Você está na página 1de 40

SIMULADO 01

GABARITO COMENTADO
OBSERVAÇÃO:

Caso deseje recorrer de alguma questão, utilize este formulário:


https://forms.gle/LEecuENxq8So5qgz7

O resultado dos recursos serão expostos aqui:


https://docs.google.com/document/d/1oK-
q2TNnuErdDqSWTPw4LIDyJAJI9qtkh1m2hPOcPZo/edit?usp=sharing

Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
LÍNGUA PORTUGUESA
435.824.938-81

O espetacular documentário Janela da Alma, de João Jardim e Walter Carvalho,


traz depoimentos de pessoas com deficiência visual, desde estrabismo até cegueira. São
relatos emocionantes de José Saramago, Wim Wenders e outros célebres, mas o que
mais me tocou foi o que disse uma cineasta que trabalha com animação e cujo nome
infelizmente não recordo. Ela conta que, quando criança, sonhava em fazer o papel da
princesa no teatrinho da escola, e que nunca era a escolhida, em função do seu
problema. Ou seja, ela era deficiente visual, mas os outros é que não a enxergavam. Até
mesmo sua mãe a via de modo piedoso e melodramático, sem perceber os potenciais
da filha. Então ela cresceu, tornou-se cineasta e hoje faz filmes comoventes sobre
crianças que permanecem “invisíveis” para sempre. Tornou-se princesa de outro jeito,
realizando-se através de todos os papéis que passou ela mesma a criar.
A história de princesa de que eu mais gostava, quando criança, não era A Bela
Adormecida nem Cinderela. Era uma história do segundo escalão, que contava o drama
de uma moça simples: todo o reino duvidada de que ela fosse uma princesa, então
fizeram um teste. Na hora de dormir, prepararam para ela uma cama com 10 colchões,
um em cima do outro. E, embaixo desses 10 colchões, colocaram uma ervilha. Se, na
manhã seguinte, a moça reclamasse de algum incômodo durante o sono, é porque era
uma verdadeira princesa. Adivinhe: ao amanhecer, perguntaram a ela se havia dormido
bem. Ela respondeu que sim, não fosse por um carocinho incomodando suas costas.
Esses dois relatos ensinam a mesma coisa: que não são os príncipes que nos
tornam princesas. O que confere realeza ao ser humano é possuir uma visão ampla e

1
generosa do mundo, o que conta é ter sensibilidade. A ervilha que cada um de nós pode
ou não perceber escondida entre tantos obstáculos.

Martha Medeiros. Como se tornar uma princesa. Texto disponível em:


<https://bityli.com/hJMXU>.
Acesso em: 13/09/2020 (com adaptações).

No que se refere aos sentidos e às construções linguísticas do texto precedente, julgue


os itens a seguir:
1. A forma verbal “enxergavam”, destacada no primeiro parágrafo, poderia ser
substituída por avistavam, sem prejuízo da coerência e da correção gramatical do
trecho.

Comentário:
Gabarito: certo. Tanto o verbo “enxergavam” como “avistavam”, neste contexto, são
transitivos diretos, isto é, pertencem a mesma classe gramatical. Além disso, tal
substituição também mantém a coerência do trecho em questão, pois a ideia de que os
outros é que não percebiam/viam a menina por conta de sua cegueira, permanece.

2. Infere-se do primeiro parágrafo doLucas


texto que o relato de “uma cineasta que trabalha
Silva
com animação” apresentalucas-silva34@hotmail.com
uma recordação de quando ela era criança, com sua atuação
em peças teatrais. 435.824.938-81

Comentário:
Gabarito: errado. A autora do texto apresenta o relato da cineasta que trabalha com
animação. Porém, neste relato, não há recordações da atuação dela em peças teatrais,
quando criança. Somente ao final do primeiro parágrafo é que o leitor consegue
descobrir que, depois de crescer, é que ela passou a atuar em peças teatrais, mas na
infância, não.

3. A correção gramatical e os sentidos do texto seriam mantidos caso a expressão “as


pessoas do reino” fosse adicionada antes do verbo perguntaram, destacado no segundo
parágrafo do texto.

Comentário:
Gabarito: certo. O verbo “perguntaram” cumpre, neste caso, a função de um verbo
transitivo direto e indireto, pois quem “pergunta”, pergunta algo (objeto direto) a
alguém (objeto indireto). Ao acrescentarmos a expressão “as pessoas do reino”, no
referido trecho, não haveria nenhum prejuízo gramatical, pois o verbo permanece com
a mesma função: transitivo indireto (a ela) e direto (se havia dormido bem). Além disso,
o sentido do texto não sofre nenhum prejuízo, pois a expressão “as pessoas do reino”
cumpre a função de recuperar o sujeito do trecho em questão – que antes estava
subtendido.

2
4. A correção gramatical e os sentidos do texto seriam mantidos caso se suprimisse o
pronome “eu”, destacado no segundo parágrafo do texto.

Comentário:
Gabarito: certo. Ao suprimirmos o pronome “eu”, não haverá nenhum prejuízo
gramatical e/ou de sentido para o texto, pois o pronome “eu” cumpre a função de
sujeito. Ele está indicando que é a própria autora, Martha Medeiros, que gostava de
determinada história de princesa, quando criança. Quando suprimimos o pronome, essa
ideia de sujeito não se perde, mas fica implícita para o/a leitor/a.

5. Sem prejuízos da correção gramatical e dos sentidos do texto, o primeiro período do


terceiro parágrafo poderia ser assim reescrito: Estes dois depoimentos nos ensinam algo
em comum: que não são os príncipes que nos tornam princesas.

Comentário:
Gabarito: errado. O uso de “estes” indica algo que ainda será anunciado no texto, ao
contrário do uso de “esses” que indica relatos que já foram anunciados antes – dos quais
o/a leitor/a já possui um conhecimento prévio. Além disso, é preciso atentar para o fato
de que há uma distinção entre “relatos” e “depoimentos”. A expressão “depoimentos”,
sugerida na reescrita do trecho, indica algo formal, oficial, bem como pessoal, isto é,
algo que determinada pessoa viveu e/ou viu, presenciou e que, depois, faz o
Lucas Silva
depoimento. Portanto, há alteração de sentido na reescrita sugerida.
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
6. A correção gramatical do texto seria mantida, bem como o seu sentido, caso o
advérbio “infelizmente”, destacado no primeiro parágrafo, fosse isolado por vírgulas.

Comentário:
Gabarito: certo. O advérbio “infelizmente” indica uma modalização afetiva por parte da
autora, pelo fato de lamentar-se por não recordar o nome da cineasta em questão.
Quando isolamos esse advérbio com vírgulas, tal modalização afetiva é destacada, ou
seja, recebe mais prestígio, mais força no discurso. Observe:

Antes: “[...] o que mais me tocou foi o que disse uma cineasta que trabalha com
animação e cujo nome infelizmente não recordo.”
Depois: “[...] o que mais me tocou foi o que disse uma cineasta que trabalha com
animação e cujo nome, infelizmente, não recordo.”

Veja que a modalização afetiva do advérbio é intensificada com o uso de vírgulas, o que
ocasiona uma alteração de sentido.

7. A correção gramatical e os sentidos do texto não seriam mantidos caso a forma verbal
“recordo”, destacada no primeiro parágrafo, fosse substituída por lembro.

Comentário:
Gabarito: errado. Tanto a correção gramatical como os sentidos do texto seriam
mantidos se tal substituição fosse realizada. A forma verbal “recordo” é utilizada no

3
sentido de “esquecimento” por parte da autora, já que é antecedida pela negativa: “não
recordo” e essa mesma ideia é preservada por meio da substituição de outra forma
verbal: “lembro”, mantendo a negativa: “não lembro”.

8. A substituição da locução “todo o reino”, destacada no segundo parágrafo, por “todo


reino” preservaria os sentidos e a correção gramatical do período.

Comentário:
Gabarito: errado. A substituição da locução não preservaria o sentido do período.
Observe que a locução “todo o reino”, com o artigo “o” diante do substantivo “reino”,
indica, especificamente, que é “o reino” em que a moça estava fazendo o “teste”. Ao
realizarmos a substituição sem o artigo “o” diante de “reino”, estamos ampliando a ideia
de “reino” e considerando todos os reinos do mundo – e não só aquele em que a moça
estava.

9. É correto inferir do trecho “A história de princesa de que eu mais gostava,


quando criança, não era A Bela Adormecida nem Cinderela”, que provavelmente a
autora, quando era pequena, gostasse de histórias de princesas e que tinha uma, em
especial, que ela mais gostava.

Comentário:
Gabarito: certo. A autora deixa bem claro, neste trecho, que, quando era criança, havia
Lucas Silva
uma história de princesa que ela mais gostava. Portanto, ela indica para o/a leitor/a que,
sim, ela gostava deste tipolucas-silva34@hotmail.com
de histórias, mesmo que A bela Adormecida e Cinderela não
435.824.938-81
fossem as suas favoritas. Posteriormente, a autora faz o/a leitor/a entender que a que
mais gostava era “a princesa e a ervilha”.

10. A forma verbal “traz”, destacada no primeiro parágrafo, poderia ser substituída por
apresenta, sem prejuízo da coerência e da correção gramatical do trecho.

Comentário:
Gabarito: certo. Ao realizarmos a substituição da forma verbal “traz” por outra forma
verbal, “apresenta”, veríamos que tanto a coerência, como a correção gramatical seriam
mantidas. Neste caso, ambas as formas verbais são transitivas diretas e mantém a
coerência do texto, pois preservam a ideia de que o documentário traz/apresenta/exibe
depoimentos de pessoas com deficiência visual.

