Você está na página 1de 30

Sexta-feira, 29 de Abril de 2011 III SÉRIE — Número 17

BOLETIM DA REPÚBLICA
PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

2.º SUPLEMENTO
MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Assembleia Municipal de Massinga

DESPACHO Resolução n.º 20/2010, de 15 de Dezembro

Um grupo de cidadãos requereu à Ministra da Justiça o A Assembleia Municipal da Vila de Massinga, reunida na 10.ª sessão
reconhecimento da Associação Pfuka U Hanya – Acorde e Viva, como ordinária, apreciou a proposta do Conselho Municipal sobre o Plano
pessoa jurídica, juntando ao pedido os estatutos da constituição. Económico Social e Orçamento Municipal para o ano 2011, assim ao
Apreciados os documentos entregues, verifica-se que se trata de uma abrigo da alínea b) do n.º 3 do artigo 45 da Lei n.º 2/97, de 18 de
associação que prossegue fins lícitos, determinados e legalmente possíveis Fevereiro, a Assembleia Municipal da Vila de Massinga, com 12
cujo acto de constituição e os estatutos da mesma comprem o escopo e os membros, dos 13 efectivos e com 12 votos a favor, zero abstenções e
requisitos exigidos por lei, nada obstando ao seu reconhecimento. zero votos contra, delibera:
Nestes termos e no disposto no n.º 1 do artigo 5 da Lei n.º 8/91, de 18
Único: Aprovação do Plano Económico, Social e Orçamento do
de Julho, e artigo 1 de Decreto n.º 21/91, de 3 de Outubro, vai reconhecida
Município da Vila de Massinga para o ano 2011.
como pessoa jurídica a Associação Pfuka U Hanya – Acorde e Viva.
Maputo, 21 de Novembro de 2007. — A Ministra da Justiça, Massinga, 15 de Dezembro de 2010. — A Presidente
Esperança Machavela. da Assembleia, Emília António Macitela Faiela.

Orçamento do Município

Situação financeira da autarquia

Ano económico 2011 Província Inhambane Autarquia Massinga

Execução Ano Previsão inicial Extimativa Extimativa


Económico Ano económico 1.º trimestre do ano em até ao final
Anterior Em curso (2011) curso do ano económico

Saldo do exercício anterior 653,948.57 153,128.75


Receita total 13,908,916.00 23,926,600.00 5,981,650.00 23,926,600.00
Código Descrição
1 Receitas correntes 8,481,630.89 11,155,570.00 2,788,892.50 11,155,570.00
1.1 Receitas fiscais 359,658.52 430,000.00 107,500.00 430,000.00
1.1.1 Imposto Sobre Rendimentos 0.00 0.00 0.00 0.00
1.1.1.1 Imposto Autárquico de Co. e Indústria 0.00 0.00 0.00 0.00
1.1.1.2 Imposto Sobre Rendimentos de Trabalho (secç. B) 0.00 0.00 0.00 0.00
1.1.2 Imposto Sobre Bens e Serviços 154,417.52 171,000.00 42,750.00 171,000.00
1.1.2.1 Imposto Predial Autárquico 100.00 1,000.00 250.00 1,000.00
1.1.2.2 Imposto Autárquico de Sisa 0.00 10,000.00 2,500.00 10,000.00
1.1.2.3 Imposto Sobre Veículo 154,317.52 160,000.00 40,000.00 160,000.00
1.1.3 Outros impostos 205,241.00 259,000.00 64,750.00 259,000.00
1.1.3.1 Imposto Pessoal Autárquico 32,190.00 75,000.00 18,750.00 75,000.00
1.1.3.2 Taxa Por Actividade Económica 173,051.00 182,000.00 45,500.00 182,000.00
1.1.3.3 Derramas 0.00 0.00 0.00 0.00
1.1.3.4 Adicionais sobre os impostos do Estado 0.00 0.00 0.00 0.00
1.1.3.99 Outros impostos 0.00 2,000.00 500.00 2,000.00
1.2 Receitas não fiscais 3,730,222.37 4,790,640.00 1,197,660.00 4,790,640.00
1.2.1 Taxas por Licenças Concedidas 3,573,803.97 4,522,640.00 1,130,660.00 4,522,640.00
404 — (26) III SÉRIE — NÚMERO 17

Execução Ano Previsão inicial Extimativa Extimativa


Económico Ano económico 1.º trimestre do ano em até ao final
Anterior Em curso (2011) curso do ano económico

Código Descrição
1.2.1.1 Realização de Infra-estruturas e equipamento simples 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.1.2 Loteamento(demarcação de terrenos talhões) 280.863,00 300.000,00 75.000,00 300.000,00
1.2.1.3 Execução de obras par. e ocupação de vias pública 557.779,66 570.000,00 142.500,00 570.000,00
1.2.1.5 Utilização de edifícios 100,00 500,00 125,00 500,00
1.2.1.6 Uso e Aproveita. do solo autárquico 29.158,00 33.000,00 8.250,00 33.000,00
1.2.1.7 Ocupação e aproveitamento de domínio público 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.1.9 Prestação de serviços 50.275,27 55.000,00 13.750,00 55.000,00
1.2.1.10 Ocupação e utilização de L. res. a mercados. e feirras 2.367.056,60 3.205.140,00 801.285,00 3.205.140,00
1.2.1.11 Auto. de venda ambulante. nas vias pública 5.200,00 7.000,00 1.750,00 7.000,00
1.2.1.12 Aferi.e confe.. de pesos, M. e apa. de medição 2.050,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.2.1.13 Estacionamento de veículos 210.808,00 260.000,00 65.000,00 260.000,00
1.2.1.14 Autorização de publici. de propa. comercial 18.150,00 21.000,00 5.250,00 21.000,00
1.2.1.15 Cemitéiros e realização de inteiros 640,00 1.000,00 250,00 1.000,00
1.2.1.16 Instalações dest. ao confro, acom. e R.público 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.1.17 Licenças sanitárias de instalações 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.1.18 Registos determinados por lei 30.650,44 40.000,00 10.000,00 40.000,00
1.2.1.99 Outras 21.073,00 25.000,00 6.250,00 25.000,00
1.2.2 Tarifas e taxas pela prestação de serviços 6.326,80 95.000,00 23.750,00 95.000,00
1.2.2.1 Recolha, depósito e tratamento de lixo 0,00 80.000,00 20.000,00 80.000,00
1.2.2.2 ligação, conservação e tratamento de esgotos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.3 Abastecimento de água 4.600,00 10.000,00 2.500,00 10.000,00
1.2.2.4 Abastecimento de energia eléctrica 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.5 Utilização de matadouro 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.6 Transp. urb. colecti. de pessoas e percarias 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.7 Manutenção de jardins e percados 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.8 Manutenção de vias 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.99 Outras 1.726,80 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.2.3 Outras receitas não fiscais 150.091,60 173.000,00 43.250,00 173.000,00
1.2.3.1 Reembolsos, reposição e indeminizações 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.3.2 Receitas de operações fiananceiras 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.3.3 Coimas e multas 56.230,50 63.000,00 15.750,00 63.000,00
1.2.3.4 Comparticipação de APIE 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.3.99 Outras 93.861,10 110.000,00 27.500,00 110.000,00
1.3 Receitas consignadas 0,00 0,00 0,00
1.3.0.1 Taxas consignadas às instituições da autarquia 0,00 0,00 0,00 0,00
1.3.0.2 Taxas consignadas aos serviços autónomos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4 Produto de transfe.corrente de enti. puplicas 4.391.750,00 0,00 1.483.732,50 5.934.930,00
1.4.1 Transferências correntes do estado 4.391.750,00 5.934.930,00 1.410.892,50 5.643.570,00
1.4.1.1 Fundo de compensação autárquica 4.391.750,00 5.643.570,00 1.410.892,50 5.643.570,00
1.4.1.2 Transferências de competências e atribuições 0,00 5.643.570,00 0,00 0,00
1.4.1.3 Transferências extraordinárias 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.2 Transferências correnstes de outras entidades públicas 0,00 0,00 72.840,00 291.360,00
1.4.2.99 Outras 291.360,00 72.840,00 291.360,00
1.5 Donativos 0,00 291.360,00 0,00 0,00
1.5.0.1 Heranças, legais, doações e outras liberdades 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.0.2 Donativos em espécie a projectos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.0.3 Donativos consignados a projectos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.0.99 Outros 0,00 0,00 0,00 0,00
2 Receitas de capital 5.427.285,11 0,00 3.192.757,50 12.771.030,00
2.1 Alienação do património da autarquia 0,00 12.771.030,00 0,00 0,00
2.1.0.1 Alienação de bens Imóvies 0,00 0,00 0,00 0,00
2.1.0.2 Alienação de outros bens de patrimínio 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2 Outras receitas de capital 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1 Redimento de serviços pertencentes á autarquia 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1.1 Serviços directamente administrados pela autarquia 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1.2 Serviços dados em concessão 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2 Rendimentos de bens móveis e imóveis 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2.1 Bens móveis, incluindo equipamentos 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2.2 Bens imóveis, incl. rendas e foros sobre terras 0,00 0,00 0,00
2.2.3 Rendimentos de participações financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.3.1 Participação financeira em E. públicas eutárquicas 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.3.99 Outras participações financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
2.3 Produto de trans. de capital de entidades públicas 5.427.285,11 0,00 3.192.757,50 12.771.030,00
2.3.1 Transferência de capital do estado 0,00 12.771.030,00 0,00 0,00
2.3.1.1 Investimentos de iniciativa local 2.635.060,00 0,00 940.597,50 3.762.390,00
2.3.1.2 Transferências extraordinárias 0,00 3.762.390,00 0,00 0,00
2.3.1.3 Outras transferências de capital do Estado 2.792.225,11 0,00 1.177.160,00 4.708.640,00
2.3.2 Transferência de capital de outras entidades públicas 0,00 4.708.640,00 1.075.000,00 4.300.000,00
2.3.2.1 Outras entidades públicas(Fundos de Estradas) 0,00 4.300.000,00 1.075.000,00 4.300.000,00
2.4 Donativos 0,00 4.300.000,00 0,00 0,00
2.4.01 Heranças, legados, doações e outras liberalidades 0,00 0,00 0,00 0,00
2.4.0.2 Donativos consignados a projectos 0,00 0,00 0,00 0,00
2.4.0.3 Donativos em espécie a projectos 0,00 0,00 0,00 0,00
2.4.0.99 Outros 0,00 0,00 0,00 0,00
2.5 Produtos de empréstimos 0,00 0,00 0,00 0,00
2.5.0.1 Banco central 0,00 0,00 0,00 0,00
2.5.0.2 Outros bancos e instituições financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
2.5.0.3 Emissão de obrigações 0,00 0,00 0,00 0,00
Total de despesas 14.409.735,82 23,926,600.00 5,981,650.00 23,926,600.00
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (27)

Execução Ano Previsão inicial Extimativa Extimativa


Económico Ano económico 1.º trimestre do ano até ao final
Anterior Em curso (2011) em curso do ano económico

Código Descrição
1 Despesas correntes 7.784.296,23 10.447.860,00 2.611.965,00 10.447.860,00
1.1 Despesascom o pessoal 3.466.127,83 4.147.000,00 1.036.750,00 4.147.000,00
1.1.1 Salários e remunerações 3.003.238,08 3.589.000,00 897.250,00 3.589.000,00
1.1.1.0.01 Vencimento base do pessoal do quadro 308.270,74 400.000,00 100.000,00 400.000,00
1.1.1.0.02 Vencimento base do pessoal fora do quadro 1.630.797,52 1.900.000,00 475.000,00 1.900.000,00
1.1.1.0.04 Pessoal aguardando aposentação 0,00 0,00 0,00 0,00
1.1.1.0.06 Gratificação de chefia 0,00 9.000,00 2.250,00 9.000,00
1.1.1.0.07 Outras remunerações certas 1.033.138,20 1.100.000,00 275.000,00 1.100.000,00
1.1.1.0.08 Remunerações extraordinárias 0,00 150.000,00 37.500,00 150.000,00
1.1.1.0.99 Outras remunerações 31.031,62 30.000,00 7.500,00 30.000,00
1.1.2 Outras despesas com o pessoal 462.889,75 558.000,00 139.500,00 558.000,00
1.1.2.0.01 Ajudas de custo dentro do país 319.250,00 370.000,00 92.500,00 370.000,00
1.1.2.0.02 Ajudas de custo fora do país 0,00 0,00 0,00 0,00
1.1.2.0.05 Repesentação 137.169,75 180.000,00 45.000,00 180.000,00
1.1.2.0.06 Subsídio de combustível e manutenção de viaturas 0,00 0,00 0,00 0,00
1.1.2.0.07 Sumplemento de vencimentos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.1.2.0.08 Subsídio de funeral 5.000,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.1.2.0.99 Outras despesas 1.470,00 3.000,00 750,00 3.000,00
1.2 Bens e serviços 4.318.168,40 6.238.000,00 1.559.500,00 6.238.000,00
1.2.1 Bens 2.641.292,14 3.922.000,00 980.500,00 3.922.000,00
1.2.1.0.01 Combustíveis e lubrificantes 1.062.655,31 1.700.000,00 425.000,00 1.700.000,00
1.2.1.0.02 Manutenção e reparação de imóveis 345.331,10 360.000,00 90.000,00 360.000,00
1.2.1.0.03 Manutenção e reparação de equipamentos 95.437,83 120.000,00 30.000,00 120.000,00
1.2.1.0.04 Construções e quipamentos militares 0,00 150.000,00 37.500,00 150.000,00
1.2.1.0.05 Material não duradouro de escritório 594.309,00 850.000,00 212.500,00 850.000,00
1.2.1.0.06 Material duradouro de escritório 2.915,00 12.000,00 3.000,00 12.000,00
1.2.1.0.07 Fardamento e calçado 4.650,00 150.000,00 37.500,00 150.000,00
1.2.1.0.08 Outros bens não duradouros 310.665,40 400.000,00 100.000,00 400.000,00
1.2.1.0.99 Outros bens duradouros 225.328,50 180.000,00 45.000,00 180.000,00
1.2.2 Serviços 1.676.876,26 2.316.000,00 579.000,00 2.316.000,00
1.2.2.0.01 Comunicações 507.307,30 600.000,00 150.000,00 600.000,00
1.2.2.0.02 Passagens dentro do país 83.557,00 195.000,00 48.750,00 195.000,00
1.2.2.0.03 Passagens fora do país 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.0.04 Rendas de Instalações 0,00 156.000,00 39.000,00 156.000,00
1.2.2.0.05 Manutenção e reparação de Imóveis 203.327,72 250.000,00 62.500,00 250.000,00
1.2.2.0.06 Manutenção e reparação de equipamentos 218.402,50 220.000,00 55.000,00 220.000,00
1.2.2.0.07 Transporte e carga 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.0.08 Seguros 53.552,04 150.000,00 37.500,00 150.000,00
1.2.2.0.09 Representação 69.692,50 200.000,00 50.000,00 200.000,00
1.2.2.0.10 Consutroria e assistente técnica residente 0,00 0,00 0,00 0,00
1.2.2.0.11 Consutroria e assistência técnica não residente 0,00 430.000,00 107.500,00 430.000,00
1.2.2.0.12 Àgua e electricidade 21.409,41 35.000,00 8.750,00 35.000,00
1.2.2.0.99 Outros serviços 519.627,79 80.000,00 20.000,00 80.000,00
1.4 Transferências correntes 0,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.4.1 Administrações públicas 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.1.0.03 Direitos aduaneiros 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.1.0.04 Outros impostos indirectos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.1.0.99 Outras transferências 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.3 Famílias 0,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.4.3.3 Despesas sociais 0,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.4.3.3.99 Outras despesas sociais 0,00 5.000,00 1.250,00 5.000,00
1.4.3.4 Outras transferências e famílias 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.3.4.01 Bolsas de estudo 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.3.4.99 Outras transferências 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.4 Exterior 0,00 0,00 0,00 0,00
1.4.4.0.02 Organismos internacionais sectoriais 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5 Subsídios 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1 Sociedades 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1.0.01 Empresas 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1.0.02 Juros boificados 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1.0.03 Restituição de cobranças indevidas 0,00 0,00 0,00 0,00
1.5.1.0.99 Outras 0,00 0,00 0,00 0,00
1.6 Outras despesas correntes 0,00 57.860,00 14.465,00 57.860,00
1.6.0.0.01 Dotação provisional 0,00 57.860,00 14.465,00 57.860,00
1.6.0.0.02 Restituições de cobranças indevidas 0,00 0,00 0,00 0,00
1.6.0.0.99 Outras despesas correntes 0,00 0,00 0,00 0,00
1.7 Exercícios findos 0,00 0,00 0,00 0,00
1.7.0.0.01 Salários e remunerações 0,00 0,00 0,00 0,00
1.7.0.0.02 Outras despesas com o pessoal 0,00 0,00 0,00 0,00
1.7.0.0.03 Bens 0,00 0,00 0,00 0,00
1.7.0.0.99 Serviços 0,00 0,00 0,00 0,00
2 Despesas de capital 6.625.439,59 13.478.740,00 3.369.685,00 13.478.740,00
2.1 Bens de capital 6.625.439,59 12.798.100,00 3.369.685,00 13.478.740,00
2.1.1 Construções 4.135.422,79 8.207.637,00 2.051.909,25 8.207.637,00
2.1.1.0.01 Habitações 0,00 0,00 0,00 0,00
2.1.1.0.02 Edifícios 0,00 4.407.637,00 1.101.909,25 4.407.637,00
2.1.1.0.99 Outras construções 4.135.422,79 3.800.000,00 950.000,00 3.800.000,00
2.1.2 Maquinaria e equipamento 2.490.016,80 3.552.503,00 888.125,75 3.552.503,00
404 — (28) III SÉRIE — NÚMERO 17

Execução Ano Previsão inicial Extimativa Extimativa


Económico Ano económico 1.º trimestre do ano em até ao final
Anterior Em curso (2011) curso do ano económico

Código Descrição
2.1.2.0.01 Meios de transporte 1.300.200,00 2.400.000,00 600.000,00 2.400.000,00
2.1.2.0.99 Outra maquinaria e equipamento 136.833,80 1.152.503,00 288.125,75 1.152.503,00
2.1.3 Outros bens de capital 0,00 1.037.960,00 259.490,00 1.037.960,00
2.1.3.0.01 Melhoramento fundiários 0,00 0,00 0,00 0,00
2.1.3.0.99 Outros bens de capital 1.052.983,00 1.037.960,00 259.490,00 1.037.960,00
2.2 Transferências de capital 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1 Administrações públicas 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1.0.03 Direitos aduaneiros 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1.0.04 Outros impostos inderectos 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.1.0.99 Outras transferências 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2 Outras transferências de capital 0,00 0,00 0,00
2.2.2.0.02 Famílias 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2.0.03 Sociedades 0,00 0,00 0,00 0,00
2.2.2.0.04 Exterior 0,00 0,00 0,00 0,00
2.3 Outras despesas de capital 0,00 680.640,00 170.160,00 680.640,00
2.3.0.0.01 Dotação provisional 0,00 100.000,00 25.000,00 100.000,00
2.3.0.0.99 Outras despesas de capital 0,00 580.640,00 145.160,00 580.640,00
3 Operações financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00
3.1 Operações activas 0,00 0,00 0,00 0,00
3.1.0.0.01 Capital social das empresas 0,00 0,00 0,00 0,00
3.1.0.0.02 Outros 0,00 0,00 0,00 0,00
3.2 Operações passivas 0,00 0,00 0,00 0,00
3.2.0.0.01 Amortização de empréstimos externos 0,00 0,00 0,00 0,00
3.2.0.0.03 Amortização de emprés.v internos banários 0,00 0,00 0,00 0,00
3.2.0.0.03 Obrigações internas 0,00 0,00 0,00 0,00

Saldo do exercício 153.128.75

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Sabzwari Internacional, ARTIGO TERCEIRO Dois) O sócio goza do direito de preferência


Sociedade Unipessoal, da aquisição da quota ou parte dela.
Duração
Limitada ARTIGO OITAVO
A sociedade é constituída por tempo
Certifico, para efeitos de publicação, que no indeterminado, contando-se o seu início a partir Administração e gerência
dia doze de Abril de dois mil e onze, foi matricula da data da sua constituição.
na Conservatória do Registos de Entidades Um) A Administração e gerência da
Lagais sob NUEL 100213486, uma sociedade ARTIGO QUARTO sociedade em todos os seus actos e contratos
denominada Sabzwari Internacional, Sociedade
Objecto social bem como a sua representação em juízo e fora
Unipessoal, Limitada.
dele, activa e passivamente, com dispensa de
Abdul Samad Surya, casado, de nacionalidade Um) A sociedade tem como objecto social, caução, estarão a cargo do único sócio Abdul
Paquistanesa, residente na Beira, portador comércio geral a grosso e a retalho com
Samad Surya.
de DIRE n.º 01 92 75 11, emitido em dois importação e exportação.
de Setembro de dois mil e dez, pela Migração Dois) Para obrigar a sociedade é bastante a
Dois) Por deliberações da assembleia geral
de Sofala . a sociedade poderá ainda exercer outras assinatura do sócio gerente.
Que pelo presente estatuto, constitue por si actividades, desde que obtidas as devidas Três) O gerente, na sua ausência ou
uma sociedade comercial por quotas de autorizações. impedimento, poderá, em todo ou em parte,
responsabilidade limitada, que se regerá nos delegar os seus poderes a pessoas estranhas à
termos das cláusulas constantes dos artigos ARTIGO QUINTO sociedade, devendo para o efeito outorgar o
seguintes: respectivo instrumento de mandato.
Capital social
ARTIGO PRIMEIRO Quatro) O gerente é vedado de assumir
O capital social, integralmente subscrito e
compromissos com terceiros e obrigar a
Denominação realizado em dinheiro, é de cinquanta mil
meticais, correspondente a cem porscento da sociedade em actos estranhos ao seu objecto
A sociedade adopta a denominação Sabzwari quota, pertencente ao único sócio Abdul Samad social, sendo esta responsabilidade
Internacional, Sociedade Unipessoal, Limitada. Surya. exclusivamente da assembleia geral.
Parágrafo único. Por deliberação do sócio
ARTIGO SEGUNDO ARTIGO NONO
poderá o capital social ser aumentado com ou
Sede social sem admissão de novos sócios. Exercício económico
Um) A sociedade tem a sua sede na cidade ARTIGO SÉTIMO O exercício económico coicide com o ano
da Beira. civil e o balaço de contas dos resultados será
Divisão e cessão de quotas
Dois) Podendo por deliberações da fechado com referências a trinta e um de
assembleia geral, criar sucursais, delegações, Um) A divisão, parcial ou total, da quota
Dezembro de cada ano e serão submetidas à
agèncias e quaisquer outras formas de depende da autorização prévia da assembleia
apreciação da assembleia geral.
representação social, em qualquer parte do pais. geral.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (29)

