LOGARITMOS

PARTE 2/2

TRABALHANDO COM POTÊNCIAS DE BASE 10

A

BASE

10

Todo número positivo pode ser escrito como uma

potência de base 10, ou como uma aproximação
dessa potência. Veja os exemplos:

1 = 100 10 = 101 100 = 102 1 000 = 103 10 000 = 104

0,1 = 10–1 0,01 = 10–2 0,001 = 10–3 0,0001 = 10–4 0,00001 = 10–5

A

BASE

10

Na maioria dos casos, torna-se difícil escrever

um número como potência de base 10. Em
valores aproximados apresentamos os exemplos:
2 = 100,301 3 = 100,477 7 = 100,845 11 = 101,041 13 = 101,114

EXEMPLOS

Usando as igualdades 2 = 100,301 e 3 = 100,477, escreva os números 4, 5 e 6 como potência de base 10.

 4 = 22

= (100,301)2

= 100,602 = 100,699

10 = 10 5= = 101 – 0,301 2 100,301  6 = 2 x 3 = 100,301 x 100,477 = 100,778

= 100,301 + 0,477

EXEMPLOS

Usando as igualdades 2 = 100,301 e 3 = 100,477,
escreva o número 60 como potência de base 10.

 60 = 2 x 3 x 10 = 100,301 x 100,477 x 10 ⇒ 60 = 100,301 + 0,477 + 1 ⇒ 60 = 101,778

EXEMPLOS

Usando as igualdades 2 = 100,301 e 3 = 100,477, resolva a equação exponencial 2x = 12.

2x = 12

⇒ 2x = 22.3

⇒ (100,301)x = (100,301)2 . 100,477 ⇒ 100,301.x = 100,602 . 100,477 ⇒ 100,301.x = 101,079 ⇒ 0,301.x = 1,079 1,079 ⇒ x ≈ 3,585 0,301

⇒ x=

SISTEMA

DE

LOGARITMOS

SISTEMA DE LOGARITMOS
 Sistema de logaritmos é o conjunto de todos os logaritmos numa determinada base. Entre os infinitos sistema de logaritmos, destacam-se dois:  O sistema de logaritmos decimais utiliza a base 10.

No cálculo de logaritmos decimais, convenciona-se
não escrever a base, ou seja, log x é o mesmo que log10 x.

log x → logaritmo decimal de x (base 10)

EXEMPLOS

log 1000 = log10 10³ = 3

log 0,01 = log10 10–2 = –2
log 1 = log10 1 = 0

log 100 = log10 10² = 2

SISTEMA

DE LOGARITMOS

 O sistema de logaritmos naturais ou neperianos, utiliza, como base, o número irracional e.  Esse número foi introduzido por Euler, em meados do século XVIII. Seu valor aproximado é e = 2,71828.  O logaritmo natural de um número x pode ser indicado por Ln x.

Ln x → logaritmo natural de x (base e)

EXEMPLOS
Ln e = loge e = 1
Ln 10 = loge 10 ≈ 2,3

Ln e3 = loge e3 = 3

OBSERVAÇÃO
Chama-se co-logaritmo de a na base b (em símbolos, colog
b

a) o oposto do logaritmo de a

na base b.

cologb a = – logb a  colog2 8 = – log2 8 = –3  colog3 (1/9) = – log3 (1/9) = – (– 2) = 2

LOGARITMOS
DECIMAIS

LOGARITMOS

DECIMAIS

O primeiro a utilizar os logaritmos decimais foi o
matemático inglês Henry Briggs (1561-1631). Foi ele quem construiu a primeira tábua de

logaritmos decimais.

TÁBUA
n 1

DE LOGARITMOS DECIMAIS

log n 0
0,301
0,477 0,602 0,699 0,778 0,845 0,903 0,954

n 11

log n
1,041

n 21

2
3 4 5 6 7 8 9 10

12
13 14 15 16 17 18 19 20

1,079
1,114 1,146 1,176 1,204 1,230 1,255

22
23 24 25 26 27 28

log 13 = 1,114 log n n ou 1,322 101,114 = 31 13
1,342
1,362 1,380 1,398 1,415 1,431 1,447 1,462

log n
1,491

32
33 34 35 36 37 ... 99

1,505
1,519 1,531 1,544 1,556 1,568

...
1,996

1

log 35 = 1,544 1,279 29 ou 30 1,301 101,544 = 35

1,477

100

2

EXERCÍCIOS
Calcule os logaritmos decimais
a) log 10

= log 10¹ = 1

b) log 10 000 = log 10⁴ = 4
c) log 1013 = 13 d) log 10–30 = –30 e) log 0,0000001 = log 10–⁷ = –7

EXERCÍCIOS
Consultando a tábua de logaritmos calcule

a) log 60 + log 31 – log 5 = 2,57
b) 100,903 + 101,505 – 1000,69 = 1,38 c) os valores de x e y tais que 10x = 26 e

1000y = 15
x = 1,414 e y = 0,392

EXERCÍCIOS
Em valores aproximados, a tábua de logaritmos mostra que log 13 = 1,114 ou 101,114 = 13. A partir desses valores, sem uso de calculadora,

obtenha os números seguintes.
a) 102,114; 104,114; 100,114 e 1001,557.

b) log 130; log 13000; log 1,3 e log 1300
c) os valores de x e y tais que 10x = 0,13 e 13y = 103,342.