Piaget, antes de se dedicar aos estudos da psicologia da aprendizagem, fazia


pesquisas sobre os moluscos dos lagos da Suíça. Os moluscos são animais fascinantes.
Dotados de corpos moles, seriam petiscos deliciosos para os seres vorazes que habitam
as profundezas das águas e há muito teriam desaparecido se não fossem dotados de
uma inteligência extraordinária. Sua inteligência se revela no artifício que inventaram
para não se tornarem comida dos gulosos: constroem conchas duras – e lindas! – que
os protegem da fome dos predadores. Ignoro detalhes da biografia de Piaget e não sei
o que o levou a abandonar seu interesse pelos moluscos e a se voltar para a psicologia
da aprendizagem dos humanos. Não sabendo, tive de imaginar. E foi imaginando que
pensei que Piaget não mudou o seu foco de interesse. Continuou interessado nos

4
moluscos. Só que passou a concentrar sua atenção num tipo específico de molusco
chamado "homem".
Se é que você não sabe, digo-lhe que muito nos parecemos com eles: nós,
homens, assim como os moluscos, somos animais de corpo mole, indefesos, soltos
numa natureza cheia de predadores. Comparados com os outros animais, nossos corpos
são totalmente inadequados à luta pela vida. Vejam os animais. Eles dispõem apenas do
seu corpo para viver. E o seu corpo lhes basta. Seus corpos são ferramentas
maravilhosas: cavam, voam, correm, orientam-se, disfarçam-se, comem, reproduzem-
se. Nós, se abandonados na natureza apenas com o nosso corpo, teríamos vida muito
curta. A natureza nos pregou uma peça: deixou-nos, como herança, um corpo molengão
e inadequado, que, sozinho, não é capaz de resolver os problemas vitais que temos de
enfrentar. Mas, como diz o ditado, "é a necessidade que faz o sapo pular". E digo: é a
necessidade que faz o homem pensar. Da nossa fraqueza surgiu a nossa força, o
pensamento. Parece-me, então, que Piaget, provocado pelos moluscos, concluiu que o
conhecimento é a concha que construímos a fim de sobreviver. O desenvolvimento do
pensamento, mais que um simples processo lógico, desenvolve-se em resposta a
desafios vitais. Sem o desafio da vida, o pensamento fica a dormir... O pensamento se
desenvolve como ferramenta para construirmos as conchas que a natureza não nos deu.
[...]
Os ditos "programas" escolares se baseiam praticamente no pressuposto de que
os conhecimentos podem ser aprendidos numa ordem lógica predeterminada. Ou seja:
ignoram que a aprendizagem só acontece em resposta aos desafios vitais que estão
Lucas Silva
acontecendo no momento da vida do estudante. Isso explicaria o fracasso das nossas
escolas. Explicaria também lucas-silva34@hotmail.com
o sofrimento dos alunos. Explicaria a sua justa recusa em
aprender. Explicaria a sua alegria 435.824.938-81
ao saber que a professora ficou doente e vai faltar...
Não há pedagogia ou didática que seja capaz de dar vida a um conhecimento morto.
Acontece, então, o esquecimento: o supostamente aprendido é esquecido. Não
por memória fraca. Esquecido porque a memória é inteligente. A memória não carrega
conhecimentos que não fazem sentido e não podem ser usados. Ela funciona como um
escorredor de macarrão. Um escorredor de macarrão tem a função de deixar passar o
inútil e guardar o útil e prazeroso. Se foi esquecido, é porque não fazia sentido. Por isso
acho inúteis os exames oficiais (inclusive os vestibulares) que se fazem para avaliar a
qualidade do ensino. Eles produzem resultados mentirosos por serem realizados no
momento em que a água ainda não escorreu. Eles só diriam a verdade se fossem feitos
muito tempo depois, depois de o esquecimento haver feito o seu trabalho. O aprendido
é aquilo que fica depois que tudo foi esquecido... Vestibulares: tanto esforço, tanto
sofrimento, tanto dinheiro, tanta violência à inteligência... O que sobra no escorredor
de macarrão, depois de transcorridos dois meses? O que restou no seu escorredor de
macarrão de tudo o que você teve de aprender? [...] Ah! Piaget! Que fizeram com o seu
saber? É preciso que os educadores voltem a aprender com os moluscos...
Rubem Alves. Sobre moluscos e homens. Folha de São Paulo, Tendências e Debates,
2002. Texto disponível em:
<https://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz1702200208.htm>. Acesso em:
14/09/2020 (com adaptações).

Julgue os itens a seguir, a respeito das ideias e das construções linguísticas do texto
apresentado.

5
11. A forma pronominal “isso”, destacada no penúltimo parágrafo do texto, não cumpre
a função sintática de sujeito e, portanto, não está se referindo a todo o conteúdo
anterior – existente no mesmo parágrafo.

Comentário:
Gabarito: errado. O pronome “isso” cumpre, sim, a função de sujeito da frase e,
portanto, retoma todo o conteúdo anterior daquele mesmo parágrafo. Para descobrir o
que ele retoma, sempre faça a pergunta para o verbo da frase em questão: “o que é que
explicaria?” e você terá a resposta: “isso”. Mas “isso”, o quê? Aí você verá que precisará,
obrigatoriamente, retomar todo o conteúdo anterior daquele parágrafo, pois o verbo
“ignoram”, da frase anterior, resgata outra expressão: “os ditos ‘programas’ escolares”.
Observe:
“Os ditos "programas" escolares se baseiam no pressuposto de que os conhecimentos
podem ser aprendidos numa ordem lógica predeterminada. Ou seja: ignoram que a
aprendizagem só acontece em resposta aos desafios vitais que estão acontecendo no
momento da vida do estudante. Isso explicaria [...]”.
Este tipo de forma pronominal (isso, essa, esse...) pode, sim, retomar mais de uma
frase, deixando o conteúdo extenso mesmo. Preste atenção nisto!

Lucas
12. Seriam mantidos os sentidos do texto casoSilva
o primeiro período do segundo parágrafo
fosse assim reescrito: Se lucas-silva34@hotmail.com
ainda não tem conhecimento, afirmo-lhe que somos muito
semelhantes a eles: nós, homens,435.824.938-81
assim como os moluscos, somos animais de corpo
mole [...].

Comentário:
Gabarito: certo. Ao fazermos a reescrita, os sentidos do texto não são alterados, pois a
ideia de que o leitor talvez ainda não saiba... não tenha conhecimento de que somos
parecidos/semelhantes a eles (aos moluscos), é preservada. Na versão original do texto,
a expressão “digo-lhe” também passa a ideia de “afirmar” algo, isto é, “assegurar” algo
para o leitor/a. Portanto, os sentidos do texto são mantidos.

13. Com o emprego da expressão “assim como”, destacada no segundo parágrafo,


estabelece-se uma relação de comparação entre ideias expressas no período.

Comentário:
Gabarito: certo. A expressão “assim como”, em destaque no segundo parágrafo,
cumpre uma função comparativa. Ela é registrada com a intenção de comparar o ser
humano com os moluscos.

6
14. Conclui-se do texto que, o que foi aprendido fica guardado na memória, pois o que
já foi esquecido não fez sentido algum. Neste sentido, o autor se preocupa, pois até o
saber ensinado por Piaget foi esquecido.

Comentário:
Gabarito: errado. O autor do texto não afirma que o saber de Piaget foi esquecido, ele
apenas questiona o que fizeram com o saber de Piaget. Ao questionar-se, dá a entender
que este saber ainda circula por aí, mas que pode estar sendo mal utilizado ou mesmo
mal compreendido, tendo em vista que ele afirma: “é preciso que os educadores voltem
a aprender com os moluscos”.

15. Caso o advérbio “praticamente”, destacado no terceiro parágrafo, fosse isolado por
vírgulas, a correção gramatical do trecho seria alterada.

Comentário:
Gabarito: errado. A correção gramatical não seria alterada, pois “praticamente”
permanece com a mesma classe gramatical: um advérbio. O que sofre alteração é o
próprio sentido, mas a afirmativa não explora isso.

Lucas Silva
16. No trecho “Ignoro detalhes da biografia de Piaget e não sei o que o levou a
lucas-silva34@hotmail.com
abandonar seu interesse pelos moluscos”, o sujeito das formas verbais “ignoro” e “sei”,
435.824.938-81
em destaque, é o/a próprio/a leitor/a do texto.

Comentário:
Gabarito: errado. O sujeito das formas verbais “ignoro” e “sei” não é o/a leitor/a. Na
verdade, o sujeito é o próprio autor do texto, Rubem Alves.

17. A afirmação de que “o pensamento fica a dormir...”, contradiz a ideia de que o


pensamento “desenvolve-se em resposta a desafios vitais”, em destaque no
segundo parágrafo do texto.

Comentário:
Gabarito: errado. Tal afirmação não contradiz a ideia de que o pensamento
“desenvolve-se em resposta a desafios vitais”, pois devemos atentar para outra ideia
fundamental registrada no texto: “sem o desafio da vida...”. Portanto, esta última ideia
é a que vale para compreendermos a afirmativa de que o “pensamento fica a dormir”.
Deste modo, a afirmação “sem o desafio da vida...” é a solução para que o pensamento
não fique “inerte”, “dormindo”.

18. A repetição do verbo “explicaria”, em destaque no penúltimo parágrafo, serve para


reforçar, enfatizar, ou seja, dar relevância ao sentido das orações em que se ele insere.

7
Comentário:
Gabarito: certo. O autor construiu três frases independentes em que traz a repetição
deste verbo, a fim de dar relevo, destaque para a causa maior: o fracasso escolar, da
qual se ramificam as outras três frases.

19. O vocábulo “Esquecido”, em destaque no penúltimo parágrafo, refere-se a “o


supostamente aprendido”, também destacado no penúltimo parágrafo.

Comentário:
Gabarito: certo. O vocábulo “Esquecido”, na verdade, está registrado sem o seu sujeito
elíptico. Denominamos de sujeito elíptico, justamente porque o/a leitor/a consegue
recuperar este sujeito no contexto do texto. Daí deriva a referência do vocábulo
“Esquecido”, em destaque, pois faz referência ao seu sujeito: “o supostamente
aprendido”.

20. Infere-se que o autor do texto não gosta do saber de Piaget.

Comentário:
Lucas Silva
Gabarito: errado. O autor do texto recorre o tempo todo ao saber de Piaget,
lucas-silva34@hotmail.com
principalmente no que diz respeito ao estudo que Piaget, o biólogo, fez com os
435.824.938-81
moluscos.

RLM
Julgue o item abaixo, relativo a sistemas numéricos e sistema legal de medidas.

21. Se A = 1,565656... e B = 0,232323..., então A + B = 178/99.

Gabarito: certo.

Inicialmente precisamos determinar a fração geratriz de cada dízima periódica


apresentada. Para isso, vamos utilizar o método da multiplicação de potências de 10!

Primeiro chamamos o número original de A: A = 1,565656...

Agora multiplicamos cada lado por tantas potências de 10 quantos forem os algarismos
do período, a fim de andarmos com a vírgula. Nesse caso, como o período é composto
por dois números (5 e 6), vamos multiplicar por 100.

100A = 156,5656...

Em seguida, subtraímos as duas quantias acima:

100A – A = 156,5656... − 1,5656... => 99A = 155 => A= 155/99

8
Seguindo o mesmo raciocínio, temos:

B = 0,2323... Vamos multiplicar por 100:

100B = 23,2323...

Subtraindo as duas quantias:

100B – B = 23,2323.... – 0,2323... => 99B = 23 => B=23/99

Voltando ao enunciado, percebemos que o nosso objetivo consiste em encontrar a


soma entre A e B.

Logo: A + B = 155/99 + 23/99 = 178/99

Com base no gráfico abaixo, julgue o item a seguir:

Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81

22. A área do retângulo hachurado é igual a log16.

Gabarito: correto.
A base do retângulo é 8 - 4 = 4
A Altura é log 8 -log 4 (aplica-se a propriedade do quociente) => log 8/4 = log2
Como a área é o produto da base pela altura...
Área = 4.log 2 (aplica-se a propriedade da potência)
Área = log 2⁴ = log 16

Para resolver a próxima questão, considere a seguinte tabela, referente ao número de


passageiros transportados por um veículo táxi-lotação, em 8 viagens realizadas, num
determinado dia, na linha Sul, na cidade Delta:

9
23. Os valores da moda e da mediana do número de passageiros transportados
nas oito viagens, são respectivamente: 20 e 19.

