Você está na página 1de 416

ptbr Manual de instruções

Pá carregadora sobre rodas

L 580-459

a partir do n.º de série 25400

Identificação do documento
MANUAL DE INSTRUÇÕES ORIGINAL
Número de enco- 11658645
menda:
Edição: 01-2014
Versão: 02
Autor: LBH / Departamento de documentação técnica

Identificação do produto
Fabricante: Liebherr-Werk Bischofshofen GmbH
Modelo: L 580
Tipo n.º: 459
A partir do n.º de 25400
série:
Conformidade:

Endereço
Morada: Liebherr-Werk Bischofshofen GmbH
Dr. Hans Liebherr-Straße 4
A – 5500 Bischofshofen
Dados da máquina:
Quando receber a máquina, adicione os seguintes dados. * Estas informações
encontram-se na chapa de características da sua máquina. Isto também será útil
para a encomenda de peças de reposição.

* N.º de ident. do veículo:


VATZ ............................. ZZB .............................

* Ano de fabrico:
.............................

Data da primeira colocação em funcionamento:


.................. / ................. / .................
Fig. 1: Exemplo de uma declaração de conformidade CE

Válido para os países do Espaço Económico Europeu: Parte do fornecimento é


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

uma declaração de conformidade CE. Guarde cuidadosamente a declaração de


conformidade CE.

copyright by

L 580-459 / 25400 3
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

4 L 580-459 / 25400
Prefácio

Este manual de instruções foi concebido para o motorista e para os técnicos de


manutenção da máquina.
Ele contém informações sobre:
– Capítulo 1 “Descrição do produto”
– Capítulo 2 “Prescrições de segurança”
– Capítulo 3 “Operação e funcionamento”
– Capítulo 4 “Falhas na operação”
– Capítulo 5 “Manutenção”
Este manual de instruções deve ser cuidadosamente lido e respeitado por
todas as pessoas que trabalharem na máquina ou com a máquina, antes da
primeira colocação em funcionamento e, posteriormente, em intervalos regu-
lares.
Exemplos de trabalhos com a máquina ou na máquina:
– Operação incluindo equipamento, solução de problemas operacionais,
remoção de resíduos da produção, cuidados, eliminação de combustíveis e
lubrificantes.
– Conservação incluindo manutenção, inspeção, reparação
– Transporte ou carregamento da máquina
O manual de instruções facilita a familiarização do motorista com a máquina,
evitando a ocorrência de falhas devido a operação incorreta do equipamento.
Se os técnicos de manutenção respeitarem o manual de instruções e de manu-
tenção:
– o grau de segurança aumenta durante a utilização
– a vida útil da máquina aumenta
– os custos de reparação e os períodos de inatividade são reduzidos
O manual de instruções é parte integrante da máquina. Certifique-se de que
existe sempre um exemplar disponível no porta-luvas da cabine do motor-
ista.
Ao manual de instruções e de manutenção deve ser acrescentada a legislação
nacional para a prevenção de acidentes e proteção do meio ambiente.
Além do manual de instruções e da legislação de prevenção de acidentes em vigor
no país de utilização da máquina, também é necessário respeitar todas as regras
profissionais reconhecidas garantindo, assim, a segurança e um trabalho técnico
correto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Este manual de instruções e de manutenção contém todas as informações neces-


sárias para o funcionamento e a manutenção da sua máquina.
– Algumas imagens neste manual de instruções podem apresentar particulari-
dades e aparelhos de trabalho que diferem dos da sua máquina.
– Em algumas imagens também foram retirados os dispositivos de proteção e as
tampas para uma melhor percepção.
– Os melhoramentos que são constantemente realizados em nossas máquinas
podem ter como conseqüência alterações na sua máquina que, possivelmente,
ainda não constam deste manual de instruções.

copyright by

L 580-459 / 25400 5
Prefácio Manual de instruções

Mas, se necessitar de mais explicações ou informações, os departamentos de


documentação técnica e serviço de assistência a clientes da empresa Liebherr
estão à sua disposição.

Responsabilidade e garantia
Devido à grande quantidade de produtos oferecidos por outros fabricantes (p.ex.
combustíveis, lubrificantes, ferramentas montadas e peças de reposição), a
Liebherr não consegue, por norma, verificar a aptidão e o funcionamento impe-
cável dos produtos de outros fabricantes usados em conjunto com os produtos da
Liebherr. O mesmo se aplica a eventuais efeitos secundários dos produtos de
outros fabricantes usados em conjunto com os produtos da Liebherr.
A utilização de produtos de outros fabricantes em máquinas da Liebherr é da
responsabilidade do usuário. No caso de paradas das máquinas da Liebherr ou de
danos nas máquinas da Liebherr causados pela utilização de produtos de outros
fabricantes, a Liebherr não assume qualquer responsabilidade ou garantia por
este tipo de dano.
Além disso, a Liebherr não se responsabiliza pelos direitos de garantia resultantes
de uma operação incorreta, pela manutenção incorreta ou pelo não cumprimento
das prescrições de segurança.

Alterações, condições, direito autoral


Em relação ao desenvolvimento técnico, reservamo-nos o direito de realizar modi-
ficações sem pré-aviso.
As indicações e as figuras deste manual não devem ser reproduzidas ou divul-
gadas, nem utilizadas para fins de concorrência. Todos os direitos autorais perma-
necem expressamente reservados de acordo com a lei.
As condições de garantia e de responsabilidade especificadas nas condições
gerais de negociação da firma Liebherr não podem ser alargadas pelas presentes
advertências.

Abreviaturas utilizadas
CAN = Controller Area Network
CPU = Central Processing Unit
event. = eventualmente
Hidr. = Sistema hidráulico
LCD = Liquid Crystal Display
LED = Diodo emissor de luz
LH-ECU = Liebherr Electronik Control Unit
LFD = amortecedor de vibrações Liebherr
LH = Liebherr
CAM = Caminhão
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

MC = Microcontrolador
VM = Válvula magnética
BDE = Bomba da direção de emergência
Cinemática P = Estrutura cinemática da coluna de elevação
MCO = Saídas com modulação do comprimento de onda (ímã proporcional)
REF = Referência (comparação)
CAMP= Caminhão de pesados
DTR = Dispositivo de troca rápida
Ubat = Alimentação de tensão da bateria (borne 30)
UEC = Controlador do dispositivo de deslocação universal
Cinemática Z = Estrutura cinemática da coluna de elevação

copyright by

6 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Prefácio

Significado dos símbolos e pictogramas utilizados


Direção de acionamento ou sentido de movimentação

Movimento - parada

não assim

Ar-condicionado, Inverno, temperaturas baixas

Verificar visualmente

fechado, bloqueado

aberto, desbloqueado

sinal acústico, som de aviso

fechar

abrir

acionamento manual
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 7
Prefácio Manual de instruções

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

8 L 580-459 / 25400
Formulário para comentários

Necessitamos da sua ajuda para melhorar constantemente a nossa documen-


tação. Favor copiar esta página e enviá-la por correio, fax ou e-mail com os seus
comentários, idéias e propostas de melhoramento.

Para: Liebherr-Werk Bischofshofen GmbH


Dr. Hans Liebherr Straße 4
A-5500 Bischofshofen / Österreich
Fax: 0043 6462 888 341

E-mail: roland.weber@liebherr.com

Idéias, comentários (favor indicar o número da página):

De um modo geral, como classificaria a presente publicação?

Excelente
Muito boa
Boa
Suficiente
Péssima

Os seus dados: Máquina / n.º de série:


Empresa:
Nome:
Morada:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

N.º de telefone:
Comerciante:

Muito obrigada pela sua ajuda!

copyright by

L 580-459 / 25400 9
Formulário para comentários Manual de instruções

Notas:

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

10 L 580-459 / 25400
Índice

1 Descrição do produto 19
1.1 Descrição técnica 19
1.1.1 Vista geral da máquina inteira 19
1.2 Dados técnicos 21
1.2.1 Informações sobre a emissão de vibrações 21
1.2.2 Emissão acústica 22
1.2.3 Motor 22
1.2.4 Sistema elétrico 23
1.2.5 Mecanismo de translação 23
1.2.6 Eixos 24
1.2.7 Freios 24
1.2.8 Direção 25
1.2.9 Sistema hidráulico de trabalho 25
1.2.10 Equipamento de trabalho 25
1.2.11 Cabine do motorista 26
1.2.12 Aquecimento, ventilação 26
1.2.13 Ar-condicionado 27
1.2.14 Filtro das partículas diesel 27
1.2.15 Bomba de abastecimento de combustível 27
1.2.16 Dispositivo de reboque 27
1.2.17 Lastros 28
1.2.18 Pneus 28
1.2.19 Correntes antiderrapantes ou correntes de proteção dos pneus 31
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1.2.20 Pneus com espuma 32


1.2.21 Equipamento integral com pá carregadeira (cinemática Z) 32
1.2.22 Equipamento - High Lift (cinemática Z) 34
1.2.23 Equipamento - pá para materiais leves 35
1.2.24 Equipamento - pá com basculamento em altura 37
1.2.25 Equipamento - Garfo de carga 38

copyright by

L 580-459 / 25400 11
Índice Manual de instruções

1.2.26 Equipamento - garra para madeira 39

2 Indicações de segurança, placas 43


2.1 Identificação das indicações de aviso 43
2.1.1 Outras sinaléticas 44
2.1.2 Regras e diretrizes adicionais 44
2.2 Utilização adequada 44
2.3 Placas na máquina 44
2.3.1 Placas de segurança 45
2.3.2 Placas de advertência 48
2.3.3 Placas de características 55
2.4 Indicações de segurança 56
2.4.1 Indicações gerais de segurança 56
2.4.2 Instruções para evitar esmagamentos e queimaduras 58
2.4.3 Instruções para evitar riscos de incêndio e explosão 58
2.4.4 Medidas de segurança para a colocação em funcionamento 59
2.4.5 Precauções de segurança durante a partida 59
2.4.6 Instruções para trabalhar em segurança 60
2.4.7 Instruções de segurança para a condução em terrenos íngremes 61
2.4.8 Parada segura da máquina 61
2.4.9 Transporte seguro da máquina 62
2.4.10 Reboque seguro da máquina 63
2.4.11 Medidas para uma manutenção segura 63
2.4.12 Instruções de segurança para trabalhos de manutenção na máquina
com reservatórios hidráulicos 66
2.4.13 Instruções de segurança para trabalhos de solda na máquina 66
2.4.14 Instruções de segurança para trabalhos no equipamento 67
2.4.15 Prescrições de segurança para carregar a máquina com grua 67
2.4.16 Manutenção segura das mangueiras hidráulicas e tubos flexíveis 68
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

2.4.17 Estrutura de proteção contra capotamento (ROPS) e proteção contra


queda de pedras (FOPS) 68
2.4.18 Componentes do equipamento e acessórios 69
2.4.19 Proteção de vibrações 69
2.4.20 Ver e ser visto 70

copyright by

12 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Índice

3 Operação, funcionamento 73
3.1 Elementos de operação e controle 73
3.1.1 Local do motorista 73
3.2 Operação 75
3.2.1 Interruptor principal da bateria 75
3.2.2 Bloqueio da articulação 75
3.2.3 Acesso 77
3.2.4 Janela direita com abertura 78
3.2.5 Saída de emergência 79
3.2.6 Banco do motorista com amortecimento mecânico 80
3.2.7 Banco do motorista com amortecimento pneumático 84
3.2.8 Banco do motorista com amortecimento ativo 91
3.2.9 Cinto de segurança 99
3.2.10 Coluna da direção e volante 100
3.2.11 Console de controle 101
3.2.12 Interruptor de partida 103
3.2.13 Bloqueio eletrônico anti-furto 103
3.2.14 Identificação do motorista 107
3.2.15 Interruptor na coluna da direção 110
3.2.16 Iluminação 111
3.2.17 Iluminação interna da cabine 115
3.2.18 Unidade de indicação 115
3.2.19 Contador das horas de serviço - mecânico 137
3.2.20 Unidades de comando 138
3.2.21 Botão/interruptor para equipamentos opcionais 148
3.2.22 Alavanca de operação - LIEBHERR 151
3.2.23 Manete de operação para funções de trabalho adicionais 157
3.2.24 Sistema de aquecimento, ar-condicionado 158
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

3.2.25 Aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos vidros (opção) 162
3.2.26 Espelhos exteriores e interior 163
3.2.27 Pára-sol 163
3.2.28 Rádio 164
3.2.29 Sistema de lavagem e limpa-vidros 164
3.2.30 Sistema de lubrificação central com graxa (automático) - LIEBHERR 166
3.2.31 Dispositivo de aviso de marcha à ré 171

copyright by

L 580-459 / 25400 13
Índice Manual de instruções

3.2.32 Acionamento da ventoinha reversível 174


3.2.33 LiDAT 176
3.3 Funcionamento 177
3.3.1 Colocação em funcionamento - diária 177
3.3.2 Partida do motor diesel 179
3.3.3 Marcha 183
3.3.4 Colocar a máquina fora de funcionamento 200
3.3.5 Desligamento do motor - automático 202
3.3.6 Coluna de elevação - acionamento 202
3.3.7 Filtro diesel 210
3.3.8 Bomba de abastecimento de combustível - processo de enchimento do
tanque 215
3.3.9 Pá com basculamento em altura 216
3.3.10 Garfo de carga 218
3.3.11 Garra para madeira 221
3.3.12 Direção 2 em 1 223
3.4 Métodos de trabalho 227
3.4.1 Carregar e reposicionar materiais 227
3.4.2 Transportar e reposicionar materiais 228
3.4.3 Trabalhos de nivelamento 230
3.4.4 Carregar material a partir de um monte 231
3.4.5 Escavação do material a partir do talude ou parede 233
3.4.6 Carregar material a partir de um veículo de transporte 234
3.4.7 Escavação 238
3.5 Montar e desmontar o equipamento 242
3.5.1 Dispositivo de troca rápida - Acionamento por meio da alavanca de
operação para funções de trabalho adicionais 242
3.5.2 Dispositivo de troca rápida - Acionamento com o botão Dispositivo de
troca rápida 248
3.5.3 Dispositivo de troca rápida - acionamento com controle Comfort ou
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

controle por teclas 254


3.6 Transporte 263
3.6.1 Transporte da máquina 263
3.7 Funcionamentos de emergência 270
3.7.1 Reboque da máquina 270
3.7.2 Processo de direção de emergência 275
3.7.3 Processo de partida externo 276

copyright by

14 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Índice

4 Avarias de funcionamento 279


4.1 Códigos de assistência técnica 279
4.1.1 Código de serviço - indicação no display 279
4.1.2 Códigos de erro adicionais – LogHandler 302
4.2 Avarias - Causa - Eliminação 307
4.2.1 Sinais de aviso - acústicos e óticos 307
4.2.2 Localização de falhas do sistema automático de lubrificação central
com graxa - LIEBHERR 309
4.3 Eliminação de avarias 310
4.3.1 Trocar os fusíveis 310

5 Manutenção 317
5.1 Plano de manutenção e inspeção 317
5.2 Quantidades de abastecimento, plano de lubrificação 322
5.2.1 Lubrificantes recomendados 322
5.2.2 Combustíveis recomendados 323
5.2.3 Plano de lubrificação 323
5.3 Lubrificantes e combustíveis 326
5.3.1 Indicações gerais sobre a troca de lubrificantes e combustíveis 326
5.3.2 Conversão do sistema hidráulico de óleos minerais para fluidos
hidráulicos amigos do meio ambiente 326
5.3.3 Combustíveis 327
5.3.4 Lubrificantes para os motores diesel 328
5.3.5 Agente refrigerante para motores diesel 330
5.3.6 Óleo hidráulico 333
5.3.7 Lubrificantes para caixas de câmbio intermediárias de bombas 337
5.3.8 Lubrificantes para caixas de câmbio intermediárias axiais 338
5.3.9 Lubrificantes para eixos 338
5.3.10 Graxa lubrificante e outros lubrificantes 339
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

5.4 Manutenção - tarefas preparatórias 341


5.4.1 Manutenção - precauções de segurança 341
5.4.2 Posições de manutenção 342
5.4.3 Fechar as tampas, portas de serviço e os capôs 343
5.4.4 Desligar o interruptor principal da bateria 347
5.5 Máquina inteira 349
5.5.1 Liberar a máquina de peças soltas, sujeira, bem como gelo e neve 349

copyright by

L 580-459 / 25400 15
Índice Manual de instruções

5.5.2 Verificar a máquina em relação a danos exteriores 349


5.5.3 Controlar o aperto de todas as uniões rosqueadas 349
5.5.4 Vedar eventuais fugas 349
5.5.5 Máquina em uso de sal e fertilizante artificial - Efetuar a conservação
posterior 350
5.5.6 Trocar cápsulas VCI 350
5.6 Motor diesel 351
5.6.1 Motor diesel - verificar o nível de óleo 351
5.6.2 Motor diesel - trocar o óleo 351
5.6.3 Motor diesel - trocar o filtro de óleo 353
5.6.4 Motor diesel - verificar o flange de aquecimento 354
5.6.5 Mudar o pré-filtro do combustível 355
5.6.6 Trocar o filtro fino do combustível 357
5.6.7 Pré-filtro do combustível - escoar a água de condensação 358
5.6.8 Purgar o ar do sistema de combustível 358
5.6.9 Tanque de combustível - escoar a água de condensação e a
acumulação do fundo 362
5.6.10 Filtro de ar - limpar a tampa de serviço e a válvula de evacuação de
poeiras do filtro de ar 362
5.6.11 Trocar o elemento principal do filtro de ar 364
5.6.12 Trocar o elemento de segurança do filtro de ar 365
5.7 Caixa de câmbio intermediária de bombas 366
5.7.1 Verificar o nível do óleo na caixa de câmbio intermediária de bombas 366
5.8 Filtro diesel 367
5.8.1 Esvaziar o separador da água de condensação 367
5.9 Radiador 368
5.9.1 Agente refrigerante - verificar o agente anticongelante ou a
concentração do agente anticorrosivo 368
5.9.2 Limpar o radiador 373
5.9.3 Trocar o agente refrigerante 374
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

5.10 Sistema hidráulico de trabalho 377


5.10.1 Tanque hidráulico - verificar o nível do óleo 377
5.10.2 Verificar e limpar a vareta magnética no tanque hidráulico 378
5.11 Sistema de direção 381
5.11.1 Direção - verificar a função 381
5.11.2 Cilindro de direção - lubrificar os pontos de apoio 381
5.12 Sistema de frenagem 383

copyright by

16 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Índice

5.12.1 Verificar o funcionamento e a atuação dos freios de imobilização e de


serviço 383
5.13 Sistema elétrico 385
5.13.1 Verificar as lâmpadas de controle. 385
5.13.2 Verificar a iluminação 385
5.14 Caixa de câmbio intermediária axial 387
5.14.1 Caixa de câmbio intermediária axial - verificar o nível do óleo 387
5.15 Eixos, pneus 389
5.15.1 Rodas - verificar a fixação (uma vez a cada 50, 100 e 250 horas de
funcionamento) 389
5.15.2 Verificar o(s) eixo(s) articulado(s) 389
5.15.3 Verificar a pressão dos pneus 390
5.16 Quadro do veículo, contrapeso 392
5.16.1 Lubrificar o suporte da articulação e o suporte pendular traseiro 392
5.16.2 Chassi traseiro - lubrificar a cobertura por baixo das charneiras 393
5.17 Sistema de lubrificação central (opção) 394
5.17.1 Sistema de lubrificação central com graxa - verificar o nível de
enchimento do depósito de graxa 394
5.17.2 Sistema de lubrificação central com graxa - verificar os tubos,
mangueiras e pontos de lubrificação 395
5.17.3 Sistema de lubrificação central com graxa - verificar a dosagem
suficiente nos pontos de apoio (colares de graxa) 395
5.18 Cabine, aquecimento, ar-condicionado 396
5.18.1 Portas da cabine - lubrificar as charneiras 396
5.18.2 Verificar / reabastecer o detergente no recipiente para sistema de
limpa-vidros 396
5.18.3 Filtro de ar da cabine - limpar o filtro de ar fresco e o filtro de ar de
circulação 397
5.18.4 Filtro de ar da cabine - trocar o filtro de ar fresco e o filtro de ar de
circulação 398
5.19 Coluna de elevação, dispositivo de troca rápida 400
5.19.1 Lubrificar a coluna de elevação e o equipamento 400
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

5.19.2 Coluna de elevação - verificar as vedações do suporte da pá e as


buchas do mancal 401
5.19.3 Dispositivo de troca rápida - lubrificar e verificar quanto o seu
funcionamento 403
5.20 Limpeza da máquina 405
5.20.1 Limpeza molhada da máquina 405
5.21 Trabalhos de conservação 407

copyright by

L 580-459 / 25400 17
Índice Manual de instruções

5.21.1 Conservação das bielas dos êmbolos 407


5.21.2 Conservação do tanque de combustível 407
5.22 Imobilização da máquina 408

Index 409

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

18 L 580-459 / 25400
1 Descrição do produto

1.1 Descrição técnica

1.1.1 Vista geral da máquina inteira


Este parágrafo contém uma vista geral da máquina com a denominação dos
componentes exibidos.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 2: Vista geral da máquina inteira


1 Coluna de elevação 10 Capô - espaço do motor 19 Acesso
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

L 580-459 / 25400 19
Descrição do produto Manual de instruções
Descrição técnica

2 Iluminação dianteira 11 Tampa - espaço do motor 20 Caixa de ferramentas


3 Cabine do motorista 12 Dispositivo de reboque 21 Cilindro da direção
4 Tanque de combustível 13 Iluminação traseira 22 Bloqueio da articulação
5 Faróis de trabalho dianteiros 14 Tampa - espaço da bateria 23 Chassi dianteiro
6 Faróis de trabalho traseiros 15 Contrapesos 24 Eixo dianteiro
(opção)
7 Radiador 16 Chassi traseiro 25 Pá carregadora
8 Capô - radiador 17 Extintor de incêndio (opção) 26 Proteção dos dentes (opção)
9 Espelho para ver a toda a 18 Eixo traseiro
volta

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

20 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

1.2 Dados técnicos

1.2.1 Informações sobre a emissão de vibrações

Emissão de vibrações nas mãos, nos braços e em todo


o corpo
O banco do motorista montado nesta máquina pelo fabricante corresponde à
norma ISO 7096:2000, EM3 para pás carregadoras. Em caso de uma troca do
assento é necessário ter atenção para que o novo assento também corresponda a
esta norma.

Vibrações nas mãos e nos braços


Em caso de uso adequado da máquina, o valor efetivo estimado das vibrações
nas mãos e nos braços (avaliado por freqüência) está, conforme a norma ISO
5349-1:2001, abaixo de 2,5 m/s2.

Vibrações em todo o corpo


Numa utilização adequada da máquina, os valores efetivos estimados para deter-
minados exemplos de utilização da máquina podem ser disponibilizados de acordo
com a tabela seguinte. Estes valores correspondem às indicações do relatório
técnico ISO/TR 25398:2006 “Earth-moving machinery - Guidelines for assessment
of exposure to whole-body vibration of ride-on machines - Use of harmonized data
measured by international institutes, oranizations and manufacturers”. O processo
de medição aplicado corresponde à norma ISO 2631-1:1997. Os valores efetivos
de máquinas representativas apresentados estão indicados com os desvios
(desvio standard). Estes desvios estão divididos nas condições de funcionamento
ligeiras, normais e duras. A sub-divisão das condições de funcionamento tem de
ser realizada pelo usuário de acordo com os fundamentos das condições do
terreno, do estado da obra, da organização da obra, do material, do equipamento
da máquina, do modo de trabalho e do nível de treinamento do motorista.
Uma vez que os valores indicados são valores efetivos individuais para determi-
nados campos de emprego habituais, uma avaliação do corpo do motorista
somente é possível de modo limitado devido às vibrações em todo o corpo. Para
uma avaliação precisa da exposição diária de um motorista em um dia de trabalho
de 8 horas ou mais, é favor consultar a brochura Liebherr sobre vibrações em todo
o corpo, bem como o software criado para o efeito. Ambos os documentos podem
ser encomendados junto dos revendedores da Liebherr ou consultados no CD de
documentação (peças Liebherr) fornecido em conjunto com todas as máquinas
novas.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

(Para mais informações, consulte: 2.4.19 Proteção de vibrações, página 69)

copyright by

L 580-459 / 25400 21
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Valores efetivos estimados em m/s2 em condições de funcionamento


fáceis, normais e difíceis
Tipo de Ciclos de
Eixo x Eixo y Eixo z
máquina trabalho típicos
Fácil Norma Difícil Fácil Norma Difícil Fácil Norma Difícil
l l l
Load & Carry 0,44 0,60 0,76 0,44 0,58 0,72 0,38 0,52 0,66
Marcha de trans- 0,31 0,54 0,78 0,40 0,65 0,90 0,32 0,49 0,66
Pá carrega- porte da máquina
deira Funcionamento V 0,50 0,71 0,91 0,37 0,60 0,83 0,40 0,54 0,68
Exploração da 0,57 0,91 1,24 0,47 0,69 0,91 0,34 0,81 1,28
máquina

Tab. 1: A incerteza da medição está definida na norma EN 12096:1997.

1.2.2 Emissão acústica


O nível de pressão sonora (Lpa) é determinado de acordo com a ISO 6396. A
incerteza da medição está definida nessa norma.
O nível sonoro (Lwa) é determinado de acordo com a diretriz 2000/14/CE. A incer-
teza da medição é determinada de acordo com a norma ISO 4871.

Pressão acústica

Denominação Unidade Valor


ISO 6396 - LpA (na cabine do motorista) dB(A) 69

Potência acústica
O valor pode ser consultado na placa fixada na máquina (Para mais informações,
consulte: 2.3.2 Placas de advertência, página 48) .

1.2.3 Motor
Tipo de construção: motor de 6 cilindros com refrigeração a água, turbocom-
pressão por gás de escape e refrigeração do ar de carga.
Processo de combustão: Bomba-conduto-bocal comandado por microprocessador
Sistema de filtragem de ar: filtro de ar seco com elemento principal e de segur-
ança, pré-coletor, indicação de manutenção no display.
As emissões de gases de escape não atingem os valores limite de emissão da
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

diretriz UE 97/68/CE - nível III A e Tier 3.

Denominação Unidade Valor


Motor diesel D 936 L A6
Quantidade de cilindros unid. 6
Potência nominal segundo a norma ISO 9249 kW 200
a 2000 rpm
Torque máx. a 1300 rpm Nm 1320

copyright by

22 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Denominação Unidade Valor


Cilindrada litros 10,52
Número de rotações inferior em ponto morto rpm 900±10
Número de rotações superior em ponto morto rpm 2065±20
Capacidade de posição inclinada - longitu- ° 45 / 45
dinal/transversal

1.2.4 Sistema elétrico

Denominação Unidade Valor


Tensão da bateria V 12
Capacidade da bateria Ah 170
Número de baterias unid. 2
Tensão da bateria V 24
Gerador V / A 28 / 80
Motor de partida V / kW 24 / 6,6

Fixação da bateria
Durante a montagem ou a troca da bateria:

Denominação Unidade Valor


Torque de partida Nm 40

1.2.5 Mecanismo de translação


Mecanismo de translação hidrostático gradual.
Tipo de construção “2plus2”:
– Bomba de deslocamento de discos inclinados e dois motores de êmbolos axiais
em circuito fechado com uma caixa de câmbio intermediária axial.
– Marcha para a frente e à ré por intermédio da mudança do sentido de alimen-
tação da bomba de deslocamento.
Comando:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– Comando do mecanismo de translação por intermédio do pedal do acelerador e


pedal da regulação da força de tração (pedal de marcha gradual).
– O pedal da regulação da força de tração possibilita uma adaptação gradual da
força de tração ou de impulso com máxima rotação do motor diesel.
– Acionamento da marcha para a frente e à ré por intermédio da alavanca de
operação.
– Acionamento dos raios de ação de marcha por intermédio dos botões na
“Unidade de comando”.
Indicações das velocidades:
– para marcha para a frente e à ré,

copyright by

L 580-459 / 25400 23
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

– com pneus standard.

Denominação Unidade Valor


Raio de ação de marcha 1 km/h 0-10,0
Raio de ação de marcha 2 km/h 0-20,0
Raio de ação de marcha A1-2 (automático) km/h 0-20,0
Raio de ação de marcha A1-3 (automático) km/h 0-40,0
Raio de ação de marcha A2-3 (automático) km/h 0-40,0

1.2.6 Eixos

Eixo dianteiro
Eixo planetário montado de modo fixo.

Denominação Unidade Valor


Distância entre rodas mm 2230
Diferencial autobloqueante, de ação automá- % 45
tica
Altura ultrapassável mm 520

Eixo traseiro
Eixo planetário montado com apoio flutuante.

Denominação Unidade Valor


Distância entre rodas mm 2230
Diferencial autobloqueante, de ação automá- % 45
tica
Ângulo de pêndulo para cada lado ° 13
Altura ultrapassável mm 520

1.2.7 Freios
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Os sistemas de freios correspondem às normas da StVZO (regulamento rodoviário


alemão).

Freio de serviço
O bloqueio automático do mecanismo de translação hidrostático atua sobre as 4
rodas.

copyright by

24 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Adicionalmente, sistema hidráulico de freios por acumulação de bomba com freios


de lamela úmidos (dois circuitos de freio individuais).

Freio de imobilização
Sistema de freio por mola acumuladora com acionamento eletro-hidráulico na
caixa de câmbio.

1.2.8 Direção
Tipo de construção:
– Bomba de deslocamento de discos inclinados “Load-Sensing” com corte de
pressão e com regulador de corrente de alimentação,
– articulação central com dois cilindros da direção amortecidos e de ação dupla.
Direção de emergência: sistema de articulação de emergência eletro-hidráulico

Denominação Unidade Valor


Ângulo de articulação para cada lado ° 40
Pressão de serviço máx. bar 210±5

1.2.9 Sistema hidráulico de trabalho


Tipo de construção:
Bomba de deslocamento de disco inclinados “Load-Sensing” com regulador de
potência e regulador de corrente de alimentação. Corte de pressão no bloco de
comando.
Refrigeração:
Refrigeração do óleo hidráulico por intermédio do ventilador e radiador regu-
lado termostaticamente.
Filtragem:
Filtro de refluxo no tanque hidráulico.
Comando:
Comando de uma alavanca, pré-comandada hidraulicamente.
Movimentos dos braços:
– Elevar, neutro, baixar
– Posição flutuante por intermédio da alavanca de operação encaixável
– Limitador automático do curso de elevação (este equipamento é opcional)
Movimentos da pá:
– Para dentro, neutro, para fora
– Recolha automática da pá
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Denominação Unidade Valor


Débito máx. l/min 290
Pressão de serviço máx. bar 350±5

1.2.10 Equipamento de trabalho


Cinemática:
– Cinemática Z com um cilindro de basculamento e tubo transversal em ferro
fundido

copyright by

L 580-459 / 25400 25
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Pontos de apoio:
– vedados
Tempo de ciclo com carga nominal:

Denominação Unidade Valor


Elevar seg. 5,5
Para fora seg. 2,0
Baixar (vazio) seg. 3,5

1.2.11 Cabine do motorista


Versão:
– Cabine apoiada de modo elástico no carro traseiro, cabine ROPS/FOPS com
isolamento acústico
– Porta do motorista com janela de correr, ângulo de abertura de 180°
– Vidro direito basculante com abertura
– Vidro dianteiro em vidro de segurança laminado, cor verde de série
– Vidros laterais em vidro de segurança temperados, cor cinza
– Coluna de direção gradualmente ajustável e consola por manete de série
– Vidro traseiro aquecível
– Proteção contra capotamento ROPS segundo a DIN/ISO 3471 / EN 474-1,
– Proteção contra queda de pedras FOPS segundo a DIN/ISO 3449 / EN 474-1.

Banco do motorista
Banco do motorista amortecido, ajustável em 6 posições é adaptado ao peso do
motorista.
Ajuste de série do assento, da profundidade e da inclinação com amortecimento
longitudinal/horizontal bloqueável.
Variantes de modelos:
– Banco do motorista com amortecimento mecânico
– Banco do motorista com amortecimento pneumático (opção)
– Banco do motorista com amortecimento ativo (opção)

1.2.12 Aquecimento, ventilação


– Guia de ar em mais de 4 níveis
– Aquecimento da água de refrigeração
– Descongelamento e climatização por meio do comando eletrônico de tampas,
bem como comando eletrônico de ar fresco/circulação de ar
– Sistema de filtragem por intermédio do pré-filtro, filtro de ar fresco e filtro de ar
de circulação
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Denominação Unidade Valor


Quantidade dos níveis da ventoinha 6
Potência de aquecimento kW 11

copyright by

26 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

1.2.13 Ar-condicionado

Denominação Unidade Valor


Agente refrigerante R134a
Potência de refrigeração kW 9,7

1.2.14 Filtro das partículas diesel


Este equipamento é opcional.

Denominação Unidade Valor


Meio de filtragem Monolítico cerâmico
em cordierita com
revestimento catalí-
tico
Contrapressão máx. autorizada dos gases de bar 0,2
escape

1.2.15 Bomba de abastecimento de combustível


Este equipamento é opcional.
Para transportar combustível.

Denominação Unidade Valor


Débito l/min 45
Altura máx. de aspiração m 4

1.2.16 Dispositivo de reboque


Um dispositivo de reboque está montado na parte traseira da máquina.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 16: Dispositivo de reboque


1 Cavilha 2 Tala de carregamento

copyright by

L 580-459 / 25400 27
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Fim de utilização:
– Cavilha 1 - para deslocar a máquina de uma área de perigo. (Para mais infor-
mações, consulte: 3.7.1 Reboque da máquina, página 270)
– Tala de carregamento 2 - para carregar a máquina com grua. (Para mais infor-
mações, consulte: Carregar a máquina com grua, página 263)
Restante utilização como ponto de fixação ao carregar a máquina (Para mais infor-
mações, consulte: 3.6.1 Transporte da máquina, página 263) .

Observação
Não é permitida uma utilização como acoplamento de reboque!
O fabricante/fornecedor não se responsabiliza pelos danos causados devido a
uma utilização inadequada.
u (Para mais informações, consulte: 2.2 Utilização adequada, página 44) e
(Para mais informações, consulte: 2.4.10 Reboque seguro da máquina,
página 63)

1.2.17 Lastros
Os lastros fornecidos de fábrica estão ajustados em relação aos dados de enco-
menda.

Observação
Relativamente à montagem e instalação de um equipamento ou dos pneus.
u (Para mais informações, consulte: 2.4.18 Componentes do equipamento e
acessórios, página 69)

Legenda:
LR = pneus de ar
LR+RA = pneus de ar com espuma
LR+K = pneus de ar com correntes
x = lastros necessários

Descrição LR LR+RA LR+K


Lastro standard x -- --
Lastros - Lastro especial -- x x
Lastro para estradas x -- --

Tab. 2: Tabela de seleção

1.2.18 Pneus
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

A capacidade de movimentação da máquina depende, entre outros, dos pneus.

copyright by

28 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Observação
Utilizar o mesmo tamanho de pneus em todas as quatro rodas!
Caso contrário, podem ocorrer danos no sistema do mecanismo de translação.
u A diferença entre o diâmetro estático ou dinâmico dos pneus não deve ser
superior a 3 % entre o eixo dianteiro e o eixo traseiro.
u Entre o pneu esquerdo e o pneu direito deve existir uma diferença máxima de
1,5 %.

A pressão dos pneus desempenha um papel fundamental para:


– o funcionamento correto da máquina durante a sua utilização
– a quilometragem dos pneus
Na tabela em baixo poderá consultar as seguintes indicações:
– tamanhos dos pneus recomendados
– Perfil do pneu
– pressão dos pneus
As indicações para a pressão dos pneus são relativas:
– às recomendações de pressão base - correspondem ao valor ajustado à saída
de fábrica
– pneus em estado frio
– uma máquina pronta a funcionar - máquina base com equipamento de trabalho
standard e com a respectiva carga autorizada

Observação
Em caso de utilizações especiais, como, p.ex., uso industrial para transbordo de
madeira ou outros tipos de uso nos quais podem ocorrer sobrecargas elevadas,
recomendamos a utilização de pneus com maior pressão, dependendo da carga.
Porém, a pressão dos pneus nunca deve ser superior à autorizada pelo fabricante
dos pneus!
u Verificar e ajustar a pressão de ar dos pneus.

Dimensão e código do perfil Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA B) HA C) p - máx.
utilização deira acima sões verti- D)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
26.5R25 Bridgestone VJT L3 +160 2970 +15 4,50 3,50 5,00
26.5R25 Bridgestone VMT L3 +204 2970 +15 4,50 3,50 5,00
26.5R25 Bridgestone VSDL L5 +1204 2970 +60 5,00 3,50 5,00
26.5R25 Bridgestone VSDT L5 +1048 2980 +45 5,00 3,50 5,00
26.5R25 Goodyear RL-5K L5 +1056 2980 +60 5,00 3,00 6,50
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

26.5R25 Goodyear RT-3B L3 +416 2960 +25 5,00 3,00 5,00


26.5R25 Goodyear GP-4D L4 +436 2970 +27 5,00 3,00 5,00
26.5R25 Goodyear TL-3A+ L3 +348 2970 +31 5,00 3,00 5,00
26.5R25 Goodyear RT-5C L5 +984 2980 +50 5,00 3,00 6,50
26.5R25 Michelin XHA2 A) L3 0 2970 0 4,30 2,50 5,50
26.5R25 Michelin XLD D2A L5 +696 2970 +40 4,30 2,50 5,50

copyright by

L 580-459 / 25400 29
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Dimensão e código do perfil Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA B) HA C) p - máx.
utilização deira acima sões verti- D)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
26.5R25 Michelin XMINE D2 L5 +1092 2990 +60 4,30 2,50 5,50

Tab. 3: Pneus para a máquina standard

A) Pneus standard
B) Eixo dianteiro
C) Eixo traseiro
D) Pressão de ar máxima permitida

Pneus para transbordo de madeira

Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA A) HA B) p - máx.
utilização deira acima sões verti- C)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
26.5R25 Bridgestone VSDL L5 +670 2970 +33 5,50 3,80 5,50
26.5R25 Goodyear RL-5K L5 +550 2980 +33 5,50 3,00 6,50
26.5R25 Goodyear GP-4D L4 0 2970 0 5,50 3,00 5,50
26.5R25 Goodyear TL-3A+ L3 +194 2970 +4 5,50 3,00 5,50
775/65R29 Goodyear GP-4D L4 +734 3210 -8 5,50 3,00 5,50
26.5R25 Michelin XHA2 L3 -385 2970 -27 5,00 3,30 5,50
26.5R25 Michelin XLD D2A L5 +179 2970 +13 5,00 3,30 5,50
26.5R25 Michelin XMINE D2 L5 +560 2990 +33 5,00 3,30 5,50

Tab. 4: Pneus para transbordo de madeira

A) Eixo dianteiro
B) Eixo traseiro
C) Pressão de ar máxima permitida

Pneus especiais
Na seguinte tabela, as informações têm de ser introduzidas do seguinte modo:
– Pelo motorista: no caso de um equipamento posterior da máquina feito pelo
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

seu motorista

Dimensão e código do perfil Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA A) HA B) p - máx.
utilização deira acima sões verti- C)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
...
...

copyright by

30 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Dimensão e código do perfil Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA A) HA B) p - máx.
utilização deira acima sões verti- C)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
...

Tab. 5: Pneus especiais

A) Eixo dianteiro
B) Eixo traseiro
C) Pressão de ar máxima admissível

Pneus - máquina com equipamento especial


Na seguinte tabela, as informações têm de ser introduzidas do seguinte modo:
– Pelo motorista: no caso de um equipamento posterior da máquina feito pelo
seu motorista

Dimensão e código do perfil Alteração do Largura da Alteração Pressão de ar


peso de pá carrega- das dimen-
VA A) HA B) p - máx.
utilização deira acima sões verti- C)
dos pneus cais
kg mm mm bar bar bar
...
...
...

Tab. 6: Pneus - máquina com equipamento especial

A) Eixo dianteiro
B) Eixo traseiro
C) Pressão de ar máxima admissível

1.2.19 Correntes antiderrapantes ou correntes de proteção


dos pneus
Este equipamento é opcional.
A montagem de correntes antiderrapantes ou correntes de proteção dos pneus
deve ser realizada em todas as quatro rodas!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Observação
Em caso de não cumprimento, podem ocorrer danos no sistema de acionamento!
u (Para mais informações, consulte: 2.4.18 Componentes do equipamento e
acessórios, página 69) .