EXERCÍCIOS
Em valores aproximados, a tábua de logaritmos mostra que log 13 = 1,114 ou 101,114 = 13. A partir desses valores, sem uso de calculadora,

obtenha os números seguintes.
a) 130; 13.000; 1,3 e 1.300 b) 2,114; 4,114; 0,114 e 3,114

c) x = -0,886 e y = 3

MUDANÇA DE BASE

MUDANÇA

DE BASE

Observe uma calculadora científica. Ela permite o
cálculo apenas dos logaritmos decimais (tecla log) e dos logaritmos naturais (tecla Ln).

Como obter então, numa calculadora, logaritmos
em outras bases? Será possível achar, por exemplo, os valores de

log3 5 e log7 23?

MUDANÇA DE BASE
Na tábua de logaritmos decimais, encontramos que log10 23 = 1,362 e log10 7 = 0,845. A partir deles, determine o valor log7 23.

log10 23 = 1,362 log10 7 = 0,845 log7 23 = x

⇒ 101,362 = 23

⇒ 100,845 = 7
⇒ 7x = 23

log7 23 =

log10 23 log10 7

⇒ (100,845)x = 101,362 ⇒ 0,845.x = 1,362

⇒ 100,845.x = 101,362 ⇒ x= 1,362 0,845 = 1,612

FÓRMULA
De

DE MUDANÇA DE BASE

modo

geral,

podemos

calcular

logba,

utilizando uma outra base k arbitrária. Para isso, dividimos o logaritmo de a pelo logaritmo de b, na base k escolhida.

log b a =

logk a logk b

EXEMPLOS
 Pela tecla Ln (logaritmo natural) de uma calculadora, obtemos Ln 6 = 1,792 e Ln 2 = 0,693. A partir desses valores, calcular log2 6.

log2 6 =

loge 6 = loge 2

Ln 6 1,792 = 2,586 = Ln 2 0,693

EXEMPLOS
 Resolver a equação 5x = 20, dados os logaritmos

decimais log 5 = 0,699 e log 20 = 1,301.

5x = 20

x = log5 20

log10 20 log 20 1,301 = 1,861 log5 20 = = = log10 5 log 5 0,699

EXEMPLOS
 Se logk x = 2, calcular logx (1/k).

logx (1/k) =

logk (1/k) logk x

–1 = 2

EXEMPLOS
 Se log 2 = 0,30 e log 3 = 0,48, calcular log2 3.

1o. Vamos a fórmula de mudança de base.

log2 3 =

log 3 0,48 = = 1,6 log 2 0,30

Observe que, log2 3 = 1,6 ⇔ 21,6 = 3.

EXEMPLOS
 Escrevendo os logaritmos numa mesma base,

obtenha o valor mais simples do produto
log2 7
x

Log7 13

x

Log13 2

1o. Vamos a fórmula de mudança de base. 1 log 7 log 2 1
x

1 1 log 13 x log 2 =1 log 7 log 13 1 1

CONSEQUÊNCIA –

MUDANÇA DE BASE

 Compare os valores dos log5 25 e log25 5.

log5 25 = 2 e log25 5 = 1/2
 Compare, também, os valores log2 8 e log8 2.

log2 8 = 3 e log8 2 = 1/3
 Que conclusão se pode tirar dessas comparações?

logb a = 1/loga b
 Se logx y = 3/5, calcule logy x.

logy x = 5/3

GENERALIZANDO
Como consequência da fórmula de mudança de base, temos:

logb a =

loga a loga b 1 loga b

logb a =

PROPRIEDADES

DOS

LOGARITMOS

PROPRIEDADES

DOS LOGARITMOS

 O logaritmo tem uma particularidade importante. Ele transforma operações mais complicadas em operações mais simples.

 Com as propriedades dos logaritmos podemos transformar:
 multiplicações em adições;  divisões em subtrações;  potenciações em multiplicações;  radiciações em divisões.

LOGARITMO

DO PRODUTO

Vamos calcular o valor do log 21, a partir dos valores de log 3 = 0,477 e log 7 = 0,845.

log 3 = 0,477 log 7 = 0,845

⇒ 100,477 = 3 ⇒ 100,845 = 7

= 10x = 21 log 21 = log 21 ⇒log (3.7) = log 3 + log 7 x ⇒ 10x = 3.7 ⇒ 10x = 100,477.100,845 ⇒ 10x = 100,477 + 0,845
⇒ x = 0,477 + 0,845 ⇒ x = 1,322

LOGARITMO

DO PRODUTO

De modo geral, o logaritmo do produto de dois números, numa certa base, é a soma dos logaritmos desses números, na mesma base.

loga (x.y) = loga x + loga y
Para o produto de três ou mais fatores, a propriedade continua válida.

