Você está na página 1de 13

 

RESUMO - PSICOLOGIA JURÍDICA 


I ESTÁGIO  
ESCOLAS DA PSICOLOGIA  
➔ Monitoras:​ Rayana Queiroz e Letícia Pereira

➔ ​ESTRUTURALISMO 
- Considera-se como ​fundador da a) ​Sensações​: elementos básicos da
psicologia moderna ​Wilhelm Wundt​, por percepção (som, cheiro, sabor, etc.);
ter criado, em 1879, o primeiro b) ​Imagens​: elementos de ideias, refletem
laboratório de psicologia na universidade as experiências não concretamente
de Leipzig, Alemanha. A ​psicologia só se presentes no momento (lembranças de
tornou uma ​ciência experiências anteriores);
independente da filosofia graças a ​Wundt​, c) ​Estados afetivos​: elementos de emoção
nos ​finais do século XIX​; presentes nas experiências, como amor,
tristeza etc.
- ​Edward Bradford Titchener (1867 - 1927)
foi principal responsável pela divulgação - ​O que a Psicologia estudaria?
da obra de Wundt nos Estados Unidos. a) Reduzir os processos conscientes aos
Ele ​redefine o objeto da psicologia como seus componentes mais simples;
sendo a ​experiência dependente de um b) Determinar as leis de associação
sujeito (concebido como puro organismo). desses elementos da consciência;
Organizando a ​Primeira Escola​ da c) Conectar os elementos às suas
Psicologia, o ​Estruturalismo​; condições fisiológicas.

- Defendia que a ​principal tarefa da - ​Titchener descartou, portanto, a


psicologia residia na ​decomposição da percepção​. A Psicologia deveria estudar a
natureza das experiências consistentes experiência consciente do indivíduo,
elementares​, isto é, na determinação da diante das diversas situações a que é
estrutura da consciência pela análise das exposto;
suas partes consistentes;
- A forma de auto-observação de
- ​Consciência seria a ​soma de nossas Titchener, ou introspecção, era realizada
experiências num dado momento de por observadores, bem treinados, que
tempo​; ​Mente seria a ​soma de nossas tinham que ​aprender a perceber para que
experiências acumuladas ao longo da pudessem descrever seu estado
vida​; consciente, e não o estímulo​;