A colocação de correntes de proteção dos pneus necessita da afinação dos


lastros.
(Para mais informações, consulte: 1.2.17 Lastros, página 28)

copyright by

L 580-459 / 25400 31
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Observação
Relativamente à montagem e instalação de um equipamento ou dos pneus.
u (Para mais informações, consulte: 2.4.18 Componentes do equipamento e
acessórios, página 69)

1.2.20 Pneus com espuma


Este equipamento é opcional.
A montagem de pneus com espuma deve ser realizada em todas as quatro rodas!
A espuma dos pneus necessita da afinação dos lastros. (Para mais informações,
consulte: 1.2.17 Lastros, página 28)

Observação
Relativamente à montagem e instalação de um equipamento ou dos pneus.
u (Para mais informações, consulte: 2.4.18 Componentes do equipamento e
acessórios, página 69)

1.2.21 Equipamento integral com pá carregadeira (cinemática


Z)
Os valores indicados se aplicam à máquina:
– em versão standard,
– com pneus 26.5R25 Michelin XHA2,
– incluindo todos os lubrificantes,
– com tanque de combustível cheio,
– com cabine ROPS/FOPS e o motorista.
A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização
e a carga basculante.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

32 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Fig. 20: Dimensões

Denominação Unidade Valor


Dispositivo de troca rápida hidráulico não não
Tipo de pá B) B)

Ferramenta de corte Z C) Z C)
Comprimento da coluna de elevação mm 3050 3050
Capacidade da pá segundo a norma ISO 7546 A) m3 5,0 5,5
Largura da pá mm 3300 3300
Peso específico do material t/m
3
1,8 1,6
Altura de esvaziamento com a elevação máx. e 45º de ângulo de
A mm 3320 3250
basculamento
B Altura possível para enchimento mm 4100 4100
C Altura máx. do fundo da pá mm 4270 4270
D Altura máx. do ponto de rotação da pá mm 4580 4580
E Altura máx. da margem superior da pá mm 6340 6420
F Alcance com elevação máx. e 45º de ângulo de basculamento mm 1150 1220
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

G Profundidade de prospeção mm 100 100


H Altura acima da cabine mm 3550 3550
I Altura acima do escape mm 3100 3100
J Distância mínima entre o veículo e o solo mm 565 565
K Distância axial mm 3700 3700
L Comprimento total mm 9300 9400
Raio de viragem acima da margem exterior da pá mm 7420 7450

copyright by

L 580-459 / 25400 33
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Denominação Unidade Valor


Força de elevação (SAE) kN 250 248
Força de desagregação (SAE) kN 175 160
Carga basculante na horizontal kg 20390 19990
Carga basculante com articulação de 37º kg 18330 17970
Carga basculante com articulação de 40º kg 18000 17650
Peso de utilização kg 24580 24730
Força de tração kN 173,31 173,31

Tab. 7: Máquina inteira com pá carregadeira

A) A capacidade da pá pode, na prática, ser aprox. 10 % superior ao cálculo prescrito pela norma ISO 7546. Esta
taxa de enchimento da pá depende do respectivo material.
B) Pá carregadeira com fundo inclinado para o carregamento em marcha ré
C) Suporte dos dentes soldado com pontas dos dentes removíveis

1.2.22 Equipamento - High Lift (cinemática Z)


Os valores indicados se aplicam à máquina:
– em versão standard
– com pneus Michelin 26.5R25 XHA2
– incluindo todos os lubrificantes
– com tanque de combustível cheio
– com cabine ROPS/FOPS e motorista
A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização
e a carga basculante.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 21: Equipamento – High Lift

copyright by

34 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Denominação Unidade Valor


Dispositivo de troca rápida hidráulico não não
Tipo de pá B) B)

Ferramenta de corte Z C) Z C)
Comprimento da coluna de elevação mm 3250 3250
Capacidade da pá segundo a norma ISO 7546 A) m3 4,5 5,0
Largura da pá mm 3000 3300
Peso específico do material t/m 3
1,8 1,6
Altura de esvaziamento com a elevação máx. e 45º de ângulo de
A mm 3528 3528
basculamento
B Altura possível para enchimento mm 4300 4300
C Altura máx. do fundo da pá mm 4470 4470
D Altura máx. do ponto de rotação da pá mm 4778 4778
E Altura máx. da margem superior da pá mm 6540 6540
F Alcance com elevação máx. e 45º de ângulo de basculamento mm 1214 1214
G Profundidade de prospeção mm 140 140
H Altura acima da cabine mm 3550 3550
I Altura acima do escape mm 3100 3100
J Distância mínima entre o veículo e o solo mm 565 565
K Distância axial mm 3700 3700
L Comprimento total mm 9570 9570
Raio de viragem acima da margem exterior da pá mm 7410 7540
Força de elevação (SAE) kN 230 230
Força de desagregação (SAE) kN 150 150
Carga basculante na horizontal kg 18445 18450
Carga basculante com articulação de 40º kg 16290 16290
Peso de utilização kg 24650 24800
Força de tração kN 173,31 173,31

Tab. 8: Equipamento – High Lift

A) A capacidade da pá pode, na prática, ser aprox. 10 % superior ao cálculo prescrito pela norma ISO 7546. Esta
taxa de enchimento da pá depende do respectivo material.
B) Pá para carregar terra com fundo curto e reto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

C) Suporte dos dentes soldado com pontas dos dentes removíveis

1.2.23 Equipamento - pá para materiais leves


Os valores indicados se aplicam à máquina:
– em versão standard
– incluindo todos os lubrificantes
– com tanque de combustível cheio
– com cabine ROPS/FOPS e motorista

copyright by

L 580-459 / 25400 35
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização


e a carga basculante.

Fig. 22: Equipamento - pá para materiais leves

Denominação Unidade Valor


Dispositivo de troca rápida hidráulico não não sim
Geometria de carregamento ZK A) ZK A) ZKK B)
Tipo de pá C) C) D)

Capacidade da pá m3 6,5 8,5 14,0


Largura da pá mm 3200 3500 4000
Peso específico do material t/m3 1,2 1,0 0,4
Altura de esvaziamento com a altura de elevação
A mm 3195 3050 2760
máx.
E Altura máx. acima da margem superior da pá mm 6450 6650 7170
F Alcance com a altura de elevação máx. mm 1205 1355 2260
L Comprimento total mm 9170 9375 10030
Carga basculante na horizontal kg 19640 19040 13720
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Carga basculante com articulação de 40° kg 17340 16815 12110


Peso de utilização kg 24860 25170 27260
26.5R25 26.5R25 26.5R25
Dimensão dos pneus Michelin Michelin Goodyear
XHA2 XHA2 GP-4D

Tab. 9: Equipamento - pá para materiais leves

A) Cinemática Z

copyright by

36 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

B) Cinemática Z com apoio do cilindro de basculamento e dispositivo de troca rápida hidráulico (carregador de
madeira)
C) Pá para materiais leves com lâmina parafusada por baixo
D) Pá para materiais leves com lâmina parafusada por baixo (carregador de madeira)

1.2.24 Equipamento - pá com basculamento em altura


Os valores indicados se aplicam à máquina:
– em versão standard
– incluindo todos os lubrificantes
– com tanque de combustível cheio
– com cabine ROPS/FOPS e motorista
A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização
e a carga basculante.

Fig. 23: Equipamento - pá com basculamento em altura

Denominação Unidade Valor


Dispositivo de troca rápida hidráulico não sim
Geometria de carregamento ZK A) ZKK B)
Tipo de pá C) D)
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Capacidade da pá m3 6,5 13,0


Largura da pá mm 3200 4000
Peso específico do material t/m3 1,0 0,4
A Altura de esvaziamento com a altura de elevação máx. mm 5540 4780
E Altura máx. acima da margem superior da pá mm 7820 8590
F Alcance com a altura de elevação máx. mm 1655 2080
L Comprimento total mm 9780 9960

copyright by

L 580-459 / 25400 37
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Denominação Unidade Valor


Carga basculante na horizontal kg 16790 12830
Carga basculante com articulação de 40° kg 14820 11330
Peso de utilização kg 26380 27780
26.5R25 26.5R25
Dimensão dos pneus Michelin Goodyear
XHA2 GP-4D

Tab. 10: Equipamento - pá com basculamento em altura

A) Cinemática Z
B) Cinemática Z com apoio do cilindro de basculamento e dispositivo de troca rápida hidráulico (carregador de
madeira)
C) Pá com basculamento em altura com lâmina parafusada por baixo
D) Pá com basculamento em altura (carregador de madeira) com lâmina parafusada por baixo

1.2.25 Equipamento - Garfo de carga


Os valores indicados se aplicam à máquina:
– com pneus Michelin 26.5R25 XHA2
– incluindo todos os lubrificantes
– com tanque de combustível cheio
– com cabine ROPS/FOPS e motorista
A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização
e a carga basculante.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 24: Equipamento - Garfo de carga

Unidad
Denominação Valor
e
Garfo de carga FEM IV
Geometria de carregamento ZK A)

copyright by

38 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Unidad
Denominação Valor
e
Dispositivo de troca rápida hidráulico sim
A Altura de elevação com alcance máx. mm 1985
C Altura de elevação máx. mm 4350
E Altura máx. acima do suporte do garfo mm 5540
F Alcance da posição de carregamento mm 1300
F máx. Alcance máx. mm 1970
F mín. Alcance com a altura de elevação máx. mm 840
G Comprimento dos dentes do garfo mm 1800
L Comprimento total da máquina base mm 8100
Carga basculante na horizontal kg 14140
Carga basculante com articulação de 40º kg 12280
Carga útil admissível B) kg 7500E)
Carga útil admissível C) kg 8840D) E)
Peso de utilização kg 24285

Tab. 11: Equipamento - Garfo de carga

A) Cinemática Z
B) em terreno irregular = 60 % da carga basculante estática articulada (de acordo com as normas EN 474-3 e ISO
14397)
C) em terreno irregular = 80 % da carga basculante estática articulada (de acordo com as normas EN 474-3 e ISO
14397)
D) Carga útil limitada devido ao cilindro de basculamento da cinemática Z
E) O valor é reduzido quando a distância do centro de gravidade (SA) é acima de 600 mm

1.2.26 Equipamento - garra para madeira


Os valores indicados se aplicam à máquina:
– em versão standard
– com pneus 26.5R25 Goodyear GP-4D
– incluindo todos os lubrificantes
– com tanque de combustível cheio
– com cabine ROPS/FOPS e motorista
A dimensão dos pneus e os equipamentos adicionais alteram o peso de utilização
e a carga basculante.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 39
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

Fig. 25: Equipamento - garra para madeira

Denominação Unidade Valor


Dispositivo de troca rápida hidráulico sim
Geometria de carregamento ZKK A)
A20 Altura de descarregamento a 20° mm 3630
A45 Altura de descarregamento a 45° mm 2880
C Abertura máx. da garra em posição de carregamento mm 3370
C1 Abertura máx. da garra mm 3650
E Altura máx. mm 7800
F20 Alcance com elevação máx. e 20° de ângulo de basculamento mm 2230
F45 Alcance com elevação máx. e ângulo de basculamento de 45º mm 1660
F máx. Alcance máx. mm 3340
H Altura acima da cabine mm 3580
I Altura de manipulação mm 5400
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

J Distância mínima entre o veículo e o solo mm 565


K Distância axial mm 3700
L Comprimento total mm 9980
Largura da máquina acima dos pneus mm 2930
Q Diâmetro da garra m2 3,5
Largura da garra mm 1800
Carga de utilização kg 9200B)

copyright by

40 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Descrição do produto
Dados técnicos

Denominação Unidade Valor


Peso de utilização kg 27850B)

Tab. 12: Equipamento - garra para madeira

A) Cinemática Z com apoio do cilindro de basculamento e dispositivo de troca rápida hidráulico (carregador de
madeira)
B) Indicações incluindo abastecimento de água nos pneus traseiros
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 41
Descrição do produto Manual de instruções
Dados técnicos

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

42 L 580-459 / 25400
2 Indicações de segurança,
placas

O trabalho com a máquina apresenta riscos para o corpo e para a vida que podem
prejudicar tanto o responsável pela utilização da máquina, como o motorista ou o
pessoal de manutenção. Perigos e acidentes podem ser evitados através de uma
leitura atenciosa e freqüente das diversas indicações de segurança, que devem
ser sempre respeitadas.
Isto é aplicado especialmente ao pessoal que trabalha apenas periodicamente
com a máquina, p.ex., nos trabalhos de equipamento ou manutenção.
Se cumprir as seguintes indicações de segurança, estará a garantir a sua própria
segurança e a segurança alheia, bem como, a evitar danos na máquina.
Na descrição dos trabalhos que podem apresentar riscos para pessoas ou para a
máquina são apresentadas, neste manual, também as precauções de segurança
necessárias.

2.1 Identificação das indicações de aviso

Este é o sinal de aviso. Ele alerta para um possível erro de feri-


mento. Siga todas as medidas que estão assinaladas com este
sinal de aviso para evitar ferimentos ou a morte.

Tab. 13

O sinal de aviso é exibido sempre em combinação com as palavras chave:


PERIGO, AVISO, CUIDADO

PERIGO identifica uma situação de perigo próxima que


terá como causa a morte ou ferimentos graves se
não for evitada.
AVISO identifica uma situação de perigo que terá como
causa a morte ou ferimentos graves se não for
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

evitada.
CUIDADO identifica uma situação de perigo que terá como
causa ferimentos ligeiros ou médios se não for
evitada.
ATENÇÃO identifica uma situação de perigo que terá como
causa danos materiais se não for evitada.

Tab. 14

copyright by

L 580-459 / 25400 43
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

2.1.1 Outras sinaléticas

Nota identifica indicações úteis e dicas.

Tab. 15

2.1.2 Regras e diretrizes adicionais


Cumprir estas regras não significa deixar de cumprir as regras e as determi-
nações adicionais!
Além disso, é necessário respeitar:
– as regras de segurança em vigor no local de utilização da máquina
– os “regulamentos rodoviários”
– as diretrizes estipuladas pelas associações profissionais

2.2 Utilização adequada

1. A pá carregadeira sobre rodas equipada com pá, garfo de carga e garra de


carregamento deve ser utilizada exclusivamente para soltar, elevar, deslocar,
carregar e vazar terra, pedras, rochas partidas ou outros materiais semel-
hantes e para o carregamento dos mesmos em caminhões ou veículos de
transporte semelhantes, navios, esteiras ou sistemas trituradores.
2. Outras utilizações fora desse espetro - p.ex., triturar rochas, cravar estacas,
transportar pessoas, utilização como máquina de tração etc. - são consider-
adas inadequadas.
O fabricante/fornecedor não se responsabiliza pelos danos causados devido a
uma utilização inadequada.
Nesse caso, a responsabilidade é exclusivamente do usuário.
3. Quando a máquina é utilizada em combinação com sistemas de elevação, é
necessário instalar dispositivos de segurança específicos adequados para
essa condição especial.
4. As máquinas de utilização subterrânea (construções subterrâneas e constru-
ções de túneis), em ambientes sem perigo de explosões, devem estar equi-
padas com tecnologias para a redução de gases de combustão (p.ex., filtro de
partículas diesel). Nisso, devem ser respeitados os requisitos nacionais.
5. A utilização adequada abrange também o respeito pelo “Manual de instru-
ções”, bem como as condições de inspeção e manutenção.

2.3 Placas na máquina


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

A sua máquina possui diversos tipos de placas.


Tipos de placas:
– Placas de segurança
– Placas de advertência
– Placas de características
Os respectivos números de encomenda podem ser consultados na lista de peças
de reposição.

copyright by

44 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

2.3.1 Placas de segurança


O incumprimento das placas de segurança pode causar ferimentos graves ou a
morte.
As placas de segurança devem ser continuamente verificadas em relação ao
seu estado completo e à sua legibilidade.
As placas de segurança ausentes ou ilegíveis devem ser imediatamente substi-
tuídas.

Fig. 31: Disposição - placas


1 Placa de permanência na 4 Placa de direção 7 Placa da água de refriger-
área ação
2 Placa da área de articulação 5 Placa ROPS/FOPS 8 Placa do motor parado
3 Placa de prevenção de acid- 6 Placa do cinto de segurança 9 Placa da tensão
entes

Placa de permanência na área


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 32: Placa de permanência na área

Avisa sobre o perigo de acidentes com risco de morte ou lesões muito graves.
Significado: proibido permanecer na área de perigo!

copyright by

L 580-459 / 25400 45
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

Placa da área de articulação

Fig. 33: Placa da área de articulação

Avisa sobre o perigo de acidentes com risco de morte ou lesões muito graves.
Significado: proibido permanecer na área de articulação desprotegida!

Placa de prevenção de acidentes

Fig. 34: Placa de prevenção de acidentes

Alerta sobre as prescrições de prevenção de acidentes impressas no “manual de


instruções”.
Significado: ao operar a máquina, é importante respeitar as prescrições de
prevenção de acidentes impressas no manual de instruções!

Placa de direção

Fig. 35: Placa da direção

Avisa sobre o perigo de acidentes com risco de morte ou lesões muito graves.
Significado: só é possível realizar manobras de direção com o motor em
funcionamento!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Placa ROPS/FOPS

Fig. 36: Placa ROPS/FOPS

copyright by

46 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

Adverte contra o perigo de acidente com possível perigo de vida ou ferimentos


graves.
Significado: Não são permitidas quaisquer modificações estruturais (p.ex.,
soldas, furos) na cabine ROPS/FOPS sem combinação prévia com a serviço
de assistência a clientes da Liebherr.

Placa do cinto de segurança

Fig. 37: Placa do cinto de segurança

Adverte contra o perigo de acidente com possível perigo de vida ou ferimentos


graves.
Significado: Antes de colocar a máquina em funcionamento, colocar o cinto
de segurança!

Placa da água de refrigeração

Fig. 38: Placa da água de refrigeração

Avisa sobre o perigo queimadura devido a jato de líquido refrigerante com a possi-
bilidade de ferimentos gravíssimos.
Significado: Abrir a tampa de fecho na tubuladura de enchimento somente
com o motor arrefecido.

Placa do motor parado


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 39: Placa do motor parado

Avisa sobre o perigo de acidente com risco de ferimentos muito graves.


Significado: só abrir com o motor parado!

copyright by

L 580-459 / 25400 47
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

Placa da tensão

Fig. 40: Placa da tensão

Indica o interruptor principal da bateria.


Significado: quando o interruptor principal da bateria está ligado, o sistema
elétrico está sob tensão do sistema.

2.3.2 Placas de advertência


As placas de advertência indicam determinados tópicos da operação, manutenção
e das características da máquina.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 41: Disposição - placas


1 Plano de lubrificação 8 Placa do fluido hidráulico 15 Placa da tabela da capaci-
dade de carga (opção)
2 Placa das porcas da roda 9 Placa do ÓLEO BIOLÓGICO 16 Placa da saída de emer-
(opção) gência
3 Placa ROPS 10 Placa do ponto de fixação 17 Placa da água do limpa-vidro
4 Placa da direção 2 em 1 11 Placa do ponto de encosto e 18 Placa OIL LEVEL
de elevação
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

48 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

5 Placa do manual de instru- 12 Placa da velocidade 19 Placa do dispositivo de troca


ções rápida hidráulico - fechado/
aberto
6 Placa da potência acústica - 13 Placa do extintor de incêndio
LWA (opção)
7 Placa do radiador 14 Placa do sistema hidráulico
de trabalho

Placa do plano de lubrificação

Fig. 42: Placa do plano de lubrificação

Indica os pontos e os intervalos de manutenção referentes aos lubrificantes e


combustíveis da máquina.

Placa das porcas da roda

Fig. 43: Placa das porcas da roda

Indica o intervalo de manutenção indicado no manual de instruções para a verifi-


cação do aperto das porcas das rodas.

Placa ROPS
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 44: Placa ROPS

copyright by

L 580-459 / 25400 49
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

Indica a capacidade de carga máxima da estrutura de proteção contra capota-


mento.

Placa da direção 2 em 1
Este equipamento é opcional.

Fig. 45

Alerta para a descrição no manual de instruções.

Placa do manual de instruções

Fig. 46: Placa do manual de instruções

Indica o local de armazenamento do manual de instruções.

Placa da potência acústica - L WA

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 47: Placa da potência acústica

Indica o nível de pressão acústica L WA da máquina, em decibéis.


O valor pode ser consultado na placa fixada na máquina.

copyright by

50 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

Placa do radiador

Fig. 48: Placa do radiador

Indica a limpeza do radiador.

Placa do fluido hidráulico

Fig. 49: Placa do fluido hidráulico

Indica para o óleo hidráulico no sistema hidráulico.

Placa do ÓLEO BIOLÓGICO (opção)


Este equipamento é opcional.

Fig. 50: Placa do óleo biológico


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Campo - tipo de óleo BIO


2 Campo - n.º de ident.
Indica o enchimento do sistema hidráulico com óleo biológico.
Alerta para o fato do óleo biológico não ser adequado como óleo de lubrifi-
cação do motor e da caixa de câmbio!
O campo 1 indica a designação correta do óleo biológico com o qual o sistema
hidráulico da máquina está cheio.

copyright by

L 580-459 / 25400 51
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

Placa do ponto de fixação

Fig. 51: Placa do ponto de fixação

Indica os locais onde se podem prender cabos à máquina.

Placa do ponto de encosto e de elevação

Fig. 52: Placa do ponto de encosto e de elevação

Indica os pontos de encosto e de elevação da máquina.

Placa da velocidade
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 53: Placa da velocidade

Indica a velocidade máxima autorizada para a máquina.


As indicações válidas para a máquina encontram-se:
– na máquina
– (Para mais informações, consulte: 1.2.5 Mecanismo de translação, página 23)

copyright by

52 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

Placa do extintor de incêndio


Este equipamento é opcional.

Fig. 54: Placa do extintor de incêndio

Alerta para um extintor de incêndio existente na cabine do motorista.

Placa do sistema hidráulico de trabalho

Fig. 55: Placa do sistema hidráulico de trabalho

Indica as direções de acionamento da alavanca de operação.

Placa da tabela da capacidade de carga


Este equipamento é opcional.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 56: Placa da tabela da capacidade de carga

Alerta para os valores da capacidade de carga a serem respeitados durante a


operação com garfo de carga.
Os valores da capacidade de carga indicados na placa são relativos à máquina
com pneus standard.

copyright by

L 580-459 / 25400 53
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Placas na máquina

Placa da saída de emergência

Fig. 57: Placa da saída de emergência

Indica a saída de emergência no vidro direito da cabine do motorista.

Placa da água do limpa-vidro

Fig. 58: Placa da água do limpa-vidro

Indica o tanque do agente de lavagem dos vidros.

Placa OIL LEVEL

Fig. 59: Placa OIL LEVEL

Indica o nível de óleo no tanque hidráulico.


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

54 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Placas na máquina

Placa do dispositivo de troca rápida hidráulico -


fechado/aberto

Fig. 60: Placa do dispositivo de troca rápida hidráulico - fechado/aberto

Apresenta o sentido de acionamento “fechado/aberto” para a válvula de comu-


tação do dispositivo de troca rápida hidráulico.

2.3.3 Placas de características


A máquina e as peças como p.ex., o motor diesel, a caixa de câmbio, os eixos,
etc., possuem uma placa de características.

Fig. 61: Disposição - placas


1 Placa de características da
máquina

Placa de características da máquina


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 62: Placa de características

copyright by

L 580-459 / 25400 55
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

Dados na placa de características:


– Tipo
– N.° de ident. veículo
– Peso bruto autorizado
– Ano de fabrico
– Carga axial dianteira permitida
– Carga axial traseira permitida
– Potência do motor
– Velocidade máxima
– N.º de homologação 35)
– Peso permitido do reboque 35)

Fig. 63: Placa de características - versão para Itália

As indicações sobre o peso total admissível e sobre as cargas axiais admissíveis


referem-se ao funcionamento da máquina durante a circulação em vias públicas.

2.4 Indicações de segurança

2.4.1 Indicações gerais de segurança


1. Antes de colocar a máquina em funcionamento, você tem de estar familiari-
zado com o “Manual de instruções”.
Você tem de se certificar de que possui, leu e entendeu as instruções adicio-
nais referentes a eventuais equipamentos adicionais instalados na sua
máquina.
2. A máquina só pode ser operada, mantida ou reparada por pessoal expressa-
mente autorizado a realizar esses trabalhos.
Respeite a idade mínima autorizada por lei!
3. Contrate exclusivamente pessoal treinado ou instruído e estipule claramente
as responsabilidades dos trabalhadores para a operação, equipamento,
manutenção e reparo da máquina.
4. Determine com precisão a responsabilidade do motorista da máquina
(também quanto aos regulamentos rodoviários) e permita que ele se oponha a
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

ordens de terceiros que possam pôr em risco a segurança.


5. O pessoal em treino, formação, fase de aprendizagem ou à experiência só
deve operar a máquina sob observação constante de uma pessoa experiente.
6. Controle regularmente se os trabalhadores operam com segurança e cuidado,
respeitando o “Manual de instruções” .
7. Utilize vestuário de trabalho adequado durante o trabalho na máquina ou com
a máquina.

35) somente na versão para Itália

copyright by

56 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

Evite usar anéis, relógios de pulso, gravatas, cachecóis, casacos abertos,


roupas folgadas, etc. Tudo isso pode criar perigos, porque a pessoa pode ficar
presa ou ser puxada.
Determinados trabalhos exigem os seguintes equipamentos: óculos de
proteção, sapatos antiderrapantes, capacete, luvas, colete refletor, proteção
dos ouvidos...
8. Você tem de se informar junto do responsável pela construção sobre as
prescrições de segurança específicas existentes na obra.
9. Ao subir ou descer da máquina, nunca se apoie na coluna da direção, no
console de comandos ou nas manetes de operação.
Pois, caso contrário, poderão ocorrer movimentos imprevistos da máquina
que podem causar acidentes graves.
10. Nunca salte da máquina. Para subir ou descer, utilize sempre os degraus,
corrimãos e rampas existentes.
11. Mantenha os degraus, as escadas e os corrimãos livres de óleo, gordura,
lama. Deste modo, você evita o perigo de escorregar, tropeçar ou cair.
12. Você tem de se familiarizar com a saída de emergência na porta direita da
cabine e/ou no vidro traseiro.
13. Se não existirem instruções em contrário, realize os trabalhos de manutenção
e reparo do seguinte modo.
Procedimento:
• Posicione a máquina sobre solo plano e firme e baixe o equipamento de
trabalho até ao solo.
• Coloque todas as manetes de operação em posição neutra.
• Desligue o motor e retire a chave de contato.
14. Antes de qualquer trabalho no circuito hidráulico, você tem de adicionalmente
pressionar a função de pressão para o bloqueio do sistema hidráulico de
trabalho e simultaneamente acionar todos os aparelhos de comando auxiliar
(manete de comutação de inversão e pedais) nas duas direções, para liberar
a pressão motriz e as pressões dinâmicas existentes nos circuitos de trabalho.
Em seguida, liberte a pressão interna do tanque.
15. Antes de abandonar o banco do motorista, bloqueie o sistema hidráulico de
trabalho contra acionamento involuntário.
Execute o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho segundo as instruções
do “Manual de instruções”.
16. Fixe todas as peças soltas da máquina.
17. Nunca coloque uma máquina em funcionamento sem ter realizado uma
inspeção rigorosa à mesma, certificando-se de que as placas de advertência
estão nos devidos lugares e estão suficientemente legíveis.
18. Respeite todas as placas com as indicações de perigo e de segurança.
19. Quando a máquina for utilizada para objetivos especiais, ela deve ser equi-
pada com dispositivos de segurança específicos. Neste caso, só inicie o
trabalho quando todos estes dispositivos estiverem montados e prontos a
funcionar.
20. Sem autorização do fornecedor, nunca efetue alterações na estrutura da
máquina que possam provocar uma redução da segurança. A mesma regra
se aplica à montagem e ao ajuste de dispositivos e válvulas de segurança,
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

assim como às soldas em peças de suporte.


21. Evite a permanência na proximidade do motor diesel em funcionamento. As
pessoas portadoras de um pace-maker não podem permanecer junto do
motor diesel em funcionamento (distância mínima 50 cm).
22. Não toque nos componentes condutores de tensão elétrica na conexão
elétrica das bombas injetoras comandadas por válvulas solenóides (unit
pumps) com os motores diesel em funcionamento.

copyright by

L 580-459 / 25400 57
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

2.4.2 Instruções para evitar esmagamentos e queimaduras


1. Nunca trabalhe debaixo da máquina enquanto esta não estiver solidamente
assentado no solo ou apoiada.
2. Nunca utilize cordas ou correntes danificadas ou de capacidade de carga
insuficiente.
Use luvas de proteção durante o manuseio de cabos metálicos.
3. Ao trabalhar no equipamento, nunca alinhe orifícios com os dedos, mas sim
com um mandril adequado.
4. Enquanto o motor estiver funcionando, tenha cuidado para que nenhum objeto
entre em contato com o ventilador.
Os objetos caídos ou salientes dentro da hélice serão lançados para fora ou
destruídos, podendo danificar a hélice.
5. O sistema de refrigeração do motor está quente e sob pressão quando
alcança a temperatura de serviço.
Evite entrar em contato com os componentes condutores da água de refriger-
ação.
Perigo de queimaduras.
6. Verifique somente o nível da água de refrigeração quando a tampa de fecha-
mento do reservatório de expansão estiver suficientemente fria para que
possa ser tocada.
Abra a tampa com cuidado, para primeiro evacuar o excesso de pressão.
7. O óleo do motor e do sistema hidráulico estão quentes quando alcançam a
temperatura de operação.
Evite o contato da pele com óleo quente ou componentes condutores de óleo.
8. Ao trabalhar na bateria, use óculos e luvas de proteção.
Evite faíscas e chamas abertas.
9. Nunca permita que a pá carregadeira ou outros equipamentos de trabalho
sejam posicionados manualmente.
10. Durante os trabalhos no espaço do motor, bloqueie as portas do capô contra
fechamento involuntário utilizando os suportes para este fim.
11. Antes de colocar a máquina em funcionamento, feche e tranque as portas do
capô do motor e a tampa da caixa da bateria.
12. Nunca se deite debaixo da máquina quando esta estiver suspensa com auxílio
do equipamento de trabalho e sem que o carro inferior esteja solidamente
apoiado sobre estruturas de madeira.
13. Evite o contato com superfícies e líquidos quentes. Existe o perigo de queima-
duras.

2.4.3 Instruções para evitar riscos de incêndio e explosão


1. Ao abastecer o veículo com combustível, o motor deve estar desligado.
Desligue eventuais aquecedores instalados.
2. Ao recarregar as baterias e abastecer o veículo com combustível, não fume e
evite chamas abertas.
3. Acione o motor sempre de acordo com as instruções do “Manual de instru-
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

ções”.
4. Verifique o sistema elétrico.
Elimine imediatamente todos os defeitos como cabos soltos, cabos gastos ou
lâmpadas e fusíveis queimados.
5. Nunca transporte líquidos inflamáveis em cima da máquina fora dos tanques
previstos.
6. Verifique periodicamente se não existem problemas de estanqueidade ou
danificação em cabos, mangueiras e apertos.
7. Em caso de falta de estanqueidade, substitua imediatamente as peças danifi-
cadas.

copyright by

58 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

As fugas de óleo em pontos incorretamente vedados podem rapidamente


causar incêndios.
8. Você tem de se certificar de que todos os suportes e placas de proteção
contra vibrações, atrito e acumulação térmica se encontram corretamente
instalados.
9. O piloto de partida a frio (éter) é especialmente inflamável!
Nunca utilize o piloto de partida a frio à base de éter na proximidade de fontes
de calor, chamas abertas (p.ex., cigarros) ou em lugares mal ventilados.
10. Durante a partida do motor diesel com sistema de aquecimento ou sistema de
incandescência, não utilize ajudas de partida à base de éter!
Caso contrário, existe “PERIGO DE EXPLOSÃO”!
11. Você tem de se familiarizar com a operação e localização dos extintores de
incêndio e se informar sobre os postos locais do corpo de bombeiros e as
possibilidades de combate a incêndio.

2.4.4 Medidas de segurança para a colocação em funciona-


mento
1. Antes de colocar a máquina em funcionamento, realize uma inspeção rigorosa
em volta da máquina.
2. Verifique se a máquina apresenta pinos soltos, fendas, corrosão, folgas ou
sinais de vandalismo.
3. Nunca utilize uma máquina danificada.
4. Elimine imediatamente os danos.
5. Você tem de se certificar de que todos os capôs e tampas estão fechados e
bloqueados. Verifique se existem todas as placas de advertência e de aviso.
6. Mantenha os vidros e pára-brisas limpos, assim como os retrovisores externos
e interno, e tranque as portas e as janelas contra movimentação involuntária.
7. Você tem de se certificar de que não há ninguém a trabalhar debaixo ou em
volta da máquina. Se existirem pessoas perto da máquina, avise as mesmas
antes de colocar a máquina em funcionamento.
8. Depois de entrar na cabine do motorista, ajuste o banco, os retrovisores
externos e interno, a manete de operação e o cinto de segurança de maneira
a poder trabalhar confortavelmente.
9. Durante a operação da máquina, os dispositivos de isolamento acústico
devem estar em posição de proteção.

2.4.5 Precauções de segurança durante a partida


1. Antes de efetuar a partida, verifique se todas as lâmpadas e os instrumentos
de controle estão em perfeito estado de funcionamento.
2. Coloque todas as manetes de operação em posição neutra.
3. Antes de efetuar a partida do motor, acione brevemente a buzina para avisar
as pessoas que se encontram nas proximidades da máquina.
4. Proceda à partida da máquina exclusivamente a partir do banco do motorista.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

5. Se não receber instruções contrárias, efetue a partida do motor de acordo


com as instruções do “Manual de instruções”.
6. Efetue a partida do motor e verifique todos os painéis de indicação e os dispo-
sitivos de controle.
7. Quando a máquina se encontrar em ambientes fechados, efetue a partida
somente se existir ventilação suficiente no local.
Se necessário, abra as portas e as janelas para garantir a circulação de ar
fresco.
8. Coloque o motor e o óleo hidráulico à temperatura de serviço. O óleo a baixas
temperaturas faz com que os comandos reajam lentamente.

copyright by

L 580-459 / 25400 59
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

9. Verifique se o comando do equipamento está em perfeito estado de funciona-


mento.
10. Conduza a máquina cuidadosamente para o ar livre e então verifique o funcio-
namento dos freios e da direção, assim como, os dispositivos de sinalização e
iluminação.

2.4.6 Instruções para trabalhar em segurança


1. Antes de iniciar os trabalhos, você tem de se familiarizar com as caracterís-
ticas da obra e, também, com as regras especiais e os sinais de aviso.
Os obstáculos na área de trabalho e de circulação, a capacidade de carga do
solo e as barreiras de separação entre a obra e as vias públicas são aspetos
importantes da área em que se vai trabalhar e devem ser atentamente identifi-
cados.
2. Mantenha sempre uma distância de segurança suficiente em relação a
declives, saliências, escarpas e solo instável.
3. Tenha especial atenção às variações na superfície do solo, aos pontos de
visibilidade restrita e às condições meteorológicas instáveis.
4. Você tem de se familiarizar com a posição dos locais e os condutos de abas-
tecimento da obra e trabalhe com especial cuidado na proximidade dos
mesmos. Se necessário, informe as autoridades competentes.
5. Mantenha uma distância suficiente em relação a cabos elétricos expostos ao
ar livre.
Ao trabalhar perto de cabos elétricos expostos ao ar livre, nunca aproxime o
equipamento dos cabos.
• Existe “PERIGO DE VIDA” !
• Você tem de se informar sobre as distâncias de segurança que devem ser
mantidas.
Em caso de contato com cabos condutores de alta-tensão:
• Não abandone a máquina!
• Se possível, conduza a máquina para longe das áreas de perigo.
• Avise as pessoas em volta sobre o perigo de se aproximarem ou se encos-
tarem à máquina.
• Tome providências para que a tensão elétrica seja desligada.
• Saia da máquina somente quando tiver a certeza de que o cabo em que
tocou/danificou não conduz mais eletricidade.
6. Antes de movimentar a máquina ou trabalhar com ela, verifique sempre onde
os acessórios podem ser depositados em condições seguras para evitar acid-
entes.
7. Respeite os regulamentos rodoviários ao conduzir em vias, caminhos e
praças públicas; se necessário, coloque a máquina em estado de condução
de acordo com os regulamentos.
8. Ao conduzir o veículo no escuro ou em condições de visibilidade reduzida,
ligue os faróis.
9. Nunca transporte pessoas na máquina.
10. Trabalhe unicamente sentado e com o cinto de segurança posto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

11. Comunique todas as deficiências de funcionamento ao seu encarregado e


assegure a realização imediata de todas as reparações necessárias.
12. Você tem de se certificar pessoalmente de que ninguém estará exposto a
perigos se colocar a máquina em movimento.
13. Antes de iniciar o trabalho; verifique o sistema de freagem segundo as instru-
ções no “Manual de instruções” .
14. Nunca abandone o banco do motorista enquanto a máquina ainda estiver em
movimento.
15. Nunca deixe de vigiar a máquina enquanto o motor estiver em funcionamento.
16. Ao conduzir a máquina, baixe o equipamento de trabalho para a posição de
transporte e mantenha a carga o mais próximo possível do solo.

copyright by

60 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

17. Evite realizar manobras que possam levar a máquina a perder o equilíbrio.
Mas, se, mesmo assim, a máquina começar a inclinar ou a escorregar lateral-
mente, baixe imediatamente o equipamento de trabalho no solo e conduza a
máquina no sentido da descida.
Sempre que possível, ao trabalhar em declives, conduza a máquina no
sentido da subida ou descida, e não lateralmente em relação à inclinação.
18. Ao trabalhar em terrenos irregulares, escorregadios ou inclinados, conduza
sempre com cuidado.
19. Ao descer terrenos inclinados com a máquina, respeite a velocidade permitida
para não perder o controle da mesma.
Neste caso, o motor deve funcionar em rotação nominal e a velocidade deve
ser reduzida somente com os pedais do acelerador.
Engrene um nível de marcha inferior antes de alcançar o declive e nunca
durante o mesmo.
20. Ao carregar um caminhão, você tem de se certificar de que o motorista saiu
da sua cabine, mesmo quando a mesma dispõe de uma proteção contra
queda de pedras.
21. Utilize sempre os dispositivos de proteção necessários para cada uso especí-
fico da máquina ao realizar trabalhos de demolição, derrube ou operação com
grua.
22. Em terrenos com visibilidade restrita e sempre que for necessário, peça ajuda
a outra pessoa.
Mas, neste caso, siga as instruções de uma única pessoa.
23. A fixação de cargas e a realização de operações com grua devem ser reali-
zadas exclusivamente por pessoas experientes.
O assistente que estiver orientando a manobra deve estar dentro do campo
de visão do motorista ou em distância suficiente para poder existir uma comu-
nicação verbal.

2.4.7 Instruções de segurança para a condução em terrenos


íngremes
1. Ao descer terrenos inclinados com a máquina, nunca conduza na velocidade
máxima para não perder o controle da mesma.
Velocidades de marcha:
• As velocidades máximas indicadas no “Manual de instruções” nunca
devem ser excedidas!
• Exceder a velocidade máxima significa exceder também os valores autori-
zados para todas as peças rotativas, como as do motor, do eixo de trans-
missão, de todas as engrenagens incluindo os eixos e, por fim, também os
do motor diesel.
2. Por isso, antes de iniciar a descida, engrene um raio de ação de marcha
(mudança) adequado para que possa descer sem expor o motorista, a
máquina e os outros veículos a riscos de acidente.
3. Ao descer um declive, tire o pé do acelerador.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

2.4.8 Parada segura da máquina


1. Se possível, pare a máquina somente em solo plano e firme.
Se for necessário efetuar uma parada num terreno inclinado, calce e imobilize
a máquina adequadamente.
2. Se a máquina possuir uma direção de articulação, bloqueie a articulação.
Isto é válido para pás carregadeiras sobre rodas equipadas com uma direção
de articulação.
3. Baixe o equipamento de trabalho e prenda a pá ligeiramente no solo.

copyright by

L 580-459 / 25400 61
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

4. Coloque todas as manetes de operação em posição neutra e bloqueie o freio


de estacionamento.
5. Desligue o motor segundo as instruções do “Manual de instruções” .
6. Antes de abandonar a cabine do motorista, bloqueie o sistema hidráulico de
trabalho.
Execute o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho segundo as instruções
do “Manual de instruções”.
7. Feche a máquina corretamente, retire todas as chaves e proteja a máquina
contra utilizações não autorizadas e vandalismo.

2.4.9 Transporte seguro da máquina


1. Utilize somente meios de transporte adequados e equipamentos de elevação
com capacidade de carga suficiente.
2. Estacione a máquina em terreno plano e calce as correntes ou as rodas com
firmeza.
3. Caso necessário, desmonte uma parte do equipamento de trabalho da
máquina para o período de transporte.
4. A rampa que permite subir para o veículo de plataforma rebaixada não deve
possuir uma inclinação superior a 30º e deve ser forrada com placas de
madeira para evitar o deslizamento.
5. Antes de conduzir a máquina sobre a rampa, retire a lama que eventualmente
se encontra nas correntes / rodas.
6. Antes de subir para o veículo de transporte, fixe o chassi superior ao carro
inferior com o pino de retenção.
Procedimento: desnecessário em caso da pá carregadeira sobre rodas.
7. Alinhe cuidadosamente a máquina em relação à rampa de carga.
8. Monte as manetes manuais nos pedais de marcha para um controle mais
preciso da condução.
Procedimento: desnecessário em caso da pá carregadeira sobre rodas.
9. Um assistente deve fornecer ao motorista da máquina as indicações necessá-
rias para a manobra.
Suba cautelosamente a rampa em direção ao veículo de transporte.
10. Mantenha calços de madeira à disposição, para garantir que a máquina não
role para trás enquanto sobe a rampa.
11. Recolha o equipamento de trabalho e suba a rampa de carga.
Durante este movimento, mantenha o equipamento de trabalho sempre
próximo da superfície da rampa.
12. Após o processo de carga, baixe o equipamento de trabalho até à superfície
de carga.
Coloque o bloqueio de articulação (válido somente para máquinas com
direção articulada).
13. Fixe a máquina e as diversas peças soltas com correntes e calços para evitar
deslizamentos.
14. Alivie os condutos de pressão e retire a chave de contato, feche as portas da
cabine do motorista e da carroçaria e saia da máquina.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

15. Antes de iniciar o transporte, você tem de se informar sobre o trajeto e, em


especial, sobre as limitações quanto à largura, altura e peso.
16. Tenha particular atenção ao passar por baixo de pontes e cabos elétricos e ao
atravessar túneis.
17. Ao descarregar, proceda com os mesmos cuidados tomados durante o carre-
gamento.
Procedimento:
• Retire todas as correntes e calços
• Proceda à partida do motor segundo as instruções do “Manual de instru-
ções”
• Desça cuidadosamente pela rampa da superfície de carga

copyright by

62 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

• Mantenha o equipamento de trabalho o mais próximo possível do solo


• Peça ajuda a um assistente que lhe possa dar indicações

2.4.10 Reboque seguro da máquina


1. Observe sempre o procedimento correto de acordo com as instruções do
“Manual de instruções”. (Para mais informações, consulte: 3.7.1 Reboque
da máquina, página 270)
2. A máquina só deve ser rebocada em casos excecionais, p.ex., para ser
retirada de um local perigoso a fim de realizar reparações.
3. Ao puxar ou rebocar, verifique a segurança e a estabilidade de todos os
dispositivos de reboque e de tração.
4. O cabo ou a barra que serão utilizados para o reboque devem possuir resis-
tência suficiente para serem presos nos orifícios do chassi dianteiro e realizar
a tração.
Os danos ou acidentes resultantes do reboque da máquina não serão, em
caso algum, cobertos pela garantia do fabricante.
Instruções para reboque com cabo:
• Durante o reboque, você tem de se certificar de que nenhuma pessoa
permanece nas proximidades do cabo sob tensão.
• Mantenha o cabo esticado e sem dobras.
• Estique o cabo cuidadosamente.
• Um puxão brusco pode partir o cabo.
5. Durante o reboque, mantenha a posição de transporte correta, a velocidade
permitida e o trajeto prescrito.
6. Recoloque a máquina em funcionamento de acordo com as instruções do
“Manual de instruções”.