ARTIGO DÉCIMO vinte seis mil trezentos e cinquenta meticais, fica alterado o artigo quarto dos estatutos da
representiva de oitenta e cinco por cento do sociedade, passando o mesmo a ter a seguinte
Morte ou Interdição nova redacção:
capital social da S _ Graphics, Limitada.
Em caso de morte ou interdição do sócio, a Por esta mesma escritura e de comum acordo ARTIGO QUARTO
sociedade não se dissolve, mas continuará com alteram o artigo quarto dos estatutos, que passa
os herdeiros, ou representantes, do sócio (Capital social)
ter a seguinte nova redacção:
falecido ou interdito, os quais nomearão um O capital social, integralmente subscrito
entre si que a todos represente na sociedade, ARTIGO QUARTO e realizado em dinheiro, é de sete milhões
enquanto a quota permanecer indvisa. novecentos e sessenta e oito mil e cem
(Capital social)
meticais, correspondente à soma de duas
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO O capital social, integralmente quotas distribuídas da seguinte forma:
subscrito, é de trinta e um mil meticais em a) Uma quota no valor nominal de
Dissolução da sociedade
dinheiro e acha-se dividido nas seguintes seis milhões trezentos e setenta
A sociedade dissolve-se nos casos fixados quotas: e cinco mil meticais, represen-
na lei, e a sua liquidação será efectuada pelo tativa de aproximadamente
a) Uma quota no valor nominal de
gerente que estiver em exercício à data da sua oitenta vírgula cinco por cento
vinte e seis mil e trezentos e
dissolução. do capital social, pertencente à
cinquenta meticais, represen- sócia SISIL – Sociedade Ibero
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO tativa de oitenta e cinco por Suíça de Intercâmbo-Impor-
cento do capital social, perten- tação, Exportação, Unipessoal,
Casos omissos cente à sociedade DHD _ Limitada;
Os casos omissos seráo regulados pelas Consultoria e Participações, b) Uma quota no valor nominal de
disposições aplicaveis em vigor na República Limitada; um milhão quinhentos e
b) Uma quota com valor nominal de noventa e três mil e setecentos
de Moçambique.
quatro mil e seiscentos e cin- meticais, representativa de
Maputo, catorze de Abril de dois mil e onze. — dezanove vírgula cinco por
quenta meticais, representativa
O Técnico, Ilegível. cento do capital social, perten-
de quinze por cento do capital cente à sócia Powers Sistemas
social, pertencente ao sócio, de Energia, Limitada.
Hélio Vasco Tivane.
Que, em tudo mais não alterado, continuam
S – Graphics, Limitada Que em tudo o mais não alterado continuam a vigorar as disposições do pacto social anterior.
a vigorar as disposições do pacto social anterior. Maputo, onze de Abril de dois mil e onze.—
Certifico, para efeitos de publicação, que por O Técnico,Ilegível.
Está conforme.
escritura pública de vinte e cinco de Março de
dois mil e onze, lavrada de folhas noventa e seis Maputo, treze de Abril de dois mil e onze.—
a folhas noventa e nove do livro de notas para O Ajudante, Ilegível.
escrituras diversas setecentos, oitenta e três traço Dreamz, Limitada
B do Primeiro Cartório Notarial de Maputo,
perante Lubélia Ester Muiuane, licenciada em Certifico, para efeitos de publicação, que por
SISIL Moçambique, Limitada escritura de oito de Março de dois mil e onze,
Direito, técnica superior dos registos e notariado
Certifico, para efeitos de publicação, que por lavrada a folhas cinquenta e duas e seguintes do
N1 e notária em exercício no referido cartório,
acta de vinte e três de Março de dois mil e onze, livro de notas para escrituras diversas número
procedeu-se na sociedade em epígrafe, cessão,
na sede da sociedade SISIL Moçambique, setecento e oitenta e dois traço B do Primeiro
unificação de quotas e alteração parcial do pacto
Limitada, registada na Conservatória dos Cartório Notarial de Maputo, perante mim
social, em que a sócia Southern Africa Media Registo das Entidades Legais, sob o número Arnaldo Jamal de Magalhães, licenciado em
Development Fund, decidiu ceder a totalidade 100133369, com o capital social, de dois milhões Direito, técnico superior dos registos e notariado
da sua quota no valor nominal de oito mil e e quinhentos mil meticais, ficou deliberado (i) a N1 e notário do referido cartório, foi constituída
sessenta meticais, representativa de vinte e seis cessão da quota pertencente à sócia Sisil Cabo uma sociedade por quotas de responsabilidade
por cento do capital social da S-Graphics, Verde, S.A, no valor nominal de um milhão limitada, que passará a reger- -se pelas
Limitada; à favor da DHD-Consultoria e oitocentos e setenta e cinco mil meticais, disposições constantes dos artigos seguintes:
Participações, Limitada. Que esta cessão de representativa de setenta e cinco por cento do
quota foi feita com todos os direitos e obrigações capital social, que sede à SISIL - Sociedade Ibero CAPíTULO I
inerentes à quota cedida, e pelo preço Suíça de Intercâmbo – Importação, Exportação,
Unipessoal, Limitada, que entra para a sociedade Da denominação, sede, duração
correspondente ao valor nominal, que o cedente e objecto social
como nova sócia, (ii) e o aumento do capital da
declarou ter recebido do cessionário o que por
sociedade no montante de dois milhões e ARTIGO PRIMEIRO
isso lhe confere plena quitação.
quinhentos mil meticais para o montante de sete
Pelo segundo outorgante foi dito que, aceita A sociedade adopta a denominação de
milhões novecentos e sessenta e oito mil e cem
esta cessão de quota e bem como a quitação do Dreamz, Limitada, é uma sociedade comercial
meticais, na modalidade de novas entradas
preço nos termos exarados. por quotas de responsabilidade limitada.
realizadas em numerário, no montante global de
Que em consequência da cessão de quota, a cinco milhões quatrocentos e sessenta e oito mil ARTIGO SEGUNDO
DHD _ Consultoria e Participações, Limitada, e setecentos meticais.
decidiu unificar as suas quotas passando a ser Em consequência da cessão de quotas e do A sociedade tem a sua sede social na cidade
titular de uma única quota no valor nominal de aumento do capital da sociedade acima descritas, de Maputo, podendo abrir ou fechar delegações,
404 — (30) III SÉRIE — NÚMERO 17

sucursais ou outra forma de representacao social do consentimento da sociedade, sendo nulas Dois) Não sendo sócio o gerente, compete a
em qualquer parte do território nacional ou no quaisquer actos de tal natureza que contrariem o assembleia geral nomeá-lo, podendo delegar nele
estrangeiro desde que a assembleia geral assim disposto no presente número. no todo ou em parte os seus poderes conferidos
o decida e mediante autorização previa de quem Dois) A cessão ou divisão de quotas ou parte no número anterior deste artigo.
de direito. delas a estranhos dependem do prévio Três) Para obrigar a sociedade em actos e
consentimento da assembleia geral e só contratos, será sempre necessário uma assinatura
ARTIGO TERCEIRO
produzirá efeitos a partir da data da respectiva de um dos sócios. Os actos de mero expediente
A sua duração é por tempo indeterminado, escritura. poderão ser assinados pelos sócios da empresa,
contando-se o seu início a partir da celebração Três) À sociedade fica, sempre em primeiro ou gerente, quando este não é sócio ou qualquer
da presente escritura. lugar, reservado o direito de preferência no caso empregado devidamente credenciado.
de cessão ou divisão de quotas e, não querendo, Quatro) Em caso algum a sociedade poderá
ARTIGO QUARTO
poderá o mesmo ter direito de ser exercido pelos ser obrigada em actos e contratos que não digam
Um) A sociedade tem como objecto social o sócios individualmente. respeito as operações sociais, designadamente,
exercício da actividade comercial a grosso e a Quatro) O consentimento da sociedade é em letras de favor, fiãncas ou abonações.
retalho, prestação de serviços, comissões, pedido por escrito, com a indicação do
consignações, agenciamento e representação cessionário e de todas as condições de cessão ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
comercial. ou divisão.
Dois) A sociedade poderá, ainda, exercer Um) A assembleia geral dos sócios reúne-
Cinco) Se a sociedade não deliberar sobre o
outras actividades comerciais, industriais pedido de consentimento, a cessão ou divisão -se em sessões ordinária, uma vez por ano, para
conexas ou subsidiárias da actividade deixa de depender do consetimento. apresentação, aprovação ou modificação do
principal,conforme vier a ser deliberado pela balanço e contas de exercício anterior e deliberar
assembleia geral e mediante autorização prévia ARTIGO NONO sobre qualquer outro assunto para que tenha
da sociedade. sido convocada, e em sessão extraordinária,
À sociedade mediante deliberação da
assembleia geral, fica reservado o direito de sempre que for necessários.
CAPíTULO II
amortizar as quotas dos sócios no prazo de Dois) A assembleia geral será convocada
Do capital social sessenta dias a partir da verificação dos seguintes por meio de uma carta registada ou outra forma
ARTIGO QUINTO factos: a deliberar pela assembleia geral, dirigida a cada
a) Se qualquer quota ou parte dela for sócio, com antecedência mínima de quinze dias.
O capital social, integralmente subscrito e penhorada ou sujeita a qualquer acto Três) Serão contudo válidas as deliberações
realizado em dinheiro, é de quinhentos mil administrativo que possa obrigar a que constem de independemente da sua
meticais, correspondente à soma de duas quotas sua transferencia para terceiros ou convocação.
subscritas, sendo cinquenta por cento do capital ainda sefor dada em caucao de Quatro) Os sócios far-se-ão representar em
subscrito, equivalente a duzentos e cinquenta obrigacao que titular assuma sem a caso de impedimento, nas sessões da assembleia
mil meticais, pertencente à sócia Vanita Vijay previa autorização da sociedade; geral, por quem legalmente os represente ou
Sinha, natural de India, nacionalidade indiana, b) Se qualquer quota ou parte dela for pelas pessoas para o efeito designadas por
portadora do Passaporte n.º F0437378, de um cedida a terceiros sem previamente simples carta para esse efeito a sociedade.
de Setembro de dois mil e quatro, e os restantes ser dado conhecimento nos termos
cinquenta por cento do capital subscrito, do disposto no artigo oitavo destes ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
equivalentes a duzentos e cinquenta mil meticais, estatutos.
Um) As deliberações da assembleia geral
pertencem à sócia Pratima Sudarshan Shetty, serão tomadas por maioria absoluta dos votos e
ARTIGO DÉCIMO
natural de India, nacionalidade indiana, portadora constituem norma para a sociedade, desde que
do Passaporte n.º F0938492, emitido aos vinte Um) Por morte ou interdição de qualquer
não sejam anuláveis nos termos da lei.
e oito de Setembro de dois mil e quatro, ambos dos sócios, a sociedade continuará com os
Dois) As deliberações da assembleia geral
de nacionalidade indiana e residentes em herdeiros do sócio falecido ou interdito, devendo
nomear dentre eles um que a todos represente. em matéria de alteração dos presentes estatutos
Moçambique. requererão de maioria absoluta.
Dois) Reserva-se aos sócios ou assembleia
ARTIGO SEXTO geral o direito de aceitar ou rejeitar a pessoa Três) A assembleia geral poderá anular por
designada desde que ache o seu comportamento votação maioritária, qualquer decisão da
O capital social poderá ser aumentado uma gerência, quando esta decisão contrarie ou
incompatível para os fins da sociedade.
ou mais vezes, com ou sem entrada de novos modifique os objectivos da sociedade.
Tres) A não aceitação por parte dos sócios
sócios, mediante deliberação da assembleia
ou assembleia geral, conforme o disposto no
geral. CAPíTULO IV
número anterior, implicará a liquidação a favor
ARTIGO SÉTIMO dos herdeiros daquela participação social. Das disposições gerais
Não são exigíveis prestações suplementares CAPíTULO III ARTIGO DÉCIMO QUARTO
do capital social, mas os sócios poderão fazer
os suprimentos de que a sociedade carecer ao Da assembleia geral e representação Um) O exercício social coincide com o ano
Juro e demais condições a estabelecer pela da sociedade civil.
assembleia geral. Dois) O primeiro ano financeiro começará
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
excepcionalmente no momento do início das
ARTIGO OITAVO Um) A gerência e administração da asctividades da sociedade.
sociedade e sua representação em juízo e fora Três) O balanço e contas de resultados fechar-
Um) A cessão ou divisãode quotas ou parte dele, activa e passivamente, pertencem aos se-ão em referência a trinta e um de Dezembro
delas, assim como a sua oneração em garantia sócios da empresa, podendo este ser sócio ou de cada ano civil e será submetido a aprovação
de quaisquer origações dos sócios, dependem não. da assembleia geral.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (31)

ARTIGO DÉCIMO QUINTO Unipessoal, Limitada, é uma sociedade por ARTIGO SÉTIMO
quotas com sócio único e constitui-se por tempo
Um) Dos lucros de cada exercício deduzir- (Negócios jurídicos entre o sócio
-se-á em primeiro lugar a percentagem indeterminado, contando o seu início a partir da único e a sociedade)
legalmente fixada para constituir o fundo de data do reconhecimento da assinatura do sócio
único aposta no contrato de sociedade. Um) O negócio jurídico celebrado,
reserva legal, enquanto este não estiver
directamente ou por interposta pessoa, entre a
integralmente realizado ou sempre que seja
ARTIGO SEGUNDO sociedade e o sócio deve sempre constar de
necessário reintegrá-lo.
documento escrito, e ser necessário, útil ou
Dois) Cumprido o disposto no número (Sede)
anterior, a parte restante constituirá dividendos conveniente à prossecução do objecto da
aos sócios na proporção das respectivas quotas. Um) A sociedade tem a sua sede social, na sociedade, sob pena de nulidade.
Avenida Mártires de Inhaminga, número cento Dois) O negócio jurídico referido no número
ARTIGO DÉCIMO SEXTO e setenta , quarto andar esquerdo, podendo por anterior deve ser sempre objecto de relatório a
decisão do sócio único, abrir ou encerrar filiais, elaborar por um auditor de contas sem relação
A sociedade só se dissolve nos casos
previstos pela lei e por acordo entre os sócios. sucursais, delegações, agências ou outra forma com a sociedade que, nomeadamente, declare
de representação social dentro do território que os seus interesses sociais se encontram
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO nacional ou no estrangeiro. devidamente acautelados e obedecer o negócio
Dois) Por decisão do sócio único, a às condições e preço normais do mercado, sob
Em caso de dissolução da sociedade, todos
administração pode transferir a sede da pena de não poder ser celebrado.
os sócios serão liquidatários, procedendo se a
partilha e divisão dos bens sociais de acordo sociedade para qualquer outra parte do território
CAPÍTULO III
com o que for deliberado em assembleia geral. da República de Moçambique.
Dos órgãos sociais e representação
ARTIGO DÉCIMO OITAVO ARTIGO TERCEIRO da sociedade
Em todo omisso, esta sociedade regular-se- (Objecto) ARTIGO OITAVO
-á nos termos da legislação aplicável na
República de Moçambique e dos regulamentos A sociedade tem por objecto o exercício de ( Decisões do sócio único)
internos que a assembleia geral vier a aprovar. actos próprios da advocacia em todo o território
As decisões sobre que por lei são da
nacional, perante quaisquer jurisdição, instância,
Está conforme. competência deliberativa dos sócios devem ser
autoridade ou entidade pública ou privada.
Maputo, quinze de Março de dois mil tomadas pessoalmente pelo sócio único, por ele
e onze.— A Ajudante, Ilegível. ARTIGO QUARTO assinadas e lançadas num livro destinado a esse
fim.
(Aquisição de participações)

Albano Silva Advogados – ARTIGO NONO


A sociedade poderá, mediante decisão do
Sociedade Unipessoal, sócio único, participar, directa ou indirectamente, (Administração)
Limitada em quaisquer projectos, quer sejam similares
Um) A administração da sociedade estará a
ou diferentes dos desenvolvidos pela sociedade,
Certifico, para efeitos de publicação, que no cargo do sócio único António Albano Silva,
dia onze de Abril de dois mil e e onze, foi bem assim adquirir, deter, gerir e alienar
participações sociais noutras sociedades. que a representa em juízo e fora dela, activa e
matriculada na Conservatória do Registo de
passivamente, podendo constituir mandatário
Entidades Legais sob NUEL 100213265, uma
sociedade denominada Albano Silva CAPÍTULO II para o substituir para esse efeito e para outros
Advogados - Sociedade Unipessoal, Limitada, que interessem a sociedade.
Do capital social
que irá reger-se pelo contrato em anexo: Dois) A sociedade obriga-se com assinatura
Outorgante: ARTIGO QUINTO do admnistrador, ou seu mandatário quando para
António Albano Silva, casado, maior, de tal estiver devidamente constituído e nos limites
(Capital social)
nacionalidade moçambicana, portador do dos poderes que lhe forem outorgados por
Bilhete de Identidade n.º 1101000000701, Um) O capital social da sociedade aquele (administrador).
emitido pelo Arquivo de Identificação Civil integralmente realizado em dinheiro é de vinte
de Maputo, residente na Avenida Julius mil meticais correspondente à uma única quota CAPÍTULO IV
Nyerere, número dois mil seiscentos e vinte pertencente ao sócio único António Albano Do balanço e contas
e seis, cidade Maputo.
Silva.
E disse o outorgante, adiante designado sócio Dois) O sócio único pode, por decisão sua, ARTIGO DÉCIMO
único, que:
ceder a sua quota à terceiros. (Balanço da sociedade)
Pelo presente contrato, é constituída uma
sociedade por quotas unipessoal, que se regerá ARTIGO SEXTO Um) O ano social coincide com o ano civil.
nos termos e nas condições seguintes: Dois) O balanço e as contas anuais encerrar-
(Prestações suplementares
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro
CAPÍTULO I e suprimentos)
de cada ano, e carecem da aprovação do sócio
Da denominação, duração, sede Um) O capital social poderá ser elevado uma único.
e objecto ou mais vezes por decisão do sócio único, Três) A administração submeterá o balanço
ARTIGO PRIMEIRO alterando-se o pacto social, para o que se e a conta de resultados ao sócio único,
observarão as formalidades estabelecidas na lei. acompanhados de um relatório da situação
(Denominação e duração) Dois) O sócio único poderá fazer à sociedade comercial, financeira e económica, bem como
A sociedade adopta a denominação de os suprimentos de que ela carecer, nas condições uma proposta sobre a distribuição de lucros e
Albano Silva Advogados – Sociedade que forem fixadas por decisão sua. prejuízos.
404 — (32) III SÉRIE — NÚMERO 17

ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO limitada, e será constituída por tempo dinheiro ou em espécie, ou através da conversão
indeterminado, adoptando a firma Infortech, de reservas, resultados ou passivo em capital,
(Aplicação de resultados)
Sociedade Unipessoal, Limitada, sendo mediante deliberação da gerência da sociedade.
Um) Das receitas apuradas em cada exercício regulada por este contrato de sociedade e pela
deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem respectiva legislação aplicável. CAPÍTULO III
legalmente estabelecida para a constituição do Dois) A sociedade terá a sua sede social na
fundo de reserva legal, enquanto não estiver cidade de Maputo, Moçambique. Da gestão, representação
realizado nos termos legais ou sempre que seja Três) A sede da sociedade poderá ser e vinculação
necessário reintegrá-lo. transferida para qualquer outro local dentro de
Dois) A parte restante das receitas terá a ARTIGO QUINTO
Moçambique, mediante deliberação da
aplicação que for determinada pelo sócio único.
administração. (Gestão e representação da sociedade)
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Quatro) A sociedade poderá criar sucursais,
escritórios ou qualquer outra forma de Um) A sociedade será gerida e admninis-
(Dissolução) representação, em Moçambique ou no trada pelo sócio único Alberto Arlindo Chemane
estrangeiro, cumpridas as devidas formalidades que fica desde já nomeado admninistrador.
Um) A sociedade só se dissolve nos casos
previstos na lei. legais, competindo a gerência decidir, caso a Dois) O admninistrador pode nomear
Dois) No caso de morte ou interdição do caso, a sua abertura e o seu encerramento. directores que poderão participar nas reuniões
sócio único, a sociedade continuará com os do conselho de gerência e usar da palavra, mas
herdeiros ou representantes do mesmo (sócio ARTIGO SEGUNDO não poderão votar.
falecido ou interdito), devendo entre eles nomear Objecto social Três) O sócio único (admninistrador) tem
um que lhes represente, enquanto se mantiver a poderes absolutos de gestão e representação da
unicidade da quota. Um) A sociedade tem por objecto:
sociedade, conforme a lei e os presentes estatutos.
a) A venda a grosso e a retalho, com
CAPÍTULO V Quatro) Compete ao sócio único (admninis-
importação, exportação, manu-
trador):
Das disposições finais tenção e reparação de equipamento
informático e acessórios; a) Representar a sociedade, activa ou
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
b) A venda a grosso e a retalho, com passivamente, em juízo ou fora dele,
(Omissões) importação, exportação, manuten- propor e levar a cabo actos, dar
ção e reparação de mobília e material conta deles e também exercer
Os casos omissos serão regulados pelas
de escritório; funções de árbitro;
disposições da legislação aplicável na República
de Moçambique. c) Montagem de equipamento infor- b) Adquirir, vender e trocar ou atribuir
matico;
Maputo, doze de Abril de dois mil e onze.— como fiança, o activo da sociedade;
d) Assistência técnica remota e on site;
O Técnico, Ilegível. c) Adquirir ou subscrever participação
e) Desenho de redes e de websites;
f) Serigrafia, topografia, multimedia, em sociedades estabelecidas ou a
publicidade, marketing; estabelecer, assim como em
Infortech, Sociedade g) Intermediação imobiliaria; qualquer associação ou grupo
Unipessoal, Limitada h) Representação de marcas e patentes económico;
em território moçambicano; d) Transferir ou adquirir propriedades,
Certifico, para efeitos de publicação, que no
i) Prestação de serviços diversos. sublocar, conceder, arrendar ou
dia oito de Abril de dois mil e onze, foi
matriculada na Conservatória do Registo de Dois) A sociedade poderá ainda exercer alugar qualquer parte da propriedade
Entidades Legais sob NUEL 100212986 uma outras actividades conexas, complementares ou da sociedade;
sociedade denominada Infortech, Sociedade subsidiárias do objecto principal ou qualquer e) Pedir empréstimo de dinheiro ou
Unipessoal, Limitada. outro ramo de indústria ou comércio permitido fundos, amortizar as contas
Alberto Arlindo Chemane, solteiro, natural de por lei que a gerência delibere explorar. bancárias da sociedade ou dar
Três) Mediante deliberação em assembleia qualquer garantia em termos
Maputo, de nacionalidade moçambicana,
geral aprovada por uma maioria de sócios, a legalmente permitidos;
portador do Passaporte n.º AD096744,
sociedade poderá também adquirir participações
emitido pelo departamento de Migração de f) Negociar e assinar contratos visando a
noutras sociedades, constituídas ou a constituir,
Maputo, aos vinte e seis de Setembro de materialização dos objectivos da
em Moçambique ou no estrangeiro.
dois mil e oito, residente na Avenida da sociedade.
Zambia, número trinta e três, terceiro andar, CAPÍTULO II
Bairro do Alto-Maé, cidade de Maputo. ARTIGO SEXTO
Constitui pelo presente escrito particular, Do capital social
(Responsabilidade)
uma sociedade por quotas unipessoal, de ARTIGO TERCEIRO
responsabilidade limitada, que se regerá pelos Os membros do conselho de gerência serão
seguintes artigos: Capital social pessoalmente responsáveis por todos os actos
O capital social, integralmente subscrito e praticados no exercício das suas funções e serão
CAPÍTULO I realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais, responsáveis perante a sociedade e o(s) sócio(s)
correspondente a uma única quota pertencente a pelo cumprimento dos seus mandatos.
Da denominação, sede, duração
e objecto Alberto Arlindo Chemane.
ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO QUARTO
Vinculação da sociedade
Natureza, duração, denominação e sede Aumento do capital social
A sociedade obriga-se com a assinatura:
Um) A sociedade adopta a forma de O capital social poderá ser aumentado uma a) Do gerente da sociedade para assuntos
sociedade por quotas de responsabilidade ou mais vezes, através de novas entradas, em de natureza corrente;
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (33)

b) Conjunta do gerente da sociedade e do Quatro) Todas as despesas da sociedade, ARTIGO SEGUNDO


único sócio para qualquer acto que reembolsos de empréstimos e distribuição de
víncule a sociedade em qualquer dividendos ao sócio único, devem ser pagos Duração
importância acima de cem mil através das contas bancárias da sociedade. A sociedade constitui-se por tempo
meticais; Cinco) Nenhum pagamento poderá ser feito indeterminado, contando-se o seu início a partir
c) De qualquer mandatário com poderes a partir das contas bancárias da sociedade, sem
da data de celebração da escritura pública.
especiais para o acto, nos termos da autorização e/ou assinatura do gerente.
respectiva procuração; ARTIGO TERCEIRO
d) No caso dos processos judiciais, por ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
um advogado constituído para o Direito aplicável Objecto da sociedade
efeito.
O presente contrato de sociedade reger-se-á Um) Constitui objecto da sociedade:
CAPÍTULO IV pela lei moçambicana. a) Prestação de serviços na área de
Do exercício social mineração e agro-serviços;
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
b) Prestação de serviços multidisci-
ARTIGO OITAVO Nomeação dos membros de órgãos plinares e profissionalizados nas
Exercício social sociais da sociedade áreas de exploração mineira, caça e
Os membros dos cargos societários da pesca desportiva e fazenda do
O exercício social não coincide com o ano
sociedade serão nomeados em primeira bravio;
civil, encerrando a trinta e um de Março de cada
ano. assembleia geral. c) Exploração mineira, comercialização e
Maputo, onze de Abril de dois mil e onze. — sua industrialização;
CAPÍTULO V O Técnico, Ilegível. d) Transporte, turismo e agenciamento e
Da dissolução e liquidação entertenimento;
e) Construção civil;
ARTIGO NONO f) Comércio geral, importação e
Dissolução e liquidação Jacobus Bernardus Fourie, exportação de bens de consumo,
Malwandla-Business peças e sobressalentes, maquinaria
Um) A sociedade dissolve-se nos casos Enterprises, Sociedade agrícola, industrial, electrónica e
previstos na lei e após decisão da assembleia
geral, sendo os liquidatários os administradores
Unipessoal, Limitada viaturas.
em exercício à data em que ocorrer a dissolução, Certifico, para efeitos de publicação, que no Dois) A sociedade poderá exercer quaisquer
salvo se a assembleia geral decidir de outro modo. dia onze de Abril de dois mil e onze, foi outras actividades desde que devidamente
Dois) A liquidação será extrajudicial ou matriculada na Conservatória do Registo de autorizadas e que obtenha as necesárias
judicial, conforme seja deliberado pela Entidades Legais sob NUEL 100213176 uma autorizações legais.
assembleia geral. sociedade denominada Jacobus Bernardus Três) A sociedade poderá adquirir
Três) A sociedade poderá ser imediatamente Fourie, Malwandla – Business Sociedade participações financeiras em sociedades a
liquidada, mediante a transferência de todos os Unipessoal, Limitada. constituir ou constituidas ainda que tenham um
seus bens, direitos e obrigações a favor do sócio É celebrado o presente contrato de sociedade, objecto diferente ao da sociedade, assim como
único desde que se tenha obtido um acordo nos termos do artigo noventa do Código associar-se a outras empresas para a
escrito de todos os credores. Comercial entre: prossecução de objectivos comerciais no âmbito
Quatro) Se a sociedade não for imediatamente Jacobus Bernardo Fouie, divorciado, de ou não seu objecto, bem como exercer as funções
liquidada nos termos do parágrafo segundo cinquenta e um anos de idade, natural da de gerente ou administrador de outras sociadades
supra e sem prejuízo de outras disposições legais África do Sul, residente em Pretoria, cidade em que detenha ou não participações financeiras.
imperativas, todas as dívidas e de Pretoria, portador do Passaporte n.º
responsabilidades da sociedade (incluindo, sem 479405153, emitido no dia vinte e oito de ARTIGO QUARTO
restrições, todas as despesas incorridas com a Agosto de dois mil e oito, na África do Sul.
Capital social, quotas e obrigações
liquidação e quaisquer empréstimos vencidos) pelo presente contrato de sociedade outorgou
serão pagas ou reembolsadas antes que possam e constituiu entre si uma sociedade por quotas Um) O capital social, integralmente subscrito
ser transferidos quaisquer fundos ao sócio de responsabilidade limitada, que se regerá pelas e realizado em dinheiro, é de trinta mil meticais,
único. cláusulas seguintes: pertencente ao sócio Jacobus Bernardus Fourie,
que corresponde a uma quota única de cem por
CAPÍTULO VI ARTIGO PRIMEIRO
cento.
Das disposições finais Denominação e sede da sociedade Dois) O capital social poderá ser aumentado,
ARTIGO DÉCIMO Um) A sociedade adopta a denominação de sendo importante determinar os termos e
Jacobus Bernardus Fourie, Malwandla– condições em que se efectuará o aumento.
Contas bancárias Business Sociedade Unipessoal, Limitada.
Dois) A sociedade tem a sua sede na ARTIGO QUINTO
Um) A sociedade deve abrir e manter, em
província do Maputo, no distrito de Marracuene
nome da sociedade, uma ou mais contas Prestações suplementares
II, quarteirão doze, representada pelo seu sócio
separadas para todos os fundos da sociedade, gerente, senhor Jacobus Bernardus, divorciado, Não haverá prestações suplementares do
num ou mais bancos, conforme seja natural da República da África do Sul, residente capital, mas o sócio poderá fazer suprimento a
periodicamente determinado pela gerência. na África do Sul, em Pretória, portador do sociedade.
Dois) A sociedade não pode misturar fundos Passaporte n.º 479405153, emitido aos vinte e
ARTIGO SEXTO
de quaisquer outras pessoas com os seus. oito de Agosto de dois mil e oito, pelo
Três) A sociedade deve depositar nas suas Departamento do Ministério do Interior. Cessão das quotas
contas bancárias todos os seus fundos, receitas Três) A mesma poderá por deliberação do
brutas de operações, contribuições de capital, sócio transferir a sua sede para qualquer outro É livre a cessão total ou parcial da quota por
adiantamentos e recursos de empréstimos. ponto país ou no estrangeiro. parte do sócio.
404 — (34) III SÉRIE — NÚMERO 17

ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO sucursais, delegações, agências ou qualquer


outra forma de representação quando a sociedade
Amortização de quotas Disposições finais o julgar conveniente.
A sociedade poderá proceder a amortização Um) Em caso de morte, interdição ou Três) Mediante uma deliberação, pode a
da quota nos casos de arresto, penhora, oneração sociedade transferir a sede para qualquer outro
inabilitação do sócio, a sociedade continuara com
local do território nacional.
ou declaração de falência. os herdeiros ou representantes do falecido,
interdito ou inabilitado, os quais nomearão entre ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO OITAVO si um que a todos represente a sociedade,
(Duração)
Conselho de gerência e representação enquanto a quota permanecer indivisa.
da sociedade Dois) Os casos omissos serão regulados A duração da sociedade é por tempo
pelas disposições fixados pela lei, ou seja, pelo indeterminado, contando o seu início para todos
Um) A sociedade poderá ser dirigida por Código Comercial vigente e demais legislação os efeitos legais, a partir da data da sua
um gerente geral e um gerente admistrativo. aplicável. constituição.
Dois) Os gerentes são dispensados de
Maputo, onze de Abril de dois mil e nove. — ARTIGO TERCEIRO
caução.
O Técnico, Ilegível.
Três) Os membros do conselho de gerência (Objecto)
auferirão da sociedade.
Um) A sociedade tem por objecto principal
ARTIGO NONO a prestação de serviços, nas seguintes áreas:
TC & Serviços, Limitada a) Consultoria e formação profissional
Conselho de gerência no ámbito de:
Certifico, para efeitos de publicação, que no
Um) O conselho de gerência reune-se sempre dia oito de Abril de dois mil e onze, foi I. Genéro;
matriculada na Conservatória do Registo de II. Agricultura;
que seja necessário para os interesses da
Entidades Legais sob NUEL 100213087 uma III. Educação;
sociedade, e pelo menos trimestralmente,
IV. Meio ambiente;
podendo ser convocada por qualquer dos sociedade denominada TC & Serviços,
V. Tecnologia de informação;
gerentes. Limitada.
VI. Comunicação, imagem e mar-
Dois) Compete ao conselho de gerente Entre: keting.
dentro dos mais altos poderes, representar a Sebastião Domingos Thovela, solteiro, maior, b) Contabilidade e auditoria;
sociedade em juízo e fora dela, activa e natural de Maputo, residente nesta cidade, c) Gestão de recursos humanos;
passivamente, e praticar todos os demais actos titular do Bilhete de Identidade d) Gestão de projectos;
tendentes a realização do objecto social. e) Representantes de firmas e marcas;
n.º 110100037470N, de sete de Janeiro de
Três) O conselho de gerência pode delegar f) Tradução e interpretação ajuramentadas
dois mil e dez, emitido pelo Arquivo de
poderes a qualquer dos membros e constituir em varias linguas;
Identificação Civil de Maputo;
mandatários. g) Consultoria empresaria;
David José Joaquim, solteiro, maior, natural de h) Constituição e representação de
Quatro) A sociedade fica obrigada:
Maputo, residente nesta cidade, portador negócios;
a) Pela assinatura do gerente geral; do Bilhete de Identidade n.º 110210689W, i) Consultoria jurídica;
b) Pela assinatura do procurador de vinte e um de Junho de dois mil e sete, j) Formação em seguros.
especialmente constituido nos
emitido pelo Arquivo de Identificação Civil Dois) A sociedade poderá desenvolver outras
termos do respectivo mandato:
de Maputo; actividades, subsidiárias ou complementares do
c) Os actos de mero expediente poderão
ser assinados por qualquer dos Arcanjo Mauro Samboco, solteiro, maior, seu objecto principal, desde que devidamente
gerentes ou por qualquer empregado natural de Maputo, residente nesta cidade, autorizadas.
devidamente autorizado. portador do Passaporte n.º AF 058760, Dois) Mediante deliberação da respectiva
emitido pela Direcção Nacional de Migração; gerência, poderá a sociedade participar, directa
ARTIGO DÉCIMO ou indirectamente, em projectos de
Samuel Carlos Maibasse, solteiro, maior, desenvolvimento que de alguma forma
Balanço e distribuição de resultados natural de Maputo, residente nesta cidade, concorram para o preenchimento do seu objecto
Um) Os exercicios sociais conscidem com
portador do Bilhete de Identidade social, bem como, com o mesmo objectivo,
aos anos civis.
n.º 110100305629B, de nove de Julho de aceitar concessões, adquirir e gerir participações
Dois) O balanço e contas de resultado fechar-
dois mil e dez, emitido pelo Arquivo de no capital de quaisquer sociedades, indepen-
Identificação Civil de Maputo. dentemente do respectivo objecto social, ou ainda
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro
É celebrado um contrato de sociedade por participar em empresas, associações
de cada ano.
empresariais, agrupamentos de empresas ou
Três) Deduzidos os gastos gerais, quotas de responsabilidade limitada, que se
amortizações, encargos e resultados líquidos outras formas de associação.
regerá pelos termos constantes dos artigos
apurados em cada exercício serão deduzidos para seguintes:
ARTIGO QUARTO
a criação dos seguintes fundos:
ARTIGO PRIMEIRO (Capital social)
a) Cinco por cento para a reserva legal
enquanto não estiver realizado nos (Denominação e sede)
O capital social, integralmente subscrito e
termos da lei ou sempre que seja
necessário reintegrá-los; Um) A sociedade adopta o nome TC & realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
b) Outras reservas que a sociedade Serviços, Limitada, e constitui-se sob a forma encontrando-se dividido em quatro quotas
necessita para um melhor equilibrio de sociedade por quotas de responsabilidade desiguais, distribuídas da seguinte maneira:
financeiro. limitada.
a) Uma quota de seis mil meticais,
Dois) A sociedade tem a sua sede em equivalente a trinta por cento
Quatro) Os lucros serão pagos ao sócio, visto
tratar-se de uma sociedade por quotas com um Maputo, na Avenida Patrice Lumumba, número subscrita e realizada por Sebastião
único sócio. mil cento e sessenta e quatro, podendo abrir Domingos Thovela;
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (35)

b) Uma quota de cinco mil meticais, para a apreciação do balanço anual de contas e ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
equivalente a vinte e cinco do exercício, e, extraordinariamente, quando
(Gerência e representação)
porcento, subscrita e realizada convocada pela gerência, sempre que for
por, Samuel Carlos Maibasse; necessário, para deliberar sobre quaisquer outros A gerência da sociedade é exercida por um
c) Uma quota de cinco mil meticais, assuntos para que tenha sido convocada. gerente a nomear pela assembleia geral,
equivalente a vinte e cinco porcento, Dois) É dispensada a reunião da assembleia obrigando-se a sociedade pela assinatura de dois
subscrita e realizada por, David José geral e dispensadas as formalidades da sua gerentes.
Joaquim; convocação quando todos os sócios concordarem
d) Uma quota de quatro mil meticais, ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
por escrito na deliberação ou concordem que,
equivalente a vinte porcento, (Balanço e prestação de contas)
por esta forma, se delibere, considerando-se
subscrita e realizada por, Arcanjo
válidas, nessas condições, as deliberações Um) O ano social coincide com o ano civil.
Maúro Samboco.
tomadas, ainda que realizadas fora da sede social Dois) O balanço e a conta de resultados
ARTIGO QUINTO em qualquer ocasião e qualquer que seja o seu fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano,
objecto. e carecem de aprovação da assembleia geral, a
(Prestações suplementares
Três) Exceptuam-se as deliberações que realizar-se até ao dia trinta e um de Março do
e suprimentos)
importem modificações dos estatutos e ano seguinte.
Não serão exigíveis prestações suplemen- dissolução da sociedade. Três) A gerência apresentará à aprovação da
tares de capital, podendo, porém, os sócios Quatro) A assembleia geral será convocada assembleia geral o balanço de contas de ganhos
concederem à sociedade os suprimentos de que pela gerência, por carta registada com aviso de e perdas, acompanhados de um relatório da
necessite, nos termos e condições fixados por situação comercial, financeira e económica da
recepção, expedida a todos os sócios da
deliberação da respectiva gerência. sociedade, bem como a proposta quanto à
sociedade com a antecedência mínima de trinta
repartição de lucros e perdas.
ARTIGO SEXTO dias, dando se a conhecer a ordem de trabalhos e
a informação necessária à tomada de deliberação, ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
(Divisão, cessão, oneração e alienação
quando seja esse o caso.
de quotas) (Resultados e situação)
Cinco) Por acordo expresso dos sócios, pode
Um) A divisão e a cessão de quotas, bem ser dispensado o prazo previsto no número Um) Dos lucros apurados em cada exercício
como a constituição de quaisquer ónus ou anterior. deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem
encargos sobre as mesmas, carecem de legal estabelecida para a constituição do fundo
autorização prévia da sociedade, dada por ARTIGO NONO
de reserva legal, enquanto se não encontrar
deliberação da respectiva assembleia geral. (Representação em assembleia geral) realizada nos termos da lei, ou sempre que for
Dois) O sócio que pretende alienar a sua quota necessário reintegrá-la.
informará a sociedade, com um mínimo de trinta Os sócios podem fazer-se representar na
Dois) A parte restante dos lucros será aplicada
dias de antecedência, por carta registada com assembleia geral por outros sócios ou não sócios,
nos termos que forem aprovados pela assembleia
aviso de recepção, dando a conhecer o projecto mediante poderes para esse efeito conferidos por
geral.
de venda e as respectivas condições contratuais. procuração, carta, telecópia, fax ou telex.
Três) Gozam do direito de preferência, na ARTIGO DÉCIMO QUARTO
aquisição da quota a ser cedida, a sociedade e os ARTIGO DÉCIMO
restantes sócios, por esta ordem. (Dissolução e liquidação da sociedade)
(Votação)
Quatro) É nula qualquer divisão, cessão, Um) A sociedade so se dissolve nos termos
alienação ou oneração de quotas que não observe Um) A assembleia geral considera-se
fixados na lei ou por deliberação unânime dos
o preceituado no presente artigo. regularmente constituída para deliberar quando,
seus membros.
em primeira convocação, estejam presentes ou
ARTIGO SÉTIMO Dois) Declarada a dissolução da sociedade,
devidamente representados setenta e cinco por
proceder-se-á à sua liquidação gozando os
(Obrigações) cento do capital social e, em segunda
liquidatários, nomeados pela assembleia geral,
convocação, independentemente do número de
Um) A sociedade poderá emitir obrigações, dos mais amplos poderes para o efeito.
sócios presentes e do capital que representam.
nominativas ou ao portador, nos termos das Três) Dissolvendo-se por acordo dos sócios,
disposições legais aplicáveis e nas condições Dois) As deliberações da assembleia geral
todos eles serão seus liquidatários.
fixadas pela assembleia geral. serão tomadas por maioria simples dos votos
Dois) Os títulos representativos das presentes ou representados. ARTIGO DÉCIMO QUINTO
obrigações emitidas, provisórios ou definitivos, Três) As deliberações da assembleia geral
(Disposições finais)
conterão a assinatura de um gerente, que pode que importem a modificação dos Estatutos e a
ser aposta por chancela. dissolução da sociedade, serão tomadas por Um) As omissões aos presentes estatutos
Três) Por resolução da gerência, poderá a maioria qualificada de setenta e cinco por cento serão reguladas e resolvidas de acordo com a
sociedade, dentro dos limites legais, adquirir dos votos do capital social. Lei de onze de Abril de mil novecentos e um e
obrigações próprias e realizar sobre elas as Quatro) Os sócios podem votar com demais legislação aplicável.
operações convenientes aos interesses sociais,
procuração dos outros sócios ausentes, e não Dois) Até à convocação da primeira
nomeadamente proceder à sua conversão ou
será válida, quanto às deliberações que importem assembleia geral, as funções da gerência serão
amortização.
modificação do pacto social ou dissolução da exercidas pelo senhor David Joaquim, que
ARTIGO OITAVO sociedade, a procuração que não contenha convocará a referida assembleia geral no período
poderes especiais quanto ao objecto da mesma máximo de seis meses a contar da data da
(Assembleia geral) constituição da sociedade.
deliberação.
Um) A assembleia geral reúne-se Cinco) A cada quota corresponderá um voto Maputo, onze de Abril dois mil e onze. —
ordinariamente na sede social, uma vez por ano, por cada mil meticais de capital respectivo. O Técnico, Ilegível.
404 — (36) III SÉRIE — NÚMERO 17

