Você está na página 1de 66

 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

CURSO
ESCRITÓRIO CONTÁBIL PRÁTICO

APOSTILA IV

Abertura de empresas alteração e baixa

ALVES CONTABILIDADE
ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA
Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
 

1
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Sumário
Conceito de pessoa física e pessoa jurídica .....................................................................
.................................................. ................... 3 
Forma jurídica das empresas (Fundamentos Legais)............................
Legais)........................................................
............................ 3
Fundamentos Legais das Sociedades Limitadas.....................................................
Limitadas ...............................................................
.......... 4
Fundamentos Legais das Sociedades (continuação) ......................................................... 5
Forma de enquadramento das ME e EPP conforme legislação tributária......................... 6
Simples Nacional - forma de tributação para ME e EPP..................................................
EPP .................................................. 6 
As empresas permitidas a optar pelo simples nacional .................................................... 7
As empresas que são impedidas de optar pelo simples nacional ...................................... 8 
As empresas que são impedidas de optar pelo simples (continuação) ............................. 9 
Verificações obrigatórias antes de darmos início abertura de uma empresa...................10
empresa................................................11 
Documentos necessários para abertura de uma empresa................................................11 
Elaboração do contrato social .........................................................................................11
Cláusulas obrigatórias de um contrato de constituição de uma empresa.........................12
Modelo: 1 de contrato social conforme Código Civil.(pág 01).......................................13
Modelo: 1 de contrato social (continuação pág 02).........................................................14
Modelo: 1 de contrato social (continuação pág 03).........................................................15
Modelo: 1 de contrato social (continualção pág 04)........................................................16
Modelo: 2 de contrato social conforme Código Civil (pág 01).......................................17
Modelo: 2 de contrato social (continuação pág.02).........................................................18
Modelo: 2 de contrato social (continuação pág. 03)........................................................19
Modelo: 2 de contrato social (continuação pág.04).........................................................20
Modelo: 3 de contrato social conforme Código Civil (pág.01).......................................21
Modelo: 3 de contrato social (continuação pág.02).........................................................22
Modelo: 3 de contrato social (continuação pág.03).........................................................23
Modelo: 3 de contrato social (continuação pág.04).........................................................24

Procedimentos para registro na Junta Comercial ou Cartório........................................25

Preenchimento do Cadastro Digital (pág. 26 a..............................................................28


a........................................... ...................28

Quais Documentos levar para JUCESP?........................................................................29

2
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Preenchimento do Programa CNPJ (pág. 30 a...............................................................43

Órgãos que precisa fazer o registro da empresa após obter o CNPJ..(pág. 44 a............45

Alterações contratuais e Baixas - Procedimento que deve ser seguido (pág. 46 a.........51

Conceito de pessoa física e pessoa jurídica 

A Lei brasileira distingue as pessoas físicas das pessoas jurídicas da seguinte


forma:
Pessoa Física –
Física – é o individuo perante o Estado, no que diz respeito aos direitos
direitos
e obrigações.
Pessoa Jurídica - perante o Estado é a associação de duas ou mais pessoas
numa entidade, com direitos e deveres próprios e, portanto, distintos daqueles
indivíduos que a compõem.
Vamos ver agora quais os tipos e forma jurídica das empresas
Forma Jurídica das Empresas:
Empresário: é conhecida como firma individual formada por uma pessoa física.
Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica
organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços (art.966 da
Lei 10.406/02), sujeito ao Regime Jurídico Comercial. Constituída por uma
única pessoa, responsável ilimitada e individualmente pela empresa (ou pelos
seus atos), onde o nome da firma será do titular.
Fundamentos Legais:
Empresa Organizada  – Que organiza os 4 fatores de produção (Capital,
Trabalho, Insumos e Tecnologia). Atividade Econômica  – Tem por objeto
gerar lucro, com a finalidade da produção ou circulação de bens ou serviços.
Produção de Bens ou Serviços – Fabricação de bens ou mercadorias. Toda e
qualquer atividade industrial considera-se empresarial.
Não Empresário  – (Sujeito ao Regime Jurídico Civil) – Não se considera
empresário quem exerce profissão intelectual, de natureza científica, literária ou
artística, ainda com o concurso de auxiliares ou colaboradores, salvo se o
exercício da profissão constituir elemento de empresa (art.966 parágrafo Único)

3
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Profissão Intelectual  – Tem como característica principal à pessoalidade


atuação pessoal (individual dos sócios) que é a sociedade SIMPLES que
veremos adiante.
Empresário Rural  – Constitua sua principal profissão e que tenha optado por
não inscrever na Junta Comercial. Vindo a inscrever-se na Junta o exercente de
atividade rural equiparada (art. 971 do Código Civil) (pode registrar na JUCESP
é facultativo). Mesmo que Produtor Rural que explore o imóvel com criações de
(rãs, peixes,coelhos, camarão etc) ou cultivos (feijão, frutas, milho, soja,
hortaliças flores etc), não precisa abrir uma empresa, bastando providenciar um
registro como Produtor Rural no Posto Fiscal da Secretaria da Fazenda que
 jurisdiciona o seu estabelecimento rural.
A própria Secretaria da Fazenda fornecerá o talão de Nota Fiscal do Produtor,
cuja emissão é obrigatória na circulação de mercadorias. Cabe lembrar que,
quando o Produtor Rural passa a transformar um produto em produto
manufaturado (agro-indústria) há necessidade de se abrir uma empresa.

Já que estarmos falando de empresa individual e o autônomo?


Autônomo é aquele que prestam Serviços de Autônomo  Autônomo  – mas que não
organiza os fatores de produção.- Prestará serviços como Pessoa Física,
podendo emitir recibo próprio de profissional autônomo (RPA) ou nota fiscal
tributada, caso a Prefeitura do Município autorize, e estará sujeito ao ISS e ao
recolhimento para o INSS.
Agora conheceremos como funcionam as sociedades Limitadas
Sociedade Empresária Ltda: é uma  uma  sociedade empresária constituída por
dois, ou mais sócios, é aquela que exerce profissionalmente atividade
econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços,.
Neste caso, a Empresa será constituída por dois ou mais sócios, com atividade
industrial e/ ou comercial e a responsabilidade de cada um é limitada á
importância do capital social dividido em quotas e distribuído proporcionalmente
entre eles. A personalidade jurídica é adquirida após registro de seus atos
constitutivos na junta comercial do seu Estado ou Cartório.

Fundamentos Legais – Nova Lei das Ltdas.


Sociedade Entre Cônjuges –
Cônjuges  – (art. 977 do Código Civil). Só é possível, ddesde
esde
que não tenham casado no regime da comunhão universal de bens, ou no da
separação obrigatória.
Nota: o prazo para Adaptação à Nova Lei – Prazo final foi 11/01/2007.
Nota: o 11/01/2007 .

4
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

A Antiga S/C Passou a ser SIMPLES OU EMPRESÁRIA  – A prestadora de


serviços que se enquadrar no art. 966 será empresária; a que se enquadrar no
parágrafo único do art. 966 será SIMPLES.
Sociedade Simples Ltda: é uma  uma  sociedade constituída por pessoas que
reciprocamente se obrigam a contribuir com bens ou serviços, para o exercício
de atividade econômica e a partilha, entre si, dos resultados, não tendo por
objeto o exercício de atividade própria de empresário (art. 981 e 982).
Sociedade Simples é a que falamos de Profissão Regulamentada:
Essa sociedade é constituída por sócios com profissão 
profissão  regulamentada desde
sócios  exerçam através da empresa atividades de 
que, todos os sócios  de  profissão
estejam  domiciliados no país. A sociedade pode
legalmente regulamentadas e estejam 
ser constituída por sócios com profissão diferentes, desde que cada um
desempenhe as atividades próprias de sua profissão e que devem constar no
objeto social da empresa. São sociedades formadas por pessoas que exercem
profissão intelectual. Exemplos; Médicos, Psicólogos, Dentistas, e Advogados.

Relevância da Distinção entre Sociedade EMPRESÁRIA e Sociedade


SIMPLES –
SIMPLES  – Sujeição ao regime Jurídico Comercial – as sociedades 
sociedades  SIMPLES
as  empresárias,
não estão sujeitas à falência e não pode requerer concordata; as 

ainda que prestadoras de serviços, sujeitar-se à falência e 
poderão requerer concordata (art. 2.037).
Das Sociedades Limitadas Legislação Aplicável –
Aplicável – Quando a matéria não
estiver regulada no capítulo específico das limitadas, fica sujeita à disciplina
da sociedade Simples ou, se previsto expressamente no contrato social, à
Lei das Sociedades Anônimas (art.1.053)
Sociedade por Ações: É um tipo societário muito utilizado por grandes
empreendimentos, por conferir maior segurança aos seus acionistas, por meio
de regras mais rígidas.
- Capital social é dividido em ações.
- Cada sócio ou acionista responde somente pelo preço de emissão das ações
que adquiriu.
- Rege-se pela Lei n° 6.404/76 e, nos casos omissos, pelas disposições do
Novo Código Civil.
Nota:: A Sociedade Anônima não sofreu alterações pelo novo Código Civil.
Nota
Sociedades Cooperativas: de acordo com o previsto no artigo 1.094 do NCC,
fica definido que:
Variabilidade, ou dispensa do capital social.

5
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

- Concurso de sócios em número mínimo necessário a compor a administração


da sociedade, sem limitação de número máximo.
- Limitação do valor da soma de quotas do capital social que cada sócio poderá
tomar.
Associações: Associação é uma entidade de direito privado, dotada de
personalidade jurídica e caracteriza-se pelo agrupamento de pessoas para a
realização e consecução de objetivos e ideais comuns, sem finalidade
econômica, isto é, sem interesse de lucros. As associações somente poderão
ser constituídas com fins não econômicos. Art. 53.
Por Lei toda empresa precisa ter um contador responsável por ela, pois o
contador é a pessoa por fazer o registro contábil de uma empresa, acompanhar
os dados e indicar qual regime tributário a instituição deve seguir, orientando o
pagamento de impostos e a divisão de recursos entre os sócios.