2.4.11 Medidas para uma manutenção segura


1. Não realize trabalhos de manutenção ou de reparo que não conheça a fundo.
2. Cumpra os prazos para inspeção/controle estipulados no “Manual de instru-
ções”.
Para a realização das medidas de reparo, é fundamental dispor de um equipa-
mento adequado para a tarefa.
3. Consulte o item no final deste “Manual de instruções” para se informar
sobre quem tem ou deve realizar determinados trabalhos.
Os trabalhos “diários / semanais” listados no plano de manutenção podem
ser realizados pelo condutor da máquina ou pelo pessoal da manutenção.
Os restantes trabalhos devem ser realizados exclusivamente por pessoal
especializado com a respectiva formação técnica.
4. As peças sobressalentes deverão corresponder às exigências técnicas deter-
minadas pelo fabricante. Isso é plenamente assegurado na utilização de
peças originais. As peças de reposição que não correspondem às exigências
técnicas do fabricante podem limitar a segurança e o funcionamento da
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

máquina.
5. Durante os trabalhos de manutenção, use sempre vestuário apropriado. Para
determinados trabalhos é necessário usar óculos de proteção e luvas de
trabalho, além de capacete de proteção e sapatos antiderrapantes.
6. Durante os trabalhos de manutenção, mantenha as pessoas não autorizadas
afastadas da máquina.
7. Se necessário, isole a área onde será realizada a conservação.
8. Antes de iniciar a execução de trabalhos especiais ou de conservação,
informe os operadores da máquina. Nomeie supervisores.

copyright by

L 580-459 / 25400 63
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

9. Se o “Manual de instruções” não fornecer informações em contrário, todos


os trabalhos de manutenção devem ser realizados em solo plano, firme e com
o motor desligado.
10. Durante os trabalhos de manutenção e conservação, nunca se esqueça de
apertar com firmeza as uniões roscadas soltas.
11. Ao realizar trabalhos de equipamento, manutenção e conservação, muitas
vezes é necessário desmontar dispositivos de segurança. Após a realização
destes trabalhos, efetuar imediatamente a remontagem dos mesmos e veri-
ficar o seu funcionamento.
12. Durante os trabalhos de manutenção, especialmente por baixo da máquina,
coloque uma placa de aviso “NÃO LIGAR” bem visível na ignição. Retire a
chave de contato.
13. Antes da manutenção/reparo, limpe bem a máquina, eliminando óleo,
combustível ou produtos de conservação das conexões e uniões roscadas.
Nunca utilize líquidos de limpeza agressivos. Use panos de limpeza que não
libertem fios.
14. Antes de realizar trabalhos de solda, combustão e de rebardadora, tire o pó e
o material inflamável da máquina e mantenha uma ventilação suficiente.
Caso contrário, existe “PERIGO DE EXPLOSÃO”!
15. Por motivos de segurança e funcionamento, antes de limpar a máquina com
água, jato de vapor (aparelho de limpeza a alta pressão) ou outros produtos
de limpeza, feche ou tape todos os orifícios para impedir a penetração de
água, vapor ou produtos de limpeza.
Especialmente os motores elétricos, as caixas de distribuição e as baterias
estão expostos a esses perigos.
Outros procedimentos:
• Ao limpar a garagem da máquina, você tem de se certificar de que o
sensor térmico dos sistemas de alarme de incêndio e extintores não
entrem em contato com produtos de limpeza. Caso contrário, o sistema de
extinção de incêndios será ativado.
• Após a limpeza, retire todas as tampas e os adesivos utilizados na
vedação.
• Após a limpeza, verifique se não há danos, folgas, ligações soltas e pontos
de atrito nos condutos de combustível, óleo do motor e óleo hidráulico.
• Elimine imediatamente eventuais defeitos verificados.
16. Ao utilizar óleos, graxas lubrificantes e outras substâncias químicas, respeite
as prescrições de segurança válidas para cada produto.
17. Elimine combustíveis e lubrificantes, assim como peças substituídas, de modo
seguro e compatível com a proteção do meio ambiente.
18. Tenha cuidado ao utilizar combustíveis e lubrificantes quentes (perigo de quei-
maduras).
19. Motores de combustão interna e aquecedores a combustível devem ser oper-
ados unicamente em locais com ventilação suficiente. Antes de efetuar a
partida em locais fechados, garanta uma ventilação suficiente. Respeite as
normas em vigor no respectivo local de utilização.
20. Só realize trabalhos de solda, combustão e de acabamento quando expressa-
mente autorizados. Pode haver, p.ex., perigo de incêndio e explosão.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

21. Nunca tente elevar peças pesadas. Para isso, utilize dispositivos de elevação
adequados com uma capacidade de carga suficiente.
Procedimento:
• Em caso de troca de peças e componentes grandes e pesados, fixe os
mesmos com firmeza aos equipamentos de elevação.
• Utilize somente equipamentos de elevação adequados em perfeitas condi-
ções técnicas de funcionamento e que disponham de uma capacidade de
carga suficiente.
É proibido permanecer e trabalhar por baixo de cargas suspensas.

copyright by

64 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

22. Nunca utilize cabos danificados ou de capacidade de carga insuficiente. Use


luvas de proteção durante o manuseio de cabos metálicos.
23. A fixação de cargas e as operações com a grua devem ser realizadas exclusi-
vamente por pessoas experientes. A pessoa que estiver a orientar a manobra
deve estar dentro do campo de visão do motorista ou em distância suficiente
para poder existir uma comunicação verbal.
24. Durante os trabalhos de montagem acima da altura do corpo, deverá utilizar,
conforme as normas de segurança, dispositivos de elevação e plataformas de
acesso adequados. Nunca utilize partes da máquina como auxílio para subir.
Em caso de trabalhos de manutenção em alturas elevadas, utilize proteções
contra quedas. Mantenha corrimãos, degraus, patamares, plataformas e
escadas livres de sujeira.
25. Ao executar trabalhos no equipamento (p.ex., troca de dentes), garanta um
apoio seguro. Evite metal sobre metal.
26. Nunca se deite debaixo da máquina quando esta estiver suspensa com auxílio
do equipamento de trabalho e sem que o carro inferior esteja solidamente
apoiado sobre estruturas de madeira.
27. Apoiar a máquina de modo que um eventual deslocamento de peso não preju-
dique a estabilidade, para isso, evite o contato de aço com aço.
28. Trabalhos no mecanismo de translação e nos sistemas de frenagem e de
direção devem ser realizados exclusivamente por pessoal especializado com
formação adequada.
29. Se for necessário reparar a máquina num declive, bloqueie as rodas com
calços. Coloque o equipamento de trabalho em posição de manutenção e
proceda ao bloqueio da articulação.
30. Só pessoal com experiência e conhecimentos específicos sobre sistemas
hidráulicos poderá trabalhar no sistema hidráulico.
31. Utilize luvas protetoras ao localizar pontos com fugas. Um pequeno jato de
líquido sob pressão poderá penetrar na pele.
32. Não solte nenhum conduto hidráulico ou união roscada antes de baixar o
equipamento ao solo e desligar o motor.
Antes de qualquer trabalho no circuito hidráulico, você tem de adicionalmente
pressionar a função de pressão para o bloqueio do sistema hidráulico de
trabalho e simultaneamente acionar todos os aparelhos de comando auxiliar
(manete de comutação de inversão e pedais) nas duas direções, para liberar
a pressão motriz e as pressões dinâmicas existentes nos circuitos de trabalho.
Em seguida, liberte a pressão interna do tanque.
33. Verifique periodicamente se não há problemas de estanqueidade ou danos
evidentes nos condutos de óleo hidráulico, mangueiras e uniões roscadas.
Elimine imediatamente todos os danos. As fugas de óleo podem causar feri-
mentos e queimaduras.
34. Antes de iniciar os trabalhos de reparo, elimine a pressão nos componentes
do sistema e condutos de pressão (sistema hidráulico, ar comprimido) que
deverão ser abertos, de acordo com as respectivas instruções.
35. Monte e instale os condutos hidráulicos e de ar comprimido corretamente.
Cuidado para não inverter acidentalmente as ligações. As guarnições, o
comprimento e a qualidade dos tubos flexíveis devem corresponder às
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

exigências técnicas.
Utilizar somente peças de reposição Liebherr.
36. Substitua as mangueiras do sistema hidráulico nos prazos determinados e
adequados, mesmo quando não parecem existir defeitos.
37. Os trabalhos no sistema elétrico devem ser realizados exclusivamente por
eletricistas especializados ou pessoal instruído sob direção e supervisão de
um eletricista especializado, conforme as normas eletrotécnicas.
38. Utilize exclusivamente fusíveis originais com a amperagem prescrita. Em caso
de falhas na alimentação de energia elétrica, desligue imediatamente a
máquina.

copyright by

L 580-459 / 25400 65
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

39. Inspecione/controle regularmente o equipamento elétrico da máquina. Elimine


imediatamente todos os defeitos, como cabos soltos, cabos gastos/derretidos
ou lâmpadas e fusíveis queimados.
40. Quando for necessário realizar trabalhos em componentes condutores de
tensão elétrica, encarregue uma segunda pessoa para, em caso de emer-
gência, acionar o interruptor geral e o interruptor de emergência com disparo
de tensão. Isole a área de trabalho com uma faixa de segurança em branco e
vermelho e com uma placa de aviso. Utilize exclusivamente ferramentas isola-
doras de tensão.
41. Ao realizar trabalhos em componentes de alta tensão, após se ter liberado a
tensão, conecte o cabo de alimentação na massa e coloque os componentes,
p.ex., condensadores, com uma haste de ligação à terra em curto-circuito.
42. Primeiro verifique se as peças estão livres de tensão e, em seguida, ligue as
mesmas à terra e em curto-circuito. Isole peças vizinhas que estejam sob
tensão.

2.4.12 Instruções de segurança para trabalhos de manu-


tenção na máquina com reservatórios hidráulicos
1. Todos os trabalhos nas conexões hidráulicas e pneumáticas do reservatório
de membrana só podem ser realizados por técnicos com qualificação
adequada.
No caso de montagem e manuseio inadequado poderão ocorrer acidentes
graves.
Antes dos trabalhos nas unidades hidráulicas, a pressão do sistema hidráulico
tem de ser liberada.
No reservatório de membrana não se deve soldar ou realizar trabalhos mecâ-
nicos.
Perigo de explosão durante os trabalhos de solda!
Perigo de ruptura e perda da autorização de trabalho para processamento
mecânico.
Os tanques hidráulicos só podem ser cheios com nitrogênio e não com
oxigênio ou ar, “Perigo de explosão”!
O corpo do reservatório pode aquecer, perigo de queimaduras.
Os reservatórios de membrana danificados durante o transporte não podem
ser colocados em funcionamento.
Antes da colocação em funcionamento, os novos reservatórios de membrana
têm de ser cheios com nitrogênio. As tampas de fechamento do lado do
líquido têm de ser removidas.
Os dados de serviço mín./máx. estão assinalados de modo permanente no
reservatório de membrana. A inscrição tem de ser mantida sempre visível.

2.4.13 Instruções de segurança para trabalhos de solda na


máquina
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1. Respeitar o seguinte modo de procedimento para trabalhos de soldadura na


máquina:
• Desligar a ignição.
• Desligar a chave geral da bateria (se existente).
• Aproximar a massa do aparelho de soldar o mais possível do local de
soldadura.
• Trabalhos de soldadura a realizar somente por pessoal especializado
autorizado.

copyright by

66 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

2.4.14 Instruções de segurança para trabalhos no equipa-


mento
1. Nunca trabalhe debaixo da máquina enquanto esta não estiver solidamente
assentado no solo ou apoiada.
2. Durante a troca de peças do equipamento (placa, lâminas, dentes, etc. . . )
evite que os apoios assentem metal sobre metal.
3. Nunca tente elevar peças pesadas. Para isso, utilize dispositivos de elevação
adequados com uma capacidade de carga suficiente.
4. Ao manejar cabos metálicos, use sempre luvas de trabalho!
5. Não solte nenhum conduto hidráulico ou união roscada antes de baixar o
equipamento ao solo e desligar o motor.
Antes de qualquer trabalho no circuito hidráulico, você tem de adicionalmente
pressionar a função de pressão para o bloqueio do sistema hidráulico de
trabalho e simultaneamente acionar todos os aparelhos de comando auxiliar
(manete de comutação de inversão e pedais) nas duas direções, para liberar
a pressão motriz e as pressões dinâmicas existentes nos circuitos de trabalho.
Em seguida, liberte a pressão interna do tanque.
6. Ao terminar os trabalhos, você tem de se certificar de que todos os condutos e
uniões rosqueadas foram novamente conectados e apertados.
7. Ao perfurar ou prender cavilhas e pinos de aço de têmpera superficial, há
grande perigo de ferimento devido a estilhaços de metal.
Use luvas de trabalho e óculos de proteção.
Sempre que possível, utilize ferramentas especiais (como punções, extra-
tores, . . ).

2.4.15 Prescrições de segurança para carregar a máquina


com grua
1. Baixe o equipamento de trabalho e recolha o equipamento de carga até ao
ponto de encosto.
2. Coloque o bloqueio de articulação (válido somente para máquinas com
direção articulada).
3. Coloque todas as manetes de operação em posição neutra e bloqueie o freio
de estacionamento.
4. Desligue o motor segundo as instruções do “Manual de instruções” .
5. Antes de abandonar a cabine do motorista, bloqueie o sistema hidráulico de
trabalho.
Execute o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho segundo as instruções
do “Manual de instruções”.
6. Feche adequadamente todas as portas, tampas e capôs da máquina.
7. A fixação de cargas e a realização de operações com grua devem ser reali-
zadas exclusivamente por pessoas experientes. O assistente que estiver a
orientar a manobra deve estar dentro do campo de visão do motorista ou em
distância suficiente para poder existir uma comunicação verbal.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

8. Prenda os cabos na máquina através dos encaixes/orifícios previstos.


9. Observe o comprimento suficiente dos cabos.
10. Eleve a máquina cuidadosamente.
11. ATENÇÃO! É proibido permanecer sob a máquina em suspensão.
12. Recoloque a máquina em funcionamento segundo as instruções do “Manual
de instruções”.

copyright by

L 580-459 / 25400 67
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

2.4.16 Manutenção segura das mangueiras hidráulicas e


tubos flexíveis
1. É proibido realizar reparações em mangueiras e tubos flexíveis hidráulicos!
2. Todas as mangueiras, tubos flexíveis e uniões roscadas devem ser regular-
mente verificadas, ao menos uma vez por ano, para a identificação de fugas e
danos evidentes!
Elimine imediatamente todas as peças danificadas! As fugas de óleo podem
causar ferimentos e queimaduras.
3. Mesmo com um armazenamento apropriado e uma utilização correta, os
tubos e as mangueiras estão sujeitos a um envelhecimento natural. Por isto, a
sua vida útil é restrita.
4. O armazenamento impróprio, danificações mecânicas e a utilização incorreta
são as causas mais freqüentes de acidentes.
5. O tempo de utilização de uma mangueira não deve exceder seis anos,
incluindo um período de armazenamento de, no máximo, dois anos (observe a
data de fabricação nas mangueiras).
6. A utilização no limite do esforço permitido pode reduzir a duração de utilização
(p.ex., temperaturas extremas, movimentação freqüente, freqüência de pulsos
extremamente elevada, trabalhos em vários turnos).
7. Substitua as mangueiras e tubos flexíveis se, durante a inspeção, foram dete-
tados os seguintes critérios:
Critérios:
• Danos da camada externa até à camada intermédia (p.ex., pontos de
frição, cortes e roturas)
• Fragilização da camada externa (fendas no material da mangueira)
• Deformação que não corresponde à forma natural dos tubos e mangueiras,
tanto em estado sob pressão como isento de pressão, ou flexões, p.ex.,
separação de camadas, formação de bolhas
• Fugas
• Não cumprimento das exigências de instalação
• Danos ou deformações na guarnição da mangueira, reduzindo assim a
estabilidade da guarnição ou do ligamento entre mangueira e guarnição
• Deslocamento da mangueira para fora da guarnição
• Corrosão da guarnição, reduzindo assim a estabilidade do funcionamento
• Período de armazenamento e de vida útil excedido
8. Ao substituir mangueiras e tubos flexíveis, utilize somente peças de reposição
originais.
9. Monte e instale as mangueiras e os tubos flexíveis corretamente. Cuidado
para não inverter acidentalmente as ligações.

2.4.17 Estrutura de proteção contra capotamento (ROPS) e


proteção contra queda de pedras (FOPS)
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

A máquina está equipada com uma cabine do motorista, que protege o motorista
contra o capotamento (ROPS) e a queda de objetos (FOPS).

Evitar acidentes
Podem surgir situações de perigo, consoante o uso e método de trabalho, mesmo
com o dispositivo de proteção intato. Evite qualquer método de trabalho não
seguro.

copyright by

68 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

Observação
Peso total da máquina!
u Na montagem de ferramentas de montagem e equipamentos, garantir que o
peso da máquina está abaixo do peso para o qual a estrutura de proteção
contra capotamento foi certificada. A função de proteção da estrutura contra
capotamento não é mais garantida em caso de ultrapassagem do peso total
máximo admissível da máquina (veja a chapa de identificação).

As seguintes alterações na máquina podem provocar a ultrapassagem do peso


total máximo admissível:
– Uso de ferramentas de montagem pesadas
– Substituição do equipamento de trabalho
– Acrescentos ou transformações na máquina
Uma máquina com o sistema de proteção da cabine danificado (ROPS, FOPS)
não pode ser colocada em funcionamento.
As danificações na cabine do motorista podem ser causadas pelos trabalhos e
eventos seguintes:
– Trabalhos de soldadura, corte ou perfuração de orifícios
– Colocação de dispositivos de fixação
– Deformações após um acidente
– Queda de objetos
São proibidas alterações estruturais ou reparos de qualquer tipo.

Evitar lesões
A estrutura de proteção contra capotamento da cabine do motorista protege-o
somente se ele usar o cinto de segurança.
Quaisquer alterações dentro da cabine do motorista, por ex., devido à montagem
de acessórios, não podem limitar o espaço de trabalho do motorista.
Os objetos que se encontram na cabine do motorista não podem invadir o espaço
de trabalho do motorista. Os objetos soltos devem ser guardados em segurança.

2.4.18 Componentes do equipamento e acessórios


1. Os componentes do equipamento de trabalho e os acessórios de outros fabri-
cantes, ou peças para montagem e desmontagem em geral, que não tenham
sido previamente autorizados pela LIEBHERR, não devem ser instalados na
máquina sem a autorização escrita expressa da LIEBHERR.
2. Para esse efeito, é necessário apresentar a respectiva documentação técnica
à LIEBHERR.
3. Durante a montagem e instalação de um equipamento ou dos pneus, o posi-
cionamento seguro da máquina tem de ser verificado e assegurado segundo a
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

EN 474.
(Para mais informações, consulte: 1.2 Dados técnicos, página 21)

2.4.19 Proteção de vibrações


1. Geralmente, as cargas oscilantes nas máquinas de construção móveis são o
resultado do tipo de aplicação.
Em especial, os seguintes parâmetros têm uma influência significativa:
• Condições do terreno; irregularidades e covas.

copyright by

L 580-459 / 25400 69
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

• Técnicas de funcionamento; velocidade, direção, freios, comando dos


elementos de comando da máquina durante a marcha, bem como durante
o trabalho.
2. Em grande medida, é o motorista da máquina que determina as cargas oscil-
antes atuais, pois é também ele que seleciona a velocidade, o controle da
caixa de velocidades, o modo de funcionamento e o trajeto.
A partir daqui, forma-se uma vasta gama de diferentes cargas oscilantes para
o mesmo tipo de máquina.
3. A carga vibratória do corpo total para o motorista da máquina pode ser redu-
zida quando são respeitadas as seguintes recomendações:
• Selecionar a máquina adequada, peças de equipamento e aparelhos
adicionais para a respectiva tarefa.
• Utilizar uma máquina que esteja equipada com um banco adequado (isto
é, um banco para máquinas de construção térrea, correspondente à EN
ISO 7096).
• Manter o banco seguro e ajustá-lo de modo que o ajuste do banco e o
amortecimento deve-se orientar pelo peso e a altura do motorista
• Verificar regularmente o amortecimento e os mecanismos de ajuste do
banco e certifique-se de que estas propriedades do banco são mantidas de
acordo com as indicações do fabricante do banco.
• Verificar o estado de manutenção da máquina, em especial, quanto a:
pressão dos pneus, freios, direção, ligações mecânicas, etc.
• Não manobrar, frenar, acelerar e ligar, nem carregar os equipamentos de
trabalho da máquina repentinamente.
• Adaptar a velocidade da máquina ao trajeto para reduzir a carga vibratória.
Estrangular a velocidade quando conduzir em terreno acidentado.
Afastar-se dos obstáculos e evitar um terreno acidentado demais.
• Manter as propriedades do terreno, no qual a máquina está em funciona-
mento, em bom estado
Eliminar as pedras grandes e obstáculos do terreno.
Abastecer as calhas e orificios.
Manter máquinas à disposição e calcular o tempo suficiente para a criação
e conservação das condições de terreno adequadas.
• Nas distâncias maiores (p.ex. em vias públicas), conduzir com velocidade
apropriada (média).
• Para as máquinas, com as quais a circulação é um tipo de utilização
frequente, utilizar sistemas adicionais especiais (se disponível) durante a
circulação, os quais possibilitam uma redução de vibração para este tipo
de utilização.
Se estes sistemas adicionais não estiverem disponíveis, regular a veloci-
dade para evitar uma “Oscilação” da máquina.

2.4.20 Ver e ser visto

Campo de visão
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Você como motorista se apercebe da maioria das informações para seu trabalho
de modo ótico. Somente com uma visão suficiente durante a condução e o
trabalho, você poderá minimizar os possíveis perigos para si e para os outros.
Utilize os auxílios visuais montados na máquina, como por ex. espelho e câmeras.
Considere as limitações do campo de visão e aos ângulos mortos.
As prescrições nacionais para o manuseamento da visão na cabine do motorista
devem ser respeitadas. Para países do Espaço Económico Europeu, a norma ISO
5006:2006 - Métodos de medição e de avaliação para o campo de visão do motor-
ista. Neste caso, o campo de visão é testado com equipamento standard. As alter-
ações na máquina, tais como, p.ex., montagem de componentes, não podem influ-
enciar o campo de visão do motorista. Quando existirem alterações que compro-

copyright by

70 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Indicações de segurança, placas
Indicações de segurança

metem o campo de visão é necessário realizar um teste de acordo com a ISO


5006:2006 ou conforme as prescrições em vigor no local de intervenção. É preciso
tomar medidas concernes dependendo do resultado do teste. O motorista tem de
ser informado sobre estas alterações.

Medidas durante e depois do funcionamento


• Assegurar que as pessoas entrem em contacto com o motorista antes de se
aproximarem da máquina.
• Verificar os auxílios visuais quanto a funcionamento, limpeza e ajuste
correto.
• Ajustar os auxílios visuais por forma a que esteja garantida a melhor visão
periférica.
• Limpar de imediato os auxílios visuais e os vidros quando a sujeira influ-
encia a visão.
• Reparar ou mandar substituir os auxílios visuais com defeito.
• Não utilizar os quebra-sóis quando estes limitam a visão.
• Observar sempre o meio ambiente para reconhecer atempadamente os
potenciais riscos.
• Se possível, evitar a condução de marcha ré.
• Preferir a visão direta: planejar o trabalho por forma a que a visão para a
área de trabalho não seja limitada por obstáculos.
• Em caso de atividades com visão limitada ou em caso de auxílios visuais
com defeito, geralmente trabalhar com um instrutor. Combinar sinais de
mãos, em caso de tarefas difíceis, criar adicionalmente uma comunicação
verbal (p.ex., por meio de rádio).
• Utilizar iluminação em caso de maus pontos de visibilidade e de acordo com
as prescrições em vigor.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 71
Indicações de segurança, placas Manual de instruções
Indicações de segurança

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

72 L 580-459 / 25400
3 Operação, funcionamento

3.1 Elementos de operação e controle

3.1.1 Local do motorista


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 64: Vista interior - cabine do motorista


1 Altifalante do rádio 12 Console de comando 23 Botão opcional
2 Pára-sol 13 Unidade de indicação 24 Interruptor de partida
(display)
3 Iluminação interior 14 Alavanca de operação 25 Interruptor opcional
LIEBHERR
4 Espelho interno 15 Pedal - ajuste do console de 26 Apoio ajustável para os
comando braços
5 Local para instalação do 16 Alavanca - maçaneta da 27 Contador mecânico das
rádio janela - janela com abertura horas de serviço
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

L 580-459 / 25400 73
Operação, funcionamento Manual de instruções
Elementos de operação e controle

6 Bocais de ventilação - aque- 17 Alavanca de operação para a 28 Ficha de diagnóstico


cimento/ventilação/ar-condi- função de trabalho adicional
cionado
7 Pedal marcha gradual/freio 18 Painel de instrumentos 29 Martelo de emergência
8 Interruptor na coluna da 19 Unidades de comando 30 Porta-luvas
direção
9 Coluna da direção (ajustável) 20 Extintor de incêndio (opção) 31 Caixa de fusíveis
com volante
10 Alavanca para o ajuste da 21 Tomada, isqueiro 32 Banco do motorista
coluna da direção
11 Pedal do acelerador 22 Cinzeiro

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

74 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

3.2 Operação

3.2.1 Interruptor principal da bateria


Para poder colocar a máquina em funcionamento, o interruptor principal da bateria
tem de estar ligado.
O interruptor principal da bateria está situado atrás/à esquerda do espaço do
motor.

Ligar o interruptor principal da bateria

Fig. 65: Ligar o interruptor principal da bateria


1 Interruptor principal da bateria 2 Chave
u Ligue o interruptor principal da bateria 1 com a chave 2.

3.2.2 Bloqueio da articulação


O bloqueio da articulação estabelece uma conexão fixa entre o chassi dianteiro e
traseiro. Não é possível efetuar um função de direção.

AVISO
Perigo de esmagamento na área de articulação!
u Colocar ou soltar o bloqueio da articulação somente com o motor diesel desli-
gado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 75
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Colocar o bloqueio da articulação

Fig. 66: Colocar o bloqueio da articulação


1 Contrapino 4 Barra de bloqueio
2 Pino a Bloqueio da articulação colocado
3 Dispositivo de fixação b Bloqueio da articulação solto
u Remover o contrapino 1.
u Remover o pino 2.
u Colocar a barra de bloqueio 4 no dispositivo de fixação 3.
u Introduzir o pino 2 e fixar com contrapino 1.
Se não for possível introduzir o pino 2:
u Colocar a máquina em funcionamento e colocar a barra de bloqueio 4 na
posição correta com um movimento de direção cuidado.
u Desligue o motor diesel.
u Introduzir o pino 2 e fixar com contrapino 1.

Soltar o bloqueio da articulação

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 67: Soltar o bloqueio da articulação


1 Contrapino 4 Barra de bloqueio
2 Pino a Bloqueio da articulação colocado
3 Dispositivo de fixação b Bloqueio da articulação solto
u Remover o contrapino 1.
u Remover o pino 2.

copyright by

76 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

u Colocar a barra de bloqueio 4 no dispositivo de fixação 3.


u Introduzir o pino 2 e fixar com contrapino 1.

3.2.3 Acesso
Entrar e sair da máquina, utilizando somente os meios de acesso previstos.
O acesso e a saída da cabine do motorista devem ser feitos unicamente pela porta
esquerda.
A janela direita existe como janela com abertura.
Você tem de se familiarizar com a saída de emergência na porta direita ou no
vidro traseiro. (Para mais informações, consulte: 3.2.5 Saída de emergência,
página 79)

Fig. 68: Acesso

AVISO
Perigo de ferimento devido a queda ou salto da máquina!
u Para subir ou descer, utilize sempre os degraus, corrimãos e rampas previstos.
u Nunca salte da máquina.

AVISO
Perigo de ferimento devido a movimentos imprevistos da máquina!
Existe perigo com a porta da cabine do motorista aberta e motor diesel em funcio-
namento.
u Ao subir ou descer da máquina, nunca se apoie na coluna da direção, no
console de comandos ou nas alavancas de operação.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 77
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Entrar na cabine do motorista

Fig. 69: Entrar na cabine do motorista


1 Punho da porta com fechadura 3 Alavanca do suporte da porta
2 Suporte da porta
u Desbloqueie a fechadura da porta da cabine do motorista com a chave de
contato.
u Abra a fechadura da porta da cabine do motorista com o punho da porta 1 e
engrene a mesma no suporte da porta 2.
u Entre na cabine do motorista.
u Desbloqueie e feche a porta da cabine do motorista com a alavanca 3.

Sair da cabine do motorista

Fig. 70: Sair da cabine do motorista


1 Alavanca da maçaneta da porta 3 Alavanca do suporte da porta
2 Suporte da porta
u Abra a fechadura da porta da cabine do motorista com a alavanca 1 e engrene
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

a mesma no suporte da porta 2.


u Saia da cabine do motorista.
u Desbloqueie e feche a porta da cabine do motorista com a alavanca 3.
u Bloqueie a fechadura da porta da cabine do motorista com a chave de contato.

3.2.4 Janela direita com abertura


A janela direita existe como janela com abertura.

copyright by

78 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Abrir a janela com abertura

Fig. 71: Abrir e fechar a janela com abertura


1 Alavanca - maçaneta da janela 3 Amortecedor a gás
2 Janela com abertura
u Bascule a alavanca 1 para cima até engatar.
Para continuar a abrir a janela com abertura:
u Solte e libere a alavanca 1 do pino de retenção.
w O amortecedor a gás 3 abre a janela com abertura.

Fechar a janela com abertura


u Desloque a alavanca 1 (consulte: fig. 71, página 79) por meio do pino e bascule
para baixo até a janela com abertura estar fechada.

3.2.5 Saída de emergência


O vidro direito da cabine do motorista (janela com abertura) está previsot como
saída de emergência, devendo ser utilizado como tal em caso de uma emer-
gência.
Na cabine do motorista está montado um martelo de emergência para destruir os
vidros. Antes da colocação em funcionamento, verifique se existe o respectivo
martelo de emergência na cabine do motorista.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Observação
Se não for possível a saída segura da cabina em caso de emergências, passando
pela porta e pelo vidro de abertura:
u Destruir com o martelo de emergência o vidro de abertura ou o vidro traseiro e
saír da cabine do motorista!

copyright by

L 580-459 / 25400 79
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Utilizar o martelo de emergência

Fig. 73
1 Martelo de emergência 3 Vidro traseiro
2 Janela com abertura
u Desligue o motor.
w As funções de marcha e trabalho estão desligadas.
u De acordo com a situação de perigo, parta a janela com abertura 2 ou o vidro
traseiro 3!
u Abandone a cabine do motorista pelo vidro partido.

3.2.6 Banco do motorista com amortecimento mecânico


O banco do motorista foi concebido segundo as mais modernas pesquisas ergonô-
micas e oferece grande conforto.
A possibilidade de ajuste do assento, do encosto, do amortecimento e do apoio do
braço do banco permitem que o motorista escolha a posição mais adequada para
o seu corpo.
Amortecimento de vibrações:
– O banco utilizado na máquina corresponde à norma ISO 7096.
– Em caso de utilização correta da máquina, os valores das vibrações no banco
do motorista são menores ou iguais aos valores estabelecidos pelos testes
para esta classe de máquinas pela norma ISO 7096, classe EM3. LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

80 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– Os valores da aceleração de vibração avaliados “a ZW”, medidos segundo a


norma ISO 2631, parte 1, cumprem, assim, as exigências para a proteção
contra vibrações no corpo inteiro estipuladas pela norma EN 474-1.

Fig. 75: Banco do motorista - componentes principais e elementos de ajuste


1 Indicação do peso 9 Encosto
2 Botão rotativo - ajustar o peso 10 Alavanca - ajustar a inclinação do
encosto
3 Ajustar a altura do banco 11 Cinto de segurança
4 Parafuso de fixação - ajustar o 12 Assento
apoio do braço na horizontal
5 Parafuso de fixação - ajustar a 13 Alavanca - ajustar a inclinação do
inclinação do apoio do braço assento
6 Apoio do braço 14 Alavanca - ajustar o assento na
horizontal
7 Parafuso de fixação - ajustar a 15 Alavanca - ajustar o banco do
altura do apoio do braço motorista na horizontal
8 Botão rotativo - apoio da coluna

Banco do motorista - ajuste


O ajuste individual do banco do motorista permite um conforto máximo durante o
trabalho do motorista.

AVISO
Perigo de lesões devido a ajuste incorreto do banco do motorista!
u Ajustar o banco do motorista somente com o veículo parado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Ajustar o peso
Ajuste individualmente a suspensão do banco ao peso do motorista.

copyright by

L 580-459 / 25400 81
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 76: Ajustar o peso


1 Botão rotativo - ajustar o peso 2 Indicação do peso
u Ajuste o peso com o botão rotativo 1.
w Ajuste, ver Indicação do peso 2.

Ajustar a altura do banco


O ajuste é possível em diversos níveis.

Fig. 77: Ajustar a altura do banco

u Eleve o banco do motorista com a mão até o mesmo engrenar percetivelmente.


w Por intermédio do ajuste do banco do motorista acima do último nível, o
banco do motorista é baixado para a posição mais baixa.

Ajustar o apoio do braço

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 78: Ajustar o apoio do braço


1 Parafuso de fixação - ajustar o 3 Parafuso de fixação - ajustar a
apoio do braço na horizontal altura do apoio do braço
2 Parafuso de fixação - ajustar a
inclinação do apoio do braço
u Libere o parafuso de fixação 1, ajuste o apoio do braço na horizontal e fixe.
u Libere o parafuso de fixação 2, ajuste a inclinação e fixe.
u Libere o parafuso de fixação 3, ajuste a altura e fixe.

copyright by

82 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Ajustar o apoio da coluna


O apoio da coluna aumenta o conforto de assento.

Fig. 79: Ajustar o apoio da coluna


1 Botão rotativo - apoio da coluna
u Gire o botão rotativo 1 para a esquerda ou para a direita.
w Convexidade no estofo do encosto.

Ajustar a inclinação do encosto

Fig. 80: Ajustar a inclinação do encosto


1 Alavanca - ajustar a inclinação do
encosto
u Eleve a alavanca 1.
u Coloque o encosto na inclinação pretendida.
u Libere a alavanca 1.

Assento - ajustar a inclinação


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 81: Assento - ajustar a inclinação


1 Alavanca - ajustar a inclinação do
assento

copyright by

L 580-459 / 25400 83
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

u Pressione a alavanca 1 para cima.


u Ajuste o assento do banco do motorista na vertical.
u Libere a alavanca 1.

Ajustar o assento na horizontal

Fig. 82: Ajustar o assento na horizontal


1 Alavanca - ajustar o assento na
horizontal
u Pressione a alavanca 1 para cima.
u Ajuste o assento do banco do motorista na horizontal.
u Libere a alavanca 1.

Ajustar o banco do motorista na horizontal

Fig. 83: Ajustar o banco do motorista na horizontal


1 Alavanca - ajustar o banco do
motorista na horizontal
u Puxe a alavanca 1 no sentido da seta.
u Ajuste o banco do motorista na horizontal.
u Libere a alavanca 1.

3.2.7 Banco do motorista com amortecimento pneumático


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Este equipamento é opcional.


O banco do motorista foi concebido segundo as mais modernas pesquisas ergonô-
micas e oferece grande conforto.
A possibilidade de ajuste do assento, do encosto, do amortecimento e do apoio do
braço do banco permitem que o motorista escolha a posição mais adequada para
o seu corpo.
Amortecimento de vibrações:
– O banco utilizado na máquina corresponde à norma ISO 7096.

copyright by

84 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– Em caso de utilização correta da máquina, os valores das vibrações no banco


do motorista são menores ou iguais aos valores estabelecidos pelos testes
para esta classe de máquinas pela norma ISO 7096, classe EM3.
– Os valores de aceleração da vibração avaliados “a ZW ”, medidos segundo a
norma ISO 2631, parte 1, cumprem, assim, as exigências para a proteção
contra vibrações no corpo inteiro estipuladas pela norma EN 474-1.

Fig. 84: Banco do motorista - componentes principais e elementos de ajuste


1 Alavanca - ajustar o peso 10 Encosto
2 Alavanca - ajustar o peso 11 Alavanca - ajustar a inclinação do
encosto
3 Alavanca - ajustar o amorteci- 12 Cinto de segurança
mento contra impactos
4 Parafuso de fixação - ajustar o 13 Assento
apoio do braço na horizontal
5 Parafuso de fixação - ajustar a 14 Alavanca - amortecimento hori-
inclinação do apoio do braço zontal do banco do motorista
6 Apoio do braço 15 Alavanca - ajustar a inclinação do
assento
7 Parafuso de fixação - ajustar a 16 Alavanca - ajustar o assento na
altura do apoio do braço horizontal
8 Botão - aquecimento do banco 17 Alavanca - ajustar o banco do
(opção) motorista na horizontal
9 Botão rotativo - apoio da coluna

Banco do motorista - ajuste


O ajuste individual do banco do motorista permite um conforto máximo durante o
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

trabalho do motorista.

AVISO
Perigo de lesões devido a ajuste incorreto do banco do motorista!
u Ajustar o banco do motorista somente com o veículo parado.

Ajustar o peso
Ajuste individualmente a suspensão do banco ao peso do motorista.

copyright by

L 580-459 / 25400 85
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 85: Ajustar o peso


1 Alavanca - ajustar o peso

Observação
Para ajuste
u Posição normal de assento do motorista necessária.

u Ajuste o peso puxando a alavanca 1 por breves instantes.

Ajustar a altura do banco


É possível ajustar gradualmente.
Certifique-se de que o ajuste dos amortecedores está ajustado para macio. (Para
mais informações, consulte: Banco do motorista - ajustar o amortecimento contra
impactos, página 87)

Fig. 86: Ajustar a altura do banco


1 Alavanca - ajustar o peso

NOTA
Evitar danos!
u Acione o compressor no máx. durante 1 minuto.

u Puxe ou pressione totalmente a alavanca 1.


w Ao alcançar o fim de curso superior ou inferior, ocorre um ajuste da altura
automático.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w O deslocamento mínimo necessário está garantido.


Se não ocorrer o ajuste da altura automático ao alcançar o fim de curso
superior ou inferior:
u Puxe ou pressione curtamente a alavanca 1.

copyright by

86 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Banco do motorista - ajustar o amortecimento contra impactos

Fig. 87: Banco do motorista - ajustar o amortecimento contra impactos


1 Manete - ajustar o amortecimento b, c Ajuste - médio
contra impactos
a Ajuste - suave d Ajuste - duro
Ajustar o amortecimento contra impactos às condições da faixa de rodagem ou às
condições do terreno.

Observação
u Posição normal de assento do motorista necessária.

u Gire a alavanca 1 até o ajuste pretendido e libere a mesma.


w a = suave
w b, c = médio
w d = duro

Ajustar o apoio do braço

Fig. 88: Ajustar o apoio do braço


1 Parafuso de fixação - ajustar o 3 Parafuso de fixação - ajustar a
apoio do braço na horizontal altura do apoio do braço
2 Parafuso de fixação - ajustar a
inclinação do apoio do braço
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Libere o parafuso de fixação 1, ajuste o apoio do braço na horizontal e fixe.


u Libere o parafuso de fixação 2, ajuste a inclinação e fixe.
u Libere o parafuso de fixação 3, ajuste a altura e fixe.

Ligar e desligar o aquecimento do banco


Este equipamento é opcional.

copyright by

L 580-459 / 25400 87
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 89: Ligar e desligar o aquecimento do banco


1 Interruptor - aquecimento do I Aquecimento do banco ligado
banco
0 Aquecimento do banco desligado
Ligar o aquecimento do banco:
u Colocar o interruptor 1 em I.
w O aquecimento do banco está ligado.
Desligar o aquecimento do banco:
u Colocar o interruptor 1 em 0.
w O aquecimento do banco está desligado.

Ajustar o apoio da coluna


O apoio da coluna aumenta o conforto de assento.

Fig. 90: Ajustar o apoio da coluna


1 Botão rotativo - apoio da coluna
u Gire o botão rotativo 1 para a esquerda ou para a direita.
w Convexidade no estofo do encosto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

88 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Ajustar a inclinação do encosto

Fig. 91: Ajustar a inclinação do encosto


1 Alavanca - ajustar a inclinação do
encosto
u Eleve a alavanca 1.
u Coloque o encosto na inclinação pretendida.
u Libere a alavanca 1.

Banco do motorista - ligar e desligar o amortecimento hori-


zontal

Fig. 92: Banco do motorista - ligar e desligar o amortecimento horizontal


1 Amortecimento horizontal desli- 2 Amortecimento horizontal ligado
gado
É conveniente ligar o amortecimento horizontal em determinadas condições de
funcionamento.
Vantagem: as cargas dinâmicas podem ser amortecidas por intermédio do banco
do motorista durante o sentido de marcha.
u Posição 1 = desligado
u Posição 2 = ligado
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 89
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Assento - ajustar a inclinação

Fig. 93: Assento - ajustar a inclinação


1 Alavanca - ajustar a inclinação do
assento
u Pressione a alavanca 1 para cima.
u Ajuste o assento do banco do motorista na vertical.
u Libere a alavanca 1.