- ​Método de estudo​: a ​introspecção​; - ​Todo x partes​: relatos baseados nas


vivências;
- ​Herança​: ​neuropsicologia;
- ​Críticas:
- ​Elementos da Consciência​: a) A introspecção não ser um método
objetivamente científico;
b) O todo não é a soma das partes; - Esse processo demarcou uma série de
c) O método não conseguia ser aplicado a novos ajustes, exames
psicologia infantil e também a animal; e controles sobre o indivíduo.
d) Artificialismo e de esterilidade por
causa de sua tentativa de analisar - É nesse contexto que a psicologia passa
processos conscientes até decompô-los a ter um papel ativo, ​classificando​,
em seus elementos; selecionando e ​ajustando os indivíduos a
esses novos espaços – as escolas e as
- ​Contribuições: fábricas.
a) Conhecimento dos pensamentos e dos
sentimentos; - Em certas áreas como a filosofia e as
b) Relação entre o sistema biológico e o ciências humanas, implicou a adoção de
estado mental, através das sensações; novos modelos e paradigmas, como os
c) Definição do objeto de estudo e do evolucionismos darwinista e ​spenceriano​;
método. conduzindo a circulação de novos
conceitos como adaptação, função e
equilíbrio na constituição de novas áreas
➔FUNCIONALISMO  e na abordagem de velhos problemas,
- Demarca-se na virada do século XIX como o do conhecimento humano.
para o século XX, em uma ​continuidade à
teoria darwinista​, uma psicologia - ​William James​: The principles of
interessada na ​adaptação​, ​evolução e Psychology (1855) – natureza adaptável
variação das atividades mentais​; dos processos nervosos e mentais, uma
complexidade crescente da experiência
- ​Herbert Spencer​: o desenvolvimento de faz parte do processo normal da
todos os aspectos do universo é evolução, ​o organismo precisa se adaptar
evolucionário, incluindo o caráter humano ao ambiente se desejar sobreviver​;
e as instituições sociais, em conformidade
com o princípio da sobrevivência do mais - Funcionalismo nasce nas Universidades
apto (darwinismo social); de Chicago e Columbia. A escola de
Chicago com Dewey, Angell e Carr e a de
- EUA: individualismo, liberalismo Columbia com Thorndike e Woodworth.
econômico, assistência social, livre - Os ​processos mentais como ​objeto de
iniciativa, autossuficiência e estudo​ da Psicologia;
independência da interferência do Estado;
- O ponto de vista funcional sustentou que
- ​Somente com a sobrevivência dos a mente deve ser estudada em função de
melhores, a sociedade atingiria a sua utilidade para o organismo, tendo em
perfeição​; conta a adaptação ao seu meio. (o estudo
- Especialmente em meados do século definirá "para que é" a mente e não "o que
XIX, assiste-se nos EUA a um galopante é" a mente).
processo de urbanização que se expande
da costa leste em direção à oeste (por - Partem do pressuposto da biologia
meio do avanço evolutiva, segundo o qual os seres vivos
industrial e de uma série de sobrevivem se têm as características
transformações institucionais, como a orgânicas e comportamentais adequadas
expansão do sistema escolar). a sua adaptação ao ambiente.
- ​Baldwin foi um dos autores que mais adaptação psicológica visa ajustar a
adotou o pensamento darwinista, sociedade a si própria, através do manejo
voltando-o para temas como o dos indivíduos, especialmente os
desenvolvimento infantil. desadaptados.

- ​Cattel​, mesmo tendo sido o primeiro - A psicologia funcional não se interessa


assistente de Wundt em 1883, ao retornar apenas pelo estudo da adaptação. Ela
para Columbia dedicou-se ao trabalho de deseja igualmente se transformar em um
aperfeiçoamento de medidas mentais instrumento de adaptação, promovendo-a;
para a classificação dos indivíduos
(crucial para a constituição dos testes - ​Herança​: ​Psicologia Organizacional e do
psicológicos). Trabalho​.