Gabarito: correto.
Moda para dados não agrupados: é a medida que ocorre o maior número de vezes.
Neste caso, é o 20, que aparece 2 vezes.
Mediana para dados não agrupados: colocam-se todos os elementos do conjunto
em ordem crescente.
[15, 16, 17, 18, 20, 20, 22, 23]
Neste caso, a mediana está entre o 4ºLucas
e o 5º Silva
elementos da série. Devemos, portanto,
lucas-silva34@hotmail.com
fazer a média aritmética simples desses dois elementos.
Média = (18+20) / 2 = 19 435.824.938-81

24. Com 100 sacos de farinha, de 60 kg cada um, podem-se fazer 300 sacos de pães
com 20 kg cada um. Dessa forma, precisaremos de mais de 17.000 quilogramas de
farinha para produzir 120 sacos de pães, pesando 80 kg cada um.

Gabarito: errado.

Responda as questões a seguir com base no texto abaixo:

Dez policiais rodoviários federais – dois da classe especial, dois da primeira classe, dois
da segunda classe e quatro da terceira classe – foram designados para
cumprir mandado de busca e apreensão em duas
localidades próximas à superintendência regional.

10
O grupo será dividido em duas equipes. Para tanto, exige-se que cada uma seja
composta, necessariamente, por um PRF da classe especial, um da primeira classe, um
da segunda classe e dois da terceira classe.

25. Se todos os policiais em questão estiverem habilitados a dirigir, então,


formadas as equipes, a quantidade de maneiras distintas de se organizar uma
equipe dentro de um veículo com cinco lugares – motorista e mais quatro
passageiros – será superior a 120.

Gabarito: errado.

Temos 5 lugares no carro para preencher com 5


pessoas. Pelo princípio fundamental da contagem, o número de possibilidades é
dado por 5x4x3x2x1 = 120. Este número é igual a 120, tornando o item errado.

26. Há mais de 60 maneiras diferentes de compor as referidas equipes.

Gabarito: errado. Precisamos escolher 1 da classe especial dos 2 disponíveis, 1 da


primeira classe dos 2 disponíveis, 1Lucas
da segunda
Silvaclasse dentre os 2 disponíveis e 2 da
terceira classe, dentre os lucas-silva34@hotmail.com
4 disponíveis. Como a ordem de escolha não importa,
usamos a fórmula da combinação.435.824.938-81
Logo, o total de maneiras de compor as equipes é
dado por: C(2,1)xC(2,1)xC(2,1)xC(4,2) = 2x2x2x6 = 48. Este número é inferior a 60,
tornando o item ERRADO.

Considerando que, em determinado dia, a quantidade de homens e mulheres, em um


shopping center, entre 10 h e 20 h, seja dada, respectivamente, pelas expressões y
= 5t + 200 e x = 3t + 234, em que t seja a hora correspondente, julgue os itens
que se seguem.

27. A cada hora, a quantidade de homens aumenta 2 unidades a mais do que a


quantidade de mulheres.

Gabarito: certo.

Vejamos as quantidades de homens e mulheres em t = 10 horas e também 1 hora depois,


isto é, t = 11 horas:

y = 5t + 200 = 5.10 + 200 = 250 homens às 10 horas

x = 3t + 234 = 3.10 + 234 = 264 mulheres às 10 horas

y = 5t + 200 = 5.11 + 200 = 255 homens às 11 horas

11
x = 3t + 234 = 3.11 + 234 = 267 mulheres às 11 horas

Portanto, o número de homens aumentou em 5 unidades e o de mulheres em


3 unidades. Logo, os homens aumentam em duas unidades a mais do que as mulheres.

28. A quantidade de pessoas no shopping center, às 10h, é superior à quantidade de


pessoas às 20h.

Gabarito: errado.
y = 5t + 200 = 5.10 + 200 = 250 homens às 10 horas

x = 3t + 234 = 3.10 + 234 = 264 mulheres às 10 horas

y = 5t + 200 = 5.20 + 200 = 300 homens às 20 horas

x = 3t + 234 = 3.20 + 234 = 294 mulheres às 20 horas

INFORMÁTICA

Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
29. Julgue o item subsequente, a respeito de conceitos e modos de utilização de
435.824.938-81
tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet.

Um dos conceitos básicos de rede de computadores aplicado na Internet e na Intranet


é o protocolo da Internet - endereço IP. Cada computador tem um endereço IP, que
consiste em um número de 32 bits escrito com 4 octetos na forma decimal, como por
exemplo: 128.265.124.205.

Gabarito: errado. IP (Internet Protocol) - em toda e qualquer rede, cada elemento


precisa ter uma identificação única, que não se repita, para que ele seja encontrado na
rede. O IP é o protocolo responsável pelo gerenciamento de endereços da Internet,
permitindo a localização dos computadores na Internet. Em cada uma das partes, o
número deve estar no intervalo 0 a 255, e as partes são separadas umas das outras por
pontos, para que o endereço seja válido na Internet.
Um endereço IPv4 tem que ter exatamente quatro partes, e em cada uma delas o valor
pode ser no máximo 255. Os caracteres 128.265.124.205 exprimem quatro partes, e um
valor excede 255.

30. A utilização de relógios, com sensores, e conexão à internet diz respeito ao que se
chama de internet das coisas.

Gabarito: correto. Internet das coisas pode ser conceituada como rede de objetos
físicos capaz de se reunir e de transmitir dados.

12
31. O conceito de “big data” diz respeito a uma capacidade de lidar com grande volume
de dados, em alta velocidade, a fim de se atingir uma finalidade. Ao se estudar tal
conceito, nos deparamos com a ideia de “5 V’s”, dentre os quais temos a ideia de
“vigilante”.

Gabarito: errado. Nos 5 V’s do big data, temos: valor, volume, velocidade, variedade e
ceracidade.

32. No que diz respeito à computação em nuvem, julgue o item subsecutivo.

Uma das formas de trabalho com este recurso é aquele em que o software é oferecido
como serviço e o usuário não precisa adquirir licenças de uso para instalação nem
mesmo comprar computadores ou servidores para executá-lo. Nessa modalidade, no
máximo, paga-se um valor periódico, - como se fosse uma assinatura - somente pelos
recursos utilizados e/ou pelo tempo de uso. Esse tipo de serviço é conhecido pela sigla
SAAS.

Gabarito: correto.
SaaS = É aquilo que aparece na nossa tela, próximos do usuário, como o Skydrive (agora
OneDrive), GoogleDrive, Google Docs, Office Online, Office 365. SaaS começa com S; S
Lucas Silva
de Software. Software que traduzindo teremos a palavra programas ou aplicativos ou
aplicações ou Serviços. lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
PaaS = São Plataformas e banco de dados que programadores usam para
criar/desenvolver programas. Exemplo: uma grande rede de hospitais precisa criar uma
folha de ponto online que roda na nuvem e precisa contratar um programador. Esse
programador vai usar o Windows Azure, um PaaS, para criar esse sistema de folha de
ponto online.

IaaS = É a parte física da computação em nuvem, que engloba os data centers e


servidores onde ficam salvos todos os dados em grandes salas com grandes estantes
que terão computadores para salvar os dados. IaaS = Infraestrutura.

Portanto, a questão fala que o SOFTWARE é oferecido como SERVIÇO. Logo, é um SAAS.

33. Acerca da proteção e segurança da informação, julgue o seguinte item.

Spear Phishing é o phishing que usa mensagens de texto em celulares. Os criminosos


se passam por uma fonte legítima na tentativa de ganhar a confiança da vítima.

Gabarito: errado.

SMISHING é um ataque do tipo phishing e seu nome é a junção de SMS + PHISHING. Os


criminosos enviam um SMS com caráter de urgência para a vítima. Essa mensagem

13
solicita a realização de algum tipo de ação, como ligar para um número de telefone ou
acessar um link falso.

SPEAR PHISHING é um ataque de phishing altamente direcionado. Embora o phishing e


o spear phishing usem e-mails para alcançar as vítimas, o spear phishing envia e-mails
PERSONALIZADOS a uma pessoa específica. O ataque escolhe a vítima nas redes sociais
e começa a observar os seus hábitos de postagens. Exemplos de hábitos de um usuário
que está sendo espionado: compartilhar alimentação saudável com seus seguidores. Um
e-mail sobre alimentação saudável é enviado para ele, e convida-o a ser ativo na busca
pela alimentação saudável com NOVIDADES através de LINKS MALICIOSOS.

34. Julgue o item subsequente, a respeito de conceitos e modos de utilização de


tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet.
Um usuário da internet está realizando uma busca sobre concursos PRF que
aconteceram entre os anos de 2013 e 2019 utilizando o site de busca Google. Para
restringir e otimizar a busca para apresentar apenas os resultados que atendem ao
desejado, ele deve inserir o seguinte texto de busca: concursos PRF 2013..2019.
Gabarito: correto.
".." permite ver resultados contidos em um intervalo numérico, no caso, valores
contidos entre 2013 e 2019, além das palavras concursos PRF.
Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
FÍSICA
435.824.938-81
Dois automóveis de 1000 kg movem-se, no mesmo sentido, a 90 km/h, em uma rodovia,
alinhados com uma distância de 30 m um em relação ao outro. Sabe-se que o coeficiente
de atrito dinâmico entre os pneus do carro é 0,8, o tempo de reação médio do ser
humano igual a 0,2 s e à aceleração da gravidade igual a 9,8 m/s². A partir das
informações julgue as proposições a seguir:

35. A força resultante no processo de frenagem do automóvel na pista da rodovia é a


força de atrito dinâmico.

Gabarito: correto. Na análise horizontal das forças que atuam no automóvel, a única
força que atuará no veículo em um processo de frenagem é a força de atrito dinâmico
entre os pneus e o asfalto da rodovia.

36. A desaceleração do automóvel durante a frenagem é de 8 m/s².

Gabarito: errado. Para o cálculo da aceleração consideramos a segunda lei de newton,


Fr=ma, sabendo que a força resultante é à força de atrito dinâmico, temos ma = - N ⇒
a=- mgm ⇒ a= - g = - 7,84 m/s².

14
37. Se o automóvel mais à frente frear bruscamente, ocorrerá a colisão entre os dois,
pois o carro mais atrás necessita de uma distância de aproximadamente de 44,9 m para
uma parada completa.

Gabarito: correto. Para determinar a distância percorrida por um automóvel, é


necessário determinar à distância percorrida durante o tempo de reação do motorista
e à distância percorrida após o acionamento dos freios, logo
D=dreação+dfrenagem=vtreação+vf2-vi2÷(2⋅a) =25⋅0,2+(0-625)÷(2⋅-7,84)≈44,9 m

Um automóvel de 1200 kg em uma pista plana e horizontal realiza uma curva de raio
100 m com uma velocidade de 72 km/h. Considerando a aceleração da gravidade igual
a 9,8 m/s² e o coeficiente de atrito estático entre os pneus do carro e o asfalto igual a
0,9 julgue os itens a seguir:

38. A aceleração centrípeta do veículo na curva é superior a 50 % da aceleração da


gravidade.
Gabarito: errado. A aceleração centrípeta da curva é calculada pela equação aCP=
v2R=20²100=4 m/s².Para comparar com a aceleração da gravidade calculamos
49,8100% =40,8%. Logo ela é inferior a 50 % da aceleração gravitacional.