Ajustar o assento na horizontal

Fig. 94: Ajustar o assento na horizontal


1 Alavanca - ajustar o assento na
horizontal
u Pressione a alavanca 1 para cima.
u Ajuste o assento do banco do motorista na horizontal.
u Libere a alavanca 1.

Ajustar o banco do motorista na horizontal LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 95: Ajustar o banco do motorista na horizontal


1 Alavanca - ajustar o banco do
motorista na horizontal
u Puxe a alavanca 1 no sentido da seta.
u Ajuste o banco do motorista na horizontal.
u Libere a alavanca 1.

copyright by

90 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

3.2.8 Banco do motorista com amortecimento ativo


Este equipamento é opcional.
O banco do motorista foi concebido segundo as mais modernas pesquisas ergonô-
micas e oferece grande conforto.
A possibilidade de ajuste do assento, do encosto, do amortecimento e do apoio do
braço do banco permitem que o motorista escolha a posição mais adequada para
o seu corpo.
Amortecimento de vibrações:
– O banco utilizado na máquina corresponde à norma ISO 7096.
– Em caso de utilização correta da máquina, os valores das vibrações no banco
do motorista são menores ou iguais aos valores estabelecidos pelos testes
para esta classe de máquinas pela norma ISO 7096, classe EM3.
– Os valores de aceleração da vibração avaliados “a ZW ”, medidos segundo a
norma ISO 2631, parte 1, cumprem, assim, as exigências para a proteção
contra vibrações no corpo inteiro estipuladas pela norma EN 474-1.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 96: Banco do motorista - componentes principais e elementos de ajuste


1 Apoio do braço à direita 7 Interruptor - aquecimento do
banco e climatização
2 Manete - ajustar o assento na 8 Interruptor - ajustar o apoio da
horizontal coluna
3 Manete - ajustar a inclinação do 9 Apoio do braço à esquerda
assento (opção)
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

L 580-459 / 25400 91
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

4 Ajustar o banco do motorista na 10 Manete - ajustar a inclinação do


horizontal encosto
5 Botão - ajustar a altura do banco 11 Manete - amortecimento hori-
zontal do banco do motorista
6 Apoio da cabeça (opção)

Banco do motorista - ajuste


O ajuste individual do banco do motorista permite um conforto máximo durante o
trabalho do motorista.

AVISO
Perigo de acidente!
u Antes de colocar a máquina em funcionamento, ajuste o banco do motorista.

Ajustar a suspensão do banco


A suspensão do banco é automaticamente ajustada ao peso do motorista durante
a carga do banco pelo mesmo. O processo de ajuste inicia autonomamente após
aprox. 3 segundos.
u Assuma uma posição normal e calma de assento.
w É realizado um ajuste automático da suspensão do banco.
w O processo de ajuste tem de estar concluído antes do início da marcha.
w Os restantes ajustes posteriores automáticos do banco são realizados
durante a marcha. O arranque múltiplo do compressor não representa um
erro.

Ajustar a altura do banco


Realizar uma alteração da altura do banco apenas após a conclusão do ajuste
automático da suspensão do banco.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 97: Ajustar a altura do banco


1 Botão - ajustar a altura do banco

NOTA
Evitar danos do compressor!
u Pressionar o botão continuamente, no máx., durante 1 minuto.

u Pressionar o botão 1 até obter a altura do banco pretendida.


w O ajuste é realizado gradualmente.

copyright by

92 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

w Ao alcançar o fim de curso superior ou inferior, ocorre um ajuste da altura


automático para o deslocamento mínimo necessário.
Se não ocorrer o ajuste da altura automático ao alcançar o fim de curso
superior ou inferior:
u Pressionar brevemente o botão 1.

Ajustar o banco do motorista na horizontal

Fig. 98: Ajustar o banco do motorista na horizontal


1 Manete - ajustar o banco do
motorista na horizontal
u Puxe a manete 1 no sentido da seta.
u Ajuste o banco do motorista na horizontal.
u Libere a manete 1.
w A manete tem de engrenar percetivelmente. O banco do motorista não pode
ser mais deslocado.

Assento - ajustar a inclinação

Fig. 99: Assento - ajustar a inclinação


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Manete - ajustar a inclinação do


assento
u Pressione a manete 1 para cima.
u Ajuste o assento do banco do motorista na vertical.
u Libere a manete 1.

copyright by

L 580-459 / 25400 93
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Ajustar o assento na horizontal

Fig. 100: Ajustar o assento na horizontal


1 Manete - ajustar o assento na
horizontal
u Pressione a manete 1 para cima.
u Ajuste o assento do banco do motorista na horizontal.
u Libere a manete 1.

Ajustar o apoio do braço à direita

Fig. 101: Ajustar o apoio do braço à direita


1 Parafuso de fixação - ajustar o 3 Parafuso de fixação - ajustar a
apoio do braço na horizontal altura do apoio do braço
2 Parafuso de fixação - ajustar a
inclinação do apoio do braço
u Libere o parafuso de fixação 1, ajuste o apoio do braço na horizontal e fixar.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Libere o parafuso de fixação 2, ajuste a inclinação e fixar.


u Liberar o parafuso de fixação 3, ajustar a altura e fixar.

Ajustar o apoio da cabeça


Este equipamento é opcional.

copyright by

94 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 102: Ajustar o apoio da cabeça


1 Apoio da cabeça
u Puxando ou pressionando, regule a inclinação e a altura do apoio da cabeça 1.
u Para remover o apoio da cabeça 1, transponha o encosto final com um
impulso.

Ligar e desligar o aquecimento do banco e a climatização do


banco
A climatização ativa do banco garante um assento agradavelmente refrigerado e
seco.

Fig. 103: Ligar e desligar o aquecimento do banco e a climatização do banco


1 Interruptor - aquecimento do 2 Interruptor - climatização do banco
banco “LIG.” “LIG.”
0 Aquecimento do banco e climati-
zação do banco “DESL.”
Ligar o aquecimento do banco:
u Colocar o interruptor em Aquecimento do banco “LIG” 1.
w O aquecimento do banco está ligado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Ligar a climatização do banco:


u Colocar o interruptor em Climatização do banco “LIG” 2.
w A climatização do banco está ligada.
Desligar o aquecimento do banco e a climatização do banco:
u Colocar o interruptor em Aquecimento do banco e climatização do banco
“DESL” 0.
w O aquecimento do banco e a climatização do banco está desligado.

copyright by

L 580-459 / 25400 95
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Ajustar o apoio da coluna


O apoio da coluna aumenta o conforto de assento e pode ser individualmente
adaptado à regulagem do abaulamento nas áreas superior e inferior do estofo do
encosto.

Fig. 104: Ajustar o apoio da coluna


1 Botão - apoio da coluna, área + Botão - mais abaulamento no
superior estofo do encosto
2 Botão - apoio da coluna, área infe- - Botão - menos abaulamento no
rior estofo do encosto
u Pressionar o botão 1 e o botão 2 até obter o ajuste pretendido.

Ajustar o apoio do braço à esquerda


Este equipamento é opcional.
Se necessário, o apoio do braço pode ser basculado para trás e ser adaptado indi-
vidualmente em altura.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 105: Ajustar o apoio do braço


1 Apoio do braço a para a esquerda
2 Tampa de cobertura b para a direita
3 Volante c ré

Ajustar a inclinação do apoio do braço:


u Gire o volante 3 para a esquerda.
w O apoio do braço 1 é elevado à frente.

copyright by

96 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

u Gire o volante 3 para a direita.


w O apoio do braço 1 é baixado à frente.
Ajustar a altura do apoio do braço:
u Remova a tampa de proteção 2 e libere a porca sextavada que se encontra a
trás.
u Coloque o apoio do braço 1 na posição pretendida, puxando ou pressionado
(grelha de 5 níveis).
u Fixe o apoio do braço 1 com porca sextavada.
u Fixe a tampa de cobertura 2.

Ajustar a inclinação do encosto

Fig. 106: Ajustar a inclinação do encosto


1 Manete - ajustar a inclinação do
encosto
u Eleve a manete 1.
u Coloque o encosto na inclinação pretendida.
u Libere a manete 1.
w Eleve a manete 1 automaticamente. O encosto não se pode mover mais.

Banco do motorista - ligar e desligar o amortecimento hori-


zontal
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 107: Banco do motorista - ligar e desligar o amortecimento horizontal


1 Amortecimento horizontal desli- 2 Amortecimento horizontal ligado
gado

copyright by

L 580-459 / 25400 97
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

É conveniente ligar o amortecimento horizontal em determinadas condições de


funcionamento.
Vantagem: as cargas dinâmicas podem ser amortecidas por intermédio do banco
do motorista durante o sentido de marcha.
u Posição 1 = “DESL.”
u Posição 2 = “LIG.”

Banco do motorista - ajustar o modo de funciona-


mento
O modo de funcionamento determina o comportamento de amortecimento do
banco do motorista, podendo ser monitorado e adaptado.
O banco do motorista dispõe de 5 modos de funcionamento diferentes:

Modo de funciona- Tempo de ajuste para o modo de Amortecimento


mento funcionamento
1 1 seg. suave
2 A) 3 seg.
3 5 seg.
4 7 seg.
5 9 seg. duro

Tab. 16: Banco do motorista - ajustar o modo de funcionamento

A) Ajuste de fábrica

Observação
Ajustar para o modo de funcionamento!
u Antes da pesquisa ou ajuste, não efetuar qualquer ajuste da altura, pelo
menos, durante 2 seg.
u Para o ajuste do modo de funcionamento, o banco do motorista tem de estar
ocupado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 108: Banco do motorista - ajustar o modo de funcionamento


1 Tecla Ajustar o modo de funciona-
mento

copyright by

98 L 580-459 / 25400
Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Se pretender pesquisar o modo de funcionamento:


u Pressionar a tecla 1 na posição a 5 vezes dentro de 0,7-2 seg.
w O número de cursos subsequentes do compressor confirma o modo de
funcionamento ajustado.
Se pretender comutar o modo de funcionamento:
u Pressionar a tecla 1 na posição a 4 vezes dentro de 0,7-2 seg. e pressionar
imediatamente a tecla 1 na posição b e manter pressionada até ser alcançado
o modo de funcionamento desejado. (consulte: tab. 16, página 98)
w O número de cursos subsequentes do compressor confirma o modo de
funcionamento ajustado.

3.2.9 Cinto de segurança

Cinto de segurança - cumprir os aspectos de segur-


ança

Fig. 109: Obrigatório usar cinto

A cabine do motorista da máquina está equipada com uma estrutura de proteção


contra capotamento - ROPS.
A estrutura de proteção contra capotamento ROPS só protegerá o motorista
se ele usar o cinto de segurança.
Este item apresenta os aspectos de segurança relacionados com o uso do cinto
de segurança.

AVISO
Perigo de ferimento em caso de falta de cinto de segurança!
Em caso de queda ou capotamento da máquina, se o motorista não estiver
usando o cinto de segurança há risco de acidente com ferimentos mortais.
Em caso de uma frenagem ou de uma parada abrupta da máquina, se o motorista
não estiver usando o cinto de segurança, há risco de acidente com ferimentos
graves.
u Antes de colocar a máquina em funcionamento, é fundamental pôr o cinto de
segurança.

Para garantir a segurança:


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Verifique regularmente o estado, o funcionamento e a fixação do cinto.


u Substitua as peças danificadas imediatamente.
u Não use o cinto de segurança de forma torcida.

Colocar o cinto de segurança


O cinto de segurança é um cinto automático.
Não é necessário ajustar o comprimento do cinto.

copyright by

L 580-459 / 25400 99
Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 110: Colocar o cinto de segurança


1 Fivela do cinto 2 Fechamento de trinco

Observação
Ao puxar o cinto de modo muito rápido, o suporte do rolo pode bloquear o cinto de
segurança.
u Puxe o cinto uniformemente do suporte do rolo.

u Puxe a fivela do cinto 1 à altura da bacia sobre o corpo e encaixe a mesma no


fechamento de trinco 2.
u Puxando o cinto de segurança, verificar se a fivela do cinto 1 está engrenada
no fechamento de trinco 2.

Desbloquear o cinto de segurança

Fig. 111: Desbloquear o cinto de segurança


1 Fivela do cinto 2 Fechamento de trinco
u Pressione o bloqueio no fechamento de trinco 2 para baixo.
u Deixe o cinto de segurança enrolar lentamente sobre o suporte do rolo.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

3.2.10 Coluna da direção e volante


Com o ajuste da coluna da direção, é possível ajustar a distância do volante ao
corpo e a altura do volante. É possível ajustar gradualmente.

AVISO
Perigo de lesões devido a ajuste incorreto!
u Ajustar a coluna da direção somente com o veículo parado!

copyright by

100 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Ajustar a distância do volante ao corpo

Fig. 112: Ajustar a distância do volante ao corpo


1 Coluna da direção 3 Alavanca
2 Volante
u Pressione a alavanca 3 com o pé no sentido da seta.
w A coluna da direção 1 está desbloqueada.
u Ajustar a distância do volante ao corpo desejada.
u Soltar a alavanca 3.
w A coluna da direção 1 está bloqueada.

Ajustar a altura do volante


Este equipamento é opcional.

Fig. 113: Ajustar a altura do volante


1 Coluna da direção 3 Cubo do volante
2 Volante
u Soltar o cubo do volante 3.
w A coluna da direção 1 está desbloqueada.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Ajustar a altura do volante desejada.


u Apertar o cubo do volante 3.
w A coluna da direção 1 está bloqueada.

3.2.11 Console de controle


O console de controle está montado à direita, ao lado do banco do motorista, no
fundo da cabine do motorista.

copyright by

L 580-459 / 25400 101


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

O console de controle pode ser ajustado individualmente à posição e comprimento


dos braços do motorista.
O ajuste individual do console de controle permite um conforto máximo de oper-
ação para o motorista e, deste modo, mais segurança.

Ajustar o console de controle individualmente à


posição e comprimento dos braços do motorista

Fig. 114: Console de controle


1 Console de controle 2 Pedal

AVISO
Perigo de acidente devido a acionamento não controlado do equipamento de
trabalho!
u Ajustar o console de controle, com o veículo parado, com o bloqueio do
sistema hidráulico de trabalho ativo ou o motor desligado.

u Acionar o pedal 2.
w O console de controle é movido para trás.
u Ajustar o console de controle 1.
u Soltar o pedal 2.
w O console de controle é bloqueado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

102 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

3.2.12 Interruptor de partida

Fig. 115: Interruptor de partida


1 Interruptor de partida
O interruptor de partida está equipado com um bloqueio de repetição da partida.
A chave de contato pode ser retirada da ignição na posição 0 / motor desligado.
Quando a chave de contato está na posição 0 ou na posição de parqueamento, é
possível ligar os seguintes consumidores individuais na unidade de comando:
– Sistema dos piscas de emergência
– Faróis de trabalho dianteiros
– Faróis de trabalho traseiros (opção)
– Farol giratório (opção)
– Rádio (opção)
– Iluminação limitadora
– Iluminação final
– Iluminação de símbolos
– Iluminação interior
quando a chave de contato está na posição de parqueamento
Posições de comutação:
P - posição de parqueamento
0 - Posição 0 / motor desligado
I - Posição de contato, funcionamento, pré-aquecimento
II - Posição de partida

Ligar ou desligar o sistema elétrico


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 117

Você tem de se certificar de que o interruptor principal da bateria está ligado.


u Com a chave de contato, ligue ou desligue o sistema elétrico da máquina.

3.2.13 Bloqueio eletrônico anti-furto


Este equipamento é opcional.

copyright by

L 580-459 / 25400 103


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

O bloqueio eletrônico anti-furto pode ser ativado automaticamente. A programação


de chaves de contato novas é realizada por intermédio da chave mestra. Podem
ser programadas até 49 chaves de contato as vezes à descrição.

Fig. 118: Bloqueio eletrônico anti-furto


1 Interruptor de partida 3 Tipo / número de série (pá carre-
gadeira)
2 chave mestra vermelha (até à 4 Chave de contato (azul)
data de entrega de 14.10.2011
foram fornecidas chaves mestras
azuis)
O bloqueio eletrônico anti-furto inclui:
– um interruptor de partida 1
– um aparelho de comando eletrônico com antena circular
– uma chave mestra 2 vermelha programada
– duas chaves de contato 4 programadas

Observação
Perigo de perda da chave mestra!
Em caso de perda da chave mestra, não podem ser programadas ou apagadas
chaves de contato. O comando mestre tem de ser substituído.
u Para o funcionamento da máquina, utilizar apenas chaves de contato progra-
madas.
u Guardar a chave mestra separadamente da máquina em um local seguro.

Programar chaves de contato novas


Ligue a ignição com a chave mestra e ative a página de exibição com as chaves
de comutação Ajustes e Bloqueio eletrônico anti-furto .
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

104 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 119: Programar chaves de contato novas


1 Tecla de comutação Ajustes 5 Tecla Programar chaves de
contato
2 Tecla Bloqueio eletrônico anti- 6 Indicação Desligar a ignição
furto
3 Indicação Número de série da 7 Indicação Chave não programada
chave mestra
4 Indicação Quantidade de chaves
já programadas (incl. chaves
mestras)
u Pressione a tecla 5.
w A tecla 5 é exibida verde.
w A indicação 6 pisca verde.
u Desligar a ignição.
u Retire a chave mestra.
u Ligue a ignição com a nova chave mestra a programar.
w Se a indicação 7 apagar, então a chave de contato está programada.
Para a programação de outras chaves de contato é preciso repetir todo o
processo:
u Ligue a ignição com a chave mestra.
u Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Bloqueio eletrônico anti-furto.
u Pressione a tecla 5.
w A tecla 5 é exibida verde.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w A indicação 6 pisca verde.


u Desligar a ignição.
u Retire a chave mestra.
u Ligue a ignição com a nova chave mestra a programar.
w Se a indicação 7 apagar, então a chave de contato está programada.

copyright by

L 580-459 / 25400 105


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Apagar chaves de contato programadas


Somente a chave de mestra tem a autorização para apagar a chave de contato.
Com o processo de eliminação, todas as chaves de contato estão apagadas!
Ligue a ignição com a chave mestra e ative a página de exibição por meio das
chaves de comutação Ajustes e Bloqueio eletrônico anti-furto.

Fig. 120: Apagar chaves de contato programadas


1 Tecla de comutação Ajustes 4 Indicação Quantidade de chaves
já programadas (incl. chaves
mestras)
2 Tecla Bloqueio eletrônico anti- 5 Tecla Apagar chaves de contato
furto
3 Indicação Número de série da
chave mestra
u Pressione a tecla 5.
w A tecla 5 é exibida vermelho.
w Todas as chaves de contato foram apagadas. A chave mestra permanece
programada.

Indicação do número de série da chave de contato


Ligue a ignição com a chave de contato e ative a página de exibição por meio das
chaves de comutação Ajustes e Bloqueio eletrônico anti-furto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

106 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 121: Número de série da chave de contato


1 Tecla de comutação Ajustes 3 Indicação Número de série da
chave de contato
2 Tecla Bloqueio eletrônico anti- 4 Indicação Quantidade de chaves
furto já programadas (incl. chaves
mestras)

Causa de falha
Descrição simples de possíveis falhas e sua eliminação:

Causa de falha: Eliminação:


Na unidade de indicação, é exibido o
seguinte símbolo
- Utilize a chave programa - retire todas as
outras chaves programadas do porta-
chaves

Não é possível programar a chave - Não utilizou uma chave mestra ou utilizou
de contato a chave mestra incorreta
- A chave a programar está sem possibili-
dade de codificação

A eliminação de chaves de contato - Não utilizou uma chave mestra ou utilizou


programadas não é possível a chave mestra incorreta

Tab. 17: Causa de falha

A eliminação da falha como descrito não foi realizada com sucesso:


u Contate o serviço de assistência a clientes da Liebherr!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

3.2.14 Identificação do motorista


Este equipamento é opcional.
A opção Identificação do motorista permite uma criação de até 5 perfis de motor-
ista. Nos perfis de motorista são salvos ajustes especiais (relativamente ao funcio-
namento da máquina).
Os ajustes que se seguem são salvos no perfil do motorista:
– Raio de ação de marcha selecionado

copyright by

L 580-459 / 25400 107


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

– Limitação da força de tração selecionada


– Ar condicionado (temperatura, hélice, tampas, modo)
– Pré-seleção das funções de equipamento de trabalho (amortecimento de vibra-
ções, limitador do curso de elevação automático, recolha automática da pá,
posição flutuante, bloqueio do sistema hidráulico de trabalho)
– Direção por manete (liberação do botão “direção por manete”, sensibilidade)
– Direção 2 em 1

Observação
Perigo de perda!
Em caso de perda da chave mestra, não podem ser programadas ou apagadas
chaves de contato. O comando mestre tem de ser substituído.
u Para o funcionamento da máquina, utilizar apenas chaves de contato progra-
madas.
u Guarde a chave mestra separadamente da máquina em um local seguro.

Salvar o perfil do motorista


Ligue a ignição com a chave de contato e ative a página de exibição por meio das
chaves de comutação Ajustes e Identificação do motorista.

Fig. 122: Salvar o perfil do motorista


1 Tecla de comutação Ajustes 5 Pressione a tecla Reserva do
perfil do motorista
2 Pressione a tecla Identificação do 6 Indicação Reserva do perfil do
motorista motorista
3 Indicação Chave de contato com 7 Pressione a tecla Salvar o perfil
perfil do motorista salvo do motorista
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

4 Indicação chave de contato a


programar
u Pressione a tecla 5.
w Perfil do motorista reservado para chave de contato 6.
u Proceda a ajustes do perfil do motorista desejados para o funcionamento da
máquina.
u Pressione a tecla 7.
w A tecla 7 é exibida verde durante o processo de memorização. O perfil do
motorista é salvo.

copyright by

108 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Apagar o perfil do motorista


Possibilidades:
– Apagar o perfil do motorista com chave mestra
– Apagar o perfil do motorista com chave de contato
Apagar o perfil do motorista com chave mestra:
Ligue a ignição com a chave de mestra e ative a página de exibição por meio das
chaves de comutação Ajustes e Identificação do motorista.
A chave mestra pode apagar todos os perfis de motorista salvos.

Fig. 123: Apagar o perfil do motorista


1 Tecla de comutação Ajustes 4 Indicação Chave de contato com
perfil do motorista salvo
2 Pressione a tecla Identificação do 5 Pressione a tecla Apagar o perfil
motorista do motorista
3 Indicação Número de série da
chave mestra
u Pressione a tecla 5.
w O perfil do motorista reservado para chave de contato 4 está apagado.
Apagar o perfil do motorista com chave de contato:
Ligue a ignição com a chave de contato e ative a página de exibição por meio das
chaves de comutação Ajustes e Identificação do motorista.
A chave de contato somente pode apagar o seu próprio perfil de motorista.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 109


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 124: Apagar o perfil do motorista


1 Tecla de comutação Ajustes 4 Pressione a tecla Apagar o perfil
do motorista
2 Pressione a tecla Identificação do 5 Indicação Chave de contato com
motorista perfil do motorista salvo
3 Indicação do número de série da
chave de contato
u Pressione a tecla 4.
w O perfil do motorista reservado para chave de contato 5 está apagado.

3.2.15 Interruptor na coluna da direção


O interruptor está montado na coluna da direção à esquerda.
O interruptor na coluna da direção é composto pelos seguintes elementos de oper-
ação para:
– piscas
– farol alto
– buzina acústica e sinais de luz
– limpa-vidros para o pára-brisas
– sistema de lavagem e limpa-vidros para o pára-brisas

Descrição de funcionamento
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 125: Interruptor na coluna da direção

copyright by

110 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Funções do interruptor na coluna da direção ao acionar no sentido:


a - piscas lado direito
b - piscas lado esquerdo
c - posição central: posição neutra
d - limpa-vidros: pára-brisas
• 0 - nível-0
• J - intervalo
• I - nível-I
e - buzina óptica: sinal de luzes
f - farol alto
g - buzina acústica: som da buzina
h - sistema de lavagem e limpa-vidros: pára-brisas

3.2.16 Iluminação

Fig. 126: Iluminação


1 Faróis dianteiros 6 Iluminação da placa de licença
(opção)
2 Piscas dianteiros 7 Faróis de trabalho traseiros
3 Faróis de trabalho dianteiros 8 Luzes de freagem, iluminação
traseira, piscas traseiros
4 Farol giratório (opção) 9 Faróis de marcha à ré
5 Faróis de trabalho traseiros
(opção)
Na marcha à ré com a máquina, os faróis de marcha à ré 9 acendem automatica-
mente.

Observação
Quando abandonar a cabine do motorista.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Tenha atenção para que a iluminação não permaneça desnecessariamente


acesa.

NOTA
Perigo de danos da bateria!
Se a bateria permanecer descarregada durante um longo período de tempo (p.ex.
mais de 1 mês), não será possível carregar a mesma de novo!
u Evite que a bateria se descarregue desnecessariamente!

copyright by

L 580-459 / 25400 111


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Ligar e desligar a iluminação limitadora, o farol baixo,


a iluminação traseira e a iluminação da placa de
licença
A iluminação limitadora, a iluminação traseira e a iluminação da placa de licença
também estão prontas para funcionar com a chave de contato retirada.
O farol baixo está pronto para funcionar na posição da chave de contato - I - ou - II
-.

Fig. 127: Ligar e desligar a iluminação


1 Botão - iluminação limitadora, farol 3 LED - farol baixo
baixo
2 LED - iluminação limitadora
Ligar a iluminação:
u Pressione o botão 1.
w O LED 2 acende.
A seguinte iluminação está ligada:
w Iluminação limitadora
w Iluminação traseira
w Iluminação da placa de licença
u Pressione o botão 1 de novo.
w Os LED 2 e LED 3 acendem.
A seguinte iluminação está ligada:
w Farol baixo
w Iluminação traseira
w Iluminação da placa de licença
Desligar a iluminação:
u Pressione o botão 1 de novo.
w Os LED 2 e LED 3 apagam.
w A iluminação está desligada.

Ligar e desligar o farol alto


Você tem de se certificar de que o farol baixo está ligado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

112 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 128: Ligar e desligar o farol alto


1 Interruptor na coluna da direção f Ligar e desligar o farol alto
2 Símbolo - farol alto
Ligar o farol alto:
u Acione o interruptor na coluna de direção 1 no sentido - f.
w O símbolo 2 acende.
w O farol alto acende.
Retornar para farol baixo:
u Acione o interruptor na coluna de direção 1 de novo no sentido - f.
w O símbolo 2 apaga.
w O farol baixo acende.

Ligar e desligar os faróis de trabalho

PRECAUÇÃO
Geração de calor com faróis de trabalho ligados!
u Distância mínima de 1 metro para pessoas e material.
u Realize os trabalhos de manutenção e de ajuste somente com os faróis de
trabalho frios.

O botão para os faróis de trabalho também funciona com a chave de contato


retirada.

Fig. 129: Ligar e desligar os faróis de trabalho


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Botão - faróis de trabalho 3 LED - faróis de trabalho traseiros


2 LED - faróis de trabalho dianteiros
Ligar os faróis de trabalho:
u Pressione o botão 1.
w O LED 2 acende.
w Os faróis de trabalho dianteiros estão ligados.
u Pressione o botão 1 de novo.
w Os LED 2 e LED 3 acendem.
w Os faróis de trabalho dianteiros e traseiros estão ligados.

copyright by

L 580-459 / 25400 113


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Desligar os faróis de trabalho:


u Pressione o botão 1 de novo.
w O LED 3 acende.
w Os faróis de trabalho dianteiros apagam.
w Os faróis de trabalho traseiros estão ligados.
u Pressione o botão 1 de novo.
w Nenhum LED no botão acende.
w Os faróis de trabalho dianteiros e traseiros estão desligados.

Ativar os piscas
Você tem de se certificar de que o sistema elétrico da máquina está ligado.

Fig. 130: Ativar os piscas


1 Interruptor na coluna da direção a pisca direito
2 Símbolo - piscas b pisca esquerdo
u Acione o interruptor na coluna de direção 1 no sentido a.
w O símbolo 2 pisca.
w Os piscas do lado direito estão ativados.
u Acione o interruptor na coluna de direção 1 no sentido b.
w O símbolo 2 pisca.
w Os piscas do lado esquerdo estão ativados.

Ligar e desligar o farol giratório


Este equipamento é opcional.
O botão para o farol giratório também funciona com a chave de contato retirada.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 131: Ligar e desligar o farol giratório


1 Botão - farol giratório 2 LED
Ligar o farol giratório:
u Pressione o botão 1.
w O LED 2 acende.
w O farol giratório está ligado.
Desligar o farol giratório:

copyright by

114 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

u Pressione o botão 1 de novo.


w O LED 2 apaga.
w O farol giratório está desligado.

3.2.17 Iluminação interna da cabine


A iluminação interna está situada em cima, ao centro, na cabine do motorista.

Ligar e desligar a iluminação interna

Fig. 132: Iluminação interna


1 Iluminação interna 3 Interruptor - luz de leitura
2 Interruptor - iluminação interna 4 Luz de leitura giratória
u Acione o interruptor 2.
w A iluminação interna está ligada ou desligada.
u Acione o interruptor 3.
w A luz de leitura está ligada ou desligada.

3.2.18 Unidade de indicação


A unidade de indicação é um display de toque.
As teclas de comutação com fundo cinzento sevem para mudar de página e para
selecionar funções.
O display tem as seguintes áreas:
– Indicação dos símbolos de estado
– Indicação dos símbolos de aviso
– Teclas de comutação para as páginas de indicação e comando
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 115


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

– Páginas de indicação e de comando

Fig. 133: Display de toque


1 Indicação Símbolos de estado 3 Páginas de indicação, páginas de
comando
2 Indicação Símbolos de aviso 4 Páginas de indicação, páginas de
comando

Símbolos de estado
Os símbolos de estado são apresentados em cada página do display.

Fig. 134: Indicação - símbolos de estado


1 Freio de estacionamento, posição 4 Piscas
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

neutra, sentido de marcha para a


frente, sentido de marcha ré
2 Bloqueio do sistema hidráulico de 5 Farol alto
trabalho
3 Obstrução do filtro de ar, direção
por manete, pré-aquecimento

copyright by

116 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Freio de estacionamento, posição neutra, sentido de marcha


para a frente, sentido de marcha ré
– Indicação dependente da pré-seleção.
– Um dos quatro símbolos está sempre visível.

Bloqueio do sistema hidráulico de trabalho


– Indicação com bloqueio do sistema hidráulico de trabalho ativo.

Obstrução do filtro de ar, direção por manete, pré-aquecimento


– Indicação dependente da situação.
– Caso for necessário apresentar mais que um símbolo em simultâneo, a
exibição ocorre de modo alternado em ciclos de 1 segundo.

Piscas
– Indicação piscando com pisca ativo.

Farol alto
– Indicação com farol alto ativo.

Símbolos de aviso
Os símbolos de aviso são apresentados em cada página do display.

Fig. 140: Indicação - símbolos de aviso


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 STOP 4 Pressão de reserva dos freios


2 Pressão do óleo do motor 5 Verificação da bomba da direção
de emergência, bomba da direção
de emergência
3 Carga da bateria - controle de 6 Dispositivo de troca rápida
carregamento

copyright by

L 580-459 / 25400 117


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

STOP
– Indicação, ao aparecer um código de erro, que exige a imobilização “STOP” da
máquina.
– O símbolo “STOP” é apresentado a piscar.

Pressão do óleo do motor


– Indicação no caso de pressão de óleo baixa.

Carga da bateria - controle de carregamento


– Indicação no caso de carregamento de bateria não realizado.

Pressão de reserva dos freios


– Indicação no caso de pressão de reserva dos freios baixa.

Verificação da bomba da direção de emergência, bomba da


direção de emergência
– O símbolo de aviso Verificação da bomba da direção de emergência acende
brevemente após a “Partida do motor” e apaga após verificação.
– O símbolo de aviso Bomba da direção de emergência é apresentado quando,
durante a condução, surge uma paragem do motor diesel ou no caso de avaria
da bomba de direção.

Dispositivo de troca rápida

Indicação em caso de dispositivo de troca rápida completamente bloqueado ou


não.

Páginas de indicação, páginas de comando


As seguintes páginas de indicação, páginas de comando podem ser apresentadas
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

com as teclas de comutação.


– Página principal
– Sistema de aquecimento, ar-condicionado
– Vista geral dos agregados
– Ajustes
– Funções
– Mensagens (códigos de erro)

copyright by

118 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 147: Teclas de comutação - Páginas de indicação, páginas de comando


1 Tecla de comutação Página prin- 4 Tecla de comutação Ajustes
cipal
2 Tecla de comutação Sistema de 5 Tecla de comutação Funções
aquecimento, ar-condicionado
3 Tecla de comutação Vista geral 6 Tecla de comutação Mensagens
dos agregados (códigos de erro)
As teclas de comutação são sempre apresentadas a cinzento.
Na página ativa, a tecla de comutação por trás do símbolo não é exibida.

Página principal
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 148: Indicação - página principal


1 Tecla de comutação Página prin- 9 Data
cipal
2 Volume do tanque 10 Temperatura externa (indicação
em ar-condicionado automático)
3 Volume do tanqueIndicação dos 11 Opções
litros restantes
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

L 580-459 / 25400 119


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

4 Indicação do consumo de 12 Temperatura do líquido refriger-


combustível ante
5 Relógio, contador das horas de 13 Tecla Suprimir som contínuo
funcionamento
6 Raio de ação de marcha pré-sele- 14 Velocidade, unidade de veloci-
cionado dade
7 Comunicação de Assistência 15 Redução da força de tração
técnica
8 Nível do redutor de distribuição 16 Rotação diesel, símbolo de aviso -
atual rotação excessiva do motor diesel

Tecla de comutação Página principal

Para comutar para “Indicação - página principal”

Volume do tanque

– Volume do tanque em litros


– Cor de símbolo branco - volume do tanque >0%
– Cor de símbolo vermelho a piscar - volume do tanque <0%

Volume do tanque Indicação dos litros restantes

A pedido, pode ser liberado pelo serviço de assistência ao cliente Liebherr.


– Indicação do combustível restante no volume do tanque.

Indicação do consumo de combustível

A pedido, pode ser liberado pelo serviço de assistência ao cliente Liebherr.


– Indicação Consumo de combustível em l/h (litro/hora de funcionamento)

Relógio, contador das horas de funcionamento

– Hora atual
– Contador das horas de funcionamento totais
– Contador das horas de funcionamento diárias
– Símbolo de ampulheta - é indicado com o motor em funcionamento

Raio de ação de marcha pré-selecionado


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– F1, F2, A1-2, A1-3, A2-3

Comunicação de Assistência técnica

Indicação com a respectiva assistência técnica futura


– símbolo de assistência técnica amarelo é indicado com um tempo de pré-aviso
de 100 horas de funcionamento

copyright by

120 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– símbolo de assistência a piscar vermelho é indicado a partir do tempo de aviso


posterior até 100 horas de funcionamento
– (Para mais informações, consulte: Gerenciamento da Assistência Técnica,
página 130)

Nível do redutor de distribuição atual

– G1, G2, G3

Data

– Data atual

Temperatura externa (indicação em ar-condicionado automático)

– Temperatura externa atual


– Indicação somente em ar-condicionado automático

Opções

– Indicação da respectiva opção ativa

Temperatura do líquido refrigerante

– Indicação da temperatura do líquido refrigerante


– Área branca - funcionamento normal
– Área vermelha - temperatura excessiva

Tecla Suprimir som contínuo

Alguns códigos de erro importantes são acompanhados de um som contínuo.


Se não houver realmente uma situação perigosa para as pessoas e para a
máquina, o som pode ser suprimido.

AVISO
Suprimir o som contínuo!
A supressão do som contínuo não é uma medida de reparo.
u Verificar o código de erro e, se necessário, contatar o serviço de assistência ao
cliente Liebherr.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Após a emissão do som contínuo:


u Desligar imediatamente a máquina e, se necessário, colocar fora da área de
perigo.
u Se necessário, suprimir o som contínuo.
w Neste caso, é salvada a mensagem no sistema eletrônico principal.
u Verificar o código de erro. (Para mais informações, consulte: 4.1.1 Código de
serviço - indicação no display, página 279)

copyright by

L 580-459 / 25400 121


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Velocidade, unidade de velocidade

– Indicação de velocidade
– Unidade dependente do ajuste (km/h ou mph)

Redução da força de tração

– Símbolo com uma redução da força de tração <100%


– Ajuste atual em %

Rotação diesel, símbolo de aviso Rotação excessiva do motor diesel

– Rotação diesel (rpm)


– Símbolo de aviso Rotação excessiva do motor diesel
É apresentado piscando a vermelho no caso de uma rotação excessiva do
motor diesel.

Sistema de aquecimento, ar-condicionado

Observação
Todos os ajustes do sistema de aquecimento, ar-condicionado podem ser reali-
zados por intermédio das “Teclas de comutação no display”.
u Todos os ajustes mantêm-se memorizados mesmo após o desligar da ignição.
u Os ajustes da “Potência da hélice”, da “Regulagem de temperatura”, da
“Alimentação de circulação de ar e de ar fresco” e do “Modo desembaçador”
também podem ser realizados na unidade de comando (Para mais informa-
ções, consulte: 3.2.24 Sistema de aquecimento, ar-condicionado, página 158) .

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

122 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 165: Páginas de indicação e de comando - sistema de aquecimento, ar-condi-


cionado
1 Tecla de comutação Sistema de 9 Indicação Distribuição do ar
aquecimento, ar-condicionado
2 Aquecimento automático, ar- 10 Distribuição do ar Zona da cabeça
condicionado automático (opção)
3 Sistema de aquecimento, ar- 11 Distribuição do ar Zona central
condicionado
4 Recirculador 12 Distribuição do ar Zona dos pés
5 Modo desembaçador 13 Aumentar a potência da hélice
6 Regulagem da temperatura 14 Indicação Potência da hélice sele-
menos cionada
7 Indicação Temperatura de entrada 15 Diminuir a potência da hélice
de fluxo selecionada (indicação
digital com ar-condicionado auto-
mático)
8 Regulagem da temperatura mais

Tecla de comutação Sistema de aquecimento, ar-condicionado

Para comutar para “Indicação e comando - sistema de aquecimento, ar-condicio-


nado”
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Aquecimento automático, ar-condicionado automático

Este equipamento é opcional.


Para ligar e desligar aquecimento automático, ar-condicionado automático.
– Com o aquecimento automático ou ar-condicionado automático ativo, o símbolo
é apresentado verde.

copyright by

L 580-459 / 25400 123


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Sistema de aquecimento, ar-condicionado

Para ligar e desligar o sistema de aquecimento, ar-condicionado.


– No funcionamento de aquecimento, o símbolo é apresentado verde. O ar
aquece de acordo o ajuste da temperatura.
– No funcionamento de ar-condicionado, o símbolo é apresentado cinzento. O ar
é secado. O consumo de combustível aumenta.

Observação
Aumento da potência de climatização!
u Recirculador - em caso de temperatura externa superior à temperatura interna
da cabine.
u Alimentação de ar fresco - em caso de temperatura externa inferior à tempera-
tura interna da cabine.

Recirculador

Para comutar a tampa do recirculador.


– Com a operação do recirculador ativo, o símbolo é apresentado verde. O ar
interno é recirculado.
– Se o símbolo for apresentado cinzento, então a alimentação de ar fresco está
ativa.

Modo desembaçador

Para ligar e desligar o modo desembaçador.


– Com o modo desembaçador ativo, o símbolo é apresentado verde.
– Em simultâneo acendem os LEDs no botão da unidade de comando.
– O funcionamento de ar-condicionado está ativado.
– Está ajustado o nível mais elevado da hélice.
– A corrente de ar está orientada para o pára-brisas.

Regulagem da temperatura menos

Para diminuir a temperatura.


– No sistema de ar condicionado manual, o ajuste da temperatura é efetuado em
% níveis, de 0% a 100%.
– Com o ar-condicionado automático, a regulagem da temperatura é realizada
entre 16 °C e 28 °C.
– A indicação é realizada na unidade de indicação, bem como por meio de LEDs
na unidade de comando.

Indicação Temperatura de entrada de fluxo selecionada (funcionamento


manual de aquecimento, ar-condicionado)
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– Exibição da temperatura mediante barras.

copyright by

124 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Indicação Temperatura de entrada de fluxo selecionada (aquecimento auto-


mático, ar-condicionado automático)

– Indicação da temperatura entre 16 °C e 28 °C.

Regulagem da temperatura mais

Para aumentar a temperatura.


– No sistema de ar condicionado manual, o ajuste da temperatura é efetuado em
% níveis, de 0% a 100%.
– Com o ar-condicionado automático, a regulagem da temperatura é realizada
entre 16 °C e 28 °C.
– A indicação é realizada na unidade de indicação, bem como por meio de LEDs
na unidade de comando.

Indicação Distribuição do ar

O símbolo apresenta as áreas da distribuição de ar.


– Distribuição do ar ativo - com cor branca
– Distribuição do ar inativa - sem cor

Distribuição do ar Zona da cabeça

Para a distribuição do ar até a área da cabeça.

Distribuição do ar Zona central

Para a distribuição do ar para o corpo.

Distribuição do ar Zona dos pés

Para a distribuição do ar até a área dos pés.

Aumentar a potência da hélice


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Para ligar o sistema de aquecimento, ar-condicionado.


Para aumentar a potência da hélice.
– 6 níveis de hélice
– Indicação de barra no display
– Indicação por meio de LEDs no botão da unidade de comando

copyright by

L 580-459 / 25400 125


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Indicação Potência da hélice selecionada

– Exibição da intensidade da ventoinha mediante barras.

Diminuir a potência da hélice

Para desligar o sistema de aquecimento, ar-condicionado.


Para diminuir a potência da hélice.
– 6 níveis de hélice
– Indicação de barra no display
– Indicação por meio de LEDs no botão da unidade de comando

Vista geral dos agregados

Fig. 182: Vista geral dos agregados


1 Tecla de comutação Vista geral 6 Indicação Temperatura do óleo
dos agregados hidráulico
2 Símbolo Pressão do óleo do motor 7 Símbolo Temperatura do óleo
hidráulico
3 Indicação Pressão do óleo do 8 Indicação Tensão da bateria
motor
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

4 Símbolo Temperatura do líquido 9 Símbolo Bateria


refrigerante
5 Indicação Temperatura do líquido
refrigerante

Tecla de comutação Vista geral dos agregados

Para comutar para “Indicação - Vista geral dos agregados”

copyright by

126 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Pressão do óleo do motor

– Indicação entre 1 bar e 5 bar.