Obs: A contabilidade é indispensável em toda empresa, independente de seu


porte.

TRIBUTAÇÃO RECEITA FEDERAL


Forma de enquadramento dos contribuintes conforme legislação tributária.
Micro-Empresa :
É a pessoa jurídica que tenha auferido, no ano-calendário, receita bruta igual ou
inferior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais).
Empresa de Pequeno Porte :
É a pessoa jurídica que tenha auferido, no ano-calendário, receita bruta
superior a R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais) e igual ou inferior a
R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais).
Lucro-Presumido:
A pessoa jurídica cuja receita bruta total, no ano-calendário seja igual ou inferior
a R$ 48.000.000,00 (quarenta e oito milhões).
Lucro-Real :
A pessoa jurídica cuja receita bruta total, no ano-calendário seja superior ao
limite de R$ 48.000.000,00 (quarenta e oito milhões).

SIMPLES NACIONAL
É uma forma de tributação para as Microempresas (ME) e Pequenas Empresas
(EPP). Para as empresas se enquadrarem nesta forma de tributação ela deverá

6
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

obedecer a algumas normas, como por exemplo a Receita Anual e o Objeto


Social da (empresa).
O QUE É O Simples Nacional? 
O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado, simplificado e
favorecido previsto na Lei Complementar nº 123, de 14.12.2006, aplicável às
Microempresas e às Empresas de Pequeno Porte, a partir
partir de 01.07.2007.
CONSIDERA COMO Microempresa (ME) E Empresa de Pequeno Porte (EPP)  (EPP) 
Nacional? 
PARA EFEITOS DO Simples Nacional? 
Como já sabemos considera-se ME, para efeito do Simples Nacional, o
empresário, a pessoa jurídica, ou a ela equiparada, que aufira, em cada ano-
calendário, receita bruta igual ou inferior a R$ 240.000,00. E considera-se EPP,
para efeito do Simples Nacional, o empresário, a pessoa jurídica, ou a ela
equiparada, que aufira, em cada ano-calendário, receita bruta superior a R$
240.000,00 e igual ou inferior a R$ 2.400.000,00.
Guarde bem isso: só pode optar pelo simples as empresas enquadradas como
ME ou EPP, mas
mas também de acordo ccomom sua atividade, pois nnem
em sempre, por
abrir uma
Você empresa
conhecerá como uma
adiante ME, relação
ou EEPde poderei optar vedadas
atividades pelo simples nacional.
de optar pelo
simples, “então, adiantou eu abrir essa empresa como ME, ou EEP?”
O Simples Nacional ABRANGE O RECOLHIMENTO UNIFICADO DOS
SEGUINTES TRIBUTOS?

O recolhimento mensal, mediante documento único de arrecadação, dos


seguintes tributos: 
tributos: 
•  Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);
•  Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);

  Contribuição
•  Contribuição Social
para o sobre o Lucro Líquido
Financiamento (CSLL); Social (COFINS);
da Seguridade
•  Contribuição para o PIS/Pasep;
•  Contribuição para a Seguridade Social (cota patronal);
•  Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e
Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e
Intermunicipal e de Comunicação (ICMS);
•  Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS)

QUEM ESTÁ IMPEDIDO DE OPTAR PELO SIMPLES NACIONAL? 


NACIONAL? 

As Microempresas (ME) ou as Empresas de Pequeno Porte (EPP):

7
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

  que tenha auferido, no ano-calendário imediatamente anterior, receita bruta


superior a R$ 2.400.000,00;
  de cujo capital participe outra pessoa jurídica;

  que seja filial, sucursal, agência ou representação, no País, de pessoa jurídica


com sede no exterior;


  de cujo capital partic
• participe
ipe pessoa física que seja inscrita como emp
empresário
resário ou seja
sócia
da Leide outra empresanºque
Complementar 123,receba tratamentodesde
de 14.12.2006, jurídico diferenciado
que nos termos
a receita bruta global
ultrapasse o limite de R$ 2.400.000,00;
 
• cujo titular ou sócio participe com mais de 10% do capital de outra empresa não
beneficiada pela Lei Complementar nº 123, de 14.12.2006, desde que a receita
bruta global ultrapasse o limite de R$ 2.400.000,00;
 
• cujo sóci
sócioo ou titular se
seja
ja admi
administrador
nistrador ou equiparado de outra pessoa jurídica
com fins lucrativos, desde que a receita bruta global ultrapasse o limite de R$
2.400.000,00;
 
• constituída sob a forma de cooperativas, salvo as de consumo;
 
• que participe do capital de outra pessoa jurídica;
 
• que exerça atividade de banco comercial, de investimentos e de
desenvolvimento,
investimento ou dedecrédito
caixa imobiliário,
econômica,de decorretora
sociedade oude
decrédito, financiamento
distribuidora de títulos,e
valores mobiliários e câmbio, de empresa de arrendamento mercantil, de
seguros privados e de capitalização ou de previdência complementar;
 
• resultante ou remanescente de cisão ou qualquer outra forma de
desmembramento de pessoa jurídica que tenha ocorrido em um dos 5 anos-
calendário anteriores;
 
• constituída sob a forma de sociedade por ações;
 
• que explore aatividade
tividade de prestação cumulativ
cumulativaa e contínua de serviços de
assessoria creditícia, gestão de crédito, seleção e riscos, administração de
contas a pagar e a receber, gerenciamento de ativos (asset management),
compras de direitos creditórios resultantes de vendas mercantis a prazo ou de
prestação de serviços (factoring);
 
• que tenha sócio domiciliado no exterior;
 
• de cujo capital partici
participe
pe entidade da administ
administração
ração pública, direta ou indireta,
federal, estadual ou municipal;
 
• que preste serviço de comunicação;
 
• que possua débito com o Instituto Nacional do Seguro Soc Social
ial (INS
(INSS),
S), ou com as
Fazendas Públicas Federal, Estadual ou Municipal, cuja exigibilidade não esteja
suspensa;
 
• que preste serviço de transporte intermunicipal e interestadual de passageiros;
 
• que seseja
ja geradora, transmissora, distribuidora ou ccomercializadora
omercializadora de energia
elétrica;
 
• que ex
exerça
erça ativ
atividade
idade de importação ou fabricação de automóv
automóveiseis e motocicletas;
  que exerça atividade de importação de combustíveis;

8
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

•  que exerça atividade de produção ou venda no atacado de bebidas alcoólialcoólicas,


cas,
bebidas tributadas pelo IPI com alíquota específica, cigarros, cigarrilhas,
charutos, filtros para cigarros, armas de fogo, munições e pólvoras, explosivos e
detonantes;
•  que tenha por finalidade a prestação de servserviços
iços decorrentes do exercício
exercício de
atividade intelectual, de natureza técnica, científica, desportiva, artística ou
cultural, que constitua profissão regulamentada ou não, bem como a que preste
serviços de instrutor, de corretor, de despachante ou de qualquer tipo de
intermediação de negócios;
•  que realize cessão ou locação de mão-de-obra;
•  que realize atividade de consultoria; e
•  que se dedique ao loteamento e à incorporação de imóveis.

QUAIS AS ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EXERCIDAS PELAS


MICROEMPRESAS (ME) E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE (EPP) QUE
NÃO IMPEDEM A SUA OPÇÃO PELO SIMPLES NACIONAL?

Podem optar pelo Simples Nacional as, ME e as EPP que se dediquem à prestação de
serviços, bem como as que exerçam as atividades abaixo, desde que não as exerçam
em conjunto com outras atividades impeditivas:
•  creche, pré-escola e estabelecimento de ensino fundamental;
•  agência terceirizada de correios;
•  agência de viagem e turismo;
•  centro de formação de condutores de veículos automotores de transporte
terrestre de passageiros e de carga;
•  agência lotérica;
•  serviços de manutenç
manutençãoão e reparação de automóveis, caminhões, ônibus, outros
veículos pesados, tratores, máquinas e equipamentos agrícolas;
•  serviços de instal
instalação,
ação, manutenção e reparação de acessórios para vveículos
eículos
automotores;
•  serviços de manutenção e reparação de motocicletas, motonetas e bicicletas;
•  serviços de ins
instalação,
talação, manutenção e reparação de máquinas de escritório
escritório e de
informática;
•  serviços de reparos hidráulicos, elétricos, pintura e carpintaria em residências ou
estabelecimentos civis ou empresariais, bem como manutenção e reparação de
aparelhos eletrodomésticos;
•  serviços de instalação e manutenção de aparelhos aparelhos e sistemas de ar
condicionado, refrigeração, ventilação, aquecimento e tratamento de ar em
ambientes controlados;
•  veículos de comunicação, de radiodi
radiodifusão
fusão sonora e de sons e imagens, e mí mídia
dia
externa;

  construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusiv
inclusivee sob a for
forma
ma de
subempreitada;

9
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

•  transporte municipal de passageiros;


•  empresas montadoras de estandes para feiras;
•  escolas livres, de lílínguas
nguas est
estrangeiras,
rangeiras, aartes,
rtes, cursos técnicos e gerenciais;
•  produção cultural e artística;
•  produção cinematográfica e de artes cênicas;

  cumulativamente administração e locação de imóveis de terceiros;


•  academias de dança
dança,, de capoeira, de ioga e de artes marciais;
•  academias de ativ
atividades
idades físicas, desportivas, de natação e escolas de es
esportes;
portes;
•  elaboração de programas de ccomputadores,
omputadores, inclusive jogos eletrônicos
eletrônicos,, desde
que desenvolvidos em estabelecimento do optante;
opta nte;
•  licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação;
•  planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletrônicas,
desde que realizados em estabelecimento do optante;
•  escritórios de serviços contábeis;
•  serviço de vigilância, limpeza ou conservação.

Observação:  à área
nacional, desde que de
for comércio em geral
Microempresa (ME),é ou
permitida
Empresaa opção pelo simples
de Pequeno Porte
(EEP).