39. A energia cinética do automóvel vale 240 kJ.


Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Gabarito: correto. A energia cinética do automóvel é calculada pela equação EC =
12mv2=121200∙20²=240000 J = 240 435.824.938-81
kJ.

40. Com esta velocidade o automóvel sofrerá uma derrapagem na curva, pois a força
resultante no automóvel é superior à força de atrito estático máximo da mesma.

Gabarito: errado. Para ocorrer a derrapagem em uma curva a força resultante


centrípeta do automóvel na curva deve ser maior que a força de atrito estático máximo
do automóvel na mesma. Calculando a força resultante temos FRcp=1200 ∙4=4800 N,
calculando a força de atrito estático máximo temos fe máx=N=0,9∙1200∙9,8 =10584 N.
Logo, FRCP<fe máx, não ocorrendo a derrapagem do automóvel.

ÉTICA E CIDADANIA

41. É dever do servidor público participar dos movimentos e estudos que se relacionem
com a melhoria do exercício de suas funções, tendo por escopo a realização do bem
comum;
Gabarito: correto. Dos Principais Deveres do Servidor Público, Item XIV, letra o.

15
42. A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de Ética é a de censura e sua
fundamentação constará do respectivo parecer, assinado pelo seu presidente,
independente da ciência do faltoso.
Gabarito: errado. Decreto 1171/94. Capítulo II. Das Comissões de Ética, Item XXII. O
parecer é assinado por todos os integrantes da comissão de ética; além disso, requer a
ciência do faltoso.

Julgue os itens a seguir com base no Decreto 9.203/2017 e Decreto 6.029/2007.

43. A transparência constitui um princípio da governança pública. Tal princípio resta


evidenciado na seguinte diretriz: promover a comunicação aberta, voluntária e
transparente das atividades e dos resultados da organização, de maneira a fortalecer o
acesso público à informação.

Gabarito: correto, conforme art. 3º e 4º do Decreto n.º 9.203/2017

44. Cada Comissão de Ética de que trata o Decreto no 1171, de 1994,


será integrada por três membros titulares e um suplente, escolhidos entre servidores e
empregados do seu quadro permanente, e designados pelo dirigente máximo da
respectiva entidade ou órgão, para mandatos coincidentes de três anos.
Lucas Silva
Gabarito: errado. Segundo o Decreto n.º 6.029/2007, cada Comissão de Ética de que
lucas-silva34@hotmail.com
trata o Decreto no 1171, de 1994, será integrada por três membros titulares e três
435.824.938-81
suplentes, escolhidos entre servidores e empregados do seu quadro permanente, e
designados pelo dirigente máximo da respectiva entidade ou órgão, para mandatos não
coincidentes de três anos.

45. Situação hipotética: José, por meio de um convênio, exerce trabalho voluntário junto
à PRF, ficando com a responsabilidade de auxiliar na educação para um trânsito mais
seguro, ministrando palestras e distribuindo panfletos educativos. Assertiva: caso José
cometa um ato contrário ao Código de Ética dos servidores Públicos, ele não estará
sujeito à comissão de ética, já que não é considerado agente público.

Gabarito: errado. Conforme o Decreto n.º 6.029/2007, entende-se por agente público,
para os fins do mencionado Decreto, todo aquele que, por força de lei, contrato ou
qualquer ato jurídico, preste serviços de natureza permanente, temporária, excepcional
ou eventual, ainda que sem retribuição financeira, a órgão ou entidade da administração
pública federal, direta e indireta. Desse modo, José também estará sujeito à Comissão
de Ética.

GEOPOLÍTICA
A respeito da organização do Estado Brasileiro, julgue os itens a seguir.

16
46. O Brasil pode ser considerado uma confederação, uma vez que sua organização
político-administrativa está constituída dessa maneira.

Gabarito: errado. O Brasil tem a forma de uma federação. Na federação brasileira, os


Estados-Membros não possuem soberania, ao contrário do que ocorre em uma
Confederação.

47. Sobre a divisão política atual do território brasileiro é correto afirmar que o Brasil é
uma República Federativa formada por 26 Estados e o Distrito Federal.

Gabarito: correto. O Brasil constitui uma República Federativa formada por 26 Estados,
além do Distrito Federal.

Sobre a estrutura de transportes no Brasil e de produção, julgue os itens a seguir.

48. O território brasileiro apresenta infraestrutura rodoviária completamente


articulada, o que facilita o escoamento da produção de serviços no comércio
internacional.

Gabarito: errado. O erro da questão está na expressão “completamente articulada”.


Há regiões no território que não estão articuladas, sobretudo na região norte.
Lucas Silva
49. O Brasil depende significativamente do transporte rodoviário para execução de sua
lucas-silva34@hotmail.com
logística mercadológica interna.
435.824.938-81
Gabarito: correto. Há predomínio do transporte rodoviário, tanto em relação a
passageiros quanto à carga.

50. A divisão territorial do trabalho existente em regiões produtivas do agronegócio é


organizada em dois circuitos da economia local: o circuito superior, comandado pelas
empresas e produtores hegemônicos do agronegócio, e o circuito inferior, formado a
partir da agricultura camponesa não integrada diretamente à agricultura tecnificada.

Gabarito: correto. Trata-se de duas faces da moeda: uma face mais técnica, com
tecnologia, e outra ligada aos camponeses, com forma de trabalho mais rudimentar.

17
LÍNGUA ESTRANGEIRA: ESPANHOL

51. La expresión “por lo tanto” (l.13) es sinónima de por tanto.


Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Gabarito: correto. São expressões que podem ser utilizadas como sinônimos, no
contexto da assertiva. 435.824.938-81

52. El término “uno” (l.1) fue empleado como numeral.


Gabarito: errado. “Uno” não foi utilizada como numeral, mas como recurso de
impessoalidade para o texto.

53. El comercio internacional en los días de hoy ha incluido otros temas, como el de
medio ambiente.

Gabarito: correto. A resposta é encontrada no seguinte trecho: " El medio ambiente y


el comercio internacional es un tema relativamente nuevo de agenda comercial."

54. Según las ideas del texto, la fragmentación de los procesos de producción y su
distribución en algunos países produjeron un auge en el crecimiento del comercio de
servicios.

Gabarito: correto. A resposta é encontrada no penúltimo parágrafo.

55. Según las ideas del texto, el comercio internacional ejerce un papel fundamental en
el crecimiento económico y el desarrollo, mas no en la reducción de la pobreza.

Gabarito: errado. A resposta está nas linhas 12-13 do texto.

18
LÍNGUA ESTRANGEIRA: INGLÊS

Auditors must avail themselves of professional judgment in planning and conducting the
engagement and in reporting the results.
Professional judgment entails exercising reasonable care and professional skepticism.
The former comprises acting diligently in compliance with applicable professional
standards and ethical principles. The latter requires a questioning mind, awareness of
conditions that may indicate possible misstatement owing to error or fraud, and a critical
assessment of evidence. Professional skepticism includes being alert to, for example,
evidence that contradicts other evidence obtained or information that brings into
question the reliability of documents or responses to inquiries to be used as evidence.
Further, it includes a mindset in which auditors assume that management is neither
dishonest nor of unquestioned honesty. Auditors may accept records and documents as
genuine unless they have reason to believe otherwise. Auditors may consider
documenting procedures undertaken to support their application of professional
skepticism in highly judgmental or subjective areas under audit.
Government auditing standards.
2018 (Revision). Comptroller General of the USA (adapted).

51. In the text above, the passage “The former comprises acting diligently” equivalent
to: Professional skepticism involves behaving in good faith.
Lucas Silva
Gabarito: errado. Agir diligentemente não é equivalente a agir de boa-fé.
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
52. In the text above, the passage “information that brings into question the reliability
of documents” can be correctly expressed as: data collected in order to clear doubts
about documents.

Gabarito: errado. Questionar é diferente de esclarecer.

“Multivitamins fail to prevent heart problems


Physicians’ Health Study II found that men who took multivitamins lowered their cancer
risk.
Dashing the hopes of those who hope to pop a pill to prevent heart disease, doctors
announced Monday that daily multivitamins don’t stave off cardiovascular problems,
such as heart attacks, stroke or death. The findings come from the only large-scale, long-
term trial of its kind, called the Physicians’ Health Study II.
“Vitamin supplements will never be a substitute for a healthy diet,” says study co-author
JoAnn Manson, chief of preventive medicine at Boston’s Brigham and Women’s Hospital
and a professor at Harvard Medical School.
The new study, which followed 14,661 male doctors for more than 11 years, had slightly
more positive results for cancer. That part of the study, published last month, found that
men who took multivitamins lowered their risk of cancer by 8%.
As an industry, dietary supplements have grown from $4 billion a year in 1994 to nearly
$24 billion in 2008, according to the editorial. Because regulation of dietary supplements
is less strict than for other drugs, makers of these pills are often able to make
exaggerated claims about their benefits, with little to no evidence to back them up.

19
Recent studies have largely failed to find much benefit from dietary supplements,
however, whether taken as a single vitamin or multivitamin. High doses of vitamin E,
vitamin C, betacarotene, selenium and B vitamins all failed to prevent cancer, according
to carefully done studies. Studies of high-dose vitamin E have found that it actually
increased the risk of stroke and prostate cancer.”
Internet: <www.usatoday.com> (adapted).

Based on the text above, judge the items below.

53. The findings of the research corroborate with the belief that pills cannot replace
healthy eating habits.

Gabarito: correto. A Resposta pode ser encontrada no trecho a seguir: “Vitamin


supplements will never be a substitute for a healthy diet,” says study co-author JoAnn
Manson, chief of preventive medicine at Boston’s Brigham and Women’s Hospital and a
professor at Harvard Medical School.

54. The Physician’s Health Study II was unique because it involved more than 14,000
researchers.

Gabarito: errado. 14.000 não é o número de pesquisadores, mas sim o número de


pessoas que tomaram as vitaminas.
Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
55. The results of the studies of vitamin E are yet inconclusive, as it is indicated by the
use of the verb form “have found”.435.824.938-81

Gabarito: errado, pois os resultados são conclusivos (ao contrário do que afirma a
assertiva).

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO

Julgue os itens que se seguem, à luz do Código de Trânsito Brasileiro.


56. Transitada em julgado a sentença condenatória, o réu será intimado a entregar à
autoridade judiciária, em vinte e quatro horas, a Permissão para Dirigir ou a Carteira de
Habilitação.

Gabarito: errado. O prazo é de 48h:


Art. 293. A penalidade de suspensão ou de proibição de se obter a permissão ou a
habilitação, para dirigir veículo automotor, tem a duração de dois meses a cinco anos.
§ 1º Transitada em julgado a sentença condenatória, o réu será intimado a entregar à
autoridade judiciária, em quarenta e oito horas, a Permissão para Dirigir ou a Carteira
de Habilitação

20
57. Em qualquer fase da investigação ou da ação penal, havendo necessidade para a
garantia da ordem pública, poderá o juiz, como medida cautelar, de ofício, ou a
requerimento do Ministério Público ou ainda mediante representação da autoridade
policial, decretar, em decisão motivada, a suspensão da permissão ou da habilitação
para dirigir veículo automotor, ou a proibição de sua obtenção. Da decisão que decretar
a suspensão ou a medida cautelar, ou da que indeferir o requerimento do Ministério
Público, caberá recurso em sentido estrito, com efeito suspensivo.