– O símbolo é apresentado branco em funcionamento normal.
– Quando surgir um aviso, o símbolo é apresentado vermelho.

Temperatura do líquido refrigerante

– Indicação entre 40 °C e 120 °C.


– O símbolo é apresentado branco em funcionamento normal.
– Quando se registra uma temperatura excessiva, o símbolo é apresentado
vermelho.

Temperatura do óleo hidráulico

– Indicação entre 40 °C e 120 °C.


– O símbolo é apresentado branco em funcionamento normal.
– Quando se registra uma temperatura excessiva, o símbolo é apresentado
vermelho.

Tensão da bateria

– Indicação entre 22 V e 30 V.
– O símbolo é apresentado branco em funcionamento normal.
– Quando surgir uma sobretensão, o símbolo é apresentado vermelho.

Ajuste da hora
Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Ajuste da hora.

Fig. 188: Ajuste da hora


1 Tecla de comutação Ajustes 5 Hora Aumentar os minutos
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

2 Ajuste da hora 6 Hora Reduzir os minutos


3 Hora Reduzir as horas 7 Comutação Horário de Verão/
Inverno
4 Hora Aumentar as horas
As alterações são assumidas de modo automático e não necessitam de ser
salvadas de modo adicional.

copyright by

L 580-459 / 25400 127


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Ajuste do fuso horário


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Ajuste do fuso horário.

Fig. 189: Ajuste do fuso horário


1 Tecla de comutação Ajustes 4 Indicação Fuso horário GMT
(Greenwich Mean Time)
2 Ajuste do fuso horário 5 Alterar fuso horário para sentido
Leste
3 Alterar fuso horário para sentido
Oeste
As alterações são assumidas de modo automático e não necessitam de ser
salvadas de modo adicional.

Ajuste de idioma e unidades


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Ajuste de idioma e unidades.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 190: Ajuste de idioma e unidades


1 Tecla de comutação Ajustes 4 Seleção do idioma
2 Ajuste de idioma e unidades 5 SímboloIgnição DESLIGADA/
LIGADA (pisca após seleção de
idioma)
3 Seleção das unidades 6 Outra seleção de idioma
u Com as teclas 3 selecionar as unidades.
u Com as teclas 4 selecionar o idioma para as mensagens.

copyright by

128 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Observação
Para indicar o idioma selecionado!
u Ligar e voltar a desligar a ignição.

Reset das horas de funcionamento diárias


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Reset das horas de funcionamento diárias.

Fig. 191: Reset das horas de funcionamento diárias


1 Tecla de comutação Ajustes 3 Reset do contador das horas de
funcionamento diárias
2 Reset das horas de funciona-
mento diárias
Reset das horas de funcionamento diárias:
u Pressione atecla 3.
w O contador das horas de funcionamento diárias é colocado a “0h”.
w É comutado automaticamente para a página principal.

Indicação do consumo de combustível


A pedido, pode ser liberado pelo serviço de assistência ao cliente Liebherr.

Observação
Indicação do consumo de combustível!
u O consumo de combustível real também pode ser até 25 % menor, do que os
valores na indicação de consumo de combustível.

Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e Indi-
cação de consumo de combustível.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 129


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 192: Indicação do consumo de combustível


1 Tecla de comutação Ajustes 5 Indicação de consumo de
combustível total em “litros”
2 Indicação do consumo de 6 Indicação de consumo de
combustível combustível total em “litros/hora
de funcionamento”
3 Indicação de consumo de 7 Tecla de comutaçãoReposição
combustível diário em litros das teclas
4 Indicação de consumo de
combustível diário em litros/hora
de funcionamento
Repor a indicação do consumo de combustível diário:
u Pressione a tecla 7.
w Indicações 3 e 4 são colocadas em “0.0”.
u Chave de contato para a “posição 0” (ignição DESLIGADA).
u Chave de contato para a “posição i” (ignição LIGADA).
w Indicação foi assumida.

Gerenciamento da Assistência Técnica


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Gerenciamento de Assistência Técnica.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 193: Indicação - Gerenciamento da Assistência Técnica


1 Comunicação de assistência 5 Horas de funcionamento na última
técnica “Página principal” confirmação de assistência
técnica
Continuação da legenda, veja a página seguinte

copyright by

130 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

2 Tecla de comutação Ajustes 6 Horas de funcionamento até à


próxima assistência técnica
3 Gerenciamento da Assistência 7 Suprimir a comunicação de assis-
Técnica tência técnica na página principal
4 Horas de funcionamento da
máquina
– Com cada assistência técnica necessária é indicada uma Comunicação de
assistência técnica 1 na página principal da unidade de indicação (tempo de
pré-aviso 100h = luz amarela; tempo de aviso posterior 100h = vermelho a
piscar).
– Se for atingido o tempo de pré-aviso até à assistência técnica seguinte, aindi-
cação 6 muda de branco para amarelo.
– Se for atingido o tempo de aviso posterior até à assistência técnica seguinte,
aindicação 6 muda de amarelo para vermelho. O valor negativo indica que a
assistência técnica já pendente.
– Se uma assistência técnica necessária for realizada pelo serviço de assistência
ao cliente da Liebherr e confirmado, acomunicação de assistência técnica 1
apaga-se.
– Se até ao final do tempo de aviso posterior não tiver sido realizada a assis-
tência técnica ou confirmada, é comutado automaticamente para a assistência
técnica seguinte e a comunicação de assistência técnica 1 na página principal
é apagada. Simultaneamente é salvado na memória de dados do sistema
eletrônico de bordo um código de erro.
Suprimir a “comunicação de assistência técnica” na página principal:
u Pressione atecla 7.
w Comunicação de assistência técnica 1é suprimida.
w É salvado na memória de dados do sistema eletrônico de bordo um código
de erro.
w Símbolo 1 é indicado apenas na próxima assistência técnica necessária.

Observação
Suprimir a “comunicação de assistência técnica” na página principal!
A supressão da “comunicação de assistência técnica” não é uma confirmação da
realização da assistência técnica.
u Mandar realizar a assistência técnica necessária pelo serviço de assistência ao
cliente Liebherr.

Bloqueio eletrônico anti-furto


Esse equipamento é opcional.
Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Bloqueio eletrônico anti-furto.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 131


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 194: Bloqueio eletrônico anti-furto


1 Tecla de comutação Ajustes 2 Bloqueio eletrônico anti-furto
Programar chaves de contato novas:
u (Para mais informações, consulte: 3.2.13 Bloqueio eletrônico anti-furto,
página 103)

Identificação do motorista
Esse equipamento é opcional.
Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Identificação do motorista.

Fig. 195: Identificação do motorista


1 Tecla de comutação Ajustes 2 Identificação do motorista
Salvar o perfil do motorista:
u (Para mais informações, consulte: 3.2.14 Identificação do motorista,
página 107)

Assistência remota
Esse equipamento é opcional.
Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Assistência remota.

copyright by

132 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 196: Identificação do motorista


1 Tecla de comutação Ajustes 3 Autorizar ligação
2 Assistência remota
Executar a assistência remota:
u Contate o serviço de assistência a clientes da Liebherr.

Unidade de indicação Regulagem da luminosidade

Fig. 197: Unidade de indicação Regulagem da luminosidade


1 Tecla de comutação Ajustes 3 Reduzir luminosidade
2 Regulagem da luminosidade 4 Aumentar luminosidade

Serviço (regulagem da luminosidade da unidade de indicação)


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Ajustes e
Assistência Técnica (regulagem da luminosidade da unidade de indicação).
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 198: Serviço (regulagem da luminosidade da unidade de indicação)


1 Tecla de comutação Ajustes 3 Regulagem da luminosidade
2 Serviço (regulagem da luminosi- 4 Sair do submenu
dade da unidade de indicação)
Função serve para a indicação de dados de assistência técnica da máquina e
regulagem da luminosidade da unidade de indicação.

copyright by

L 580-459 / 25400 133


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Regulagem da luminosidade da unidade de indicação:


u Ao pressionar a posição 3, regule a luminosidade da unidade de indicação.
u Abandone o submenu por meio da posição 4.

Função de sangria de ar do motor


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Funções e
Função de sangria de ar do motor.

Fig. 199: Função de sangria de ar do motor


1 Tecla de comutação Funções 3 Função de sangria de ar do motor
2 Tecla de comutação Função de
sangria de ar do motor
A função serve para a sangria de ar no motor diesel do sistema de combustível.
– Necessário quando o tanque de combustível estiver completamente vazio.
– Após o esvaziamento do tanque de combustível existe ar no sistema de
combustível.
– Uma parte desse ar pode ser removido por intermédio do sangramento do filtro
de combustível do sistema de combustível.
– A remoção do ar entre a bomba injetora e o bocal injetor é possível por meio da
ativação da Função de sangria de ar do motor.

Observação
Procedimento e seqüência - sangrar o ar do sistema de combustível com sistema
de sangria do motor.
u (Para mais informações, consulte: 5.6.8 Purgar o ar do sistema de combustível,
página 358)

Sistema de lubrificação central com graxa (automático) -


“LIEBHERR”
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Este equipamento é opcional.


Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Funções e
Sistema de lubrificação central com graxa (automático) - LIEBHERR.

copyright by

134 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 200: Sistema de lubrificação central com graxa (automático) - “LIEBHERR”


1 Tecla de comutação Funções 7 Indicação Nível de abastecimento
falha
2 Sistema de lubrificação central 8 Lubrificação intermediária
com graxa (automático) -
“LIEBHERR”
3 Tempo até a próxima lubrificação 9 Sistema de lubrificação central
(em segundos) modo 1 (utilização ligeira)
4 Ciclos de lubrificação restantes 10 Sistema de lubrificação central
modo 2 (utilização média)
5 Indicação Nível de abastecimento 11 Sistema de lubrificação central
cheio modo 3 (utilização difícil)
6 Indicação Nível de abastecimento
baixo

Observação
Durante a lubrificação, os diversos pontos de lubrificação conectados ao sistema
são lubrificados sucessivamente. Se a ignição for desligada ou o freio de estacio-
namento ativado, o procedimento pára.
u Numa nova ligação da ignição ou ao desativar o freio de estacionamento, o
processo de lubrificação é retomado.

u Com as teclas 9, 10 e 11, ajuste a intensidade da lubrificação.


w Os ajustes ativos são apresentados por meio de campos de toque verdes a
piscar.
w Com nível de abastecimento baixo 6, a indicação pisca a vermelho.
w Se surgir uma avaria 7, é apresentado um código de erro no display. (Para
mais informações, consulte: 4.1.1 Código de serviço - indicação no display,
página 279)
u Ativar uma lubrificação intermediária necessária entre os ciclos de lubrificação
com atecla 8.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Observação
u Sangre a unidade se o reservatório de lubrificante tiver sido, por acaso, total-
mente esvaziado!

Acionamento da hélice reversível


Este equipamento é opcional.
A função serve para limpar o radiador.

copyright by

L 580-459 / 25400 135


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Abrir a página de indicação por intermédio das teclas de comutação Funções e


Acionamento da hélice reversível.

Fig. 201: Acionamento da hélice reversível


1 Tecla de comutação Funções 4 Símbolo Hélice
2 Acionamento da hélice reversível 5 Aumentar o intervalo
3 Ativar/desativar a inversão da 6 Reduzir o intervalo
hélice
u Ajuste o intervalo por meio das teclas 5 e 6.
u Ative/desative a inversão da hélice por meio da tecla 3.
w No caso da inversão da hélice ativada, a tecla 3 é apresentada a verde.
w Caso a hélice funcione de modo reversível, o símbolo 4 pisca a verde.

Observação
As funções também podem ser realizadas na unidade de comando.
u (Para mais informações, consulte: Acionamento da hélice reversível,
página 148)

Mensagens (códigos de erro)


Ativar a página de indicação com a tecla de comutação Mensagens (códigos de
erro).

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 202: Indicação - Mensagens (códigos de erro)


1 Indicar mensagens (códigos de 3 Folhear para a página anterior
erro)
2 Indicação Mensagens códigos de 4 Folhear para a página seguinte
erro
Se a tecla 1 for apresentada a branco significa que não existem códigos de erro
ativos.

copyright by

136 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Se a tecla 1 for apresentada a vermelho significa que existem códigos de erro


ativos.
Indicar mensagens (códigos de erro):
u Pressione a tecla 1.

Observação
Confirmar mensagens (códigos de erro)!
Se a mensagem for confirmada, então a barra muda de vermelho para amarelo.
u As mensagens são confirmadas ao pressionar no texto.
u Se necessário, contatar serviço de assistência ao cliente Liebherr.

3.2.19 Contador das horas de serviço - mecânico


Este equipamento é opcional.

Fig. 203: Contador das horas de serviço

O contador mecânico das horas de serviço 1 está integrado no painel de instru-


mentos à direita do banco do motorista.

Indicação das horas de serviço da máquina


Contador mecânico das horas de serviço
Indica a duração de uso da máquina em horas de serviço.
A contagem das horas de serviço serve de base para o cumprimento dos prazos
estipulados para a manutenção.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 137


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

3.2.20 Unidades de comando


Neste item são apresentados a estrutura e o funcionamento da unidade de
comando.

Fig. 205: Unidade de comando (vista rodada em 90º)


1 Botão - sistema dos piscas de 15 Botão - regulação da temperatura
emergência menos
2 Botão - iluminação limitadora, farol 16 Botão - diminuir a potência da
baixo ventoinha
3 Botão - luz de aviso rotativa 17 Botão - regulação da temperatura
mais
4 Botão - faróis de trabalho - 18 Botão - aumentar a potência da
dianteiros/traseiros ventoinha
5 Botão - freio de imobilização 19 Botão - modo de descongela-
mento
6 Botão - amortecedor de vibrações 20 Botão - circulação de ar
(sistema LFD)
7 Botão – bloqueio do sistema 21 Botão - sistema de lubrificação
hidráulico de trabalho central com graxa (opção)
8 Botão - recolha do balde 22 Botão - Vmax
9 Botão - comutar o raio de ação de 23 Botão - direção de emergência
marcha para cima
10 Botão - comutar o raio de ação de 24 Botão - limitador do curso de
marcha para baixo elevação
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

11 Botão - aumentar a força de 25 Botão - posição flutuante


tração
12 Botão - diminuir a força de tração 26 Botão - aquecimento dos vidros
traseiros, aquecimento dos vidros
(opção)
13 Botão - comutação do modo 27 Botão - sistema de lavagem e
display (não ativado) limpa-vidros - vidro traseiro
14 Botão - função de purga de ar do
motor (função especial)
A unidade de comando está situada no painel de instrumentos à direita do banco
do motorista.

copyright by

138 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Os botões são equipados com diodos luminosos:


– Ao ligar a respectiva função (acionamento do botão), os diodos luminosos
acendem vermelho.
– Ao desligar a respectiva função (acionamento do botão), os diodos luminosos
apagam.

Sistema dos piscas de emergência


Botão - sistema dos piscas de emergência
Para ligar ou desligar o sistema dos piscas de emergência.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– pisca o símbolo - sistema dos piscas
– piscam todos os quatro piscas na máquina
– piscam todos os 3 LEDs no botão
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– apaga o símbolo - sistema dos piscas
– apagam todos os quatro piscas na máquina
– todos os 3 LEDs no botão apagam
Este botão também funciona com a chave de contato na posição 0 ou de parquea-
mento.

Iluminação limitadora / farol baixo


Botão - iluminação limitadora/farol baixo.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função - iluminação limitadora LIG.
– acende a iluminação limitadora
– acende o LED esquerdo
Após o segundo acionamento do botão:
– função - farol baixo LIG.
– acende o farol baixo
– acendem os LEDs esquerdo e direito
Após o terceiro acionamento do botão:
– todas as funções - DESL.
– apagam os LEDs no botão
Este botão também funciona com a chave de contato na posição 0 ou de parquea-
mento.

Luz de aviso rotativa


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Este equipamento é opcional.


Botão - luz de aviso rotativa
Para ligar ou desligar a luz de aviso rotativa.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG - a luz de aviso rotativa acende
– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL. - a luz de aviso rotativa apaga
– todos os 3 LEDs no botão apagam

copyright by

L 580-459 / 25400 139


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Este botão também funciona com a chave de contato na posição 0 ou de parquea-


mento.

Faróis de trabalho - dianteiros/traseiros


Botão - faróis de trabalho - dianteiros/traseiros
Para ligar ou desligar:
– o farol de trabalho - dianteiro
– o farol de trabalho - dianteiro e traseiro
– o farol de trabalho - traseiro
Após o primeiro acionamento do botão:
– acendem os faróis de trabalho - dianteiros
– acende o LED esquerdo no botão
Após o segundo acionamento do botão:
– acendem os faróis de trabalho - dianteiros e traseiros
– acendem os LEDs esquerdo e direito no botão
Após o terceiro acionamento do botão:
– acendem os faróis de trabalho - traseiros
– acende o LED direito no botão
Para desligar todas as funções, acionar o botão uma quarta vez.
Este botão também funciona com a chave de contato na posição 0 ou de parquea-
mento.

Freio de imobilização
Botão - freio de imobilização
Para abrir ou fechar o freio de imobilização.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– o freio de imobilização é ativado
– acendem todos os 3 LEDs no botão
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– o freio de imobilização é desativado
– todos os 3 LEDs no botão apagam

Amortecedor de vibrações (sistema LFD)


Botão - amortecedor de vibrações (sistema LFD)
Para ligar ou desligar a função do amortecedor de vibrações.
Após o primeiro acionamento do botão:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– função LIG. - o amortecedor de vibrações está ativado


– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL. - o amortecedor de vibrações está desativado
– todos os 3 LEDs no botão apagam

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

copyright by

140 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Bloqueio do sistema hidráulico de trabalho


Botão – bloqueio do sistema hidráulico de trabalho
Para bloquear ou liberar as funções do sistema hidráulico de trabalho.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho é ativado
– acendem todos os 3 LEDs no botão
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho é desativado
– todos os 3 LEDs no botão apagam

Observação
O ajuste mantém-se memoriza depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Enquanto o motor diesel não funcionar, o bloqueio do sistema hidráulico de


trabalho está ativo.
Graças à pressão no botão, o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho pode ser
temporariamente desativado.

Recolha da pá
Botão - recolha da pá
Para ligar ou desligar a função para a recolha da pá automática.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– um ímã está ativado no aparelho de comando auxiliar
– acendem todos os 3 LEDs no botão
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– um ímã está desativado no aparelho de comando auxiliar
– todos os 3 LEDs no botão apagam
Após o acionamento, a alavanca de operação LIEBHERR é mantida por força
magnética na posição - “bascular a pá para dentro.”

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Comutar o raio de ação de marcha para cima


Botão - comutar o raio de ação de marcha para cima
Para selecionar um raio de ação de marcha mais alto.
O raio de ação de marcha selecionado é indicado na unidade de indicação.
Acionamento do botão:
– o raio de ação de marcha é comutado para cima
– acendem por breves instantes todos os 3 LEDs no botão

copyright by

L 580-459 / 25400 141


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Comutar o raio de ação de marcha para baixo


Botão - comutar o raio de ação de marcha para baixo
Para comutar os raios de ação de marcha para baixo.
O raio de ação de marcha selecionado é indicado na unidade de indicação.
Acionamento do botão:
– o raio de ação de marcha é comutado para baixo
– acendem por breves instantes todos os 3 LEDs no botão

Aumentar a força de tração


Botão - aumentar a força de tração
Para regular a força de tração da máquina.
A força de tração pode ser aumentada de 50% bis 100%.
Aumentar a força de tração (força de tração abaixo de 100%):
– pressione o botão
– os LEDs no botão acendem de acordo com a força de tração ajustada
– o valor da força de tração (em percentagem) é indicado permanentemente na
unidade de indicação
Força de tração 100%:
– os LEDs no botão apagam
– a indicação na unidade de tração apaga.

Reduzir a força de tração


Botão - reduzir a força de tração
Para regular a força de tração da máquina.
A força de tração pode ser diminuída de 100% até 50%.
Reduzir a força de tração:
– Pressione o botão
– os LEDs no botão acendem de acordo com a força de tração ajustada
– o valor da força de tração (em percentagem) é indicado permanentemente na
unidade de indicação

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.
O ajuste da força de tração já não é necessário:
u Ajuste a atração da máquina para 100%!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Função de purga de ar do motor (função especial)


Botão - função de purga de ar do motor (função especial)
Para a purga de ar no motor diesel do sistema de combustível.
– Necessário quando o tanque de combustível estiver completamente vazio.
– Após o esvaziamento do tanque de combustível existe ar no sistema de
combustível.
– Uma parte desse ar pode ser removida por intermédio da purga de ar do filtro
de combustível do sistema de combustível.

copyright by

142 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– A remoção do ar entre a bomba injetora e o bocal injetor é possível por meio da


ativação do modo - “Função de purga de ar do motor”.

Observação
Procedimento e seqüência - purge o ar do sistema de combustível com sistema de
purga do motor.
u (Para mais informações, consulte: 5.6.8 Purgar o ar do sistema de combustível,
página 358)

Regulação da temperatura menos


Botão - regulação da temperatura menos
Para diminuir a temperatura.
– No sistema de ar condicionado manual, o ajuste da temperatura é efetuado em
% níveis, de 0% a 100%.
– Com o ar-condicionado automático, a regulagem da temperatura é realizada
entre 16 °C e 28 °C.
Após o acionamento do botão os LEDs acendem de acordo com o nível da
temperatura.
A exibição da temperatura selecionada se efetua no display.

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Regulação da temperatura mais


Botão - regulação da temperatura mais
Para aumentar a temperatura.
– No sistema de ar condicionado manual, o ajuste da temperatura é efetuado em
% níveis, de 0% a 100%.
– Com o ar-condicionado automático, a regulagem da temperatura é realizada
entre 16 °C e 28 °C.
Após o acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
temperatura.
A exibição da temperatura selecionada se efetua no display.

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Diminuir a potência da ventoinha


Botão - diminuir a potência da ventoinha
Para reduzir a potência da ventoinha em 6 níveis.
Após o acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
ventoinha.
A exibição da intensidade da ventoinha selecionada se efetua no display.

copyright by

L 580-459 / 25400 143


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Com o nível da ventoinha 0, o ar-condicionado é desligado.

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Aumentar a potência da ventoinha


Botão - aumentar a potência da ventoinha
Para ligar a unidade de aquecimento, ar-condicionado.
Para aumentar a potência da ventoinha em 6 níveis.
Após cada acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
ventoinha.
A exibição da intensidade da ventoinha selecionada se efetua no display.

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Modo de descongelamento
Botão - modo de descongelamento
Para ligar e desligar o modo de descongelamento.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– todos os 3 LEDs no botão acendem
– o comando do ar-condicionado está no modo de descongelamento
– no modo de descongelamento, a corrente de ar completa é orientada para o
vidro
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– todos os 3 LEDs no botão apagam

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Circulação de ar
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Botão - circulação de ar
Para ligar e desligar a tampa da circulação de ar.
Com circulação de ar ligada, todos os 3 LEDs acendem .
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– todos os 3 LEDs no botão acendem
– a alimentação de ar fresco está interligada
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.

copyright by

144 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– todos os 3 LEDs no botão apagam

Observação
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Sistema de lubrificação central com graxa


Botão - sistema de lubrificação central com graxa (opção)
Para comutar o modo:
– utilização ligeira - média - difícil;
Pressione o botão durante alguns instantes.
Ativar a lubrificação intermediária:
– Pressione o botão durante breves instantes.
Quando existe um erro no sistema, todos os 3 LEDs piscam.
Quando a reserva de graxa estiver vazia, todos os 3 LEDs acendem.
Com a ignição LIG., acende de acordo com o modo:
– o LED esquerdo = utilização ligeira
– o LED central = utilização média
– o LED direito = utilização difícil.
Quando a bomba estiver em funcionamento (durante a lubrificação automática),
pisca de acordo com o modo:
– o LED esquerdo = utilização ligeira
– o LED central = utilização média
– o LED direito = utilização difícil.

Vmax
Botão - Vmax
Para a limitação da velocidade.
A função somente está disponível nas mudanças fixas 1 e 2 para a marcha
em frente.
Ativação com a máquina em funcionamento:
– a máquina mantém a velocidade que estava a circular no momento da ativação
da função como velocidade de marcha máxima (Vmax).
A velocidade regulada deste modo é considerada como todo o gás.
Ativação com a máquina parada:
– a máquina circula com a velocidade mínima do respectivo nível da caixa de
câmbio.
Nível da caixa de câmbio 1: aprox.4 km/h
Nível da caixa de câmbio 2: aprox.10 km/h
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Após o primeiro acionamento do botão:


– função LIG.
– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– todos os 3 LEDs no botão apagam
A função não é ativada durante as seguintes condições:
– o botão para o sentido de marcha à ré foi acionado.
A eletrônica de comando comuta para o raio de ação de marcha A1-3 .

copyright by

L 580-459 / 25400 145


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

A desativação é efetuada se voltar a pressionar o botão - Vmax ou por intermédio


da mudança do raio de ação de marcha.

Direção de emergência
Botão - direção de emergência
Para o início da bomba de direção de emergência para uma função máx. de 10
seg.
Com a ignição ligada e com o botão pressionado:
– a bomba de direção de emergência funciona enquanto o botão é pressionado,
no máximo para a duração de 10 seg.
– todos os 3 LEDs acendem no botão enquanto a bomba de direção de emer-
gência está em funcionamento.
(Para mais informações, consulte: Símbolos de aviso, página 117) e (Para mais
informações, consulte: 3.7.2 Processo de direção de emergência, página 275) .

Limitador do curso de elevação


Botão - limitador do curso de elevação
Para ligar ou desligar a função para o limitador do curso de elevação automático.

Observação
A função está disponível quando a máquina está equipada com o limitador do
curso de elevação opcional.
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar da ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Após o primeiro acionamento do botão:


– função LIG.
– um ímã está ativado no aparelho de comando auxiliar
– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– um ímã está desativado no aparelho de comando auxiliar
– todos os 3 LEDs no botão apagam
Após o acionamento, a alavanca de operação LIEBHERR é mantida por força
magnética na posição - “ elevar a coluna de elevação”.

Posição flutuante
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Botão - posição flutuante


Para ligar ou desligar a função de posição flutuante.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– um ímã está ativado no aparelho de comando auxiliar
– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.

copyright by

146 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

– um ímã está desativado no aparelho de comando auxiliar


– todos os 3 LEDs no botão apagam
Após o acionamento, a “alavanca de operação LIEBHERR ” é mantida por força
magnética na posição - “baixar a coluna de elevação ”.

Observação
A multifunção do botão está disponível - posição flutuante é opcional.
O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar da ignição.
u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos


vidros (opção)
Botão - aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos vidros (opção)
Para ligar e desligar o aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento de vidros
(opção).
A função somente está disponível com a ignição ligada.
Após o primeiro acionamento do botão:
– função LIG.
– todos os 3 LEDs no botão acendem
Após o segundo acionamento do botão:
– função DESL.
– todos os 3 LEDs no botão apagam
A função continua a permanecer após a ligação:
– até ao desligar do aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento de vidros
(opção)
– ou até o decurso de 20 minutos (poupança de bateria)

Sistema de lavagem e limpa-vidros do vidro traseiro


Botão - sistema de lavagem e limpa-vidros do vidro traseiro
Para ligar ou desligar o sistema de lavagem e o limpa-vidros do vidro traseiro.
Pressionar o botão pela primeira vez:
– limpar o vidro - intervalo
– o LED esquerdo acende
Pressionar o botão pela segunda vez:
– limpar o vidro - duração LIG
– acende o LED esquerdo e direito
Pressionar o botão pela terceira vez:
– função desligar
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– todos os LEDs apagam


Pressionar o botão durante algum tempo:
– bomba de limpa-vidros traseira LIG.
– limpa-vidros traseiro LIG.,
(incl. limpeza posterior durante alguns segundos)

copyright by

L 580-459 / 25400 147


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

3.2.21 Botão/interruptor para equipamentos opcionais


Nesse parágrafo são apresentadas a estrutura e as funções dos botões/interrup-
tores dos equipamentos opcionais.

Fig. 232: Botão/interruptor para equipamentos opcionais


1 Botão - Direção por alavanca 6 Interruptor - Cesto de trabalho
2 Botão - Luz de controle - Aciona- 7 Botão - Dispositivo de troca rápida
mento da ventoinha reversível
3 Botão - Direção 2 em 1 8 Interruptor - Controle Comfort/
controle de botão
4 Reserva 9 Interruptor - Desconectar disposi-
tivo de aviso de marcha a ré/luz
de aviso rotativa
5 Reserva

Direção por alavanca


Este equipamento é opcional.
Botão - direção por alavanca
Para uma descrição detalhada, veja o manual de instruções separado da direção
por alavanca.

Acionamento da hélice reversível


Este equipamento é opcional.
Botão, lâmpada de controle - acionamento da ventoinha reversível
(Para mais informações, consulte: 3.2.32 Acionamento da ventoinha reversível,
página 174)
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Direção 2 em 1
Este equipamento é opcional.
Botão - direção 2 em 1
(Para mais informações, consulte: 3.3.12 Direção 2 em 1, página 223)

copyright by

148 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Reserva
Botão – reserva (não ocupado)
Para ativar uma função opcional.

Reserva
Fechamento cego
Reservado para funções adicionais.

Cesto de trabalho
Este equipamento é opcional.
O cesto de trabalho é montado no sistema de elevação. Este pode ser elevado
para a posição necessária para trabalhos acima da cabeça.
A montagem de um cesto de trabalho tem de ser aprovada oficialmente antes
da colocação em serviço. Observe as leis e diretivas em vigor no local de
aplicação.

Observação
Informações sobre o manuseio e operação do cesto de trabalho!
u Veja o manual de instruções do fabricante em anexo.

Interruptor - Cesto de trabalho


Cor do campo - verde
Para ligar/desligar a função “Cesto de trabalho”.
Funções do interruptor:
– Posição I: Operação Elevar e baixar o cesto de trabalho
– Posição II: Operação Adaptar a inclinação do cesto de trabalho
– Posição 0: Operação Trabalhos com a pá
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

AVISO
Perigo de ferimentos pessoais no cesto de trabalho!
Nos trabalhos com o cesto de trabalho, existe o risco de queda de pessoas do
cesto de trabalho.
u Para elevar e baixar o cesto de trabalho, usar a posição do interruptor I.
u Para o ajuste da inclinação do cesto de trabalho, usar a posição do interruptor
II.
u A posição do interruptor 0 não é permitida para a operação do cesto de
trabalho.

copyright by

L 580-459 / 25400 149


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Interruptor na posição I:
– O campo do símbolo Cesto de trabalho se acende no display.
– A função Elevar e baixar o cesto de trabalho está ativada.
– É possível se deslocar com velocidade bastante reduzida.
– É possível elevar e baixar a armação de elevação com velocidade bastante
reduzida.
Interruptor na posição II:
– O campo do símbolo Cesto de trabalho se acende no display.
– Se emite um sinal acústico contínuo na cabine.
– A função Ajustar a inclinação do cesto de trabalho está ativada.
– É possível se deslocar com velocidade bastante reduzida.
– É possível elevar e baixar a armação de elevação com velocidade bastante
reduzida.
– A inclinação do cesto de trabalho é ajustável.

Dispositivo de troca rápida


Este equipamento é opcional.
Botão - dispositivo de troca rápida
Cor do campo – vermelho
Para desbloquear e bloquear o dispositivo de troca rápida hidráulico.

Observação
O funcionamento somente é possível após ligar o motor.
u O interruptor é bloqueado contra acionamento indevido!

Funções dos botões:


– posição 0 - o dispositivo de troca rápida está bloqueado (sem som de aviso)
– posição I - para desbloquear o dispositivo de troca rápida (som de aviso)
– posição II - para bloquear o dispositivo de troca rápida (sem som de aviso)

Controle Comfort ou controle de botão


Este equipamento é opcional.
Interruptor - Controle Comfort ou controle de botão
Cor do campo – verde
(Para mais informações, consulte: Comando de comodidade, página 154) e
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Suprimir o “dispositivo de aviso de marcha à ré acús-


tico”
Este equipamento é opcional.
Interruptor - suprimir o “dispositivo de aviso de marcha à ré acústico”
Cor do campo - cor de laranja
Para suprimir o dispositivo de aviso de marcha à ré. (Para mais informações,
consulte: Dispositivo de aviso de marcha à ré acústico, página 172)

copyright by

150 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Luz de aviso giratória / dispositivo de aviso de marcha


à ré ótico
Estes equipamentos são opcionais.
Versões:
– Luz de aviso giratória (interruptor de um nível)
– Luz de aviso giratória / dispositivo de aviso de marcha à ré ótico (interruptor de
dois níveis)
Luz de aviso giratória
Cor do campo – verde
Para ligar ou desligar a luz de aviso giratória.
Também é possível ativar essa função com a chave de contato na posição 0 ou de
parqueamento.

Luz de aviso giratória / dispositivo de aviso de marcha à ré ótico


Cor do campo – verde
Para ligar ou desligar o “dispositivo de aviso de marcha à ré - ótico”.
Funções do interruptor:
– posição I luz de aviso giratória (funcionamento permanente). Também é
possível ativar essa função com a chave de contato na posição 0 ou de
parqueamento.
– posição II dispositivo de aviso de marcha à ré ótico. (Para mais informações,
consulte: Dispositivo de aviso de marcha à ré ótico, página 173)

3.2.22 Alavanca de operação - LIEBHERR


Neste parágrafo está descrita a estrutura e a função da alavanca de operação
LIEBHERR.

Fig. 246: Alavanca de operação LH


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Alavanca de operação LH 4 Botão - equipamento adicional


2 Interruptor - sentido de marcha 5 Botão - comando de comodidade
3 Botão - Kick-Down
Elementos de operação integrados:
– Alavanca com aparelho de comando auxiliar para o comando do equipamento
de trabalho.
– Interruptor 2 para a comutação do sentido de marcha - para a frente e a ré.
– Botão 3 para a comutação “Kick-Down”.
– Botão 4 para o comando;

copyright by

L 580-459 / 25400 151


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

• de uma função hidráulica adicional, p.ex., equipamento adicional (pá com


basculamento em altura),
• ou de um acionamento de bomba opcional,
• ou de uma recolha opcional da pá.
– Botão 5 para o “Comando de comodidade”,
p.ex., dispositivo de troca rápida hidráulico opcional.
A “alavanca de operação LIEBHERR” (alavanca de operação LH) permite
comandar a função “Kick-Down”, os sentidos de marcha e os movimentos do equi-
pamento de trabalho.

Selecionar o sentido de marcha


Com o freio de imobilização ativo, não é possível selecionar o sentido de marcha.
(Para mais informações, consulte: Selecionar o sentido de marcha, página 184)

AVISO
Selecionar o sentido de marcha!
u Com o sentido de marcha selecionado, a máquina pode arrancar mesmo sem
acionamento do pedal do acelerador.

Fig. 247: Alavanca de operação LH


1 Interruptor - sentido de marcha 0 = Sentido de marcha - neutro
F = Sentido de marcha - para a R = Sentido de marcha - a ré
frente ( Forward) ( Reverse)
u Acionar o interruptor 1 para o sentido de marcha (de acordo com o sentido de
marcha necessário).
w O sentido de marcha selecionado é indicado no painel de instrumentos na
unidade de indicação por intermédio de símbolos.

Comutação da função Kick-Down


Depois de ligar o sistema elétrico, a máquina comuta automaticamente para o raio
de ação de marcha automático - A1-3 - e o mecanismo de translação para neutro -
N.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Ambos são indicados na unidade de indicação.


A função “Kick-Down” somente pode ser selecionada depois da máquina estar em
andamento.
É possível realizar a comutação Kick-Down no sentido de marcha para a frente ou
a ré dos raios de ação de marcha - 2, - A1-2, - A1-3, - A2-3 e a partir de todas as
velocidades de marcha.
Utilização: (Para mais informações, consulte: Conduzir com a comutação Kick-
Down, página 189) .

copyright by

152 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 248: Alavanca de operação LH


1 Alavanca de operação LH 3 Interruptor - sentido de marcha
2 Botão - Kick-Down
Procedimentos de comutação com Kick-Down:
– Ao acionar o botão 2, o freio da máquina é automaticamente acionado de forma
hidrostática.
Depois, a máquina comuta automaticamente para a “1ª mudança” (nível da
caixa de câmbio 1).
Isto significa que a caixa de câmbio comuta sucessivamente o nível da caixa de
câmbio de 3 para 2 e de 2 para 1.
– Ao circular sem resistência a “1ª mudança” (nível da caixa de câmbio 1) perma-
nece ativa durante aprox. 10 segundos a partir do acionamento do botão 2.
Depois, a máquina comuta automaticamente para a “2ª mudança” (nível da
caixa de câmbio 2), quando a velocidade de marcha aumentar.
– Ao circular na obra, a “1ª mudança” (nível da caixa de câmbio 1) permanece
ativa enquanto existir uma resistência.
Enquanto a função “Kick-Down” estiver ativada, a 1ª mudança somente permite
uma velocidade máx. 8 km/h.
Para ligar a função “Kick-Down”:
u Acionar o interruptor 3 para o sentido de marcha (de acordo com o sentido de
marcha necessário).

Comandar o equipamento de trabalho


O punho da alavanca de operação LH está ligado mecanicamente ao aparelho de
comando auxiliar que se situa por baixo.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 153


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 249: Sentidos de movimentação da alavanca de operação LH


a à ré c para a esquerda
b1 para a frente até o ponto de d para a direita
pressão
b2 para a frente até o encosto e-h na diagonal
u Por meio da movimentação da alavanca de operação LH 1 é possível
comandar o equipamento de trabalho.
Os sentidos de movimentação da alavanca de operação LH e as funções resul-
tantes do mesmo:
w a - a coluna de elevação é elevada,
w b1 - “função normal de baixar” - a coluna de elevação é baixada lenta-
mente,
w b2 - “função rápida de baixar” - a coluna de elevação é baixada rapida-
mente,
w c - o balde é basculado para dentro,
w d - o balde é basculado para fora,
w e - a coluna de elevação é elevada e simultaneamente o balde é basculado
para dentro,
w f - a coluna de elevação é baixada e simultaneamente o balde é basculado
para fora,
w g - a coluna de elevação é elevada e simultaneamente o balde é basculado
para fora,
w h - a coluna de elevação é baixada e simultaneamente o balde é basculado
para dentro.

Comando de comodidade
Este equipamento é opcional.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

154 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 250: Comando de comodidade


1 Interruptor - comando de comodi-
dade
Função:
– Comando de uma função hidráulica adicional (p.ex. pá com basculação em
altura).
Acionamento:
– por intermédio do botão e função de basculamento da pá para dentro e para
fora na alavanca de operação LH.
Vantagem:
– a mão pode-se manter na alavanca de operação LH.
É possível um bom comando de precisão.

AVISO
Perigo de ferimento devido a operação incorreta!
u A função de basculação da pá para dentro e para fora (cilindro de basculação)
não pode ser acionada simultaneamente com o comando de comodidade.

Você tem de se certificar de que a função para o comando de comodidade está


ativada por intermédio do interruptor - comando de comodidade 1.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 251: Alavanca de operação LH


1 Alavanca de operação LH 2 Botão - comando de comodidade
u Pressionar o botão - comando de comodidade 2 e manter pressionado.
u Com a alavanca de operação LH 1, movimente o equipamento de trabalho para
além do circuito de comando adicional (equipamento).

copyright by

L 580-459 / 25400 155


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Por exemplo, bascular uma pá com basculação em altura para dentro ou para fora
através do cilindro da pá.
u Se liberar o botão - comando de comodidade 2, a operação da função
hidráulica adicional é interrompida.
w O equipamento de trabalho é, deste modo, movimentado através do circuito
de comando do sistema hidráulico de trabalho.
w Por exemplo, bascular um equipamento para dentro ou para fora através do
cilindro de basculação.

Comando por botão


Este equipamento é opcional.
Função:
– Comando de uma função hidráulica adicional (p.ex. pá com basculamento em
altura)
Acionamento:
– Por intermédio do botão
Vantagem:
– a mão pode-se manter na manete de operação LH

Observação
Relativamente ao comando por botão.
u Não é possível efetuar um comando de precisão.

Fig. 252: Comando por botão


1 Interruptor - comando por botão 3 Botão - recolher o sistema hidráu-
lico
2 Botão - estender o sistema hidráu- 4 Manete de operação LH
lico
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Ative o interruptor 1.
u Por meio do botão 2 ou 3, movimentar o dispositivo de trabalho por meio do
circuito de comando adicional.
w Por exemplo, bascular uma pá com basculamento em altura para fora ou
para dentro através do cilindro da pá.
u Se liberar o botão 2 ou 3, a operação da função hidráulica adicional é interrom-
pida.

copyright by

156 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

3.2.23 Manete de operação para funções de trabalho adicio-


nais
Este equipamento é opcional.
Utilização: para o comando de um equipamento montado no dispositivo de
elevação da máquina com circuito de comando próprio.
Essa alavanca de operação para funções de trabalho adicionais está montada à
direita da alavanca de operação no painel de instrumentos.
Possíveis versões da manete de comando adicional:

Fig. 253: Versões da manete de operação adicional


– Alavanca de operação 1 sem fixação da alavanca de comando,
após a liberação retorna automaticamente para a posição central.
– Alavanca de operação 2 com fixação da alavanca de comando 3 (três posições
de encaixe).
Utilização: no funcionamento contínuo de um equipamento adicional com um
circuito de comando próprio, p.ex., vassoura mecânica.

