Você está na página 1de 33

República da Espada

01 - (FATEC SP/1999) e) A adoção do ideário cientificista favoreceu a


O marechal Floriano Peixoto, em sua política econômico separação da Igreja e do Estado, bem como
financeira, repercutiu no projeto de modernização
a) Orientou-se no sentido de apoiar a lavoura, conservadora das elites brasileiras no período
principalmente a cafeeira, cuja situação era republicano.
precária devido à diminuição da demanda nos
mercados internacionais. 03 - (FGV/2002)
b) Procurou combater a inflação, contando para isso A cidade do Rio de Janeiro foi bombardeada em
com a colaboração de seu Ministro da Fazenda, setembro de 1893. O acontecimento refere-se à:
Joaquim Murtinho. a) Revolta da Vacina
c) Buscou particularmente a diversificação de b) Reação Republicana
produtos agrícolas, buscando substituir o café pelo c) Revolta da Armada
algodão, cacau e açúcar, como produtos básicos de d) Derrubada de Floriano Peixoto
nossa economia exportadora; como conseqüência e) Revolta da Chibata
ocorreram rebeliões contra o governo central,
promovidas pela oligarquia cafeicultora paulista. 04 - (FUVEST SP/1998)
d) Orientou-se no sentido de promover a Sobre a constituição de 1891 no Brasil, podemos afirmar
industrialização do país através de uma política de que foi:
empréstimos e financiamentos. a) parlamentarista e liberal.
e) Visando a diminuir a dívida externa do Brasil, pagou b) presidencialista e laica.
a maior parte dos nossos débitos no exterior, c) centralizadora e liberal.
principalmente junto aos Estados Unidos. d) positivista e laica.
e) presidencialista e positivista.
02 - (FGV/2002)
Leia atentamente o texto abaixo e depois assinale a 05 - (GAMA FILHO RJ/1995)
alternativa correta: O golpe militar de 15 de novembro de 1889, momento
da Proclamação da República, foi a culminância da
“As bases de inspiração dessas novas elites eram as chamada “Questão-Militar”, que pode ser explicada
correntes cientificistas, o darwinismo social do inglês pela:
Spencer, o monismo alemão e o positivismo francês de a) oposição do Exército à escravidão sustentada pela
Auguste Comte. Sua principal base de apoio econômico Coroa.
e político procedia da recente riqueza gerada pela b) crescente intervenção dos militares no governo,
expansão da cultura cafeeira no Sudeste do país, em após as guerras do Prata.
decorrência das crescentes demandas de substâncias c) origem oligárquica dos oficiais que defendiam a
estimulantes por parte das sociedades que autonomia das Províncias e dos Municípios.
experimentavam a intensificação do ritmo de vida e da d) influência das repúblicas americanas, governadas
cadência do trabalho”. por ditadores militares.
SEVCENKO, N., “Introdução”. História da vida privada no e) influência das idéias positivistas associadas a
Brasil. São Paulo, Cia. das Letras, 1998, p. 14. reivindicações de melhoria profissional dos
a) A difusão das teorias cientificistas e evolucionistas militares.
ao longo do século XIX forneceram argumentos
para a crítica das práticas neocolonialistas, 06 - (UEL PR/2001)
favorecendo o processo de descolonização. “O Nicromante, pelos modos,/ Satisfazer procura a
b) A influência das teorias cientificistas no Brasil é todos:/ Traz Benjamin que é o fundador,/ Deodoro, que
exemplificada, principalmente, pela formação de é o proclamador,/ Floriano, o consolidador,/ Prudente,
uma elite que estabeleceu uma plataforma de o pacificador./ Isto é que é ser enganador!”
modernização que tinha como base o (Retratos. O Paiz, 19/11/1895)
desenvolvimento comercial e agrícola do país. O advento da República no Brasil pouco representou
c) Apesar de o consumo do café estar adequado à para a efetiva construção da cidadania. Com base em
aceleração do ritmo social no século XIX, a seus conhecimentos e na leitura do trecho do jornal O
industrialização brasileira processou-se Paiz, analise as seguintes afirmativas:
independentemente do complexo cafeeiro.
d) A incorporação do positivismo pelos militares I- A briga entre civis e militares pelo reconhecimento
brasileiros foi impedida pelas definições de Comte da fundação republicana, disputada pelos
sobre o tipo militar como característico do regime partidários de Deodoro e Benjamin Constant,
teológico, marcado pelo domínio da força, da prosseguiu por longo tempo e representou o
guerra e do comando irracional, ao contrário do conflito pela definição do novo regime.
tipo industrial que se manifestava na cooperação, 1
na livre produção e na aceitação racional.

1
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
II- O levante armado republicano pôs fim às simpatias desgaste político do primeiro Presidente da República
pela monarquia, utilizando-se do apoio popular Brasileira, podem ser destacados:
para impedir reações da família imperial.
III- A investida do Estado na regulamentação do
cotidiano das pessoas foi uma das motivações para
as sublevações populares, como a revolta contra a
vacinação obrigatória, em 1904, na cidade do Rio de
Janeiro.
IV- O chamado jacobinismo florianista caracterizou-se
pelo resgate da influência lusitana e pela postura
antinacional de seus seguidores.

Assinale a alternativa correta.


a) Apenas as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
b) Apenas as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
c) Apenas as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Apenas as afirmativas III e IV são verdadeiras.
e) Apenas as afirmativas II e IV são verdadeiras.

07 - (FURG RS/2000)
O Brasil, nos momentos iniciais da forma de governo I- a manutenção do ministério da época do Governo
estabelecida a 15 de novembro de 1889, foi marcado Provisório, formado por republicanos históricos
por diversas disputas político-ideológicas num contexto que contavam com pouco apoio popular;
em que cada segmento político-partidário defendia II - a dissolução do Congresso Nacional;
idéias específicas sobre os modelos a serem III - a repressão ao movimento civilista, o qual exigia
empregados na consolidação da República. que os militares abandonassem o poder;
Dentre os mais significativos grupos políticos que IV - a proposta de divisão do território de Palmas,
atuaram nos primórdios da República brasileira, podem disputado com a Argentina, entre as duas partes
ser destacados: litigantes.

I- os liberais, que desejavam uma república Quais afirmativas estão corretas?


organizada nos moldes da estadunidense; a) Apenas I e II.
II - os jacobinos, que sustentavam um ideário b) Apenas I e III.
profundamente nacionalista, de orientação c) Apenas I e IV.
lusófoba; d) Apenas II e III.
III - os monarquistas, que pretendiam o retorno à e) Apenas II e IV.
forma de governo decaída;
IV - os anarquistas, que visavam constituir uma 09 - (PUC MG/2002)
república comandada pelo proletariado, de acordo A bandeira do Brasil foi pensada no contexto da
com os pressupostos marxistas; construção do Estado Republicano nos anos iniciais da
V- os positivistas, que propunham a organização de República Velha. Seu lema, Ordem e Progresso,
uma república nos moldes estabelecidos por expressava:
Augusto Comte; a) a ideologia marxista: progresso material com
VI - os queremistas, que exigiam o retorno imediato de ordem constitucional.
D. Pedro II para exercer as funções de Chefe de b) o pensamento socialista: progresso industrial com
Estado, numa república parlamentar. ordem militar.
c) o ideário positivista conservador: progresso
Quais afirmativas estão corretas? econômico com ordem social.
a) Apenas I, II, III e IV. d) as idéias anarco-sindicalistas: progresso capitalista
b) Apenas I, II, III e V. com ordem nos sindicatos.
c) Apenas I, II, IV e V.
d) Apenas II, IV, V e VI. 10 - (PUC RS/2000)
e) Apenas III, IV, V e VI. Considere o fragmento de texto abaixo, de Ruy Barbosa,
publicado na imprensa carioca em 1899.
08 - (FURG RS/2001)
Esta caricatura, publicada no jornal riograndino Bisturi, “Supusemos, ao acabar com a monarquia,
traduz a insatisfação com o governo do Marechal que, vestindo a roupagem o seu formoso nome,
havíamos contraído com eles verdadeiros
Deodoro da Fonseca. Dentre os fatores que levaram ao 2
laços de fraternidade, a cuja sombra,

2
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
como o mais novo da família, tínhamos o b) Floriano Peixoto assumira o cargo de Presidente da
direito de contar francamente com os desinteressados República, na condição de vice-presidente eleito
e generosos serviços do irmão indiretamente pelo Congresso Nacional e se
primogênito, em quem sobejariam as forças posicionou favoravelmente aos federalistas.
para ser a providência comum dos fracos neste c) Desde o início, os rebeldes federalistas lutaram ao
continente”. lado da Revolta da Armada, que se desenvolvia na
(BARBOSA, Ruy. O divórcio e o anarquismo, Rio de Baía da Guanabara.
Janeiro: Ed. Guanabara, s/d ) d) Esquadras estrangeiras penetraram na Baía da
Considerando o contexto nacional e a inserção Guanabara, buscando tardiamente apoiar a
internacional do Brasil no último decênio do século XIX, marinha de guerra do Brasil.
é correto concluir que a expressão “irmão primogênito” e) Embora Floriano Peixoto tenha sido alcunhado de
(linhas 07 e 08) encerra a referência irônica de Ruy “Consolidador da República”, os choques armados
Barbosa continuaram na Presidência de Prudente de Morais
a) à França. e somente terminaram no Governo de Campos
b) à Inglaterra. Sales.
c) aos Estados Unidos.
d) à Argentina. 14 - (UnB DF/2002)
e) a Portugal. A 25 de junho de 1892, um jornal da então capital
brasileira, Rio de Janeiro, em editorial, teceu o
11 - (UFC CE/2004) comentário a seguir sobre a conjuntura política vivida
A proclamação da República no Brasil está longe de ser pelo país.
considerada um momento de transformação
revolucionária, embora ela tenha trazido algumas “Desde o criminoso ato da dissolução do Congresso pelo
mudanças significativas. ex-presidente, o marechal Deodoro, vive o pais em uma
Uma característica inovadora dos primeiros anos da espécie de mal-estar, de desassossego. A indiferença do
nova forma de governo foi: espírito público tem-se traduzido na abstenção quase
a) a valorização de um novo produto de exportação. completa do eleitorado às urnas e em face de fatos
b) a adoção do sistema parlamentarista. como a luta civil em Mato Grosso. Essa indiferença,
c) a política de investimentos nas sociedades reconheçamos, é, em grande parte, devida à ausência
anônimas. de partidos que se estendam e ramifiquem-se por todo
d) a popularidade do novo regime. o país. As lutas têm tido um caráter local, e parece que
e) o direito de toda a população ao voto. nas localidades devem terminar, incruentas ou com
derramamento de sangue. Após três anos de governo
12 - (UFLA MG/2000) republicano, os partidos não se puderam constituir.”
“A escola filosófica positivista, dadas suas
características constitutivas, marcou profundamente Tomando o texto acima por referência e considerando o
determinado momento da trajetória histórica cenário brasileiro entre o final da Monarquia e os
brasileira”. primórdios da República, julgue os itens que se seguem.
Assinale a alternativa que identifica o momento em que 01. Sabendo que, nas palavras do jornalista Aristides
tal influência teria ocorrido: Lobo, o “povo assistira bestializado” ao golpe
a) Durante o processo histórico que culminou com a republicano de 15 de novembro de 1889, sem nada
abolição da escravidão. entender e sem dele participar, é correto afirmar
b) Nos governos militares que se instalaram após 1964, até que o quadro político brasileiro à época do governo
meados da década de 80. do marechal Floriano Peixoto diferia
c) No movimento republicano, em sua fase inicial. substantivamente daquele existente quando do
d) Na gestação do golpe conhecido historicamente golpe de 1889.
com “intentona comunista”. 02. Ao contrário do que afirma o editorialista, a
e) Durante o processo de emancipação política do implantação do regime republicano correspondeu a
Brasil. uma notável expansão da cidadania. O fim do
critério eleitoral censitário e a universalização do
13 - (PUC PR/2001) direito ao voto elevaram a participação dos
A República foi proclamada em 15 de novembro de brasileiros em eleições a proporções inimagináveis
1889. Contudo, sua consolidação se fez pela violência de no período monárquico.
duas revoluções. 03. Sob o ponto de vista da representação política, a
Sobre o tema, assinale a alternativa correta: República Velha também se distinguia do Império
a) No plano ideológico, defendiam os federalistas a pela existência de partidos nacionais, com atuação
necessidade de um poder central forte e limitada razoavelmente homogênea em todo o país, bem
autonomia aos Estados. diferente das experiências provincianas e localistas 3
dos antigos partidos Liberal e Conservador.

3
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
04. A literatura ajuda a compreender o Brasil desse e) Rodrigues Alves
período. Afora seu intrínseco valor literário, a obra
de Machado de Assis – do cronista de jornal que 18 - (UNIRIO RJ/2002)
observava a cena política ao romancista maduro de
Memórias Póstumas de Brás Cubas, Quincas
Borba, Dom Casmurro, Esaú e Jacó e Memorial de
Aires – firma a literatura urbana brasileira e oferece
elementos para desvendar uma sociedade
paternalista em que predominam relações de favor.

15 - (UNICAP PE/2002)
A proclamação da República foi uma surpresa geral em
todo o país. Foi mais um fato político importante no
processo histórico brasileiro que não contava com a Fonte: NOVAES, Carlos Eduardo e César Lobo. História do
participação da massa. Brasil para principiantes. São Paulo, Ática, 1997, p. 198.
01. A proclamação da República resultou de um
movimento popular, aliado a interesses políticos. Considerando a charge acima e a Constituição
01. A não participação política do povo não se explica Republicana de 1891, podemos afirmar que a:
pela sua apatia, mas sim pela marginalização a que a) Consolidação da 1a República, em torno dos
sempre esteve submetido. projetos agro-exportadores, disseminou a
02. Na organização do Governo Provisório, economia cafeeira por todo o Brasil e garantiu um
encontramos alguns representantes das camadas pacto de poder que satisfez aos diversos setores do
populares. mercado de trabalho emergentes
03. O novo governo era representado pela classe b) Expansão da economia cafeeira garantiu uma
proprietária-latifundiária exportadora, pelos estabilidade política para as elites agro-
militares e alguns profissionais liberais. exportadoras, que se utilizaram do papel
04. A composição do governo era variada e trazia em si centralizador do Estado para atender às demandas
os germes da discórdia política. sociais vigentes e não houve demanda pelo voto
popular
16 - (UNIFICADO RJ/1994) c) Permanência de grandes setores sociais marcados
A Proclamação da República, em 1889, está ligada a um pelo analfabetismo favoreceu o avanço da
conjunto de transformações econômicas, sociais e economia brasileira na 1ª República, uma vez que
políticas ocorridas no Brasil, a partir de 1870, dentre as os trabalhadores se identificaram com os projetos
quais se inclui: da elite cafeeira
a) A universalização do voto com a reforma eleitoral d) Exclusão, pelo voto, de grande contingente da
de 1881 efetivada pelo Partido Liberal. população brasileira adiou o processo histórico de
b) O desenvolvimento industrial do Rio de Janeiro e de compromisso com a educação do país e favoreceu
São Paulo, criando uma classe operária combativa. a permanência de setores da elite cafeeira no poder
c) A progressiva substituição do trabalho escravo, durante a 1ª República
culminando com a Abolição em 1888. e) Autonomia dos estados, sancionada com a
d) A concessão da autonomia provincial, que Constituição de 1891, estabeleceu várias
enfraqueceu o governo imperial. interpretações sobre as formas de participação do
e) O enfraquecimento do Exército, após as analfabeto e da mulher, possibilitando a
dificuldades e os insucessos durante a Guerra do candidatura de analfabetos em alguns estados
Paraguai.
19 - (UNIRIO RJ/1995)
17 - (UNIPAR PR/2002) Desde o ano de 1993 vários eventos vêm sendo
No sistema republicano implantado no Brasil a partir de realizados em rememoração da Revolta da Armada e da
1889 sempre se procurou impedir a reeleição dos Revolução Federativa, as quais podem ser consideradas
detentores do poder executivo, disposição que foi como:
revogada somente na segunda metade dos anos 90 do a) Representativas dos movimentos monárquicos
século passado. Ao longo da Primeira República, restauradores do início da República.
somente em um caso um ex-presidente foi eleito pela b) Projeção das diversas concepções republicanas
segunda vez - mas faleceu antes de tomar posse. existentes no país.
Estamos nos referindo à: c) Reações contra o Federalismo republicano, que
a) Campos Sales defendia a eliminação da autonomia dos Estados.
b) Prudente de Morais d) Reações de segmentos sociais emergentes do
c) Epitácio Pessoa domínio oligárquico no Estado Republicano. 4
d) Artur Bernardes

4
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
e) Exemplo do confronto civilismo x militarismo, que A propósito da participação dos militares na
caracterizaram o início da República. Proclamação da República, pode-se afirmar que:
a) o Republicanismo era um movimento uniforme,
20 - (UFG GO/2000) articulado em torno de proposições como a de uma
De 1889 aos dias de hoje, foram utilizadas tantas aliança sólida e permanente com os militares.
adjetivações (da espada, velha, oligárquica, nova) para b) Silva Jardim e Benjamim Constant eram partidários
caracterizar a experiência republicana no Brasil, que a de uma revolução popular, apoiada pelos militares,
simples idéia de coisa pública (res-publica) perdeu, em visando universalizar a cidadania.
certo sentido, a clareza. c) a pluralidade de propostas políticas e sociais
Analisando-se o movimento republicano no Brasil e suas existentes se traduzia em divergências variadas,
transformações, pode-se afirmar que: como o papel dos militares na eclosão do
01. o Manifesto de 1870 transformou o partido movimento.
republicano em força definidora dos rumos do país. d) revela o desinteresse de todas as lideranças do
O partido assumiu a direção e o controle do exército com relação à questão da cidadania, da
movimento que derrubou a Monarquia, em 1889. adesão popular e da participação democrática.
02. a influência do positivismo marcou a primeira e) o republicanismo brasileiro foi inspirado pelos EUA,
década republicana. Sob o lema “ordem e onde os militares desempenharam um papel
progresso”, os militares organizaram a vida política, preponderante na criação do Regime Republicano.
conduzindo um projeto modernizador que afastou
o Estado da órbita das oligarquias e garantiu a 23 - (ACAFE SC/1999)
efetivação de uma política favorável aos interesses O primeiro governo republicano (1889-1894), em seu
da incipiente burguesia industrial. contexto histórico, foi marcado por importantes
03. a hegemonia paulista na República conviveu com mudanças, sendo FALSO afirmar:
acirrados conflitos políticos, que expressavam a) A Constituição de 1891 previu a transformação das
interesses regionais diversos. A presença do Rio províncias brasileiras em estados, assim como o
Grande do Sul, como importante força política nas direito de voto aos maiores de 21 anos.
articulações nacionais, propiciou a base de b) A Constituição de 1891 instituiu o presidencialismo
questionamento da hegemonia paulista na como sistema de governo.
sucessão de Washington Luís. c) A principal revolta deste período foi o Movimento
04. Getúlio Vargas assumiu a liderança da chamada Tenentista.
República Nova, como força desvinculada do d) Um dos primeiros atos do governo provisório de
sistema oligárquico, o que garantiu as condições Deodoro da Fonseca foi o de banimento da Família
para que se implantasse uma nova estrutura agrária Imperial.
no país. e) O governo republicano teve que enfrentar
algumas revoltas sociais, dentre elas, a Revolução
21 - (FUVEST SP/1996) Federalista.
Com a instalação da República no Brasil, algumas
mudanças fundamentais aconteceram. 24 - (UNICAMP SP/1990)
Entre elas, destacam-se: “A proclamação da República trouxe grandes
a) a militarização do poder político e a universalização expectativas de renovação política, de maior
da cidadania. participação no poder por parte não só de contra-elites,
b) a descentralização do poder político e um regime mas também de camadas antes totalmente excluídas do
presidencialista forte. jogo político”.
c) um poder executivo frágil e a criação de forças (J. Murilo de Carvalho – O Rio de Janeiro e A República,
públicas estaduais. Revista Brasileira de História, nº 8 e 9, 1985)
d) a aproximação entre o Brasil e os estados Unidos e
a instituição do voto secreto. Analise e interprete o texto acima, utilizando-se dos
e) a fundação do banco do Brasil e a descentralização seus conhecimentos sobre a proclamação da república
do poder político. no Brasil.

22 - (FUVEST SP/1996) 25 - (UNICAMP SP/1993)


Quintino Bocaiúva, pouco antes da proclamação da No final do século XIX, monarquistas e republicanos
República, disse: disputavam sobre a criação de datas e personagens
significativos que simbolizassem o “nascimento da
“Sem a força armada ao nosso lado, qualquer agitação nação”. Para os monarquistas, o Brasil-nação nascia
de rua seria não só um ato de loucura… mas com o “grito” de D. Pedro I. Para os republicanos,
principalmente uma derrota de rua antecipada.” Tiradentes executado pela monarquia portuguesa era o
verdadeiro herói nacional. 5
(Adaptado da série Registros, nº 15, DPH, 1992)

5
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
a) Explique os motivos da divergência entre c) somente I, III e IV estão corretas.
monarquistas e republicanos apontada no texto d) somente II, III e IV estão corretas.
acima. e) I, II, III e IV estão corretas.
b) Por que, a partir da República, a imagem
esquartejada de Tiradentes é abandonada e 29 - (UNIFOR CE/2000)
substituída por sua imagem viva e de corpo inteiro? "Defensor das liberdades, mito liberal e democrata,
republicano e abolicionista na transição do Império para
26 - (UNICAMP SP/2002) a República, não houve personagem tão importante
Nos primeiros anos da República, o Ministro da Fazenda quanto ele. Tornou-se nossa 'Águia de Haia'."
Rui Barbosa mandou destruir as cópias das matrículas e (Isto É. O Brasileiro do Século. 06/10/99)
registros de propriedade de escravos. Com esta medida, O texto acima refere-se a:
provavelmente, ele eliminaria as provas da posse a) Pontes de Miranda.
anterior de escravos, dificultando ações que b) Rui Barbosa.
reivindicassem, perante o governo, a indenização da c) Sobral Pinto.
propriedade perdida com a abolição. d) Evandro Lins e Silva.
(Adaptado de Robert Slenes, “Escravos, cartórios e e) Clóvis Beviláqua.
desburocratização: o que Rui Barbosa não queimou será
destruído agora?”, Revista Brasileira de História, v. 5, n. 30 - (UNIFOR CE/2000)
10, mar.-ago., 1985, p. 169.) Por República entende-se o regime:
a) Com base no texto, explique por que o governo a) em que o governo é controlado e dominado pelas
republicano queimou os papéis relativos à organizações sindicais.
escravidão. b) político exercido por um governante que
b) Cite duas leis relativas à abolição da escravidão no permanece por um prazo limitado em seu cargo,
Brasil que antecederam a Lei Áurea. mas que não presta contas dos seus atos aos
c) O que foi discutido acerca da escravidão na poderes Legislativo e Judiciário e nem ao povo.
Conferência das Nações Unidas contra o Racismo, a c) em que o conjunto das instituições organizadas fora
Discriminação, a Xenofobia e a Intolerância da área de controle direto do Estado, dirigem a
Correlata, realizada em Durban (África do Sul), em nação.
2001? d) político que tem como governante um cidadão
escolhido pelo povo direta ou indiretamente por
27 - (UNIFOR CE/1998) meio de eleição, para um prazo determinado.
Após a Proclamação da República Brasileira, uma das e) em que o governante exerce o poder de forma
medidas tomadas pelo Governo Provisório, chefiado vitalícia.
pelo Marechal Deodoro, e que desencadeou uma onda
especulativa no país, foi a: 31 - (UNIFOR CE/2001)
a) estatização da indústria de base. Com relação ao contexto de passagem do Império à
b) política emissionista. República no Brasil, é INCORRETO afirmar que:
c) elevação da taxa cambial. a) a proclamação da República pode ser entendida
d) abertura às importações. como um levante militar, fruto da indisciplina das
e) criação da casa da moeda. forças armadas e do descontentamento dos
fazendeiros, com amplo apoio popular.
28 - (UNIFOR CE/1998) b) o advento da República não chegou a criar
Com respeito à Constituição de 1891 é correto afirmar modificações profundas na sociedade brasileira.
que: c) o levante de Canudos representou um dos mais
sérios conflitos do início da República e pode ser
I. Foi promulgada e não outorgada, como a de 1824. visto como uma manifestação de
II. Espelhou-se na Constituição dos Estados Unidos, descontentamento à nova ordem imposta e à crise
sendo federalista e presidencialista. econômica e financeira, que agravou as condições
III. o Brasil adotava a forma de governo republicana, e sociais do sertão brasileiro.
seus agentes políticos (presidente, governador, d) a proclamação da República não foi fruto
prefeito, deputados, senadores, vereadores) inesperado de uma parada militar; havia sólidas
exerceriam mandatos por tempo limitado. convicções republicanas advindas da infiltração de
IV. Possuía três Poderes (Legislativo, Executivo e idéias positivistas no exército brasileiro.
Judiciário) ao contrário da Constituição de 1824, e) o fim da monarquia pode ser entendido como
que possuía quatro Poderes. resultado das transformações ocorridas na
estrutura econômica e social do país, representado
Pode-se afirmar que: pela abolição da escravidão, entrada de imigrantes,
a) somente I, II e III estão corretas. início do processo de industrialização. 6
b) somente I, II e IV estão corretas.

6
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
32 - (UNIFOR CE/2002) e) levou as camadas baixas à hegemonia no poder,
"A república só se consolidará entre nós, sobre alicerces devido às mudanças constitucionais.
seguros, quando suas funções se firmarem na
democracia do trabalho industrial." 35 - (FGV/2001)
(Rui Barbosa) Para as oligarquias estaduais, a Constituição de 1891
As idéias do texto serviram de base para a elaboração representa uma vitória, pois:
de uma reforma financeira, durante o governo do a) instituiu o sistema misto: presidencialismo
Marechal Deodoro da Fonseca, que: (executivo federal) e parlamentarismo (executivo
a) favoreceu especialmente a nascente burguesia estadual);
brasileira e as camadas médias e populares b) reafirmou os princípios do Convênio de Taubaté;
urbanas. c) ampliou para os soldados o quadro de participação
b) resultou numa crise inflacionária e de especulação nas eleições;
na Bolsa de Valores, conhecida como Encilhamento. d) instituiu o federalismo;
c) implantou medidas drásticas contra a especulação e) ampliou o poder moderador para o executivo
e proibiu a emissão de dinheiro por bancos estadual.
particulares.
d) instituiu uma nova política protecionista 36 - (PUC RS/2003)
alfandegária, isentando de pagamento de taxas as Durante o Governo Republicano Provisório (1889-1891),
importações de máquinas e equipamentos. o Ministro da Fazenda, Rui Barbosa, põe em prática uma
e) colocou em prática uma política antiinflacionária política econômica caracterizada pela emissão de papel-
caracterizada pela retirada de circulação de grande moeda e pelo aumento das tarifas alfandegárias para os
quantidade de moedas, conhecida como Funding produtos estrangeiros, visando promover o crescimento
Loan. industrial.
Essa política ficou conhecida como:
33 - (UNESP SP/2005) a) Plano de Metas.
A respeito da passagem da Monarquia para a República b) Convênio de Taubaté.
no Brasil, a historiadora Emília Viotti da Costa afirmou: c) Funding-loan.
d) Salvacionismo.
Duas linhas de interpretação surgiram já nos primeiros e) Encilhamento.
anos: a dos vencedores e a dos vencidos, a dos
republicanos e a dos monarquistas, aos quais vieram 37 - (PUC PR/2003)
juntar-se com o tempo alguns republicanos que, “(...) Concidadãos – o Governo Provisório, simples
desiludidos com a experiência, aumentaram o rol dos agente temporário da Soberania Nacional, é o governo
descontentes… da paz, da liberdade, da fraternidade e da ordem. No
uso das atribuições e faculdades extraordinárias de que
a) Como os monarquistas entenderam a deposição de se acha investido (...) promete e garante a todos os
Pedro II e a instalação da República no Brasil? habitantes do Brasil, nacionais e estrangeiros, a
b) Indique um motivo que explique a desilusão de segurança da vida e da propriedade, o respeito aos
alguns republicanos com o regime instituído. interesses individuais e políticos, salvas as limitações
exigidas pelo bem da prática e legítima defesa do
34 - (UFTM MG/2006) governo proclamado pelo Povo, pelo Exército e pela
(...) Nada se mudaria. O regime sim, era possível, mas Armada Nacional”.
também se muda de roupa sem trocar de pele. (...) No O texto acima inaugurou no Brasil:
sábado, ou quando muito na segunda-feira, tudo a) a República – 1889
voltaria ao que era na véspera, menos a Constituição. b) o Governo Militar – 1964
(Machado de Assis, Esaú e Jacó) c) a Independência – 1822
d) o Segundo Reinado – 1831
Esse comentário do Conselheiro Aires, personagem de e) o Reino do Brasil – 1815
Machado de Assis, revela que a implantação da
República no Brasil: 38 - (UEPB/2003)
a) não acarretou transformações sociais significativas, Em 1891, tivemos a primeira Constituição da República.
apesar da nova Constituição. Sobre essa Constituição é correto afirmar:
b) assegurou a modernização da estrutura a) Foram mantidos os quatro poderes que advinham
socioeconômica, mas não da política. do império e isto facilitou o domínio dos militares
c) dependeu da ação dos militares, que impuseram sobre as oligarquias agrárias até 1930.
uma Constituição positivista. b) Ao centralizar o poder e não adotar nenhum
d) alterou o regime político, com a implantação de princípio do federalismo, prejudicou, assim, a
uma duradoura ditadura militar. autonomia dos Estados. 7

7
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
c) Pela primeira vez na história do país foi instituído o IV. Tinha uma nítida marca dos princípios centrais do
voto secreto, mesmo sendo censitário. federalismo norte-americano, de que é exemplo o
d) Foi adotado o federalismo favorecendo a presidencialismo;
autonomia dos Estados e extinto o voto censitário, V. Os estados federados, tipo São Paulo e Piauí,
no entanto, vetou o direito ao voto a passaram a ter poderes de decretar impostos sobre
aproximadamente 95% dos brasileiros, não tendo a exportação de suas mercadorias.
direito ao voto: os padres, os soldados, os
analfabetos e as mulheres. Estão corretas:
e) Estabelecer vantagens para os trabalhadores tais a) Todas as afirmativas;
como: salário mínimo, férias remuneradas e salário b) Somente as afirmativas I, II e V;
família, além de permitir a participação de clérigos c) Somente as afirmativas III, IV e V;
e militares na política. d) As afirmativas I, III, IV e V;
e) Somente as afirmativas I e IV.
39 - (UESPI/2003)
A proclamação da República (1889) é um fato marcante 41 - (UESPI/2003)
da história política brasileira, apesar de não significar O filósofo positivista Auguste Comte condenava a
uma mudança mais profunda na estrutura de base da democracia e o sufrágio universal pois considerava que
sociedade nacional. Assim pensando, coloque nos
parênteses (V) ou (F), conforme sejam verdadeiras ou “toda escolha dos superiores pelos inferiores é
falsas as afirmações abaixo, depois assinale a alternativa profundamente anárquica”.
que contiver a seqüência correta.
( ) A república foi implantada no Brasil no bojo de um A geração de militares e civis que liderou a instauração
movimento de ampla mobilização população em da república no Brasil foi fortemente influenciada por
prol dela, que entusiasmou inclusive a população essa forma de pensar, tanto que consagrou em sua ação
negra recém liberta. política, entre outras coisas a(o),
( ) A proclamação da república é um ato adstrito à a) Centralização política consistente na emenda à
cidade do rio de Janeiro, mas reflete um ideário Constituição republicana que suprimiu a autonomia
disseminado sobretudo entre a população letrada. dos estados federados, criando as interventorias;
( ) Benjamim Constant, Deodoro da Fonseca, João b) Supressão dos municípios enquanto esferas de
Lisboa, Juarez Távora, são personagens centrais da poder administrativo;
proclamação republicana de 1889. c) Fim da tripartição dos poderes políticos da
( ) A república nasceu no Brasil a partir de uma política república;
deliberada do imperador Pedro II, que, já no fim da d) Chamada ‘ditadura republicana’ e também a
vida, não via como prosseguir o governo imperial consigna ‘Ordem e Progresso’ na Bandeira
após sua morte. Nacional;
( ) O fim do Império e a proclamação da república têm, e) Privilégio dos coronéis da Guarda Nacional
entre os elementos que os explicam, a abolição da enquanto atores políticos centrais do cenário
escravidão negra, a questão da sucessão no trono e político.
certa sedimentação positivista em certos espíritos.
a) V, F, V, F, V 42 - (UFMT/2003)
b) F, V, V, F, V A respeito do regime republicano implantado no Brasil
c) F, V, F, F, F em 1889, julgue os itens.
d) V, V, F, V, F 00. Do ponto de vista político, o novo regime não
e) F, V, F, F, V significou uma transformação profunda,
especialmente na perspectiva da população rural.
40 - (UESPI/2003) 01. A primeira Constituição republicana (1891), ao
Proclamada a república, em 1889, logo se tornaria ‘letra garantir o federalismo, liberou as elites regionais
morta’ a Constituição Política do Império do Brasil, das limitações impostas pela centralização
convocando-se uma Assembléia Constituinte para monárquica, nesse sentido a “política dos
adotar uma nova lei magma. governadores” de Campos Sales consagrou o
princípio da independência das oligarquias frente
De fato, esta veio, em fevereiro de 1891, trazendo entre ao poder central.
as novidades: 02. Os mato-grossenses, a exemplo do que aconteceu
I. A separação da igreja em face do estado; com a maioria dos brasileiros, ficaram surpresos
II. A adoção do voto universal, secreto, estendendo o com a proclamação da República, embora as idéias
direito de voto aos maiores de 18 anos, inclusive às republicanas já fossem veiculadas, no mínimo,
mulheres; desde a Rusga, em 1834.
III. A formalização da denominação República dos 03. A necessidade de garantir para os grandes 8
estados Unidos do Brasil ao velho Império; proprietários rurais sua influência política foi

8
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
resolvida com a adoção de uma política populista
em que o governo central garantia o atendimento 45 - (UNIFOR CE/2004)
das reivindicações da classe trabalhadora em troca "A primeira constituição republicana (...) estabeleceu
do apoio eleitoral. como forma de governo o regime representativo, em
que o povo exerce o poder indiretamente, por
43 - (UFRN/2003) intermédio de seus representantes, eleitos em pleito
O movimento militar chefiado pelo marechal Deodoro direto..."
da Fonseca, em 1889, proclamou a República no Brasil, (Nelson Piletti. História do Brasil. São Paulo: Ática. 1996. p.
implantando um modelo de governo que se declarava 202)
democrático. Décio Saes, ao estudar posteriormente A Constituição a que o texto se refere eliminou o
esse movimento, afirma que a democracia nascente sistema censitário do Império, mas, em seu lugar,
definia-se desde logo como uma democracia elitista e implantou um poderoso mecanismo de exclusão
limitada, que correspondia a um refinamento da política, que foi a:
dominação de classe dos proprietários de terras no a) introdução da representação política popular por
plano das instituições políticas, configurando um novo meio do sistema de eleição indireta.
modelo de exclusão política. b) adoção do sistema de eleição por via indireta para
SAES, Décio. Classe média e sistema político no Brasil. São o cargo de presidente da república.
Paulo: T. A. Queiroz, 1984. c) implantação do critério de rendimentos como
exigência para o direito ao voto.
Pode-se afirmar que a democracia da República Velha d) restrição do voto aos menores de 21 anos, que era
foi um novo modelo de exclusão política na medida em a maior parte da população nacional.
que, nesse período, e) proibição de voto aos analfabetos e às mulheres
a) implantou-se o federalismo, em que cada estado- que correspondiam à maioria da população
membro ganhava autonomia para eleger o brasileira.
governador do estado e os deputados, que
deveriam ser grandes proprietários rurais. 46 - (UNIMONTES MG/2004)
b) adotou-se como sistema de governo o Na última década do século XIX, o Rio Grande do Sul foi
presidencialismo, em que o presidente da palco da .Revolução Federalista.. Acerca dessa.
República deveria escolher seus ministros entre os revolução, é CORRETO afirmar que
grandes cafeicultores paulistas. a) o conflito, após longos anos de combate, terminou
c) garantiu-se o direito de voto aos brasileiros do sexo com a vitória dos Federalistas, cuja hegemonia
masculino, maiores de 21 anos, excetuando política duraria até os anos 20 do século seguinte.
analfabetos, mendigos, soldados e religiosos b) o conflito repetia a Guerra da Cisplatina e, mais uma
sujeitos à obediência eclesiástica. vez, evoluiu de uma divergência de famílias para um
d) proclamou-se a independência entre o Estado e a movimento de caráter separatista.
Igreja, pondo fim ao regime do padroado, vigente c) o conflito opôs interesses políticos de Republicanos
no Império, embora fosse vetado o acesso de e Federalistas que disputavam a hegemonia
protestantes aos cargos públicos. político-administrativa e divergiam quanto ao
modelo ideal de nação.
44 - (UFG GO/2004) d) o conflito, no qual se opunham estancieiros e as
FAUSTO, B. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 1995. p. elites urbanas, teve um caráter estritamente
253. regional, motivo pelo qual a União não interferiu no
mesmo.

47 - (FUVEST SP/2004)
“Firmemos, sim, o alvo de nossas aspirações
republicanas, mas voltêmo-nos para o passado sem
ódios, sem as paixões efêmeras do presente, e
evocando a imagem sagrada da Pátria, agradeçamos às
gerações que nos precederam a feitura desta mesma
Pátria e prometamos servi-la com a mesma dedicação,
embora com as idéias e as crenças de nosso tempo”.
Teixeira Mendes, 1881
De acordo com o texto, o autor:
a) defende as idéias republicanas e louva a grandeza
Publicada em 1890, na Revista Ilustrada, a charge acima da nação.
é uma representação da conjuntura política brasileira da b) propõe o advento da república e condena o
primeira década republicana. Relacione a charge com o patriotismo. 9
contexto político da fase inicial do governo republicano.

9
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
c) entende que as paixões de momento são essenciais Não pertenciam ao movimento da propaganda
e positivas na vida política. republicana, ativa desde 1870... A busca de um herói
d) acredita que o sistema político brasileiro está para a República acabou tendo êxito onde não o
marcado por retrocessos. imaginavam muitos dos participantes da proclamação.”
e) mostra que cada nova geração deve esquecer o CARVALHO, J. M. de, A formação das almas. O
passado da nação. imaginário da República no Brasil, São Paulo:
Cia das Letras, p.55-57.
48 - (UEM PR/2005) A escolha e a construção do principal herói da República
No Brasil, o regime republicano foi instituído em 1889, recaíram sobre:
através de um golpe de Estado liderado pelo Marechal a) Deodoro da Fonseca, devido à sua imensa
Deodoro da Fonseca. A respeito desse acontecimento popularidade, por ser um republicano histórico e
político, assinale a(s) alternativa(s) correta(s). um ferrenho adversário dos poderes monárquicos.
01. A Proclamação da República criou, de imediato, b) Benjamin Constant, líder popular identificado com
uma ampla rede de proteção social para os negros a causa operária, defensor do positivismo e um
libertos, concedendo a eles vários direitos representante civil com amplo trânsito entre os
trabalhistas, tais como: direito de greve, salário militares.
mínimo, registro em Carteira de Trabalho, c) Duque de Caxias, grande comandante da Guerra
aposentadoria após 30 anos de trabalho etc. do Paraguai, identificado com uma política
02. O advento do regime republicano no Brasil foi uma centralizadora e patrono do Exército brasileiro.
decorrência dos descontentamentos de segmentos d) Bento Gonçalves, presidente da república rio-
da classe média (letrados e militares) e dos grandense e principal líder da revolta farroupilha
fazendeiros escravistas, estes últimos prejudicados do século XIX, considerado o patrono militar do
e ressentidos com a abolição da escravidão pela republicanismo no Brasil.
Princesa Isabel, em maio de 1888. e) Tiradentes, militar e republicano transformado em
04. A Revolta de Canudos, liderada por Antônio mártir, cuja morte passou a ser associada ao
Conselheiro na década de 1890, foi um dos sacrifício de Jesus Cristo.
primeiros movimentos de rebeldia antirepublicana
enfrentados pelo recém-criado Estado republicano 51 - (UFAM/2005)
brasileiro. No dia 15 de novembro de 1889, o Brasil dormiu
08. O movimento republicano brasileiro foi fortemente monárquico e acordou republicano e, conforme
influenciado pela doutrina positivista de Augusto Aristides Lobo, “O povo assistiu aquilo bestializado,
Comte, que defendia reformas políticas e sociais atônito, surpreso, sem conhecer o que significava.” No
sem ataques violentos à ordem social. A prova da dia 30 de março de 1964, o Brasil dormiu sonhando com
influência positivista no Estado republicano as reformas sociais propostas por Goulart e acordou,
brasileiro está na própria bandeira nacional, que perplexo, sob a mordaça ditatorial.
contém os dizeres "Ordem e Progresso". Assinale a alternativa que contém outro elemento
16. Com a República, institui-se a separação entre comum a estes dois eventos históricos:
Estado e Igreja, no Brasil. a) Golpe de estado comandado por forças militares.
b) Desejo de livrar o Brasil da dependência do capital
49 - (UFAC/2002) externo.
Após a chamada “Proclamação da República”, instituída c) Abolição do trabalho compulsório entre suas
através de um golpe (militar) de estado, o Brasil passou causas.
a vivenciar, particularmente a partir do governo de d) Ruptura institucional destruidora de ideologia
Campos Sales, uma “república oligárquica”, populista.
conservadora e reacionária, na qual a política e) Resistência de D. Pedro II e Goulart à entrega do
econômica pautou-se na supremacia da: poder.
a) industrialização de bens de consumo.
b) industrialização de bens de capitais. 52 - (PUC MG/2006)
c) agroexportação cafeeira e açucareira. “Tudo se torceu, tudo se falseou, tudo se confundiu. De
d) agroexportação gumífera e petrolífera. um sistema cheio de correspondências complexas e
e) agroexportação cafeeira. sutis, onde não se podia tocar em qualquer parte, sem
modificar a ação das outras, fizeram um atarrancado de
50 - (FGV/2005) ferros velhos, digno de figurar numa exposição
“Heróis são símbolos poderosos, encarnações de idéias industrial de doidos.”
e aspirações... São, por isso, instrumentos eficazes para (Rui Barbosa. Finanças e Política)
atingir a cabeça e o coração dos cidadãos a serviço da
legitimação de regimes políticos... Os candidatos a Com esse desabafo, o Ministro da Fazenda do Governo
herói não tinham, eles também, profundidade Provisório da República tenta justificar, perante a 10
histórica, não tinham a estatura exigida para o papel.

10
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
opinião pública, o fracasso de sua política financeira. e) controlou a Revolta da Armada e o fim dos
São efeitos imediatos dessa política, EXCETO: combates contra as forças rebeldes de Antônio
a) a inflação desenfreada, falência de inúmeras Conselheiro.
empresas e desvalorização da moeda nacional em
relação à libra esterlina. 56 - (UERJ/2005)
b) a substituição dos capitais ingleses por norte- Poucos anos após sua proclamação, a república no Brasil
americanos para restaurar e equilibrar o combalido já sofria contestações. A Revolta da Armada, que eclodiu
sistema financeiro brasileiro. no governo de Floriano Peixoto, refletiu as insatisfações
c) a alta geral do custo de vida, instabilidade decorrentes da implantação do sistema republicano no
financeira e profundo desequilíbrio nas contas país, somando-se a outras rebeliões como a Federalista,
externas do País. ocorrida na mesma época, no Rio Grande do Sul. Esta
d) a enorme especulação gerada pelo surgimento de última, apesar de ser uma rebelião regional, também foi
empresas-fantasma, cujo objetivo era obter influenciada pelas tensões políticas que caracterizaram
facilidade de crédito bancário esse governo.
a) Explique um fator que tenha levado os membros da
53 - (UEPB/2006) Marinha a se rebelarem contra o governo de
A Proclamação da República em 1889 foi o ato definidor Floriano Peixoto.
de um processo desenvolvido no século XIX, que b) Descreva a situação política do Rio Grande do Sul
contribuiu para que algumas tendências - de nítida durante esse governo, de forma a explicar a
inspiração republicana se tornassem palatáveis a alguns aproximação entre federalistas gaúchos e
setores da sociedade brasileira e contribuíssem para o integrantes da Revolta da Armada.
fim do poder monárquico no Brasil.
57 - (FURG RS/2006)
Marque a alternativa que traz três dessas tendências: Nos primeiros tempos da formação republicana
a) Governo mantenedor da ordem social, poder brasileira, na época da “República da Espada”, reinava
moderador, urbanização dos grandes centros. no país aquilo que o historiador José Murilo de Carvalho
b) Mão de obra escrava, presença de setores médios denominou de “confusão ideológica”, num cenário em
urbanos, autonomia política das províncias. que vários grupos políticos atuaram. Dentre esses,
c) Exército enfraquecido, manutenção de castigos pode- se citar:
físicos para assalariados, liberalismo. a) os outubristas.
d) Positivismo militarizado, cafeicultores com b) os jacobinos.
mentalidade empresarial, abolição da escravidão. c) os integralistas.
e) Economia organizada nos moldes liberais, governo d) os aliancistas.
imperial, processo de industrialização. e) os girondinos.

54 - (UNAERP SP/2006) 58 - (UDESC SC/2006)


O movimento republicano, que se desenvolveu no “A apologia da república como forma de governo era
Brasil, baseou-se em dois princípios gerais: considerada crime pela Constituição de 1824, pela lei de
a) reforma e revolução. imprensa de 1830 e pelo Código de Processo Criminal de
b) positivismo e federalismo. 1832. (...) O tema da república ganharia novo impulso
c) liberalismo e conservadorismo. na década de 1870, com a divulgação do ‘Manifesto
d) monarquia e democracia. Republicano’ no Rio de Janeiro. O documento atacava as
e) parlamentarismo e federalismo. instituições políticas do Império, o Poder Moderador, o
caráter vitalício do Senado.”
55 - (UPE/2006) (Revista de História, ano 1, n. 5. Rio de Janeiro: Biblioteca
A luta pela República no Brasil acirrou-se nas décadas Nacional, nov. 2005, p. 32 e 33.)
finais do século XIX. Os primeiros governos republicanos
enfrentaram dificuldades políticas para administrar. Na Com base na afirmação acima, assinale a alternativa
época de Floriano Peixoto, o Brasil: correta.
a) viveu o fim do poder das oligarquias, com a) O Manifesto Republicano de 1870 não previa a
expressivo crescimento da representação popular. abolição da escravatura, bem como não concordava
b) enfrentou agitações políticas passageiras, com as idéias de liberalismo.
comandadas por uma elite autoritária e sem poder b) As idéias republicanas, no Brasil, surgiram em torno
político, com ausência da participação de militares. da Proclamação da República.
c) aumentou a produção do café, com o domínio das c) O republicanismo do final do século XIX foi um
oligarquias sulistas aliadas ao governo central. movimento homogêneo, e seus ideólogos estavam
d) rompeu relações diplomáticas com Portugal e todos alinhados com as idéias jacobinas, facilitando
tentou controlar a inflação. sua implantação. 11

11
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
d) No período imperial o Poder Moderador não teve “Entre 1893 e 1895, o sul do Brasil foi palco de uma
influência no caráter vitalício do Senado. sangrenta guerra que colocou frente a frente
e) A primeira década republicana, no Brasil, foi republicanos jacobinos e positivistas contra os antigos
marcada pela presença dos militares no governo, liberais do regime monárquico. A violência das facções,
por agitações, guerras civis, revoltas, sendo que um o terror indiscriminado e sobretudo o apelo a chavões
desses confrontos foi a guerra contra Canudos. ideológicos como justificadores da ação bélica e
repressiva antecipam as carnificinas do século XX
59 - (UFMS/2006) cometidas em nome de ideais progressistas ou
A passagem do Império para a República no Brasil reacionários”.
resultou de uma série de transformações que FRANCO, Sérgio da Costa. A guerra civil de 1893. Porto
ocorreram no século XIX e fizeram parte de um contexto Alegre:
cultural mais amplo que revelava a amplitude dos Ed. da Universidade/UFRGS, 1993.
eventos ocorridos na segunda metade daquele século. A guerra civil descrita no texto foi a
Com a implantação do regime republicano, encerrava- a) Guerra do Contestado.
se um período em que a figura do imperador b) Revolta dos Mückers.
representava, em boa medida, a unidade do Império. c) Revolta da Armada.
Considerando esses aspectos, indique as principais d) Revolução Federalista.
mudanças implantadas pelo Governo Provisório, no e) Revolução Farroupilha.
início da República. f) I.R.
01. Nacionalização do Exército, abertura dos portos aos
aliados e convocação de uma assembléia 62 - (UFRRJ/2006)
constituinte. “Não julgava possível a República enquanto vivesse o
02. Criação de um Exército, convocação de uma Imperador; e daí a minha surpresa. Se de mim tivesse
assembléia constituinte e execução do Imperador dependido a sua permanência como chefe da nação,
D. Pedro II. afirmo que não teria sido deposto. A República teve
04. Convocação de uma assembléia constituinte, contra si o haver sido feita por um pronunciamento
transformação das províncias em estados e militar, representado pela quinta parte do Exército. A
abolição da escravidão. nação foi estranha a esse acontecimento, que aceitou
08. Definição do regime político enquanto República como fato consumado.”
Federativa; instituição da bandeira republicana e (Apud. CASTRO, Celso. Os militares e a República.
convocação de uma assembléia constituinte. Um estudo sobre cultura e ação política. Rio de Janeiro,
16. Instituição da separação entre a Igreja e o Estado; Zahar, 1995.)
dissolução de assembléias provinciais e câmaras
municipais, designação de governadores para O texto acima é um trecho de uma carta do Visconde de
estados e intendentes para municípios e Pelotas ao Visconde de Ouro Preto, datada de 10 de
convocação de uma assembléia constituinte. setembro de 1890. Ela caracteriza a proclamação da
República como um pronunciamento de uma parcela do
60 - (UFTM MG/2006) Exército – organizada em torno de um grupo de jovens
(...) Nada se mudaria. O regime sim, era possível, mas militares positivistas.
também se muda de roupa sem trocar de pele. (...) No a) Explique a frase sublinhada, destacando uma
sábado, ou quando muito na segunda-feira, tudo particularidade do modelo republicano implantado
voltaria ao que era na véspera, menos a Constituição. em 1889 no Brasil.
(Machado de Assis, Esaú e Jacó) b) Cite duas propostas do projeto republicano
defendido por essa parcela do Exército.
Esse comentário do Conselheiro Aires, personagem de
Machado de Assis, revela que a implantação da 63 - (UFU MG/2006)
República no Brasil Por ora a cor do governo é puramente militar e deverá
a) não acarretou transformações sociais significativas, ser assim. O fato foi deles, deles só, porque a
apesar da nova Constituição. colaboração do elemento civil foi quase nula. O povo
b) assegurou a modernização da estrutura assistiu àquilo bestializado, atônito, surpreso, sem
socioeconômica, mas não da política. conhecer o que significava.
c) dependeu da ação dos militares, que impuseram Aristides Lobo. Diário Popular. Rio de Janeiro, 15/11/1889.
uma Constituição positivista.
d) alterou o regime político, com a implantação de O Brasil não tem povo.
uma duradoura ditadura militar. Louis Couty. In: CARVALHO, José Murilo de. Os
e) levou as camadas baixas à hegemonia no poder, bestializados. São Paulo: Cia. Das Letras, 1989.
devido às mudanças constitucionais.
Tomando como referência as citações acima e a relação 12
61 - (UFPEL RS/2006) delas com o contexto social e político após a

12
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
Proclamação da República no Brasil, pode-se afirmar a) Um de seus líderes mais destacados foi o General
que: Francisco Glicério.
b) Inspirando-se na ala mais radical da Revolução
I. o comentário de Aristides Lobo refere-se ao caráter Francesa, tiveram sua maior atuação no governo de
elitista da proclamação, realizada por militares com Floriano Peixoto.
o apoio das oligarquias cafeeiras, transformando a c) Eram constituídos basicamente por segmentos
população civil em meros espectadores. médio urbanos, dentre eles, militares de formação
II. a fala de Louis Couty, partidário da ala positivista, caixeiros e funcionários públicos.
revolucionária dos republicanos, referese ao d) Foi fundado por Benjamim Constant, Deodoro e
processo de exclusão social, instaurado a partir da Glicério para combater tanto a ação dos
proclamação e consolidado pelos republicanos monarquistas, quanto os republicanos defensores
jacobinos na montagem do Governo Provisório, na do federalismo e do presidencialismo.
chamada República da Espada. e) Divulgando suas idéias pelos jornais Nacional e
III. a participação popular nas decisões políticas Jacobino, atacavam a colônia portuguesa do Rio de
concretizou-se a partir da promulgação da Janeiro, acusando-a de conspira pela volta da
Constituição de 1891, com a qual criava-se uma Monarquia.
República Federativa de cunho regionalista e
ampliava-se o direito de voto, tornando-o universal 66 - (ESPM/2007)
e secreto. No Rio Grande do Sul, a violência atingiu um grau de
IV. a mentalidade positivista assumida pelos oficiais do sofisticado barbarismo, tendo até matadores
exército, em defesa da modernização a ser profissionais, como Adão Latorre, homem que
promovida pela República, tinha como perspectiva trabalhava para os ‘maragatos’ executando ‘pica-paus’.
a instalação de um regime que superasse o “atraso” Durante a luta, tanto ‘pica-paus’ como ‘maragatos’
mantido pelo Império e promovesse a “ordem” praticaram atos de extrema violência e barbarismo.
para viabilizar o “progresso” capitalista. (Renato Mocellin. A Revolução da Degola)
O texto deve ser relacionado com:
Assinale a alternativa que contém somente afirmações a) A Revolução Farroupilha.
corretas. b) A Revolução Praieira.
a) II e III c) A Confederação do Equador.
b) I e IV d) A Revolução Federalista.
c) I e II e) A Guerra do Contestado.
d) II e IV
67 - (PUC MG/2007)
64 - (ESCS DF/2007) Segundo o historiador Jose Murilo de Carvalho, o povo
Em fevereiro de 1891, foi promulgada a primeira acompanhou bestializado a criação do regime
Constituição republicana da história política brasileira. republicano no Brasil. Essa afirmação pode explicar
Das alternativas a seguir, todas apontam dispositivos da nossa Proclamação da República no Brasil como:
nova Carta Constitucional que produziram mudanças na a) adoção das teses sobre a ordem e o progresso,
vida social e política do país, com exceção de uma. inspiradas na revolução norte-americana do século
Assinale-a. XVIII.
a) adotava um sistema político baseado no princípio b) uma ruptura com os valores liberais, instituídos
federalista que assegurava importantes atribuições pelo ideário dos membros do clube militar do Rio
aos estados-membros; de Janeiro.
b) promovia a divisão do governo em três poderes, c) um golpe militar ou quartelada, que instaurou novo
tendo sido extinto o poder Moderador; modelo político nos moldes que tivemos mais tarde
c) extingüia o critério censitário e aprovava o voto em 1964.
universal; d) estabelecimento de uma nova ordem social, que
d) estabelecia eleições diretas para a escolha do promovia a igualdade social com base na
presidente da República; organização do trabalho.
e) extingüia o estado leigo e afirmava o regime do
Padroado no qual eram reforçados os laços do 68 - (UNIMONTES MG/2007)
poder público com a Igreja Católica. Observe a charge.

65 - (UFAM/2007)
Nos primeiros anos da República, além da reação
monarquista outras correntes políticas passaram a fazer
crítica e pressionar o governo republicano. Um desses
grupos era constituído pelos jacobinos. Deles é 13
incorreto afirmar:

13
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
a) Os desapontamentos com a República brasileira
foram maiores durante a Revolta da Armada e os
conturbados governos militares, mas tiveram
pouca relação com a literatura do período.
b) O patriótico major de Lima Barreto estudava
inutilidades para propor soluções à nação,
enquanto os governantes aplicavam projetos das
nações vizinhas.
c) Literatos como Lima Barreto e Olavo Bilac foram
(Fonte: LEMOS, Renato (org.). Uma história do Brasil através
politicamente importantes na chamada 1ª
da caricatura.
República, pois a crítica deles à sociedade substituía
Rio de Janeiro: Bom Texto/Letras & Expressões, 2001, p. 33)
o patriotismo pelo nacionalismo.
d) O encadeamento de decepções, lamentado por
Cite duas medidas tomadas pelo Governo Provisório
Quaresma, permite analogias entre a vida do
(1889–1891), relacionadas à temática da charge.
personagem e a trajetória política da então jovem
1.
República brasileira, que sofria muitas críticas.
2.
71 - (FEI SP/2008)
69 - (UEM PR/2008)
Sobre a proclamação da República (1889), é correto
O regime republicano, implantado no Brasil em 15 de
afirmar:
novembro de 1889, foi marcado, em seu início, por um
fenômeno econômico-financeiro conhecido na história
a) foi um movimento de caráter estritamente militar,
como encilhamento. Sobre essa questão, responda:
já que os civis não foram “convidados” a participar
a) O que foi o encilhamento?
e apenas conseguiram atingir a presidência após
b) Por que o fenômeno recebeu essa denominação?
dois governos constitucionais militares: Deodoro e
c) No mandato de qual presidente da República
Floriano.
ocorreu o encilhamento?
b) os militares tiveram um papel importante tanto na
insatisfação em relação ao Império quanto na
70 - (UFU MG/2007)
proclamação da República, mas a participação de
“Iria morrer, quem sabe se naquela noite mesmo? E que
elites regionais civis foi de fundamental
tinha ele feito de sua vida? Nada. Levara toda ela atrás
importância para a consolidação do novo regime.
da miragem de estudar a pátria, por amá-la e querê-la
c) a participação dos militares no movimento ilustra a
muito, no intuito de contribuir para a sua felicidade e
vitória do grupo de Silva Jardim (os revolucionários)
prosperidade. Gastara a sua mocidade nisso, a sua
sobre o grupo de Quintino Bocaiúva (os
virilidade também; e, agora que estava na velhice, como
evolucionários) na instituição do novo regime.
ela o recompensava, como ela o premiava, como ela o
d) a instituição do novo regime republicano foi fruto
condecorava? Matando-o. [...] Lembrou-se das suas
de um golpe militar, uma “quartelada” sem a
coisas de tupi, do folk-lore, das suas tentativas
participação das elites civis, mas com apoio da
agrícolas... Restava disso tudo em sua alma uma
grande massa de ex-escravos recém libertada.
satisfação? Nenhuma! Nenhuma! [...] E, quando o seu
e) Foi grande a resistência monarquista à proclamação
patriotismo se fizera combatente, o que achara?
da República, inclusive entre os próprios militares,
Decepções. Onde estava a doçura de nossa gente? Pois
que não se apresentaram unidos no apoio ao novo
ele não a viu combater como feras? Pois não a via matar
regime.
prisioneiros, inúmeros? Outra decepção. A sua vida era
uma decepção, uma série, melhor, um encadeamento
72 - (UNICAMP SP/2009)
de decepções. A pátria que quisera ter era um mito; era
Na busca de um herói para a República, quem atendeu
um fantasma criado por ele no silêncio do seu gabinete.
as exigências da mitificação foi Tiradentes. O busto de
[...] E, bem pensado, mesmo na sua pureza, o que vinha
Tiradentes idealizado em 1890 era a própria imagem de
a ser a Pátria?”
Cristo. A simbologia cristã apareceu em várias outras
BARRETO, Lima. Triste Fim de Policarpo
obras de arte da época. Mas Tiradentes não era apenas
Quaresma. São Paulo: Ática, 1985 , parte V.
um herói republicano, era um herói do jacobinismo, dos
setores mais radicais do Partido Republicano. Além do
O trecho acima, retirado de uma obra literária escrita
republicanismo, atribuía-se a Tiradentes um caráter
originalmente no início do século XX no Rio de Janeiro,
plebeu, humilde, popular, em contraste com a elite
registra indícios de uma séria crítica à situação do país.
econômica e cultural, aproximando-o assim do
Nesse trecho, o major Policarpo Quaresma, personagem
florianismo.
principal da obra, faz um balanço de suas expectativas e
(Adaptado de José Murilo de Carvalho, A formação
decepções em relação ao Brasil no período. Sobre esse
assunto, assinale a afirmativa correta.
das almas: imaginário da República no Brasil. 14
São Paulo: Companhia das Letras, 1998, p. 57-69.)

14
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
( ) Da mesma forma que a Constituição imperial,
a) De acordo com o texto, quais os significados estabelecia a divisão em quatro poderes:
associados à imagem de Tiradentes pela Moderador, Executivo, Legislativo e Judiciário. O
propaganda republicana no Brasil? presidente da República, eleito a cada 4 anos,
b) Dê duas características políticas dos primeiros passava a ser o responsável pelos dois primeiros.
governos da república (Marechal Deodoro e ( ) Diferentemente do período imperial, a Constituição
Floriano Peixoto). republicana baixou a idade exigida para o eleitor de
25 para 21 anos e eliminou a exigência de renda.
73 - (FMJ SP/2008)
Observe a imagem. Assinale a alternativa que preenche corretamente os
parênteses, de cima para baixo.

a) V–V–V
b) V–F–V
c) V–V–F
d) F–F–V
e) F–V–F

75 - (UECE/2009)
Pode-se afirmar que a Proclamação da República
inaugurou uma nova ordem política no Brasil. Neste
sentido, assinale o correto.

a) O Centralismo presente no período Imperial foi


A imagem é uma ilustração de Angelo Agostini, substituído pelo Federalismo defendido pelas elites
desenhista e jornalista italiano radicado no Brasil nos do oeste paulista e de Minas Gerais.
anos finais do império, fundador da Revista Ilustrada, b) De imediato, o poder político passou a ser
defensor do abolicionismo e da república. Pode-se controlado pelas oligarquias rurais, mormente de
interpretar a charge como São Paulo e Rio de Janeiro.
c) Os quatro primeiros governos republicanos, na
a) uma crítica à participação brasileira na Guerra do primeira República, corresponderam à chamada
Paraguai, indicada pela presença das armas à República da Espada, sob a hegemonia dos militares
direita e sobre o personagem. ligados ao exército.
b) uma sátira ao hábito dos comerciantes brasileiros d) A feição política da primeira República explicitou-se
de “vender fiado”, ou seja, sem receber o num único partido: o Partido Republicano, de
pagamento no ato da compra. âmbito nacional, articulado e forte.
c) uma denúncia às péssimas habitações das classes
mais baixas, exemplificadas pela cobertura 76 - (UECE/2009)
provisória sobre o personagem. “A República, na voz de seus propagandistas mais
d) uma crítica ao sistema de eleições para o radicais, como Silva Jardim e Lopes Trovão, era
parlamento brasileiro, denunciando o comércio de apresentada como a irrupção do povo na política na
votos e o uso da violência. melhor tradição da revolução Francesa de 1789”.
e) uma sátira aos trajes usuais da elite brasileira que Fonte: CARVALHO, José Murilo. Os
tentava expressar refinamento apesar da pouca Bestializados: o Rio de Janeiro e a República
cultura da maioria. que não foi. São Paulo: Companhia das
Letras, 1987. pp. 9-19.
74 - (UCS RS/2009)
A República introduziu algumas mudanças em relação O fragmento anterior refere-se
ao Império, que ficaram consagradas na Constituição
brasileira de 1891. a) à República Brasileira que, nos seus sessenta
primeiros anos, viveu à sombra do regime
Analise a veracidade (V) ou falsidade (F) das proposições monárquico e do poder moderador.
abaixo, com relação à primeira Constituição republicana b) ao Manifesto Republicano de 1870, que
brasileira. considerava o regime republicano brasileiro
incompatível com a soberania nacional.
( ) O texto, inspirado na tradição republicana dos c) ao regime republicano brasileiro que, embora
norte-americanos, definia o Brasil (oficialmente proclamado sem a iniciativa popular, despertou,
Estados Unidos do Brasil) como uma República entre os excluídos do sistema anterior, certo 15
Federativa, presidencialista.

15
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
entusiasmo quanto às possibilidades de bestializado, atônito, surpreso, sem conhecer o que
participação. significava. Muitos acreditavam sinceramente estar
d) ao regime iniciado em 1889, que, efetivamente, vendo uma parada. Era um fenômeno digno de ver-se.
representou uma nova era de participação política [...]. Pude ver a sangue frio tudo aquilo. [...]. Mas,
para o trabalhador brasileiro, em especial para o voltemos ao fato da ação ou do papel governamental.
operariado. Estamos em presença de um esboço rude, incompleto,
completamente amorfo. Não é tudo, mas é muito...”
77 - (UFV MG/2009) (Aristides Lobo, apud CASTRO, Therezinha
Em 1892 Arthur de Azevedo escreveu a revista teatral O de – História Documental
Tribofe, que, com ironia e sarcasmo, representava o do Brasil. RJ: Record, s/d, p. 250)
agitado ambiente da nova república brasileira no ano de
1891. Em um de seus trechos, o coro declamava versos O texto acima, publicado pelo jornal Diário Popular de
que faziam referência ao Encilhamento: São Paulo em 18 de novembro de 1889, corresponde ao
trecho de uma carta em que o jornalista Aristides Lobo
Tivemos a “Frigorífica”, narra sucintamente a Proclamação da República. Com
A “Mineira Pastoril”, base no texto e a respeito do regime republicano
E também a “Gordorífica instituído no Brasil em 15 de novembro de 1889,
Industrial e Mercantil”, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).
“Manufatora de Lenha”,
“Produtos de Papelão”; 01. A Proclamação da República foi um acontecimento
E muitas cuja resenha que contou com forte participação popular, tendo
Seria uma amolação. à frente o exército sob a liderança do Marechal
Eu de ver já me não privo Deodoro da Fonseca.
Em letras grandes até: 02. Tão logo foi instaurado, o regime republicano
“Companhia do Olho-Vivo, elaborou uma complexa estrutura estatal
Rói-a-Corda e Passa o Pé.” responsável pela criação de uma ampla rede de
(AZEVEDO, Arthur. O tribofe. Revista fluminense do ano de proteção à classe trabalhadora, materializada no
1891. Rio direito à organização sindical, na concessão do
de Janeiro: Nova Fronteira: Casa de Rui Barbosa, 1986. p. salário mínimo e de leis trabalhistas expressas na
69.) Consolidação das Leis do Trabalho.
04. O movimento republicano brasileiro sofreu forte
É CORRETO afirmar que o Encilhamento foi: influência do pensamento positivista elaborado por
Auguste Comte, cuja doutrina defendia, entre
a) um desdobramento da depressão econômica que outras premissas, que as reformas políticas e sociais
se seguiu à quebra da bolsa de Nova Iorque, deveriam ser feitas sem ataques violentos à ordem
fazendo com que a economia mundial fosse social estabelecida.
profundamente afetada. 08. A passagem do regime monárquico para o regime
b) uma expansão econômica promovida pelos republicano correspondeu a um golpe de Estado
investimentos estrangeiros, possíveis graças à promovido pelos militares brasileiros, sendo
estabilidade do regime republicano. praticamente nula a participação popular.
c) um processo especulativo que se expandiu para os 16. O advento da República no Brasil pode ser
empreendimentos industriais, gerado pela interpretado como um processo de reacomodação,
prosperidade da lavoura cafeeira. em torno das instituições públicas, de parcelas das
d) um resultado da orientação econômica definida por oligarquias agrárias, em especial os cafeicultores do
Rui Barbosa como Ministro da Fazenda, permitindo Sudeste, e de segmentos das camadas médias
emissões monetárias por vários bancos. urbanas, a exemplo dos letrados e dos militares,
que viam no novo sistema político a possibilidade
78 - (UFMS/2008) de exercerem o controle sobre o Estado Nacional.
“Eu quisera dar a esta data a denominação seguinte: -
15 de novembro do primeiro ano da República; mas não 79 - (CEFET PR/2009)
posso infelizmente fazê-lo. O que se fez foi um degrau, A Constituição brasileira de 1891 foi inspirada na
talvez nem tanto, para o advento da grande era. Em Constituição dos Estados Unidos da América,
todo caso, o que está feito pode ser muito, se os homens fortemente descentralizadora dos poderes, dando
que vão tomar a responsabilidade do poder tiverem grande autonomia aos municípios e às antigas
juízo, patriotismo e sincero amor à liberdade. Como províncias, que passaram a ser denominadas “estados”;
trabalho de saneamento a obra é edificante. Por ora, a seus “governadores” passaram a ser denominados
cor do governo é puramente militar, e deverá ser assim. “presidentes de estado”. A elaboração da Constituição
O fato foi deles, deles só, porque a colaboração do brasileira de 1891 iniciou-se em 1890. Após um ano de 16
elemento civil foi quase nula. O povo assistiu àquilo negociações, a sua promulgação ocorreu em 24 de

16
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
fevereiro de 1891. Esta Constituição vigorou durante
toda a República Velha e sofreu apenas uma alteração 81 - (UEG GO/2009)
em 1927. Com base nesse entendimento, analise as “Com o descrédito das instituições imperiais, a
afirmações a seguir: proclamação da República parecia ser uma questão de
tempo. A abolição havia criado um descontentamento
I) A Carta Magna de 1891 consagrou a tradição entre os grandes proprietários escravistas, que antes
constitucional do Império, mantendo a vigência de eram o principal apoio da monarquia. Alguns até
quatro poderes independentes entre si, o chegaram a converter-se ao republicanismo. O Império
Executivo, o Legislativo, o Judiciário, todavia o perdia suas bases”.
Moderador passou a ser de uso exclusivo do PEDRO, Antonio. História da civilização ocidental: ensino
Presidente da República em casos de “estado de médio. 2. ed. São Paulo: FTD, 2005. p. 361.
sítio”, mas com a autorização do Senado.
II) O regime de governo escolhido foi o A propósito do processo de instauração da República
presidencialismo. O mandato do Presidente da brasileira em 1889, observa-se que:
República, eleito pelo voto direto, seria de quatro
anos, sem direito à reeleição para o mandato a) as propostas dos republicanos, organizadas e
imediatamente seguinte, sem contudo haver sistematizadas no Manifesto Republicano de 1870,
impedimentos para um mandato posterior. defendiam que o Brasil deveria se tornar uma
III) Foi inspirada no modelo federalista estadunidense, República Federativa e que o ensino passasse a ser
permitindo que as unidades federadas se laico.
organizassem de acordo com seus peculiares b) a disputa entre os partidos Liberal e Conservador
interesses, desde que não contradissessem a provocou uma crise entre os setores governistas do
Constituição. Exemplo: a constituição do estado do Império, pois os Conservadores eram defensores da
Rio Grande do Sul permitia a reeleição do Monarquia, enquanto os Liberais defendiam os
presidente do Estado. ideais republicanos.
IV) Definiu-se, também, a separação entre a igreja e o c) os intelectuais abolicionistas apoiaram o
Estado: as eleições não ocorreriam mais dentro das movimento republicano, como Joaquim Nabuco e
igrejas, o governo não interferiria mais na escolha José do Patrocínio, líderes abolicionistas que
de cargos do alto clero, como bispos, diáconos e tiveram papel destacado na Proclamação da
cardeais, e extinguiu-se a definição de paróquia República.
como unidade administrativa. d) a Guerra do Paraguai e a Lei Áurea contribuíram
para o fortalecimento do Exército enquanto
Estão corretas somente as afirmações: instituição nacional de caráter popular,
possibilitando que os ideais republicanos fossem
a) I, II e III. assimilados pela população brasileira do período.
b) I, III e IV.
c) II, III e IV. 82 - (UERGS/2009)
d) I e IV. ”Nenhuma revolução se faz como a simples passagem
e) I e II. de uma sala para outra; as mesmas revoluções
chamadas de palácio trazem alguma agitação que fica
80 - (FGV/2009) por certo prazo, até que a água volte ao nível.”
Durante a chamada República Velha, ficou conhecida Machado de Assis - Esaú e Jacó, 1901
com o nome de Encilhamento: No trecho acima, Machado de Assis faz uma crítica a que
acontecimento da História do Brasil?
a) a necessidade de validação dos diplomas recebidos
pelos deputados eleitos em seus estados pela a) Proclamação da República.
Câmara dos Deputados Federais. b) Revolta da Vacina.
b) a política que visava ampliar o volume de moeda c) Revolta da Chibata.
em circulação no país, com o objetivo de financiar a d) Revolução Pernambucana.
indústria e a agricultura. e) Revolução Praieira.
c) a coação violenta exercida sobre a população
votante pelos fazendeiros que exerciam a chefia 83 - (UFG GO/2009)
política local. Comparada com a Constituição outorgada de 1824, a
d) a campanha eleitoral de Rui Barbosa, que Constituição republicana de 1891 promoveu mudanças
condenava a participação dos militares na política e nas regras do processo eleitoral, o que expressou uma
criticava a inexistência do voto secreto. nova experiência sociopolítica brasileira. Uma dessas
e) a atuação de grupos armados no Nordeste, que mudanças é identificada na
assaltavam fazendas, saqueavam armazéns e 17
adquiriam prestígio junto à população carente. a) instituição do voto feminino.

17
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
b) exclusão do voto dos oficiais militares.
c) extinção do voto censitário. 86 - (UDESC SC/2010)
d) manutenção do voto estadual indireto. Durante a Proclamação da República no Brasil, as idéias
e) adoção do voto obrigatório. do positivismo se disseminaram na sociedade brasileira,
a ponto do lema “Ordem e Progresso” ser colocado na
84 - (UERJ/2009) bandeira do novo regime. A respeito das ideias
O olhar agudo de Machado de Assis capta de forma positivistas e de seus defensores, é CORRETO afirmar:
natural as alterações da dinâmica social – alterações que
culminariam na abolição da escravidão, em 1888, e na a) permitiam que novos setores políticos, como o dos
proclamação da República, no ano seguinte. Um dos militares, assumissem o poder com o discurso de
melhores retratos que Machado faz daquele momento restauração da ordem social.
está nesta página de Esaú e Jacó: b) demonstravam a necessidade de uma nova
“A capital oferecia ainda aos recém-chegados um estrutura econômica, política e social no Brasil,
espetáculo magnífico. (...) Cascatas de idéias de pautada nos interesses da Igreja.
invenções, de concessões rolavam todos os dias, c) representavam os anseios da burguesia européia
sonoras e vistosas, para se fazerem contos de réis, interessada em estabelecer a ordem capitalista no
centenas de contos, milhares, milhares de milhares, Brasil do século XIX.
milhares de milhares de milhares de contos de réis. d) indicavam o fim do poder das oligarquias cafeeiras
Todos os papéis, aliás ações, saíam frescos e eternos do paulista e mineira, além da ascensão das classes
prelo. (...) Nasciam as ações a preço alto, mais médias urbanas.
numerosas que as antigas crias da escravidão, e com
dividendos infinitos.” 87 - (UERJ/2010)
LUCIANO TRIGO Bandeira do Império do Brasil
Adaptado de O viajante imóvel – Machado de Assis e o Rio
de Janeiro de seu tempo. Rio de Janeiro: Record, 2001.

A denominação da ação econômica empreendida no


momento histórico retratado por Machado de Assis e
duas de suas principais conseqüências estão
corretamente apresentadas na seguinte alternativa:

a) Encilhamento – inflação e falência de empresas


b) Funding-loan – industrialização e desvalorização da
moeda
c) Tarifas Alves Branco – urbanização e concentração
Bandeira adotada pelo regime republicano
de renda
d) Convênio de Taubaté – endividamento e
especulação financeira

85 - (UEG GO/2010)
Leia o trecho abaixo.

“Todos acharam justa a proposta e começaram a redigir


o projeto da Constituição da Bruzundanga republicana,
conforme o paradigma do país dos gigantes [...]”.
BARRETO, Lima. Os bruzundangas. São Paulo: Ática,
2008. p. 56.
JOSÉ MURILO DE CARVALHO
Lima Barreto foi um mestre em combinar, em sua obra, A formação das almas. O imaginário da República no
ficção e realidade. No trecho acima, a expressão “país Brasil. São Paulo: Cia. das Letras, 1990.
dos gigantes” é tanto uma referência literária às Viagens
de Gulliver, um clássico da literatura inglesa, quanto A proclamação da República no Brasil, em 1889, instituiu
uma alusão a um país que inspirou a Constituição a necessidade de revisão dos símbolos nacionais. A nova
Brasileira de 1891. Esse país foi: bandeira, por exemplo, expressou rupturas e
continuidades, bem como a valorização de
a) França determinadas ideias para o novo regime.
b) Polônia Aponte a corrente político-filosófica que interferiu na
c) Inglaterra remodelação da bandeira brasileira e o argumento 18
d) Estados Unidos

18
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
dessa corrente para a condenação do regime c) 3, 4 e 5
monárquico. d) 2, 3 e 4
e) 1, 3 e 5.
88 - (UFAC/2010)
A Proclamação da República, no Brasil, em 1889, ou seja, 90 - (PUC RS/2010)
um ano depois da abolição da escravatura, gerou Em 1891, promulgava-se a primeira Constituição da
expectativas em partes significativas da população, de República brasileira. NÃO era uma característica desta
que a partir daquela data poderiam participar das Carta Constitucional
decisões governamentais. Contudo, a Constituição de
1891 frustrou essas expectativas. Entre as disposições a) a existência dos poderes legislativo, executivo e
que limitavam a participação popular, podemos judiciário.
identificar: b) a união institucional da Igreja Católica e do Estado.
c) a autonomia dos estados da Federação, inspirada
a) O estabelecimento do voto universal masculino, na constituição norte-americana.
não secreto, que excluía analfabetos, mendigos, d) a proibição do exercício do voto por mulheres,
mulheres, padres, soldados e menores de 21 anos. analfabetos e mendigos.
b) O sistema federativo, pois os estados saíram e) o sistema de governo presidencialista, com o
fortalecidos, podendo cada um indicar seu próprio presidente da República eleito por voto direto.
candidato à Presidência da República.
c) A adoção do sistema parlamentar de representação 91 - (ESPM/2011)
bicameral. Leia o trecho do laudo arbitral decidido em
d) As correntes jacobinistas, pois eram formadas por Washington, em 05/02/1895:
setores intelectualizados da jovem república.
e) O próprio Marechal Deodoro da Fonseca, que por Agora, portanto, saibam quantos este virem que,
ser militar, queria estender o voto aos soldados. havendo eu, Grover Cleveland, presidente dos Estados
Unidos da América, a quem foram conferidas as
89 - (UESPI/2010) funções de árbitro nesta causa, examinado e
Nas palavras de Aristides Lobo, o povo brasileiro assistiu considerado devidamente as exposições, documentos e
a queda da monarquia “bestializado, atônito, sem provas que me foram submetidas pelas respectivas
conhecer o que significava”. Sobre a proclamação da partes, em cumprimento das estipulações do dito
República no Brasil, analise as afirmações abaixo. tratado, dou aqui a seguinte decisão e laudo: - que a
linha divisória entre a República Argentina e os Estados
1. A implantação do regime republicano no Brasil, em Unidos do Brasil, na parte que me foi submetida para
1889, entre os seus significados, representou a arbitramento e decisão, é constituída e fica
culminância do processo de deterioração do poder estabelecida pelos rios Pepiri (também chamado Pepiri-
político de Pedro II. Guazu) e San’Antonio, (...).
2. O povo foi surpreendido com o novo regime, cuja (Diplomacia Brasileira e Política Externa:
implantação se deveu muito mais ao documentos históricos (1493-2008) -
descontentamento dos militares, após a guerra do organização Eugênio Vargas Garcia)
Paraguai, do que propriamente às ações do Partido
Republicano. O trecho do documento apresentado está relacionado
3. A proclamação da República no Brasil foi um ato há a uma questão de limites enfrentada pelo Brasil
muito planejado e contou com a adesão da família durante a República Velha que é a:
real brasileira.
4. A insatisfação militar com o regime monárquico a) Questão do Amapá;
deveu-se principalmente à abolição da escravidão, b) Questão do Acre;
uma vez que os soldados escravos eram muito c) Questão de Trindade;
apreciados por serem confiáveis e eficientes nas d) Questão Christie;
batalhas. e) Questão de Palmas.
5. O rol das insatisfações com a monarquia
intensificou-se com a crise provocada pela tentativa 92 - (UFF RJ/2011)
do bispo de Olinda e Recife, D. Vital, de fazer Um dos elementos decisivos no tocante à simbologia
cumprir as ordens papais que condenavam a do regime republicano que foi inaugurado no Brasil em
maçonaria. 1889 foi a definição de sua bandeira, de adoção
obrigatória e legalmente estabelecida. Segundo alguns
Estão corretas apenas: autores, essa foi uma batalha decisiva, que revelou
clivagens entre os próprios republicanos, apesar de a
a) 1, 3 e 4 vitória ter pertencido a um grupo: os positivistas. Sua 19
b) 1, 2 e 5 vitória, nesse caso, pode ser explicada pelo fato de

19
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada

a) os positivistas ortodoxos constituírem-se numa a) os resultados dependiam dos interesses do


seita religiosa que pregava o fim do estágio partido majoritário no Congresso Nacional.
fetichista em que vivia a totalidade da população b) as mulheres exerciam o direito de voto apenas nas
brasileira. cidades, graças à ação das feministas.
b) os positivistas ortodoxos considerarem que c) políticos inescrupulosos aprovaram lei que
apenas sob o regime monárquico estariam permitiu o voto dos eleitores analfabetos.
assegurados a ordem e o progresso, tal como o d) vigorou um sistema fraudulento, que incluía a
pregara Comte. adulteração de atas eleitorais.
c) os positivistas constituírem a base de apoio ao e) a adoção do voto secreto, em meados da década
regime republicano, sobretudo devido a seu de 1920, resultou da pressão popular.
prestígio junto aos antigos setores aristocratas e
conservadores da população. 95 - (Mackenzie SP/2011)
d) os positivistas ortodoxos contarem com maioria
no Congresso, fazendo com que os demais
projetos de bandeiras apresentados fossem
sistematicamente vetados por imitarem ora o
modelo francês, ora o modelo norte-americano.
e) a bandeira ter incorporado o lema dos positivistas
ortodoxos, “Ordem e Progresso”, e elementos da
antiga bandeira imperial, combinando passado e
futuro, além de valores como a fraternidade
universal e a conciliação entre extremismos.

93 - (UFRJ/2011)
Porcentagem de votantes nas eleições presidenciais entre Rui Barbosa, quando assumiu a função de ministro da
1894 e 1930 Fazenda durante o governo provisório do Marechal
Nº de Deodoro da Fonseca (1889-1891), pretendeu garantir a
% de votantes independência econômica do Brasil frente ao
votantes
Candidato vencedor sobre capitalismo europeu. Para ele, a República somente se
(em
a população consolidaria ... sobre alicerces seguros quando suas
milhares) funções se firmarem na democracia do trabalho
Prudente de Morais (1894) 345 2,2
industrial. Sua política financeira, contudo, não foi bem
Campos Sales (1898) 462 2,7 sucedida, como mostra a charge dada, devido à
Rodrigues Alves (1902) 645 3,4
Afonso Pena (1906) 294 1,4 a) emissão de papel-moeda em larga escala para
Hermes da Fonseca (1910) 698 3,0 incentivar o crédito para investidores do setor
Venceslau Brás (1914) 580 2,4 industrial, o que gerou uma política inflacionária,
Rodrigues Alves (1918) 390 1,5 visto que o aumento do meio circulante não foi
Epitácio Pessoa (1919) 403 1,5 acompanhado pela elevação da produção interna.
Artur Bernardes (1922) 833 2,9
b) restrição de crédito para financiamento de novas
empresas, além de cortes no gasto público e
Washington Luís (1926) 702 2,3
aumento dos impostos, o que gerou diversas
Júlio Prestes (1930) 1890 5,6
manifestações, principalmente no meio do
Fonte: adaptado de Carvalho, José Murilo de. Os três povos operariado nacional, prejudicado pelo aumento
da República. In: Carvalho, Maria Alice Resende de (org). no custo de vida.
República no Catete. Rio de Janeiro: Museu da República, c) adoção de tarifas alfandegárias protecionistas e
2001, p. 72. estímulo às indústrias nacionais visando a
aumentar a produção nacional, porém congelou
Os dados eleitorais presentes na tabela indicam uma os salários dos trabalhadores e aumentou os
pequena participação popular nas eleições gastos na construção de obras públicas.
presidenciais na Primeira República (1890-1930). d) realização de uma política financeira anti-
inflacionária que buscou equilibrar nossa
Identifique duas restrições impostas pela Constituição economia frente aos prejuízos herdados do
de 1891 ao exercício do voto. período monárquico, graças aos vultosos
empréstimos externos, realizados para sanar o
94 - (UFTM MG/2011) déficit orçamentário.
Sobre o processo eleitoral na 1.ª República, é correto e) especulação financeira graças à facilidade de 20
afirmar que créditos concedidos pelo governo, que ao invés de

20
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
contribuir para a instalação de novas indústrias no
país, foram utilizados para saldar as dívidas dos
cafeicultores perante os banqueiros estrangeiros.

96 - (UFES/2011)
Realizam-se eleições no Brasil desde a época colonial.
No entanto, a partir da Proclamação da República, o
exercício da cidadania política, em termos eleitorais,
passou a observar novos critérios. Desse modo,

a) comente os requisitos exigidos para o exercício da


cidadania por meio do voto, introduzidos com a
Proclamação da República;
b) analise o cenário político em que foi atribuído o
direito de voto à mulher, no Brasil, para o
processo eleitoral de 1933.

97 - (Mackenzie SP/2011)
“Os anseios democráticos e os ideais patrióticos
contidos na crítica à monarquia e na propaganda
republicana tiveram que aguardar outras
oportunidades. Eles foram colocados sob controle ou
mesmo suprimidos. Policarpo Quaresma, personagem PEDERNEIRAS, Raul. Charges publicadas em O Tagarela
de um romance de Lima Barreto, é o símbolo dos ideais em 3 maio 1902.
não realizados do republicanismo e teve um triste fim.” In: LUSTOSA, Isabel. História de presidentes. Rio de
NADAI, Elza e NEVES, Joana, História do Brasil Janeiro: Editora Agir, 2008. p. 55.

O texto refere-se à As charges acima ironizam os primeiros presidentes da


República brasileira. Nesse sentido, a “pedra no
a) participação do Partido Republicano e sua sapato” do “primeiro presidente” representa um
preocupação em contar com o envolvimento de desafio enfrentado durante o seu governo. Este desafio
toda a sociedade brasileira na construção de um foi a
novo regime político.
b) concepção, por parte dos chamados “republicanos a) crise econômico-financeira do Encilhamento.
revolucionários”, de que a república somente se b) política dos governadores.
instalaria a partir de um movimento envolvendo c) Revolta de Canudos.
apenas as elites militares. d) Revolução Federalista no Rio Grande do Sul.
c) ideologia presente no movimento republicano que
acreditava que a sociedade brasileira somente se 99 - (UDESC SC/2012)
modificaria por meio de uma agitação Leia o excerto abaixo:
revolucionária.
d) mudança verificada no processo histórico “Em novembro de 1889, as relações entre o Exército e
brasileiro com o advento da república que, se não o governo imperial estavam deterioradas. Falava-se
alteraram as bases sociais, ao menos modificou muito a respeito da progressiva substituição dos
completamente nosso modelo econômico. batalhões da Corte pela Guarda Nacional e até escravos
e) permanência das mesmas bases de organização fiéis à princesa Isabel atacariam quartéis onde
social do período monárquico, mantendo as houvesse militares simpáticos à causa republicana.”
classes populares afastadas da participação DEL PRIORE, Mary; VENANCIO, Renato. Uma breve história
política, restrita apenas a uma reduzida elite do Brasil.
nacional. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2010, p. 211.

98 - (UEG GO/2011) Sobre o período histórico brasileiro acima e as questões


Analise as caricaturas abaixo. a ele relacionadas, analise as proposições abaixo:

I. Trata, entre outros assuntos, dos acontecimentos


em torno da criação da República no Brasil.
II. Para os escravistas, a abolição representou uma
traição, um confisco da propriedade privada. 21

21
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
III. Sobre o momento de criação da república problema não resolvido – considerado atributo
brasileira, pode-se dizer que não houve exclusivo do Império e, por isso, “coisa do passado”....
participação popular e que o povo assistiu com
surpresa ao movimento republicano. A partir do texto acima,
IV. A república brasileira enfrentou uma série de
conflitos durante sua implantação. A revolta da a) cite duas heranças da abolição ocorrida no Brasil
Armada e dos Canudos são exemplos de embates que continuaram dificultando a mudança de
iniciais enfrentados pelos republicanos. condição de vida dos libertos, no início da ordem
republicana;
Assinale a alternativa correta. b) caracterize os direitos civis e políticos,
considerando o contexto histórico a que se refere
a) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. o texto.
b) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras. 102 - (UEG GO/2013)
d) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. Leia o excerto abaixo.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.
O almirante, também, tinha grande confiança nos
100 - (ESPCEX/2011) talentos guerreiros e de estadista de Floriano. A sua
Durante o Governo Provisório de Deodoro da Fonseca, causa não ia lá muito bem. Perdera-a em primeira
o então ministro da Fazenda, Rui Barbosa, colocou em instância, estava gastando muito dinheiro... O governo
prática uma reforma financeira. Esta reforma precisava de oficiais de Marinha, quase todos estavam
na revolta.
a) tinha por objetivo controlar a onda inflacionária e BARRETO, Lima. Triste fim de Policarpo Quaresma.
reduzir o processo especulativo na Bolsa de Rio de Janeiro: Record, 2009. p. 152.
Valores.
b) resultou na amortização da dívida externa, bem O trecho citado tem como pano de fundo um
como na suspensão do pagamento de seus juros importante episódio da História do Brasil, conhecido
por três anos. como:
c) consistiu na elevação dos juros e da taxa cambial,
levando ao crescimento da receita pública e a) Revolta da Armada, quando oficiais da Marinha
diminuição do custo de vida. Brasileira deram ordem para que o Rio de Janeiro
d) tinha por finalidade favorecer a expansão fosse alvejado com tiros de canhões de navios de
industrial, por meio da ampliação de créditos ao guerra.
setor. b) Revolta da Chibata, quando marinheiros,
e) visava fiscalizar a venda de ações, com a finalidade liderados pelo Almirante Negro, se revoltaram
de impedir a propagação de empresas fantasmas. contra os maus- tratos sofridos dentro dos navios.
c) Revolta de Canudos, quando a recém-fundada
101 - (PUC RJ/2012) República brasileira teve de enfrentar os
A luta parlamentar pela abolição da escravidão no sertanejos liderados por Antônio Conselheiro.
Brasil, intensificada apenas na década de 1870, pregou, d) Revolta do Contestado, quando o Exército
na maioria das vezes, o caminho do abolicionismo Brasileiro usou o recém-inventado avião para
gradual. Após a criação da Sociedade Brasileira contra enfrentar os camponeses da região de fronteira
a Escravidão (1880-1886), cresceu bastante a entre Santa Catarina e Paraná.
mobilização popular e só então a luta pela abolição
imediata, sem indenizações aos proprietários, tornou- 103 - (UERJ/2013)
se a principal palavra de ordem para muitos. Martírio de Tiradentes
Entretanto, mesmo os defensores mais aguerridos da
abolição – como Joaquim Nabuco, André Rebouças e
José do Patrocínio – não deixaram de se decepcionar
com os seus resultados. Tornada realidade com o ato
da Princesa Isabel, em 1888, em meio à crise
aprofundada da ordem monárquica no Brasil, “além da
liberdade” nada foi oferecido à massa desorganizada
de libertos. O decreto imperial não lhes propiciou nem
escolas, nem terras, nem a garantia de cidadania, muito
menos o exercício dos direitos civis e políticos. Os
republicanos que chegaram ao poder no ano seguinte
(1889), também lavaram as mãos em relação ao 22

22
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada

Tela de Francisco Aurélio de Figueiredo e Melo (1893).

museuhistoriconacional.com.br

Na história brasileira, a representação de Tiradentes,


um dos protagonistas da Inconfidência Mineira (1788-
1789), exemplifica um processo de transformação de Disponíveis em: <www.histoblogsu.blospot.com>. Acesso
alguns de seus personagens em heróis nacionais. em: 6 jul. 2012.
Apresente duas propostas políticas da Inconfidência
Mineira e justifique a transformação de Tiradentes em Considerando as duas bandeiras propostas como
herói nacional, com a implantação da República no símbolo nacional, é correto afirmar:
Brasil.
a) A escolha do lema que figura no pavilhão
104 - (UFRN/2013) brasileiro deveu-se à influência do positivismo
Na obra A formação das almas, o historiador José entre os militares partidários da República.
Murilo de Carvalho mostra que, após a queda da b) A adoção de elementos da bandeira norte-
monarquia, as diversas facções republicanas no Brasil americana foi defendida pelos oficiais militares
evidenciaram suas diferenças nas disputas em torno da partidários do federalismo.
escolha da nova bandeira nacional. c) A adoção da bandeira semelhante à dos Estados
Unidos reflete os ideais da corrente dos jacobinos,
Dois símbolos propostos nessa ocasião evidenciam tendo à frente os grandes produtores de café.
aspectos dessa disputa entre as diferentes facções d) A escolha do lema Ordem e Progresso, que figura
republicanas e estão reproduzidos a seguir. no estandarte, evidencia o predomínio político do
grupo democrático paulista.

105 - (Mackenzie SP/2012)


1 de janeiro, consagrado à comemoração da
fraternidade universal; 21 de abril, consagrado à
comemoração dos precursores da independência
brasileira, resumidos em Tiradentes, 3 de maio,
consagrado à comemoração da descoberta do Brasil;
13 de maio, consagrado à fraternidade dos brasileiros;
14 de julho, consagrado à comemoração da República,
da liberdade e da independência dos povos americanos;
7 de setembro, consagrado à comemoração da
independência do Brasil; 12 de outubro, consagrado à
comemoração da descoberta da América; 2 de
novembro, consagrado à comemoração geral dos
mortos e 15 de novembro, consagrado à comemoração
da pátria brasileira.
Citado em Marco Antonio Villa. A história das constituições 23
brasileiras:

23
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
200 anos de luta contra o arbítrio. São Paulo: Leya, prepararam o cenário da Revolução de 1930, a qual
2011, p.28 propiciou o advento da Era Vargas (1930–1945). Em
relação a esse período da história brasileira, assinale a
Pela análise dos feriados acima, estabelecidos logo opção correta.
após a proclamação da República em 1889, conclui-se
que a) A frase de Aristides Lobo — “o povo a tudo assistiu
bestializado” — sintetiza o caráter golpista da
a) uma das preocupações do novo regime foi proclamação da República no Brasil, ocorrida
estabelecer o laicismo do Estado, permitindo a praticamente sem a participação da sociedade.
permanência de apenas um feriado de origem b) Vitorioso pelo voto popular nas eleições de 1930,
religiosa. Vargas assumiu a presidência da República em
b) houve a preocupação, no início, em transformar o meio a um contexto econômico de prosperidade,
Brasil em um Estado laico, o que não foi seguido o que facilitou seu plano de permanência no
pela primeira constituição republicana, de 1891. poder.
c) essa nova forma de governo preocupou-se tanto c) As “sucessivas crises da década de 1920” tiveram
com o patriotismo como com a religiosidade dos como protagonistas os tenentes, leais defensores
brasileiros, estabelecendo o catolicismo como do poder constituído, comprometidos com a
religião oficial. manutenção da ordem e das estruturas vigentes
d) os ideais positivistas, sem importância no no país.
contexto da crise do Império, foram adotados logo d) Embora dominada pelas oligarquias estaduais,
no início do novo regime, daí a preocupação com simbolizadas nos denominados coronéis, a
feriados. Primeira República ampliou consideravelmente o
e) as tentativas de relacionar o novo regime com a número de eleitores no país e instituiu o voto
História do Brasil foram bem sucedidas, porém a secreto.
religião oficial continuou a do Império: o
catolicismo. 108 - (FUVEST SP/2014)
A República não foi uma transformação pacífica. Bem
106 - (UECE/2012) ao contrário. Para além da surpresa provocada pelo
Observe atentamente as afirmações a seguir, no que golpe de Estado de 15 de novembro, seguiu‐se uma
tangem ao regime federalista implantado no Brasil com década de conflitos e violências de toda ordem, na qual
a Constituição de 1891 e a alguns de seus se sucederam as dissensões militares, os conflitos
desdobramentos: intraoligárquicos, os motins populares, a guerra civil, o
atentado político contra a vida de um presidente da
I. O Federalismo instituído com a Constituição de República. No interior dessas lutas se forjou a
1891 destinou aos estados as questões de transformação do Estado Imperial em Estado
segurança pública e cada estado, a seu modo, Republicano, do Império Unitário em República
procurou organizar seus aparelhos de segurança. Federativa, do parlamentarismo em presidencialismo,
II. Não seria errôneo afirmar que a prática política do bipartidarismo organizado nacionalmente em um
nas distantes reuniões do país, como era no sistema de partidos únicos estaduais. Forjou-se um
período Imperial, continuou a ser uma questão de novo pacto entre as elites e um novo papel para as
Estado, cujo guardião oficial era agora o exército, forças armadas.
secundado pelos aparatos estaduais. Wilma Peres Costa. A espada de Dâmocles. São Paulo:
Hucitec, 1996, p. 16.
Com relação às afirmações acima, é correto dizer-se
que a) Identifique e caracterize um episódio conflituoso
próprio dos primeiros anos da República no Brasil.
a) I é verdadeira e II é falsa. b) Explique o “novo papel para as forças armadas” a
b) I é falsa e II é verdadeira. que se refere o texto.
c) ambas são verdadeiras.
d) ambas são falsas. 109 - (Mackenzie SP/2014)
“A partir de hoje, 15 de novembro de 1889, o Brasil
107 - (ESCS DF/2014) entra em nova fase, pois pode-se considerar finda a
No Brasil, o final do século XIX também significou a Monarquia, passando o regime francamente
derrocada do regime monárquico. A implantação da democrático com todas as consequências da
República não alterou substancialmente as estruturas Liberdade” Assim se referiu a manchete do jornal
vigentes no país, marcadas pela exclusão e por uma carioca Gazeta da Tarde, anunciando a Proclamação da
histórica desigualdade. Essas características República no Brasil. Pode-se dizer que tal ato
acompanharam toda a trajetória da Primeira República, 24
sacudida pelas sucessivas crises da década de 1920, que

24
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
a) reforçou as posições conservadoras dos
positivistas brasileiros, o que facilitou a ascensão
do exército, como liderança do movimento, e
auxiliou na decretação de um Estado em bases
religiosas e federalistas.
b) resultou da conjugação de variados fatores,
destacando as insatisfações de grupos militares,
camadas médias urbanas e setores latifundiários
com os rumos políticos e sociais do Império no
Brasil.
c) colocou fim à longa crise do Segundo Reinado,
contribuindo para a emergência do populismo
enquanto prática política manipuladora, voltada
para a satisfação dos anseios de camadas BERNADELLI, Henrique. A Proclamação da República, 1900.
trabalhadoras urbanas.
d) rompeu com a legalidade da sucessão ao trono, Analise as proposições considerando o contexto
uma vez que impediu a ascensão da princesa histórico, as questões levantadas pelo historiador José
Isabel, como governante, causando, por sua vez, Murilo de Carvalho e o significado da pintura de
revoltas populares por todo o país. Henrique Bernadelli.
e) corroborou a busca pela modernização política do
Brasil e mostrou-se decisivo para a elaboração de
políticas governamentais de inserção dos ex- I. Pode-se afirmar que não apenas ocorreram
escravos no mercado de trabalho livre. disputas de poder entre os participantes
envolvidos no acontecimento, mas também em
110 - (UDESC SC/2014) relação ao próprio estabelecimento de uma
“Não pretendo reconstituir as diferentes versões dadas versão oficial, sobre o 15 de novembro, destinada
pelos participantes do 15 de novembro. Basta observar à história.
que por muito tempo digladiaram-se partidários de II. Transformações tão importantes, como a
Deodoro, Benjamin Constant, Quintino Bocaiuva, mudança de um regime político, por exemplo,
Floriano Peixoto. A disputa tomava às vezes caráter implicam conflitos sobre a definição dos papéis
apaixonado e girava em torno de pontos dos vários atores envolvidos, os títulos de
aparentemente irrelevantes. Tome como exemplo o propriedade que cada um julgava ter sobre o novo
que se poderia chamar a guerra dos vivas. Quem deu regime e a própria natureza da República.
vivas a quem, ou a quê, em que momento? As versões III. Ao afirmar que o óleo de Henrique Bernadelli é uma
são desencontradas. Deodoro teria dado um viva ao versão oficial e sagrada da proclamação, o
imperador ao entrar no Quartel-General? Ao sair do historiador José Murilo de Carvalho está
Quartel? Benjamin Constant deu vivas à República para indicando que o Marechal Deodoro da Fonseca foi
abafar o viva ao imperador dado por Deodoro? Teria o fundador da República no Brasil.
esse censurado os vivas à República dizendo que ainda IV. A notoriedade como versão oficial do óleo de
era cedo ou que fossem deixados ao povo? O que Henrique Bernadelli, por um lado, permite
significa o famoso óleo de H. Bernadelli, transformado compreender a força de um grupo que
em versão oficial e sagrada do momento da considerava a proclamação um ato estritamente
proclamação?” militar, executado sob a liderança do marechal
(CARVALHO, José Murilo. A formação das almas. O Deodoro da Fonseca e, por outro, refletir sobre a
imaginário da busca de um herói que pudesse significar o novo
República no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1990, regime político instaurado e legitimar uma versão
p.36). oficial.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.


b) Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
d) Somente a afirmativa III é verdadeira.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

111 - (UEA AM/2014)


Depois da abolição os libertos foram esquecidos. [...] O 25
governo republicano que tomou o poder em 1889

25
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
excluiu os analfabetos do direito de voto, eliminando a mudanças sociais. O direito de voto às mulheres
maioria dos ex-escravos do eleitorado. Poucos foram os foi, na prática, sua inovação constitucional.
abolicionistas que, como o engenheiro negro André c) A Primeira República passou a ser criticada por
Rebouças, continuaram a afirmar que a tarefa deles antigos apoiadores. De um lado, as insatisfações
ainda estava incompleta. Com esse fim em vista, populares, em função da censura imposta pelos
Rebouças propôs uma reforma agrária que poria fim ao presidentes. Por outro, a crise econômica,
latifúndio [...]. A proposta encontrou e encontra, até deixando a elite agroexportadora descontente.
hoje, feroz oposição dos grandes proprietários de terra. d) A defesa da volta da Monarquia foi, nos primeiros
(Emília Viotti da Costa. A abolição, 2008.) anos da República, uma ameaça constante e real.
Daí a forte repressão do presidente Floriano
O excerto refere-se às razões históricas de exclusão Peixoto à Revolta da Chibata, já que essa possuía
social de setores substanciais da população brasileira, uma forte conotação monarquista.
que se estende, de certa forma, até os diais atuais. De e) Realizada a proclamação, os antigos apoiadores
acordo com a autora, os motivos essenciais da exclusão da República percebem que as mudanças
foram idealizadas não seriam concretizadas. Daí
entende-se a tentativa, frustrada, da Revolução
a) a dedicação das camadas populares à cultura do Federalista exigir o retorno da Monarquia.
samba e do futebol e a rápida urbanização do país.
b) de ordem política e econômica, pois sustentada 113 - (UECE/2015)
pela democratização incompleta e pela A Constituição Republicana Brasileira de 1891, com
marginalidade econômica. influência positivista, provocou a separação entre a
c) o forte aparato policial de repressão do povo Igreja e o Estado, dando a este, pelo menos
brasileiro e a ausência de liberdade de imprensa. oficialmente, um caráter laico.
d) de natureza ideológica, considerando que os ex-
escravos julgavam-se incapazes para o trabalho Observe as afirmações abaixo acerca da postura da
industrial. Igreja Católica no que diz respeito a essa separação.
e) a ampla consciência política do povo brasileiro e o
fim do coronelismo no campo. I. As tentativas da Igreja Católica objetivando
recuperar seu espaço politico, principalmente,
112 - (Mackenzie SP/2015) expressam-se durante toda a primeira república
Acerca dos primeiros anos da República no Brasil, leia com bastante ênfase e, apesar do que dizia a
os versos a seguir e assinale a alternativa correta. Constituição, a “reação católica” direcionada pela
cúpula eclesiástica foi uma constante nesse
“(...) Queriam a abolição período.
Tiveram II. A Igreja Católica tentou incorporar as
E pioraram a sorte dos negros. “reivindicações católicas” na Reforma
Queriam a República Constitucional de 1926, obtendo sucesso. E nesse
Tiveram mesmo ano, como expressão dessa vitória, cria,
Derrubaram a Monarquia com o apoio de intelectuais católicos, a Liga
Instituíram a anarquia Eleitoral Católica (LEC) objetivando uma
Mandaram embora o imperador intervenção mais direta nos rumos da sociedade
Que morreu, coitado, no exílio (...) brasileira.
Foram mexer com o exército
Que no tempo do Império vivia quieto no seu canto Sobre as afirmações acima, é correto afirmar que
Corremos agora o perigo de uma ditadura militar
E daqui por diante ninguém vai fazer mais nada a) ambas são verdadeiras.
Sem primeiro ouvir e cheirar os generais b) I é verdadeira e II é falsa.
Érico Veríssimo. O Tempo e o Vento: o continente. c) I é falsa e II é verdadeira.
São Paulo: Companhia das Letras, 2004, v.2, pp.280- d) ambas são falsas.
281
114 - (Unievangélica GO/2014)
a) Desejada durante o Império como uma saída para Um ano após a abolição da escravidão foi proclamada a
os problemas do país, a República recém- República no Brasil, que começou com enorme euforia,
proclamada provocou descontentamentos. Um devido
dos motivos foi o autoritarismo dos dois primeiros
presidentes. a) ao desenvolvimento econômico gerado pela
b) Realizada pela união de forças civis e militares, a agricultura, como resultado do excedente da
proclamação da República não realizou profundas produção cafeeira. 26

26
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
b) à nova organização do poder, pois os estados e) Na economia republicana, os grandes favorecidos
federados eram controlados e mantinham-se sem ainda foram os produtores rurais, mesmo que
autonomia administrativa, sendo subordinados ao houvesse por parte do governo algum cuidado
poder central. com a nascente indústria, incentivada pela
c) à promulgação da primeira Constituição Brasileira abolição da escravatura.
de 1891, que garantia que “todos são iguais
perante a lei” e que “a República não admite 116 - (Unievangélica GO/2015)
privilégios”. A data 15 de novembro de 1889 significa, para o Brasil,
d) ao novo regime político presidencialista centrado
na figura de um líder que agregava os poderes a) a abolição da escravatura e a consequente criação
executivo, legislativo e judiciário. do trabalho livre para atender à demanda da
industrialização recente do país, com destaque
115 - (UFAM/2015) para o polo industrial de São Paulo.
“Um dos documentos mais curiosos para a história da b) o fim do período colonial e o início do Império no
grande data de 15 de novembro consiste, a nosso ver, Brasil, com o reinado de D. João VI, que investiu
no aspecto inalterável da Rua do Ouvidor, nos dias 15, nas reformas urbanas e econômicas do país.
16 e 17, onde, a não ser a passagem das forças e a maior c) o resultado de uma série de transformações
animação das pessoas, dir-se-ia nada ter acontecido. socioeconômicas pelas quais o país passou, com
Tão preparado estava o nosso país para a República, destaque para o federalismo e a imigração.
tão geral foi o consenso do povo a essa reforma, tão d) o início do Estado Novo e a formação do estado
unânimes as adesões que ela obteve, que a Rua do laico separado da Igreja, conforme determinava a
Ouvidor, onde toda a nossa vida, todas as nossas Constituição Brasileira de 1824.
perturbações se refletem com intensidade, não perdeu
absolutamente o seu caráter de ponto de reunião da TEXTO: 1 - Comum à questão: 117
moda.
Nas folhas diárias vêm registrados os bailes, os teatros
e a tranqüilidade da Rua do Ouvidor nos dias 15, 16 e No fim do século XIX, a influência francesa sobre os
17. É este documento honrosíssimo para o povo intelectuais, e em todos os domínios da vida cotidiana
brasileiro e a prova mais evidente de que sabemos das elites, é maior do que nunca. O positivismo de
esperar que as revoluções estejam maduras para as Auguste Comte é a ideologia inspiradora da nossa
colhermos sem esforço e sem lutas.” República instalada ao som da Marseillaise. Entretanto,
THOMÉ, J. “Crônica do Chic”. In: Revista Ilustrada, Rio de na medida em que essa mesma elite persiste em seu
Janeiro, 14/12/1889. desígnio de consolidar a nação brasileira e de dar a esta
uma cultura própria, manifesta-se cada vez mais a
O texto acima, publicado em uma revista carioca de recusa da imitação pura e simples da França.
variedades reflete de forma original a transição do (Leyla Perrone Moisés. Vira e mexe nacionalismo, p.
Império para a República no Brasil. Das alternativas a 62)
seguir, somente uma NÃO se insere no quadro de
transformação vivida nesse novo período republicano. 117 - (PUCCamp SP/2009)
Assinale-a: O projeto republicano baseado nas idéias dos filósofos
a que o texto se refere teve ampla aceitação dentro do
a) Do ponto de vista das transformações políticas, a exército brasileiro. Na esfera política, o ideário
proclamação da república de início não trouxe positivista sustentava
grandes mudanças, já que o povo ficou fora do
processo de decisão. a) a idéia de um governo forte, excessivamente
b) Com a chegada do regime republicano, a centralizado, uma verdadeira “ditadura
oligarquia, principalmente a cafeeira, aperfeiçoou republicana”.
seu domínio sobre o Estado nacional. b) o princípio de que o poder público deve se
c) A grande inovação dos primeiros decênios transformar em um “mero acessório” ao poder
republicanos foi trazer os militares ao centro do privado.
debate político, que constituíram uma das c) a defesa de um sistema de livre competição e
primeiras expressões da classe média na política liberdades individuais e a separação dos três
brasileira. poderes.
d) A instalação do regime republicano estreitou as d) a defesa do princípio da liberdade pública de
relações entre Brasil e EUA, sobretudo no aspecto decidir coletivamente os destinos políticos da
cultural, permitindo a difusão entre as camadas nação.
populares urbanas de Recife, Salvador, Manaus e e) a idéia de um regime fundado na vontade geral e
Rio de Janeiro dos ideais da Belle Époque. com a participação popular na “administração 27
pública”.

27
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
É que a gentinha que governa agora
TEXTO: 2 - Comum à questão: 118 É o rebotalho que sobrou do Império.
(TIGRE, Bastos. Apud SALIBA, Elias Thomé. Raízes do riso.
S. Paulo: Companhia das Letras, 2002. pp. 97 e 98)
Empossado presidente em novembro de 1891, o
Marechal Floriano Peixoto não conseguiu acalmar as 119 - (PUCCamp SP/2014)
bússolas da política. Interveio em praticamente todos A respeito dos primeiros governos da República, no
os estados, nomeando novos governadores, Brasil, é correto afirmar que
dissolvendo assembleias e demitindo funcionários
públicos considerados deodoristas. [...] a) os primeiros presidentes, Deodoro da Fonseca e
Àquela altura, acirravam-se os debates sobre o que era Floriano Peixoto, exerceram seus mandatos com
a “ditadura florianista”. Os opositores do governo apoio da oligarquia paulista devido aos benefícios
criticavam a suspensão da liberdade de imprensa, as dos quais essa usufruiu mediante a política do café
prisões arbitrárias, o estado de sítio, os habeas-corpus com leite.
negados pelos juízes. Floriano era um déspota que se b) foram exercidos nos moldes de um regime militar
afastava de qualquer aproximação com a legalidade do ditatorial, implantado após o golpe que destituiu
exercício do poder – atribuição da qual, para políticos, o Império e inaugurou a chamada “República da
como Ruy Barbosa, a república não deveria prescindir. Espada”, que vigorou até os primeiros anos do
[...] século XX.
Por outro lado, crescia o apoio a Floriano por parte c) se sucederam de forma pacífica, uma vez que os
significativa da população movida por sentimentos marechais que ocuparam a presidência, ex-líderes
nacionalistas e pelo medo de uma restauração da na Guerra do Paraguai, compartilhavam ideais
monarquia. Aos olhos dos partidários do marechal, a políticos comuns, como o positivismo e o
república vivia em constante perigo e o presidente era federalismo.
cultuado por saber cumprir sua missão salvacionista, de d) contaram inicialmente com apoio dos jacobinos,
verdadeiro fundador da República do Brasil. republicanos radicais que logo entraram em
(SANT´ANNA, 2014, p.19-20). conflito com Deodoro, concedendo novamente
SANT´ANNA, M. A. Delírio das bússolas.Revista de seu apoio ao governo seguinte, do qual
História. esperavam que viabilizasse reformas sociais.
Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional, ano 9, n. 103, abr. e) se estabeleceram em caráter provisório e foram
2014. exercidos por juntas militares que foram
sucedidas por presidentes civis, eleitos pela
118 - (UEFS BA/2014) maioria da população após a promulgação da
O aspecto econômico/financeiro que distingue a Constituição de 1891.
ditadura de Floriano Peixoto da ditadura do Estado
Novo e da ditadura militar de 1964 é a

a) característica desenvolvimentista de sua política


econômica.
b) escassez de mão de obra para a agricultura, a
partir da abolição da escravatura.
c) devastadora inflação que se seguiu à experiência
financeira denominada Encilhamento.
d) retomada da importância econômica do
Nordeste, a partir da revitalização das
exportações do açúcar.
e) prosperidade decorrente da expansão da
produção e das exportações, denominada
“milagre brasileiro”.

TEXTO: 3 - Comum à questão: 119

É certo que a República vai torta;


Ninguém nega a duríssima verdade.
Da Pátria o seio a corrupção invade
E a lei, de há muito tempo, é letra morta.
(...) 28
Os motivos do mal não são mistério:

28
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
GABARITO: O exército, particularmente, ganhou peso maior por
ocasião da Guerra do Paraguai (1865–1870). Já as
1) Gab: A camadas populares – camponeses, artesãos, ex-
escravos, etc... – praticamente foi excluída: não tinham,
2) Gab: E ao final do século XIX, organização associativa para
impor seus interesses no novo jogo político emergente.
3) Gab: C Foram os grandes cafeicultores do oeste paulista, os
maiores beneficiários do novo poder. Controlando a
4) Gab: B economia do país, impuseram uma nova ordem
oligárquica, principalmente a partir de 1898 (governo
5) Gab: E Prudente de Morais).
Com a República, o poder político no Brasil sofreu uma
6) Gab: C renovação com influência de novos grupos dominantes,
mas a estrutura não foi modernizada: prevaleceu a
7) Gab: B velha economia colonial baseada no “plantation”.

8) Gab: D 25) Gab:


a) Os motivos da divergência entre monarquistas e
9) Gab: C republicanos com relação a personagens e datas
que simbolizassem o “nascimento da nação” está
10) Gab: C não somente no ideário que cada personagem
defendeu (D. Pedro = a monarquia; Tiradentes = a
11) Gab: C república), mas também na simbologia de atitudes
(D. Pedro = o grito do príncipe; Tiradentes = o
12) Gab: C calado mártir de um sentimento bem antigo).
b) A imagem esquartejada de Tiradentes foi
13) Gab: A abandonada na República para a melhor adoção da
imagem do herói: ativo, vitorioso nos seus ideais,
14) Gab: E E E C não repartido e sim uno nas suas convicções
(imagem viva de corpo inteiro). Enfim, a estampa de
15) Gab: FVFVV um mártir como Jesus.
Como sabemos, esta estampa é falsa, forjada para
16) Gab:C atender a um momento em que a República atendia
a interesses específicos da elite cafeicultora em
17) Gab: E ascensão.

18) Gab:D 26) Gab:


a) O objetivo do ministro Rui Barbosa era inviabilizar
19) Gab: B possíveis ações indenizatórias por parte dos
proprietários que se sentiram lesados com a
20) Gab:EECE Abolição.
b) Lei do Ventre Livre (1871), que considerava livres os
21) Gab: B filhos de escravas nascidos após sua promulgação,
e a Lei Saraiva–Cotegipe (1885) ou dos
22) Gab: C Sexagenários, que tornava livre os escravos com
idade superior a 65 anos.
23) Gab:C c) A reunião acabou dividindo-se em três correntes: a
que defendia a condenação do imperialismo, do
24) Gab: racismo e da escravidão como crimes contra a
O movimento de 15 de novembro de 1889 representou humanidade, representada pelos países africanos,
a formação de um novo governo no país, influenciado o que implicaria uma indenização às vítimas do
pelos cafeicultores do oeste paulista e pelas camadas escravismo; a corrente composta por países árabes
médias urbanas outrora excluídas do jogo político e pelos palestinos, que objetivava condenar as
imperial, por não representarem interesses econômicos ações de Israel e o sionismo como uma forma de
significativos. Estas ganharam espaço político com o racismo; e a dos países ricos, que desejava assumir
crescimento das cidades e de seus serviços. Foram uma postura de condenação simbólica e buscava
diretamente representadas pelos militares que implantar programas de ajuda. Os antagonismos
formaram a chamada República da Espada (Deodoro da levaram os EUA e Israel a abandonar a reunião, que 29
Fonseca, 1889–1891) e Floriano Peixoto, 1891–1894). acabou esvaziada de sua importância.

29
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
que sonhavam com uma democracia participativa,
27) Gab: B viram frustrado o seu projeto.

28) Gab: E 34) Gab: A

29) Gab: B 35) Gab: D

30) Gab: D 36) Gab: E

31) Gab: A 37) Gab: A

32) Gab: B 38) Gab: B

33) Gab: 39) Gab: E


a) Os monarquistas entenderam a deposição de Pedro
II e a instalação da República como um golpe de 40) Gab: D
Estado no qual os militares tiveram um papel
decisivo. 41) Gab: D
b) Entre os republicanos podemos identificar uma
corrente que se expressava, de maneira geral, por 42) Gab: VVVF
intermédio do Partido Republicano, que via na
proposta de um novo regime a possibilidade de 43) Gab: C
realizar reformas há muito solicitadas e que não
eram atendidas, como a abolição da vitaliciedade 44) Gab:
do Senado e a adoção de um modelo de A primeira década republicana é marcada pela
descentralização político-administrativa para a reestruturação jurídica do país a partir da constituinte e
Monarquia. Portanto, a República significava a constituição de 1891. Isso, por sua vez, desencadeou
realização de reformas políticas sem grandes interesses localistas, em razão da adoção do
transformações estruturais com a finalidade de federalismo na continuidade de processos provenientes
atender ao interesse de elites emergentes, do Império. A charge nos mostra, apesar de um
especialmente aquela ligada à cafeicultura, que não problema técnico de reprodução da imagem, a
se sentia devidamente representada no regime dificuldade de convívio de Deodoro com os “ jogos “ da
monárquico e este não lhe oferecia melhores política republicana. Acostumado a comandar, Deodoro
perspectivas. Outra corrente era a dos membros da se vê no alto de um barril de Pólvora pronto a explodir,
oficialidade jovem do exército, influenciados pelos metáfora que pode nos remeter tanto à idéia da
ideais políticos do positivismo. Para eles, a retomada do conflito CASACA X FARDAS ( QUESTÃO
monarquia era identificada ao atraso e a república MILITAR), quanto à possibilidade de fragmentação da
ao progresso. Diferentemente da corrente dos unidade territorial. Da mesma forma, Deodoro, e depois
chamados "republicanos históricos", associados ao Floriano, foram constantemente pressionados pela
Partido Republicano, os jovens militares não se Igreja, temerosa da ação secularista/positivista de
sentiam comprometidos com o regime alguns militares que poderiam impor, além da
representativo, democrático. Muitos entre eles separação Igreja/Estado, o perigo de desapropriação de
eram defensores do que chamavam de "ditadura bens da Igreja, como também a limitação da atuação da
republicana", um regime político autoritário, Igreja através de um processo de laicização da
dirigido por uma elite com uma formação sociedade.
intelectual suficientemente poderosa para imprimir
as mudanças que consideravam necessárias para o 45) Gab: E
país. Para essa corrente, era muito cara a proposta
da separação da Igreja e do Estado, por exemplo. 46) Gab: C
Finalmente, pode-se distinguir uma outra corrente,
ideologicamente heterogênea, de uma certa forma 47) Gab: A
inspirada nas revoluções sociais do século XIX que
concebiam a república como um regime fundado na 48) Gab: 30
mais ampla participação popular, comprometido
com as aspirações populares, como era, por 49) Gab: E
exemplo, o grupo daqueles republicanos associados
a Silva Jardim. 50) Gab: E
Assim, de uma certa forma, tanto os militares 30
inspirados no positivismo, como os republicanos 51) Gab: A

30
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
64) Gab: E
52) Gab: B
65) Gab: D
53) Gab: D
66) Gab: D
54) Gab: B
67) Gab: C
55) Gab: D
68) Gab:
56) Gab: 1. Separação entre Estado e Igreja;
a) Uma dentre as explicações: 2. Concessão de autonomia ao clero.
 Descontentamento de oficiais da Marinha, com
a perda dos postos de destaque no cenário 69) Gab:
político nacional, em detrimento dos oficiais do a) O Encilhamento consistiu na política de abertura de
Exército. linhas de crédito para o financiamento de
 Eram contrários à posse de Floriano Peixoto na empresas, sobretudo de indústrias no Brasil, por
presidência, considerando-a inconstitucional parte do governo federal. Houve grande emissão de
por não haverem transcorridos dois anos do papel moeda sem lastro, o que influenciou a
mandato de Deodoro da Fonseca. economia nacional. Além dos “calotes” que o
b) Os dois grupos oligárquicos gaúchos – os maragatos governo sofreu, já que os empréstimos eram
e os chimangos ou pica-paus – divergiam quanto ao disponibilizados sem grandes fiscalizações.
caráter da política nos níveis regional e nacional. b) O nome de tal fenômeno é oriundo da prática de
Os maragatos eram federalistas e acusados de apostas em cavalos de corrida. Compreendeu-se a
simpatizantes da monarquia, levando o governo respeito de tal fenômeno que o governo federal
federal a apoiar os chimangos, defensores da havia também realizado apostas, baseadas em
centralização política que caracterizava o governo “sorte” ou “azar”, sem qualquer outro elemento
de Floriano Peixoto que respaldasse tal empreitada.
c) No mandato do Marechal Deodoro da Fonseca
57) Gab: B
70) Gab: D
58) Gab: E
71) Gab: B
59) Gab: 24
72) Gab:
60) Gab: A a) O texto aponta dois significados associados à
imagem de Tiradentes pela propaganda
61) Gab: D republicana: um que o aproxima da imagem de
Cristo e outro que o identifica ao jacobinismo, setor
62) Gab: mais radical do Partido Republicano.
a) O candidato deverá apontar a existência de uma b) Os primeiros governos da república, também
contradição entre a idéia de república, como um conhecidos como República da Espada, foram
regime político baseado na participação do povo exercidos por militares e enfrentaram contestações
nas questões públicas, e a completa ausência desse como a Revolta da Armada, a Revolta Federalista e
povo na proclamação da República brasileira, movimentos que defendiam a restauração da
definida no texto como um "pronunciamento monarquia. Essas contestações foram enfrentadas
militar" realizado por uma pequena parcela do com uma violenta repressão que incluiu o estado de
Exército; sítio e o desterro dos adversários. Além disso, entre
b) O candidato poderá mencionar: a promoção do outras características, poderia ser mencionada a
progresso através da industrialização; a difusão da política econômica que levou ao encilhamento.
educação com base no espírito cientificista; o
destacado papel do Estado na definição das 73) Gab: D
políticas públicas e na direção da economia,
podendo mencionar a criação de uma "ditadura 74) Gab: B
republicana"; e a defesa de uma visão
corporativista da sociedade em detrimento dos 75) Gab: A
ideais liberais de livreexpressão dos indivíduos.
76) Gab: C
63) Gab: B 31
77) Gab: D

31
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
MULHER EXERCEU O DIREITO DE VOTO, PELA PRIMEIRA
78) Gab: 28 VEZ, NO BRASIL, EM 1928.

79) Gab: C A RESPOSTA PARA O ITEM B TAMBÉM PODERÁ CONTER


CONSIDERAÇÕES PERTINENTES:
80) Gab: B
 A Constituição de 1824 não proibia o voto da mulher.
81) Gab: A  A concessão do deito à mulher foi discutida na
Constituinte de 1891, com opiniões favoráveis e
82) Gab: A contrárias. Dentre os argumentos contrários, foi
considerado relevante o fato de, até 1891, o direito de
83) Gab: C voto não ter sido ainda estendido às mulheres, em
outros países.
84) Gab: A  Em 1917, por iniciativa de Maurício de Lacerda, foi
retomado o debate parlamentar sobre a extensão do
85) Gab: D direito de voto à mulher.
 Em 1919, foi apresentado, no Senado da República,
86) Gab: A projeto de lei sobre este assunto. O projeto recebeu
parecer favorável, em 1921, admitindo a possibilidade
87) Gab: de a legislação vir a regulamentar a extensão do direito
Positivismo à mulher.
O positivismo compreendia a monarquia como símbolo  Inspirado por esse parecer, o Rio Grande do Norte foi
de atraso e a república como o regime que traria a o primeiro estado brasileiro onde se atribuiu o direito
modernização e o progresso. de voto à mulher, por ocasião da revisão constitucional
de 1926. Em consequência, mulheres no Rio Grande do
88) Gab: A Norte se alistaram e votaram, pela primeira vez, na
eleição estadual realizada em abril de 1928.
89) Gab: B  Mas, direito de voto só foi estendido a todas as
mulheres brasileiras pelo Código Eleitoral, editado em
90) Gab: B fevereiro de 1932. Finalmente, manteve-se na
Constituição de 1934 e nas Constituições
91) Gab: E subsequentes.

92) Gab: E 97) Gab: E

93) Gab: 98) Gab: A


O candidato poderá indicar que estavam excluídos do
voto: os mendigos; analfabetos; praças de pré, 99) Gab: E
excetuando os alunos das escolas militares de ensino
superior; os religiosos de ordens monásticas, sujeitas a 100) Gab: D
voto de obediência, regra ou estatuto, que importasse
a renúncia da liberdade individual. 101) Gab:
a) As “heranças” de que fala o texto referem-se à
94) Gab: D continuidade, mesmo no período republicano, das
ausências acima listadas. Não fora dado aos
95) Gab: A libertos terras nem acesso às escolas, nem
emprego ou educação à saída do cativeiro.
96) Gab: Gerações foram mantidas em desvantagem, com
A RESPOSTA CORRETA, EMBORA SUCINTA, DEVE CITAR dificuldades para sobrevivência e, quando muito,
QUE em condições de subemprego a maioria. As
NO ITEM A O REQUISITO É SER BRASILEIRO, TER 21 autoridades republicanas tampouco se
ANOS DE IDADE OU MAIS E SER ALFABETIZADO; preocuparam em garantir-lhes os chamados
NO ITEM B O DIREITO DE VOTO À MULHER FOI direitos civis e direitos políticos.
ESTABELECIDO PELO CÓDIGO ELEITORAL, DE 1932, DE b) Por direitos civis entende-se, por exemplo: o
INICIATIVA DE GETÚLIO VARGAS. direito de ir e vir, o direito à vida, à liberdade de
expressão e à igualdade perante a lei, a garantia
TAMBÉM SERÁ CONSIDERADA CORRETA A RESPOSTA de não ser julgado fora de um processo regular e
PARA O ITEM B QUE, EVENTUALMENTE, CITAR O RIO de não ter o lar violado etc. Tais direitos deveriam 32
GRANDE DO NORTE COMO SENDO O LUGAR ONDE A ser garantidos a todos, independentemente de

32
www.historiaemfoco.com.br
República da Espada
raça, situação econômica e social, religião, origem b) Com a proclamação da República, as Forças
cultural, sexo etc. O fato de os negros serem quase Armadas assumiram o papel de guardiãs do novo
sempre considerados mais “suspeitos” que os regime, interferindo direta ou indiretamente na
brancos em casos de roubo constitui uma violação vida política, notadamente durante a República da
desses direitos, ainda presente no cotidiano Espada.
brasileiro. Obs. Embora a questão deixe subentendido que as
Por direitos políticos entende-se, por exemplo: a Forças Armadas (na época, conjunto formado pelo
participação do cidadão no governo da sociedade, Exército e pela Marinha de Guerra) tiveram uma
a possibilidade de fazer manifestações e organizar atuação política homogênea no recém instalado
partidos políticos, o direito de votar e ser votado, regime republicano, coube na verdade ao Exército
a garantia, enfim, da existência de igualdade de – por identificaão ideológica e pelo maior peso
condições para que se possa dar essa participação militar – exercer o papel atribuído pela autora.
no poder.
Fica claro que tanto os direitos políticos quanto os 109) Gab: B
direitos civis não devem ser entendidos
isoladamente. Na prática uns e outros se 110) Gab: B
interrelacionam e tornam-se condição para o
exercício da cidadania republicana. 111) Gab: B

102) Gab: A 112) Gab: A

103) Gab: 113) Gab: B


Duas das propostas:
• defesa do ideal de República 114) Gab: C
• defesa da liberdade dos colonos
• crítica à opressão fiscal da metrópole portuguesa 115) Gab: D
• defesa de ideais liberais iluministas, restrita aos
interesses dos grandes proprietários 116) Gab: C
• defesa do rompimento político com Portugal, restrita
ao âmbito das capitanias das Minas Gerais e do Rio de 117) Gab: A
Janeiro
Legitimar o novo regime como aquele que estava 118) Gab: C
construindo de fato a autonomia e a soberania da
nação. 119) Gab: D

104) Gab: A

105) Gab: A

106) Gab: C

107) Gab: A

108) Gab:
a) * Revolta da Armada: insurreição da Marinha contra
o governo de Floriano Peixoto, tendo como causa
essencial a rivalidade entre as duas Armas ( o
Exército era fundamentalmente republicano e a
Marinha, monarquista).
* Revolução Federalista do Rio Grande do Sul:
motivada por questões políticas locais,
transformou-se em movimento anflorianista,
contando inclusive com a participação de
monarqistas.
* Guerra de Canudos: ocorrida no governo de
Prudente de Morais, conclui-se com a destruição
de um movimento messiânico (tachado como
monarquista) surgido no sertão da Bahia. 33

33
www.historiaemfoco.com.br