Gabarito: errado. Não cabe efeito suspensivo (art. 294 do CTB).

Com base na situação hipotética, julgue os itens que se segue.

Situação hipotética: Simão praticou lesão corporal culposa enquanto conduzia veículo
automotor. Além de ter dirigido com a capacidade psicomotora alterada em razão da
ingestão de bebida alcoólica, o condutor apresentou carteira de habilitação vencida.

58. Nessa situação, segundo entendimento do STJ, Simão responderá pelos delitos de
embriaguez ao volante e de lesão corporal na condução de veículo automotor, devendo
incidir, ainda, a causa de aumento de pena, por ter conduzido veículo automotor com a
carteira de habilitação vencida.

Lucas
Gabarito: errado. As causas de aumento Silvaestão previstas no art. 302 §1º CTB:
de pena
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
I - não possuir Permissão para Dirigir ou Carteira de Habilitação; (Muito cuidado, pois
não possuir é diferente de possuir e estar vencida!! CNH Vencida não existe causa de
aumento de pena.
II - praticá-lo em faixa de pedestres ou na calçada;
III - deixar de prestar socorro, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à vítima do
acidente;
IV - no exercício de sua profissão ou atividade, estiver conduzindo veículo de transporte
de passageiros.

ENTENDIMENTO DO STJ (HC 226.128/TO, Rel. Ministro ROGERIO SCHIETTI CRUZ, SEXTA
TURMA, julgado em 07/04/2016, DJe 20/04/2016) - “O fato de o condutor estar com a
CNH vencida não se enquadra na causa de aumento do inciso I do § 1º do art. 302 do
CTB.”

Situação hipotética: Pedro, mesmo sabendo que seu amigo Jaime se encontrava
embriagado e com a CNH vencida, entregou-lhe a condução de seu veículo automotor.
Jaime, tão logo assumiu a direção do veículo, provocou um acidente de trânsito que
causou lesões corporais em Maria.

59. Pedro responderá pelo crime de entrega da direção de veículo automotor a pessoa
sem condições de conduzi-lo com segurança, o qual se teria configurado ainda que não
tivesse sido demonstrado o perigo concreto de dano a terceiros.

21
Gabarito: correto.

Pedro -> responderá pelo crime do artigo 310 do CTB.

Jaime -> responderá por lesão corporal culposa (303) + não terá os benefícios da Lei
9.099/95 por estar embriagado (fulcro artigo 291, § 1º, I).

Art. 291, § 1º. Aplica-se aos crimes de trânsito de lesão corporal culposa o disposto nos
arts. 74, 76 e 88 da Lei no 9.099, de 26 de setembro de 1995, exceto se o agente estiver:
I- sob a influência de álcool ou qualquer outra substância psicoativa que determine
dependência;

Sobre a questão:

Art. 310 do CTB e Súmula 575-STJ: “Constitui crime a conduta de permitir, confiar ou
entregar a direção de veículo automotor a pessoa que não seja habilitada, ou que se
encontre em qualquer das situações previstas no art. 310 do CTB, independentemente
da ocorrência de lesão ou de perigo de dano concreto na condução do veículo (crime de
perigo abstrato).”

Lucas
60. Jaime responderá pelo delito de lesãoSilva
corporal culposa na direção de veículo
lucas-silva34@hotmail.com
automotor, mesmo que Maria não ofereça representação.
435.824.938-81
Gabarito: correto. No caso em tela a ação penal é pública incondicionada, ainda que
gere lesão leve.

Art. 291. Aos crimes cometidos na direção de veículos automotores, previstos neste
Código, aplicam-se as normas gerais do Código Penal e do Código de Processo Penal, se
este Capítulo não dispuser de modo diverso, bem como a Lei nº 9.099, de 26 de
setembro de 1995, no que couber.
1º Aplica-se aos crimes de trânsito de lesão corporal culposa o disposto nos arts. 74, 76
e 88 da Lei no 9.099, de 26 de setembro de 1995, exceto se o agente estiver:
I - sob a influência de álcool ou qualquer outra substância psicoativa que determine
dependência;
II - participando, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística, de
exibição ou demonstração de perícia em manobra de veículo automotor, não autorizada
pela autoridade competente;
III - transitando em velocidade superior à máxima permitida para a via em 50 km/h
(cinquenta quilômetros por hora).

61. Para que Jaime responda pelo delito de embriaguez ao volante, é imprescindível a
aferição de concentração de álcool por litro de sangue superior ao limite permitido pela
lei, por se tratar de circunstância objetiva elementar do tipo penal em questão.

Gabarito: errado. Não só esses exames, mas a verificação da embriaguez poderá ser
obtida mediante teste de alcoolemia ou toxicológico, exame clínico, perícia, vídeo, prova

22
testemunhal ou outros meios de prova em direito admitidos, observado o direito à
contraprova.

Situação hipotética: dois motoristas, Pedro e José, foram levados à central de flagrantes
da polícia civil após terem sido parados em uma blitz no trânsito. Segundo a polícia civil,
Pedro, de trinta e dois anos de idade, foi submetido ao teste do bafômetro, durante a
blitz, e o resultado mostrou 0,68 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele pagou
fiança e deverá responder em liberdade por crime de trânsito. Conforme os policiais,
José, de vinte e dois anos de idade, se recusou a submeter-se ao teste do bafômetro,
mas o médico legista do Instituto Médico Legal (IML) que o examinou comprovou
alteração da capacidade psicomotora em razão do consumo de substância psicoativa
que determina dependência. José também pagou fiança para ser liberado.

62. No caso em tela, José cometeu infração administrativa, mas não crime, ao se recusar
a fazer o teste do etilômetro.

Gabarito: correto. Atenção com essa questão, ela pergunta se o ato de se recusar é
infração administrativa ou crime. É Infração administrativa (artigo 165-A) – Questões
CESPE = Interpretação + Conhecimento
Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
63. Com base no Código de Trânsito Brasileiro, caso José tivesse aceitado fazer o teste
do bafômetro, seria configurado 435.824.938-81
crime se o teste detectasse concentração igual ou
superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual ou superior a 0,3 miligrama
de álcool por litro de ar alveolar.

Gabarito: correto. Muita cautela ao ler questões do CESPE, aqui ele pede com base no
CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO, questão CORRETA.

Art. 306. Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão
da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência:

Penas - detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se


obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

§ 1º As condutas previstas no caput serão constatadas por:

I - concentração igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue ou igual


ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar;

64. Trafegar em velocidade incompatível com a segurança nas proximidades de escolas,


hospitais, estações de embarque e desembarque de passageiros, logradouros estreitos,
ou onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas é crime, ainda que
esses locais estejam vazios e sem pessoas por perto.

23
Gabarito: errado. Trata-se de um crime de perigo CONCRETO – há necessidade de gerar
perigo de dano.

CTB Art. 311. Trafegar em velocidade incompatível com a segurança nas proximidades
de escolas, hospitais, estações de embarque e desembarque de passageiros,
logradouros estreitos, ou onde haja grande movimentação ou concentração de pessoas,
gerando perigo de dano:
Penas - detenção, de seis meses a um ano, ou multa.

Em cada um dos itens que se seguem, é apresentada uma situação hipotética relativa a
infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro, seguida de uma assertiva a ser
julgada.

65. Antes de iniciar qualquer manobra que implique um deslocamento lateral, o


condutor deverá indicar seu propósito de forma clara e com a devida antecedência, por
meio da luz indicadora de direção de seu veículo, ou fazendo gesto convencional de
braço.

Gabarito: correto. Artigo 35 do CTB - Antes de iniciar qualquer manobra que implique
um deslocamento lateral, o condutor deverá indicar seu propósito de forma clara e com
a devida antecedência, por meio da luz indicadora de direção de seu veículo, ou fazendo
gesto convencional de braço. Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
66. O candidato, para habilitar-se à condução de veículo automotor, deverá se submeter
aos exames de aptidão física e mental, de legislação de trânsito (escrito), de primeiros
socorros e de direção veicular, sendo o exame de direção veicular realizado no veículo
da categoria para a qual o condutor quer se habilitar.

Gabarito: correto.
Art. 147. O candidato à habilitação deverá submeter-se a exames realizados pelo órgão
executivo de trânsito, na seguinte ordem:
I - de aptidão física e mental;
II - (VETADO)
III - escrito, sobre legislação de trânsito;
IV - de noções de primeiros socorros, conforme regulamentação do CONTRAN;
V - de direção veicular, realizado na via pública, em veículo da categoria para a qual
estiver habilitando-se.

67. São requisitos para o condutor obter a Carteira de Habilitação: ter no mínimo 18
anos, saber ler e escrever e possuir carteira de Identidade ou Equivalente.

24
Gabarito: errado. Não basta ter 18 anos, o indivíduo tem que ser PENALMENTE
IMPUTÁVEL!!

Art. 140. A habilitação para conduzir veículo automotor e elétrico será apurada por
meio de exames que deverão ser realizados junto ao órgão ou entidade executivos do
Estado ou do Distrito Federal, do domicílio ou residência do candidato, ou na sede
estadual ou distrital do próprio órgão, devendo o condutor preencher os seguintes
requisitos:

I - ser penalmente imputável;

II - saber ler e escrever;

III - possuir Carteira de Identidade ou equivalente.

Situação Hipotética: João, ao verificar que a indicação do semáforo estava verde,


autorizando-o a atravessar uma via arterial, percebeu que havia uma ambulância se
aproximando, devidamente identificada, com alarme sonoro e iluminação intermitente
acionados.

68. Com base na situação hipotética, Lucas Silva


com base no CTB, João poderá atravessar a via
lucas-silva34@hotmail.com
normalmente pela faixa, visto que a prioridade referida no Código para ambulâncias
435.824.938-81
exclui a travessia de pedestres – que possuem prioridade.

Gabarito: errado.
Art. 29. O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às
seguintes normas:

(...)

VII - os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de


fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade no trânsito,
gozam de livre circulação, estacionamento e parada, quando em serviço de urgência, de
policiamento ostensivo ou de preservação da ordem pública, observadas as seguintes
disposições: (Redação dada pela Lei 14.071, de 2020)

(...)
b) os pedestres, ao ouvirem o alarme sonoro ou avistarem a luz intermitente, deverão
aguardar no passeio e somente atravessar a via quando o veículo já tiver passado pelo
local; (Redação dada pela Lei 14.071, de 2020)

69. No caso da ambulância, se ela se aproximar de um cruzamento, quem estiver a


conduzindo, deverá passar pelo cruzamento com velocidade reduzida e com os devidos
cuidados de segurança, obedecidas as demais normas do Código de Trânsito Brasileiro.