Comando do equipamento adicional

Fig. 254: Sentidos de movimentação da manete de operação adicional


a - para trás b - para frente
u Através da movimentação da manete de operação 1, é possível comandar o
equipamento adicional.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Os sentidos de movimentação da manete de operação adicional e as funções


resultantes do mesmo:
w a - (essa função depende do tipo de equipamento adicional instalado),
w b - (essa função depende do tipo de equipamento adicional instalado).
Você tem de se familiarizar com as funções do equipamento adicional insta-
lado!
u (Para mais informações, consulte: 3.3 Funcionamento, página 177) , ou no
manual de instruções do equipamento adicional.

copyright by

L 580-459 / 25400 157


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

3.2.24 Sistema de aquecimento, ar-condicionado


Ligar ou desligar o sistema de aquecimento por meio do botão - potência da
ventoinha.

Observação
O ar-condicionado pode ser ativado ou desativado por meio do display da unidade
de indicação.
u Os ajustes completos do sistema de aquecimento, ar-condicionado podem ser
realizados na unidade de indicação. (Para mais informações, consulte: Sistema
de aquecimento, ar-condicionado, página 122)

Através do botão da unidade de comando podem ser realizados os seguintes


ajustes:
– Regulação da temperatura
– Potência da ventoinha
– Alimentação de circulação de ar e de ar fresco
– Modo Defrost
A indicação da potência dos ajustes selecionados é realizada, temporariamente,
no display.

Fig. 255: Elementos de comando - aquecimento, ventilação, ar-condicionado


1 Botão - regulagem da temperatura 3 Botão - recirculador
2 Botão - potência da hélice 4 Botão - modo Defrost

Observação
As funções ajustadas permanecem após o desligamento da ignição.
u Deste modo, as funções ajustadas ainda estão ativas após a nova ligação da
ignição.

Regular a temperatura
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– No sistema de ar condicionado manual, o ajuste da temperatura é efetuado em


% níveis, de 0% a 100%.
– Com o ar-condicionado automático, a regulagem da temperatura é realizada
entre 16 °C e 28 °C.
– A indicação é realizada no display e por meio de LEDs na unidade de
comando.

copyright by

158 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 256: Regular a temperatura


1 Botão - regulagem da temperatura 3 Botão - regulagem da temperatura
menos mais
2 Díodos luminosos (LEDs)
u Ajuste a temperatura ambiente desejada por meio dos botões 1 e 3.
Para alcançar um arrefecimento rápido do ar:
Se existir calor acumulado na cabine, em primeiro lugar, ventile bem a cabine.

Fig. 257: Botão - temperatura e hélice


1 Botão - regulagem da temperatura 3 Botão - aumentar a potência da
menos hélice
2 Díodos luminosos (LEDs)
u Acione o botão 1 até o nível de temperatura mais baixo.
u Acione o botão 3 até o nível da hélice mais elevado.
u Se necessário, ligue o ar-condicionado.
w Após o acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
temperatura ou da ventoinha.
u Feche as janelas da cabine e portas.
u Não direcione os bocais de saída para as janelas.
Para alcançar um aquecimento rápido do ar:

Fig. 258: Botão - temperatura e hélice


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Botão - regulagem da temperatura 3 Botão - aumentar a potência da


mais hélice
2 Díodos luminosos (LEDs)
u Acione o botão 1 até o nível de temperatura mais elevado.
u Acione o botão 3 até o nível da hélice mais elevado.
w Após o acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
temperatura ou da ventoinha.

copyright by

L 580-459 / 25400 159


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Regular a ventoinha
Para uma boa ventilação, os filtros da unidade de aquecimento e ar-condicionado
têm de ser verificados regularmente.
Um filtro sujo impede a passagem de ar. (Para mais informações, consulte:
5.18.3 Filtro de ar da cabine - limpar o filtro de ar fresco e o filtro de ar de circu-
lação, página 397)
Os bocais de ventilação na cabine do motorista também devem estar abertos.

NOTA
Perigo de danos para o vaporizador por falta do filtro do ar de circulação!
Devido à falta do filtro do ar de circulação e/ou ar fresco, as lamelas estreitas e
profundas do vaporizador ficam rapidamente sujas.
O vaporizador tem de ser renovado, pois não é possível limpar o mesmo.
u Nunca coloque a unidade de aquecimento e ar-condicionado a funcionar sem
filtro!

Fig. 259: Regular a hélice


1 Botão - diminuir a potência da 3 Botão - aumentar a potência da
hélice hélice
2 Díodos luminosos (LEDs)
Aumentar a potência da hélice:
u Pressione o botão 3.
w O ar fresco ou circulação de ar são conduzidos automaticamente para a
cabine.
u Ajuste a quantidade de ar desejada com os botões 1 e 3.
w Níveis da ventoinha selecionáveis:
w De 0% até 100%.
w Após o acionamento do botão, os LEDs acendem de acordo com o nível da
ventoinha.
Diminuir a potência da hélice:
u Com o botão 1, reduza a potência da hélice.
w No nível da ventoinha 0, o aquecimento, ventilação, ar-condicionado estão
desligados.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Operação da circulação de ar
Em caso de ar exterior desagradável, pode desligar temporariamente a alimen-
tação de ar fresco. O ar ambiente é circulado.

copyright by

160 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 260: Recirculador


1 Botão - recirculador
Ligar a operação da circulação de ar:
u Pressione o botão 1.
w Todos os 3 LEDs no botão acendem.
w O ar ambiente é circulado.
Desligar a operação da circulação de ar:
u Pressione o botão 1.
w Todos os 3 LEDs no botão apagam.
w A alimentação de ar fresco está ativa.

Modo Defrost - descongelar o pára-brisas

Fig. 261: Modo de desembaçador - desembaçar o pára-brisas


1 Botão - modo de desembaçador 2 Botão - potência da hélice
Ligar o modo Defrost:
u Pressione o botão 1.
w Todos os 3 LEDs no botão acendem.
w O funcionamento de ar-condicionado está ativo,
w A potência mais elevada da ventoinha está ativa.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w O pára-brisas está sendo descongelado.


Desligar o modo Defrost:
u Pressione o botão 1 de novo.
w Todos os 3 LEDs no botão apagam,
w O aquecimento, ventilação ou ar-condicionado está ativo de acordo com os
últimos valores ajustados.

copyright by

L 580-459 / 25400 161


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Funcionamento re-heat
Somente possível com ar-condicionado montado.
Em dias úmidos e frescos, o ar-condicionado pode ser utilizado para desumidificar
a cabine.
Para desumidificar o ar da cabine:
u Ligar adicionalmente o ar-condicionado com o aquecimento ligado. (Para mais
informações, consulte: Sistema de aquecimento, ar-condicionado, página 124)
O embaciamento das janelas é evitado:
w Na medida que o ar úmido é condensado no vaporizador,
w e conduzido como água para o exterior para o reservatório de recolha.

3.2.25 Aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos


vidros (opção)
A função somente está disponível com a ignição ligada.

Ligar, desligar o aquecimento dos vidros traseiros,


aquecimento dos vidros (opção)

Fig. 262: Ligar, desligar o aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos
vidros (opção)

Ligar o aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos vidros (opção):


u Pressione o botão 1.
w Todos os 3 LEDs no botão acendem.
w O aquecimento dos vidros traseiros está ligado, aquecimento dos vidros
(opção) está ligado.
A função continua a permanecer após a ligação:
w Até ao desligar manual do aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento
de vidros (opção),
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w ou até o decurso de 20 minutos (poupança de bateria).


Desligar o aquecimento dos vidros traseiros, aquecimento dos vidros
(opção):
u Pressione o botão 1.
w Todos os 3 LEDs no botão apagam.
w O aquecimento dos vidros traseiros está ligado, aquecimento dos vidros
(opção) está desligado.

copyright by

162 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

3.2.26 Espelhos exteriores e interior


A máquina está equipada com um espelho interno e três espelhos externos.

Ajustar os espelhos
Certifique-se de que a máquina está em posição de operação.

Fig. 263: Ajustar os espelhos


1 Espelhos exteriores - cabine do 3 Espelho para ver a toda a volta
motorista
2 Espelho interior - cabine do motor-
ista

Observação
Ajustar os retrovisores!
u Retrovisores e outros auxílios visuais (p.ex.: câmara de marcha ré) devem ser
sempre ajustados de forma a que seja garantida a melhor visão periférica.
(Para mais informações, consulte: 2.4.20 Ver e ser visto, página 70)

u Todos os espelhos podem ser ajustados individual e manualmente.

3.2.27 Pára-sol
A cabine do motorista está equipada com um pára-sol.

Ajustar o pára-sol
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 264: Ajuste - pára-sol

u O pára-sol pode ser ajustado individualmente ao ser levantado ou baixado.

copyright by

L 580-459 / 25400 163


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

3.2.28 Rádio
Este equipamento é opcional.

Ligar o rádio - comandar


A função também é possível com a chave de contato retirada.

Fig. 265: Comandar rádio


1 Rádio
u Ver o manual de instruções do fabricante em anexo.

3.2.29 Sistema de lavagem e limpa-vidros

Fig. 266: Sistema de lavagem e limpa-vidros


1 Sistema de lavagem e limpa- 3 Reservatório do agente de
vidros dianteiro lavagem de vidro
2 Sistema de lavagem e limpa-
vidros traseiro
A máquina está equipada com um sistema elétrico de limpeza e lavagem de vidros
para o pára-brisas e vidro traseiro.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Ele é composto basicamente pelos limpa-vidros, reservatório com bombas, bocais


de saída para o agente de lavagem dos vidros e elementos de comando.
Os sistemas de lavagem e limpa-vidros para os vidros dianteiros e traseiros
utilizam um reservatório comum para os agentes de lavagem.
Nas mangueiras dos agentes de lavagem para os bocais de saída estão inte-
gradas válvulas de retenção.
O interruptor para o sistema de lavagem e limpa-vidros do vidro dianteiro se
encontra no interruptor da coluna da direção.

copyright by

164 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

O interruptor para o sistema de lavagem e limpa-vidros do vidro traseiro se


encontra na instalação lateral direita.

Sistema de lavagem e limpa-vidros - acionamento


Você tem de se certificar de que o sistema elétrico da máquina está ligado antes
do acionamento do sistema de lavagem e limpa-vidros.

PRECAUÇÃO
Perigo de acidente devido a visão limitada.
Pára-brisas e vidro traseiro sujos comprometem a segurança!
u Antes do funcionamento, remova a neve e o gelo dos vidros!

Operar o sistema de lavagem e limpa-vidros para o


pára-brisas

Fig. 268: Interruptor na coluna da direção


1 Botão de pressão d Acionamento do limpa-vidros
2 Punho h Acionamento do sistema de
lavagem e limpa-vidros
u Limpar o vidro: Rode o punho 2 para o nível desejado J - I.
u Lavar os vidros: acione o botão de pressão 1 no interruptor da coluna da
direção.
w Através dos bocais de saída, é ejetado um agente de lavagem para cima do
vidro dianteiro.

Operar o sistema de lavagem e limpa-vidros para o


vidro traseiro
O acionamento do sistema de lavagem e limpa-vidros é realizado por intermédio
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

do botão 1 .

copyright by

L 580-459 / 25400 165


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 269: Unidade de comando


1 Botão - sistema de lavagem e 3 Diodo luminoso - duração LIG
limpa-vidros do vidro traseiro
2 Diodo luminoso - intervalo
u Limpar o vidro - intervalo: pressione por breves instantes o botão 1 pela
primeira vez.
w O LED esquerdo acende no botão.
u Limpar o vidro - duração LIG.: pressione por breves instantes o botão 1 pela
segunda vez.
w Os LEDs esquerdo e direito acendem no botão.
u Desligar o sistema de lavagem de vidros: pressione por breves instantes o
botão 1 pela terceira vez.
w Todos os LEDs no botão apagam.
u Ligar o sistema de lavagem de vidros: pressione por alguns instantes o botão 1
pela primeira vez.
w O LED esquerdo acende enquanto o botão é pressionado.
w Bomba de limpa-vidros traseira LIG.
Através dos bocais de saída, é ejetado um agente de lavagem para cima do
vidro traseiro.
w Limpa-vidros traseiro LIG.,
(incl. limpeza posterior durante alguns segundos).

3.2.30 Sistema de lubrificação central com graxa (automático)


- “LIEBHERR”
Este equipamento é opcional.
O sistema de lubrificação central com graxa lubrifica todos os pontos de lubrifi-
cação conectados uns após os outros de modo automático.

Observação
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Não lubrifique manualmente todos os pontos de lubrificação não conectados ao


sistema de lubrificação central com graxa automático (como, p.ex., equipa-
mentos opcionais, etc.).

A bomba de lubrificação central com graxa que possui um reservatório transpar-


ente está instalada na parte esquerda da máquina atrás do acesso.

copyright by

166 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Observação
O sistema de lubrificação central com graxa pode ser comandado na “Unidade de
comando” e na “Unidade de indicação”.
u Comando por meio da unidade de indicação, ver parágrafo Unidade de indi-
cação em “Sistema de lubrificação central com graxa (automático) -
“LIEBHERR””!

O botão do sistema de lubrificação central está instalado no painel de instru-


mentos à direita.

Fig. 270: Sistema de lubrificação central com graxa automático


1 Bomba de lubrificação central com 7 Válvula de sobrepressão
graxa
2 Acoplamento de enchimento 8 Bocal de lubrificação para lubrifi-
rápido cação manual
3 Asa de mistura 9 Coletor de sujeira transparente
4 Reservatório transparente 10 Ímã (ímãs) de retenção - coletor
de sujeira transparente
5 Conexão ao sensor de nível 11 Botão - sistema de lubrificação
central
6 Bocal cônico de enchimento
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Outros componentes do sistema de lubrificação central com graxa automá-


tico:
– botão - sistema de lubrificação central (na cabine do motorista),
– díodos luminosos (LEDs) para o controle do funcionamento,
– um distribuidor principal progressivo,
– vários distribuidores secundários progressivos,
– motor.

copyright by

L 580-459 / 25400 167


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Função básica
O sistema de lubrificação central com graxa automático - “LIEBHERR” é uma
unidade progressiva.
Ela lubrifica de modo progressivo, isto é, lubrifica todos os pontos de lubrificação
conectados uns após os outros.
A bomba de lubrificação central com graxa bombeia o lubrificante por meio de
tubos de lubrificação para o distribuidor progressivo principal e vários distribui-
dores secundários.
Uma válvula de sobrepressão monitora a lubrificação dos vários pontos de lubrifi-
cação.
Após ligar o motor e liberar o freio de imobilização, o processo de lubrificação é
ativado.
Os pontos de lubrificação ativos conectados são lubrificados após o tempo de
intervalo ajustado.
Quando o reservatório transparente está vazio, não se efetua a lubrificação.

Função dos LEDs


A respectiva função do sistema de lubrificação central com graxa é indicada por
intermédio dos LEDs no botão - sistema de lubrificação central.
LED 1 - modo de utilização ligeira
LED 2 - modo de utilização média
LED 3 - modo de utilização difícil

Díodo luminoso Função


um LED acende Modo 1, 2 ou 3 ajustado
Bomba está lubrificando no respectivo
um LED pisca
modo 1, 2 ou 3
todos os 3 LEDs acendem O reservatório de graxa está vazio
Defeito no sistema de lubrificação
todos os 3 LEDs piscam
central

Tab. 18

Tempos de lubrificação, ciclo e pausa


O sistema eletrônico principal (MASTER) comanda o sistema de lubrificação
central.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

168 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 272: Sistema de lubrificação central com graxa automático


1 Botão - sistema de lubrificação 5 Acoplamento de enchimento
central (enchimento rápido)
2 LED esquerdo - modo 1 (utilização 6 Bocal cônico de enchimento
ligeira)
3 LED central - modo 2 (utilização 7 Bomba de lubrificação central com
média) graxa
4 LED direito - modo 3 (utilização
difícil)
No ritmo do respectivo ajuste, efetuam-se automaticamente todas as outras lubrifi-
cações.
Se a ignição for desligada durante a lubrificação (parada do motor) ou o freio de
imobilização for ativado, o aparelho de comando pára a lubrificação.
Após a partida do motor e a liberação do freio de imobilização, a lubrificação é
continuada no ponto anteriormente interrompido.

Ajustar os tempos de pausa


Se o botão - sistema de lubrificação central for acionado durante mais do que 2
segundos, é comutado para o modo de ajuste.
Se o botão permanecer pressionado, o modo é alterado em cada segundo ou com
cada pressionamento do botão.
Se o botão não for acionado durante 3 segundos, o último modo é salvado.

Nível do modo Díodo luminoso Tempo de pausa


Modo 1 O LED esquerdo acende Tempo de pausa 45 min.
Tempo de pausa 30 min.
Modo 2 O LED central acende
(alterável)
Modo 3 O LED direito acende Tempo de pausa 20 min.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Tab. 19

copyright by

L 580-459 / 25400 169


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Lubrificação intermediária - operação


Com o botão - lubrificação intermediária existe a possibilidade de acionar a qual-
quer altura uma lubrificação intermediária com a ignição ligada.

Para acionar uma lubrificação intermediária:


u acione durante alguns instantes o botão (menos de 2 segundos).
w A bomba efetua um ciclo de lubrificação selecionado.
w Depois, é comutado de volta para o modo de funcionamento normal.

Erro do ciclo
Causa para os erros do ciclo:
– motor com defeito,
– ponto de lubrificação, conduto de lubrificação ou distribuidores entupidos.
Quando não for possível realizar os ciclos ajustados no tempo predefinido:
– piscam todos os 3 LEDs no botão - sistema de lubrificação central.
Em caso de um erro do ciclo, é indicado um código de serviço no display.
Ver também - capítulo 4 em “Tabelas com códigos de serviço”.
u Para a eliminação da causa, consulte o SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA AO
CLIENTE LIEBHERR!

Reservatório - nível de graxa baixo demais


Quando o nível de graxa for baixo demais no reservatório, isso é indicado por
intermédio da iluminação de todos os 3 LEDs no botão - sistema de lubrificação
central.

Encher o reservatório

NOTA
Perigo de danos do sistema!
u Ao encher, tenha atenção ao nível de limpeza!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

170 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Fig. 276

Encher o reservatório:
u por meio do acoplamento de enchimento 1 (enchimento rápido) ou do bocal
cônico de enchimento 2.
w Especificação da graxa: ver – capítulo 5 em “Lubrificantes e combustíveis”.

Purgar o ar do sistema

Observação
Se o reservatório de lubrificante tiver sido totalmente esvaziado de modo involun-
tário.
u Purgue o sistema.

Procedimento
u Desparafuse o conduto principal da saída da bomba.
u Ative o impulso de lubrificação auxiliar até sair lubrificante sem bolhas da saída
da bomba.
u Conecte o conduto principal de novo.
u Ative um processo de lubrificação adicional.

3.2.31 Dispositivo de aviso de marcha à ré


Este equipamento é opcional.
O dispositivo de aviso de marcha à ré serve para avisar pessoas que se encon-
trem na área de perigo da máquina durante a marcha à ré.
Variantes:
– Dispositivo de aviso de marcha à ré acústico
– Dispositivo de aviso de marcha à ré ótico
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Os dispositivos de aviso de marcha à ré acústico e ótico também podem estar


montados de forma combinada.

AVISO
Perigo de acidente devido a marcha à ré da máquina!
Uma visão limitada durante a marcha à ré pode causar acidentes com lesões
graves ou a morte de pessoas perto da máquina!
u Durante a marcha à ré, você tem de se certificar de que possui uma visão clara
no sentido de marcha e tem de ter atenção às prescrições de segurança!

copyright by

L 580-459 / 25400 171


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Dispositivo de aviso de marcha à ré acústico


O dispositivo de aviso de marcha à ré é ativado de modo automático na marcha à
ré.
Opcionalmente o dispositivo de aviso de marcha à ré também pode ser comutado
pelo percurso.

Fig. 277: Dispositivo de aviso de marcha à ré acústico


1 Interruptor - sentido de marcha F = Sentido de marcha - para a
frente ( Forward)
2 Símbolo - sentido de marcha “à R = Sentido de marcha - à ré
ré” (Reverse)
u Pressionar o interruptor 1 para o sentido de marcha R = À RÉ.
w O dispositivo de aviso de marcha à ré montado no espaço do motor emite
um sinal de aviso acústico (som intervalado).
Suprimir o dispositivo de aviso de marcha à ré
Este equipamento é opcional.

AVISO
Perigo de acidente aumentado em caso de marcha à ré sem dispositivo de aviso
de marcha à ré.
u Conduza em marcha à ré com especial cuidado.

Fig. 279: Suprimir o dispositivo de aviso de marcha à ré


1 Interruptor - dispositivo de aviso
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

de marcha à ré
u Pressione o interruptor 1.
w O símbolo do interruptor está aceso
w Sem sinal de aviso acústico

Observação
Voltar a ativar o dispositivo de aviso de marcha à ré!
u Pressione o interruptor 1 (símbolo do interruptor apaga).

copyright by

172 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Dispositivo de aviso de marcha à ré ótico


Dependendo da versão está(ão) montado(s) o(s) seguinte(s) dispositivo(s) de
aviso no aparelho:
– duas lâmpadas de aviso de cor - vermelha
– luz de aviso giratória na traseira - amarela
– luz de aviso giratória em cima da cabine do motorista - amarela

Fig. 280: Dispositivo de aviso de marcha à ré ótico


1 Lâmpadas de aviso 3 Luz de aviso giratória em cima da
cabine do motorista
2 Luz de aviso giratória na traseira

Lâmpadas de aviso e luzes de aviso giratórias na traseira

Fig. 281: Lâmpadas de aviso e luzes de aviso giratórias na traseira


1 Interruptor - sentido de marcha F = Sentido de marcha - para a
frente ( Forward)
2 Símbolo - sentido de marcha “à R = Sentido de marcha - à ré
ré” (Reverse)
u Acione o interruptor 1 para o sentido de marcha R = À RÉ.
De acordo com a versão:
w piscam ambas as lâmpadas de aviso
w a luz de aviso giratória acende
As “lâmpadas de aviso” dos dispositivos de aviso de marcha à ré e a “luz de aviso
giratória na traseira” não podem ser suprimidas.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Luz de aviso giratória em cima da cabine do motorista


Funções ajustáveis:
– desligadas
– funcionamento permanente
– dispositivo de aviso de marcha à ré

copyright by

L 580-459 / 25400 173


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

AVISO
Perigo de acidente aumentado em caso de marcha à ré sem dispositivo de aviso
de marcha à ré.
u Conduza em marcha à ré com especial cuidado.

Fig. 282: Luz de aviso giratória em cima da cabine do motorista


1 Interruptor - luz de aviso giratória/ II Nível - dispositivo de aviso de
dispositivo de aviso de marcha à marcha à ré

I Nível - funcionamento permanente a Desligadas
u Pressione o interruptor 1 no nível I.
w O símbolo do interruptor está aceso
w Em funcionamento permanente, a luz de aviso giratória está dependente da
seleção do sentido de marcha.
u Pressione o interruptor 1 no nível II.
w O símbolo do interruptor está aceso
w A luz de aviso giratória somente está ativa no sentido de marcha R = À RÉ.
u Pressione o interruptor 1 para a pos. a.
w O símbolo do interruptor apaga.
w A luz de aviso giratória apaga.

Observação
Botão da luz de aviso giratória na unidade de comando.
u Botão da luz de aviso giratória na unidade de comando (Para mais informa-
ções, consulte: 3.2.20 Unidades de comando, página 138) .

3.2.32 Acionamento da ventoinha reversível


Este equipamento é opcional.
A inversão da ventoinha serve para limpar o refrigerador (radiador) .
O intervalo para a repetição da inversão da marcha pode ser regulado individual-
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

mente de acordo com o uso e a necessidade de limpeza.


O intervalo regulado é de 5 - 90 min.
A regulação de fábrica do sentido de marcha invertido da ventoinha é:
– Tempo de funcionamento da ventoinha é 20 seg.,
– Intervalo a cada 30 min .

copyright by

174 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Operação

Observação
A inversão da ventoinha pode ser comandada na “unidade de comando” e
“unidade de indicação.”
u Operação por meio da unidade de indicação -

Inversão da ventoinha - ajustar o intervalo de tempo


Você tem de se certificar de que o sistema elétrico da máquina está ligado.

Procedimento

Fig. 283: Indicação e botão - acionamento da ventoinha reversível


1 Unidade de indicação 3 Indicação - intervalo do aciona-
mento da ventoinha reversível
2 Botão, lâmpada de controle - acio-
namento da ventoinha reversível
u Pressione o botão 2 acionamento da ventoinha reversível mais do que 2 seg.
w O diodo luminoso esquerdo acende enquanto o sentido de marcha da
ventoinha estiver ativado.
u Graças ao pressionamento múltiplo do botão é possível alterar gradualmente o
intervalo de tempo.
w O intervalo de tempo ajustado é indicado na unidade de indicação 1.
w Ver indicação - intervalo do acionamento da ventoinha reversível 3.
w Duração da indicação aprox. 3 seg. depois da liberação do botão.
w Após 3 seg. sem acionamento do botão, ou por meio do desligamento do
sistema elétrico, o tempo ajustado é aceito e salvado.

Ligar a inversão da ventoinha

Observação
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

O ajuste mantém-se memorizado depois de desligar a ignição.


u Deste modo, a função volta a ser ativada após uma nova ligação da ignição.

Procedimento
u Pressione o botão 2 acionamento da ventoinha resistível no máx. 2 seg.
w A inversão do sentido de rotação da ventoinha está ativada para a repetição
da inversão com o intervalo regulado.

copyright by

L 580-459 / 25400 175


Operação, funcionamento Manual de instruções
Operação

Fig. 285
w Cor do símbolo branco - Ventoinha sem inversão
w Cor do símbolo verde - Ventoinha com inversão

Desligar a inversão da ventoinha


Procedimento
u Pressione o botão 2 acionamento da ventoinha reversível no máx. 2 seg.

3.2.33 LiDAT
Este equipamento é opcional.
LiDAT é um programa de transferência e de localização de dados para máquinas
Liebherr e máquinas de outros fabricantes. Se baseando na tecnologia moderna
de transmissão de dados, LiDAT fornece informações para a locação, bem como
para o funcionamento das máquinas e permite, assim, um gerenciamento eficiente
dos mesmos, um planejamento de intervenção e o monitoramento remoto.
Com LiDAT, os dados da máquina importantes podem ser consultados a qualquer
momento. De acordo com a versão do software, os dados são atualizados várias
vezes ao dia e podem ser consultados a qualquer momento em um browser Web.
Em especial as informações de cariz importante, tais como, por exemplo, a saída
do aparelho de uma zona predefinida ou mensagens de determinados estados
operacionais e parâmetros de utilização também podem ser consultados.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

176 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

3.3 Funcionamento

3.3.1 Colocação em funcionamento - diária


Você tem de se certificar de que:
q antes da colocação em funcionamento diária da máquina, as “tarefas de manu-
tenção (diárias) a cada 10 horas de serviço” foram realizadas (Para mais infor-
mações, consulte: 5.1 Plano de manutenção e inspeção, página 317) .
q existe combustível diesel suficiente para o trabalho diário (Para mais informa-
ções, consulte: Abastecer combustível diesel, página 178) .

Posição de operação
Para colocar a máquina em posição de operação, proceda do seguinte modo:
– Ligar a chave geral da bateria
– Fechar portas, tampas e capôs de serviço
– Soltar o bloqueio da articulação
– Colocar o equipamento de trabalho na posição inicial

Ligar o interruptor principal da bateria


O interruptor principal da bateria está situado atrás/à esquerda do espaço do
motor.

Fig. 286: Ligar o interruptor principal da bateria


1 Interruptor principal da bateria 2 Chave
u Ligue o interruptor principal da bateria 1 com a chave 2.

Fechar portas, tampas e capôs de serviço


u Feche todas as portas e capôs de serviço e tranque tudo o que for possível.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Soltar o bloqueio da articulação

AVISO
Perigo de acidente devido a articulação bloqueada!
Não é possível realizar funções de direção com o bloqueio da articulação colo-
cado.
u Soltar o bloqueio da articulação.

u (Para mais informações, consulte: Soltar o bloqueio da articulação, página 76)

copyright by

L 580-459 / 25400 177


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Colocar o equipamento de trabalho na posição inicial

Fig. 287: Posição inicial

u Coloque a pá na horizontal sobre o chão.

Abastecer combustível diesel


Certifique-se de que a máquina está em posição de operação.

Fig. 288: Segurança durante o abastecimento

PERIGO
Perigo de incêndio e de explosão!
u Não fume e evite chamas abertas ao abastecer combustível.
u Somente abastecer com o motor desligado.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 289: Tanque de combustível


1 Tampa do tanque 2 Tampa de proteção
u É fundamental respeitar as regras de segurança para o abastecimento (Para
mais informações, consulte: 2.4.3 Instruções para evitar riscos de incêndio e
explosão, página 58) .
u Abasteça somente combustível limpo (Para mais informações, consulte:
5.3.3 Combustíveis, página 327) .

copyright by

178 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

u Antes de retirar a tampa do tanque, limpe cuidadosamente a área em torno da


tampa do tanque.
u Desloque a tampa de proteção 2.
u Desbloqueie a fechadura do tanque e remova a tampa.
u Se necessário, reabasteça combustível diesel.
u Para atuar contra a formação de condensação no tanque, sempre que possível,
abasteça combustível diesel após o fim do trabalho.
A máquina está pronta a funcionar.

3.3.2 Partida do motor diesel

Fig. 290: Manual de instruções


1.) ler e entender 2.) conduzir e trabalhar
A máquina só deve ser colocada em funcionamento depois de uma leitura atenta
do manual de operação por parte do motorista.

Observação
A máquina está equipada com um mecanismo de translação hidrostático.
u O motor não pode ser acionado por meio de empurrão ou tração.

Providências de partida
Antes da partida da máquina, é necessário tomar as seguintes providências.
Certifique-se de que a máquina está em posição de operação (Para mais informa-
ções, consulte: Posição de operação, página 177) .

Observação
Se a máquina estiver equipada com um bloqueio eletrônico antiroubo!
u Desative o bloqueio eletrônico antiroubo somente com uma chave devidamente
programada.

Processo de partida
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Certifique-se de que estão satisfeitas as seguintes condições:


q A máquina está em posição de operação.
q O cinto de segurança está colocado.

Ligar a ignição
u Ligue o sistema elétrico com a chave de contato na posição - I.
w A fase de partida no sistema eletrônico principal (MASTER) está sendo real-
izada.

copyright by

L 580-459 / 25400 179


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fase de partida no sistema eletrônico principal (MASTER)


Procedimento durante a “Fase boot”.

Fig. 292: Unidades de comando


1 Teclado elétrico 2 Unidade de comando – bus CAN
Na fase de partida, o sistema de comando (bus CAN) é iniciado.
Durante a “Fase boot”, todos os LEDs em todos os botões da unidade de
comando - bus CAN 2 acendem por breves instantes.

Operacionalidade no sistema eletrônico principal (MASTER)


A operacionalidade para a partida do motor diesel é indicada como se segue:
Os LEDs na maior parte dos botões voltam a apagar-se.

Fig. 293

Os LEDs nos seguintes botões não se apagam:


– Botão 1 - freio de imobilização,
– Botão 2 - bloqueio do sistema hidráulico,
– todos os botões com multifunção (desde que esses ainda estejam ativos desde
a última colocação em funcionamento).
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

180 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Fig. 294: Unidade de indicação

Depois da “Verificação” da unidade de indicação, os seguintes símbolos acendem


com a chave na posição - I:
1 Pressão do óleo do motor
2 Carga da bateria (controle de carregamento)
3 Pressão no reservatório do sistema de freio (acende com pressão de reserva
dos freios baixa demais)
4 Controle do pré-aquecimento (acende a temperaturas inferiores a + 5 °C)
5 Bloqueio do sistema hidráulico de trabalho
6 Freio de imobilização
Se necessário, desligar o período de pré-aquecimento:
u (Para mais informações, consulte: Pré-aquecimento do motor, página 181)

Pré-aquecimento do motor
O tempo de pré-aquecimento depende da temperatura exterior existente.
Em caso de graus positivos acima dos 5 °C, o pré-aquecimento do motor não se
efetua.

Observação
O símbolo “Controle do pré-aquecimento” apaga após o período de pré-aqueci-
mento, o que significa que o motor está pronto para ser acionado.
u O período de pré-aquecimento também é, no máximo, de 20 segundos em
caso de temperaturas extremamente baixas.

Em caso de temperaturas inferiores a + 5 °C :


u Aguarde que o símbolo para o “Controle do pré-aquecimento” se apague.
Em caso de temperaturas inferiores a + 5 °C :
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w O comando do motor diesel comanda o período de pré-aquecimento até a


operacionalidade.
w O tempo de pré-aquecimento tem uma duração de 0 até 20 segundos,
dependente da temperatura.

Partida do motor
O motor está pronto para ser acionado assim que:
– o sistema de comando (bus CAN) é iniciado,
– no display (unidade de indicação) acendem os símbolos habituais (p.ex. freio
de parqueamento),

copyright by

L 580-459 / 25400 181


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

– os indicadores nos instrumentos analógicos são mostrados de modo visível,


– o símbolo “Controle do pré-aquecimento” está apagado.

Fig. 296: Interruptor de partida - posição de partida

u Gire a chave de contato para a posição de partida - II - e mantenha-a nessa


posição até o motor começar trabalhando.
u Durante aprox. 20 segundos, dê a partida no motor.
Se o motor não pegar:
u Coloque a chave de contato de novo na posição 0.

Eliminação de problemas
O motor não pega!
u Após uma pausa de 60 segundos, repita o procedimento.
Se o motor não estiver funcionando após três processos de partida, procure e
elimine a causa.
u (Para mais informações, consulte: 4 Avarias de funcionamento, página 279)

u Assim que o motor estiver funcionando, libere a chave de contato.


w A chave de contato volta automaticamente para a posição de operação.
Quando o motor começar a trabalhar, os seguintes símbolos devem
apagar:
w 1 Pressão do óleo do motor
w 2 Carga da bateria
w 3 Pressão de reserva dos freios

Eliminação de problemas
Os campos de símbolos não apagam?
u Desligue o motor e identifique a causa do problema segundo o parágrafo
“Falhas na operação”.

u Quando o motor estiver trabalhando, reduza o número de rotações do motor


somente para um número de rotações médio.
u Deixe o motor aquecer durante algum tempo: através do acionamento do equi-
pamento de trabalho com carga média.
u Somente depois, aumente progressivamente até a carga total.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

182 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Providências de partida com temperaturas de congela-


mento

Fig. 297: Operação no Inverno

Em caso de temperaturas extremamente baixas, as seguintes providências facil-


itam o processo de partida.
Providências:
– Verifique a carga da bateria.
Se necessário, recarregue a bateria.
– Utilize combustível de Inverno (Para mais informações, consulte:
5.3.3 Combustíveis, página 327) .
– Utilize o aquecimento adicional - pré-aquecimento do motor (água de refriger-
ação):
Em caso de necessidade, a máquina pode ser equipada com um aquecimento
adicional - pré-aquecimento do motor (água de refrigeração).
O aquecimento adicional - pré-aquecimento do motor pode ser adquirido como
opção junto a seu representante da LIEBHERR.

AVISO
Perigo de explosão do motor diesel!
Há perigo de explosão em caso de utilização de fluidos auxiliares à base de éter
para motores diesel com sistema de pré-aquecimento!
u Não utilize fluidos auxiliares à base de éter.

u Tome as devidas providências para a partida do motor em caso de tempera-


turas de congelamento.

3.3.3 Marcha

Marcha - preparações
Certifique-se de que as seguintes condições estão cumpridas:
q A máquina está em posição de operação (Para mais informações, consulte:
Posição de operação, página 177) .
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

q Os espelhos e outros auxílios visuais (por ex. câmara de marcha à ré) estão
ajustados de forma a garantir a melhor visão periférica possível. (Para mais
informações, consulte: 2.4.20 Ver e ser visto, página 70) .
q Todos os dispositivos de iluminação foram verificados e estão corretamente
ajustados (Para mais informações, consulte: 5.13 Sistema elétrico,
página 385) .
q O motor está funcionando.

copyright by

L 580-459 / 25400 183


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Posicionar o equipamento de trabalho


Encontra indicações detalhadas:
– (Para mais informações, consulte: 3.2.22 Alavanca de operação - LIEBHERR,
página 151)
– (Para mais informações, consulte: 3.3.6 Coluna de elevação - acionamento,
página 202)

Fig. 298: Posicionamento da pá

u De acordo com cada posição inicial, eleve ou baixe a coluna de elevação.


u Coloque a pá na posição desejada.

Liberar o freio de imobilização


Quando o freio de imobilização está acionado, o bloqueio de marcha está ativado.
Não é possível pré-selecionar o sentido de marcha!

Fig. 299: Liberar o freio de imobilização


1 Símbolo - freio de imobilização 3 Díodos luminosos
2 Botão - freio de imobilização
u Libere o freio de imobilização, para isso, pressione o botão 2.
w Todos os 3 LEDs no botão apagam.
w O símbolo 1 para o freio de imobilização apaga.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Selecionar o sentido de marcha

AVISO
Selecionar o sentido de marcha!
u Com o sentido de marcha selecionado, a máquina pode arrancar mesmo sem
acionamento do pedal do acelerador.

Depois de ligar o sistema elétrico pode ocorrer a seguinte situação.

copyright by

184 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

O símbolo – sentido de marcha “para a frente” ou “à ré” pisca:


– quando a chave de contato está na posição - I - ou - II,
quando o interruptor para o sentido de marcha à ré ainda se encontra na
posição de marcha “Para a frente” ou “à ré”.
– quando a chave de contato está na posição - II,
e o botão – freio de imobilização está acionado.
A função intermitente do símbolo emite adicionalmente um “Sinal acústico”.

Quando a situação descrita anteriormente permanecer:


u Comute o interruptor do sentido de marcha para a posição central ou neutral.
w Você tem de se certificar de que o freio de imobilização está desativado.
w A seleção do sentido de marcha para a frente ou à ré é outra vez possível
por intermédio do acionamento do respectivo interruptor para o sentido de
marcha.

Fig. 301: Alavanca de operação LH e unidade de indicação


1 Interruptor para o sentido de 3 Símbolo - sentido de marcha “À
marcha ré”
2 Símbolo - sentido de marcha 4 Símbolo - sentido de marcha
“Posição neutra” “Para a frente”
u Acione o interruptor 1 para o sentido de marcha F = PARA A FRENTE.
ou
Acione o interruptor 1 para o sentido de marcha R = À RÉ.
w De acordo com a posição de comutação, o símbolo marcha para a frente 4
ou marcha à ré 3 acende.
u Posição neutra - N - para a comutação neutra do sentido de marcha;
w O mecanismo de translação é comutado para “Neutro”.
w A indicação exibe o nível da caixa de câmbio - G1.

Selecionar os raios de ação de marcha


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 302: Unidade de indicação

Depois de ligar o sistema elétrico, a máquina comuta automaticamente para o raio


de ação de marcha automático - A1-3 - e o mecanismo de translação para neutro -
N -.

copyright by

L 580-459 / 25400 185


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Ambas as situações são assinaladas pelos símbolos 2 e 3 na unidade de indi-


cação.
A comutação (seleção) dos raios de ação de marcha é feita com o botão 4 ou 6
da “Unidade de comando”.
Todos os três LEDs 5 acendem por breves instantes pressionando o botão.
O nível da caixa de câmbio 1 comutado é exibido na unidade de indicação.
É possível comutar para outro raio de ação de marcha durante qualquer veloci-
dade de marcha.
Na comutação de uma velocidade de marcha alta demais:
– a máquina é freada de modo hidrostático,
– em seguida, ocorre a comutação automática do raio de ação de marcha.
É possível selecionar entre os seguintes raios de ação de marcha:
Mudança fixa - F1 - para marchas lentas (em terrenos íngremes);
– Durante o processo, a caixa de câmbio comuta para o nível - G1.
– A indicação de segmento exibe o nível da caixa de câmbio - G1 -.

Mudança fixa - F2 - para uso durante o trabalho;


– Durante o processo, a caixa de câmbio comuta para o nível - G2.
– A indicação de segmento exibe o nível da caixa de câmbio - G2 -.

Raio de ação de marcha automático - A1-2 - para uso durante o trabalho;


– Durante este processo, a caixa de câmbio comuta automaticamente para o
nível - G1 - ou - G2 -.
– Se efetuar a comutação com a máquina parada, depois da comutação, o indi-
cador exibe o nível da caixa de câmbio - G1 .
– Se efetuar a comutação com a máquina em funcionamento, depois da comu-
tação, a indicação de segmento exibe o respectivo nível da caixa de câmbio
intermediária dependendo da velocidade.
Raio de ação de marcha automático - A1-3 - para uso durante o trabalho;
– Durante este processo, a caixa de câmbio comuta automaticamente para o
nível - G1 -, - G2 - ou - G3 -.
– Se efetuar a comutação com a máquina parada, depois da comutação, o indi-
cador exibe o nível da caixa de câmbio - G1 -.
– Se efetuar a comutação com a máquina em funcionamento, depois da comu-
tação, a indicação de segmento exibe o respectivo nível da caixa de câmbio
intermediária dependendo da velocidade.
Raio de ação de marcha automático - A2-3 - para circular em vias públicas ou
marcha de transporte;
– Durante este processo, a caixa de câmbio comuta automaticamente para o
nível - G2 - ou - G3 -.
– Se efetuar a comutação com a máquina parada, depois da comutação, o indi-
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

cador exibe o nível da caixa de câmbio - G2 -.


– Se efetuar a comutação com a máquina em funcionamento, depois da comu-
tação, a indicação de segmento exibe o respectivo nível da caixa de câmbio
intermediária dependendo da velocidade.
Vmax - para uma marcha lenta necessária;
– A máquina mantém a velocidade que estava a circular no momento da ativação
da função como velocidade de marcha máxima.
– Somente possível nos raios de ação de marcha F1 e F2.
– De acordo com a mudança fixa selecionada, o indicador exibe o nível da caixa
de câmbio - G1 - ou - G2 -.

copyright by

186 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Iniciar a marcha
Depois de ligar o sistema elétrico, o raio de ação de marcha - A1-3 - está automa-
ticamente engrenado.
A indicação de segmento da “Unidade de indicação” exibe o nível da caixa de
câmbio - G1 -.
Você tem de se certificar de que foram realizados os preparativos para a marcha.
(Para mais informações, consulte: Marcha - preparações, página 183)

Fig. 309: Pedal do acelerador e indicação da velocidade


1 Pedal do acelerador 3 Nível da caixa de câmbio
2 Indicador - velocidade de marcha 4 Símbolo - sentido de marcha
u Acione o pedal do acelerador 1.
w A máquina começa a rolar.
u Regule a velocidade com o pedal do acelerador.
w O nível da caixa de câmbio 3 comutado durante a partida é exibido.
w A respectiva velocidade é indicada na indicação da velocidade de marcha 2.