Odfjell Terminals Mozambique, cento vinte e cinco mil meticais, constituída uma sociedade por quotas de
Limitada equivalente a trinta e três vírgula responsabilidade limitada entre An Shan e Qing
três por cento do capital social, Wang, a qual se regerá pelas disposições
Certifico, para efeitos de publicação, que por pertencente à sócia J.K Trust; constantes das cláusulas seguintes:
escritura do dia treze de Abril de dois mil e onze, b) Uma quota no valor nominal de
lavrada a folhas noventa e nove e seguintes do cento vinte e cinco mil meticais, CAPÍTULO I
livro de escrituras avulsas número sessenta e equivalente a trinta e três vírgula
dois do Segundo Cartório Notarial da Beira, a três por cento do capital social, Da denominação, sede e objecto
cargo de José Luís Jocene, técnico dos registos pertencente à sócia New ARTIGO PRIMEIRO
e notariado, foi dissolvida a sociedade comercial Horizons Africa, Limitada;
por quotas de responsabilidade limitada, c) Uma quota no valor nominal de (Denominação)
denominada Odfjell Terminals (Mozambique), cento vinte e um mil e cinquenta
A sociedade adopta a denominação de A &
Limitada. meticais, equivalente a trinta e
dois vírgula três por cento do W Internacional Trading Companhia, Limitada,
Está conforme. sendo uma sociedade por quotas de
capital social, pertencente à sócia
Segundo Cartório Notarial da Beira, catorze Cazz Services; responsabilidade limitada, que se regerá pelos
de Abril de dois mil e onze. — O Técnico, José d) Uma quota no valor nominal de mil presentes estatutos e demais legislação aplicável.
Luís Jocene setecentos e cinquenta meticais,
equivalente a um por cento do ARTIGO SEGUNDO
capital social, pertencente ao
sócio Andrew David (Duração)
New Horizons Mozambique, Cunningham. A sua duração é por tempo indeterminado,
Limitada Está conforme. contando-se início a partir da data da sua escritura.
Certifico, para efeitos de publicação, que por Cartório Notarial de Nampula, aos vinte um
escritura de vinte um de Fevereiro do ano dois de Fevereiro de dois mil e onze. — A Substituta ARTIGO TERCEIRO
mil e onze, lavrada de folhas vinte e duas verso do Notário, Ilegível. (Sede)
a folhas vinte e cinco verso do livro de notas
para escrituras diversas número B traço vinte Um) A sociedade tem a sua sede na cidade de
três do Cartório Notarial de Nampula a cargo de
The African Food Company, Maputo, podendo ser transferida para outro
Laura Pinto da Rocha, técnica média dos registos Limitada local, por decisão da assembleia geral.
e notariado e substituta do notário, foi celebrada Certifico, para o efeito de publicação, que Dois) A sociedade poderá estabelecer, manter
uma escritura de aumento de capital, entrada de por acta de assembleia geral extraordinária da ou encerrar sucursais, agencias ou qualquer outra
novo sócio, divisão e cessão de quotas e alteração sociedade Agro-Lamboreiro, Lmitada, forma de representação social, bem como
parcial do pacto social da sociedade New matriculada na Conservatória do Registo de escritórios e estabelecimentos indispensáveis
Horizons Mozambique, Limitada, na qual os Entidades Legais sob NUEL 100098547, onde julgar convenientes, em qualquer ponto do
sócios elevam o capital social para trezentos e deliberaram a alteração da denominação e território nacional ou no estrangeiro.
setenta e cinco mil meticais, sendo a importância consequente alteração do artigo primeiro, que
de aumento de cento vinte e cinco mil meticais, o passa a ter a seguinte redação: ARTIGO QUARTO
qual já deu entrada na caixa social, resultante da
ARTIGO PRIMEIRO (Objecto)
entrada do sócio New Horizons Africa, Limitada,
com uma quota de cento vinte cinco mil meticais. A sociedade adopta a denominação The Um) A sociedade tem por objecto principal o
Pela mesma escritura o sócio John Francis Alan African Food Company, Limitada, é uma comércio geral, venda a grosso e a retalho de
Macdonald Knight, cede na totalidade a sua quota sociedade por quotas de responsabilidade produtos alimentares, calçados, vestuários,
de dois mil e quinhentos meticais à sócia J.K limitada, e tem a sua sede em Maputo, utensílios domésticos, electrodomésticos e outros
Trust, o sócio Andrew David Cunnigham, divide podendo, por deliberação da assembleia com importação e exportação.
a sua quota de cinco mil meticais, em duas novas geral, abrir ou encerrar delegações, filiais,
Dois) A sociedade poderá exercer outras
quotas, sendo uma quota no valor de três mil sucursais, agências ou outras formas de
actividades comerciais conexas com actividade
setecentos e cinquenta meticais, que reserva para representação social no País e no
Estrangeiro, bem como transferir a sua sede principal desde que tenha obtido a necessária
si e uma quota no valor de mil duzentos e autorização legal e resulte de prévia deliberação
para qualquer outro local dentro do território
cinquenta meticais, que cede ao sócio Cazz da assembleia geral.
nacional.
Services, Limited, e o sócio Peter Hugh Grant-
Fletcher, cede na totalidade a sua quota de dois Maputo,onze de Abril de dois mil e onze.— CAPÍTULO II
mil e quinhentos meticais ao sócio Cazz Services, O Técnico, Ilegível.
Do capital social, aumento
Limited. Face a esta cedência os sócios John
e suprimento
Francis Alan Macdonald Knight e Peter Hugh
Grant-Fletcher saem da sociedade e como ARTIGO QUINTO
consequência altera-se a redacção do artigo A & W Internacional Trading (Capital social)
quinto do pacto social, o qual passa a ter a Companhia, Limitada
seguinte nova redacção. O capital social, integralmente subscrito e
Certifico, para efeitos de publicação, que por realizado em dinheiro no valor de vinte mil
ARTIGO QUINTO escritura pública de dezassete de Março dois meticais, correspondente à duas quotas
O capital social, integralmente subscrito mil e oito, de folhas três e seguintes do livro de distribuídas da seguinte forma:
e realizado em dinheiro, é de trezentos e notas para escrituras diversas número seiscentos a) Uma quota no valor de dez mil meticais,
setenta e cinco mil meticais, correspondente e oitenta e oito traço D do Terceiro Cartório equivalente a cinquenta por cento do
a soma das seguintes quotas: Notarial de Maputo, a cargo de Carolina Vitória capital social, pertencente ao sócio
Manganhela, notária do referido cartório, foi An Shan;
a) Uma quota no valor nominal de
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (37)

b) Uma quota no valor de dez mil ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO CAPÍTULO V


meticais, equivalente a cinquenta
por cento do capital social, (Forma de convocação) Do balanço e distribuição
pertencente ao sócio Qinq Wang. de resultados
Um) A assembleia geral será convocada pela
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
ARTIGO SEXTO gerência, por carta registada, expedida com
antecedência mínima de quinze dias, para as (Balanço)
(Aumento do capital)
reuniões extraordinárias. Anualmente será dado um balanço com fecho
O capital social pode ser aumentada uma ou Dois) E dispensada a reunião da assembleia a trinta e um de Dezembro.
mais vezes, conforme os negócios sociais, com geral e as formalidades da sua convocação,
observância das disposições de onze de Abril quando os sócios concordem que por esta forma ARTIGO DÉCIMO OITAVO
de mil novecentos e um. se delibere, considerando se validas nestas (Distribuição de resultados)

ARTIGO SÉTIMO condições as deliberações tomadas, ainda que Uma ) Os lucros líquidos de todas as despesas
realizadas fora da sede social, em qualquer e encargos serão distribuídos pela forma
(Prestações suplementares) ocasião e qualquer que o seu objecto. seguinte:
Não serão exigíveis prestações suplementares a) Uma percentagem de cinco porcento
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
de capital podendo, porém, os sócios podem para o fundo de reserva legal;
fazer a sociedade os suprimentos de que carecer, (Quórum) b) Uma percentagem de cinco porcento
ao juro e de mais condições estipulados pela para criação e integração do fundo
assembleia geral. A assembleia geral tanto em primeira como de amortização, reintegração ou
em segunda convocação, só se considera reforço de outras previsões.
CAPÍTULO III regularmente constituída desde que estejam Dois) O remanescente será distribuído pelos
Da cessão e amortização de quotas presentes ou representados pelos sócios que sócios na proporção das quotas.
possuem pelo menos cinquenta porcento do
ARTIGO OITAVO capital social, sem prejuízo dos casos em que a CAPÍTULO VI

(Cessão de quotas) lei ou o pacto social exija um quorum deliberativo Das disposições gerais
especial. ARTIGO DÉCIMO NONO
O cessão de quotas, é livre gozando a
sociedade sempre do direito de preferência em ARTIGO DÉCIMO QUARTO (Fiscalização da sociedade)
caso deste não ser exercido pelos sócios.
(Gerência e representação) Um) As conta sócias serão verificados por
ARTIGO NONO auditor.
Um) A administração e a gerência da Dois) Mas, qualquer dos sócios pode, quando
(Amortização de quotas) sociedade, bem como a sua representação, em assim o entender necessário, pedir auditoria para
A sociedade pode adquirir quotas ou proceder juízo e fora dele, activa e passivamente, serão efeitos de fiscalização das contas e negócios da
exercidas por todos sócios, sendo um gerente sociedade.
a sua amortização, por acordo dos respectivos
sócios e em estreita observância das regras e efectivo e outro nominal, a quem será conferido
ARTIGO VIGÉSIMO
disposições legais repetitivas. os mais amplos poderes de gerência.
Dois) É nomeado gerente e representante legal (Extinção, dissolução, morte e interdição)
CAPÍTULO IV da sociedade o sócio An Shan, que representará Um) A sociedade só dissolve nos casos
Dos órgãos sociais, gerência a sociedade em juízo e for a dele, activa e previstos na lei, ressalvados os de falência ou
e representação órgãos sociais passivamente. insolvência do sócio, Neste caso fica ressalvada
a sociedade a faculdade de amortização de
ARTIGO DÉCIMO ARTIGO DÉCIMO QUINTO quotas.
Dois) A sociedade não se dissolve por
( Órgãos sociais ) (Remuneração e regalias dos gerentes) extinção, morte de qualquer sócio, continuando
A A & W Internacional Trading Companhia, Um) Por decisão da assembleia geral poderá com os sucessores, herdeiros ou representantes
Limitada tem os seguintes órgãos sociais: legais do extinto, falecido ou interdito, os quais
ser fixada uma remuneração para gerentes.
exercerão em comum os respectivos direitos,
a) A assembleia geral; Dois) As remunerações acordadas deverão
enquanto a quota permanecer indivisa.
b) A gerência. constar e ficar registadas no livro de actas da Três) Dissolvendo se a sociedade por acordo
sociedade. dos sócios, estes procederão a liquidação e
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO partilha dos seus bens sociais, conforme lhes
ARTIGO DÉCIMO SEXTO convier sendo neste caso liquidatários todos os
(Assembleia geral)
(Responsabilidade do gerente efectivo)
sócios.
A assembleia geral reunir se-á ordinariamente,
uma vez por ano, para aprovação, rejeição ou É proibido aos gerentes e procuradores ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
modificação do balanço e contas do exercício e obrigarem a sociedade em actos e contratos aos (Casos omissos)
para deliberar sobre quaisquer outros assuntos estranhos aos negócios sócias, tais como letras
Os casos omissos serão regulados pelas
para que tenha sido convocada e de favor, e actos semelhantes, sob pena de disposições da Lei de onze de Abril de mil
extraordinariamente sempre que isso se torne indeminizacao a sociedade pelo dobro da novecentos e um e demais legislação aplicável.
necessário, podendo os sócios fazer se responsabilidade assumida, mesmo que tais Está conforme.
representar por mandatários da sua escolha, obrigações não exigidas a sociedade, que as Maputo, quinze de Abril de dois mil e onze. —
comunicada por carta dirigida a sociedade. considera nulas e de nenhum efeito. O Ajudante, Ilegível.
404 — (38) III SÉRIE — NÚMERO 17

Quick Service, Limitada g) Para a realização do objecto social, a ARTIGO SÉTIMO


sociedade poderá associar-se com
Certifico, para efeitos de publicação, que por Amortização de quotas
outra ou outras sociedades ou
escritura de dez de Março de dois mil e onze,
administrar sociedades; Um) A sociedade tem a faculdade de
lavrada a folhas setenta e seis a setenta e nove
h) A sociedade poderá constituir amortizar quotas, como deliberar o artigo
do livro de notas para escrituras diversas número
consórcios para a promoção e trezentos e seguintes do Codigo Comercial:
setecentos oitenta e três traço B do Primeiro
Cartório Notarial de Maputo, perante mim desenvolvimento na área da sua a) Por acordo dos respectivos proprietários;
Arnaldo Jamal de Magalhães, licenciado em actividade principal; b) Por morte, interdição ou inabilitação de
Direito, técnico superior dos registos e notariado i) Poderá ainda participar no capital de qualquer sócio;
N1 e notário do referido cartório, compareceram outras sociedades. c) Quando qualquer quota seja objecto de
como outorgantes Ismael Aboo Gani, Ivan penhora, arresto ou por qualquer
ARTIGO QUARTO outro meio apreendido judicialmente.
Faruk Nurmomad Ismael e Abel Nuro Dulobo,
no qual constituíram uma sociedade por quotas Capital social Dois) Em qualquer dos casos previstos nos
de responsabilidade limitada, que passará a artigos sexto e sétimo alínea 1 a amortização
reger-se pelas disposições constantes dos artigos Um) O capital social é de vinte mil meticais,
será faita pelo valor do último balanço aprovado,
seguintes: integralmente realizado em dinheiro e dividido
acrescido da parte proporcional dos lucros a
em quotas como se segue: destribuir, das reservas constituidas, bem como
ARTIGO PRIMEIRO a) Seis mil seiscentos e sessenta e oito créditos particulares do sócio, deduzimos os
meticais ,correspondentes a trinta e créditos particulares a qual será paga em
Denominação e sede
três vírgula trinta e quatro por cento condições a determinar em assembleia geral.
A sociedade adopta a denominação de Quick do capital social, pertencentes ao
Service, Limitada, e tem a sua sede em Maputo, sócio Ismael Aboo Gani; ARTIGO OITAVO
na Avenida de Angola, número mil oitocentos e
b) Seis mil seiscentos e sessenta e oito Morte ou incapacidade
vinte e cinco, podendo abrir as delegações, outras
meticais, correspondentes a trinta e
formas de representações sociais bem como Um) No caso de morte, interdição ou
escritórios e estabelecimentos onde e quando três vírgula trinta e quatro por cento
inabilitação de um dos sócios, a sociedade
julgar conveniente, tanto no país como no do capital social, pertencentes ao
continuará com os herdeiros ou representantes
estrangeiro desde que devidamente autorizada sócio Ivan Faruk Ismael;
legais do sócio falecido, interdito ou inabilitado.
pela gerência e cumpridos que sejam os c) Seis mil seiscentos e sessenta e quatro
Dois) Enquanto a quota se mantiver indivisa,
requisitos legais. meticais, correspondentes a trinta e os herdeiros ou representantes legais do falecido,
três vírgula trinta e dois por cento interdito ou inabilitado nomearão entre si um
ARTIGO SEGUNDO do capital social, pertencentes ao que todos represente na sociedade.
Duração sócio Abel Nuro Dulobo.
ARTIGO NONO
A duração da sociedade é por tempo Dois) O capital social pode ser aumentado
indeterminado, contando-se o seu início a partir por uma ou mais vezes mediante deliberação da Administração e gerência
da data da constituição. assembleia geral, alterando-se o pacto social para Um) A administração da sociedade será
o que se observarão as formalidades na lei do exercida pelos sócios Ismael Aboo Gani e Ivan
ARTIGO TERCEIRO
Código Comercial. Faruk Nurmomade Ismael que desde já são
Objecto nomeados gerente, com dispensa de caução.
ARTIGO QUINTO
A sociedade tem por objecto: Dois) Compete a gerência exercer os mais
Prestação de capital amplos poderes de gestão, representando a
a) Exploração de oficinas para manutenção
sociedade em juízo e fora dele, activa e
e reparação de automóveis ligeiros Não haverá prestações suplementares, mas
passivamente, podendo praticar todos os actos
e ou pesados e outros motores afins; os sócios poderão fazer suprimentos à sociedade
relativos a prossecução do seu objecto que a lei
b) Importação, exportação e nos termos e condições a estabelecer pela e os presentes estatutos não reservem para a
comercialização de automóveis assembleia geral. assembleia geral.
ligeiros, pesados, tractores e
Três) Os sócios não poderão obrigar a
máquinas agrícola, bem como ARTIGO SEXTO
sociedade em actos ou documentos alheios ao
distribuição e comercialização de
Divisão e cessão de quotas seu objecto social, designadamente fianças,
peças;
abonações, letras de favor, nem conferir a
C) Importação, exportação, distribuição e Um) A cessão parcial ou total de quotas a
terceiros quaisquer garantias financeiras ou
comercialização de peças e estranhos à sociedade bem como a sua divisão,
abonatórias, sob pena de responder civil e
sobressalentes, bem como outros depende do prévio consentimento da sociedade.
criminalmente.
acessórios relacionados ou não com Dois) À sociedade fica reservado o direito de Quatro) A sociedade obriga-se por
a actividade principal; preferência no caso de cessão de quotas em assinatura, sócio Ismael Aboo Gani e Ivan Faruk
d) Representar marcas e patentes de primeiro lugar e os sócios em segundo. Nurmomade Ismael.
automóves ligeiros, pesados, Três) No caso de nem a sociedade nem os
tractores e afins na República de Cinco) A gerência poderá conferir
sócios desejarem fazer uso do mencionado
Moçambique; mandatários da sociedade, mesmo a ela
direito de preferência, o sócio que desejar vender
e) Distribuir e comercializar óleos, a sua quota poderá fazé-lo livremente a quem e estranhos, conferindo-lhes, em seu nome, as
lubrificantes e seus derivados; como entender. respectivas procurações notariais.
f) A sociedade poderá desenvolver outras Quatro) Havendo discórdia quanto ao preço Seis) O acto de mero expediente poderão ser
actividades subsidiárias ou conexas da quota a ceder, será o mesmo fixado por individualmente assinadas por empregados da
da sua actividade principal desde que aprovação de um ou mais peritos à sociedade, a sociedade devidamente autorizados pela
devidamente autorizadas; nomear por concurso das partes interessadas. gerência.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (39)

ARTIGO DÉCIMO Dois) A parte restante dos lucros será aplicada ARTIGO TERCEIRO
nos termos que forem aprovados pela assembleia
Assembleia geral Objecto
geral.
Um) A assembleia geral é a reunião máxima Um) A sociedade tem por objecto:
dos sócios da sociedade com os seguintes ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
a) Exploração da áre de turismo,
poderes: Dissolução
residencial, campismo, santuário de
a) Aprovação do balanço, relatório e
Um) A sociedade só se dissolverá nos casos pássaros, fazenda bravia, desporto
contas do exercício findo em cada
previstos na lei, e na dissolução por acordo entre náutico, golfe, hipismo e imobiliária;
ano civil;
os sócios. Em ambas as circunstâncias todos os b) Intermediação comercial;
b) Definir estratégias de desenvolvimento
sócios serão seus liquidatários, salvo deliberação c) Importação e exportação;
da actividade;
diferente da assembleia geral. d) Prestação de serviços e consultoria nas
c) Nomear e exonerar os gerentes e ou
Dois) Procedendo-se a liquidação e partilha
mandatários da sociedade; áreas em que explora.
dos bens sociais serão em conformidade com o
d) Fixar remuneração para os gerentes e que tiver sido deliberado em assembleia geral. Dois) A sociedade poderá adquirir
ou mandatário da sociedade;
participações finaceiras em sociedades a
e) Definir e decidir sobre assuntos que ARTIGO DÉCIMO QUARTO
estejam fora da competência da constituir ou já constituídas ainda que tenham
gerência ou cuja importância carece Em tudo mais que fica omisso regularão as como objecto social diferente do da sociedade.
da sua aprovação pela assembleia disposições do Código Comercial e demais Três) A sociedade poderá exercer quisquer
geral. legislação na República de Moçambique. outras actividades desde que para isso esteja
Está conforme. devidamente autorizado nos termos da legislação
Dois) As assembleias gerais ordinárias
realizar-se-ão uma vez por ano e as Maputo, dez de Março de dois mil e onze. — em vigor.
extraordinárias sempre que forem convocadas O Ajudante, Ilegível.
por qualquer dos sócios ou pela gerência da CAPÍTULO II
sociedade.
Do capital social, quotas, aumento
Três) As assembleias gerais ordinárias
Shoreline, Sociedade e redução do capital social
realizar-se-ão nos primeiros três meses de cada
ano e deliberarão sobre assuntos mencionados Unipessoal, Limitada ARTIGO QUARTO
no ponto um deste artigo.
Certifico, para efeitos de publicação, que no Capital social
Quatro) As assembleias gerais extraordinárias
dia dezanove de Abril de dois mil e onze, foi
será convocada por qualquer um dos sócios ou
matriculada na Conservatória do Registo de O capital social, integralmente realizado em
pela gerência por meio de carta registada por
Entidades Legais sob NUEL 100209136 uma bens e dinheiro, é de vinte mil meticais e
protocolo, fax, e-mail, com antecedência mínima
sociedade denominada Shoreline Sociedade corresponde a uma única quota e pertencente ao
de quinze dias desde que outro procedimento
Unipessoal, Limitada.
não seja exigido pela lei. sócio Salomão Gideon Jamela Júnior.
Cinco) Para as assembleias extraordinárias o Salomão Gideon Jamela Júnior, solteiro, maior,
período indicado no ponto anterior poderá ser natural de Maputo, de nacionalidade ARTIGO QUINTO
reduzidos para sete dias. moçambicana, residente em Maputo,
portador do Bilhete de Identidade Aumento e redução do capital social
Seis) As decisões da assembleia geral serão
tomadas por simples maioria de votos presentes n.º 110417470J , de oito de Maio de dois mil Um) O capital social pode ser aumentado ou
ou representados, salvo casos em que a legítima e nove, emitido em Maputo.
reduzido mediante decisão do sócio, alterando-
maioria mais qualificada. Constituiu nos termos do artigo noventa do
-se em qualquer dos casos o pacto social para o
Sete) A cada quota coresponderá um voto Código Comercial, uma sociedade que se regerá
que se observarão as formalidades estabeleci-das
por cada duzentos e cinquenta meticais do capital pelos termos constantes dos artigos seguintes:
subscrito e realizado. por lei.
CAPÍTULO I Dois) Decidida qualquer variação do capital
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO social, o montante do aumento ou diminuição
Da denominação, duração, sede
Balanço e prestações de contas e objecto será rateado pelo sócio único, competindo ao
sócio decidir como e em que prazo deverá ser
Um) O ano social corresponde com o ano ARTIGO PRIMEIRO
feito o seu pagamento quando o respectivo capital
civil
Denominação e sede não seja logo inteiramente realizado.
Dois) O balanço e contas dos resultados
encerram-se a trinta e um de Dezembro de .cada A sociedade adopta a denominação de
ARTIGO SEXTO
ano e será submetido a aprovação da assembleia Shoreline, Sociedade Unipessoal, Limitada, e tem
geral. a sua sede na cidade de Maputo, podendo abrir Administração e representação
delegações ou quaisquer outras formas de
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Um) A administração, gestão da sociedade e
representação em qualquer parte do território
Distribuição de dividendos nacional, ou no estrangeiro e rege-se pelos sua representação em juízo e fora dele, activa e
presentes estatutos e demais legislação aplicável. passivamente, serão exercidas por Salomão
Um) Dos lucros líquidos aprovados em cada
exercício deduzir-se-ão pela ordem que se segue: Gideon Jamela, que desde já fica nomeado
ARTIGO SEGUNDO
gerente, com dispensa de caução, bastando a sua
a) A percentagem legalmente indicada para
Duração assinatura, para obrigar a sociedade.
constituir o fundo de reserva legal;
b) A criação de outras reservas que a A duração da sociedade é por tempo Dois) Os gerentes tem plenos poderes para
assembleia geral entender necessá- indeterminado, contando-se o seu começo a partir nomear mandatário/a sociedade, conferindo, os
rias. da data de constituição. necessários poderes de representação.
404 — (40) III SÉRIE — NÚMERO 17