25
Gabarito: correto. Conforme art. 29, d: a prioridade de passagem na via e no
cruzamento deverá se dar com velocidade reduzida e com os devidos cuidados de
segurança, obedecidas as demais normas deste Código.

70. Compete à Polícia Rodoviária Federal, no âmbito das rodovias e estradas federais,
aplicar as penalidades de advertência por escrito e multas.

Gabarito: correto. Conforme o art. 20, III, cabe à PRF - executar a fiscalização de
trânsito, aplicar as penalidades de advertência por escrito e multa e as medidas
administrativas cabíveis, com a notificação dos infratores e a arrecadação das multas
aplicadas e dos valores provenientes de estadia e remoção de veículos, objetos e
animais e de escolta de veículos de cargas superdimensionadas ou perigosas; (Redação
dada pela Lei 14.071, de 2020).

71. Pedro conduzia seu veículo automotor na faixa da esquerda, em uma via de duas
faixas, e observou que outro condutor tinha o propósito de ultrapassá-lo, pois viu que o
condutor que vinha atrás solicitou a passagem utilizando o farol de luz baixa e alta de
forma intermitente. Diante dessa situação, por estar se deslocando pela faixa da
esquerda, Pedro deverá se deslocar para a faixa da direita acelerando a marcha, com a
finalidade de deixar livre a passagem da esquerda.
Gabarito: errado. Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Deverá se deslocar para a faixa da 435.824.938-81
direita, SEM ACELERAR A MARCHA

Art. 30. Todo condutor, ao perceber que outro que o segue tem o propósito de
ultrapassá-lo, deverá:

I - se estiver circulando pela faixa da esquerda, deslocar-se para a faixa da direita, sem
acelerar a marcha (...).

72. Nas vias urbanas, a operação de retorno deverá ser feita nos locais para isto
determinados, quer por meio de sinalização, quer pela existência de locais apropriados,
ou, ainda, em outros locais que ofereçam condições de segurança e fluidez, observadas
as características da via, do veículo, das condições meteorológicas e da movimentação
de pedestres e ciclistas.

Gabarito: correto. Literalidade do Artigo 39 do CTB: Nas vias urbanas, a operação de


retorno deverá ser feita nos locais para isto determinados, quer por meio de sinalização,
quer pela existência de locais apropriados, ou, ainda, em outros locais que ofereçam
condições de segurança e fluidez, observadas as características da via, do veículo, das
condições meteorológicas e da movimentação de pedestres e ciclistas.

73. Ana, devidamente habilitada, estava dirigindo veículo automotor com seu namorado
Antônio no banco dianteiro do passageiro. Antônio estava comendo uma banana e, ao

26
terminar, atirou a casca pela janela do veículo nas margens da rodovia. A equipe PRF
que passava pelo local flagrou tal conduta. No caso em tela, a equipe deverá lavrar o
auto de infração, pois atirar do veículo objeto e substâncias constitui infração de
trânsito.

Gabarito: correto.

Atirar objetos pelo veículo é infração:


Art. 172. Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias:
Infração - média;
Penalidade – multa

74. Antônio, caminhoneiro, transitando por uma rodovia federal seu caminhão, passou
em frente a um barracão que vendia Palmito a um preço promocional. Ao lembrar que
sua filha adora palmito, Antônio parou o seu caminhão no acostamento, ligou o pisca
alerta e desceu do veículo para comprar Palmito. Após 10 minutos, retornou ao
caminhão e percebeu que uma equipe PRF que passava pelo local havia autuado ele.
Com base na situação hipotética descrita, a equipe PRF errou ao lavrar o auto de
infração, pois não há infração nesse caso, pois o pisca-alerta estava ligado e não havia
risco para a segurança viária.

Gabarito: errado. Os acostamentos Lucas Silva


podem ser utilizados para estacionamento (que é
lucas-silva34@hotmail.com
qualquer tempo superior ao estritamente necessário para embarque e desembarque de
435.824.938-81
passageiros), desde que haja um motivo de força maior (veículo com pane mecânica,
pneu furado, por exemplo) – art. 181.

75. É permitido transitar em marcha ré, ainda que a distância de manobra seja grande.
Gabarito: errado.

Transitar em marcha à ré apenas para realizar pequenas manobras e desde que não
coloque em risco a segurança.
Art. 194. Transitar em marcha à ré, salvo na distância necessária a pequenas manobras
e de forma a não causar riscos à segurança:
Infração - grave;
Penalidade – multa

Cada um dos itens a seguir apresenta uma situação hipotética relativa a operações de
fiscalização em rodovias federais seguida de uma assertiva a ser julgada à luz do Código
de Trânsito Brasileiro (CTB) e das resoluções do Conselho Nacional de Trânsito
(CONTRAN).

76. Em uma operação de fiscalização em uma rodovia federal, durante abordagem a


um veículo automotor, o policial rodoviário federal notou que o condutor apresentava
sinais de alteração da capacidade psicomotora. Com base no CTB e nas resoluções do

27
CONTRAN, pode-se dizer que, no exame de sangue, para configuração do crime, basta
a constatação de qualquer quantidade de álcool por litro de sangue.

Gabarito: errado.

Para configurar CRIME, o exame de sangue deverá apresentar valor igual ou superior a
6 decigramas de álcool por litro de sangue. Diferentemente da infração Administrativa,
que será caracterizada por exame de sangue que apresente qualquer concentração de
álcool.
Resolução 432
Art. 6º A infração prevista no art. 165 do CTB será caracterizada por:
I – exame de sangue que apresente qualquer concentração de álcool por litro de
sangue; (...).

77. Um dos sinais que o PRF poderá observar durante a abordagem a um indivíduo
suspeito de estar embriagado, é quanto à atitude, verificando se o condutor apresenta,
por exemplo, agressividade, ironia ou dispersão.

Gabarito: correto.
Lembre-se que para o CESPE incompleto não quer dizer que está errado.

Resolução 432 Lucas Silva


lucas-silva34@hotmail.com
ANEXO II - Sinais de alteração da Capacidade Psicomotora
b. Quanto à atitude, se o condutor435.824.938-81
apresenta:
i. Agressividade;
ii. Arrogância;
iii. Exaltação;
iv. Ironia;
v. Falante;
vi. Dispersão.

Em relação à Resolução do CONTRAN n.º 04/98 e suas alterações, julgue os itens que se
segue.

78. A autorização especial para transporte de cargas e pessoas em veículos novos antes
do registro e licenciamento, com base na nota fiscal de compra e venda, terá validade
de 30 dias, contados da data de emissão, podendo ser prorrogado por igual período por
motivo de força maior.
Gabarito: errado. O prazo é de 15 dias.

79. Conforme a resolução 04/98, antes do registro e licenciamento, veículo novo,


nacional ou importado, que portar a nota fiscal de compra e venda ou documento
alfandegário poderá transitar do pátio da fábrica, indústria encarroçadora ou
concessionária, ao local onde será embarcado como carga, desde que seja transportado
por um veículo caminhão do tipo cegonha.

28
Gabarito: errado.

Não há necessidade de ser transportado por um caminhão do tipo cegonha, pode ser
qualquer transporte.

Resolução 04/98
Art. 4º. Antes do registro e licenciamento, o veículo novo, nacional ou importado que
portar a nota fiscal de compra e venda ou documento alfandegário poderá transitar:
II - do pátio da fábrica, da indústria encarroçadora ou concessionária, ao local onde vai
ser embarcado como carga, por qualquer meio de transporte;

80. Com base na Resolução 24/98 do CONTRAN , nos veículos reboques e


semirreboques, as gravações serão feitas, no mínimo, em dois pontos do chassi.
Gabarito: correto. Trata-se de previsão expressa da resolução (art. 4º).

Situação Hipotética: João, por um descuido, enquanto brincava com seu filho, acertou
um objeto no para-brisa de seu veículo automotor, causando uma trinca. Ao viajar por
uma BR, João foi abordado pela PRF.

81. Caso a trinca estivesse localizada na área


Lucas crítica de visão do condutor e tivesse
Silva
comprimento de 3 centímetros de comprimento,
lucas-silva34@hotmail.comnão há infração, pois é permitido até
3 danos no para-brisa, desde que a trinca não seja superior a 20 centímetros de
435.824.938-81
comprimento.

Gabarito: errado. Na área crítica de visão do condutor, NÃO PODERÁ haver trincas!!

Artigo 3º da Resolução 216/06


Art. 3º Na área crítica de visão do condutor e em uma faixa periférica de 2,5 centímetros
de largura das bordas externas do para-brisa não devem existir trincas e fraturas de
configuração circular, e não podem ser recuperadas.

82. Pode-se dizer que, nesse caso, a área crítica de visão do condutor é a metade
esquerda da região de varredura das palhetas do limpador de para-brisa.

Gabarito: correto.

Artigo 5º da Resolução 216/06 - Nos demais veículos automotores, a área crítica de visão
do condutor é a metade esquerda da região de varredura das palhetas do limpador de
para-brisa.

Com base nas resoluções do CONTRAN e no Manual Brasileiro de Fiscalização de


Trânsito (MBFT), julgue os itens a seguir.

29
83. O agente de trânsito, ao constatar o cometimento da infração, lavrará o respectivo
auto e aplicará as medidas administrativas cabíveis, ainda que esteja em viatura
descaracterizada.

Gabarito: errado. O veículo utilizado na fiscalização de trânsito deverá estar


caracterizado.

84. É vedada a lavratura do AIT por solicitação de terceiros, excetuando-se o caso em


que o órgão ou entidade de trânsito realize operação (comando) de fiscalização de
normas de circulação e conduta, em que um agente de trânsito constate a infração e
informe ao agente que esteja na abordagem; neste caso, o agente que constatou a
infração deverá convalidar a autuação no próprio auto de infração ou na planilha da
operação (comando), a qual deverá ser arquivada para controle e consulta.

Gabarito: correto. Trata-se de previsão expressa do cap. 4.

85. A Conforme o MBFT, as infrações simultâneas podem ser concorrentes ou


concomitantes. São concomitantes aquelas em que o cometimento de uma infração,
tem como consequência o cometimento de outra.

Gabarito: errado.
Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Aqui os conceitos foram invertidos, veja o que preconiza o MBFT:
As infrações simultâneas podem ser435.824.938-81
concorrentes ou concomitantes:
São concorrentes aquelas em que o cometimento de uma infração, tem como
consequência o cometimento de outra.
Por exemplo: ultrapassar pelo acostamento (art. 202) e transitar com o veículo pelo
acostamento (art. 193). Nestes casos o agente deverá fazer um único AIT que melhor
caracterizou a manobra observada
São concomitantes aquelas em que o cometimento de uma infração não implica no
cometimento de outra na forma do art. 266 do CTB.

Por exemplo: deixar de reduzir a velocidade do veículo de forma compatível com a


segurança do trânsito ao ultrapassar ciclista (art. 220, XIII) e não manter a distância de
1,50m ao ultrapassar bicicleta (art. 201)

DIREITO ADMINISTRATIVO

86. Tratando-se de acumulação ilegal de cargos, empregos ou funções públicas, caso o


servidor não apresente opção por um deles no prazo legal, será adotado procedimento
sumário para a sua apuração e regularização imediata.
Gabarito: correto. Artigo 133 da lei 8112/90.