- ​Stanlley Hall​, apesar de ser, sob


orientação de William James o primeiro ➔BEHAVIORISMO 
doutor em psicologia nos Estados Unidos ● O BEHAVIORISMO DE JOHN
(em 1878), e o primeiro aluno de Wundt , B. WATSON (1878 – 1958)
ao retornar para a Universidade de Clark - Inaugurado com o artigo de Watson, em
promove a implantação de uma série de 1913, intitulado de “Psicologia: como os
novas áreas e de um conjunto de novas behavioristas a vêem”;
instituições. Dedica-se a áreas como a - ​Objeto da Psicologia: o
psicologia da infância, adolescência e comportamento​;
velhice, a psicologia da educação, o sexo
e a religião. Funda revistas (como a - Buscou uma ​Psicologia sem alma, sem
American Journal of Psychologie) e mente, ​sem traços subjetivos do
associações (como a American pesquisador quanto à análise dos
Psychological Association – a mais comportamentos dos sujeitos;
importante dos Estados Unidos), além de
ser responsável pelo - O Behaviorismo entende o
convite, em 1909, para a visita de Sandor comportamento como uma interação entre
Ferenczi, Gustav Jung e Sigmund Freud o que o sujeito faz e o ambiente no qual
aos EUA, para expor em linhas gerais a ele faz algo: “o Behaviorismo dedica-se ao
teoria psicanalítica. estudo das interações entre o indivíduo e
o ambiente​, entre as ​ações do
- O ​conceito de adaptação deixa de indivíduo​(suas ​respostas​) e o ​ambiente
expressar uma relação de sobrevivência (as ​estimulações​)”;
em um meio, e ​passa a significar uma
“melhor vivência neste”​, tornando-se, pois, - Os psicólogos behavioristas cunharam
um ​conceito qualitativo​. Essa melhor os termos “resposta” e “estímulo” para
vivência, esse equilíbrio, não se refere mencionarem o que o organismo faz e
apenas a um meio físico, mas antes de para mencionarem também as variáveis
tudo, a um meio social. ​Estar adaptado é ambientais que interagem com o sujeito;
antes de tudo estar ajustado às
demandas do meio social, sejam elas - A Psicologia deveria ser a ciência do
quais forem​. comportamento, puramente objetiva, uma
ciência natural experimental, investigando
- O meio social não é apenas regulador, o comportamento humano e animal;
mas também finalidade da adaptação. A
- As metas da Psicologia deviam ser a pôde verificar que estas não exibem medo
previsão​ e o ​controle do comportamento​; quando são, por exemplo, apresentadas
pela primeira vez a um gato, ou a um cão,
- ​Métodos: ou a outros animais. E isso se deve ao
a) A ​observação​, com e sem uso de fato de que as crianças ainda não
instrumentos; aprenderam a ter medo destes seres.
b) ​Métodos de teste (não media a
inteligência ou a personalidade, mas as - Sendo assim, toda atividade humana é
respostas do indivíduo à situação de condicionada e condicionável em
estímulo); decorrência da variação na constituição
c) ​Método de relato verbal​; genética. Contudo, é ​possível construir
d) ​Método do reflexo condicionado uma multiplicidade de novas conexões
(Pavlov – condicionamento clássico: estímulo-resposta através do
estímulo, resposta, modelagem, condicionamento clássico pavloviano​.
generalização​); Para Watson, quase todo
comportamento humano seria aprendido;
- O indivíduo não mais observa suas
próprias características, apenas exibe - ​Temas principais:
comportamentos; a) ​Instintos – respostas condicionadas
socialmente. Não existiriam talento,
- ​Comportamento​: ​atos passíveis de temperamento ou capacidade herdada. O
descrição objetiva​; homem se desenvolve pela
aprendizagem;
- Todos exibem comportamentos: bebês, b) ​Emoções – simples respostas
crianças, pessoas com deficiências, fisiológicas a estímulos específicos, são
adultos, pombos e ratos; formas de comportamento implícito no
qual as reações internas são expressas
- Segundo ​Watson​, os seres humanos já por meio de manifestações físicas. As
nascem com certas conexões emoções podem ser descritas em função
estímulo-resposta herdadas e chamadas da situação de estimulação objetiva, da
reflexos. Aprendizagem ocorre a partir de resposta física visível e das modificações
um condicionamento destas conexões fisiológicas internas. Padrões básicos de