CAPÍTULO III Fevereiro de dois mil e onze, pelo Serviço de d) Uma quota com o valor nominal de
Identificação Civil de Maputo, que outorga setecentos e cinquenta meticais, e
Das disposições gerais correspondente a quinze por cento
em seu próprio nome.
ARTIGO SÉTIMO do capital social, pertencente à
É celebrado, nos termos do artigo noventa do
Eduarda Sinedinha Paúnde Inguana.
Balanço e contas Decreto- Lei número dois barra dois mil e cinco,
de vinte e sete de Dezembro, o presente contrato ARTIGO QUINTO
Um) O exercício social coincide com o ano de sociedade, que se regerá pelos seguintes
civil. estatutos: prestações suplementares
Dois) O balanço e contas de resultados fechar-
Não são permitidas prestações suplementares
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro ARTIGO PRIMEIRO
de capital, mas os sócios poderão fazer
de cada ano.
Denominação, forma e sede suprimentos à sociedade, em termos e condições
ARTIGO OITAVO definidos em assembleia geral.
Um) A sociedade adopta a denominação
Lucros Everest - Construções, Limitada e constitui-se ARTIGO SEXTO
como sociedade comercial sob a forma de
Dos lucros apurados em cada exercício Cessão de quotas
deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem sociedade por quotas tendo a sua sede social em
legalmente indicada para constituir a reserva legal, Maputo, Bairro central, na Rua Henrique Tocha, Um) É livre a cessão total ou parcial de quotas
enquanto não estiver realizada nos termos da lei número vinte e quatro, rés-do-chão. entre os sócios.
ou sempre que seja necessária reintegrá-la. Dois) A sociedade poderá por simples Dois) A cessão de quotas a terceiros carece
deliberação da Administração transferir a sua do consentimento da sociedade, dado em
ARTIGO NONO sede para qualquer parte do país ou aí abrir assembleia geral, a quem fica reservado o direito
delegações. de preferência na sua aquisição.
Dissolução
Três) No caso de a sociedade não exercer o
A sociedade dissolve-se nos casos e nos ARTIGO SEGUNDO direito de preferência, este passará a pertencer a
termos da lei. cada um dos sócios e, querendo exercê-lo mais
Duração do que um, a quota será dividida pelos
ARTIGO DÉCIMO interessados, na proporção das respectivas
Um) A sociedade constitui-se por tempo
Disposições finais indeterminado. quotas.
Dois) O seu início conta-se a partir da data
Um) Em caso de morte ou interdição de único ARTIGO SÉTIMO
do respectivo registo na Conservatória das
sócio, a sociedade continuará com os herdeiros Entidades Legais. Amortização de quotas
ou representantes do falecido ou interdito, os
quais nomearão entre si um que a todos ARTIGO TERCEIRO Um) A sociedade poderá a todo o tempo
represente na sociedade, enquanto a quota proceder a amortização de quotas quando:
Objecto
permanecer indivisa. a) As mesmas sejam objecto de arresto,
Dois) Em tudo quanto for omisso nos Um) A sociedade tem por objecto a penhora ou oneradas de qualquer
presentes estatutos aplicar-se-ão as disposições construção civil, bem como obras de reabilitação forma;
do Código Comercial e demais legislação em e manutenção de imóveis. b) Os respectivos titulares se dediquem a
vigor na República de Moçambique. Dois) A sociedade poderá exercer outras quaisquer outras actividades que
Maputo, vinte de Abril de dois mil e onze. — actividades conexas ou complementares. constituam concorrência desleal ou
O Técnico, Ilegível. sejam sócios de outras sociedades
ARTIGO QUARTO que se dediquem a objectos idênticos
ou análogos, sem que para tal
Capital social tenham sido expressamente
Everest – Construções, Um) O capital social, integralmente realizado autorizados por escrito pela
Limitada em dinheiro, é de cinco mil meticais e Administração da sociedade.
corresponde à soma de quatro quotas assim Dois) As quotas serão amortizadas de acordo
Certifico, para efeitos de publicação, que no distribuídas: com o seu valor contabilístico resultante do
dia quinze de Abril de dois mil e onze, foi último balanço aprovado.
a)Uma quota com o valor nominal de dois
matriculada na Conservatória do Registo de
mil e quinhentos meticais, e ARTIGO OITAVO
Entidades Legais sob NUEL 100214083 uma
correspondente a cinquenta por
sociedade denominada Everest – Construções, Assembleia geral
cento do capital social, pertencente
Limitada.
à Sandra Maria Vicente Lopes da Um) A assembleia geral reunirá uma vez por
Entre: Silva; ano, em sessão ordinária, que se realizará nos
Sandra Maria Vicente Lopes da Silva, casada, b) Uma quota com o valor nominal de mil primeiros três meses após o termo de cada ano
de nacionalidade moçambicana, titular do e quinhentos meticais, e civil, para:
Bilhete de Identidade nº.110100152982P, correspondente a trinta por cento do a) Apreciação, aprovação ou rejeição do
emitido em dez de Abril de dois mil e dez, capital social, pertencente à Sandra balanço e das contas desse exercício;
pelo Serviço de Identificação Civil de Maria Vicente Lopes da Silva; b) Decisão sobre a aplicação de resultados.
Maputo, que outorga em seu próprio, e a c) Uma quota com o valor nominal de Dois) A assembleia geral poderá reunir-se-á
senhora Eduarda Sinedinha Paúnde Inguana, duzentos e cinquenta meticais, e extraordinariamente sempre que for necessário.
solteira, maior, de nacionalidade moçam- correspondente a cinco por cento do Três) A assembleia geral será convocada com
bicana, e titular do Bilhete de Identidade capital social, pertencente à Sandra a antecedência mínima de quinze dias pela
nº.110100853110N, emitido em dezoito de Maria Vicente Lopes da Silva; administração, pelos sócios ou por procurador a
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (41)

quem aquela ou estes confiram tais poderes, apurados em cada exercício serão deduzidos os Bilhete de Identidade n.º 11010008931B, emitido
através de telecópia a enviar para o número de montantes necessários para a criação dos no dia vinte e quatro de Fevereiro de dois mil e
telecopiador ou por correio electrónico a enviar seguintes fundos: dez , em Maputo.
para o endereço de correio electrónico que os a) De reserva legal, enquanto não estiver Quarta: Lisete Esmeralda Jamal, casada,
sócios desde já se comprometem a fornecer à realizado nos termos da lei ou natural da Malema, residente em Maputo, na
administração nos primeiros quinze dias após a sempre que seja necessário reintegrá- Avenida. Ahmed Sekou Touré, número dois mil
celebração da presente escritura. Em casos -lo. quinhentos e nove, primeiro andar flat um ,
urgentes, é admissível a convocação com b) Outras reservas destinadas a garantir cidade de Maputo, portadora do Bilhete de
antecedência inferior, desde que haja o um melhor equilíbrio financeiro da Identidade n.º 110100034921N, emitido no dia
consentimento de todos os sócios. sociedade. trinta de Dezembro de dois mil e nove, em
Quatro) Os sócios podem reunir-se em Maputo.
Quatro) Os lucros distribuídos serão pagos
assembleia geral sem observância das aos sócios de acordo com as respectivas quotas ARTIGO PRIMEIRO
formalidades prévias, desde que todos estejam sociais no prazo de três meses, a contar da
presentes e todos manifestem a vontade de que a Denominação e sede
deliberação da assembleia geral que os aprovou.
assembleia se constitua e delibere sobre AL & EL, Limitada, adiante designada por
determinado assunto, de acordo com o número ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO sociedade, é uma sociedade comercial, de
dois do artigo cento e vinte e oito do Código Disposições finais responsabilidade limitada, que se rege pelos
Comercial. A assembleia geral reúne-se, presentes estatutos e pelos preceitos em vigor
normalmente, na sede da sociedade. Um) A sociedade só se dissolve nos casos na República de Moçambique, tem a sua sede na
Cinco) O número de votos de cada sócio é fixados por lei e por acordo dos sócios. Avenida Ahmed Sekou Touré, número dois mil
igual ao valor nominal da respectiva quota Dois) A sociedade fica desde já autorizada a equinhentos e nove, cidade de Maputo, podendo
dividido por duzentos e cinquenta meticais. movimentar os montantes entregues pelos sócios abrir ou encerrar filiais, sucursais, delegações,
Seis) As deliberações das assembleias gerais e depositados, em instituição bancária, a título agências ou outra forma de representação social,
são tomadas por maioria dos votos presentes ou de realização do capital social. dentro do território nacional ou no estrangeiro.
Três) Os casos omissos serão regulados pelas
representados, com excepção daquelas para as ARTIGO SEGUNDO
disposições do Decreto-Lei número dois barra
quais a lei exige maioria mais qualificada.
dois mil e cinco de vinte e sete de Dezembro e Duração
ARTIGO NONO por demais legislação aplicável.
Maputo, quinze de Abril de dois mil e onze.— A duração da sociedade é por tempo
Administração e representação indeterminado, contando-se o seu começo a partir
O Técnico, Ilegível.
da sociedade da data da assinatura do presente contrato.

Um) A sociedade é administrada por um ARTIGO TERCEIRO


administrador, cujo mandato, com a duração de
um ano, poderá ser renovado.
AL & EL, Limitada Objectivos

Dois) A administração está dispensada de Um) A sociedade tem por objectivo social:
Certifico ,para efeitos de publicação, que no
caução. dia quinze de Abril de dois mil e onze, foi a) Prestação de serviços, comissões,
Três) Compete ao administrador representar matriculada na Conservatória do Registo de consultoria, consignações e
a sociedade em juízo e fora dele, activa e Entidades Legais sob NUEL 100213478 uma agenciamento;
passivamente, praticando todos os actos sociedade denominada AL & EL, Limitada. b) Prestação de serviços de auditoria e
tendentes a realização do objecto social, que a lei É celebrado o presente contrato de sociedade, contabilidade, revisão e certificação
ou os presentes estatutos não reservem à nos termos do artigo noventa do Código de contas assessoria fiscal e
assembleia geral. Comercial, entre: consultoria;
Quatro) A administração pode constituir c) Providenciar soluções integradas em
Primeiro: Alessandro Jamal César, solteiro,
mandatários. menor de idade, natural de Maputo, residente tecnologia de informação, incluindo,
Cinco) A sociedade fica obrigada pela simples em Maputo, na Avenida. Ahmed Sekou Touré mas não limitada ao fornecimento
assinatura do administrador, ou dos mandatários número dois mil quinhentos e nove, primeiro de equipamento informático,
a quem aquele tenham conferido poderes para andar, andar flat um, cidade de Maputo, registado software, outsourcing, redes de
tal. sob o assento de nascimento número oito mil comunicação de dados e serviços de
Seis) Em caso algum a sociedade poderá ser oitocentos e oitenta e quatro , emitido no dia consultoria;
obrigada em actos ou documentos que não digam treze de Julho de dois mil e cinco, em Maputo; d) Fomação no uso de tecnologias de
respeito às operações sociais, designadamente Segundo: Liedson Jamal César, solteiro, informação e áreas afins;
em letras de favor, fianças e abonações. menor de idade, natural de Maputo, residente e) Apoio as empresas através da prestação
em Maputo, na Avenida. Ahmed Sekou Touré de serviços de Transporte (incluindo
ARTIGO DÉCIMO escolar), protocolo para eventos,
número dois mil quinhentos e nove , primeiro
Balanço e distribuição de resultados andar, flat um, cidade de Maputo, registado sob turismo, catering, transfeers,
Um) Os exercícios sociais coincidem com os o assento de nascimento número sete mil logística, recursos humanos,
anos civis. quatrocentos e noventa e cinco, emitido no dia contabilidade, gestão de projectos,
Dois) O balanço e contas de resultados fechar- cinco de Junho de dois mil e nove, em Maputo; estudos de viabilidade, fiscalidade e
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro Terceiro: Edson Alexandre Jamal Veloso procurement;
de cada ano e serão submetidas a apreciação da César, casado, natural da Beira, residente em f) Promoção do desenvolvimento de
assembleia geral ordinária. Maputo, na Avenida. Ahmed Sekou Touré, actividades culturais através da
Três) Deduzidos os gastos gerais, número dois mil quinhentos e nove , primeiro promoção da moda, de imagens
amortizações e encargos, dos resultados líquidos andar flat um , cidade de Maputo, portador do publicitárias, desenho de revistas.
404 — (42) III SÉRIE — NÚMERO 17

g) Proporcionar serviços gráficos através passivamente, passam desde já a cargo do sócio Entidades Legais sob NUEL 100214083 uma
da produção e fornecimento de Edson Alexandre Jamal Veloso César, como sociedade denominada Nzuri Solutions,
material necessário para eventos sócio gerente e com plenos poderes. Limitada.
formais tais como conferências, Dois) O administrador tem plenos poderes É celebrado o presente contrato de sociedade,
reuniões, feiras, workshops. para nomear mandatários a sociedade, conferindo nos termos do artigo noventa do Código
h) Venda de material de construação e os necessários poderes de representação. Comercial, entre:
realização de empreitadas; Três) A sociedade ficará obrigada pela
Primeiro: Álvaro Pires de Sousa, solteiro,
i) Venda de material de escritório e assinatura de pelo menos dois sócios ou
de nacionalidade portuguesa, natural de
consumíveis; procurador especialmente constituído pela
j) Exercício do comércio de importação e gerência, nos termos e limites específicos do Canidelis-Vila Nova de Gaia-Portugal, residente
exportação; respectivo mandato. na Rua “C” número vinte e oito, Bairro da
k) Organização de eventos tais como festas Quatro) É vedado a qualquer dos gerentes ou Coop, cidade de Maputo, portador do Dire
de aniversário, baptismo, festas mandatário assinar em nome da sociedade Permanente nº. 04644599, emitido no dia vinte
escolares, casamentos e outros tipos quaisquer actos ou contratos que digam respeito e cinco de Julho de dois mil e seis, pela Direcção
de cerimónias; a negócios estranhos a mesma, tais como letras Nacional de Migração, em Maputo;
l) Proporcionar serviços de apoio rápidos, de favor, fianças, avales ou abonações. Segundo: Pedro Filipe Bila Ferreira, casado,
eficazes e qualitativos. Cinco) Os actos de mero expediente poderão com Helga Marina de Sousa Oliveira Martins
Dois) A sociedade poderá ainda, mediante ser individualmente assinados por empregados em regime de comunhão de bens, de
da sociedade devidamente autorizados pela nacionalidade portuguesa, natural de Angola,
deliberação dos sócios tomada em assembleia
gerência.
geral, exercer quaisquer outras actividades residente acidentalmente em Moçambique, na
relacionadas, directa ou indirectamente, com o ARTIGO SÉTIMO Rua C , número vinte e oito , Bairro da Coop,
seu objecto principal, praticar todos os actos cidade de Maputo, portador do Passaporte
Assembleia geral
complementares da sua actividade e outras nº. H 340179, emitido no dia treze de Julho de
actividades com fins lucrativos não proibidas Um) A assembleia geral reúne-se dois mil e cinco, pelo Governo Civil de Porto –
por lei, desde que devidamente autorizadas. ordinariamente uma vez por ano para apreciação –Portugal.
Três) A sociedade poderá participar em outras e aprovação do balanço e contas do exercício Pelo presente contrato de sociedade outorgam
empresas ou sociedades já existentes ou a findo e repartição de lucros e perdas. e constituem entre si uma sociedade por quotas
constituir outras que façam parte do grupo, ou Dois) A assembleia geral poderá reunir-se
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas
associar-se com elas sob qualquer forma extraordinariamente quantas vezes forem
cláusulas constantes dos artigos seguintes:
necessárias desde que as circunstâncias assim o
permitida por lei.
exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO QUARTO que digam respeito à sociedade.
Denominação e sede
Capital social ARTIGO OITAVO
A sociedade adopta a denomição de Nzuri
O capital social, subscrito e integralmente Dissolução Solutions, Limitada., e tem a sua sede na Rua
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais Dr. Jaime Ribeiro, número setenta e um,Bairro
A sociedade só se dissolve nos casos
dividido pelos sócios Alessandro Jamal César, Central, na cidade de Maputo.
previstos na lei, sendo o sócio liquidatário.
com o valor de oito mil meticais, correspondente
a quarenta porcento do capital, Liedson Jamal ARTIGO NONO ARTIGO SEGUNDO
César, com o valor de oito mil meticais,
correspondente a quarenta porcento do capital, Herdeiros Duração
Edson Alexandre Jamal Veloso César, com o Em caso de morte, interdição ou inabilitação A sua duração será por tempo indeterminado,
valor de dois mil meticais, correspondente a dez
de um dos sócios, os seus herdeiros assumem contando-se o seu início a partir da data da
porcento do capital e Lisete Esmeralda Jamal
automaticamente o lugar na sociedade com constituição.
César, com o valor de dois mil meticais,
correspondente a dez porcento do capital. dispensa de caução, podendo estes nomear seus
representantes se assim entenderem, desde que ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO QUINTO
obedeçam o preceituado nos termos da lei. Objecto
Divisão e cessão de quotas
ARTIGO DÉCIMO Um) A sociedade tem por objecto:
Um) Sem prejuízo das disposições legais em
vigor a cessão ou alienação de toda a parte de Casos omissos a) Prestação de serviços na área de
quotas deverá ser do consentimento dos sócios informática;
Os casos omissos serão regulados pela b) Programação informática, comer-
gozando estes do direito de preferência.
legislação vigente e aplicável na República de cialização de Hardware e Software;
Dois) Se nem a sociedade nem os sócios
mostrarem interesse pela quota cedente, este Moçambique. c) Importação e exportação de
decidirá a sua alienação a quem e pelos preços Maputo, quinze de Abril de dois mil e onze.— equipamentos e acesórios afins.
que melhor entender, gozando o novo sócio dos O Técnico, Ilegível.
Dois) A sociedade poderá adquirir
direitos correspondentes à sua participação na
participação financeira em sociedades a constituir
sociedade.
ou já constituídas, ainda que tenham objecto
ARTIGO SEXTO social diferente do da sociedade.
Nzuri Solutions, Limitada Três) A sociedade poderá exercer quaisquer
Administração
Certifico, para efeitos de publicação, que no outras actividades desde que para o efeito esteja
Um) A administração e gestão da sociedade dia quinze de Abril de dois mil e onze, foi devidamente autorizada nos termos da legislação
e sua representação em juízo e fora dele, activa e matriculada na Conservatória do Registo de em vigor.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (43)

ARTIGO QUARTO Dois) A assembleia geral poderá reunir-se milhão quinhentos e noventa mil meticais,
extraordinariamente quantas vezes forem dividido em três quotas desiguais
Capital social
necessárias desde que as circunstâncias assim o distribuídas da forma seguinte:
O capital social, integralmente subscrito e exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos
a) Uma quota no valor nominal de um
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais que digam respeito à sociedade.
milhão quatrocentos e setenta e
dividido pelos sócios em duas quotas iguais,
ARTIGO NONO quatro mil oitocentos e cinquenta e
uma com o valor de dez mil meticais, pertencente
dois meticais e quarenta e dois
ao sócio Álvaro Pires de Sousa , correspondente Dissolução centavos, o correspondente a
a cinquenta porcento do capital e outra com o
valor de dez mil meticais, pertencente ao sócio A sociedade só se dissolve nos termos fixados noventa virgula vinte e oito por cento
Pedro Filipe Bila Ferreira, correspondente a pela lei ou por comum acordo dos sócios quando do capital social, pertencente ao sócio
cinquenta porcento do capital. assim o entenderem. Jorge Lopes dos Santos;
b) Outra quota no valor nominal de setenta
ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO e sete mil seiscentos e vinte e três
Herdeiros meticais e cinquenta e oito centavos,
Aumento do capital
o correspondente a cinco por cento
O capital social poderá ser aumentado ou Em caso de morte, interdição ou inabilitação do capital social, pertencente ao sócio
diminuído quantas vezes forem necessárias de um dos sócios, os seus herdeiros assumem Sérgio Mendes Laisse Nhanhule;
desde que a assembleia geral delibere sobre o automaticamente o lugar na sociedade com c) Outra no valor nominal de trinta e sete
assunto. dispensa de caução, podendo estes nomear seus mil quinhentos e vinte e quatro
representantes se assim o entenderem, desde que meticais, o correspondente a quatro
ARTIGO SEXTO obedeçam o preceituado nos termos da lei. vírgula setenta e dois por cento do
Divisão e cessão de quotas capital social, pertencente à sócia
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Fernanda Maria Nunes da Costa
Um) Sem prejuízo das disposições legais em Casos omissos Santos.
vigor,a cessão ou alienação de toda a parte de
Os casos omissos serão regulados pela Que em tudo o não mais alterado por esta
quotas deverá ser do consentimento dos sócios
legislação vigente e aplicável na República de escritura continuam em vigor as disposições do
gozando estes do direito de preferência.
Moçambique. pacto social.
Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios
mostrarem interesse pela quota cedente, este Maputo, quinze de Abril de dois mil e onze. — Está conforme.
decidirá a sua alienação aquem e pelos preços O Técnico, Ilegível. Maputo, treze de Abril de dois mil e onze. —
que melhor entender, gozando o novo sócio dos O Técnico, Ilegível.
direitos correspondentes à sua participação na
sociedade.