30
87. Todos os atos administrativos já nascem com presunção de legitimidade, ainda que
de maneira relativa. Ou seja, os atos administrativos prescindem de norma legal que
que preveja tal condição.
Gabarito: correto. Dentre os atributos do ato administrativo, a presunção de
legitimidade está presente em todos os atos desde o seu nascimento e persiste até que
seja anulado ou tenha sua eficácia suspensa.

No tocante à Licitação, julgue os próximos itens.

88. São tipos de licitação, previstos em lei, as seguintes: concorrência, tomada de


preços, convite, concurso e leilão.
Gabarito: errado. Essas são as modalidades de licitação previstas no Artigo 22 da lei
8.666/93 Os tipos de Licitação estão previstos no artigo 45, §1º da mesma lei e são os
seguintes: a de menor preço, a de melhor técnica, a de técnica e preço e, por último, a
de maior lance ou oferta.

89. É dispensável a licitação quando houver inviabilidade de competição.


Lucas Silva
Gabarito: Errado. Artigo 25 da lei 8.666/1993. A inviabilidade de competição enseja a
inexigibilidade. lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81

Julgue o item a seguir, no tocante aos poderes administrativos.

90. O exercício do poder regulamentar permite ao chefe do poder executivo,


diretamente ou por delegação, editar normas gerais e abstratas com a finalidade de dar
a correta aplicabilidade à lei. Como exemplo da manifestação desse poder pode-se citar:
os regulamentos, as instruções, as portarias, as resoluções, dentre outros.
Gabarito: correto. O poder regulamentar encontra limite na própria lei. Sendo assim a
administração pública não pode, ao regulamentar a lei, ser contrária a ela ou exorbitar
o que ela determina. Os exemplos citados são clássicos e estão corretos.

Sobre o Decreto 8.282/14, julgue o item abaixo.

91. Para fins de progressão, exige-se a participação em eventos de capacitação, ao


passo em que na promoção é exigido o resultado satisfatório na avaliação, além do
decurso do tempo mínimo exigido.

Gabarito: errado. A exigência de participação em eventos de capacitação ocorre na


promoção.

31
DIREITO CONSTITUCIONAL
À luz da Constituição Federal de 1988, julgue os itens que se seguem, a respeito de
direitos e garantias fundamentais e da defesa do Estado e das instituições democráticas.

92. A Constituição Federal garante o direito de propriedade, contudo, exige que a


propriedade atenda a sua função social. Além disso, prevê a possibilidade de
desapropriação, cujo procedimento será estabelecido por lei.
Gabarito: correto. Essas informações estão previstas expressamente no Artigo 5º, inciso
XXII, XXIII e XIV da CF.

93. O direito de informação está expressamente previsto na Constituição Federal. O


acesso às informações provenientes de órgãos públicos, contudo, está limitada ao que
for de interesse particular do interessado ou de interesse coletivo, ressalvadas aquelas
cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado.
Gabarito: correto. Exatamente como preceitua o artigo 5º, inciso XXXIII da CF.

94. O Habeas Data é o remédio adequado para assegurar o conhecimento de


informações relativas à pessoa do impetrante,
Lucas Silvaconstantes de registros ou bancos de
dados de entidades governamentais ou de caráter público, contudo não se presta a
lucas-silva34@hotmail.com
retificação de dados.
435.824.938-81
Gabarito: errado. De acordo com o Artigo 5º, LXXII, alínea b) da CF, também é possível
realizar a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso,
judicial ou administrativo.

95. Aos Institutos Gerais de Perícia, órgãos autônomos de segurança pública


expressamente previstas na Constituição Federal compete o levantamento dos locais de
crimes, identificação de dados e vestígios de interesse da investigação além da
realização de perícia técnica.
Gabarito: errado. É muito importante conhecer os órgãos de segurança pública
previstos no Artigo 144, da CF. O STF já decidiu que a lista de órgãos de segurança
pública expressa na CF é taxativa (também conhecida como exaustiva ou numerus
clausus).

96. De acordo com a Constituição Federal, a ordem social tem como base os direitos
humanos, e como objetivo o bem-comum e a justiça social.
Gabarito: errado. Cuidado com questões “bonitinhas”, elas também podem estar
erradas. Ordem Social é tema raro nas provas da PRF, contudo já apareceu nas provas
da PF e está prevista no edital. Vale a pena dar uma lida de vez em quando para
conhecer. A questão trata do artigo 193 da CF que inaugura o Título Da Ordem Social e

32
diz o seguinte: “A ordem social tem como base o primado do trabalho, e como objetivo
o bem-estar e a justiça sociais.”.

97. Compete privativamente ao Presidente da República conceder indulto, não podendo


delegar tal atribuição.

Gabarito: errado. Conforme parágrafo único do art. 84 da CF: “O Presidente da


República poderá delegar as atribuições mencionadas nos incisos VI, XII (este trata do
indulto) e XXV, primeira parte, aos Ministros de Estado, ao Procurador-Geral da
República ou ao Advogado-Geral da União, que observarão os limites traçados nas
respectivas delegações.

DIREITO PENAL
98. Acerca da aplicação da lei penal no tempo, responda: Com advento de nova lei penal
que deixa de considerar a conduta como crime, há a extinção da punibilidade do agente
pela abolitio criminis, cessando em razão dela os efeitos penais e extrapenais da
condenação.

Gabarito: errado. A Abolitio Criminis está prevista no art. 2º, Caput, do CP, nos seguintes
Lucas Silva
termos:
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81
Art. 2º - Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior
deixa de considerar crime, cessando em virtude dela a
execução e os efeitos penais da sentença
condenatória. (Redação dada pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

Quando uma nova lei entra em vigor revogando o tipo penal até então
vigente, todos os efeitos penais da condenação (Ex.: pena, reincidência...) são
revogados. Todavia, os efeitos extrapenais (Ex.: indenização...) da condenação (art. 91,
I do CP) permanecem, podendo a vítima cobra-lo no juízo cível, mesmo havendo a
abolitio criminis.

99. Diz-se que o crime é tentado quando o agente não consegue consumar o crime por
circunstâncias alheias a sua vontade, respondendo pela pena do crime consumado
diminuída um a dois terços. Todavia, há tipos penais que não são compatíveis com a
tentativa, a exemplo dos crimes Unissubsistentes.

Gabarito: correto. Crimes Unissubsistentes são aqueles que a conduta se revela


mediante um único ato de execução, capaz de por si só produzir a consumação. Ou seja,
a conduta é reduzida a um único ato, não sendo possível o fracionamento da conduta
em diversos atos. Ex.: Injúria de forma verbal. Basta irrogar a ofensa (um único ato) que
o crime já estará consumado.

33
Já os Crimes Plurissubsistentes são aqueles em que a conduta pode ser formada por dois
ou mais atos executórios, que somados, produzem a consumação. Ex.: Homicídio
praticado por diversos golpes de faca.

Os Crimes Unissubsistentes NÃO admitem tentativa, já que sua conduta não pode ser
fracionada, bastando um único ato executório que o crime já estará consumado. Logo,
a consumação não poderá ser impedida por circunstâncias alheias a vontade do agente,
pois iniciada a execução com um único ato o crime já estará consumado.

100. Um Policial Rodoviário Federal, responsável pelo setor de almoxarifado da


Superintendência do Rio Grande do Sul, com intenção de se apropriar, retirou dois
pneus de uma viatura PRF e colocou-os para rodar no seu carro particular. Neste caso,
tem-se que o agente responderá pelo crime de Peculato (art. 312 CP), sendo a pena
reduzida pela metade acaso o agente restitua os pneus após a sentença irrecorrível.

Gabarito: errado. O Crime de Peculato está previsto no art. 312 do CP com a seguinte
redação:

Art. 312 - Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor


ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem
a posse em razão
Lucasdo cargo,
Silvaou desviá-lo, em proveito próprio ou
alheio: Pena - reclusão, de dois a doze anos, e multa.
lucas-silva34@hotmail.com
§ 1º - Aplica-se a mesma pena, se o funcionário público, embora
435.824.938-81
não tendo a posse do dinheiro, valor ou bem, o subtrai, ou
concorre para que seja subtraído, em proveito próprio ou alheio,
valendo-se de facilidade que lhe proporciona a qualidade de
funcionário.
Peculato culposo
§ 2º - Se o funcionário concorre culposamente para o crime de
outrem: Pena - detenção, de três meses a um ano.
§ 3º - No caso do parágrafo anterior, a reparação do dano, se
precede à sentença irrecorrível, extingue a punibilidade; se lhe
é posterior, reduz de metade a pena imposta.

Portanto, o § 3º aduz que no Peculato Culposo se o agente reparar o dano sofrido pela
administração até a sentença transitada em julgado, haverá a extinção da punibilidade.
Todavia, se a reparação for após a sentença irrecorrível, a pena aplicada será reduzida
pela metade.

No entanto, a questão trata de Peculato Doloso, não sendo aplicável esta causa de
redução de pena/extinção da punibilidade, incidentes somente ao peculato na forma
culposa.

101. Caso o agente ao ser abordado pela PRF se identifique com os dados de seu irmão
gêmeo, a fim de se esquivar de mandado de prisão em aberto em seu desfavor, estará

34
amparado pelo princípio do nemo tenetur se detegere, sendo este fato considerado
atípico, conforme a jurisprudência do STJ.

Gabarito: errado. Esta questão se refere a Sumula 522 do STJ:

Súmula 522 - STJ: A conduta de atribuir-se falsa identidade


perante autoridade policial é típica, ainda que em situação de
alegada autodefesa

Previsto no art. 8º, inciso II, alínea “g”, do Pacto de San Rose da Costa Rica e no art. 5º,
inciso LXIII, da CF, o princípio do nemo tenetur se detegere assegura o direito do agente
de permanecer em silêncio se da resposta puder advir incriminação. Por este princípio
consagra-se a máxima da vedação a autoincriminação, ou seja, o agente não é obrigado
a praticar o ato se este pode o incriminar. Todavia, este princípio não possui natureza
absoluta. Firmou o STJ que NÃO pode alegar tal princípio o agente que para obter
alguma vantagem atribui-se uma falsa identidade perante a autoridade, incidindo o
crime de falsa identidade previsto no art. 307 do CP:

Art. 307 - Atribuir-se ou atribuir a terceiro falsa identidade para


obter vantagem, em proveito próprio ou alheio, ou para causar
dano a outrem: Pena - detenção, de três meses a um ano, ou
multa, se o fato não constitui elemento de crime mais grave.

Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Julgue as assertivas abaixo, tendo por base a seguinte situação hipotética: Pedro, policial
435.824.938-81
rodoviário federal, chefe da repartição responsável pelos registros de acidentes de
trânsito, constrangeu Fernanda, de 17 anos, sua estagiária subordinada, a ir para o
motel com ele, passando uma noite juntos, com o intuito de realizar uma conjunção
carnal. Para convencer Fernanda, Pedro afirmou que renovaria o contrato de estágio
por mais um ano, caso ela fosse ao motel com ele.