bem como na construção de novas resposta emocional não aprendida: medo,
conexões estímulo-resposta através do raiva e afeto;
condicionamento clássico pavloviano. c) ​Pensamentos – comportamento
Para ele, ​o meio ambiente exerce uma sensório-motor. Movimento de falas
grande influência sobre o indivíduo​. implícitas (repressão ao “pensar alto” –
conversa silenciosa consigo);
- Sua maior preocupação é com os
aspectos observáveis do comportamento​, - Os ​distúrbios emocionais do adulto são
uma vez que para ele ​todo provocados pelas ​respostas
comportamento é aprendido​. Por isso ele condicionadas estabelecidas na infância e
se preocupa mais com o que as pessoas na adolescência e, portanto, poderia ser
fazem, do que com que as corrigido;
pessoas pensam;
- Um programa de condicionamento
- Para a elaboração de sua teoria, infantil adequado evitaria o surgimento de
realizou estudos com crianças, quando
adultos desequilibrados. E isso era
necessário para a sociedade; - O ​reforço positivo é o ​estímulo aplicado
pelo pesquisador em um organismo logo
- O behaviorismo se tornou uma “febre” depois deste ter tido um comportamento
nos EUA; desejado pelo pesquisador​. Assim, há
maior probabilidade de que esse
- “Deixe sobre minha responsabilidade comportamento se repita;
uns 10 bebês saudáveis e bem-formados,
e a um mundo especificado por mim para - O ​reforço negativo​, o ​estímulo aversivo é
criá-los e garanto escolher algum retirado com a finalidade de que seja mais
aleatoriamente e treiná-lo para tornar-se provável a repetição do comportamento
especialista de qualquer área, seja um desejado​. Vale notar
médico, um advogado, um empresário e que os dois tipos de reforços visam
até mesmo um mendigo ou um bandido, aumentar a frequência de determinado
independentemente do talento, da comportamento​;
propensão, da tendência, da habilidade,
da vocação e da raça de seus ancestrais” - A ​punição​, que pode ser ​negativa ​–
(Watson, 1930). quando um ​estímulo desejado pelo
organismo é retirado pelo pesquisador –
● BEHAVIORISMO DE B. F. ou ​positiva – ​quando é introduzido um
SKINNER (1904-1990) estímulo aversivo​. A punição visa
- O ser humano apresenta vários tipos de extinguir os comportamentos que são
comportamentos os quais foram indesejáveis​. Este tipo de estímulo foi
classificados por Skinner do seguinte utilizado no ensino tradicional com o
modo: objetivo de moldar o comportamento de
a) O ​comportamento operante é aquele alunos indisciplinados.
que tem o estímulo emitido pelo ambiente
e este desencadeia um comportamento - A “​Caixa de Skinner​” foi um instrumento
observável; para experiências com animais e foi
b) O ​comportamento reflexo é aquele em através deste experimento que o
que o indivíduo age involuntariamente; psicólogo pode descrever os tipos de
c) O ​comportamento voluntário é uma reforços. Essa experiência foi usada na
ação consciente do indivíduo em relação modelagem de comportamentos e foi
a algum fato que ocorre no ambiente. através da mesma que se pode notar a
obtenção de ​novos comportamentos
- ​Skinner afirmou que todo através do reforço e, ainda, que
comportamento humano poderia ser comportamentos indesejados ​foram
moldado ao se controlar os estímulos do extintos com o não reforçamento do
meio ambiente​. De acordo com sua teoria, comportamento​.
seria possível ​criar ou excluir
comportamentos ao inserir ou eliminar - Fica evidenciada a relação entre
estímulos no meio ambiente​; aprendizagem e controle dos estímulos do
meio ambiente dentro desta perspectiva
- Os ​estímulos do meio foram abordada. Isto é, a ​aprendizagem é vista
identificados e denominados pelo como um ​produto da organização dos
psicólogo behaviorista como: ​reforço estímulos ​por parte do professor. Assim, o
positivo​, ​reforço negativo​ e ​punição​; professor tem a função de planejar de
modo rigoroso cada aula, organizar e
controlar os estímulos do ambiente e, é buscar a boa forma, a perfeição
ainda, empregar a escala de reforço com segundo nossos conceitos.
a finalidade de que o aluno obtenha
comportamentos adequados e que 1. ​Proximidade - Os elementos mais
condizem com o ambiente escolar. próximos tendem a ser agrupados.