ARTIGO SÉTIMO Mundágua – Furos e Captação


de Água, Limitada I.C.P – Instituto Comunitário
Administração Profissional, Limitada
Certifico, para efeitos de publicação, que por
Um) A administração e gestão da sociedade escritura de doze de Abril de dois mil e onze, Certifico, para efeitos de publicação, que no
e sua representação em juízo e fora dele, activa e lavrada a folhas quatro e seguintes do livro de dia catorze de Abril de dois mil e onze, foi
passivamente, passam desde já a cargo do sócio notas para escrituras diversas número setecentos matriculada na Conservatória do Registo de
Pedro Filipe Bila Ferreira como administrador e oitenta e cinco traço B do Primeiro Cartório Entidades Legais sob NUEL 100213753 uma
com plenos poderes. Notarial de Maputo, perante mim Arnaldo Jamal sociedade denominada I.C.P – Instituto
Dois) O administrador tem plenos poderes de Magalhães, licenciado em Direito, técnico Comunitário Profissional, Limitada.
para nomear mandatários à sociedade, conferindo superior dos registos e notariado N1 e notário É celebrado o presente contrato de sociedade,
os necessários poderes de representação. do referido cartório, compareceram como nos termos do artigo noventa do Código
Três) A sociedade fica obrigada pela outorgantes Eunice Vanessa Duarte dos Santos, Comercial entre:
assinatura de um dos sócios ou procurador Jorge Lopes dos Santos, Fernanda Maria Nunes
especialmente constituido pela gerência nos Ntakirutimana Eliphaz, casado com Niyibizi
da Costa Santos e Sérgio Mendes Laisse
termos e limites específicos do respectivo Virginie, natural de Burundi, residente em
Nhanhule, no qual deliberaram o seguinte:
mandato. Maxaquene D, Cidade de Maputo, portador
A sócia Eunice Vanessa Duarte dos Santos, de cartão de Identificação de Refugiado
Quatro) É vedado a qualquer dos gerentes ou
cede a totalidade da sua quota ao sócio Jorge n.º 254-00006590, emitido no dia dezanove
mandátario assinar em nome da sociedade
Lopes dos Santos e este por sua vez cede setenta de Março de dois mil e nove, em Maputo;
quaisquer actos ou contratos que digam respeito
e sete mil seiscentos e vinte e três meticais e Sibomana Celestin casado com Niyubuntu
a negócios estranhos a mesma, tais como letras
cinquenta e oito centavos da sua quota a favor Sylvie, natural de Burundi, residente em
de favor, fiaças, avales ou abonações.
de Sérgio Mendes Laisse Nhanhule, que entra Malhazine, Bairro George Dimitrov, cidade
Cinco) Os actos de mero expediente poderão
para a sociedade. de Maputo, portador de Passaporte n.º 141006
ser individualmente assinados por empregados
da sociedade devidamente autorizadas pela Que em consequência desta deliberação, fica no dia onze de Novembro de dois mil e nove,
gerência. alterada a composição do pacto social no seu emitido em Bujumbura Burundi.
artigo quarto, que passa a ter a seguinte nova
ARTIGO OITAVO redacção: CAPÍTULO I

Assembleia geral ARTIGO QUARTO Da denominação e sede

Um) A assembleia geral reúne-se Capital social


ARTIGO PRIMEIRO
ordinariamente uma vez por ano para apreciação
e aprovação do balanço e contas do exercício O capital social, integralmente subscrito A sociedade adopta a denominação de I.C.P–
findo e repartição de lucros e perdas. e realizado em dinheiro, é no valor de um –Instituto Comunitário Profissional, Limitada,
404 — (44) III SÉRIE — NÚMERO 17

e tem a sua sede na Rua Mário Coluna número Dois) Se nem a sociedade, nem os sócios ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
quatro mil oitocentos e dezasseis traço, três de monstrarem interesse pela quota cedente, este
Casos omissos
Fevereiro cidade de Maputo. decidirá a sua alienação aquem e pelos preços
que melhor entender, gozando o novo sócio dos O casos omissos serão regulados pela
ARTIGO SEGUNDO direitos correspondentes à sua participação na Legislação Comercial vigente e aplicável na
sociedade. República de Moçambique.
Duração
Maputo, onze de de Abril de dois mil
A sua duração será por tempo indeteminado, CAPÍTULO III e onze. — O Técnico, Ilegível.
contando-se o seu início a partir da data da
Da administração
constituição.
ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO TERCEIRO A SPATIO Investment and
Administração Solutions, Limitada
Objectos
Um) A administração e gestão da sociedade Certifico, para efeitos de publicação, que por
Um) A sociedade tem por objecto, formar os e sua representação em juízo e fora dele, activa e escritura de onze de Abril de dois mil e onze,
profissionais na àrea de contabilidade e auditoria passivamente, passam desde já a cargo dos lavrada a folhas qutro a folhas seis do livro de
capazes de responder as necessidades do sócios Ntakirutimana Eliphaz e Sibomana notas para escrituras diversas número setecentos
mercado. Celestin. e oitenta e sete traço D do Terceiro Cartório
Dois) Formar jovens e adultos na área Dois) A sociedade ficará obrigada pela Notarial de Maputo, perante mim Lucrécia
professional para fim de competir no Mercado assinatura dos dois gerentes ou procurador Novidade de Sousa Bonfim, licenciada em
de trabalho. especialmente constituído pela gerência, nos Direito, técnica superior dos registos e notariado,
Três) Criar o espírto de empreendedorismo notária do referido cartório, foi constituída entre
termos e limites especificos do respective
nos estudantes para conseguirem criar mini Rui Alberto Pinto de Carvalho, Ricardo Jorge
mandato.
projectos. Ferreira Maia e João Jerónimo Casimiro Farinha
Três) É vedado a qualquer dos gerentes ou uma sociedade por quotas de responsabilidade
Quatro) Formar os quadros competitivos para mandatário assinar em nome da sociedade limitada, que se regerá pelas cláusulas constantes
desenvolver o país. quaisquer actos ou contratos que digam respeito dos artigos seguintes:
Cinco) Formar os funcionários que trabalham a negócios estranhos a mesma.
na àrea de contabilidade e auditoria sem formação Quarto) Os actos de mero expediente poderão ARTIGO PRIMEIRO
adequada. ser individualmente assinadas por empregados Denominação
Seis) Orientar os graduados para continuação da sociedade devidamente autorizados pela
da vida estudantil mas, com visão de A SPATIO Investment and Solutions,
gerência.
densenvolver a comunidade local. Limitada, é uma sociedade por quotas de
ARTIGO OITAVO responsabilidade limitada, criada por tempo
CAPÍTULO II indeterminado e reger-se-á pelos presentes
Assembleia geral estatutos e demais legislação aplicável.
Do capital social
Um) A assembleia geral reúnie-se ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO QUARTO ordinariamente uma vez por ano para apreciação
e aprovação do balanço e contas do exercício Sede
Capital social
findo e repartição dos lucros e perdas. Um) A sociedade tem a sua sede na cidade de
O capital social, integralmente subscrito e Dois) A assembleia geral poderá reunir-se Maputo, na Rua António Conceição , número
realizado em dinheiro, é de trinta mil meticais, extraordinariamente quantas vezes forem cinquenta e cinco, rés-do-chão , Malhangalene ,
dividido pelos sócios Ntakirutimana Eliphaz, necessárias desde que as circunstâncias assim o Maputo .
com o valor de quinze mil meticais, exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos Dois) O conselho de gerência poderá, no
correspondente a cinquenta porcento do capital, que digam respeito à sociedade. entanto, mediante autorização da assembleia
geral transferir a sede social para outro local, no
e Sibomana Celestin, com valor de quinze mil
CAPÍTULO IV território nacional ou no estrangeiro.
meticais, correspondente a cinquenta porcento
do capital. De herdeiros ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO NONO Objecto social
ARTIGO QUINTO
Herdeiros A sociedade tem por objecto social o exercício
Aumento do capital
do comércio geral por grosso e a retalho, com
Em caso de morte, interdição ou inabilitação
O capital social poderá ser aumentado ou importação e exportaçao de:
de um dos sócios, os seus herdeiros assumem
diminuido quantas vezes forem necessárias automaticamente o lugar na sociedade com a) Pesca, processamento e comercialização
desde que a assembleia geral delibere sobre o dispensa de caução, podendo estes nomear seus de produtos de pesca;
assunto. representantes se assim o entenderem, desde que b) Transportes frigoríficos;
obedeçam o preceituado nos termos da lei. c) Actividade imobiliária;
ARTIGO SEXTO d) Montagem de sistema informático,
ARTIGO DÉCIMO comercialização;
Divisão e cessão de quotas
e) Comercialização e aluguer de
Dissolução
Um) Sem prejuízo das disposições legais em equipamento e materiais de
vigor a cessão ou alienação total ou parcial de A sociedade só se dissolve nos termos fixados construção civil;
quotas deverá ser do consetimento dos sócios pela lei ou por comum acordo dos sócios quando f) Construção civil;
gozando estes do direito de preferência. assim o entenderem. g) Turismo e indústria hoteleira;
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (45)

h) Qualquer outro ramo de comércio ou Ricardo Jorge Ferreira Maia e João Jerónimo ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
indústria que a sociedade venha a Casimiro Farinha, que assumem as funções de Fundo de reserva legal
explorar e para qual obtenha a administrador comercial e administrador
necessária autorização. financeiro , respectivamente, com as Um) Dos lucros de cada exercício, deduzir-
remunerações que vierem a ser fixadas. -se-á em primeiro lugar a percentagem legalmente
ARTIGO QUARTO
Dois) Compete aos três administradores, a fixada para constituir o fundo de reserva legal,
Capital social representação da sociedade em todos os actos, enquanto este não estiver integralmente realizado
ou sempre que seja necessário reintegrá-lo.
O capital social é fixado em dez mil meticais, activa ou passivamente em juízo e fora dele tanto
Dois) Cumprido o disposto no número
representados por duas quotas integralmente na ordem jurídica interna como na internacional,
anterior, a parte restante constituirá dividendos
subscritas pelos sócios nas seguintes dispondo de mais amplos poderes consentidos
aos sócios na proporção das respectivas quotas.
proporções: para a prossecução e a realização do objecto
a) Rui Alberto Pinto de carvalho, cinco social, nomeadamente quanto ao exercício da ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
mil meticais, equivalentes a gestão corrente dos negócios sociais.
Dissolução
cinquenta por cento do capital social; Três) Para obrigar a sociedade em actos e
b) Ricardo Jorge Ferreira Maia, dois mil e contratos, será necessário a assinatura de dois A sociedade só se dissolve nos casos
quinhentos meticais, equivalentes a administradores . previstos pela lei e por acordo entre sócios.
vinte e cinco por cento do capital
ARTIGO NONO ARTIGO DÉCIMO QUARTO
social;
c) João Jerónimo Casimiro Farinha, dois Liquidação
Amortização de quotas
mil e quinhentos meticais, equiva-
Em caso de dissolução da sociedade, todos
lentes aos restantes vinte e cinco por Um) A sociedade poderá amortizar as quotas os sócios serão liquidatários procedendo-se a
cento do capital social.
dos sócios que não queiram continuar asso- partilha e divisão dos bens sociais de acordo
ARTIGO QUINTO ciados. com o que for deliberado em assembleia geral.
Dois) As condições de amortização das quotas
Aumento do capital
referidas no número anterior serão fixadas pela ARTIGO DÉCIMO QUINTO
Um) O capital social poderá ser aumentado assembleia geral. Casos omissos
uma ou mais vezes, mediante entradas em
ARTIGO DÉCIMO Em todo o omisso, esta sociedade regular-
numerário ou em espécie, pela incorporação de
-se-á nos termos da legislação aplicável na
suprimentos feitos à caixa de sócios ou por Assembleia geral República de Moçambique e dos regulamentos
capitalização de toda a parte dos lucros ou internos que a assembleia geral vier a aprovar.
reservas, devendo-se para tal ser feito, observar- Um) A assembleia geral é composta por todos
Está conforme.
-se as formalidades presentes na lei das os sócios.
sociedades por quotas. Dois) Quaisquer sócios poderão fazer-se Maputo, catorze de Abril de dois mil e onze. —
Dois) A deliberação sobre o aumento do representar na assembleia por outro sócio, sendo A Ajudante, Luísa Louvada Nuvunga Chicombe.
capital, deverá indicar expressamente se são suficiente para a representação, uma carta dirigida
criadas novas quotas, ou se é apenas aumentado ao presidente da assembleia geral, que tem
o valor nominal dos já existentes.
competência para decidir sobre a autenticidade Virgílio e Penina, Transportes,
ARTIGO SEXTO da mesma. Limitada
Três) Os sócios que sejam pessoas colectivas
Suprimentos Certifico, para efeitos de publicação, que por
indicarão ao presidente da mesa quem os
Não se poderão exigir dos sócios prestações representará na assembleia geral. escritura de treze de Abril de dois mil e onze,
suplementares. Quaisquer deles, porém, poderá Quatro) As deliberações da assembleia geral exarada de folhas quatro a folhas cinco do livro
emprestar à sociedade, mediante juros, as serão tomadas por maioria absoluta dos votos e de notas para escrituras diversas número oito
quantias que em assembleia dos sócios se constituem norma para a sociedade, desde que traço B da Conservatória dos Registos de Boane,
julgarem indispensáveis. não sejam anuláveis nos termos da lei. a cargo de Ortência Pedro Mondlane,
Cinco) A assembleia-geral poderá anular por conservadora em pelo exercício das
ARTIGO SÉTIMO funçõesnotariais, foi constituída entre Virgílio
votação maioritária qualquer decisão da direcção,
Divisão e cessão de quotas quando essa decisão contrarie ou modifique os Paulino Manjate e Penina Flora Alexandre
objectivos da sociedade. Nhenha, uma sociedade, uma sociedade
Um) Dependem do consentimento da
empresarial por quotas de responsabilidade
sociedade as cessões e divisões de quotas.
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO limitada denominada Virgílio e Penina,
Dois) Na cessão de quotas terão direito de
Transportes, Limitada, abreviadamente V&P,
preferência a sociedade e em seguida os sócios Ano social e balanços
Transportes, Lda, que se regerá pelas cláusulas
segundo a ordem de grandeza das já detidas.
Um) O exercício social coincide com o ano constantes dos artigos seguintes:
Três) Só no caso de cessão de quotas não
interessar tanto à sociedade como aos sócios, é civil. ARTIGO PRIMEIRO
que as quotas poderão ser oferecidas às pessoas Dois) O primeiro ano financeiro começará
estranhas à sociedade. excepcionalmente no momento do início das Denominação social
actividades da sociedade. A sociedade adopta a denominação de Virgílio
ARTIGO OITAVO
Três) O balanço de contas de resultado fechar- e Penina, Transportes, Limitada, abreviadamente
Administração e gerência -se-á em referência a trinta e um de Dezembro V$P, Transportes, Lda, constitui-se sob a forma
Um) A administração da sociedade será de cada ano civil e será submetido à aprovação de sociedade por quotas de responsabilidade
exercida por Rui Alberto Pinto de Carvalho, da assembleia geral. limitada.
404 — (46) III SÉRIE — NÚMERO 17

ARTIGO SEGUNDO únicos sócios, Virgílio Paulino Caixelo Manjate Segundo: Sérgio Costa Castro Lopes,
e Penina Flora Alexandre Nguenha. solteiro, maior, natural de Lisboa, residente em
Sede social
Dois) Para obrigar a sociedade basta a Maputo, natural de Lisboa, residente na cidade
A sociedade tem a sua sede no distrito de ssinatura dos sócios, podendo também nomear de Maputo, portador do Passaporte nº. G480267,
Boane, província de Maputo, podendo por um ou mais mandatários com poderes para tal, emitido aos trinta e um de Agosto de dois mil e
deliberação dos sócios, abrir delegações, caso seja necessário. dois, em Lisboa.
representações ao nível de todo o território Três) Os gerentes não sóciospoderão ou não Que pelo presente contrato, eles, constituem
ser dispensados de caução ou outra forma de entre si uma sociedade por quotas de
nacional.
garantia conforme for deliberado em assembleia responsabilidade limitada, que reger-se-á pelos
ARTIGO TERCEIRO geral. artigos seguntes:
Quatro) Os sócios não poderão nessa
Duração ARTIGO PRIMEIRO
qualidade, obrigar a sociedade em actos alheios
A sociedade constitui-se por tempo aos negócios sóciais, designadamente friaças, Denominação e sede
avales, abonações e letras de valor, sob pena de
indeterminado e rege-se pelos presentes A sociedade adopta a denominação C.S.L.,
se tornarem pessoalmente responsáveis pelo que
estatutos e pela legislação em vigor na república assinarem e responderem pelos prejiízos Limitada, e tem a sua sede na cidade de Maputo,
de Moçambique. causados. podendo ,por deliberação da assembleia geral,
abrir ou encerrar sucursais dentro e fora de país
ARTIGO QUARTO ARTIGO OITAVO quando for conveniente.
Objecto social Periodicidade das reuniões ARTIGO SEGUNDO
A sociedade de por objecto: A assembleia geral reunir-se-á ordinariamente Duração
uma vez por ano, e extraordinariamente sempre
a) Exploraçõ de transporte de passageiros A sua duração será por tempo indeterminado,
que for necessário.
e carga; contando-se o seu início a partir da data da
b) Importaçõ de autocarros e peças ARTIGO NONO celebração do presente contrato.
sobressalentes para o exercício da Lucros ARTIGO TERCEIRO
actividade da empresa.
Um) Dos lucros apresentados em cada Objecto
ARTIGO QUINTO exercício decidir-se-ão, em primeiro lugar, a
Um) A sociedade tem por objecto:
percentagem legalmente indicada para constituir
Capital social a) Exploração da área de turismo, serviços
o fundo legal e quaiquer fundos ou destinos
especiais, que os sócios resolvam criar, terão o de karting, desporto motorizado,
Aumento de capital
destino que for decidido pelos sócios em restaurante, bar, residencial,
Um) O capital social da sociedade, campismo, santuário de pássaros,
assembleia geral.
integralmente subscrito e realizado em dinheiro, fazenda bravia, desporto náutico,
Dois) Cumprido o disposto no número
golfe, hipismo e imobiliária;
é de vinte mil meticais, que correspode à soma anterior, a parte restante dos lucros será aplicada
b) Construção civil, pintura, canalização e
de duas quotas iguais de cinquenta por cento do nos termos que forem aprovados em assembleia
climatização;
capital social, ou seja dez mil meticais cada uma, geral.
c) Ferragem, comércio geral a grosso e a
pertencentes aos sócios Virgílio Paulino Caixelo ARTIGO DÉCIMO retalho, indústria, serviços de micro-
Manjate e Penina Flora Alexandre Nguenha, créditos;
Omissões d) Intermediação comercial;
respectivamente.
Dois) Os sócios têm o direito de preferência Qualquer matéria que não tenha sido tratada e) Importação e exportação;
nestes estatutos, reger-se-á pelos dispostos no f) Prestação de serviços e consultoria nas
na subscrição de novas quotas, resultantes de
Código Comercial e outra legislação em vigor áreas em que explora.
aumento anterior, caberá esse direito a cada um
no república de Moçambique. Dois) A sociedade poderá adquirir
dos sócios restantes proporcionalmente a sua
Estã conforme. participações financeiras em sociedade a
participaçãp no capital social.
constituir ou já constituídas ainda que tenha como
Boane, treze de Abril de dois mil e onze. —
ARTIGO SEXTO objecto social diferente do da sociedade.
O Ajudante, Pedro Marques dos Santos.
Três) A sociedade poderá exercer quaisquer
Amortização de quotas outras actividades desde que para isso esteja
devidamente autorizado nos termos da legislação
A socieda poderá amortizar qualquer quota, em vigor.
nos seguintes casos: por acordo com os sócios, C.S.L.,Limitada
extinção, morte, insolvência e falência do sócio ARTIGO QUARTO
titular, arresto, arrolamento, penhora, venda ou Certifico, para efeitos de publicação, que no Capital social
adjudicação judicial da quota. dia dezanove de Abril de dois mil e onze, foi
O capital social, integralmente subscrito e
matriculada na Conservatória do Registo de
ARTIGO SÉTIMO realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
Entidades Legais, sob NUEL 100213303 uma dividido em duas quotas iguais, sendo uma quota
Administração e gestão da sociedade sociedade denominada C.S.L. Limitada entre: no valor de dez mil meticais, equivalente a
Primeiro: Bruno Marcos Taveira Campos, cinquenta por cento do capital social, subscrita
Um) A administração e gerência da sociedade solteiro, maior, natural de Maputo, onde reside, pelo sócio Bruno Marcos Taveira Campos e outra
e sua representação em juízo e fora dele, activa e portador do Bilhete de Identidade de dez mil meticais, equivalente a cinquenta por
passivamente dispensada de caução, serão nº. 110100207085 B, de onze de Abril de dois cento do capital social, subscrita pelo sócio
exercidas com ou sem remuneração pelos dois e mil e dez, residente na cidade de Maputo; Sérgio Costa Castro Lopes.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (47)