102. Diante da situação hipotética narrada, Pedro cometeu, em tese, o crime de assédio
sexual, ainda que Fernanda não tenha aceitado a oferta.

Gabarito: correto. Conforme o art. 216-A do CP, o crime é o de assédio sexual. Tal crime
é formal, pois consuma-se com a conduta de constranger, independente de se obter ou
não os favores sexuais pretendidos. A modalidade tentada é admissível.

103. A pena de Pedro será aumentada em até um terço.

Gabarito: correto. Conforme previsão do Código Penal: § 2º do art. 216-A: A pena é


aumentada em até um terço se a vítima é menor de 18 (dezoito) anos.

35
DIREITO PROCESSUAL PENAL

104. A Teoria dos Frutos da Arvore Envenenada encontra-se expressamente prevista no


Código de Processo Penal, asseverando que a prova é inadmissível se derivar de outra
considerada ilícita, devendo haver o seu imediato desentranhamento do processo.

Gabarito: correto. A Teoria dos Frutos da Árvore Envenenada foi iniciada no direito
norte americano e fixada no art. 157, § 1º do CPP:

Art. 157, § 1o São também inadmissíveis as provas derivadas das


ilícitas, salvo quando não evidenciado o nexo de causalidade
entre umas e outras, ou quando as derivadas puderem ser
obtidas por uma fonte independente das primeiras. (Incluído
pela Lei nº 11.690, de 2008)

Portanto, reconhecida a ilicitude de uma prova, todos os demais elementos angariados


a partir desta, também são consideradas ilícitos, devendo ser desentranhados do
processo. Ex.: Se mediante tortura, a polícia consegue obter a delação do local em que
a droga é depositada, pela ilicitude na obtenção do depoimento, o flagrante do tráfico
de drogas mediante depósito também estará viciado por derivação.

No entanto, cumpre ressaltar duas exceções a esta teoria:


Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
A primeira é a Teoria da Descoberta Inevitável. Se ficar comprovado que a obtenção da
435.824.938-81
prova iria ser descoberta independentemente da prova ilícita obtida, não haverá
ilicitude. No exemplo anterior, se ficar comprovado que mesmo sem a tortura do
delator, utilizando de diligências normais, a polícia chegaria por outros meios os
depósito da droga, a prisão em flagrante não restará contaminada pela ilicitude do
depoimento, ou seja, o local do depósito seria revelado com ou sem tortura do delator,
pois as diligencias naturais certamente o localizariam (a descoberta é inevitável).

A segunda é a Teoria da Fonte Independente: A prova ilícita somente irá contaminar


aquelas que com ela tenha uma relação de causalidade, já que as provas obtidas de
outra fonte que não a ilícita permanecerão válidas. Dessa forma, o reconhecimento de
ilicitude de uma prova acarretará o desentranhamento desta e todas das que dela
derivam, permanecendo nos autos as provas obtidas por meio de outras fontes.

105. O juiz que conhecer do conteúdo da prova declarada inadmissível não poderá
proferir a sentença ou acórdão.

Gabarito: correto. Esta questão reproduz o novo § 5º do art. 157 do CPP, inserido pela
lei 13.964/19). O juiz que declarar a ilicitude de uma prova não poderá continuar no
processo, devendo encaminhar os autos para outro magistrado proferir a sentença.

36
Logo, a fim de preservar a imparcialidade do julgamento, o magistrado que tiver contato
com a prova ilícita deverá desentranhá-la do processo e remetê-lo a outro juiz para que
este profira a sentença.

106. Ação Penal Pública condicionada é aquela que depende de representação do


Ofendido ou de requisição Ministro da Justiça.

Gabarito: correto. Art. 24 do CPP.

107. Seja qual for o crime, quando praticado em detrimento do patrimônio ou interesse
da União, a ação penal não será privada.

Gabarito: correto. Conforme disposição expressa do CPP: art. 24, § 2º, do CPP – Seja
qual for o crime, quando praticado em detrimento do patrimônio ou interesse da União,
Estado e Município, a ação penal será pública.

108. Tratando-se de crime para cuja ação penal se necessite de representação do


ofendido, não poderá ele se retratar da representação após o Ministério Público
promover a ação penal junto ao Judiciário.
Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
Gabarito: correto. A assertiva reproduz o art. 25, do CPP: “A representação será
435.824.938-81
irretratável, depois de oferecida a denúncia”. Caso você não saiba, oferecer a denúncia
é o ato de promover a ação penal, ou seja, é o ato do Ministério Público de peticionar
junto ao Judiciário pedindo a condenação de determinada pessoa.

Julgue o item abaixo, tendo por base a Lei 9.099/95.

109. Situação hipotética: “João cometeu o crime de violar a suspensão do direito de


dirigir (art. 307 do CTB). Ao confeccionar o Termo Circunstanciado de Ocorrência
Criminal, o policial rodoviário federal errou a data da audiência.” Assertiva: caso João
compareça na audiência na data correta, não será pronunciada a nulidade do ato, já que
não houve prejuízo a João.

Gabarito: correto. Conforme disposição expressa da Lei 9.099/95: “Não se pronunciará


qualquer nulidade sem que tenha havido prejuízo”.

LEGISLAÇÃO ESPECIAL
Considerando-se o Estatuto do Desarmamento, Lei dos Crimes Hediondos, o Estatuto da
Criança e do Adolescente, A nova lei Sobre o Abuso de Autoridade, a Lei dos Juizados
Especiais e o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, julgue os itens a
seguir:

37
110. Recentemente, a legislação penal brasileira sofreu relevante modificação,
atingindo tanto a código penal e o código de processo penal quanto as legislações
esparsas, fruto do chamado “pacote anticrime”, positivado no sistema jurídico através
da lei 13.964/2019. Dentre as leis modificadas está a lei de crimes hediondos (Lei
8.072/1990) que, dentre outras modificações, passou a prever como hediondo o crime
de organização criminosa, desde que direcionado à prática de crime hediondo ou
equiparado.
Gabarito: correto. Tal modificação está prevista na lei de crimes hediondos, no seu
Artigo 1º, Parágrafo único, inciso V. Importante estar atento às modificações do pacote
anticrime, provavelmente haverá muitas questões de concurso abordando o tema.

111. Comete crime hediondo quem pratica o crime de tráfico internacional de arma de
fogo, ainda que na forma tentada.
Gabarito: Correto. Trata-se de crime previsto no Artigo 1º, Parágrafo único, inciso IV da
lei de crimes hediondos. Importante salientar que comporta tanto o crime consumado
quanto o tentado.

112. Todos os crimes previstos na nova lei de abuso de autoridade (Lei 13.869/2019),
são considerados de menor potencial ofensivo.
Lucas Silva
Gabarito: errado. Se aindalucas-silva34@hotmail.com
estivesse em vigor a antiga lei de abuso de autoridade, este
gabarito estaria correto, contudo, a435.824.938-81
nova lei trouxe tipos penais com penas em abstrato
de até 4 anos. Lembrando que, de acordo com o artigo 61 da lei dos juizados especiais:
“Art. 61. Consideram-se infrações penais de menor potencial ofensivo, para os efeitos
desta Lei, as contravenções penais e os crimes a que a lei comine pena máxima não
superior a 2 (dois) anos, cumulada ou não com multa.” Outra lei que foi completamente
modificada e deve ser frequente em provas.

113. O direito à liberdade da criança e do adolescente compreende, além de outros, o


de opinião e expressão e o de participar da vida política, mas não o de crença e culto
religioso, pois, até que tenha o necessário discernimento para compreender e escolher
a religião de sua preferência, é direito dos pais escolher a religião que os filhos devem
seguir.
Gabarito: errado. O direito à liberdade de crença e culto religioso está expressamente
previsto no artigo 16, inciso III do Estatuto da Criança e do Adolescente.

114. Uma das novidades trazidas pela lei 13.840/2019, que modificou a lei sobre Sistema
Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Lei 11.343/2006), é a possibilidade da
internação involuntária do dependente químico para tratamento da sua dependência.
Dentre outros requisitos, é certo que a internação involuntária perdurará apenas pelo
tempo necessário à desintoxicação, no prazo máximo de 90 (noventa) dias, tendo seu
término determinado pelo médico responsável.

38
Gabarito: correto. Outra lei que foi consideravelmente modificada recentemente e
que merece atenção. Ainda mais que esse tema da internação voluntária ocupou boa
parte da mídia recentemente. A questão está correta. Esse requisito está previsto no
artigo 23-A, §5º, inciso III da Lei de Drogas. Recomendo a leitura.

Julgue o item a seguir com base na Lei 13.675/2018.

115. A Polícia Rodoviária Federal é integrante estratégico do Sistema de Segurança


Pública.

Gabarito: errado. A PRF é integrante operacional da SUSP.

DIREITOS HUMANOS
Acerca de aspectos da teoria geral dos direitos humanos, da sua afirmação histórica e
da sua relação com a responsabilidade do Estado, julgue os próximos itens.

116. A Constituição Federal veda penas de trabalho forçado. Contudo, não impede que
o preso trabalhe em troca da redução da pena.
Gabarito: correto.
Lucas Silva
Art. 5º: XLVII - não haverá lucas-silva34@hotmail.com
penas:
435.824.938-81
a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX;

b) de caráter perpétuo;

c) de trabalhos forçados;

d) de banimento;

e) cruéis;

117. Segundo a Declaração Universal dos Direitos do Humanos, todo o homem tem
direito a repouso e lazer, inclusive a limitação razoável das horas de trabalho e a férias
remuneradas periódicas.
Gabarito: correto. Trata-se de disposição expressa no art. 24 da DUDH.

118. Segundo a Convenção Americana dos Direito Humanos, em nenhum caso a pena
de morte pode ser aplicada a crimes políticos, exceto se forem crimes comuns conexos
com crimes políticos.
Gabarito: errado. Assim dispõe a CADH: Em nenhum caso pode a pena de morte ser
aplicada a delitos políticos, nem a delitos comuns conexos com delitos políticos.

39
119. Os tratados internacionais sobre direitos humanos que não passem pelo crivo
previsto na Constituição Federal para obter o status de emenda constitucional serão
considerados normas infraconstitucionais.
Gabarito: correto. Questão fácil, cujo gabarito está no próprio comando, mas que pode
confundir pela redação ou gerar desconfiança pela “facilidade”. A questão está correta.
Ora, se ele (o tratado) não passou pelo crivo necessário para se tornar um dispositivo
Constitucional, ele só pode ser Infraconstitucional (ou seja, está abaixo da CF).
Lembrando que, caso não passe pelo quórum qualificado, eles (os tratados) obtêm o
status de norma supralegal, ou seja, está abaixo da CF, mas está acima das demais
normas.

120. Os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem


aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos
votos dos respectivos membros, serão considerados normas supralegais por não ter sido
aprovados pelo quórum qualificado.
Gabarito: errado. O artigo 5ª, §3º, da CF informa que esse é o quórum necessário para
que o tratado sobre Direitos Humanos internalizado seja equivalente às emendas
constitucionais. Lucas Silva
lucas-silva34@hotmail.com
435.824.938-81

40