➔GESTALT 
- É responsável pela ​psicologia da forma.
A partir de 1870 alguns pesquisadores
alemães começaram a estudar os
fenômenos perceptuais humanos.

- Os teóricos: ​Kurt Koffka​, ​Max


2. ​Semelhança ​- ​coisas que são parecidas
Wertheimer​, e ​Kurt Lewin, edificaram uma são percebidas como parte do mesmo
teoria contrária a tudo que se tinha sido
grupo e tendem a ser percebidas como
visto em termos de psicologia no mundo, tendo a mesma função.
ou seja, a gestalt é uma linha contrária
tanto aos pensamentos de Wundt e
Titchener (estruturalismo), de James
(funcionalismo) e principalmente contrária
ao que foi visto no behaviorismo de
Skinner e Watson.
- ​Objeto de estudo​:
- ​A percepção​. Para os teóricos dessa
escola, se você compreende como o
indivíduo percebe o mundo, também
compreende o próprio indivíduo.
3. ​Continuidade - elementos que são
posicionados em uma linha ou curva são
- ​Percepção: ​a mente cria uma
percebidos como mais relacionados do
experiência completa. Ela não é uma
que se não estivessem dispostos desta
impressão passiva
forma.
ou uma combinação de elementos
sensoriais, mas uma organização ativa
dos elementos para formar uma
experiência coerente.

- ​Constância Perceptual​: ​qualidade de


integridade ou plenitude da experiência
perceptual, que não se altera com a
mudança dos elementos sensoriais
(janela de vários ângulos);
4. ​Simplicidade - Há uma tendência de
- Os principais norteadores da Gestalt são vermos a figura como se tivesse uma boa
os conceitos de: ​fechamento, simetria e qualidade sob as condições de estímulos.
regularidade. A tendência de nossa mente
➔PSICANÁLISE  
- A psicanálise tem como principal
expoente ​Sigmund Freud (1856-1939).
Conhecido mundialmente, Freud
perpetuou a ideia do inconsciente
(principal objeto de estudo dessa área).

5. ​Preenchimento ou Fechamento - Há
- ​Tinha como ​principal questionamento o
uma tendência da nossa percepção em porquê dos pacientes esquecerem tantos
completar as figuras incompletas. fatos durante sua vida. Esses fatos
sempre eram relacionados com algo
doloroso o que dificultava para os
pacientes falarem sobre (Curiosidade:
Primeira escola a surgir para tratar de
patologias) . ​Assim, ele percebeu que as
pessoas, no plano consciente,
apresentavam resistência como defesa
desses traumas.

