Você está na página 1de 5

Estrutura Curricular

MODALIDADE / NÍVEL DE COMPONENTE


TEMA
ENSINO CURRICULAR
Propriedades das substâncias e dos
Ensino Médio Química
materiais
Modelos de constituição: substâncias,
Ensino Médio Química
transformações químicas
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
• Consolidar o conceito de número de oxidação (NOX);
• Identificar a variação de NOX em reações de oxi-redução;
• Conceituar oxidante e redutor;
• Relacionar o funcionamento do bafômetro com a variação do número de oxidação.
Duração das atividades
Uma aula 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
• Distribuição eletrônica;
• Íons;
• Conceito de Número de oxidação.
Estratégias e recursos da aula
 
Conteúdos específicos:

 Número de Oxidação – NOX;


 Agente oxidante;
 Agente redutor.

 
Recursos educacionais:

 Clique aqui para visualizar a simulação sobre o bafômetro;


 Clique aqui para visualizar o artigo da Revista Química Nova na Escola sobre o bafômetro.
 

Introduzindo a aula: (5 min.)


Ao iniciar a aula, provoque um pequeno debate sobre o problema de acidentes de trânsito provocados pelo uso de bebidas
alcoólicas, fornecendo dados estatísticos de números de acidente (vide site http://www.denatran.gov.br/acidentes.htm).
Depois pergunte aos alunos como um policial pode saber se o motorista ingeriu bebida alcoólica? Ao ser mencionado o bafômetro,
pergunte aos alunos: Para que serve o bafômetro?
Os alunos deverão responder que o bafômetro serve para determinar se uma pessoa ingeriu bebida alcoólica. Depois dessa
resposta faça outra pergunta: Como o bafômetro pode determinar se uma pessoa ingeriu bebida alcoólica?
Desenvolvendo a aula: (25 min.)
No laboratório de informática:
Após as indagações dos alunos, solicite que eles abram a simulação que trata da questão do bafômetro e seu funcionamento.
Caso necessite, divida a turma em grupos de três ou quatro alunos, a simulação está no LabVirt presente no site da USP. Peça
para os alunos anotarem as respostas das questões propostas pela simulação, pois eles deverão entregar junto com as respostas
propostas pelo relatório da simulação.
Ao longo da exploração peça para que os alunos leiam com cuidado todas as informações presentes na simulação, em especial,
na página descrita na imagem a seguir:
Figura1 - Regras para determinação do NOX

Quando os alunos chegarem nesta página leia essas informações com todos eles, diga que não será necessário memorizar es
sas informações, pois eles poderão consultá-las posteriormente.
Depois que os alunos terminarem a simulação, pergunte o que provocou a variação de cor no bafômetro? Após as respostas dos
alunos, explique que a variação de cor no bafômetro ocorreu em função de reações químicas que ocorreram dentro do bafômetro.
Essas reações químicas são de um tipo muito especial: reações de oxidação e reações de redução. As reações de oxido-redução
(oxi-red) são aquelas em que a formação de produtos está vinculada a uma transferência de elétrons entr e determinados átomos
ou íons das substâncias reagentes. Para se determinar qual espécie de uma reação química oxidou ou reduziu precisamos
determinar a variação do NOX dos átomos na reação.
Como exemplo, pergunte aos alunos qual é a reação que ocorreu no bafômetro. Após ouvir as respostas dos alunos, escreva a
reação no quadro:
3 CH3CH2OH + 2 K2Cr2O7 + 8 H2SO4 → 3 CH3COOH + 2 Cr2(SO4)3 + 2 K2SO4 + 11 H2O
Explique aos alunos que nessa reação somente o carbono e o crômio estão variando o número de oxidação. Calcule o NOX do
crômio e do carbono no quadro negro:
 
Após relembrar como se calcula o NOX do carbono e do crômio, pergunte aos alunos o que aconteceu com os valores do NOX do
carbono e do crômio na reação química? Depois das respostas dos alunos, explique que por se tratar de uma reação de oxi-red, o
carbono teve um aumento no NOX, ou seja, dizemos que o carbono oxidou, por sua vez o crômio t eve uma diminuiç&atild e;o do
NOX, dizemos que o crômio reduziu. Em outras palavras, a redução do NOX denomina-se de reação de redução e o aumento do
NOX denomina-se de reação de oxidação.
Similar a esses conceitos, explique aos alunos que a espécie que oxida provoca a redução, por isso, denomina-se agente redutor.
Já a espécie que reduz provoca a oxidação, sendo assim, denomina-se agente oxidante. Na reação apresentada o crômio é o
agente oxidante e o carbono é o agente redutor.
Após a explicação, peça para os alunos abrirem o artigo da Química Nova na página 4 com o título A Química dos Bafômetros.
Neste artigo, os alunos terão acesso às informações sobre o funcionamento do bafômetro e as equações químicas envolvidas no
processo. Se achar necessário faça a leitura do texto com os alunos.

Sistematizando a aula: (20 min.)


Para sistematizar, disponibilize em um documento de texto algumas questões para que os alunos respondam e entregue no final
da aula:

1.  Na reação a seguir identifique o agente redutor o agente oxidante, e o cálculo do NOX para essas espécies
químicas:

         Fe2O3(s) + 3 CO(g) → 2 Fe(s) + 3CO2(g)

2. O que é bafômetro?
3. Por que o bafômetro muda de cor quando é assoprado por uma pessoa que ingeriu bebida alcoólica? O que é
necessário para que ocorra essa mudança de cor?
4. Determine o NOX do Cloro (Cl) nas substâncias: NaCl, CaCl2, HCl, HClO3, HClO4, Cl2O7.

Conduza um debate entre os alunos, utilizando as questões abaixo:


Questões para debate:

 O uso do bafômetro nas rodovias estaduais e federais pode diminuir o número de acidentes? Justifique a sua
resposta.
 O que pode reduzir o número de acidentes ocasionados por bebidas alcoólicas?

Sugestão de alternativa para o desenvolvimento da aula


Caso o professor não tenha à sua disposição um laboratório computacional e possua apenas um computador com um datashow,
poderá mostrar a simulação para a turma.
Se o professor tiver a sua disposição um laboratóri o de química e os reagentes necessários, poderá executar o experimento a
seguir:
Material:

 Uma lamparina ou bico de Bunsen.

Reagentes :

 2 mL de dicromato de potássio 1 mol/L;


 1 mL de etanol a 50%;
 1 mL de água.
Procedimentos:
Em dois tubos de ensaio adicionar 2 mL de dicromato de potássio e em um adicionar 1 mL de etanol a 50% e no outro 1 mL de
água (será o controle). Aqueça e observe a mudança de coloração.
 
Recursos Complementares
Para o Professor:
• Site onde o professor terá acesso às informações sobre o uso e desenvolvimento do bafômetro. Para visualizar clique aqui;
• Artigo que descreve o uso do bafômetro no ensino de química. Para visualizar clique aqui.

Avaliação
A avaliação será feita na correção das respostas às questões propostas no final da aula e no debate que será feito com as
questões de debate.

Autor: Autor: WESLEY PEREIRA DA SILVA

BRASILIA - DF Universidade de Brasília


Coautor(es): 
Wildson Luiz Pereira dos Santos