Agora você saberá passo a passo como abrir uma empresa:


Antes de nos iniciarmos uma abertura de uma empresa precisamos checar
algumas informações:

1). Passo:
Verificações Obrigatórias Anteriores à Constituição de Empresa
Sócios
• Análise de Cadastro da Receita Federal, na abertura de empresa, para o
registro de CNPJ.
• Análise do CPF de cada sócio perante a Receita Federal.
Dicas:  sempre perguntar para o sócio se faz parte de alguma empresa, em caso
Dicas: 
positivo, como está a situação dessa empresa? Ativa ou inativa?, - qual área de
atividade?, e capital social, participa com mais de 10% nas quotas. Observe que só

10
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

com base nas respostas desse sócio que poderei respondê-lo o, “se pode, ou não
pode”

Sede da Empresa
• Se o imóvel está regularizado, ou seja, possui
habite-se.
• Se as atividades a serem desenvolvidas no local está de acordo com a Lei de
Zoneamento do Município.
Outras Exigências
• Alvará de funcionamento –
funcionamento – Verificar na Prefeitura as exigências relativa à
atividade
• Vigilância Sanitária do Município –
Município – Quanto Indústria e/ ou Comércio de
alimentos ou de produtos ligados á saúde
• Vigilância Sanitária do Estado –
Estado – (Secretaria de Saúde do Estado) nos casos
de Indústria Alimentícia, comércio de produtos químicos em geral, farmácia e
drogarias.
• Conselho Regional –
Regional – Verificação de custos e procedimentos para averbação
do Contrato Social no Conselho Regional (quando a atividade exigir)
Outras Exigências
• Alvará Cetesb –
Cetesb – Secretaria do Meio Ambiente, através da Companhia de
Tecnologia de Saneamento Ambiental – CETESB, é responsável pela emissão
de alvará para instalação e funcionamento das indústrias
Alvará de Funcionamento   – Expedido pela Prefeitura é obrigatório para
qualquer tipo de atividade. Para atividades que comercializem
produtos
também tais como: Bares Restaurantes,
a obrigatoriedade do alvará Lanchonetes, Hotéis edeSimilares,
de funcionamento há
atividades
relacionados à Saúde.

Documentos necessárias para Abertura de uma Empresa 

11
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

•  1 cópia autenticada do RG e do CPF de ambos sócios, ou titular  


•  1 cópia simples do comprovante de endereço dos sócios ou titular
(conta de água, energia elétrica ou telefone recente).  
•  Cópia do IPTU do imóvel onde se situará a empresa, ou contrato de
locação, se for o caso. 
•  Nome da empresa - razão social
• 
•  Nome fantasia
Atividade da empresa.
da empresa.    
•  Valor do capital social. 
•  Percentual do capital social para cada sócio.  
•  Estado civil dos sócios. 
•  Profissões dos sócios. 
•  Quais sócios exercem a gerência da sociedade. 
•  Cartório que tem firma. 
•  Número do contribuinte NIT (caso já contribua com o INSS)  
•  Número do PIS (caso tenha carteira de trabalho)  
•  Telefone para contato, e-mail etc.
• Outros documentos poderão ser requisitados dependendo
da atividade, ou da forma jurídica da empresa. 
Ah, agora que já estou com todas informações em mãos então, o próximo
passo é elaborar o contrato social?. Isso mesmo agora é nosso,
2). passo
Mas antes vamos ver os elementos do Contrato Social que são:
a) Título
b) Preâmbulo
c) Corpo do contrato
C1) Cláusula Obrigatórias
d) Fecho
Cláusulas obrigatórias:
a) Nome empresarial, que poderá ser firma social ou denominação
social
b) Capital da sociedade expresso em moeda corrente, a quota de cada
sócio, a forma e prazo de sua integralização
c) Endereço completo da sede (tipo e nome do logradouro, número,
complemento, bairro / distrito, município, unidade federativa e CEP)
bem como endereço das filiais
d) Declaração precisa e detalhada do objeto social
e) Declaração de que a responsabilidade de cada sócio é restrita ao
valor de suas quotas, mas que todos respondem solidariamente pela
integralização do capital social
f) Prazo de duração da sociedade

12
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

g) Data de encerramento do exercício social, quando não coincidente


com ano civil

Cláusulas obrigatórias

h) As pessoas
poderes naturais incumbidas da administração da sociedade, e seus
e atribuições
i) Qualificação do administrador não sócio, designado no contrato
 j) Participação de cada sócio nos lucros e perdas
l) Foro

Cláusulas Facultativas
a) Aquelas que disciplinem das reuniões de sócios ( art.1.072 NCC2002)
b) As que disciplinarem sobre a previsão supletiva das sociedades
limitadas pelas normas de sociedades anônimas ( art. 1.053, par.
Único)
c) As que preverem a exclusão de sócios por justa causa (art. 1.085)

Cláusulas Facultativas
d) As que preverem expressamente autorização da pessoa
não sócio ser administrador ( art. 1.061)
e) Instituição de conselho fiscal ( art. 1.066)
f) Outras de interesse dos sócios
g) Adição da expressão ME/ EPP.

COMO ELABORAR O CONTRATO DA SOCIEDADE LIMITADA DE ACORDO


COM A LEI Nº 10.406/2002
10 .406/2002 (NOVO CÓDIGO CIVIL)

Este contrato social hipotético segue, em linha gerais, as normas estabelecidas


pelo DNRC – Departamento Nacional de Registro do Comércio
(www.dnrc.gov.br), principalmente em relação à “Orientação para Elaboração
de Contrato Social de Sociedade Limitada” e ao “Modelo Básico”.

Lembrando que estes modelos disponibilizados aqui você poderá usar


como modelo, basta formar e qualificar os sócios, bem como as
informações nas cláusulas
cl áusulas obrigatórias.

13
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Modelo: 1  empresa na área de comércio


CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA
GONÇALVES PRÉ-MOLDADOS COMÉRCIO DE MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO LTDA

LUIZ INÁCIO DOS SANTOS, Brasileiro, solteiro, comerciante, portador da Cédula de Identidade
RG. 00.000.000
00.000.000-00
-00 SSP-SP,
SSP-SP, e do CPF(MF)
CPF(MF) nº 000.000
000. 000.00
.000-0
0-00,
0, residente e domicili
domicilia
ado
do na Av. Lino
de Almeida Pires, no 00, Vila
Vila Guarani, São Paulo
Paulo -SP; CEP 04317-180.

KELY MIRANDA GONÇALVES, Brasileira, solteira, comerciante, portadora da Cédula de


Identidade
Identidade RG. 00.000.00
00.000.00 -X SSP-SP, e do CPF(MF) nº 000.000
000. 000.00
.000-0
0-00,
0, residente e domicilia
ada
da na
Av. Lino de Almeida Pires, no 00, Vila Guarani, São Paulo -SP; CEP 04317-180.
04317-180.

MARILDA MIRANDA GONÇALVES, brasileira, viúva, comerciante, portadora da Cédula de


Identidade RG nº 00.00.00-00 SSP-SP e do CPF(MF) nº 000.000.000-00, residente e domiciliada na
Av. Lino de Almeida Pires, no 00, Vila Guarani, São Paulo -SP; CEP 04317-180.
04317-180.

tem entre si, justos e contratados, a constituição de uma sociedade empresária


limitada, que regerá pelas cláusulas e condições seguintes e nas omissões, pela

legislação específica que disciplina essa forma societária.


societária .

CLÁUSULA PRIMEIRA
A sociedade girará
girará sob a denominação social de  GONÇALVES PRÉ-MOLDADOS
COMÉRCIO DE MATERIAiS PARA CONSTRUÇÃO LTDA , e seu
seu uso ser
ser obrigatório em todas
as operações sociais da sociedade. 

CLÁUSULA SEGUNDA
A sociedade
socieda de terá
ter á sua sede
se de na Av. Lino de Almei
Almeida
da Pire
Pires,
s, no 00, Vila Guarani, São Paulo -SP;
CEP 04317-180, podendo abrir filiais ou sucursais em qualquer ponto do território
nacional, obedecendo às disposições vigentes.

CLÁUSULA TERCEIRA

14
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

O objetivo da sociedade será a exploração por conta própria do ramo de materiais


para construção civil, tais como, hidráulica, elétrica, forros, ferragens, Blocos de
Concretos, Pisos, revestimentos, louças, metais, azulejos e pisos, mosaicos, pastilhas,
ladrilhos pré-moldados de madeira para construção, dentre outros materiais similares
de construção civil em geral.

CLÁUSULA QUARTA 
O capital social
social será
será de R$ 20.000,00
20.000,00 (vi
(vint
nte
e mil
m il re
reai
ais)
s) dividido em 20.000 (vinte
(vinte mil) quotas no valor
nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma, totalmente integralizado neste ato em moeda corrente
do país, distribuído da seguinte forma, entre os sócios:

LUIZ INÁC
INÁCIO
IO DOS SANT
SANTOS
OS 180
18000
00 Quo
Quotas
tas R$ 18.
18.000
000,00
,00
KELY MIRA
MIRANDA
NDA GON
GONÇALV
ÇALVES
ES 100
10000 Quo
Quotas
tas R$ 1.0
1.000,
00,00
00
MARILDA MIRANDA GONÇALVES 1000 Quotas R$ 1.000,00
Total 20.000 Quotas R$ 20.000,00

Parágrafo Único: A responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas,


mas todos respondem solidariamente pela integralização do Capital Social. (art. 1052,
CC/2002)
CLÁUSULA QUINTA
O prazo de duração da sociedade será por tempo indeterminado.

CLÁUSULA SEXTA 
A administração da sociedade será representada pelos sócios , MARILDA MIRANDA
GONÇALVES, KELY  MIRANDA GONÇALVES, e LUIZ INÁCIO DOS SANTOS  ativa e
passivamente, judicial e extrajudicial, ficando, entretanto, vedado o uso da firma em
negócios alheios aos fins sociais.  
Parágrafo único - Na ausência ou impedimento de um do sócio administradores, todas
as funções inerentes ao seu cargo, será acumulada pelo outro que em caso algum a
interferência de terceiros ser aceita salvo autorização reciprocamente consentida
consentida da
parte.
CLÁUSULA SÉTIMA

15
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

O uso da firma será feito por todos os


os sócios, sempre
sempre nos negócios
negócios que digam respeito
aos interesses sociais, sendo proibido seu uso para fins estranhos como endosso de
favores, cartas de fiança e outros documentos não análogos que acarretarem
responsabilidade para a sociedade. 

