de inclusão social trouxeram junto uma mudança no perfil
dos profissionais de diversos segmentos e no modo de atuação do departamento de RH, que preci-
sou adequar posturas e estratégias para recrutar os perfis de acordo com a cultura das empresas.

Como o próprio termo sugere, Recrutamento e Seleção é formado de duas palavras que mostram o
conceito do próprio processo:

O Que é Recrutamento?

Pode ser definido como a busca de um conjunto de candidatos com conhecimentos, habilidades e ex-
periências esperadas por uma organização.

O objetivo do recrutamento é captar candidatos suficientes para ter maior probabilidade de encontrar
o talento adequado durante a seleção.

O Que é Seleção?

Uma vez que a vaga conquiste uma certa quantidade de candidatos durante o processo de recruta-
mento, um ou mais candidatos serão identificados como os mais adequados para a posição durante a
seleção.

Com o propósito de contratar a pessoa certa de forma justa e equitativa, o processo seletivo pode in-
cluir:

 Testes;

 Vídeos;

 Entrevistas;

 Dinâmicas.

Recrutamento e Seleção ao Longo Tempo: Como Era, Como é e Como Será

Apesar da área de seleção e recrutamento ser relativamente nova, surgindo no início do século XX,
ela tem assumido cada vez mais um papel estratégico nas empresas, indo além de apenas contratar
pessoas e pagar salários.

Falar do recrutamento de antigamente é fácil, mas não por um bom motivo. O fato é que, até algumas
décadas atrás, o que hoje conhecemos como RH era somente DP — Departamento de Pessoal. Esse
setor ainda existe em algumas empresas como um subsistema de Recursos Humanos. Em outras, as
suas atividades foram “absorvidas” pelo RH.

O foco do DP é em questões burocráticas, mas também de grande importância: contratos, controle de


ponto, folha de pagamento. Quando o recrutamento era desenvolvido pelo DP, normalmente não ha-
via preocupação estratégica com essa atividade.

A seleção, na maioria dos casos, consistia apenas em uma análise de currículo e uma entrevista.
Com pouco, ou nenhum recurso tecnológico envolvido. Com o tempo e o aumento da concorrência no
modelo de economia capitalista predominante, a diferenciação se tornou cada vez mais importante.

Durante a Revolução Industrial no século XIX, foram as máquinas de grande porte na indústria de
bens de consumo o principal fator para que empresas ganhassem mercado. Posteriormente, com a

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 1
RECRUTAMENTO E SELEÇÃO

Revolução Tecnológica, computadores e outros aparatos ganharam força para fazer grandes organi-
zações despontarem.

Entretanto, com o cenário que se desenha atualmente, essas características estão mudando. Cada
vez mais essa tecnologia está se tornando commodity. Seu acesso é somente um meio para constru-
ção de operações mais eficientes e inovadoras.

No mundo globalizado, o grande diferencial competitivo para as empresas está em contar com os me-
lhores talentos para cada vaga. Por isso, é essencial investir em práticas e iniciativas no departa-
mento de R&S para diferenciar-se do mercado, que vem se aderindo aos pouco a essa mudança no
RH.

A Importância Estratégica do Recrutamento e Seleção

O termo “RH estratégico” não deve ser nenhuma novidade para você. Mas o que isso realmente sig-
nifica, quando falamos sobre recrutamento e seleção?

Poderíamos resumir dizendo que esse termo ressalta a importância central do RH (e da atividade de
formação da equipe de colaboradores) para o sucesso da empresa. Porém, nada de resumos por
aqui. Vamos explorar essa questão mais a fundo.

O RH Estratégico ao Longo do Tempo

No mundo corporativo, existe uma ruptura no que se refere ao diferencial competitivo.

Até o século passado, o que diferenciava uma empresa da outra era a tecnologia de que cada uma
dispunha. Empresas capazes de implementar mais inovações tecnológicas conseguiam vantagem no
mercado, pois permitia que elas produzissem em maior quantidade e com mais qualidade.

Recrutamento e Seleção Estratégico

Ter uma estratégia de recrutamento e seleção eficiente e eficaz é fundamental para o sucesso de to-
das as organizações.

Atualmente os talentos são o bem mais valioso de qualquer empresa, o que mostra como esse pro-
cesso tem um papel essencial. Se for pouco eficaz, pode resultar em perdas de produtividade, turno-
ver, prejuízos na experiência dos clientes da empresa e aumento de custos no médio e longo prazo.

As Etapas do Processo de Recrutamento e Seleção

Colocar em prática um processo de seleção e recrutamento exige um conjunto de fatores, como:

 Time ou equipe responsável;

 Budget;

 Planejamento;

 Infraestrutura;

 Poder de execução.

Sobre operacionalizar um bom processo de R&S, primeiro é essencial definir quais serão as etapas,
desde a criação da vaga até o momento da contratação.

Mas não se esqueça de fazer um plano personalizado para cada vaga, que exige etapas e análises
diferentes para encontrar o candidato ideal na hora de preenchê-la.

Isso quer dizer que vagas de programas corporativos, como estágio e trainee, terão etapas diferentes
para uma contratação de alguém efetivo para a área de marketing, por exemplo.

_________________________________________________________________________________

WWW.DOMINACONCURSOS.COM.BR 2