Conduzir
No parágrafo “Métodos de trabalho” podem ser consultadas as devidas explica-
ções para a realização do trabalho, da condução, do transporte e da transferência
de materiais.
Após começar a circular com a máquina, verifique rapidamente o funcionamento
da direção e do freio. (Para mais informações, consulte: 5.11.1 Direção - verificar a
função, página 381) ou (Para mais informações, consulte: 5.12.1 Verificar o
funcionamento e a atuação dos freios de imobilização e de serviço, página 383)

Proteção contra excesso de rotações


Ao descer montanhas íngremes, as rotações do motor diesel e dos motores de
regulação podem ser excessivas.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Para a segurança da máquina e para sua segurança, a máquina está equipada


com uma proteção contra excesso de rotações.
A proteção contra excesso de rotações não protege de danos devido a descidas
íngremes de montanha descuidadas ou deliberadas!

NOTA
Ao descer montanhas de modo descuidado ou demasiado rápido, as rotações do
motor diesel e os motores de regulação podem ser excessivas!
u Evite descidas rápidas em montanhas!

copyright by

L 580-459 / 25400 187


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Conduzir em percursos planos

Fig. 310

Ao alcançar uma determinada velocidade de marcha em todos os raios de ação de


marcha - para frente e para trás, a quantidade de débito da bomba do sistema
hidráulico de translação é reduzida.
Esta velocidade situa-se ligeiramente por baixo da velocidade máxima de marcha
indicada em todos os raios de ação de marcha.
Assim, em percursos planos, evita-se que a velocidade máxima permitida seja
excedida.
A proteção contra excesso de rotações não é ativada.

Ao descer montanhas íngremes

Fig. 311
1 Indicador - proteção contra
excesso de rotações
Ao alcançar uma determinada velocidade de marcha em todos os raios de ação de
marcha - para frente e para trás, a quantidade de débito da bomba do sistema
hidráulico de translação é reduzida.
Assim, a máquina é freada de modo hidrostático.
Se, devido à inclinação íngreme, a velocidade máxima de marcha indicada em
todos os raios de ação de marcha – para frente e para trás, for excedida, então a
proteção contra excesso de rotações é ativada.
Funções da proteção contra excesso de rotações:
– proteção contra velocidades de marcha demasiado elevadas
– proteção contra excesso de rotações do motor diesel
– proteção contra excessiva velocidade de marcha na montanha
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– mensagem de retorno acústica/ótica


Em caso de excesso de rotações acontece a seguinte reação:
– o freio automático do eixo traseiro é ativado
– durante 1 segundo é emitido um sinal de aviso

NOTA
Ao descer montanhas de modo descuidado ou demasiado rápido, as rotações do
motor diesel e os motores de regulação podem ser excessivas.
u Evite descer montanhas íngremes de modo descuidado ou demasiado rápido!

copyright by

188 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Descidas de montanha descuidadas ou deliberadas significa:


– o motorista desceu a montanha com velocidade a mais.
– o freio automático do eixo traseiro (proteção contra excesso de rotações) está
ativo durante mais de 3 segundos devido a excesso de rotações do motor
diesel ou dos motores de regulação.

Observação
Se, devido à inclinação do percurso, a velocidade continuar a aumentar.
u Reduza a velocidade por meio do freio!

Se descer um percurso longo e íngreme:


u Acione antes o modo Kick-Down. (Para mais informações, consulte: Conduzir
com a comutação Kick-Down, página 189)
w A máquina é freada automaticamente de modo hidrostático e o sistema
eletrônico principal (MASTER) comuta para a 1ª mudança (raio de ação de
marcha - I -).
w A 1ª mudança permanece engrenada enquanto o pedal do acelerador não
for acionado.

Conduzir com a comutação Kick-Down


A comutação Kick-Down possibilita uma mudança manual e limitada temporaria-
mente para a 1ª mudança.

Fig. 312: Alavanca de operação LH


1 Alavanca de operação LH 3 Interruptor - sentido de marcha
2 Botão - Kick-Down
A comutação Kick-Down é utilizada nas seguintes situações:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 313

a) na aproximação do monte de material:


– Para poder trabalhar no monte de material com a 1ª mudança.
Através da comutação Kick-Down, a máquina é freada de forma hidrostática e
é realizada a comutação para a 1ª mudança.
Ao entrar no monte de material, a 1ª mudança permanece comutada enquanto
existir uma elevada resistência de marcha.
Ao comutar o sentido de marcha, o modo Kick-Down é suspenso.

copyright by

L 580-459 / 25400 189


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Se você pretender usar a comutação Kick-Down:


u pressione o botão Kick-Down 2 na alavanca de operação LH 1.

Fig. 314

b) durante a marcha em terrenos íngremes:


– Antes de descer uma montanha íngreme, com a comutação Kick-Down, você
também pode engrenar o raio de ação de marcha I (1ª mudança).
A 1ª mudança permanece engrenada enquanto o pedal do acelerador não é
acionado.
No modo Kick-Down, a velocidade de marcha máxima é de 8 km/h.
Se descer um percurso longo e íngreme:
u Acione antes o modo Kick-Down.
w A máquina é freada automaticamente de forma hidrostática e o sistema
eletrônico principal (MASTER) comuta para a 1ª mudança.
w A partir de uma elevada velocidade de marcha, em primeiro lugar é comu-
tado da 3ª mudança para a 2ª mudança e, em seguida, para a 1ª mudança.
w A 1ª mudança permanece engrenada enquanto o pedal do acelerador não é
acionado.
w Ao acionar o pedal do acelerador o sistema eletrônico principal comuta
automaticamente para a 2ª e 3ª mudança.

Fig. 315

c) subir terrenos íngremes de marcha à ré:


– No caso da seleção do sentido de marcha à ré, a máquina começa a marcha
na 2ª mudança.
Se isto não for possível devido a terreno íngreme, então, o sistema eletrônico
principal (MASTER) comuta automaticamente após 0,8 seg. para a 1ª
mudança.
Se não pretender aguardar os 0,8 segundos:
u Então, comute imediatamente para a 1ª mudança com a comutação Kick-
Down.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Se você pretender usar a comutação Kick-Down:


u Comute o interruptor – sentido de marcha 3 para marcha à ré e, simultanea-
mente, pressione o botão Kick-Down 2 na alavanca de operação LH 1.

Conduzir com a comutação Vmax (Tempomat)


Para a marcha lenta necessária, a função Vmax (Tempomat) pode ser ativada.
A função somente está disponível nas mudanças fixas F1 e F2 para a marcha
em frente.

copyright by

190 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Ativação com a máquina em funcionamento:


– A máquina mantém a velocidade a que estava circulando no momento da
ativação da função como velocidade de marcha máxima (Vmax).
A velocidade regulada deste modo é considerada como todo o gás.
Ativação com a máquina parada:
– A máquina circula com a velocidade mínima do respectivo nível da caixa de
câmbio.
Nível da caixa de câmbio G1: aprox. 4 km/h
Nível da caixa de câmbio G2: aprox. 10 km/h

Fig. 316

Para a partida com a velocidade pretendida (selecionar a mudança fixa F1 ou


F2):
u Pressione o botão 1 ou 3.
w Todos os três LEDs 2 acendem por breves instantes ao pressionar o botão.
w A indicação do segmento 5 indica o nível da caixa de câmbio intermediária
comutado.
u Pressione o botão 4 para Vmax (Tempomat).
w Todos os 3 LEDs no botão acendem.
u Acelere para alcançar a velocidade desejada.
A função não é ativada durante as seguintes condições:
– o botão para o sentido de marcha à ré foi acionado.
– A eletrônica de comando comuta para o raio de ação de marcha A1-3 .
Desligar Vmax (Tempomat): para isso, pressione o botão 4 de novo.
u Todos os 3 LEDs no botão apagam.
ou
Selecione um outro raio de ação de marcha.

Conduzir sem LFD


Sistema LFD = Liebherr Fahrschwingungs Dämpfung (amortecimento das oscila-
ções da marcha Liebherr).
Ao conduzir em percursos longos sem LFD, podem ocorrer vibrações do veículo
durante a marcha.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Por isto, o sistema LFD deve ser ligado em todos os casos e tipos de utilização em
percursos longos.
u Melhorar o conforto durante a marcha: para isso, ative o sistema LFD.

copyright by

L 580-459 / 25400 191


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Conduzir com LFD

Fig. 318: Conduzir com ou sem LFD


1 Conduzir sem LFD 2 Conduzir com LFD
O sistema LFD melhora o conforto durante a marcha em quase todos os estados
de marcha reduzindo as vibrações.
Por isto, o sistema LFD deve ser ligado em todos os casos e tipos de utilização em
percursos longos.

Ativação do sistema LFD

Quando o sistema LFD está ativado e a máquina alcançou uma determinada


velocidade de marcha, o sistema LFD é ligado automaticamente.

Fig. 319: Unidade de comando


1 Botão - amortecedor de vibrações 2 Díodos luminosos
A função é preparada por meio do acionamento do botão 1 para o amortecedor
de vibrações (sistema LFD).
u Pressione o botão 1 para o amortecedor de vibrações (sistema LFD).
w Todos os 3 LEDs no botão acendem.
w Assim, o funcionamento do sistema LFD está ativado.
w O sistema LFD é ligado automaticamente quando a velocidade de marcha
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

da máquina é superior a 10 km/h.

Inverter a marcha
A marcha da máquina pode ser invertida em qualquer raio de ação de marcha e
velocidade de marcha.

copyright by

192 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Processos de comutação para a inversão da marcha:


– Ao inverter a marcha nos raios de ação de marcha - A1-2 - (automático), - A1-3
- (automático) ou - A2-3 - (automático) não é efetuada nenhuma comutação
automática para o nível da caixa de câmbio - G1 -.
– A máquina somente comuta para o nível da caixa de câmbio - G1 - quando não
é possível iniciar a marcha no nível da caixa de câmbio - G2 -.

Fig. 321: Interruptor para o sentido de marcha e unidade de indicação


1 Interruptor para o sentido de 3 Símbolo - sentido de marcha “À
marcha ré”
2 Símbolo - sentido de marcha
“Para a frente”
u Comutar o sentido de marcha: Acione o interruptor 1.
w De acordo com a posição de comutação, o símbolo marcha para a frente 2
ou marcha à ré 3 acende.

Fig. 322: Pedal marcha gradual/freio

Se necessitar de efetuar uma inversão de marcha suave:


u Apoie a inversão de marcha através da redução adicional da rotação do motor
diesel.
ou
Apoie a inversão de marcha através de um leve acionamento do pedal combi-
nado freio/marcha gradual.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

w Deste modo, o processo de inversão da marcha é realizado suavemente.

Ajuste da força de tração


Para utilizações especiais (p.ex., utilização em areia), a força de tração máxima da
máquina pode ser ajustada. Deste modo, é impedido que as rodas girem em falso
em terrenos arenosos.
O ajuste da força de tração é feito:
– quando foi acionada a tecla para ajuste da força de tração
– somente em sentido de rodagem para a frente

copyright by

L 580-459 / 25400 193


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

– se a velocidade de marcha da máquina estiver abaixo de 3 km/h


– somente no nível da caixa de câmbio - G1 -

Reduzir/aumentar a força de tração


Comute o botão da adaptação da força de tração para o nível pretendido.
1 menos força de tração (abaixo de 100 % até 50 %)
2 mais força de tração (>50 % até 100 %)

Fig. 325: Unidade de comando


1 Botão - aumentar a força de 3 Botão - diminuir a força de tração
tração
2 Díodos luminosos
A força de tração pode ser regulada entre 100 % e 50 %.
O valor ajustado da força de tração é indicado na indicação segmentada durante o
acionamento do botão 1 ou 2.

Os LEDs 2 de ambos os botões 1 e 3 acendem de acordo com a força de tração


ajustada:
– com 95 % acendem 6 LEDs
– com 50 % acende 1 LED
Quando a força de tração estiver ajustada para 100 %:
u A função está desligada.
w Nenhum LED acende.

Circular em vias públicas


Antes de iniciar a circulação em vias públicas, você tem de se informar sobre as
condições do percurso (ruas, pontes, túneis, passagens subterrâneas, vias
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

estreitas, etc.), bem como sobre os limites de peso, altura e largura e a capaci-
dade de carga das pontes.
Em caso de pás carregadoras sobre rodas com uma velocidade máxima de
20 km/h, devido ao tipo de construção e por não possuírem uma chapa de licença
legal, é obrigatório colocar nos lados laterais o endereço do empreiteiro (sede da
empresa), assim como uma declaração do seguro de responsabilidade civil para o
funcionamento.
A pá carregadora sobre rodas só pode circular em vias públicas sem carga.

copyright by

194 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Antes de iniciar a circulação em vias públicas, você tem de se informar:


– junto do proprietário da máquina se estão cumpridas as condições necessárias
para a permissão de circulação em vias públicas.
• “Permissão de funcionamento”
• “Autorização excepcional”
– sobre as respectivas prescrições de segurança.
• (Para mais informações, consulte: 2.4.7 Instruções de segurança para a
condução em terrenos íngremes, página 61)
• (Para mais informações, consulte: 2.4.6 Instruções para trabalhar em segur-
ança, página 60)
Você tem de se certificar de que foram realizados os preparativos para a rodagem.

Marcha - preparações
Você tem de se certificar de que os dispositivos de segurança listados em seguida
em conformidade com as determinações dos regulamentos rodoviários se
encontram na máquina.

Fig. 327
q Triângulo de sinalização
q Luz de aviso rotativa
q Caixa de primeiros socorros
q Calço(s)
Você tem de se certificar de que foram executadas as seguintes tarefas.

Fig. 328: Limpeza molhada

u Retire a sujeira grossa da máquina e limpe o perfil das rodas. (Para mais infor-
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

mações, consulte: 5.20 Limpeza da máquina, página 405)


u Feche todas as portas, tampas e capôs de serviço e tranque tudo o que for
possível.

copyright by

L 580-459 / 25400 195


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 329: Proteção dos dentes e luzes delimitadoras

u Coloque a proteção dos dentes na pá.


u Coloque as luzes delimitadoras.
u Conecte o cabo para as luzes delimitadoras.

Conduzir
No parágrafo “Métodos de trabalho” podem ser consultadas as devidas explica-
ções para a realização do trabalho, da condução, do transporte e da transferência
de materiais.

Fig. 330: Altura de transporte

Certifique-se de que:
q ao “Conduzir”, a pá se encontra em posição de transporte.
Posição de transporte significa: o ponto de rotação do balde deve estar aprox.
40 cm acima do solo.
q a pá está basculada para dentro até ao encosto.
u Você tem de se certificar de que o sistema hidráulico de trabalho está
bloqueado contra acionamento involuntário. (Para mais informações, consulte:
Bloquear o sistema hidráulico de trabalho, página 199)
u Conduza sempre com o cuidado necessário.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Respeite as leis rodoviárias.

Freios
Existem duas possibilidades de frear a máquina:
– frear somente com o circuito hidrostático.
– frear com o circuito hidrostático e com o freio de lamelas.

Freagem hidrostática
A máquina é freada de modo hidrostático reduzindo a rotação do motor diesel.

copyright by

196 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

O acionamento hidrostático da máquina também atua na fase de retardamento


como freio de serviço.

Fig. 332: Pedal marcha gradual/freio e pedal do acelerador


1 Pedal marcha gradual/freio 2 Pedal do acelerador
u Reduza a rotação do motor diesel com o pedal do acelerador 2.

Freio de serviço
Se o sistema de freio hidrostático não for suficiente, a máquina deve ser freada
adicionalmente com o pedal de marcha gradual/freio 1.

Frenamento com o pedal marcha gradual/freio


Durante o frenamento existem dois âmbitos para o acionamento do pedal marcha
gradual/freio:
– Âmbito - I - somente para o sistema de freio hidrostático.
– Âmbito - B - para a freagem com o circuito hidrostático e com o freio de lamelas
úmido.

Fig. 333: Pedal marcha gradual/freio


1 Pedal marcha gradual/freio B Âmbito - FREAR
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

I Âmbito - MARCHA GRADUAL

AVISO
Em caso de um freagem da máquina em que o motorista não está usando o cinto
de segurança, há risco de acidente com lesões graves!
u Antes de colocar a máquina em funcionamento, é fundamental colocar o cinto
de segurança!
u Para frear a fundo em situações de perigo, o pedal de marcha gradual/freio
deve ser pressionado até o fim!

copyright by

L 580-459 / 25400 197


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

u Frear com o circuito hidrostático: acionar o pedal marcha de gradual/freio 1 no


âmbito - I - do percurso do pedal.
ou
Frear com o circuito hidrostático e com o freio de lamelas: acione o pedal de
marcha gradual/freio 1 no âmbito - B - do percurso do pedal.
w A máquina é freada com maior ou menor força.

Frear em situações de perigo

AVISO
Em caso de um freagem da máquina em que o motorista não está usando o cinto
de segurança, há risco de acidente com lesões graves!
u Antes de colocar a máquina em funcionamento, é fundamental colocar o cinto
de segurança!
u Para frear a fundo em situações de perigo, o pedal de marcha gradual/freio
deve ser pressionado até o fim!

u Acione o pedal de marcha gradual/freio 1 no âmbito - B - até o encosto.


w A máquina é freada com força.

AVISO
Freios pouco ou nada eficientes!
u Adicionalmente ao freio de serviço ativar o freio de estacionamento.
u Se isto não for suficiente desligar imediatamente a ignição.
u Entre em contato com o serviço de assistência a clientes da Liebherr.

Após a parada da máquina


Depois da máquina parar e antes do motorista abandonar a máquina com o motor
trabalhando, é necessário tomar as seguintes providências.

Ativar o freio de imobilização

O freio de imobilização só deve ser acionado quando a máquina estiver completa-


mente parada!
Ao ativar o freio de imobilização, o sentido de marcha selecionado também será
colocado em posição “neutra”.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 334: Unidade de comando


1 Símbolo - freio de imobilização 3 Díodos luminosos
2 Botão - freio de imobilização

copyright by

198 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

u Ative o freio de imobilização com o botão 2.


w Todos os três LEDs 3 no botão pressionado acendem.
w O símbolo 1 para o freio de imobilização acende.
w O freio de imobilização é ativado e o sentido de marcha é colocado em
posição “Neutra”.

Bloquear o sistema hidráulico de trabalho

Fig. 335: Unidade de comando


1 Símbolo - bloqueio do sistema 3 Díodos luminosos
hidráulico de trabalho
2 Botão – bloqueio do sistema
hidráulico de trabalho
u Contra um acionamento acidental do equipamento de trabalho, pressione o
botão 2 para o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho.
w Todos os três LEDs 3 no botão pressionado acendem.
w O símbolo 1 para o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho acende.
w Assim, o sistema hidráulico de trabalho é colocado fora de funcionamento.

Calçar a máquina

Se parquear a máquina em terrenos íngremes durante longos períodos, tome a


seguinte providência.

PERIGO
Perigo de acidente devido a rolamento da máquina!
u Calce a máquina contra rolamento.

u Retire os calços dos respectivos suportes.


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 336: Terrenos íngremes

u Calce a máquina contra rolamento com os devidos calços.

copyright by

L 580-459 / 25400 199


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

3.3.4 Colocar a máquina fora de funcionamento


Antes de desligar o motor e sair da máquina, é necessário tomar as seguintes
providências.

PERIGO
Perigo de acidente devido a rolamento indevido da máquina!
u Baixe a máquina sobre solo horizontal.

Baixar o equipamento de trabalho


Você tem de se certificar de que a pá carregadora está vazia.

Fig. 337: Movimento do braço da pá

u Baixar a coluna de elevação: mova a alavanca de operação no sentido - b.


u Colocar a pá no chão na horizontal: mova a alavanca de operação no sentido -
d.

Desligar o motor

NOTA
Perigo de danos do motor!
Isso é especialmente importante para motores com turbo.
Se desligar o motor de repente, o turbocompressor funciona por um curto período
sem abastecimento de óleo.
u Nunca desligue o motor de repente quando esse estiver em giro máximo.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 338: Desligar o motor

copyright by

200 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

u Reduzir o giro do motor para giro em ponto morto: tire o pé do pedal do aceler-
ador.
u Deixe o motor a trabalhar em ponto morto durante um breve período de tempo,
aprox. 10 a 15 segundos.
u Gire a chave de contato para a posição - 0 - e retire a mesma.
w Todos os símbolos apagam.
w O freio de estacionamento está ativado.
w O bloqueio do sistema hidráulico de trabalho está ativado.

Desligar o interruptor principal da bateria


O interruptor principal da bateria está situado atrás/à esquerda do espaço do
motor.

Quando abandonar a máquina e ela não permanecer vigiada:

NOTA
Perigo de danos do sistema elétrico!
u Não desligue a chave geral com o motor ligado.

(Para mais informações, consulte: 5.4.4 Desligar o interruptor principal da bateria,


página 347)
Quando desligar o interruptor principal da bateria:
u Primeiro, desligue o motor, e somente depois desligue o interruptor principal da
bateria.
Para bloquear a máquina contra uma utilização indevida,
u retire a chave do interruptor principal.

Calçar a máquina
Se parquear a máquina em terrenos íngremes durante longos períodos, tome a
seguinte providência.

PERIGO
Perigo de acidente devido a rolamento indevido da máquina!
u Calce a máquina contra rolamento indevido.

u Retire os calços dos respectivos suportes.


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 340: Terrenos íngremes

u Imobilize a máquina contra rolamento com os devidos calços.

copyright by

L 580-459 / 25400 201


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Posição de parqueamento
A chave de contato não pode ser retirada da ignição na posição de estaciona-
mento - P.
u Gire a chave de contato para a posição - P.
u Para estacionar a máquina em vias públicas, a chave geral da bateria pode
permanecer ligada.
Os seguintes consumidores estarão operacionais:
w Iluminação interior
w Sistema dos piscas de emergência
w Tomada/isqueiro
w Faróis de trabalho dianteiros
E se a máquina estiver equipada com os seguintes equipamentos adicionais,
também estarão operacionais:
w Luz de aviso rotativa
w Rádio
w Faróis de trabalho traseiros

PERIGO
Se a máquina for manejada por terceiros sem autorização, há elevado risco de
acidentes para o pessoal da manutenção!
u Bloqueie a máquina contra manejo não autorizado por terceiros!

Quando se afastar da máquina:


u Gire a chave de contato para a posição - 0 e retire a mesma.
w No painel de instrumentos ainda poderão ser ligados consumidores neces-
sários.
w (Para mais informações, consulte: 3.2.12 Interruptor de partida, página 103)

3.3.5 Desligamento do motor - automático


Este equipamento é opcional.
O desligamento automático do motor é realizado quando o filtro das partículas
diesel funcionar durante mais de 5 minutos com uma rotação abaixo de 1000 rpm.

3.3.6 Coluna de elevação - acionamento


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 342: Alavanca de operação LH

Os movimentos da coluna de elevação e do equipamento de trabalho (pá) são


comandados com a alavanca de operação LH. (Para mais informações, consulte:
3.2.22 Alavanca de operação - LIEBHERR, página 151)

copyright by

202 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Sistema hidráulico de trabalho - liberar o acionamento


Quando a ignição for ligada, o sistema hidráulico de trabalho está automatica-
mente pronto para funcionar.
Se tiver sido acionado o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho:
u volte a liberar o sistema hidráulico de trabalho para poder continuar a
trabalhar.

Fig. 343: Unidade de comando


1 Símbolo - bloqueio do sistema 3 Díodos luminosos
hidráulico de trabalho
2 Botão – bloqueio do sistema
hidráulico de trabalho
u Desativar o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho: para isso, pressione o
botão 2.
w Todos os três LEDs 3 no botão pressionado apagam.
w O símbolo 1 para o bloqueio do sistema hidráulico de trabalho apaga.
w Assim, o sistema hidráulico de trabalho estará operacional.
w É possível acionar o equipamento de trabalho.

Coluna de elevação - acionamento


Os cilindros de elevação elevam ou baixam a coluna de elevação.

Elevar ou baixar a coluna de elevação


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 344: Elevar/baixar a coluna de elevação

u Mova a alavanca de operação LH no sentido - a.

copyright by

L 580-459 / 25400 203


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

w A coluna de elevação é elevada.


Há duas possibilidades para baixar a coluna de elevação:

Fig. 345: Alavanca de operação LH


– lentamente, com a “função normal de baixar”
posições da alavanca - b1,
– rapidamente, com a “função rápida de baixar”
posição da alavanca - b2.

PERIGO
Perigo de acidente devido a descensão rápida do equipamento de trabalho!
Perigo de esmagamento de pessoas que estiverem debaixo do equipamento de
trabalho em descensão!
u Proibido permanecer na área de perigo da máquina!

Acione a “função normal de baixar”:


u Para isso, mova a alavanca de operação LH no sentido - b1 somente até o
ponto de pressão.
w A coluna de elevação é baixada lentamente.
Acione a “função rápida de baixar”:
u Para isso, mova a alavanca de operação LH no sentido - b2 além do ponto de
pressão até o encosto.
w A coluna de elevação é baixada rapidamente.

Cilindro de basculação- acionamento


O cilindro de basculação bascula a pá para dentro e para fora.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 346: Bascular a pá para dentro/fora

Bascular a pá para dentro ou para fora


u Mova a alavanca de operação LH no sentido - c.
w A pá é basculada para dentro.
u Mova a alavanca de operação LH no sentido - d.
w A pá é basculada para fora.

copyright by

204 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Acionar em simultâneo o cilindro de elevação e de


basculação
Através do acionamento diagonal da alavanca de operação LH, é possível
comandar os cilindros de elevação e de basculação simultaneamente.

Elevar a coluna de elevação e, simultaneamente, bascular a pá


para dentro ou para fora

Fig. 347: Movimentos de trabalho

u Mova a alavanca de operação LH no sentido - e.


w A coluna de elevação é elevada e, simultaneamente, a pá é basculada para
dentro.
u Mova a alavanca de operação LH no sentido - g.
w A coluna de elevação é elevada e, simultaneamente, a pá é basculada para
fora.

Baixar a coluna de elevação e, simultaneamente, bascular a pá


para dentro ou para fora

PERIGO
Perigo de acidente devido a descensão rápida do equipamento de trabalho!
Perigo de esmagamento de pessoas que estiverem debaixo do equipamento de
trabalho em descensão!
u Proibido permanecer na área de perigo da máquina!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 205


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 348: Movimentos de trabalho

u Mova a alavanca de operação LH no sentido - h.


w A coluna de elevação é baixada e, simultaneamente, a pá é basculada para
dentro.
u Mova a alavanca de operação LH no sentido - f.
w A coluna de elevação é baixada e, simultaneamente, a pá é basculado para
fora.

Acionar a posição flutuante

Fig. 349: Posição da pá no caso da posição flutuante

A posição flutuante permite que o equipamento de trabalho fique assente no solo


com o próprio peso e se mova livremente de acordo com as irregularidades do
terreno.

Ativar a posição flutuante


Para ativar a posição flutuante, proceda do seguinte modo.
Você tem de se certificar de que a coluna de elevação está baixada e a pá se
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

encontra sobre o solo na horizontal.

Fig. 350: Posicionamento da pá

copyright by

206 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

u Baixe a coluna de elevação e a pá na horizontal sobre o solo.

PERIGO
Perigo de acidente devido a descensão rápida do equipamento de trabalho!
Ao ativar a posição flutuante, o equipamento de trabalho elevado será rapida-
mente baixado!
Perigo de esmagamento de pessoas que estiverem debaixo do equipamento de
trabalho em descensão!
u Nunca ative a função de posição flutuante com o equipamento de trabalho
elevado!

Fig. 351: Unidade de comando


1 Botão - posição flutuante 2 Díodos luminosos
Por intermédio do acionamento do botão 1 para a posição flutuante, a função é
preparada.
u Pressione o botão 1 para a posição flutuante.
w Todos os três LEDs 2 do botão pressionado acendem.

Fig. 353: Alavanca de operação LH

u Mova a alavanca de operação LH no sentido - b2 para além do ponto de


pressão até o encosto e libere a mesma.
w A alavanca de operação LH será mantida nesta posição por força
magnética.
w Assim, o funcionamento da posição flutuante está ativado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Acionar (automaticamente) o limitador do curso de


elevação
Este equipamento é opcional.
O limitador automático do curso de elevação impede um choque forte da coluna
de elevação no “final da elevação” superior.
Deste modo, a máquina e o motorista estão protegidos contra impactos desneces-
sários.

copyright by

L 580-459 / 25400 207


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Ativar (automaticamente) o limitador do curso de elevação


Para ativar a função do limitador automático do curso de elevação, proceda do
seguinte modo.

Fig. 354: Unidade de comando


1 Botão - limitador do curso de 2 Díodos luminosos
elevação
u Pressione o botão 1 para o limitador do curso de elevação.
w Todos os três LEDs 2 do botão pressionado acendem.
w Assim, o funcionamento do limitador automático do curso de elevação está
ativado.

Fig. 356: Alavanca de operação LH

u Mova a alavanca de operação LH no sentido - a - para além do ponto de


pressão até o encosto e libere a mesma.
w A alavanca de operação LH será mantida nesta posição por força
magnética.
w Assim, a coluna de elevação será elevada somente até ao ponto de comu-
tação para o limitador do curso de elevação.
w O processo de elevação é automaticamente interrompido nesse ponto.

Limitador do curso de elevação para altura de esvaziamento


reduzida
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Com o auxílio do interruptor de aproximação, também é possível ajustar uma


altura de esvaziamento reduzida.

PRECAUÇÃO
Perigo de acidente ao trabalhar em uma área com limitação de altura!
u Trabalhe somente com muito cuidado!

u Ajuste o limitador do curso de elevação para uma altura de esvaziamento redu-


zida.

copyright by

208 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Ajustar o limitador do curso de elevação para altura de esvazia-


mento reduzida
O interruptor de aproximação se encontra pré-ajustado de fábrica. Em caso de
necessidade, o interruptor de aproximação pode ser reajustado para uma altura de
esvaziamento reduzida.

Observação
Alterar o pré-ajuste de fábrica da altura de esvaziamento reduzida:
u Contate o serviço de assistência ao cliente da Liebherr.

Ativar (automaticamente) a recolha da pá


A função “Recolhimento automático da pá” é usada para trabalhos de carrega-
mento, que repetem uma determinada posição de prospecção. Se necessário, o
pré-ajuste de fábrica pode ser alterado mediante interruptor de aproximação.

Observação
Alterar o pré-ajuste de fábrica da posição de prospecção:
u Contate o serviço de assistência ao cliente da Liebherr.

Ativar (automaticamente) a recolha da pá


Para ativar a função da recolha automática da pá, proceda do seguinte modo.

Fig. 357: Unidade de comando


1 Botão - recolha da pá 2 Díodos luminosos
u Pressione o botão 1 para a recolha da pá.
w Todos os três LEDs 2 do botão pressionado acendem.
w Assim, a função da recolha automática da pá está ativada.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Recolha da pá (automática) - método de trabalho


Você tem de se certificar de que a função da recolha automática da pá está
ativada.

copyright by

L 580-459 / 25400 209


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 359: Movimentos de trabalho

u Eleve a coluna de elevação: Mova a alavanca de operação LH no sentido - a.


u Bascular a pá para fora em posição elevada: mova a alavanca de operação LH
no sentido - d.

Fig. 360: Movimentos de trabalho

u Bascular a pá para dentro em posição elevada: Mova a alavanca de operação


LH no sentido - c além do ponto de pressão e até o encosto e libere a mesma.
w A alavanca de operação LH será mantida nesta posição por força
magnética.
w Deste modo, a pá é colocada na pré-posição de prospeção.
w Assim que a pá alcançar a pré-posição, o ímã libera a alavanca de oper-
ação LH.
u Baixar a coluna de elevação: Mova a alavanca de operação LH no sentido - b.
w Deste modo, a pá é colocada no solo em posição de prospeção.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

3.3.7 Filtro diesel

Função / condições de funcionamento


O filtro das partículas integrado reduz as partículas de ferrugem, hidrocarbonetos
e monóxido de carbono do gás de escape.
No funcionamento de trabalho normal, o filtro se limpa automaticamente. A
condição para tal é um alcance da temperatura dos gases de escape acima de
250 °C durante mais de metade do tempo de funcionamento.

copyright by

210 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

A contrapressão do gás de escape é registrada pelo registrador de dados. O regis-


trador de dados transfere as informações ao cabo de dados para a unidade de
comando do “Filtro diesel” na cabine do motorista.

Para a operação com temperatura dos gases de escape suficientemente alta


é necessário observar o seguinte:
u Não deixe o motor diesel operar durante muito tempo em ponto morto.
u Desligue o motor diesel quando a máquina não está sendo utilizada.
u Respeite a unidade de comando do filtro diesel. Se forem exibidas falhas na
operação, a limpeza automática do filtro está afetada. Nesse caso, tomar
respectivas medidas o mais rápido possível. (Para mais informações, consulte:
Controle de funcionamento, página 213)

NOTA
Perigo de danos do filtro de partículas mediante combustíveis diesel inadequados!
u Operar a máquina somente com combustíveis diesel comerciais. Os aditivos
não podem ser misturados. (Para mais informações, consulte: 5.3.3 Combustí-
veis, página 327)

Para a operação acima de 1500 m do nível do mar, tem de ser solicitada uma
autorização da empresa Liebherr:
u Contate o serviço de assistência a clientes da Liebherr.

Operação

Fig. 361: Unidade de comando “Filtro diesel” na cabine do condutor


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

A LED (vermelho) Aviso (pressão) E Botão OK (confirmação)


B LED (amarelo) Erro no sistema F Botão BAIXO
C LED (verde) Power G Botão CIMA
D Display LCD

Indicação no display no funcionamento normal


O controle de funcionamento é realizado com a ajuda de uma unidade de
comando na cabine do motorista.

copyright by

L 580-459 / 25400 211


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Após a ativação da ignição, o texto “Filtro das partículas LIEBHERR” é exibido e


“Resgistrador de dados operacional”. Após a partida do motor, é exibido o último
menu utilizado.
Estão disponíveis cinco menus para seleção. Independentemente do menu sele-
cionado, o display dos dados de serviço exibe diferentes combinações de
(consulte: tab. 20, página 212) .
A representação é alterada, pressionando o botão F e o botão G.
u Pressione o botão G ou o botão F (aprox. 2 segundos).
w O display muda para o próximo menu.

N.º Menu Navegação


1 Pressão
IIIIIIIIIIIIIII
2 Temperatura 1:
Temperatura 2:
3 Giro:
Pressão:
4 Temperatura 2:
Pressão:
5 Temperatura 1:
Pressão:
1 - 5 = menus
Os textos têm o seguinte significado:
Temperatura 1 = temperatura dos gases de escape antes do filtro das partículas
(lado do motor)
Temperatura 2 = temperatura dos gases de escape após o filtro das partículas
(lado do escape)
Pressão = contrapressão do gás de escape
Giro = giro do motor
IIIIIIIIIIIIIIIIIII = indicação de barra para a contrapressão do gás de escape

Tab. 20: Indicação no display no funcionamento normal, menus disponíveis

Ajustar o idioma do país e a indicação da temperatura


Para a indicação no display estão vários idiomas à disposição:
– Alemão
– Inglês
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

– Francês
– Italiano
– Espanhol
A indicação da temperatura ocorre opcionalmente em graus centígrados ou em
graus Fahrenheit.
u Pressione o botão E e o botão G em simultâneo (aprox. quatro segundos).
w O menu Idioma é exibido.
u Pressione o botão F ou o botão G até o idioma desejado ser exibido.
u Pressione o botão E.

copyright by

212 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

w O menu Temperatura é exibido.


u Pressione o botão F ou o botão G para comutar a unidade de temperatura.
u Pressione o botão E.
w É exibida a indicação do display no funcionamento normal.

Controle de funcionamento
A unidade de comando supervisiona a função do filtro das partículas e comunica
estados operacionais ou falhas na operação desfavoráveis. Também se alerta
para uma inspeção necessária do filtro das partículas. Os textos são eventual-
mente exibidos com um som de aviso (zunido), os LEDs acendem. O texto é
exibido até a causa ser eliminada.
O zunido de aviso pode ser desligado.

Indicação do display LED Significado Eliminação de erros


Inspeção necessária - As horas de funcionamento até a Contate o serviço de assistência
próxima data de serviço decor- técnica, execute a assistência e
reram. a limpeza do filtro.
Elemento térmico 1 (2) com amarelo Defeito ou interrupção de um Contate o serviço de assistência
defeito sensor de temperatura. a clientes da Liebherr.
ERRO ponto morto / tempera- amarelo Funcionamento demorado Evitar o funcionamento em ponto
tura demais com temperatura dos morto, sobrecarregar a máquina
gases de escape curta demais e operar o motor com giro mais
(p.ex. no ponto morto). Existe elevado.
perigo que devido a isso a
contrapressão do gás de escape
suba.
Pressão de carregamento vermelho O filtro das partículas está sujo, Regenerar o filtro das partículas:
prévia alcançada a contrapressão do gás de Colocar a máquina lentamente
escape é um pouco mais alta e em admissão máxima e segurar
ameaça continuar a subir. O a mesma até a pressão descer.
motor diesel e o filtro diesel Caso a pressão não desça visi-
podem ser danificados. velmente: Desligue a máquina,
contate o serviço de assistência
a clientes da Liebherr.
Pressão de admissão principal vermelho O filtro das partículas está forte- Desligue a máquina. Contate o
alcançada (intermi- mente sujo, a contrapressão dos serviço de assistência a clientes
tente) gases de escape está alta da Liebherr.
demais. O motor diesel e o filtro
diesel podem ser danificados.
Rotura do filtro ou conduto de todos os Filtro das partículas com defeito Desligue a máquina. Contate o
pressão fechado LEDs ou conduto de pressão entupido serviço de assistência a clientes
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

piscam ou folga no conduto de pressão. da Liebherr.


Pressão off-set amarelo A pressão dos gases de escape Contate o serviço de assistência
é o único valor de medição a clientes da Liebherr.
(faltam os valores de medição
para o giro do motor e para a
tensão de carregamento).

copyright by

L 580-459 / 25400 213


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Indicação do display LED Significado Eliminação de erros


ERRO pressão e tensão de amarelo Faltam os valores de medição Contate o serviço de assistência
carregamento para a pressão dos gases de a clientes da Liebherr.
escape e para a tensão de
carregamento.
ERRO tensão de carrega- amarelo Falta o valor de medição para a Contate o serviço de assistência
mento tensão de carregamento. a clientes da Liebherr.
ERRO limiar da tensão de amarelo A tensão de carregamento é o Contate o serviço de assistência
carregamento único valor de medição (faltam a clientes da Liebherr.
os valores de medição para a
pressão dos gases de escape e
para o giro do motor).
ERRO interrupção do borne W amarelo Falta o valor de medição para o Contate o serviço de assistência
giro do motor a clientes da Liebherr.

Tab. 21: Controle de funcionamento

Fig. 362: Unidade de comando do filtro diesel na cabine do condutor:


E Botão OK (confirmação)
Desligar o som de aviso:
u Pressione o Botão E (aprox. 1 segundo).
w O zunido é desligado.
w A mensagem de erro continua a ser exibida.

Regenerar o filtro das partículas


Em caso de uma temperatura dos gases de escape alta, o filtro das partículas
queima rápida e eficazmente os resíduos de queimadura recolhidos acabando por
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

se auto-regenerar. Um carregamento máximo do motor diesel acelera esse proc-


esso.
u É necessário esforçar o motor diesel.
ou
Carregar a máquina no máximo, p.ex., com o equipamento realizar um trabalho
intenso em termos de tempo.
Se a contrapressão dos gases de escape não baixar:
u Desligue a máquina, aguarde aprox. 30 minutos e repita o processo.

copyright by

214 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Se uma regeneração secundária não levar a um sucesso:


u Contate o serviço de assistência a clientes da Liebherr.

3.3.8 Bomba de abastecimento de combustível - processo


de enchimento do tanque
Este equipamento é opcional.
Certifique-se de que a máquina está em posição de operação.

PERIGO
Perigo de incêndio e de explosão!
u Não fume e evite chamas abertas ao abastecer combustível.
u Somente abastecer com o motor desligado.

Fig. 363: Bomba de abastecimento de combustível - processo de enchimento do


tanque
1 Recipiente de combustível 6 Bomba de abastecimento de
combustível
2 Filtro de aspiração 7 Chave
3 Tubo de aspiração - prolonga- 8 Tampa do tanque
mento
4 Bujão 9 Interruptor da tampa de proteção
5 Tubo de aspiração 10 Tanque de combustível

NOTA
Perigo de danos na bomba de abastecimento de combustível!
O tempo de funcionamento da bomba de abastecimento de combustível deve ser,
no máx., de 15 minutos!
u O mais tardar após 15 minutos, a bomba de abastecimento de combustível
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

deve ser desligada.

Observação
A bomba de abastecimento de combustível não desliga de forma automática.
O combustível pode transbordar pelo bocal de abastecimento!
u Observe o processo de abastecimento de combustível por meio do bocal de
enchimento no tanque de combustível.

u Abrir a tampa do espaço do motor.

copyright by

L 580-459 / 25400 215


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

u Abrir o bujão 4.
u Acoplar o prolongamento do tubo de aspiração 3 ao tubo de aspiração 5.
u Suspender o prolongamento do tubo de aspiração 3 com o filtro de aspiração 2
no recipiente de combustível 1.
u Abrir a tampa do tanque 8.
u Remover o interruptor da tampa de proteção 9 e colocar a chave 7.
u Girar a chave 7 para “LIG”.
w O processo de abastecimento é iniciado.
Para terminar o procedimento de abastecimento de combustível:
u Girar a chave 7 para “DESL”.
w O processo de abastecimento está concluído.
u Colocar o interruptor da tampa de proteção 9.
u Desacoplar o prolongamento do tubo de aspiração 3 do tubo de aspiração 5 e
fechar com o bujão 4.
u Montar e bloquear a tampa do tanque 8.