CLÁUSULA OITAVA 
Todos os sócios terão direito a uma retirada mensal a título de pró-labore, em valor a
ser fixado a cada mês de acordo com a participação proporcional de suas quotas,
mas sempre dentro da legislação do Imposto de Renda e ser levado a uma conta de
DESPESAS ADMINISTRATIVA.

CLÁUSULA NONA 
Todo dia 31 de cada ano no mês de dezembro será procedido um balanço
bala nço do
exercício, sendo que os lucros ou prejuízos verificados serão distribuídos ou suportados
pelos sócios na proporção de suas quotas de capital.

Parágrafo único - A critério dos sócios e no atendimento de interesses da própria


sociedade, o total ou parte dos lucros poderão ser destinados à formação de Reservas
de Lucros, conforme estabelecido pela Lei 6404/76, ou então, permanecer em Lucros
Acumulados para futura destinação.

CLÁUSULA DÉCIMA
Todas as quotas da sociedade são indivisíveis e não poderão ser cedidas ou
transferidas sem o expresso consentimento
consentimento dos sócios que irão adquiri-la no caso de

algum quotista pretender ceder as que possuem.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA 


No caso de falecimento de quaisquer dos sócios a sociedade não será extinta,
levantando-se um balanço especial nesta data e se convier aos herdeiros do Pré-
morto, será lavrado um novo contrato com a inclusão destes com os direitos legais ou
então os herdeiros, receberão todos seus haveres apurados até o balanço especial,
em 10 (dez) prestações iguais e sucessivamente vencendo-se a primeira após 60
(sessenta) dias da data do Balanço Especial ou de acordo com o que se combinar na
ocasião do evento.

16
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA 


Fica eleito o foro desta comarca para qualquer ação fundada neste Instrumento de
Contrato Social, re-comunicando-se a qualquer outro por muito especial que seja.
Os administradores declaram, sob as penas da lei, de que não estão impedidos de
exercerem a administração da sociedade, por lei especial, ou em virtude de
condenação criminal, ou por se encontrarem sob os efeitos dela, a pena que vede,
ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos; ou por crime falimentar, de
prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular,
contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência,
contra as relações de consumo, fé publica, ou a propriedade

E assim por estarem justos e contratados, assinam o presente em 3 (três) vias de igual
teor na presença de 2(duas) testemunhas de ambas as partes conhecidas e
posteriormente para validade ser registrado e arquivado na JUCESP.

São Paulo, 10 de Agosto de 2007.

 _______________________________ _________________________________
KELY MIRANDA GONÇALVES MARILDA MIRANDA GONÇALVES

 ____
 ______
____
____
____
___
_____
______
____
____
____
____
___
_ ____
______
____
____
___
_____
______
____
____
____
____
____
____
___
_
LUIZ INÁCIO DOS SANTOS ADVOGADO
ARMANDO NOGEUIRA LIMA
OAB-SP 00.00.00

17
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

TESTEMUNHAS:

 ____
 ______
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
__ __
____
____
____
____
______
____
____
____
____
____
____
____
____
____
SANDRO MOREIRA CASTRO  LISABETE GOMES DOS SANTOS
RG. 000.000.-
000.000.-00
00 SSP-SP RG. 00.00.000-00
00.00.000-00 SSP-SP

Modelo: 2 empresa na área de serviços 


serviços 

CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE SOCIEDADE EMPRESÁRIA LIMITADA

RIZOME SERVIÇOS DE CONSULTORIA LTDA.

WILLERSON JOSE DOS REIS,  Brasileiro, solteiro, publicitário, portador da Cédula de


Identidade RG. 00.00.00.00 SSP-SP, e do CPF(MF) nº 00.00.00.000-00, residente e domiciliado à
Avenida Morumbi, no 00– Casa 05, Jardim cruzeiro do sul,
sul, São Carlos -SP; CEP 13572-000.

JAVERT JOSE DOS REIS, brasileiro, solteiro, consultor, portador da Cédula de Identidade RG


nº 00.000.000-00 SSP-SP e do CPF(MF)nº 000.000.000-00 , residente e domiciliada à Rua João
molon, nº 00, Jardim Balneário, São Bernardo do campo -SP; CEP 09792-020.

18
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

tem entre si, justos e contratados, a constituição de uma sociedade empresária


limitada, que regerá pelas cláusulas e condições seguintes e nas omissões, pela
legislação específica que disciplina essa forma societária.
societária .

CLÁUSULA PRIMEIRA
A  sociedade girará sob a denominação social de RIZOME SERVIÇOS DE
CONSULTORIA   LTDA, e seu uso ser obrigatório em todas as operações so
sociais
ciais da
sociedade. 

CLÁUSULA SEGUNDA
A sociedade terá sua
sua sede á A
Alameda
lameda Barão de Piracicaba, no 00, bairro; Campos Elíseos
São Paulo -SP; CEP 01216-010, podendo abrir filiais ou sucursais em qualquer ponto do
território nacional, obedecendo as disposições vigentes.

CLÁUSULA TERCEIRA
O objetivo da sociedade será a prestação de serviços de consultoria na área de

criação e organização de eventos, assessoria e consultoria executiva corporativa em


gestão empresarial, terceirização de serviços de recursos humanos, assessoria de
imprensa, e serviços corporativos em geral.

CLÁUSULA QUARTA
A Sociedade declara expressamente neste instrumento, que explora atividade
econômica empresarial organizada, sendo, portanto, uma sociedade empresária, nos
termos do art. 966 caput e parágrafo único e art. 982, do Código Civil.

CLÁUSULA QUINTA 
O capital social
social será
será de R$
R$ 1.000,00
1.000,00 (Hum mil
mi l rrea
eais
is)) dividido em 1.000 (hum mill)) quotas no valor
nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma, totalmente integralizado neste ato em moeda corrente
do país, distribuído da seguinte forma, entre os sócios:

WILLERS
WIL LERSON
ON JOSE
JOS E DOS REIS
REI S 99
990
0 Quotas
Quotas R$ 990,0
990,00
0

19
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

JAVERT JOSE DOS REIS  10 Quotas R$ 10,00


Total 1.000 Quotas R$ 1.000,00
Parágrafo Único: A responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas,
mas todos respondem solidariamente pela integralização do Capital Social. (art. 1052,
CC/2002)

CLÁUSULA SEXTA
O prazo de duração da sociedade será por tempo indeterminado. 
CLÁUSULA SÉTIMA 
A administração da sociedade será representada pelos sócios, WILLERSON JOSE DOS
REIS, e JAVERT JOSE DOS REIS, ativa e passivamente, judicial e extrajudicial, ficando,
entretanto, vedado o uso da firma em negócios alheios aos fins sociais.  

Parágrafo único - Na ausência ou impedimento de um do sócio administradores, todas


as funções inerentes ao seu cargo, será acumulada pelo outro que em caso algum a
interferência de terceiros ser aceita salvo autorização reciprocamente consentida
consentida da
parte.
CLÁUSULA OITAVA
O uso da firma será feito por todos os
os sócios, sempre
sempre nos negócios
negócios que digam respeito
aos interesses sociais, sendo proibido seu uso para fins estranhos como endosso de
favores, cartas de fiança e outros documentos não análogos que acarretarem
responsabilidade para a sociedade. 

CLÁUSULA NONA 
Todos os sócios terão direito a uma retirada mensal a título de pró-labore, em valor a
ser fixado a cada mês de acordo com a participação proporcional de suas quotas,
mas sempre dentro da legislação do Imposto de Renda e ser levado a uma conta de
DESPESAS ADMINISTRATIVA. 
CLÁUSULA DÉCIMA 
Todo dia 31 de cada ano no mês de dezembro será procedido um balanço
bala nço do
exercício, sendo que os lucros ou prejuízos verificados serão distribuídos ou suportados
pelos sócios na proporção de suas quotas de capital.

20
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Parágrafo único - A critério dos sócios e no atendimento de interesses da própria


sociedade, o total ou parte dos lucros poderão ser destinados à formação de Reservas
de Lucros, conforme estabelecido pela Lei 6404/76, ou então, permanecer em Lucros
Acumulados para futura destinação. 
CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA
Todas as quotas da sociedade são indivisíveis e não poderão ser cedidas ou
transferidas sem o expresso consentimento
consentimento dos sócios que irão adquiri-la no caso de
algum quotista pretender ceder as que possui. 
CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA 
No caso de falecimento de quaisquer dos sócios a sociedade não será extinta,
levantando-se um balanço especial nesta data e se convier aos herdeiros do Pré-
morto, será lavrado um novo contrato com a inclusão destes com os direitos legais ou
então os herdeiros, receberão todos seus haveres apurados até o balanço especial,
em 10 (dez) prestações iguais e sucessivamente vencendo-se a primeira após 60
(sessenta) dias da data do Balanço Especial ou de acordo com o que se combinar na
ocasião do evento.
CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA 
Fica eleito o foro desta comarca para qualquer ação fundada neste Instrumento de
Contrato Social, re-comunicando-se a qualquer outro por muito especial que seja.
Os administradores declaram, sob as penas da lei, de que não estão impedidos de
exercerem a administração da sociedade, por lei especial, ou em virtude de
condenação criminal, ou por se encontrarem sob os efeitos dela, a pena que vede,
ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos; ou por crime falimentar, de
prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular,

contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência,


contra as relações de consumo, fé publica, ou a propriedade.

E assim por estarem justos e contratados, assinam o presente em 3 (três) vias de igual
teor na presença de 2(duas) testemunhas de ambas as partes conhecidas e
posteriormente para validade ser registrado e arquivado na JUCESP.

21
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

São Paulo, 10 de Junho de 2006.