- ​INSTINTOS OU PULSÕES:
6. ​Figura fundo - Há uma tendência de
organizar as percepções do objeto sendo elementos básicos da personalidade​. São
como uma energia fisiológico
visto e do fundo sobre o qual ele aparece.
transformada que liga as necessidades do
corpo aos desejos da mente. Freud
explicava sobre dois instintos básicos :
instinto de vida (​que lidam com a
sobrevivência básica, prazer, e
reprodução - seria o libido​) e o instinto de
morte que, para ele, o ​comportamento
auto-destrutivo é uma expressão da
energia criada pelos instintos de morte​.
Quando esta energia é dirigida para fora e
- Um dos principais conceitos fornecidos
para os outros, é expressada como
por essa Escola é o ​Insight. Definido
como um ​evento cognitivo no qual a agressão e violência.
relação e a ligação de eventos
psicológicos confere forma à figura e - A primeira teoria sobre a mente
produzida pelo austríaco se encontra num
fazem com que o sujeito compreenda a
livro seu
figura formada​.
A aprendizagem ocorre, pois, de dentro datado em 1900: “​A interpretação dos
sonhos”​. Para ele, existiriam três sistemas
para fora e liga-se à prontidão que o aluno
tem em aprender. A prontidão, por sua na mente de cada pessoa:
vez, depende da maturação neurológica
a) ​CONSCIENTE - Sistema que recebe
do aluno e é esta que determina a
motivação e o interesse do aluno durante informações do mundo exterior e interior,
e onde se existe a percepção e raciocínio;
a aprendizagem.
b) ​PRÉ-CONSCIENTE - Uma estrutura de
ligação ao consciente, onde permaneciam
os conteúdos que, em momentos, - ESTRUTURA DA PERSONALIDADE
poderiam estar no consciente, como as
lembranças;
c) ​INCONSCIENTE - Basicamente o
conjunto dos conteúdos não presentes no
campo atual da consciência. É constituído
por conteúdos reprimidos, que não têm
acesso aos sistemas pré
consciente/consciente, pela ação de
censuras internas. Estes conteúdos
podem ter sido conscientes, em algum
momento, e ter sido reprimidos, isto é,
“foram” para o inconsciente, ou podem ser
genuinamente inconscientes. O
a) ​ID - constitui o reservatório da energia
inconsciente é um sistema do aparelho
psíquica, ​é onde se “localizam” as
psíquico regido por leis próprias de
pulsões: a de vida e a de morte​. As
funcionamento. Por exemplo, é atemporal,
características atribuídas ao sistema
não existem as noções de passado e
inconsciente, na
presente.
primeira teoria, são, nesta teoria,
atribuídas ao id. É ​regido pelo princípio do
- Também é relevante o entendimento
prazer (parte mais primitiva de nossa
acerca da ​sexualidade (tudo aquio na
mentalidade).
ordem do prazer). Geralmente localizados
nos primeiros anos de vida, o
b) ​EGO - ​sistema que estabelece o
funcionamento das neuroses se davam
equilíbrio entre as exigências do id, as
basicamente graças a traumas sexuais
exigências da realidade e as “ordens” do
vividos na infância. Segundo Freud, a
superego. Procura “dar conta” dos
função sexual ​existe desde o princípio da
interesses da pessoa. É regido pelo
vida​, e não a partir da puberdade; o
princípio da realidade, que, com o
desenvolvimento sexual ​é gradativo​,
princípio do prazer, rege o funcionamento
podendo evoluir até a fase de função de
psíquico. ​É um regulador, na medida em
reprodução e obtenção de prazer
que altera o princípio do prazer para
(concepção adulta do sexo), e a ​libido nas
buscar a satisfação considerando as
palavras do próprio é “​a energia dos
condições objetivas da realidade. Neste
instintos sexuais e só deles” inaugurando
sentido, a busca do prazer pode ser
uma nova ótica sobre o tema numa
substituída pelo evitamento do desprazer.
sociedade conservadora e puritana.
As funções básicas do ego
são: ​percepção, memória, sentimentos,
- CATEXIA:
pensamento (aspecto de razão de nossa
Freud sugeriu que a energia psíquica é
mentalidade. Pode manipular a realidade
gerada pela líbido. Mas como esta
por questões racionais, por ex.: continuar
energia psíquica é usada? De acordo com
num emprego por conta
Freud,essa ​energia é liberada através de
do auto sustento).
meios biológicos conhecidas como
unidades. A unidade tem duas partes:
c) ​SUPEREGO - ​origina-se com o
uma necessidade biológica e uma
complexo de Édipo, a partir da
necessidade psicológica.
internalização das proibições, dos limites