3.3.9 Pá com basculamento em altura


Este equipamento é opcional.
A pá com basculamento em altura está equipada com um circuito hidráulico
próprio para a função de basculamento em altura. A pá é especialmente adequada
para o carregamento de materiais leves com grande altura de esvaziamento
(p.ex., vagões com paredes extremamente elevadas com aparas como material de
carga).

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 364: Pá com basculamento em altura


1 Corpo da pá 3 Garfo
2 Amortecedor de borracha 4 Cilindro hidráulico

Observação
Informações sobre o equipamento!
u Ler o manual de instruções do fabricante.

copyright by

216 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

A pá com basculamento em altura não deve ser utilizada:

Fig. 365
– para elevar ou transportar pessoas
– como suporte de meios de recepção de carga (isto é, é proibido colocar
ganchos e dispositivos semelhantes)
– para reposicionar materiais acima da densidade aparente específica autorizada
– para extrair e quebrar pedras
– para prender estacas
– na exploração subterrânea
O fabricante não se responsabiliza por danos resultantes de uma utilização inade-
quada.

Controle de funcionamento

PRECAUÇÃO
Perigo de acidente devido a circuito hidráulico conectado incorretamente!
u Realizar um controle do funcionamento.

Antes do início dos trabalhos:


u Testar a operação e o funcionamento da pá com basculamento em altura sem
materiais ou cargas.

Bascular a pá com basculamento em altura para


dentro e para fora
Neste parágrafo estão descritas as diferentes variantes para bascular a pá com
basculamento em altura para dentro e para fora.
Variantes de modelos:
– Acionamento com alavanca de operação adicional
– Acionamento com comando de comodidade
– Acionamento com controle por teclas
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

NOTA
Perigo de danos no cilindro hidráulico devido a sobrecarga ao esvaziar a pá com
basculamento em altura!
u Esvaziar o material somente por intermédio da função de basculamento em
altura.

Acionamento com alavanca de operação adicional


Bascular a pá com basculação em altura para fora:

copyright by

L 580-459 / 25400 217


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 366: Bascular a pá com basculamento em altura para fora


1 Corpo da pá 2 Manete de operação adicional
u Deslocar a alavanca de operação adicional 2 para a frente na direção de b.
w A pá com basculamento em altura é basculada para fora.
Bascular a pá com basculamento em altura para dentro

Fig. 367: Bascular a pá com basculamento em altura para dentro:


1 Corpo da pá 2 Manete de operação adicional
u Deslocar a alavanca de operação adicional 2 para trás na direção de a.
w A pá com basculamento em altura é basculada para dentro.

Acionamento com comando de comodidade


Operação: (Para mais informações, consulte: Comando de comodidade,
página 154)

Acionamento com controle por teclas


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Operação: (Para mais informações, consulte: Comando por botão, página 156)

3.3.10 Garfo de carga


Este equipamento é opcional.
O garfo de carga é composto pelo suporte do garfo e os dentes do garfo ajustá-
veis.
O garfo de carga é fixado através do dispositivo de troca rápida.

copyright by

218 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

O garfo de carga é utilizado para a elevação, transporte e o reposicionamento de


paletes e para trabalhos de empilhamento.

Fig. 368: Garfo de carga


1 Suporte do garfo 3 Bloqueio do garfo
2 Dentes do garfo
Em caso de operação com garfo de carga na coluna de elevação com cine-
mática P:
– Isto só se aplica a máquinas com coluna de elevação P instalada.
A cinemática paralela possibilita um deslocamento paralelo da carga ao elevar
ou baixar a coluna de elevação sobre toda a área de elevação.
Em caso de operação com garfo de carga na coluna de elevação com cine-
mática Z:
– No caso de uma coluna de elevação com cinemática Z, não existe transporte
paralelo da carga.
Isto significa que, com um movimento de elevação até aprox. 2/3 da altura
máxima, o equipamento bascula para dentro e, ao continuar o movimento de
elevação para cima, o equipamento bascula para fora, mas sem descair para a
frente.
– Devido a proporções desfavoráveis da manete da cinemática Z na área de
elevação mais alta, é possível existir uma certa limitação da capacidade de
carga. (Para mais informações, consulte: 1.2.25 Equipamento - Garfo de carga,
página 38)

Ajustar os dentes no suporte do garfo


Os dentes estão encaixados no suporte do garfo e bloqueados no gancho superior
do garfo com um bloqueio contra deslizamento.
Certifique-se de que estão satisfeitas as seguintes condições:
q O garfo de carga está aprox. 10 cm acima do solo.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

q O motor a diesel está desligado.

copyright by

L 580-459 / 25400 219


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 369
1 Bloqueio do garfo 1.) Abrir o bloqueio do garfo
2 Entalhe 2.) Fechar o bloqueio do garfo
u Abra o bloqueio do garfo 1.
u Desloque os dentes para a posição correta.
u Para bloquear, deixe o bloqueio do garfo 1 engrenar no entalhe 2.
w Os dentos estão encaixados.

Garfo de carga - atividades de trabalho

AVISO
Perigo de acidentes devido à basculação negativa para a frente do garfo de carga!
Se a posição de saída paralela do garfo de carga – de 0° a partir do solo – não
estiver garantida, o garfo de carga poderá apresentar uma basculação negativa
para a frente.
u Evite uma utilização descuidada do garfo de carga!

Durante a elevação na operação com garfo de carga não existe transporte


paralelo da carga.
Ou seja, a posição paralela do garfo de carga (0° do solo), com movimento de
elevação seguinte até aprox. 2/3 da elevação máx. para cima:
– o equipamento bascula para dentro
– e, ao continuar o movimento de elevação para cima, o equipamento bascula
para fora, mas sem descair para a frente.
Devido às proporções da manete da cinemática na área de elevação mais alta, é
possível existir uma certa limitação da capacidade de carga. (Para mais informa-
ções, consulte: 1.2.25 Equipamento - Garfo de carga, página 38)
Ao operar com o garfo de carga, proceda do seguinte modo:
Certifique-se que o equipamento de trabalho está bloqueado de forma
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

correta com o dispositivo de troca rápida. (Para mais informações, consulte:


3.5 Montar e desmontar o equipamento, página 242)

copyright by

220 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Fig. 370: Distância do centro de gravidade


S Centro de gravidade Sa Distância do centro de gravidade

NOTA
Perigo de danos da carga e da máquina!
Em caso de operação com garfo de carga, utilize somente dentes de garfo de
comprimento apropriado e garanta que os dentes não sobressaiam do material a
ser carregado. Caso contrário, há risco de danos de paletes ou outros bens que
estiverem na frente dos garfos.
u Evite uma utilização descuidada do garfo de carga!

Ao efetuar o carregamento: tenha atenção para que a carga fique o mais próximo
possível do canto vertical dos dentes do garfo.
u Carregar: tenha em atenção a distribuição correta da distância do centro de
gravidade da carga Sa.

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
u Evite uma utilização descuidada do garfo de carga!

u Eleve a coluna de elevação até a posição de transporte (aprox. 30-40 cm acima


do chão).
u Em rodagem com o garfo vazio, bascule o garfo de carga ligeiramente para
baixo e transporte o mesmo em baixo.
u Em rodagem de transporte com carga, bascule o garfo de carga ligeiramente
para cima e transporte a carga em baixo.
u Em terrenos íngremes ou declive, realize sempre o transporte em movimento
reto para cima ou para baixo!
u Nunca suba ou desça terrenos íngremes ou declives na transversal!
u Nunca realize manobras nos terrenos íngremes ou declives!
Quando for necessário efetuar a descarga em uma posição elevada:
u Eleve a coluna de elevação somente pouco antes de alcançar o local de
descarga.
Quando for necessário efetuar a descarga em uma posição rebaixada:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Baixe a coluna de elevação somente depois de alcançar o local de descarga.

3.3.11 Garra para madeira


O equipamento necessário para a operação no transbordo de madeira é opcional.

copyright by

L 580-459 / 25400 221


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 371: Apoio do cilindro de basculação


1 Alavanca defletora 4 Garfo de apoio
2 Cilindro de basculação 5 Conduto de lubrificação
3 Cilindro de apoio
O garfo de apoio instalado com os dois cilindros de apoio garantem para o torque
necessário na posição de descarga durante o uso de equipamentos e cargas
pesadas.
Carga útil admissível, (Para mais informações, consulte: 1.2.26 Equipamento -
garra para madeira, página 39)

Montar e desmontar a garra para madeira no disposi-


tivo de troca rápida
u (Para mais informações, consulte: 3.5 Montar e desmontar o equipamento,
página 242)

Garra para madeira - operação


De acordo com o equipamento existem 2 possibilidades de comandar a função
adicional:
– por meio da alavanca de operação para funções de trabalho adicionais
(Para mais informações, consulte: 3.2.23 Manete de operação para funções de
trabalho adicionais, página 157)
– por meio da alavanca de comando da Liebherr (comando de comodidade)
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

(Para mais informações, consulte: 3.2.22 Alavanca de operação - LIEBHERR,


página 151)

PRECAUÇÃO
Perigo de acidente devido a circuito hidráulico conectado incorretamente!
u Realize o controle do funcionamento do equipamento!

Antes do início dos trabalhos:


u Realize um controle do funcionamento sem carga.

copyright by

222 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

u Familiarize-se com as funções do equipamento.


Para mais informações detalhadas sobre a função, operação e manutenção do
equipamento:
u ver o manual de instruções do fabricante.

Trabalhar com carga


u tenha em atenção a distribuição correta da “Distância do centro de gravidade
da carga”.

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
u Evite um manuseio incorreto durante a operação do transbordo de madeira!

Fig. 372: Posição de transporte


x Ponte de rotação do balde aprox.
40 cm
u Em esvaziamento e rodagem de transporte, eleve a coluna de elevação até a
posição de transporte. (Para mais informações, consulte: 3.4.2 Transportar e
reposicionar materiais, página 228)
u Em caso de posição de descarregamento elevada, eleve a coluna de elevação
só pouco antes de alcançar o local de descarga.
u Em terrenos íngremes ou declives, realize sempre o transporte em movimento
reto para cima ou para baixo!
u Nunca suba ou desça terrenos íngremes ou declives na transversal!
u Nunca realize manobras em terrenos íngremes ou declives!

3.3.12 Direção 2 em 1
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Este equipamento é opcional.

Observação
É proibido conduzir em vias públicas com uma direção 2 em 1!
u Desative o modo de direção direto.

copyright by

L 580-459 / 25400 223


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

Fig. 373: Vista interior da cabine do motorista


1 Placa de advertência da direção 2 3 Volante
em 1
2 Botão - direção 2 em 1
A direção 2 em 1 é uma direção totalmente hidráulica com dupla função.
Variantes de direção:
– Modo de direção convencional
– Modo de direção (para processos de direção constantes)
A prioridade é da direção convencional da máquina. Com ignição DESL., o modo
de direção direto é desativado.
No modo de direção de emergência, o respectivo modo de direção é mantido.

Ativar o modo de direção direto

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 374: Vista interior da cabine do motorista


1 Botão rotativo do volante 3 LED
2 Botão - direção 2 em 1
u Coloque o botão rotativo do volante 1 na posição pretendida.
u Pressione o botão 2.
w Todos os LEDs 3 acendem.
w O modo de direção direto está ativo.

copyright by

224 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Funcionamento

Processo de direção

AVISO
Perigo de acidente devido a direção incorreta!
Perigos para as pessoas que se encontram na área de trabalho.
u Use a direção 2 em 1 somente com a velocidade de marcha controlável.
u Na condução em vias públicas, é necessário que a direção 2 em 1 esteja desa-
tivada com o botão do bloqueio do sistema hidráulico de trabalho.

Fig. 375: Área de direção


1 Volante 3 Área de direção à direita
2 Área de direção à esquerda
Manobrar a máquina para a esquerda:
u Acione o volante 1 dentro da área de direção 2.
w De acordo com a sensibilidade do acionamento, a máquina é manobrada
com maior ou menor rapidez.
Manobrar a máquina para a direita:
u Acione o volante 1 dentro da área de direção 3.
w De acordo com a sensibilidade do acionamento, a máquina é manobrada
com maior ou menor rapidez.

Desativar o modo de direção direto


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 376: Unidade de comando


1 Botão - direção 2 em 1 3 Ignição DESL.
2 Botão – bloqueio do sistema
hidráulico de trabalho
Desativação por meio de:
u Acionamento do botão 1.

copyright by

L 580-459 / 25400 225


Operação, funcionamento Manual de instruções
Funcionamento

u Ativação do bloqueio do sistema hidráulico de trabalho 2.


u Desligamento da ignição 3.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

226 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

3.4 Métodos de trabalho

Este item apresenta os métodos de trabalho rotineiros.

3.4.1 Carregar e reposicionar materiais


Para evitar possíveis perdas de tração, recomendamos o seguinte modo de proce-
dimento.

Fig. 377: Carregar e reposicionar materiais

u Não trabalhe com forte pressão para baixo da pá.


Para auxiliar a penetração da pá no material:
u Bascule a pá ligeiramente para cima e para baixo ao penetrar no material com
a máquina.
Acionando o pedal marcha gradual/freio, a força de avanço (força de tração)
diminuirá e, assim, o processo de carregamento será facilitado.

Fig. 378: Distribuição da potência através da MARCHA GRADUAL


1 Pedal marcha gradual/freio B Âmbito - FRENAR
I Âmbito - MARCHA GRADUAL
u Pise com mais ou menos força o pedal de marcha gradual/freio 1 no âmbito - I -
do curso do pedal.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Deste modo, é realizado um ajuste da potência:


w 1.) A potência do sistema hidráulico de marcha é reduzida.
w 2.) A potência do equipamento de trabalho é aumentada.
Vantagens do ajuste de potência:
w as rodas não patinam
w o consumo de combustível é reduzido

copyright by

L 580-459 / 25400 227


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

Fig. 379: Carregar e reposicionar materiais

u Bascule a pá carregada para dentro até ao encosto e eleve a coluna de


elevação.

3.4.2 Transportar e reposicionar materiais


Para um posicionamento bom e seguro da máquina, assim como, para garantir um
bom campo de vista durante o transporte e o reposicionamento de materiais, é
necessário colocar a pá em posição de transporte.

Posição de transporte
Posição de transporte significa:
– Ponto de rotação do balde aprox. 40 cm acima do solo
– Equipamento basculado para dentro

Fig. 380: Posição de transporte


X Ponto de rotação do balde aprox.
40 cm

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
Há grande risco de capotamento da máquina devido a deslocamento do centro de
gravidade da máquina!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Respeite a densidade aparente máxima autorizada e as cargas basculantes


autorizadas.

u Coloque a pá carregada em posição de transporte.

copyright by

228 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

Transportar a carga num declive

Fig. 381: Sentidos de marcha durante o transporte

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
u Ao transportar cargas em terrenos íngremes, mantenha a pá carregada em
baixo.

u Em terrenos íngremes ou com declive, realize sempre o transporte em movi-


mento reto para cima ou para baixo!
u Nunca suba ou desça terrenos íngremes ou declives na transversal!
u Nunca realize manobras nos terrenos íngremes ou declives!

Conduzir em terrenos íngremes


Ao conduzir a máquina em descidas, é fundamental respeitar as instruções de
segurança! (Para mais informações, consulte: 2.4.7 Instruções de segurança para
a condução em terrenos íngremes, página 61)

Fig. 382: Descidas

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Ao conduzir a máquina em descidas, a carga basculante da máquina é reduzida!


u Transporte a pá carregada sempre em baixo.
u Não realize mudanças de direção bruscas ou freadas repentinas!

u Tire o pé do pedal do acelerador mesmo antes das descidas.


u Conduza cuidadosamente para baixo.

copyright by

L 580-459 / 25400 229


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

u Quando for necessário, acione o freio de serviço.


ou
Se descer um percurso longo e íngreme:
anteriormente, comute para o raio de ação de marcha - I -. (Para mais informa-
ções, consulte: Selecionar os raios de ação de marcha, página 185)

3.4.3 Trabalhos de nivelamento


Ao realizar trabalhos de nivelamento, mantenha o fundo da pá na horizontal.

Nivelar
Para evitar possíveis perdas de tração, recomendamos o seguinte modo de proce-
dimento.

Fig. 383: Procedimento durante o nivelamento

u Não trabalhe com forte pressão para baixo da pá.


ou
Utilize a função posição flutuante: (Para mais informações, consulte: Acionar a
posição flutuante, página 206)

Fig. 384: Posições não autorizadas da pá


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

NOTA
Perigo de danos da máquina!
Há perigo de danificar a máquina caso, durante um nivelamento com a pá bascu-
lada no sentido da rodagem “Para a frente”, haja choque contra um obstáculo
sólido!
u Nunca nivele no sentido da rodagem “Para frente” com a pá basculada para
fora!

copyright by

230 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

u Mantenha o fundo da pá em paralelo com o solo.


ou
Bascule o fundo da pá ligeiramente para baixo.

Retirar o material

Fig. 385

u Bascule a pá inclinada para baixo e rode em marcha ré.

3.4.4 Carregar material a partir de um monte

Carregar material

Fig. 386: Posicionamento da pá

NOTA
Perigo de danos da máquina!
Há perigo de danos da coluna de elevação em caso de extração de material com a
pá basculada para fora no sentido da rodagem “Para a frente”, caso haja choque
contra um obstáculo sólido!
u Ao extrair material, não penetre no material com a pá basculada para fora!

u Baixe a pá no solo na horizontal.


u Penetre no material de frente e bascule ligeiramente a pá.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Para auxiliar a penetração da pá no material:


u Bascule a pá ligeiramente para cima e para baixo ao penetrar no material com
a máquina.
u Acione adicionalmente o pedal marcha gradual/freio. (Para mais informações,
consulte: 3.4.1 Carregar e reposicionar materiais, página 227)

copyright by

L 580-459 / 25400 231


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

Fig. 387: Posicionamento da pá

u Bascule a pá para dentro até ao encosto e eleve a coluna de elevação.

Transportar material
Para um posicionamento bom e seguro da máquina, assim como, para garantir um
bom campo de visão, transporte a pá em baixo.
Posição de transporte significa que o ponto de rotação do balde está situado
aprox. 40 cm do solo.
Você tem de se certificar de que a pá está em posição de transporte.

Fig. 388: Posicionamento da pá

u Coloque a pá em posição de transporte.

AVISO
Perigo de acidente devido a possível capotamento da máquina!
Há grande risco de capotamento da máquina devido a deslocamento do centro de
gravidade da máquina!
u Não realize mudanças de direção bruscas ou freadas repentinas com a pá
elevada!

u Só eleve a coluna de elevação pouco antes de alcançar o local de descarrega-


mento.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

232 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

Esvaziar a pá

Fig. 389: Esvaziar a pá

u Bascule a pá para fora.


Solte material grudado na pá:
u Bascule a pá rapidamente para dentro e para fora e, simultaneamente, efetue
batidas ligeiras nos encostos do braço da pá.

3.4.5 Escavação do material a partir do talude ou parede

Escavação do material a partir do talude


Ao escavar material normal como areia ou cascalho, proceda do seguinte modo.

Fig. 390: Escavar material 1

u Comece a escavação no pé do talude e prossiga para cima.

Escavação do material a partir da parede


Ao escavar material excepcionalmente sólido como rocha, proceda da seguinte
maneira.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 233


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

Fig. 391: Escavar material 2

u Bascule o fundo da pá ligeiramente para cima.


u Comece a escavação no alto e prossiga para baixo.

AVISO
Perigo de acidente devido a deslizamento de material!
u Não trabalhe sob saliências!

u Escave as saliências e preste atenção ao deslizamento de material.

3.4.6 Carregar material a partir de um veículo de transporte

Percursos

Fig. 392: Movimento Y

Estacione o veículo a ser carregado de tal forma que a máquina tenha de


percorrer o menor percurso possível.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Se possível, preferir o “Movimento Y”.

Processo de carregamento
Para acelerar o processo de carregamento, ao chegar perto do caminhão, a
máquina deve ser freada através da ativação do pedal marcha gradual/freio.

copyright by

234 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

Fig. 393: Local de descarga

Deste modo, se alcança o seguinte:


1.) regulagem cuidadosa da velocidade,
2.) ajuste máximo da potência para o equipamento de trabalho,.
(Para mais informações, consulte: 3.4.1 Carregar e reposicionar materiais,
página 227)
Assumir a posição de descarregamento:
u Eleve a coluna de elevação somente pouco antes de alcançar o local de
descarga.

Fig. 394: Pedal marcha gradual/freio


1 Pedal marcha gradual/freio B Âmbito - FRENAR
I Âmbito - MARCHA GRADUAL
Frear a máquina:
u Pise com mais ou menos força o pedal de marcha gradual /freio 1 no âmbito - I
- do curso do pedal.

AVISO
Perigo de acidente devido a deslizamento de material!
u O motorista da máquina só deve mover os equipamentos de trabalho sobre
outras máquinas onde haja outras pessoas trabalhando - em cabines de motor-
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

istas, cabines de operação e de trabalho - se estas forem protegidas por tetos


de proteção (FOPS).
u Se estas máquinas não estiverem equipadas com tetos protegidos, seus motor-
istas devem sair delas sempre que for necessário realizar movimentos de
basculamento.

u Carregue o caminhão com a máquina de tal forma que o material descarregado


caia no centro da carroçaria.
u Em caminhões compridos, realize o descarregamento da frente para trás.

copyright by

L 580-459 / 25400 235


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

Ao trabalhar perto de cabos elétricos expostos ao ar livre:

PERIGO
Perigo de acidente em caso de trabalho na proximidade de cabos elétricos aéreos
devido a descarga elétrica!
Existe perigo de morte!
u Tomar conhecimento das distâncias de segurança.
u Colocar os cabos elétricos em estado livre de tensão.

Fig. 395

u Mantenha a máquina a uma distância suficiente.


u Não aproxime o equipamento dos cabos elétricos!
u (Para mais informações, consulte: 2.4.6 Instruções para trabalhar em segur-
ança, página 60)

Carregar grandes blocos de rochas


Você tem de se certificar de que o fundo do caminhão de transporte está blindado
adequadamente contra impactos de grandes blocos de rocha.

Fig. 396: Carregar a pá

u Em primeiro lugar, descarregue uma pá de pequenas rochas no caminhão de


transporte.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Prossiga o carregamento do caminhão de transporte.

Carregar material auto-aderente


Para trabalhos de carregamento nos quais se utiliza repetidamente uma determi-
nada posição de prospeção, é possível acionar a recolha automática da pá. (Para
mais informações, consulte: Ativar (automaticamente) a recolha da pá,
página 209)

copyright by

236 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

Fig. 397: Esvaziar a pá

u Bascular a pá para fora.

NOTA
Perigo de danos da máquina!
Ao bascular a pá para dentro e para fora, evite choques desnecessários nos
encostos do braço da pá, pois estes aceleram o processo de desgaste de pinos e
buchas na estrutura cinemática!
u Evite choques desnecessários!

Soltar material grudado na pá:


u Bascule a pá rapidamente para dentro e para fora e, simultaneamente, efetue
batidas ligeiras nos encostos do braço da pá.

Recolocar a máquina em posição normal

Fig. 398: Posicionamento da pá

NOTA
Perigo de danos da máquina!
Ao bascular a pá para dentro e para fora, evite choques desnecessários nos
encostos do braço da pá, pois estes aceleram o processo de desgaste de pinos e
buchas na estrutura cinemática!
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Evite choques desnecessários!

u Bascule a pá para dentro.

copyright by

L 580-459 / 25400 237


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

Fig. 399: Posição da coluna de elevação

u Ao conduzir em marcha ré, baixe a coluna de elevação.

3.4.7 Escavação

Escavar material mole


Ao escavar materiais moles, proceda do seguinte modo.

Fig. 400: Ângulo de ataque

u Baixe a pá até ao solo.


u Ajuste um pequeno ângulo de ataque - W de no máx. 10°.

LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 401: Profundidade de penetração

u Ao começar a mover a máquina, pressione simultaneamente a coluna de


elevação para baixo até ser alcançada uma profundidade de penetração sufi-
ciente - C.

Observação
Para evitar possíveis perdas de tração.
u Não trabalhe com forte pressão para baixo da pá.

copyright by

238 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

Fig. 402: Movimento da coluna de elevação

u Ao mover a máquina para a frente, realize cortes horizontais.


u O trabalho é facilitado através dos respectivos movimentos de baixar e elevar a
coluna de elevação.

Escavar material duro


Ao escavar materiais duros, é necessário utilizar uma pá com dentes.

Fig. 403: Equipamento de trabalho

u Procedimento: (Para mais informações, consulte: Escavar material mole,


página 238)

Escavação de um alicerce (exemplo)


Ao escavar alicerces, proceda do seguinte modo.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 404: Cortes longitudinais

copyright by

L 580-459 / 25400 239


Operação, funcionamento Manual de instruções
Métodos de trabalho

u Realize o primeiro corte com a pá em paralelo à margem externa da vala do


alicerce.
Quando o primeiro corte alcançar uma profundidade de aprox. 1 Meter:
u Comece o segundo corte no lado oposto.
u Realize o corte da área central na mesma profundidade que nos cortes laterais.

Fig. 405: Amontoar o material

u Amontoe o material em um único canto, de modo que as laterais da vala


permaneçam abertas.

Fig. 406: Canto da vala

Quando a vala tiver alcançado a profundidade desejada:


u Retire o material dos cantos e transporte o mesmo para fora da vala.

Sair da vala
É necessário criar uma rampa para sair com a máquina da vala. LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Fig. 407: Rampa de saída - sentido de transporte

Para criar uma saída para a máquina:


u Escave a parte central da rampa.
u Transporte a pá carregada sempre em baixo.

copyright by

240 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Métodos de trabalho

u Saia da vala conduzindo para a frente.


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

L 580-459 / 25400 241


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

3.5 Montar e desmontar o equipamento

3.5.1 Dispositivo de troca rápida - Acionamento por meio da


alavanca de operação para funções de trabalho adicio-
nais
O dispositivo de troca rápida está integrado no suporte da ferramenta, à frente, e
serve para trocar o equipamento de trabalho.

Fig. 408: Componentes do dispositivo de troca rápida


1 Alavanca de comutação Disposi- 3 Dispositivo de troca rápida37)
tivo de troca rápida
2 Indicação do bloqueio 4 Alavanca de operação para
funções de trabalho adicionais

Observação
Sem a autorização escrita da empresa Liebherr, não devem ser instalados na
máquina quaisquer equipamentos e acessórios de outros fabricantes.
u É necessário apresentar a respectiva documentação técnica à empresa
Liebherr.

Desmontar o equipamento de trabalho


Devem ser executados os seguintes passos de trabalho:
1. Despressurizar as pressões hidráulicas nos circuitos de trabalho38)
2. Desconectar os condutos do sistema hidráulico38)
3. Ativar o dispositivo de troca rápida
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

4. Desbloquear e desacoplar o equipamento de trabalho

37) em caso de coluna de elevação com cinemática Z opcional


38) em caso de um equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráu-
lico próprio

copyright by

242 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Montar e desmontar o equipamento

Despressurizar as pressões hidráulicas


No caso de equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráulico
próprio, as pressões hidráulicas devem ser despressurizadas nos circuitos de
trabalho.

Fig. 409: Despressurizar as pressões hidráulicas


1 Unidade de indicação 4 Alavanca de operação para
funções de trabalho adicionais
2 Tecla Bloqueio do sistema hidráu- a Sentido de movimentação
lico de trabalho
3 LED b Sentido de movimentação
u Inicie o motor diesel e deixe-o funcionar durante aprox. 10 seg.
u Baixe a coluna de elevação rente ao solo.
u Desligue o motor diesel.
u Ligue a ignição.
u Pressionar e manter pressionada a tecla 2.
w Todos os LEDs 3 acendem.
w O símbolo Bloqueio do sistema hidráulico de trabalho na unidade de indi-
cação 1 acende.
w O sistema hidráulico de trabalho está bloqueado.
u Acione várias vezes a alavanca de operação 4 no sentido a e b.
w As pressões hidráulicas do equipamento de trabalho estão despressuri-
zadas.

Desconectar os condutos do sistema hidráulico


No caso de equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráulico
próprio, os condutos do sistema hidráulico devem ser desconectados.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

AVISO
Perigo de acidente devido a condutos sob pressão!
u Antes de acoplar ou desconectar os condutos/acoplamentos do sistema hidráu-
lico, despressurize completamente os circuitos de pressão de serviço!

Você tem de se certificar de que:


– a coluna de elevação se encontra rente ao solo
– os cilindros, tampas, etc., do equipamento de trabalho instalado se encontram
na posição inicial ou estão fechados
– o equipamento de trabalho instalado está basculado para dentro

copyright by

L 580-459 / 25400 243


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

– as pressões hidráulicas estão despressurizadas

Observação
O óleo hidráulico causa danos no meio ambiente.
u Tenha atenção para que não escorra óleo hidráulico para o solo. A terra
poluída deve ser eliminada conforme as prescrições em vigor no local.

u Libere os condutos do sistema hidráulico/acoplamentos de fechamento rápido


do equipamento de trabalho instalado.
u Feche os acoplamentos dos condutos com tampas de proteção bem vedadas.
u Coloque os condutos hidráulicos na braçadeira de mangueira.

Ativar o dispositivo de troca rápida


Para poder desbloquear o equipamento de trabalho, primeiro, o dispositivo de
troca rápida deve ser ativado.

AVISO
Perigo de acidente devido a queda do equipamento de trabalho!
u Não acione a alavanca de comutação com o equipamento de trabalho elevado!

Fig. 410: Ativar o dispositivo de troca rápida


1 Dispositivo de troca rápida a Posição da alavanca - dispositivo
de troca rápida ativado
2 Alavanca de comutação
u Retire a alavanca de comutação 2 da segurança contra torção, gire a mesma
para a posição da alavanca a e volte a engrená-la na segurança contra torção.
w A função para desbloquear o dispositivo de troca rápida está ativa.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Desbloquear e desacoplar o equipamento de trabalho


Você tem de se certificar de que:
q o dispositivo de troca rápida está ativado
q todos os condutos do sistema hidráulico/acoplamentos de fechamento rápido
do equipamento de trabalho instalado estão liberados

copyright by

244 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Montar e desmontar o equipamento

Fig. 411: Desbloquear o equipamento de trabalho


1 Suporte Equipamento de trabalho 4 Cavilhas de bloqueio
2 Dispositivo de troca rápida 5 Indicação do bloqueio Desblo-
quear a posição
3 Alavanca de operação para b Desbloquear o equipamento de
funções de trabalho adicionais trabalho
u Desça o equipamento de trabalho em posição plana sobre uma superfície firme
e plana.
u Bloqueie o equipamento de trabalho contra queda.
u Mova e fixe a alavanca de operação 3 no sentido b até ao encosto.
w As cavilhas de bloqueio 4 do dispositivo de troca rápida 2 são recolhidas.
Quando as cavilhas de bloqueio estiverem completamente recolhidas:
u Libere a alavanca de operação 3.
w Agora, o equipamento de trabalho está desbloqueado.
u Desloque cuidadosamente o dispositivo de troca rápida 2 para fora do suporte
do equipamento de trabalho 1.
w Agora, o equipamento de trabalho está desacoplado.

Montar o equipamento de trabalho


Devem ser executados os seguintes passos de trabalho:
1. Acoplar e bloquear o equipamento de trabalho
2. Equipamento de trabalho - controle de bloqueio
3. Desativar o dispositivo de troca rápida
4. Conectar os condutos do sistema hidráulico38)

Acoplar e bloquear o equipamento de trabalho


Você tem de se certificar de que:
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

q o dispositivo de troca rápida está ativado (Para mais informações, consulte:


Ativar o dispositivo de troca rápida, página 244)
q as cavilhas de bloqueio estão recolhidas

38) em caso de um equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráu-


lico próprio

copyright by

L 580-459 / 25400 245


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

Fig. 412: Acoplar e bloquear o equipamento de trabalho


1 Suporte Equipamento de trabalho 4 Cavilhas de bloqueio
2 Dispositivo de troca rápida 5 Indicação do bloqueio Bloquear
posição
3 Alavanca de operação para a Bloquear o equipamento de
funções de trabalho adicionais trabalho
u Desloque cuidadosamente o dispositivo de troca rápida 2 para dentro do
suporte do equipamento de trabalho 1.
u Eleve um pouco o equipamento de trabalho e bascule o mesmo para dentro.
w O equipamento de trabalho encaixa no dispositivo de troca rápida.
u Mova e fixe a alavanca de operação 3 no sentido a até ao encosto.
w As cavilhas de bloqueio 4 do dispositivo de troca rápida são estendidas.
Quando as cavilhas estiverem completamente estendidas:
u Libere a alavanca de operação 3.
w Agora, o equipamento de trabalho está bloqueado.

Equipamento de trabalho - controle de bloqueio


A possibilidade de efetuar a troca de ferramenta a partir da cabine do motorista,
não liberta o motorista da sua obrigação de controle! Você tem de se certificar do
bloqueio correto do equipamento de trabalho após cada troca de ferramenta
mediante um controle visual e um controle mecânico.

AVISO
Perigo de acidente devido a queda do equipamento de trabalho!
u Nunca realize movimentos de trabalho com o equipamento de trabalho sem ter
realizado um controle cuidadoso do bloqueio.

Controle visual
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

copyright by

246 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Montar e desmontar o equipamento

Fig. 413: Controle visual


1 Dispositivo de troca rápida a Posição - bloqueada
2 Cavilhas de bloqueio b Posição - desbloqueada
3 Indicação do bloqueio
u Eleve a coluna de elevação até ser possível ver o dispositivo de troca rápida 1
a partir da cabine do motorista.
u Execute um controle visual em ambos os lados.
w A indicação do bloqueio 3 se encontra em posição a.
w As cavilhas de bloqueio 2 devem ser recolhidas até ao orifício externo do
dispositivo de troca rápida 1.
Controle mecânico

Fig. 414: Controle mecânico

u Pressione a aresta dianteira da pá contra o solo, de forma a que o o eixo


dianteiro da máquina seja ligeiramente elevado à frente.
w A pá deve permanecer firmemente conectada ao dispositivo de troca rápida.

Desativar o dispositivo de troca rápida


Para a operação com o equipamento de trabalho, primeiro, o dispositivo de troca
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

rápida deve ser desativado.

copyright by

L 580-459 / 25400 247


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

Fig. 415: Desativar o dispositivo de troca rápida


1 Dispositivo de troca rápida b Posição da alavanca - dispositivo
de troca rápida desativado
2 Alavanca de comutação
u Retire a alavanca de comutação 2 da segurança contra torção, gire a mesma
para a posição da alavanca b e volte a engrená-la na segurança contra torção.
w A função para desbloquear o dispositivo de troca rápida está bloqueada.

Conectar os condutos do sistema hidráulico


No caso de equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráulico
próprio, os condutos do sistema hidráulico devem ser conectados.

AVISO
Perigo de acidente devido a condutos sob pressão!
u Antes de acoplar ou desacoplar condutos/acoplamentos do sistema hidráulico,
despressurize completamente os circuitos de pressão de serviço!

u Despressurizar as pressões hidráulicas (Para mais informações, consulte:


Despressurizar as pressões hidráulicas, página 243) .
u Retire as tampas de proteção dos acoplamentos dos condutos.
u Conecte os condutos do sistema hidráulico corretamente.
Ao efetuar a conexão, respeite os seguintes pontos:
– Antes de efetuar a conexão, limpe todos os acoplamentos dos condutos.
– Tenha cuidado para não torcer os condutos hidráulicos durante a conexão.
– Conecte os condutos hidráulicos de modo a que esses nunca fiquem presos
durante os trabalhos com os equipamentos de trabalho.
– Durante a conexão, utilize braçadeiras para mangueiras que estejam previstas.
u Verifique a estanqueidade de todos os condutos hidráulicos após a conexão.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

3.5.2 Dispositivo de troca rápida - Acionamento com o botão


Dispositivo de troca rápida
Este equipamento é opcional.
O dispositivo de troca rápida está integrado no suporte da ferramenta, à frente, e
serve para trocar o equipamento de trabalho.

copyright by

248 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Montar e desmontar o equipamento

Fig. 416: Dispositivo de troca rápida


1 Dispositivo de troca rápida 2 Botão Dispositivo de troca rápida

Observação
Sem a autorização escrita da empresa Liebherr, não devem ser instalados na
máquina quaisquer equipamentos e acessórios de outros fabricantes.
u É necessário apresentar a respectiva documentação técnica à empresa
Liebherr.

Desmontar o equipamento de trabalho


Devem ser executados os seguintes passos de trabalho:
1. Despressurizar as pressões hidráulicas nos circuitos de trabalho39)
2. Desconectar os condutos do sistema hidráulico39)
3. Desbloquear e desacoplar o equipamento de trabalho

Despressurizar as pressões hidráulicas


No caso de equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráulico
próprio, as pressões hidráulicas devem ser despressurizadas nos circuitos de
trabalho.

Fig. 417: Despressurizar as pressões hidráulicas


LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

1 Unidade de indicação a Sentido de movimentação


2 Tecla Bloqueio do sistema hidráu- b Sentido de movimentação
lico de trabalho
3 LED c Sentido de movimentação
4 Alavanca de operação d Sentido de movimentação
Continuação da legenda, veja a página seguinte

39) em caso de um equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráu-


lico próprio

copyright by

L 580-459 / 25400 249


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

5 Alavanca de operação para


funções de trabalho adicionais
u Inicie o motor diesel e deixe-o funcionar durante aprox. 10 seg.
u Baixe a coluna de elevação rente ao solo.
u Desligue o motor diesel.
u Ligue a ignição.
u Pressionar e manter pressionada a tecla 2.
w Todos os LEDs 3 acendem.
w O símbolo Bloqueio do sistema hidráulico de trabalho na unidade de indi-
cação 1 acende.
w O sistema hidráulico de trabalho está bloqueado.
u Acione várias vezes a alavanca de operação 4 no sentido c e d.
u Acione várias vezes a alavanca de operação 5 no sentido a e b.
w As pressões hidráulicas do equipamento de trabalho estão despressuri-
zadas.

Desconectar os condutos do sistema hidráulico


No caso de equipamento de trabalho instalado com abastecimento hidráulico
próprio, os condutos do sistema hidráulico devem ser desconectados.

AVISO
Perigo de acidente devido a condutos sob pressão!
u Antes de acoplar ou desconectar os condutos/acoplamentos do sistema hidráu-
lico, despressurize completamente os circuitos de pressão de serviço!

Você tem de se certificar de que:


– a coluna de elevação se encontra rente ao solo
– os cilindros, tampas, etc., do equipamento de trabalho instalado se encontram
na posição inicial ou estão fechados
– o equipamento de trabalho instalado está basculado para dentro
– as pressões hidráulicas estão despressurizadas

Observação
O óleo hidráulico causa danos no meio ambiente.
u Tenha atenção para que não escorra óleo hidráulico para o solo. A terra
poluída deve ser eliminada conforme as prescrições em vigor no local.

u Libere os condutos do sistema hidráulico/acoplamentos de fechamento rápido


do equipamento de trabalho instalado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

u Feche os acoplamentos dos condutos com tampas de proteção bem vedadas.


u Coloque os condutos hidráulicos na braçadeira de mangueira.

Desbloquear e desacoplar o equipamento de trabalho


Certifique-se de que os condutos do sistema hidráulico/acoplamentos de fecha-
mento rápido do equipamento de trabalho instalado estão liberados.

copyright by

250 L 580-459 / 25400


Manual de instruções Operação, funcionamento
Montar e desmontar o equipamento

PERIGO
Perigo de acidente devido a queda do equipamento de trabalho!
u Não acione o botão Dispositivo de troca rápida com o equipamento de trabalho
elevado!

Fig. 418: Desbloquear o equipamento de trabalho


1 Suporte Equipamento de trabalho 4 Botão Dispositivo de troca rápida
2 Dispositivo de troca rápida 5 Indicação do bloqueio Posição
desbloqueada
3 Bloqueio de acionamento 6 Cavilhas de bloqueio
u Desça o equipamento de trabalho em posição plana sobre uma superfície firme
e plana.
u Bloqueie o equipamento de trabalho contra queda.
u Libere o bloqueio de acionamento 3 no sentido indicado pela seta, em simul-
tâneo, pressione o botão 4 à frente e mantenha-o pressionado.
w É emitido um sinal de aviso.
w As cavilhas de bloqueio 6 do dispositivo de troca rápida 2 são recolhidas.
w O símbolo de aviso do dispositivo de troca rápida é exibido na unidade de
indicação.
Quando as cavilhas de bloqueio estiverem completamente recolhidas:
u Libere novamente o botão 4.
w Agora, o equipamento de trabalho está desbloqueado.
u Desloque cuidadosamente o dispositivo de troca rápida 2 para fora do suporte
do equipamento de trabalho 1.
w Agora, o equipamento de trabalho está desacoplado.
LBH/11658645/02/01-2014/ptbr

Se já não estiver instalado nenhum equipamento de trabalho:


u Pressione o botão Dispositivo de troca rápida 4 atrás.
w As cavilhas de bloqueio do dispositivo de troca rápida são estendidas.
w O som de aviso é suprimido.

Montar o equipamento de trabalho


Devem ser executados os seguintes passos de trabalho:
1. Acoplar e bloquear o equipamento de trabalho
2. Equipamento de trabalho - controle de bloqueio

copyright by

L 580-459 / 25400 251


Operação, funcionamento Manual de instruções
Montar e desmontar o equipamento

3. Conectar os condutos do sistema hidráulico39)

Acoplar e bloquear o equipamento de trabalho


Você tem de se certificar de que o dispositivo de troca rápida está completamente
desbloqueado.

Fig. 420: Bloquear o equipamento de trabalho


1 Suporte Equipamento de trabalho 4 Cavilhas de bloqueio
2 Dispositivo