 ______________________________ ______________________________
WILLERSON JOSE DOS REIS JAVERT JOSE DOS REIS

Advogado.
OAB:

TESTEMUNHAS:

 ____
 ______
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
__ __
____
____
____
____
____
____
____
______
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
____
MARCOS ANTONIO RETONDI  GLÓRIA APARECIDA PEREIRA RETONDI 
RG. 00.000.000 SSP-SP RG. 0.000.000 SSP-SP

Modelo: 3 empresa na área de serviços, sociedade simples 


simples  

22
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO

N DEVAL ADVOCACIA LTDA. 

MOISÉS RODRIGO PACHECO, brasileiro, casado, comerciante, RG n.º 99.999.999


SSP-SP e CPF(MF) n.º 999.999.999-99, residente e domiciliado à Rua Damásio
Menezes, 42 Jardim Guarani São Paulo - SP CEP 02851-060;

VALDIRA SILVA SANTANA, brasileira, casada, comerciante, RG n.º 99.999.999


SSP-SP e CPF(MF) n.º 999.999.999-99, residente e domiciliada à Rua Damásio
Menezes, 42 Jardim Guarani São Paulo - SP CEP 02851-060;

tem entre si, justos e contratados, a constituição de uma sociedade simples de tipo
limitada, que regerá pelas cláusulas e condições seguintes e nas omissões, pela
legislação específica que disciplina essa forma societária.

CLÁUSULA PRIMEIRA

girará sob o nome empresarial N DEVAL ADVOCACIA S/S LTDA., e


A sociedade girará
seu uso ser obrigatório em todas as operações sociais da sociedade.

CLÁUSULA SEGUNDA
A sociedade terá sua sede à Rua Damásio
Damásio Menezes, 42 Jardim Guarani São Paulo - SP
CEP 02851-060, podendo abrir filiais ou sucursais em qualquer ponto do território
nacional, obedecendo as disposições vigentes.

CLÁUSULA TERCEIRA
O objetivo da sociedade será a exploração por conta própria do ramo de ADVOCACIA. 

23
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

CLÁUSULA QUARTA
O capital social será de R$ 2.000,00 (dois mil reais) dividido em 2.000 (duas mil)
quotas no valor nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma, totalmente integralizado neste
ato em moeda corrente do país, distribuído da seguinte forma, entre os sócios:

MOISÉS RODRIGO PACHECO 1.000 quotas R$ 1.000,00


VALDIRA SILVA SANTANA  1.000 quotas R$ 1.000,00
TOTALIZANDO................... 2.000 quotas R$ 2.000,00

Parágrafo Único: A responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas,


mas todos respondem solidariamente pela integralização do Capital Social. (art. 1052,
CC/2002)

CLÁUSULA QUINTA
O prazo de duração da sociedade ser por tempo indeterminado.
CLÁUSULA SEXTA
A administração da sociedade será representada por todos os sócios, ativa e
passivamente, judicial e extrajudicial, ficando, entretanto, vedado o uso da firma
em negócios alheios aos fins sociais.
Parágrafo único:- Na ausência ou impedimento de um dos sócios administradores, todas
as funções inerentes ao seu cargo, serão acumuladas pelo outro que em caso algum a
interferência de terceiros ser aceita salvo autorização reciprocamente consentida da
parte.
CLÁUSULA SÉTIMA
O uso da firma será feito por todos os sócios, sempre nos negócios que digam respeito
aos interesses sociais, sendo proibido seu uso para fins estranhos como endosso de
favores, cartas de fiança e outros documentos não análogos que acarretarem
responsabilidade para a sociedade.

CLÁUSULA OITAVA
Todos os sócios terão direito a uma retirada mensal a título de pró-labore, em valor a ser
fixado a cada mês de acordo com os interesses dos sócios, mas sempre dentro da
legislação do Imposto de Renda e ser levado a uma conta de DESPESAS
ADMINISTRATIVA.

24
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

CLÁUSULA NONA
Todo dia 31 de cada ano no mês de dezembro será procedido um balanço do exercício,
sendo que os lucros ou prejuízos verificados serão distribuídos ou suportados pelos
sócios na proporção de suas quotas de capital.

parágrafo único:- A critério dos sócios e no atendimento de interesses da própria


sociedade, o total ou parte dos lucros poderão ser destinados à formação de Reservas de
Lucros, conforme estabelecido pela Lei 6404/76, ou, então, permanecer em Lucros
Acumulados para futura destinação.

CLÁUSULA DÉCIMA
Todas as quotas da sociedade são indivisíveis e não poderão ser cedidas ou transferidas
sem o expresso consentimento dos sócios que irão adquiri-la no caso de algum
algum quotista
pretender ceder as que possui.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA


No caso de falecimento de quaisquer dos sócios a sociedade não será extinta,
levantando-se um balanço especial nesta data e se convier aos herdeiros do Pré-morto,
será lavrado um novo contrato com a inclusão destes com os direitos legais ou então os
herdeiros, receberão todos seus haveres apurados até o balanço especial, em 10 (dez)
prestações iguais e sucessivamente vencendo-se a primeira após 120 (cento e vinte) dias
da data do Balanço Especial ou de acordo com o que se combinar na ocasião do evento.

CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA


Fica eleito o foro desta comarca para qualquer ação fundada neste Instrumento de
Contrato Social, re-comunicando-se a qualquer outro por muito especial que seja.

Os administradores declaram, sob as penas da lei, de que não estão impedidos de


exercerem a administração da sociedade, por lei especial, ou em virtude de condenação
criminal, ou por se encontrarem sob os efeitos dela, a pena que vede, ainda que
temporariamente, o acesso a cargos públicos; ou por crime falimentar, de prevaricação,

peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema

25
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência, contra as relações de


consumo, fé publica, ou a propriedade.

E assim por estarem justos e contratados, assinam o presente em 3 (três) vias de igual
igual
teor na presença de 2 (duas) testemunhas de ambas as partes conhecidas e
posteriormente para validade ser registrado e arquivado em Cartório de Registro Civil
de Pessoas Jurídicas.

São Paulo, 26 de janeiro de 2005.

____________________________ _________________________
MOISÉS RODRIGO PACHECO VALDIRA SILVA SANTANA

TESTEMUNHAS

______________________________ _____________________________
ANTONIO FLAVIO DE MORAES CLAUDIA BAGAIOLO MORAES
RG: 15.411.411 SSP-SP RG:- 54.518.511 SSP-SP

26
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

O NOME EMPRESÁRIAL E OBJETO SOCIAL


S OCIAL
- O objeto deve ser claro e preciso indicando o gênero e espécie
das atividades.
Ex:
- O nome da empresa da empresa deverá, obrigatoriamente, vir
acompanhado de seu objeto.
Ex:
Fulano de Tal Comércio de Bebidas Ltda.. 

Registro no Órgão – JUCESP


• Busca do Nome da Empresa (pesquisa) GARE-DR cód 370-0
• Contrato social em 3 (três) vias (reconhecer firma caso)
assinatura não confira com o RG do Sócio
• RG ( Cópia) autenticada
• CPF (Cópia) autenticada
• Certidão de Casamento (Cópia) autenticada
• Ficha Cadastral Modelo 01
• Ficha Cadastral Modelo 02
• Folha de Exigência (1 via)
• Declaração de Enquadramento EPP ( 3 vias) quando
necessário
• Declaração ME (3 vias) quando necessário
Guia de Arrecadação Estadual – GARE – (3vias)
• Documento de Arrecadação de Receitas Federais – DARF – (2
vias)
• Protocolo – (1 via)
• Folha para colar GARE e DARF
• Gerar pelo Cadastro WEB JUCESP (dar entrada na Junta
Comercial ou entidade que mantém convênio).
Principais Exigências da JUCESP
• Identificar o tipo jurídico da sociedade

27
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

De acordo com o Novo Código Civil, o tipo jurídico é Sociedade


Ltda e não mais Sociedade por Quotas de Responsabilidade Ltda
• Declarar a responsabilidade dos sócios perante o capital social, art.
1.052 NCC.
• Anexar ou inserir no instrumento declaração de desimpedimento
criminal firmada pelos administradores
• Erro na composição do Nome Empresarial.

3). Passo - após elaboração do contrato social, preenchemos o cadastro


digital que está disponível para download, o programa Cadastro Digital Web –
Web – é obrigatório
para Empresário. Já para sociedade Ltda, devido alguns erros no próprio programa Cadastro
Digital de Sociedade Limitada, a Jucesp está prorrogado sucessivamente para
(disquete). 
recebimento em (disquete). 

28
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

29
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

30
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

31
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Nota: o cadastro Digital Web é obrigatório para empresa individual, a JUCESP


só está aceitando disquete das empresas (Sociedades Ltdas). Entretanto, para
quem não quiser usar este cadastro digital web, basta baixar o programa no site
da Jucesp - Junta Comercial do Estado de São Paulo, www.jucesp.sp.gov.br 
www.jucesp.sp.gov.br 
versão do programa 1.1
4). Passo: O que preciso levar para JECESP ?
- 3 (três) vias do contrato,
contrato, ambas assinadas por todos
todos os sócios e testemunhas
- Fichas de Cadastro (FC) modelo 01 e 2 geradas pelo cadastro
cadastro digital
- Declaração de ME, ou EPP assinadas pelo sócio responsável (3 vi vias)
as)
- CPF e RG dos sócios (cópias autenticadas)
- Formulário de exigência
exigência da junta com
comercial;
ercial; (não preencher)
preencher)
- Requerimento padrão da junta comercial (capa).
(capa).
- Taxas Pagas do (GARE-DR (Recolhimento Estadual)
(GARE-DR cód.370-0); (Recolhimento Estadual)
- DARF (cód.
(cód. 6621); (Recolhimento Federal).
Federal).
Nota:  Declaração de ME, ou EPP quando no contrato social contêm a
Nota: 
expressão de ME ou EPP. Uma vez que não esteja enquadrando em nenhuma
das hipóteses, ou seja, é um uma Ltda normal, o programa não gera as
referidas declarações.