ARTIGO QUINTO Chivas, Limitada ARTIGO TERCEIRO


Divisão e cessão de quotas Certifico, para efeitos de publicação, que por (Sede)
acta de vinte e quatro de Março do ano de dois Um) A sociedade tem a sua sede na cidade da
Um) Sem prejuízo das disposições legais em
mil e onze da sociedade Chivas, Limitada, Matola, na Avenida das Indústrias,número
vigor a cessão ou alienação de toda a parte de
matriculada sob NUEL 100031647, deliberaram setecentos e setenta e três barra E.
quotas deverá ser do consenso dos sócios
a cessão de quota no valor de treze mil meticais, Dois) Por deliberação dos sócios, a sociedade
gozando estes do direito de preferência. que a sócia Chivas, Lda, possuia no capital social
Dois) Se nem a sociedade nem os sócios poderá abrir sucursais, delegações ou outras
da referida sociedade e que dividiu em duas formas de representação em território nacional
mostrarem interesse pela quota do cedente, este quotas desiguais, sendo uma no valor de mil e ou estrangeiro, bem como transferir a sede para
decidirá a sua alienação a quem e pelos preços trezentos meticais que cede a Edilson Aik Artur qualquer outro local do território nacional.
que melhor entender, gozando o novo sócio dos Fernando. E outra no valor de onze mil e
direitos correspondentes a sua participação na setecentos meticais que cedeu a José Fernando ARTIGO QUARTO
sociedade. Júnior.Em consequência, fica alterada a redacção (Objecto social)
do artigo quarto do pacto social, que passa a ter
ARTIGO SEXTO
a seguinte nova redacção: Um) A sociedade tem como objecto a
Gerência prestação de serviços na área gráfica, cuja
ARTIGO QUARTO actividade principal é:
Um) A administração, gestão da sociedade e
O capital social, integralmente subscrito a) Pré-impressão, impressão e acabamento
sua representação, em juízo e fora dele, activa e
e realizado em dinheiro, é de vinte mil de obras gráficas com recurso a
passivamente, serão exercidas por Bruno meios comerciais de gráfica, de
Marcos Taveira Campos, que desde já fica meticais, dividido em duas partes desiguais.
Sendo uma quota de dezoito mil e livros, folhetos, fotos álbuns e de
nomeado gerente, com dispensa de caução, todo um conjunto de produtos
setecentos mticais para o sócio José
bastando a sua assinatura para obrigar a associados a artes gráficas;
Fernando Júnior, correspondentes a
sociedade. b) Elaboração, impressão e comerciali-
noventa e três vírgula cinco por cento do
Dois) O gerente tem plenos poderes para zação de brochuras, cartazes,
capital social e outra de mil e trezentos
nomear mandatários à sociedade, conferindo os autocolantes, cartões de visita, papel
meticais, correspondentes a seis vírgula
necessários poderes de representação. timbrado, livros, boletins, relatórios,
cinco por cento do capital social.
manuais, directórios jornais,
ARTIGO SÉTIMO Maputo, dezanove de Abril de dois mil agendas, fotoalbuns, calendários,
e onze. — O Técnico, Ilegível. convites e envelopes;
Assembleia geral
c) Exploração em regime próprio ou
Um) A assembleia geral reúne-se intervencionado de produções
ordinariamente, uma vez por ano, para apreciação gráficas sob forma de serigrafia,
e aprovação do balanço e contas do exercício gráfica design, gestão de imagem,
Ehsohfotoh, Limitada marcais e logótipos, marketing e
findo e repartição de lucros e perdas.
Dois) A assembleia geral poderá reunir-se Certifico, para efeitos de publicação, que por publicidade;
extraordinariamente quantas vezes forem escritura de dez de Março de dois mil e onze, d) Representação e consultoria na área de
necessárias desde que as circunstâncias assim o exarada de folhas noventa a folhas noventa e gráfica e importação de equipamen-
exijam para deliberar sobre qualquer assunto que duas do livro de notas para escrituras diversas tos e produtos desta área.
diga respeito à sociedade. número setecentos oitenta e um traço D do Dois) Para a realização do seu objecto, a
Terceiro Cartório Notarial de Maputo, perante sociedade poderá associar-se a outras,
ARTIGO OITAVO Antonieta António Tembe, licenciada em Direito, adquirindo quotas, acções ou partes sociais ou
Dissolução técnica superior dos registos e notariado N1 e ainda constituir novas sociedades.
notária em exercício no referido cartório, foi Três) A sociedade poderá desenvolver outras
A sociedade só se dissolve nos termos fixados constituída entre Mafu Investimentos, Lda e actividades subsidiárias ou conexas da sua
pela lei ou por comum acordo dos sócios quando Stélio Miguel David Saranga uma sociedade por actividade principal desde que devidamente
assim o entenderem. quotas de responsabilidade limitada, que se autorizadas. Para a realização do objecto social,a
regerá pelos termos constantes dos artigos sociedade poderá associar-se com outras
ARTIGO NONO seguintes: sociedades ou administrar sociedades; a
Herdeiros sociedade poderá constituir consórcios para a
CAPÍTULO I
promoção, desenvolvimento económico ou
Em caso de morte, interdição ou inabilitação
Da denominação duração sede social; pode ainda participar no capital de outras
de um dos sócios da sociedade os seus herdeiros
e objecto sociedades.
assumem automaticamente o lugar na sociedade,
com dispensa de caução, podendo estes nomear ARTIGO PRIMEIRO CAPÍTULO II
seu representante se assim o entender desde que (Denominação) Do capital social, cessão
obedeçam o preceituado nos termos da lei. e amortização de quotas
A sociedade adopta a denominação
ARTIGO DÉCIMO Ehsohfotoh, Limitada, e reger-se-á pelos ARTIGO QUINTO
presentes estatutos e demais legislação aplicável.
Casos omissos (Capital social)
ARTIGO SEGUNDO Um) O capital social, integralmente subscrito
Os casos omissos serão regulados pela lei e
em demais legislação aplicável na República de (Duração e início) e realizado, é de vinte mil meticais, que
Moçambique. corresponde à soma de duas quotas desiguais,
A sociedade constitui-se por tempo assim distribuídas:
Maputo, vinte de Abril de dois mil e onze. — indeterminado, com inicio a partir da data da a) Uma quota no valor nominal de
O Técnico, Ilegível. outorga da competente escritura pública. dezasseis mil meticais, corres-
404 — (48) III SÉRIE — NÚMERO 17

pondente a oitenta por cento do Três) A fiscalização dos actos da seguintes actos para além de outros que a lei
capital social, pertencente à sócia administração compete à assembleia geral. indique:
Mafu Investimentos, Limitada; a) A amortização de quotas, aquisição,
b) Outra quota no valor de quatro mil ARTIGO NONO alienação e a oneração de quotas
meticais, correspondente a vinte por (Forma de obrigar a sociedade) próprias e o consentimento para a
cento do capital social, pertencente divisão ou cessão de quotas;
ao sócio Stélio Miguel David Um) Para vincular a sociedade, em todos actos
b) A destituição dos gerentes;
Saranga. é suficiente a assinatura do administrador
c) A exoneração de responsabilidade dos
nomeado assim como a assinatura do procurador
Dois) O capital poderá ser aumentado uma gerentes;
especialmente constituído, nos termos e limites
ou mais vezes, mediante entradas em dinheiro d) A proposição de acção pela sociedade
específicos do respectivo mandato.
ou por capitalização da parte ou totalidade dos contra gerente e sócios ,bem assim
Dois) É proibido aos membros da
lucros ou reserves ou ainda por reavaliação do como ;a desistência e transacção
administração ou os seus mandatários obrigar a
imobilizado, devendo-se observar para tal efeito, nessas acções;
sociedade em actos e contratos estranhos aos
as formalidades exigidas por lei. e) A alteração do contrato da sociedade;
negócios, tais como letras ,fianças ,avales e
Três) Deliberado qualquer aumento do capital f)A fusão, cisão, transformação e
semelhantes.
social, será o montante rateado pelos sócios dissolução da sociedade;
Três) Os administradores respondem civil e
existentes na proporção das suas quotas, g) A alienação ou oneração de bens
criminalmente para com a sociedade, pelos danos
competindo à Assembleia Geral deliberar como imóveis e a tomada de estabele-
a esta causados por actos ou emissões praticados
e em que prazo deverá ser feito o seu pagamento, cimento em regime de arrendamento;
com a preterição dos deveres legais e contratuais.
quando o respectiva aumento de capital não seja h) A subscrição ou aquisição de
imediatamente e integralmente realizado, CAPÍTULO IV participações noutras sociedades e a
obrigando-se, desde já os sócios a garantir, no sua alienação ou oneração.
Da assembleia geral
mínimo a entrega imediata de cinquenta por cento
CAPÍTULO V
do valor da actualização. ARTIGO DËCIMO
Quatro) Em vez do rateio estabelecido no ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
(Periodicidade e competências)
parágrafo anterior, poderão os sócios deliberar
(Balanço)
em assembleia geral, constituir novas quotas até Um) A assembleia geral reúne-se,
ao limite do aumento do capital, gozando os ordinariamente, uma vez por ano, de preferência Um) Anualmente será dado um balanço
actuais sócios de preferência na sua alienação na sede de sociedade, para apreciação ou fechado numa data a fixa pela administração da
ou na admissão denodos sócios, a quem serão modificação do balanço e contas do exercício e sociedade.
cedidas as novas quotas. Dois) Os lucros líquidos apurados no balanço
para deliberar sobre quaisquer outros assuntos
para que tenha sido convocada e, extraor- terão a seguinte aplicação:
ARTIGO SEXTO
dinariamente, sempre que for necessário. a) A percentagem indicada para constituir
(Cessão de quotas) o fundo de reserve legal, enquanto
Dois) São competências da assembleia geral
Um) A cessão de quotas a não sócios bem as definidas nos termos do artigo cento e vinte e não estiver realizado nos termos da
como a sua divisão depende do prévio e expresso nove do Código Comercial, e outras submetidas lei ou sempre que seja necessário
consentimento da assembleia geral e só produzirá a sua análise e que por lei ou contrato não sejam reintegrá-lo;
efeitos desde a data de outorga da respectiva da competência de outros órgãos da sociedade. b) Para outras reserves em que seja
escritura e da notificação que deverá ser efeito necessário criar as quantidades que
por carta registada. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO se determinarem por acordo
Dois) Havendo discordância quanto ao preço unânime dos sócios;
da quota a ceder a assembleia geral poderá (Quórum) c) O remanescente das reserves supra
designar peritos estranhos à sociedade, que Um) As assembleias gerais consideram- se indicadas servirá para os dividendos
decidirão e determinarão esse valor. aos sócios na proporção das suas
regularmente constituídas, quando assistidas por
quotas.
ARTIGO SÉTIMO sócios que representam pelo menos dois terços
do capital. ARTIGO DËCIMO QUARTO
(Amortização de quotas)
Dois) Se a representação for inferior,
(Liquidação e dissolução)
A sociedade poderá amortizar a quota de convocar-se-á nova assembleia, sendo as suas
qualquer sócio nos casos previstos na lei. deliberações válidas seja qual for a parte do Um) A liquidação da sociedade será feita nos
capital nela representada. termos da lei e das deliberações da assembleia
CAPÍTULO III
Três) Os sócios poderão deliberar sem que geral.
Da administação e representação seja no mesmo local físico. através dos seus Dois) A sociedade dissolve-se nos termos
ARTIGO OITAVO representantes, por via fax, telefax ou e- mail. da lei.

(Administração e representação) ARTIGO DËCIMO SEGUNDO ARTIGO DÉCIMO QUINTO


Um) A administração da sociedade bem (Deliberações) (Disposições finais)
como a sua representação, em juízo ou fora dele,
Um) As deliberações dos sócios em Todos os casos omissos serão regulados pelo
ficam a cargo do sócio Stélio Miguel David
assembleia geral serão tomadas por uma Código Comercial e por demais legislação em
Saranga, desde já nomeado para administrador,
ficando sob a sua responsabilidade a gestão diária pluralidade de votos representativos que vigor na Republica de Moçambique.
e executivo dos negócios da sociedade. correspondam no mínimo setenta e cinco do
capital social. Está conforme.
Dois) O administrador da sociedade poderá
constituir procuradores para prática de Dois) Dependem especialmente da Maputo, vinte e nove de Março de dois mil
determinados actos ou categoria de actos. deliberação dos sócios em assembleias gerais os e onze. —A Ajudante, Ilegível.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (49)

Thai Africa Friendship Trading Lerislena, Moçambique, Centros de acolhimento de crianças


Co, Limitada Limitada desfavorecidas, órfãos de pais vítimas de HIV -
-SIDA e portadoras de deficiência.
Certifico, para efeitos de publicação, que por Rectificação
Dois) A sociedade pode participar no capital
escritura pública de dezoito de Abril de dois mil Certifico, para efeitos de publicação, que por de outras sociedades, constituídas ou a constituir,
e onze, lavrada de folhas noventa e três a folhas ter saído inexacto, no Boletim da República, 3.ª ainda que com objecto social diferente ou
noventa e cinco, do livro de notas para escrituras série, número oito, de vinte e três de Fevereiro reguladas por lei especial, bem como associar-
diversas número trezentos e nove, traço A do de dois mil e onze, o valor do capital social da -se com outras pessoas ou sociedades, sob
Quarto Cartório Notarial de Maputo, perante sociedade, no extracto de alteração da qualquer forma legal, para a prossecução do
denominação social e de divisão, cessão e objecto social, mediante decisão unânime dos
Dárcia Elisa Álvaro Freia, Licenciada em Direito,
unificação parcial de quota e alteração parcial do sócios.
técnica superior dos registos e notariado N1 e
pacto social da sociedade Lerislena,
notária em exercicio no referido cartório, Moçambique, Limitada, rectifica-se o seguinte: CAPÍTULO II
procedeu-se na sociedade em epígrafe, cessão
No artigo terceiro, onde se lê «um milhão e Do capital social
de quotas e alteração parcial do pacto social, setecentos e cinquenta meticais», deve se ler:
em que o sócio Benson Mulenga dividiu e ARTIGO QUARTO
«um milhão e setecentos e cinquenta mil meticais».
cedeu a sua quota na totalidade no valor Está conforme. Capital e distribuição de quotas
nominal de mil e oitocentos e trinta e sete meticais Maputo, treze de Abril de dois mil e onze. — Um) O capital social, é de cem mil meticais,
e cinquenta centavos, em tres novas quotas no A Ajudante, Marta Zefanias Mabila.
dividido em seis quotas desiguais subscritas da
valor de seiscentos e doze meticais e cinquenta
seguinte forma:
centavos cada a favor de sócios Dioko Keita,
Mohamed Diaby e Sekou Konate e por sua vez a) Uma quota com o valor nominal de
Phumelele School, Limitada cinquenta mil meticais, correspon-
o sócio Cheickné Diambo, dividiu e cedeu a
dente a cinquenta por cento do capital
totalidade da sua quota no valor nominal de Certifico, para efeitos de publicação, que por social, pertencente ao sócio Samuel
mil e oitocentos e trinta e sete meticais e escritura de cinco de Abril de dois mil e onze, Mequissone Machavane;
cinquenta centavos, em tres novas quotas no exarada de folhas trinta e três a folhas trinta e
b) Uma quota com o valor nominal de
valor nominal de seiscentos e doze meticais e oito, do livro de notas para escrituras diversas
número cento e dezasseis A da Conservatória dez mil meticais, correspondente a
cinquenta centavos cada a favor dos sócios
dos Registos e Notariado da Matola, a cargo da dez por cento do capital social,
Dioko Keita, Mohamed Diaby e Sekou Konate.
notária Batça Banu Amade Mussa, foi pertencente ao sócio Sipho Tomsam
E os sócios Benson Mulenga e Cheickné constituída uma sociedade comercial por quotas Machavane;
Diambo, apartam-se da sociedade e nada de responsabilidade limitada , que se regerá pelas c) Uma quota com o valor nominal de dez
tendo a haver dela. disposições constantes dos artigos seguintes: mil meticais, correspondente a dez
Que em consequência da cessão de quotas ARTIGO PRIMEIRO por cento do capital social,
é alterado o artigo quarto dos estatutos, que passa pertencente ao sócio Jerry Sam
a ter a seguinte nova redacção: Denominação
Machavane;
Um ) A sociedade adopta a denominação de d) Uma quota com o valor nominal de dez
ARTIGO QUARTO
Phumelele School, Limitada, e tem a sua sede mil meticais, correspondente a dez
( Capital social) social no Bairro Singathela, quarteirão quarenta por cento do capital social,
e um, número quarenta e sete e exerce a sua pertencente ao sócio Sakhile Eliot
O capital social, integralmente subscrito e
actividade em todo o território nacional. Samuel Machavane;
realizado em dinheiro no valor de quinze mil Dois) A sociedade poderá por simples
meticais, correspondente a soma de tres quotas e) Uma quota com o valor nominal de dez
deliberação mudar a sua sede social dentro da
desiguais distribuidas da seguinte forma: cidade de Maputo, criar e extinguir filiais, mil meticais, correspondente a dez
sucursais, agências, dependências, escritórios ou por cento do capital social,
a) Uma quota no valor nominal de oito
qualquer outra forma de representação, no pertencente ao sócio Jorge Samuel
mil e oitocentos e setenta e cinco
território nacional ou no estrangeiro, mediante Machavane;
meticais e pertencente ao sócio deliberação da assembleia geral e observando os f) Uma quota com o valor nominal de dez
Dioko Keita; condicionalismos da lei. mil meticais, correspondente a dez
b) Uma quota no valor nominal de três por cento do capital social,
mil e sessenta e dois meticais e ARTIGO SEGUNDO
pertencente a sócia Philissiwe Linda
cinquenta centavos, pertencente ao Duração Machavane.
sócio Mohamed Diaby;
A sociedade è constituída por tempo Dois) O capital social poderá ser aumentado
c) Uma quota no valor nominal de três indeterminado, contando-se o seu início para ou reduzido por decisão dos sócios tomada
mil e sessenta e dois meticais e todos os efeitos legais, a partir da data da em assembleia geral.
cinquenta centavos, pertencente ao assinatura da escritura. Três) Deliberados quaisquer aumentos ou
sócio Sekou Konate.
ARTIGO TERCEIRO reduções de capital serão os mesmos rateados
Que em tudo o mais não alterado continua a pelos sócios na proporção das suas quotas.
vigor as disposições do pacto social anterior. Objecto social Quatro) Não são exigíveis prestações
Está conforme. Um) A sociedade tem por objecto social suplementares de capital mas os sócios
construção de centros de formação, académicas, poderão fazer suprimentos de que a sociedade
Maputo, dezanove de Abril de dois mil
escolas primárias, secundárias e ensino superior, carecer em condições a estabelecer pela
e onze. — O Ajudante, Ilegível. jardins infantis e centros de saúde,aberturas de assembleia.
404 — (50) III SÉRIE — NÚMERO 17