e da autoridade​. A moral, os ideais são advogado e passa, então, a rejeitar todos
funções do superego. ​O conteúdo do esses profissionais, ou ainda, num sonho,
superego refere-se a exigências sociais e quando uma pessoa aparece, mas, na
culturais (busca a perfeição moral, status verdade está representando outra pessoa.
de cumprimento dos deveres sociais -
introjeção). 5. ​PROJEÇÃO - ​é o deslocamento de um
impulso interno para o exterior, ou do
- MECANISMOS DE DEFESA indivíduo para outro​. Os conteúdos
são estratégias que o ego usa para se projetados ​são sempre desconhecidos da
defender da ansiedade provocada pelos pessoa que projeta, justamente porque
conflitos da vida cotidiana​, envolvem tiveram de ser expulsos, para evitar o
negações os distorções da realidade. desprazer de tomar contato com esses
conteúdos​. Um exemplo é uma mulher
1. ​NEGAÇÃO - defesa que se baseia em que se sente atraída por outra mulher,
negar a dor, ou outras sensações de mas projeta esse sentimento no marido,
desprazer. É considerado um dos gerando a desconfiança de que será
mecanismos de defesa menos eficazes. traída, ou seja, de que a atração é sentida
Podemos citar como exemplo ​o pelo marido.
comportamento de crianças de “mentir”,
negando ações que realizaram e que 6. ​FORMAÇÃO DE REAÇÃO -
gerariam castigos​. caracterizado pela aderência a um
pensamento contrário àquele que foi, de
2. ​REPRESSÃO - ​impede que impulsos alguma forma, recalcado​. Na formação
ameaçadores, desejos, pensamentos e reativa, o pensamento recalcado se
sentimentos dolorosos cheguem à mantém como conteúdo inconsciente. ​As
consciência​. Trata-se de um processo que formações reativas têm a peculiaridade de
tem por objetivo proteger o indivíduo, se tornar uma alteração na estrutura da
mantendo no inconsciente as idéias e personalidade, colocando o indivíduo em
representações das pulsões que alerta, como se o perigo​, estivesse
afetariam o equilíbrio psíquico. sempre presente e prestes a destruí-lo.
Um exemplo, uma pessoa com
3. ​REGRESSÃO - ​é o processo de retorno comportamentos homofóbicos, que na
a uma fase anterior do desenvolvimento, verdade, sente-se atraído por pessoas do
onde as satisfações eram mais imediatas, mesmo sexo.
ou o desprazer era menor. Um exemplo é
o comportamento de crianças que, na 7. ​INTELECTUALIZAÇÃO ​- você se acha
dificuldade em seus relacionamentos com afastado de uma reação de emoção ou
outras crianças, retornam, por exemplo, a sentimento que você não gosta​. Por
fase oral e retomam o uso de chupetas, exemplo, em vez de enfrentar o intenso
ou ainda, comem excessivamente. sofrimento e rejeição que se sente depois
que sua esposa decide se mudar​, você
4. ​DESLOCAMENTO - ​está sempre ligado realiza uma análise financeira detalhada
a uma troca, no sentido de que a de quando você pode gastar, agora que
representação muda de lugar, e é mora sozinho.
representada por outra​. Esse mecanismo
também compreende situações em que o 8. ​RACIONALIZAÇÃO - é parecido como
todo é tomado pela parte. Por exemplo: a intelectualização​, mas envolve lidar com
alguém que teve um problema com um um comportamento de sua parte em vez
de converter uma emoção dolorosa ou conquista, deixando o complexo de Édipo
negativa em um conjunto mais neutro de apenas na ótica do inconsciente,
pensamentos. As pessoas reprimindo tudo isso na vida adulta.
frequentemente usam racionalização para Segundo Jung, outro psicanalista muito
escorar suas inseguranças ou remorso importante, ​a versão feminina deste
depois de fazer algo que eles se complexo seria o “​Complexo de Electra​”,
arrependem. onde seria a filha que desenvolve um
desejo inconsciente no pai.
9. ​SUBLIMAÇÃO ​- é a mudança da
energia libidinal do objeto de destino para - LIVRE ASSOCIAÇÃO
outras áreas, como realizações culturais​, a) ​Transferência: Grau de identificação
por exemplo. A sublimação, para Freud, é entre o analisado e o analista ao ponto
um ​mecanismo de defesa muito positivo de acontecer uma dependência afetiva
para a sociedade, pois grande parte dos b) ​Associação livre: Técnica aonde um
artistas, dos grandes cientistas, das paciente fala tudo o que vem à sua
grandes personalidades e dos grandes mente,
feitos só foram possíveis graças a esse Espera-se que fragmentos de memória
mecanismo de defesa. reprimidos venham a surgir.

- ESTÁGIOS PSICOSSOCIAIS DO -ANÁLISE DOS SONHOS


DESENVOLVIMENTO De acordo com a teoria de Freud, ​a
Teoria freudiana que sugere que, ​como as análise dos sonhos seria a ​estrada para o
crianças se desenvolvem, elas progridem inconsciente. Para ele, a mente
através de uma série de estágios consciente seria como um sensor, mas
psicossexuais. Em cada fase, a energia que é menos vigilante quando estamos
da busca do prazer da libido é focada em dormindo. Como resultado, memórias
uma parte diferente do corpo. reprimidas vem a superfície.

- As fases do desenvolvimento sexual - CONTEÚDO DOS SONHOS


eram: a ​oral (0-1 ano), a ​anal (1-3 anos) e a) ​Conteúdo manifesto de um sonho​:
a ​fálica (4-5 anos), e depois disso surge o Inclui todo o conteúdo real do sonho - os
estágio de latência (um intervalo na eventos, imagens e pensamentos
evolução da sexualidade, até a contidos dentro do sonho. É
puberdade), após essa latência surge a essencialmente o que o sonhador se
fase genital​, que como última, está lembra ao acordar.
relacionada à erotização no órgão sexual, b) ​Conteúdo latente: ​Todos os
de fato. significados ocultos e simbólicos dentro
do sonho.
- Outro conceito importante que é visto no
pensamento de Freud é a sua teoria
denominada de “​Complexo de Édipo​”,
➔ TEORIAS DA PERSONALIDADE
ocorrida na fase fálica. A mãe é objeto de - ​CONCEITOS IMPORTANTES:
desejo do menino. O pai do menino seria a)​CARÁTER​: é o que a pessoa faz
então uma espécie de rival seu​, por isso, quando está sozinho.
filhos costumam copiar hábitos paternos b)​TEMPERAMENTO​: reações,
para se ter um modelo de comportamento. comportamentos. É herdado
Com o passar dos tempos, pelo medo de geneticamente (INTERNO).
perder o amor paterno, se desiste dessa - ​ELEMENTOS DA PERSONALIDADE:
a)​TRAÇO​: característica permanente Raymond Cattel - traços originais e
(mantém padrão de comportamento em dinâmicos;
situações diversas). Hans Eysenck-dimensões da
b)​ESTADO​: características momentâneas. personalidade;
Robert McCrac e Paul Costa-modelo dos
OBS: ​Quando um estado deixar de ser cinco fatores;
momentâneo e passa a se comportar Arnold Buss e Robert Plomin-teoria do
como um traço, há um transtorno de temperamento;
personalidade​. 3. ​ABORDAGENS HUMANISTAS
Abraham Maslow-teoria da hierarquia das
- FATORES: necessidades;
a)​GENÉTICOS - se herda disposições, e Carl Rogers- teoria da auto realização
não destino. São tendências, não (TCP);
certezas. Predisposições genéticas serão 4.​ ABORDAGEM COGNITIVA
confirmadas por condições sociais e George Kelly- teoria do reforço;
ambientais. 5. ABORDAGEM COMPORTAMENTAL
b)​AMBIENTAL - situações parentais e (BEHAVIORISMO)
sociais, cultura e época, eventos sociais B.F. Skinner-teoria do reforço;
de grande escala podem restringir 6. ​ABORDAGEM DA APRENDIZAGEM
escolhas de vida e influenciar na SOCIAL (BEHAVIORISMO)
formação de identidade própria. Albert Bandura- teoria da modelagem;
c)​APRENDIZAGEM - até os elementos
herdados são modificados, destruídos,
inibidos ou fomentados por meio do
➔TABELA COMPARATIVA 
processo de aprendizagem.   
d)​PARENTAL - relações com os parentes
influenciam na personalidade;
e)​DESENVOLVIMENTO – Há
características que se manterão estáveis
por toda a vida e outras que mudarão. O
neuroticismo e a extroversão diminuem
com a idade; A afabilidade e
conscienciosidade aumentam com a
idade.
f) ​CONSCIÊNCIA
g) ​INCONSCIENTE

- TEORIAS
1.​NEOPSICANALISTAS:
Carl Jung-psicologia analítica;
Alfred Adler- psicologia individual;
Karen Horney- necessidades e tendências
neuróticas;
Henry Murray-personologia;
2. ​ABORDAGEM DOS TRAÇOS:
Gordon Alport - motivação e
personalidade;

Você também pode gostar