32
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Observação:
Empresário  não tem contrato social após preencher o cadastro digital é
  Empresário 

gerado o requerimento de empresário,


empresário, bem como a Declaração de  de 
Enquadramento de ME. ME. Empresário opera sob a firma constituída por seu
nome, completo ou abreviado, aditando-lhe se quiser, designação mais
precisa da sua pessoa ou do gênero de atividade. NCC art. 1156. Não são
admitidas abreviaturas para o sobrenome, nem a omissão de parte dele. Ex.:
"da"
É certo - José da Silva Informática -ME
É errado - J. da Silva Informática -ME
É errado - J. da Silva Mercearia -ME

5). Passo: - Receita Federal (C.N.P.J)


Para fazermos a inscrição, alteração de dados cadastrais, pedido de baixa
etc, no CNPJ será obrigatoriamente, por meio dos seguintes documentos:

a) Documento Básico de Entrada (DBE);


Entrada do CNPJ (DBE );
b) Ficha Cadastral da Pessoa JJurídica
urídica (FCPJ), acompanhada, no ccaso
aso de
inscrição de sociedades, do Quadro de Sócios ou Administradores (QSA)
A SEFAZ-SP (Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo) e a RFB
(Receita Federal do Brasil) firmaram acordo para atuação integrada na
administração de seus respectivos cadastros. Deverá ser utilizado o Programa
Gerador de Dados (PGD), disponível no site da RFB para
inscrição/alteração/baixa no CNPJ. Deverão ser preenchidos todos campos
necessários, inclusive os dados relativos à SEFAZ/SP.
Nota: após este convênio o Cadastro Sincronizado SEFAZ/SP e RFB integra IE
Nota:
(Inscrição Estadual) e CNPJ
Obs: Os contribuintes deverão encaminhar as solicitações referentes ao CNPJ,
Obs: Os
utilizando o aplicativo RECEITANET, também assim como o programa CNPJ é
baixado no site da Rceita Federal www.receita.fazenda.gov.br 
www.receita.fazenda.gov.br  Após a
transmissão os contribuintes recebem o número do protocolo que servirá para
consultas do andamento do pedido no site da Receita Federal. Uma vez
( DBE).
processada todas informações a Receita Federal vai disponibilizar o (DBE ). A
seguir você conhecerá algumas telas do programa CNPJ.

33
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Nesta tela, é o início de todo o cadastro desde a escolha dos eventos de acordo
com o ato constitutivo, se: inscrição, alteração ou baixa, enfim para cada item
existe um evento.

34
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

35
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

36
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

37
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Importante saber: 
saber:  no preenchimento não pode abreviar nada, o nome da
empresa tem que estar preenchido da mesma forma que foi registrada, bem
como o nome dos sócios, ppois
ois tem que ser por extenso igual o que consta nnoo
cadastro do CPF, na Receita Federal.

38
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

39
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

40
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

41
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

42
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

43
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

44
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

45
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

46
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

47
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

48
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

49
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

50
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

51
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

52
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

6). Passo: -
Passo: - Após a Receita Liberar o DBE, quais procedimentos e documentos
a ser encaminhado a Receita Federal?.
Deverá ser encaminhada via Serviço de Encomendas Expressa – SEDEX, ou
carta normal para a unidade cadastradora.

a). Documento
reconhecida emBásico
cartóriodepelo
Entrada ( DBE)
no CNPJpelo
responsável (DBE ) original assinatura com firma
CNPJ.
b). Cópia autenticada do Contrato Social Registrado na Junta Comercial ou
Cartório
Obs: não envie documentos originais, exceto o DBE
DBE,, pois nenhum documentos
serão devolvidos.
7). Passo: - SECRETARIA DA FAZENDA
F AZENDA - ESTADUAL
Como você pôde ver agora a inscrição no Estado é feita automaticamente ao
enviar os dados pelo programa CNPJ, mas por ventura se a inscrição não
sejam feita, por algum motivo temos que comparecer em agência do posto
fiscal na jurisdição da empresa levando os seguintes documentos :

• Contrato social ou Declaração de Empresário Individual


• CNPJ
• CPF e RG dos Sócios ( Cópia autenticada)
• Contrato de locação registrado em cartório ( cópia
autenticada)
• Comprovante de residência dos sócios (cópia
autenticada)
• Declaração do proprietário cedendo o imóvel, ou parte
do mesmo (quando for Microempresa)
• Para estabelecimento industriais ou equiparados;
cópias “ licença de instalação” ou 1ª vias do Parecer de
Dispensa de Licença de Instalação” Fornecido pela CETESB.
8). Passo: - Inscrição Municipal CCM,CCM, é o Cadastro do contribuinte
mobiliário - válido
- válido para a prefeitura de São Paulo, no caso de outro município,
consultar a Prefeitura local:
Geralmente os documentos solicitados são:
  Guia de Dados Cadastrais (GDC);
  Contrato Social (original e cópia autenticada);
  CPF e RRG
G dos sócios (cópia autenticada);
  IPTU da sede empresa, (cópia simples, frente e verso, atual);

53
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277
  Comprovante de resi
residência
dência dos sóci
sócios
os (cópia autenticada);
  Registro do sócio responsáv
responsável
el no cons
conselho
elho Regional, quando a aatividade
tividade exigir;
(1 cópia autenticada da Carteira do Conselho);
  Quando pprocurador,
rocurador, juntar procuração com firma reconhecida.

Outras providências Obrigatórias


• Inscrição junto ao INSS
• Sindicato Patronal
• Caixa Econômica Federal – FGTS
• Alvará de Funcionamento (Prefeitura)
• Alvará da Vigilância Sanitária (Prefeitura /Estado)
• Confecção das Notas Fiscais (gráfica)
• Registro do produto no Ministério da Saúde ou da
Agricultura conforme o caso
• Registro no Conselho Regional, quando a atividade
exigir
• Outras 
INSS
• Empregador
• Matrícula no Cadastro Específico do INSS (CEI)
• Todas as pessoas, físicas ou jurídicas, consideradas e equiparadas a
empresas pela legislação previdenciária, estão obrigadas à matrícula, que se
caracteriza como ato de cadastramento para identificação do contribuinte junto
ao INSS.
• A matrícula da empresa será feita:
• simultaneamente com a inscrição no CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa
Jurídica),
ou
• perante o INSS, no prazo de 30 dias contados do início de suas atividades,
quando
não sujeita a inscrição no CNPJ, inclusive a obra de construção civil.
• A unidade matriculada será identificada pelo CNPJ ou certificado de matrícula
com
número cadastral básico de caráter permanente (CEI - Cadastro Específico do
INSS).
• A matrícula CEI pode ser feita pela Internet ou nas agências da previdência
social. O contribuinte deve informar os dados necessários de acordo com a
atividade exercida.

INSS

54
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

• CADASTRO DE EMPRESAS, MATRÍCULA CEI DE OBRAS E EQUIPARADOS  


1. Empresas em Geral: Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ)
A inclusão dos dados cadastrais da pessoa jurídica nos sistemas informatizados
do INSS por meio do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) será:
• automaticamente com as informações advindas do cadastro da Secretaria da
Receita Federal;
•apresentação
Com a comunicação junto a Agência
do ato constitutivo, da alterações
com as Previdênciaexistentes,
Social (APS), mediante
devidamente
registrados no órgão próprio, e cartão de inscrição no CNPJ.

• Nota: Se a matrícula for efetuada diretamente nas Agências da Previdência


Social (APS), o contribuinte deverá informar:
• Razão Social;
• Endereço completo, incluindo o Código de Endereçamento Postal (CEP);
• Data do início da atividade e Natureza Jurídica da Empresa;
• Número da Classificação Nacional da Atividade Econômica (CNAE).

Observação:A empresa que utilizar o aplicativo “Baixa de Empresa Web”, para


Observação:A
emissão da Certidão Negativa de Débito (CND) para a finalidade de baixa de
firma individual, cisão total ou extinção de entidade ou de sociedade comercial
ou civil, poderá incluir, pela Internet, os seus dados cadastrais, inclusive os dos
co-responsáveis, exceto razão social e endereço.

Agora que você já sabe abrir uma empresa, desde a elaboração do contrato
social, bem como fazer os registros em todos os órgãos cabíveis. Aprenderá
com mais facilidade alterar um contrato e elaborar uma baixa de uma empresa.
É deste assunto que trataremos a seguir.

ALTERAÇÃO CONTRATUAL
Conteúdo
a) Título ( Alteração Contratual) – indicando o número da
sequência;
b) Preâmbulo;
c) Corpo da Alteração:

55
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

• Nova redação das Cláusulas alteradas,


expressando as alterações introduzidas
• Redação das cláusulas incluídas;
• Indicação das cláusulas suprimidas;
• Fecho
Alteração do Capital
Aumento – alteração do contrato social e prazo de
30 dias para que os sócios exerçam direito de
preferência;
Redução – necessidade de publicação da ata de
assembléia que aprovar a redução.
Alteração do Capital

A redução só será eficaz se, no prazo de 90 dias


não houver
líquido oposição
anterior à datade
dacredor em razão
publicação deda
da ata título
assembléia;
Somente após este prazo de 90 dias a ata que
deliberar sobre a redução poderá ser registrada
no órgão competente.
Possibilidades de Redução do Capital
Art. 1.082, incisos I e II;
I – depois de integralizado, se houver perdas
irreparáveis;
II – se excessivo em relação ao objeto da
sociedade.
Exclusão de Sócio
Ressalvado o disposto no artigo 1.030, quando a maioria
dos sócios, representativa de mais da metade do capital
social, entender que um ou mais sócios estão pondo em
risco a continuidade da empresa, em virtude de atos de
inegável gravidade, poderá excluí-los da sociedade,
mediante alteração do contrato social, dede que prevista
a exclusão por justa causa (Art. 1.085)
MODELO DE NOMEAÇÃO DE ADMINISTRADOR DESIGNADO EM ATO
SEPARADO
Ilmo. Senhor Presidente da Junta Comercial do

56
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

 _______________________________________________________
 ______________________________ _________________________
(qualificação completa do administrador, compreendendo: nome
completo,
nacionalidade, estado civil, endereço residencial completo, identidade,
CPF)
requer a averbação de sua nomeação em (indicar a data da nomeação) como
ADMINISTRADOR da nomeação)
(indicar o ato de sua empresa ____________
iniciando-se -oNIRE
prazo__________,
de gestão emconforme
 _____/____/______ e terminando em _____/____/_____.
Declaro, sob as penas da lei, que não estou impedido, por lei especial, de
exercer a administração da sociedade e nem condenado ou sob efeitos de
condenação, a pena que vede, ainda que temporariamente, o acesso a cargos
públicos; ou por crime falimentar, de prevaricação, peita ou suborno,
concussão, peculato; ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro
nacional, contra as normas de defesa da concorrência, contra as relações de
consumo, a fé pública ou a propriedade.
(local e data) :________________, ____ de _______________ de ______

assinatura do administrador: _______________________________

ATA DE REUNIÃO OU ASSEMBLÉIA DE SÓCIOS


- CONTEÚDO –

a) título do documento; f) Convocação f) convocação


b) Nome e NIRE da empresa
c) Preâmbulo: hora, dia, mês, g) ordem do dia
ano e local da realização.
h) deliberações
d) Composição da Mesa
e) Quorum de instalação j) fecho

QUANDO HOUVER ALTERAÇÃO CONTRATUAL

57
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

À vista da modificação ora ajustada, consolida-se o


contrato social, com a seguinte redação:
Cláusula Primeira.....
Cláusula Segunda....
Inserir cláusulas facultativas desejadas.