EXEMPLOS
A partir de log 2 = 0,301 e log 13 = 1,114,

calcular log 26 e log 2000.

 log 26 = log (2.13) = log 2 + log 13 log 26 = 0,301 + 1,114 = 1,415
 log 2000 = log (2.1000) = log 2 + log 1000 log 2000 = 0,301 + 3 = 3,301

EXEMPLOS
Sendo x e y reais positivos, decompor log3 (9xy) numa soma de logaritmos.

log3 (9xy) = log3 9 + log3 x + log3 y log3 (9xy) = 2 + log3 x + log3 y

EXEMPLOS
Transformar num único logaritmo e calcular o

valor da expressão log 4 + log 5 + log 50.

log 4 + log 5 + log 50 = log (4.5.50)
log 4 + log 5 + log 50 = log 1000 = 3

LOGARITMO

DO QUOCIENTE

Vamos calcular o valor do log (3/2), a partir dos
valores de log 2 = 0,301 e log 3 = 0,477.

log 2 = 0,301 log 3 = 0,477

⇒ 100,301 = 2 ⇒ 100,477 = 3 log (3/2) = ⇒ 10x = 3/2log 3 – log 2

log (3/2) = x ⇒ 10x

3 = 100,477 = 100,477 – 0,301 = 2 100,301

⇒ x = 0,477 – 0,301 ⇒ x = 0,176

LOGARITMO

DO QUOCIENTE

De modo geral, o logaritmo do quociente de dois números, numa certa base, é a diferença dos

logaritmos desses números, na mesma base.

loga x = loga x – loga y y

EXEMPLOS
A partir de log 2 = 0,301 obter log 5.

log 5 = log 10 = log 10 – log 2 = 1 – 0,301 2

⇒ log 5 = 0,699

EXEMPLOS
Se x e y são reais positivos, decompor em

parcelas log2 (x/4y).

log2 x = log2 x – log2 4y 4y = log2 x – (log2 4 + log2 y) = log2 x – (2 + log2 y)

= log2 x – 2 – log2 y
= log2 x – log2 y – 2

EXEMPLOS
Compor (transformar num único logaritmo) a
expressão E = log m – log 3 + 2 – log n.

log 100 = 2
1º. Vamos transformar a parcela 2 na forma de logaritmo decimal.

E = log m – log 3 + log 100 – log n

E = (log m + log 100) – (log 3 + log n)
E = (log 100m) – (log 3n) E = log 100m 3n

LOGARITMO

DA POTÊNCIA

Vamos calcular o valor do log 34, a partir do
valor de log 3 = 0,477.

log 3 = 0,477

⇒ 100,477 = 3

log 34 = x ⇒ 10x = 34 ⇒ 10x = (100,477)4
⇒ x = 4 . 0,477 ⇒ x = 1,908

log 34 = 4 . log 3

LOGARITMO

DA POTÊNCIA

Generalizando, o logaritmo de uma potência, é
igual ao produto do expoente da potência pelo logaritmo da base.

loga xk = k . loga x

EXEMPLOS
A partir do log 3 = 0,477, calcular log 0,009.

log 0,009 = log

9 = log 9 – log 100 100

= log 32 – 2 = 2 . log 3 – 2 = 2 . 0,477 – 2 = 0,954 – 2 = – 1,046

EXEMPLOS
Calcular log 13√3 , a partir dos valores log 2 = 4 0,301, log 3 = 0,477 e log 13 = 1,114.

log 13√3 = log 13 + log √3 – log 4 4 = log 13 + log 31/2 – log 22 = log 13 + 1 . log 3 – 2 . log 2 2 = 1,144 + 0,5.0,477 – 2.0,301
= 1,144 + 0,2385 – 0,601 = 0,7505

EXEMPLOS
Compor e simplificar a expressão E = 2.log3 12 – 1 log3 8 – 2 3
1º. Vamos transformar a parcela 2 na forma de logaritmo de base 3. E = 2.log3 12 – 1 log3 8 + log3 9 3

log3 9 = 2

E = log3 122 – log3 81/3 + log3 9
E = log3 144 – log3 2 + log3 9 E = log3 144 – log3 18 ⇒ E = log3 144 18 = log3 8

EXERCÍCIOS
 (FGV-RJ) A tabela abaixo fornece os valores dos logaritmos naturais (base e) dos números inteiros de 1 a 10.
x
1 2 3 4 5

Ln x
0,00 0,69 1,10 1,39 1,61

x
6 7 8 9 10

Ln x
1,79 1,95 2,08 2,20 2,30

Ela pode ser usada para resolver a equação exponencial 3x = 24, encontrando-se, aproximadamente,

a) 2,1 d) 2,7

b)2,3 e) x 2,9

c) 2,5

EXERCÍCIOS
Se log 2 = a e log 3 = b, escreva o log2 72 em função de a e b.

log 23.32 log 72 log2 72 = = log 2 log 2 log 23 + log 32 3.log 2 + 2.log 3 = = log 2 log 2 3a + 2b = a

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful