Você está na página 1de 2

UniFMU – NÚCLEO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

Aluno: Maira Jade Silva RA: 7122381

CURSO: ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM CUIDADOS


INTENSIVOS
DISCIPLINA: CUIDADOS CRÍTICOS EM EMERGÊNCIAS TRAUMÁTICAS

Atividade - Estudo de caso - Trauma Craneoencefalico ( Peso 0,0 -


1,0)
O trabalho deverá ser entregue até a data de: 03 /11/2020
O trabalho pode ser realizado em grupo de até 5 alunos no máximo

Caso Clínico 1
Paciente JLM, 35 anos

No 7º DI em UTI por TCE com hematoma subdural + 7º PO de drenagem


ventricular + BCP. Evolui sedado, Ramsey: 06. Pupilas isocóricas, RFM+.
Mantém PIC aumentada, cateter para monitorização em região cefálica. Com
tendência a hipotensão, em uso de noradrenalina 35ml/h, com aumento freqüente
da vazão. Apresentou extrassístoles ventriculares pela manhã. Febril. Eupneico,
em IOT sob ventilação mecânica, modalidade controlada, Peep: 10, FiO2: 60%. A
ausculta pulmonar MV+ com roncos difusos e bilaterais. Secreção por COT
purulenta, em grande quantidade. Abdomem globoso, pouco tenso, RHA+, recebe
dieta por SNE. Hiperglicêmico. Com SVD, segue oligúrico, iniciada diálise
peritonial intermitente após passagem de cateter de Tenkoff em CC, com perda de
2500 ml/24 horas com débito límpido. Inserção de cateter com bom aspecto. Em
anasarca. Perfusão periférica ruim. Com CVC em VSCD por onde recebe
medicações acima. Incisão cirúrgica cefálica limpa e seca, serão retirados os
pontos. Com úlcera de pressão em região sacra, grau I, mantendo proteção com
placa de hidrocolóide. Hematomas em MMSS em involução.

• O hematoma subdural é uma lesão primária ou secundária do TCE?


01 - Se trata de uma lesão primária, pois foi resultado de uma lesão mecânica
provocava pelo trauma.

• Explique o comportamento que o paciente deve estar apresentando, visto que


seu score na Escala de Ramsey é 6.
02 - O paciente está sedado e não responde aos estímulos sonoros nem ao
toque. Sem resposta aos comandos.

• Qual a provável causa do aumento da PIC nesse caso?


03 - A pressão intracraniana está elevada nesse caso devido ao edema subdural
do trauma.

• O que pode ter causado as extrassístoles nesse paciente?

• Esse paciente apresenta Insuficiência Respiratória Aguda. Quais processos


estão envolvidos nesse caso: ventilação, perfusão ou transporte?
5 - Perfusão devido a diminuição da circulação pulmonar.

• JLM está próximo da retirada do tubo endotraqueal e da ventilação mecânica?


Por quê?
6 - Não está próximo ao desmame ventilatório devido aos altos nível de PEEP
e FIO2 que são necessários.

• Por que esse paciente apresenta hiperglicemia, visto que ele não é portador de
diabetes mellitus?
7 - A hiperglicemia neste caso ocorre por uma resposta ao estresse (trauma).
Causa produção em excesso de catecolaminas estimulando a glicogenólise e
aumentando os níveis de glicogênio.

• Por que esse paciente chegou na Insuficiência Renal Aguda?


8 - Ocorreu devido a alta dose de Noradrenalina que causou vasoconstrição
renal e consequentemente lesão renal.

• Nesse caso, a IRA é renal, pré renal, ou pós renal?


9 - Se trata de IRA Renal, devido a falha na filtração.

• Por que você acredita que esse paciente iniciou a diálise peritonial ao invés da
hemodiálise clássica?