SOCIEDADE UNIPESSOAL (ALTEÇÃO CONTRATUAL)


Artigo 1.033 inciso IV.
A possibilidade de permanecer no prazo máximo de 180 dias (seis meses) um
único sócio na sociedade. Ao término deste período a sociedade deverá voltar á
pluralidade sob pena de ser considerada Sociedade
Ilimitada e ensejará a dissolução.

DISSOLUÇÃO DE SOCIEDADE
Dissolução de sociedade empresária na qual se manifesta a
vontade (dissolução
(dissolução forçada) voluntária)
de encerraroua existência
a obrigaçãoda pessoa
 jurídica.
Distrato Social – É o documento em que se funda a
dissolução de uma sociedade.
Forma – O distrato social pode ser elaborado por escritura
Forma –
pública ou particular independentemente da forma
adotada na Constituição da Sociedade (Art. 53 da Lei nº
8.934/94 e Art. 42 do Decreto nº 1.800/96).
Conteúdo – Não existe um modelo para o distrato social,
Conteúdo –
mas esse documento precisa conter os elementos
exigidos pela norma do registro do comércio.
.

Elementos do Distrato Social:


1- Título
2- Preâmbulo, do qual deverão constar:
a) O nome completo do sócio
b) O nome empresarial e o número de identificação do registro de empresas
(NIRE) e
c) Resolução de promover o Distrato Social
3- Corpo do Distrato (cláusula obrigatória), em que deverão constar (art. 53 X do
Decreto 1.800/96)
a) A declaração da importância repartida entre os sócios
b)
da Referencia à pessoa superveniente
sociedade mercantil ou as pessoas ou
quenão
as aassumirão
liquidaçãoose
ativo
for eo ocaso.
passivo

58
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

4- Fecho

Certidões

a) Certidão Negativa
Contribuições deeDébitos
Federais de Tributos
Dívida Ativa e
(Receita
Federal)
b) Certidão Negativa de Débito (INSS)
c) Certidão de Regularidade do FGTS (Caixa
Econômica Federal)

CANCELAMENTO

Documentos – JUCESP – Sociedade Empresária


• Distrato de Contrato Social em 3 vias ( ou 4 vias) se houver
necessidade de Registro em Conselho Regional
Ficha Cadastral
• Requerer – Modelo
Certidões 1 duas
– INSS, FGTS,vias
RECEITA FEDERAL, DÍVIDA
ATIVA
• Requerimento Padrão e Protocolo
• Formulários de Exigências
• Taxas Recolhidas – GARE – Cod. 370-0
• Preencher o Cadastro Digital Sociedade Empresária Limitada
Documentos – JUCESP – Empresário Individual
• Requerimento de Empresário Individual em 4 vias
(disquete)
•DÍVIDA
Requerer Certidões: INSS,FGTS,RECEITA FEDERAL,
ATIVA
• Requerimento Padrão e Protocolo
• Taxas Recolhidas – GARE – Cod. 370-0
• Preencher o Cadastro Digital Empresário Individual

Obs. LEI 9.841/99 (Art. 35)


As firmas mercantis individuais e as sociedades mercantis e
civis enquadráveis como microempresa ou empresa de
pequeno porte que durante cinco anos, não tenham
exercido atividade econômica de qualquer espécie,
poderão requerer e obter
independentemente baixadedequitação
de prova registrode
competente,
tributos e

59
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

contribuições para com a Fazenda Nacional, INSS e


FGTS.

Cancelamento - INSS
DOCUMENTOS
• Contrato social e Alterações / Estatuto e Atas / Registro de
Empresário Individual
• Cartão do CNPJ
• Livro de Registro de Empregados
• Folha de Pagamento dos Empregos
• Folha de Pagamento ou Recibos dos Autônomos e
Administradores (a partir de
• Guia de Recolhimentos da 05/96)
Previdência Social –
GRPS/GPS
• GFIP a partir de 01/99 e GRFP a partir de 02/99
• RAIS – Relação Anual de Informações Sociais
• Termos de Responsabilidade (Salário- Família)
• Fichas de Atestados Médico (Salário Maternidade)
• Livro Diário: Lucro Real, Razão e Plano de Contas
• Livro Caixa: Para Microempresa (a partir de 02/97)
• Verificar Outras Exigências.
Requerer as Certidões de Débitos:
Débitos:
a) Receita Federal – Certidão Negativa de Débitos de Tributos e
Contribuições Federais – validade por 6 meses]
b) Certidão quanto à Dívida Ativa
c) FGTS - Certidão de Regularidade do FGTS – CRF – válido por 30
dias
d) INSS – Certidão Negativa de Débito – CND – Válido por 60 dias
e) As solicitações de registro do Distrato Social (baixa) na Junta
Comercial ou Cartório deverão ser anexadas no processo acima,
as Certidões dos Seguintes Órgãos;
Certidões dos seguintes órgãos:
• Receita Federal – Certidão Negativa de Débitos de Tributos e
•Contribuições Federais
Certidão Quanto a Dívida Ativa;

60
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

• FGTS – Certificado de Regularidade do FGTS – CRF


• INSS – Certidão Negativa de Débito – CND

Receita Federal (Baixa do CNPJ) – Documentos


• Distrato registrado na Junta Comercial ou Cartório (cópia
autenticada)
• CPF e RG dos Sócios 01 (uma) cópia autenticada
• CADASTRO CNPJ ENVIAR VIA RECEITANET.

Cancelamento – Receita Federal


Documentos
• Documentos Básico de Entrada do CNPJ – DBE e com
firma reconhecida em Cartório da Pessoa Física ou do
preposto ou procurador
• Declaração de Encerramento de Atividade em Curso
• Declaração de Informações Econômicas – Fiscal da
Pessoa Jurídica (DIPJ – para empresa tributada pelo
lucro real ou presumido
• Declaração Simplificada – para ME e EPP optante pelo
SIMPLES e Inativas no ano calendário
• Declaração de Débitos de Tributos Federais (DCTF) do
trimestre de encerramento (não obrigatório para ME e
EPP optante pelo SIMPLES e inativas)
• Declaração do IR na fonte (DIRF) para empresa que
efetuou retenção do IRRF
• Cartão do CNPJ da Matriz e possíveis filiais, ou na falta,
declaração sob pena de lei de extrato ou de não
recebimento do Cartão
• Multa por atraso na comunicação da baixa no valor de R$
74,00, código do DARF 3738, caso o contribuinte
apresente a solicitação de baixa após o último dia útil do
mês subsequente ao do registro do ato de Extinção na
Junta Comercial ou Cartório.
OBS: As solicitações de baixa no CNPJ deverão ser
• OBS: As
apresentadas exclusivamente pelo contribuinte
diretamente na unidade de jurisdição do estabelecimento
não por transmissão via Internet

61
 

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

IMPORTANTE SABER: em caso de encerramento (baixa) de empresas


inativas com mais de cincos anos sem registro na JUCESP, não precisa
apresentar as certidões negativas de débitos, para registrar o distrato social. Da
mesma forma junto a Receita Federal, e sim apresentar as declarações de
imposto de renda de inatividade, referente os últimos 05 (cinco) anos.
Registro na Junta Comercial de: alteração contratual, das empresas
enquadradas como ME, ou EPP no regime da Lei 9841/99, e Lei complementar
123 do simples nacional, estão dispensadas das certidões negativas de débitos,
salvo no caso de extinção (baixa).

E por aqui chegamos ao final do nosso curso.


Para que você possa desenvolver melhor e com agilidade na prática suas
atividades de abertura de empresa, alteração contratual e baixa. Você
receberá um kit com diversos modelos de contratos prontos em CD-Rom,
contendo inúmeros contratos que envolve todo tipo de empresa
e mpresa de acordo
com sua forma jurídica de constituição alteração, transformação de
cartório para Jucesp, e vice-versa.

Você irá escolher onde registrá-la se: Junta Comercial ou Cartório.

Dúvidas: E-mail: alvescontabildade@uol.com.br 


Dúvidas: alvescontabildade@uol.com.br  ou on-line via Chat no site:
www.alvescontabilidade.com.br

62
62

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Sites sugeridos para consulta


www.cedete.com.br
www.jucesp.sp.gov.br
www.dnrc.gov.br
www.sinescontabil.com.br
www.planalto.gov.br
www.receita.fazenda.gov.br
www.prodam.gov.br
www.pfe.fazenda.sp.gov.br

AVALIAÇÃO FINAL

APOSTILA IV - ABERTURA E ENCERRAMENTO DE EMPRESAS

Orientações Gerais:
Leia atentamente todas as questões, todas foram elaboradas com base no conteúdo da apostila.

Professor: Valdivino Alves de Sousa


Esta avaliação contém 10 questões e cada uma vale 1,0 ponto

1. O nome da firma será o titular, é conhecida como firma individual formada por uma
única pessoa física que exerce profissionalmente atividade econômica sujeito ao regime
jurídico comercial. A pessoa responsável ilimitada e individualmente pela empresa, ou
seja, responde 100% pelos seus atos. Estamos nos referindo qual o tipo de empresa?.

a) Empresário Rural, pois constitua sua principal profissão e que tenha optado por não inscrever
na Junta Comercial, exceto o excedente de atividade equiparada artigo 971 do Código Civil.
b) Sociedade empresária, constituída por dois, ou mais sócios, e que exerce profissionalmente
atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços. A
responsabilidade de cada um dos sócios é limitada à importância do capital social dividido em
quotas e distribuído proporcionalmente entre eles.

c) Sociedade
bens simples,
ou serviços paraconstituída porEssa
o exercício. pessoas que reciprocamente
sociedade é constituídasepor
obrigam
sóciosa com
contribuir com
profissão
63

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

regulamentada, ou seja, são sociedades formadas por pessoas que exercem profissão
intelectual.
d) Empresário (empresa individual), formada por uma pessoa física que exerce
profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou
serviços (artigo 966 do Código Civil).

e) Autônomo
profissional que prestará
autônomo (RPA) serviços comotributada,
ou nota fiscal pessoa caso
física,a prefeitura
podendo emitir recibo
autorize, próprio
e estará de
sujeito
ao ISS e ao recolhimento para o INSS.

3:
Com base no enunciado abaixo, responda as questões 2 e 3:

A personalidade jurídica da empresa é adquirida após o registro de seu ato constitutivo na junta
comercial do seu Estado ou Cartório.
2. Qual das empresas abaixo, não pode ser registrada no cartório.

a) Sociedade empresária Ltda, Empresário (firma individual), Empresa de Capital aberto S.A.
b) Sociedade empresaria Ltda, Associação, ONG, Autônomo Rural e empresário.
c) Sociedade Simples Ltda, Sociedade empresária Ltda, Associação, ONG e Empresário.
d) Sociedade Empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, Empresário e todas tipos de empresas.
e) Empresa de capital aberto S.A, Sociedade empresária Ltda, sociedade simples Ltda e empresário.
3. Qual das empresas abaixo, que somente pode ser registrada no cartório.
a) Sociedade Simples Ltda, Associação, ONG, Fundação e Igreja.
b) Empresa de capital aberto S.A, Sociedade empresária Ltda, sociedade simples Ltda e empresário.
c) Sociedade Simples Ltda, Sociedade empresária Ltda, Associação, ONG e Empresário.
d) Associação, ONG, Fundação, Igreja e Sociedade Simples Ltda, constituída por sócios com profissão
regulamentada.
e) As alternativas A e D estão corretas.
4. Os impostos de uma empresa são recolhidos de acordo com a forma de tributação e
enquadramento junto a Receita Federal. O simples Nacional abrange o recolhimento unificado de
08 (oito) impostos. Qual das empresas abaixo pode optar pelo simples nacional.

a) Sociedade empresária Ltda, Sociedade simples Ltda, enquadradas como ME, ou EPP.
b) Empresário (firma individual), Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, enquadrada
como ME com receita bruta anual igual ou inferior a 240.000,00, ou EPP com receita bruta anual
superior a 240.000,00 e igual ou inferior a 2.400,000,00.
c) Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, Empresário (firma individual), enquadrada
como ME, ou EPP, desde que sua atividade permite conforme legislação vigente.
d) Sociedade empresária Ltda, Empresário (firma individual), Empresa de Capital aberto S.A. Sociedade
simples Ltda, desde que esteja enquadrada como ME, ou EPP.
e) Somente estão corretas as alternativas B e C.

5. Antes de darmos inicio à abertura de uma empresa precisamos checar algumas informações. Os
sócios A e B, procurou-lhe para abrir uma sociedade empresária Ltda, informou que havia locado
o imóvel para sede da empresa, mas que aquele endereço constava outra empresa inativa, e que
ambos era do mundo dos negócios fazendo parte de outras sociedades etc,. O sócio A como
administrador participando com mais de 10% do capital social, e o sócio B faz parte em sociedade
de empresas que estão enquadradas no simples nacional. E essa nova empresa que estar abrindo,
64

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

quer enquadrá-la no simples nacional. Você se encarrega de atendê-los como profissional do


depto legal qual o primeiro passo que você daria?.

a) Solicitaria a relação de documentos necessários para abrir a empresa, depois tentaria explicar os
problemas que aparecessem futuramente.
b) Indagaria o porque fazer parte de outras sociedades, e em função disso, independente da situação do
endereço que daria um jeitinho, mas avisaria desde já que não poderia ser enquadrada no simples
c) nacional.
Como profissional, passaria a relação de documentos necessários para abrir a empresa, indagaria
qual seria à área de atividade da empresa, pois aí saberia se o local seria apropriado para tal ramo. E
quanto fazer parte de outras sociedades enquadradas no simples nacional, cabe-me somar o total
dos faturamentos de ambas, caso não ultrapassassem o limite anual conforme legislação vigente,
informariam os dando uma posição correta.
d) Distorceria as informações dizendo que quem pode optar pelo simples nacional as empresas:
Empresário (firma individual), Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, enquadrada
como ME com receita bruta anual igual ou inferior a 240.000,00, ou EPP com receita bruta anual
superior a 240.000,00 e igual ou inferior a 2.400,000,00.
e) Seria bem direto e informaria que por fazer questão de sua empresa ser enquadrada no simples
nacional, explicaria que quem só pode optar pelo simples, somente as empresas: Sociedade
empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, Empresário (firma individual), enquadrada como ME, ou
EPP, desde que sua atividade permite conforme legislação vigente, mas independente de sua
atividade.  
atividade.
6. Em contrato social de uma empresa são necessário; nome empresarial, qualificação dos sócios,
endereço da sede da empresa, objetivo social, valor do capital etc. Quais são os elementos
imprescindível num contrato social?.
a) Cláusulas obrigatórias, titulo, corpo do contrato com nome empresarial e endereço,
b) Título, Preâmbulo, corpo do contrato, cláusula obrigatórias e fecho.
c) Título, Preâmbulo, corpo do contrato, nome empresarial e todas cláusulas obrigatórias.
d) Cláusulas obrigatórias e cláusulas facultativas, título e preâmbulo,
e) Nome empresarial, objetivo social, valor do capital social, cláusulas obrigatórias e facultativas.

7. São cláusulas obrigatórias e facultativas.


a) Nome empresarial, capital social expresso em moeda corrente, quota de cada sócio, a forma e prazo
de sua integralização, endereço completo da sede, prazo de duração de sociedade, data de
encerramento do exercício social.
b) Nome empresarial, objetivo social, valor do capital social, participação de cada sócio nos lucros e
perdas
c) Aquelas que disciplinam das reuniões de sócios, e as preverem a exclusão de sócios por justa causa.
d) Cláusulas obrigatórias e cláusulas facultativas, título e preâmbulo.
e) As alternativas A e C estão corretas.

8. Qual das empresas abaixo, exige-se visto de advogado no ato de sua


sua constituição.
a) Sociedade empresária Ltda, Sociedade simples Ltda, enquadradas como ME, ou EPP.
65

ALVES CONTABILIDADE & CONSULTORIA


Nosso site: www.alvescontabilidade.com.br 
www.alvescontabilidade.com.br   Fone/Fax:(xx11) 3229-9277

Empresário (firma individual), Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, enquadrada como
ME com receita bruta anual igual ou inferior a 240.000,00, ou EPP com receita bruta anual superior a
240.000,00 e igual ou inferior a 2.400,000,00.
b) Associação, ONG, Fundação, Igreja e Sociedade Simples Ltda, constituída por sócios com profissão
regulamentada.
c) Sociedade empresária Ltda, e Sociedade simples Ltda, desde que não estejam enquadrando como
ME, ou EPP. Exige-se também o visto de advogado nos estatutos de associação, ONG, fundação e
Igreja.
d) Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, Empresário (firma individual), enquadrada como
ME, ou EPP, desde que sua atividade permite conforme legislação vigente.
e) Todas alternativas estão corretas.

9. Qual das empresas abaixo, não exige visto de advogado no ato de sua constituição.

a) Sociedade empresária Ltda, e Sociedade simples Ltda, desde que estejam enquadrando como ME,
ou EPP.
b) Associação, ONG, Fundação, Igreja e Sociedade Simples Ltda, constituída por sócios com profissão
regulamentada.  
regulamentada.
c) Empresário (firma individual), Sociedade empresária Ltda, Sociedade Simples Ltda, enquadrada
como ME com receita bruta anual igual ou inferior a 240.000,00, ou EPP com receita bruta anual
superior a 240.000,00 e igual ou inferior a 2.400,000,00. 
2.400,000,00.  
e) Sociedade
d) Empresa deEmpresária Ltda,
capital aberto Sociedade
S.A, Simples
Sociedade Ltda, Empresário
empresária e todas
Ltda, sociedade tipos Ltda
simples de empresas.
e empresário. 
empresário.  

10. Na constituição de uma empresa, após o registro do ato constitutivo na junta comercial ou
cartório, sabemos que devemos registrar em outros órgãos cabíveis, mas antes disso, onde
precisamos registrar primeiro.

a) Inscrição junto ao INSS, Caixa Econômica Federal – FGTS, Sindicato Patronal e Alvará de
Funcionamento.
b) Registro no Conselho Regional, quando a atividade exigir, e inscrição estadual, pois sem estes
impossibilita dar andamento na inscrição no CNPJ.
c) Na prefeitura local conhecido como inscrição municipal CCM, que é o cadastro do contribuinte
mobiliário.
d) Na Receita Federal, pois sem a inscrição no CNPJ impossibilita a dar andamento nos demais órgãos.
e) Registro do produto no Ministério da Saúde ou da Agricultura conforme o caso, e o Registro no
Conselho Regional, quando a atividade exigir, e inscrição estadual, pois sem estes impossibilita dar
andamento na inscrição no CNPJ.