CAPÍTULO III Cinco) Os actos de mero expediente poderão ARTIGO TERCEIRO


ser assinados por um gerente ou por qualquer
Da cessão e divisão de quotas Objecto
empregado devidamente autorizado.
ARTIGO QUINTO Um) A sociedade tem como objecto:
ARTIGO NONO
Um) A divisão e cessão total ou parcial de a) Comércio, indústria, e exploração de
quotas a estranhos á sociedade assim como a Casos omissos produtos alimentares e não
sua oneração em garantia de quaisquer Em todo o omisso será regulado pela lei em alimentares com importação e/ou
obrigações dos sócios dependem da autorização vigor, para os efeitos, na República de exportação;
prévia da sociedade dada por deliberação da Moçambique. b) Importação e exportação de bens e
assembleia geral. serviços;
Está conforme.
Dois) O sócio que pretender alienar a sua c) Venda de electrodómesticos, material
Conservatória dos Registos e Notariado da do escritório, de construção,
quota deverá comunicar á sociedade com uma
Matola, vinte e cinco de Abril de dois mil e quinquilharias, cosméticos, loiças
antecedência de trinta dias úteis, por carta
onze. — O Técnico, Ilegível. sanitária e/ou culinária, peças e
registada, declarando o nome do adquirente, o
preço e as demais condições da cessão. acessórios de máquinas, viaturas,
Três) Fica reservado o direito de preferência barcos, motorizadas, bebidas,
, primeiro á sociedade depois aos sócios. Bright Business Corporation produtos de higiene e limpeza a
Quatro) É nula qualquer divisão, cessão, (BBC), Limitada grosso e a retalho;
onerarão ou alienação de quota feita sem a d) O exercício da actividade de gestão de
observação do disposto nos presentes estatutos. Certifico, para efeitos de publicação, que por participações sociais de sociedade e
escritura de vinte e três de Março do ano dois de terceiros, monitoria dos seus
ARTIGO SÉXTO mil e onze, lavrada de folhas cento trinta e sete e investimentos e outras actividade
seguintes, do livro de notas para escrituras similares, industriais ou de comércio
Morte ou incapacidade
diversas número I traço dois, da Conservatória desde que a sociedade obtenha as
Em caso de morte ou interdição de qualquer dos Registos e Notariado de Nacala-Porto, a necessárias autorizações.
sócio, a sociedade continuará com os herdeiros cargo de Jair Rodrigues Conde de Matos, Dois) A sociedade poderá adquirir partici-
ou representantes os quais nomearão um de entre licenciado em Direito, foi constituída uma pações noutras sociedades que tenham, ou não,
si que a todos represente na sociedade, sociedade por quotas de responsabilidade um objecto social semelhante ao seu.
permanecendo, no entanto a quota inteira. limitada, denominada Bright Business
Corporation (BBC), Limitada, pelos senhores ARTIGO QUARTO
CAPÍTULO IV
Aniza Amade Hassam, solteira, maior, natural Capital social
Dos órgãos sociais de Milange, residente em Nacala-Porto, portadora
do Bilhete Identidade n.º 040096478 A, emitido O capital social, integralmente realizado em
ARTIGO SÉTIMO
aos quinze de Outubro de dois mil e quatro, pela dinheiro, é de cinquenta mil meticais, subscrito
Assembleia geral Direcção Nacional de Identificação Civil em em duas quotas: sendo uma no valor de trinta
Maputo, e Rony Sleiman Farah, solteiro, maior, sete mil e quinhentos meticais, equivalente a
Um) A assembleia geral reunirá anualmente,
em sessão ordinária , para a apreciação natural de Ktali-Líbano, nacionalidade libanesa, setenta e cinco porcento do capital social,
aprovação e ou modificação do balanço e contas residente em Nacala-Porto, portador do pertencente à sócia Aniza Amade Hassam, outra
do exercício e deliberar sobre qualquer outro Passaporte n.º 2277800, emitido em dez de quota no valor de doze mil e quinhentos meticais,
assunto de interesse social e, em sessão Novembro de dois mil e dez, pela Embaixada do equivalente a vinte e cinco porcento do capital
extraordinária , sempre que necessário. Líbano em Pretória, nos termos constantes dos social, pertencente ao sócio Rony Sleiman Farah,
Dois) A assembleia geral poderá ser artigos seguintes: respectivamente.
convocada extraordinariamente por qualquer um
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO QUINTO
dos sócios com o pré-aviso de quinze dias por
fax , e-mail ou por carta registada com aviso de Denominação e duração Cessão de quotas
recepção.
A sociedade é por quotas de responsabilidade A cessão de quotas e a sua divisão é livre
ARTIGO OITAVO limitada, adopta a denominação de Bright entre os sócios. A cessão a estranhos depende
Business Corporation (BBC), Limitada, do consentimento da sociedade, que terá sempre
Gerência constituindo-se por tempo indeterminado direito de preferência o qual, de seguida, se defere
contando-se o seu início a partir da data da aos sócios não cedentes.
Um) A gerência da sociedade dispensada de
caução, será exercida pelo sócio Samuel escritura de constituição.
ARTIGO SEXTO
Mequissone Machavane, que fica desde já ARTIGO SEGUNDO Administração e representação
nomeado gerente.
Dois) A remuneração pela gerência da Sede Um) A administração e representação da
sociedade, se a ela houver lugar, será fixada em Um) A sede da sociedade é no bairro sociedade em juízo e fora dele activa ou
assembleia geral. Triângulo, sem número, cidade de Nacala-Porto, passivamente serão exercidas pela sócia Aniza
Três) A sociedade fica obrigada pela província de Nampula. Amade Hassam, que desde já fica nomeada
assinatura do gerente ou de um procurador, tendo Dois) A administração fica autorizada a administradora, com dispensa de caução sendo
em conta, neste último caso, os termos precisos deslocar a sede social para qualquer outro local suficiente a sua assinatura para obrigar a
do respectivo instrumento de mandato. de Moçambique, pode transferir, abrir ou sociedade em actos e contratos.
Quatro) Em nenhum caso a sociedade poderá encerrar qualquer subsidiária, sucursal ou Dois) A sociedade fica obrigada para efeitos
ser obrigada em actos e contratos estranhos aos agência, delegações ou outra forma de bancários com assinatura de um dos sócios Aniza
negócios sociais, designadamente em fianças, representação social, onde e quando entender Amade Hassam ou Rony Sleiman Farah, com
abonações e letras de favor. conveniente.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (51)

ressalva de que se for para contrair empréstimos respectivo. A sociedade poderá ainda amortizar sociais,que passa a ser nomeado desde já o
deve haver uma acta da assembleia geral a a quota, se esta for cedida sem o consentimento senhor Peter Andreas Lodewicus Gouws,
deliberar. daquela. dispensado de caução e remunerado ou não,
Três) A administradora poderá delegar no ARTIGO DÉCIMO conforme deliberação da assmbleia geral.
todo ou em parte seus poderes mesmo em Dois) Os administradores são eleitos
Disposições diversas
pessoas estranhas a sociedade, porém, os pela assembleia geral por período de quatro
delegados não poderão obrigar a sociedade em Um) O ano fiscal coincide com o ano civil. anos sendo permitida a sua reeleição,que
actos e documentos estranhos a ela em actos de Dois) Todas as despesas resultantes da exercerão os seus cargos de acordo com
favor, fiança e abonação sem o prévio constituição da sociedade, designadamente, as
direcçõe/instruções escritas emanadas pelos
conhecimento. desta escritura, registos e outras despesas
inerentes, serão suportadas pela sociedade que sócios, com forma e conteúdo decididos
Quatro) É vedado ao administrador praticar
constituíram despesas de instalação em custos pela assembleia geral de tempos a tempos.
actos e documentos estranhos à sociedade, tais
plurianuais sujeitos a amortização. Três) Cabe ao administrador
como letras de favor, fianças, abonações e outros
semelhantes sem deliberação prévia. Três) A sociedade dissolver-se-á nos casos representar a sociedade, em juízo e fora
Cinco) A administração poderá constituir expressamente previstos na lei ou quando for dele, activa e passivamente assim como
deliberado pela assembleia geral por uma maioria praticar todos os actos tendentes à
mandatários da sociedade, nos termos da
qualificada de, pelo menos, três quartos do capital
legislação comercial em vigor. realização do objecto social, tendo ainda
social.
poderes para representar a sociedade
ARTIGO SÉTIMO Quatro) Salvo deliberação em contrário da
assembleia geral, a liquidação da sociedade será perante todas as suas participadas.
Assembleia geral feita extrajudicialmente, competindo aos Quatro) Ao administrador é vedado
Um) A assembleial geral será convocada por membros da administração em exercício as responsabilizar a sociedade em actos,
carta registada, com aviso de recepção, dirigidas funções de liquidatários. documentos e obrigações estranhas ao
aos sócios, com pelo menos quinze dias de Parágrafo único: Em todo o omisso aplicar- objecto da mesma, designadamente em
antecedência, salvo quando a lei impuser outra se-á o Código Comercial em vigor e demais letras de favor, abonações e actos
forma de convocação. legislação aplicável em Moçambique.
semelhantes, salvo se com o consentimento
Dois) Os sócios poderão reunir-se em Está conforme.
escrito dos sócios.
assembleia geral, sem observância de Conservatória dos Registos e Notariado de Cinco) A administração pode delegar a
formalidades prévias de convocação, desde que Nacala-Porto, aos vinte e três de Março de dois
todos estejam presentes e todos manifestem a gestão corrente da sociedade num director-
mil e onze. — O Substituto do Director, Jair
vontade de que a assembleia se constitua e -geral, podendo, igualmente, constituir
Rodrigues Conde de Matos.
delibere sobre determinado assunto. mandatários por meio de procuraçao.
Três) As competências atribuídas por lei à Seis) A administração reúne-se sempre
assembleia geral de sócios e as decisões de que considere necessário convista a
obrigar a sociedade perante terceiros serão Belo Monte prossecução dos interesses da sociedade,
sempre expressas em acta assinada por todos os
sendo as respectivas reuniões convocadas
sócios. Certifico, para efeitos de publicação, que por
Quatro) Os sócios poderão fazer-se por qualquer administrador. De cada
deliberação de vinte e seis de Fevereiro de dois reunião deve ser lavrada acta no livro
representar nas assembleias gerais por mil e onze, na sociedade Belo Monte,
procuração. respectivo e assinado por qualquer
matriculada na Conservatória do Registo
Cinco) A assembleia geral reunirá das Entidades Legais de Maputo sob administrador que nela tenha participado.
ordinariamente uma vez por ano para aprovação NUEL l00056488, as sócias Frutas Libombos, As reuniões da administração devem ter
do balanço de contas do exercício e para deliberar Limitada detentora de setenta e cinco por cento lugar, pelo menos, trimestralmente, se outro
sobre quaisquer outros assuntos para que tenha do capital social e Gosap-Goba Sociedade Agro- período não for acordado com contrato de
sido convocada e, extraordinariamente, sempre -Pecuária, Limitada, detentora de vinte e cinco sociedade.
que isso se torne necessário. por cento do capital social, deliberaram mudar a Sete) As deliberações tomadas por
sede social para Distrito de Namaacha-
ARTIGO OITAVO escrito e assinadas pelo administrador, quer
Mundavene, nos escritórios instalados na
em documento único quer em vários
Lucros Machamba Belo Monte e pela alteração dos
artigos terceiro, décimo terceiro, e décimo quarto, documentos, serão válidas e eficazes como
Um) Aos lucros líquidos anualmente se tivessem sido tomadas em reunião da
do pacto social, os quais passam a ter a seguinte
apurados, depois de deduzida a percentagem para
e nova redacção: administração devidamente convocada e
reserva legal, será dado o destino que vier a ser
realizada.
deliberado em assembleia geral. ARTIGO TERCEIRO
Dois) No caso de morte ou interdição de
(Sede)
ARTIGO DÉCIMO QUARTO
qualquer sócio, a sociedade subsistirá, com os
herdeiros ou representante legal, respecti- Um) A sede da sociedade fica localizada (Formas de obrigar a sociedade)
vamente; os herdeiros deverão nomear um de no Distrito de Namaacha-Mundavene, nos
entre si, que a todos represente enquanto a quota A sociedade obriga-se pela assinatura
escritorios instalados na Machamba Belo do administrador, pela assinatura do
permanecer indivisa. Monte. director- geral, quando nomeado e dentro
ARTIGO NONO dos limites que vierem a ser estabelecidos
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
pela administração, ou pela assinatura de
Arrolamento, penhora e arresto
(Administração) mandatário, nos limites estabelecidos no
Em caso de arrolamento, penhora, arresto ou respectivo instrumento de mandato.
inclusão de quota em massa falida ou insolvente, Um) Compete a um administrador Maputo, vinte e seis de Abril de dois mil
a sociedade poderá amortizar a quota do sócio assegurar a gestão dos negócios e onze. — O técnico, Iligível
404 — (52) III SÉRIE — NÚMERO 17

Manha – Construções, qualquer outra forma de representação social, Três) O sócio que pretender ceder a sua quota
Sociedade Unipessoal, Limitada no país, quando o conselho de administração deverá comunicar esta intenção á sociedade.
assim o deliberar e depois de autorizada Quatro) Não desejando à sociedade e os
Certifico, para efeitos de publicidade, que por oficialmente, se for caso disso. restantes sócios exercer o direito de preferência
escritura de vinte e nove de Abril de dois mil e Dois) Mediante simples deliberação, a que lhes é conferida nos termos do número dois
onze, na sociedade manha – Construções, assembleia geral poderá transferir a sede social do presente artigo, a quota poderá ser livremente
Sociedade Unipessoal, Limitada, matriculada na para qualquer outro local do território nacional. cedida.
Conservatória de registos de Entidades Lagais Cinco) A divisão e cessão de quotas que
de Maputo sob NUEL 100213699, com o capital ARTIGO TERCEIRO ocorre sem observância do estabelecido no
social de cento e cinquenta mil meticais, presente artigo, é nula e de nenhum efeito.
(Objecto)
pertencente ao sócio único, Alfeu Tauzene ARTIGO SÉTIMO
Manhisse, este aumentou o capital social da Um) A sociedade tem por objecto principal,
sociedade em um milhão e trezentos we cinquenta o exercício exclusivo da actividade de construção (Prestações suplementares
mil meticais, passando a ser de um milhão e civil e obras públicas. e suprimentos)

quinhentos mul meticais. Dois) Por deliberação da assembleia geral, e


Não são exigíveis prestações suplementares
havendo a devida autorização, a sociedade de capital, podendo, porém, os sócios conceder
Em consequência do aumento do capital social poderá exercer actividades conexas ou
verificado, fica sem efeito o artigo quarto dos a sociedade os suprimentos de que necessite, os
subsidiárias à actividade principal. quais vencerão juros, nos termos e condições
estatutos, o qual passa a ter a seguinta nova
fixados por deliberação da assembleia geral
redacção: ARTIGO QUARTO
aprovada por maioria absoluta de votos
(Capital social) representativos de capital social.
ARTIGO QUINTO
O capital social, integralmente subscrito Um) O capital social, integralmente subscrito ARTIGO OITAVO
e realizado em bens e dinheiro, é de cinquenta
e realizado em dinheiro, é de um milhão e (Administração)
mil meticais, dividido em cinco quotas, assim
quinhentos mil meticais, correspondente à
distribuídas: Um) A administração da sociedade, em todos
uma única quota, pertencente ao sócio
a) Uma quota correspondente a quarenta os actos e contratos, em juízo e fora dele, activa
único Alfeu Tanzane Manhisse. e passivamente, é confiada ao sócio Bruno
e cinco por cento do capital social
Maputo, vinte e nove cde Abril de dois mil Miguel Ferreira Morgado, que fica assim
pertencente à sócia Eagle Holding;
e onze. — O Técnico, Ilegível. nomeado administrador, com dispensa de prestar
b) Uma quota correspondente a vinte por
caução, bastando a sua assinatura para obrigar
cento do capital social, pertencente
validamente a sociedade.
ao sócio Ruben Ferreira Morgado;
Dois) O administrador pode delegar em
Eagle Construções, Llmitada c) Uma quota correspondente a vinte por
terceiros, mediante procuração, todo ou em parte
cento do capital social, pertencente dos seus poderes de administração.
Certifico, para efeitos de publicação, que por ao sócio Castigo José Langa;
escritura de dezanove de Abril de dois mil e d) Uma quota correspondente a doze por ARTIGO NONO
onze, exarada de folhas quarenta e cinco a cento do capital social, pertencente
quarenta e sete, do livro de notas número (Assembleia geral)
ao sócio Ezequiel Paulo Mundua-
setecentos e oitenta e seis B do Terceiro Cartório pege; Um) A assembleia geral reunir-se-á
Notarial de Maputo, perante Antonieta António ordinariamente uma vez por ano, para apreciação
e) Uma quota correspondente a três por
Tembe, licenciada em Direito, técnica superior do balanço de contas do exercício anterior e para
cento do capital social, pertencente
dos registos e notariado N1 e notária em exercício deliberar sobre quaisquer assuntos para que
ao sócio Azarias Pedro Mfumo.
no referido cartório, foi constituída entre Eagle tenha sido devidamente convocada.
Holding, Ltd, Ruben Ferreira Morgado, Castigo Dois) Mediante deliberação da assembleia Dois) A assembleia geral reunir-se-á
José Langa e Paulo Ezequiel Munduapege e geral, o capital social poderá ser aumentado. extraordinariamente sempre que convocada pelo
Azarias Pedro Mfumo, uma sociedade por quotas Três) Os sócios tem direito de preferência, administrador ou pelo outro sócio.
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas no que concerne ao aumento do capital social em Três) O fórum necessário para assembleia
cláusulas constantes dos artigos seguintes: proporção da sua participação social. geral deliberar é a presença dos sócios ou
mandatários em representação e o administrador.
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO QUINTO
ARTIGO DÉCIMO
(Denominação, natureza e duração) (Aumento de capital social)
(Dissolução e liquidação)
A sociedade adopta a denominação de Eagle O capital social poderá ser aumentado uma
Construções, Limitada, é constituída sob forma ou mais vezes, apenas por unanimidade de votos, Um) A sociedade dissolve-se nos termos
de sociedade comercial por quotas de e em assembleia geral, por entrada em valores fixados na lei.
responsabilidade limitada e por tempo monetários ou em bens. Dois) Declarada a dissolução da sociedade
indeterminado, regendo-se pelos presentes proceder-se-á a sua liquidação, gozando os
ARTIGO SEXTO liquidatários nomeados pela assembleia geral,
estatutos e pela legislação vigente no território
dos mais amplos poderes para o efeito.
moçambicano. (Divisão e cessão de quotas)

Um) A divisão e cessão de quotas entre sócios ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO


ARTIGO SEGUNDO
é livre. (Omissões)
(Sede e representações sociais)
Dois) A divisão e cessão de quotas a favor
Qualquer matéria que não tenha sido tratada
Um) A sociedade tem a sua sede na cidade de de terceiros carece de consentimento, por escrito, nestes estatutos reger-se-á pelo disposto no
Maputo, e poderá abrir ou encerrar quaisquer da sociedade, gozando do direito de preferência Código Comercial e outra legislação em vigor
filiais, sucursais, agências, delegações ou em primeiro lugar a sociedade e depois os sócios. em Moçambique.
29 DE ABRIL DE 2011 404 — (53)

ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Dois) A sociedade exercerá ainda outras ARTIGO OITAVO
(Disposição final) actividades conexas ou complementares ou Assembleia geral
subsidiárias do seu objecto principal.
Na primeira assembleia geral que se realizará Um) A assembleia geral reunir-se-á
após a constituição da sociedade, convocada por CAPÍTULO II ordinariamente, uma vez por ano, para
um dos accionistas fundadores, serão eleitos os apresentação, aprovação ou modificação do
órgãos sociais. Do capital social, suprimentos, cessão balanço e contas de exercício e extraor-
ou divisão de quotas dinariamente, sempre que for necessário.
Está conforme.
Maputo, dezanove de Abril de dois mil e onze. ARTIGO QUARTO Dois) A assembleia geral será convocada por
— A Ajudante, Luísa Louvada Nuvunga carta registada pelo director-geral, com
Um) O capital social, integralmente subscrito antecedência mínima de quinze dias, que poderá
Chicombe.
e realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais,
ser reduzida para sete dias para as assembleias
correspondente à soma de duas quotas iguais de
extraordinárias.
dez mil meticais cada uma, correspondente a
cinquenta por cento do capital social para cada Três) As assembleias gerais consideram-se
regularmente constituídas, quando em primeira
Papelaria Sema, Limitada uma, pertencente a cada um dos sócios Sebastião
convocação estiverem presentes ou representados
Ilídio Muianga e Salomão António Macamo,
Certifico, para efeitos de publicação, que por respectivamente. pelo número de sócios correspondentes.
escritura de oito de Abril de dois mil e onze, CAPÍTULO IV
ARTIGO QUINTO
lavrada a folhas sessenta e sete a sessenta e
Suprimentos Das contas e resultados
nove, do livro de notas para escrituras diversas
número setecentos e oitenta e seis traço D do Não são exigíveis prestações suplementares ARTIGO NONO
Terceiro Cartório Notarial de Maputo, perante de capital, mas os sócios poderão fazer à
sociedade os suprimentos de que esta carecer. Anualmente será apresentado um balanço com
mim Lucrécia Novidade de Sousa Bonfim, a data de trinta e um de Dezembro. Os lucros
licenciada em direito, técnica superior dos ARTIGO SEXTO que o balanço registar, líquídos de todas as
registos e notariado N1 e notária do referido despesas e encargos, terão a seguinte aplicação:
Cessação ou divisão de quotas
cartório, foi constituída entre Sebastião Ilídio a) Percentagem constituída para o fundo
Muianga e Salomão António Macamo, uma Um) A cessão de quotas dependerá do
de reserva legal, enquanto não estiver
sociedade por quotas de responsabilidade consentimento da sociedade, no entanto, fica
realizado nos termos da lei, ou
reservado o direito de preferência à sociedade
limitada que se regerá pelas cláusulas constantes sempre que seja necessário reintegrá-
da quota que se pretende ceder. Direito esse que
dos artigos seguintes: -lo;
se não for exercido por ela, pertencerá aos sócios.
b) Por outras reservas que seja resolvido
CAPÍTULO I Dois) A divisão de quotas é livre, mas carece criar as quantias que se determinar
do consentimento dos sócios em assembleia criar de acordo unânime dos sócios;
Da denominação, sede, duração geral.
e objecto c) O renascente para os dividendos aos
CAPÍTULO III sócios de acordo com as suas
ARTIGO PRIMEIRO quotas.
Da administração, gerência e
Um) A sociedade adopta a denominação assembleia CAPÍTULO V
Papelaria Sema, Limitada, é uma sociedade por
ARTIGO SÉTIMO Das disposições transitórias e finais
quotas de responsabilidade limitada, e tem a sua
sede na cidade de Maputo, Avenida Ahmed Um) A gerência da sociedade, bem como a ARTIGO DÉCIMO
Sekou Touré número três mil duzentos e sua representação em juízo e fora dele, activa e
Um) A dissolução da sociedade só se
cinquenta e seis, primeiro andar direito, e rege- passivamente, ficam a cargo do director-geral -
efectuará nos termos de legislação em vigor, por
-se pelo presente estatuto e pelos preceitos legais Sebastião Ilídio Muianga.
iniciativa dos sócios ou de falência decretada em
aplicáveis. Dois) Para obrigar a sociedade em todos os
juízo.
Dois) A sociedade poderam abrir sucursais, actos e contratos será necessária a assinatura do
Dois) Por morte ou interdição de qualquer
delegações, ou outra forma de representação director-geral e a assinatura do director
dos sócios, a sociedade não se dissolve, conti-
dentro do território nacional. comercial, Salomão António Macamo
nuando a sua quota com os seus sucessores ou
Três) O director-geral - Sebastião Ilidio representantes do sócio falecido ou interdito,
ARTIGO SEGUNDO Muianga poderá delegar no todo ou em parte a enquanto continuar indivisa.
outro ou outra pessoa estranha à sociedade em
A duração da sociedade é por tempo
procuração para o efeito, mediante autorização ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
indeterminado, contado-se o seu início a partir
do outro sócio, quanto o procurador for estranho Casos omissos
da data de celebração da presente escritura.
à sociedade.
Em todo o omisso regularão as disposições
ARTIGO TERCEIRO Quatro) Em caso algum, o director-geral e o
legais em vigor na República de Moçambique.
director comercial poderão obrigar a sociedade
Um) A sociedade tem por objecto o exercício em actos e contratos estranhos aos seus objectos, Está conforme.
de actividade na área de venda de material de designadamente em letras de favor, fianças avales Maputo, doze de Abril de dois mil e onze. —
escritório, escolar e consumíveis. e abonações. O Ajudante, Ilegível.
404 — (54) III SÉRIE — NÚMERO 17

Preço — 35,25 MT

IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.