Você está na página 1de 7

UI MARIA LENIR ARAÚJO MENESES

Aula 04: CONCEITOS DE JOGO E ESPORTE – UNIDADE I


Aluno:
Prof° Esp. Leonardo Delgado
Data: / /

Aula 04: Conceitos de Jogo e Esporte Lazer


Habilidades Lazer é um conjunto de ocupações às
EF35EF06 - Diferenciar os conceitos de jogo e quais o indivíduo pode entregar-se de livre
esporte, identificando as características que os vontade, seja para repousar, seja para divertir-se,
constituem na contemporaneidade e suas recrear-se e entreter-se, ou ainda, para
manifestações (profissional e comunitária/lazer). desenvolver sua informação ou formação
desinteressada, sua participação social voluntária
Introdução ou sua livre capacidade criadora após livrar-se ou
O jogo e o esporte são desembaraçar-se das obrigações profissionais,
manifestações culturais que compõem o corpo de familiares e sociais." (DUMAZEDIER, 1976, apud
conhecimento próprio da Educação Física, seja a OLEIAS).
Educação Física ensinada nas escolas de Educação
Básica seja aquela ensinada em outros ambientes
que não o escolar.

A palavra lazer deriva do latim licere,


ou seja, "ser lícito", "ser permitido".
Poderíamos definir lazer, como uma
O jogo pode aparecer como
possibilidade para o ensino do esporte e, como o
forma de você utilizar seu tempo dedicando-se a
uma atividade que você goste de fazer, o que não
19
próprio tema a ser ensinado (jogos cooperativos, significa que seja sempre uma mesma atividade.
competitivos etc.).
Esta atividade pode ser uma entre tantas outras.
O esporte deve assumir um caráter
Para Marcellino (1995, p. 31) o lazer
diferenciado do que o que conhecemos
também deve ser estudado sob a perspectiva
atualmente.
social, e ainda considerando a cultura: “a cultura –
As diferentes modalidades esportivas
compreendida no seu sentido mais amplo –
(coletivas ou individuais) devem ser ensinadas de
vivenciada (praticada ou fruída) no tempo
modo a “encantar” os alunos, mas sempre
disponível. O importante como traço definidor é o
contemplando as diferentes categorias de
caráter desinteressado dessa vivência.
conteúdos (atitudinais, conceituais, factuais e
Não se busca, pelo menos
procedimentais).
fundamentalmente, outra recompensa além da
Nessa aula temos como objetivo
satisfação provocada pela situação. A
analisar alguns dos diversos conceitos existentes
disponibilidade de tempo significa possibilidade de
sobre a recreação, o lazer, a brincadeira, o jogo e o
opção pela atividade contemplativa”. Nesse
esporte.
aspecto da atividade contemplativa, o conceito de
Marcellino é diferente do de Dumazedier.
Conceitos de Lazer, Recreação, Brincadeiras, Jogos
Um dos conceitos mais interessantes
e Esportes
é o de Oleias (2003): Lazer, em sua forma ideal,
Iremos agora analisar alguns dos seria um instrumento de promoção social, servindo
diversos conceitos existentes sobre Lazer,
para auxiliar no rompimento da alienação do
Recreação, Brincadeira, Jogos e Esportes,
trabalho, apresentando-se politicamente como um
comparar e diferenciar esses diversos conceitos e
mecanismo inovador aos trabalhadores na medida
desenvolver uma análise crítica sobre cada um
em que estabelece novas perspectivas de
deles.
relacionamento social; promover a integração do
Desta forma deixando de forma clara
ser humano livremente no seu contexto social,
e concreta a sua importância para a educação e o
onde este meio serviria para o desenvolvimento de
desenvolvimento físico, psíquico e social das
sua capacidade crítica, criativa e transformadora e
crianças, jovens e adultos.
proporcionar condições de bem-estar físico e
mental do ser humano.
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
No meu entender, o conceito de Para Barreto (1998), brincadeira é a
lazer é muito amplo, pois qualquer atividade pode atividade lúdica livre, separada, incerta,
ser considerada um lazer se proporcionar prazer, improdutiva, governada por regras e caracterizada
divertimento e desenvolvimento a quem pratica, pelo faz de conta. É uma atividade bastante
pode até ser a não-atividade, o ócio, como por consciente, mas fora da vida rotineira e não séria,
exemplo o descanso. Até uma atividade que absorve a pessoa intensamente. Ela se
profissional ou uma obrigação torna-se um lazer processa dentro de seus próprios limites de tempo
para quem gosta e faz apenas para se divertir e e espaço de acordo com regras fixas e de um modo
relaxar. ordenado.
Para Sá (2005, p.26) brincar é algo
Recreação intrínseco à vida de toda criança, seja de maneira
Recreação é uma atividade de lazer, ou sistematizada, é um processo que vai se
sendo o lazer tempo discricionário. A "necessidade desenrolando em seu curso, no tempo e no
de fazer algo para a recreação" é um elemento espaço, e no qual estão contidos aspectos físicos,
essencial da biologia humana e da psicologia. As emocionais e mentais, de forma individualizada ou
atividades recreativas são muitas vezes feitas para combinada.
felicidade, diversão, passar o tempo ou prazer e Silva (1993) chegou a um conceito de
são consideradas "divertimento". brincadeira que é encarada como uma simples
De acordo com Rousseau (1712- distração, fazendo com que cada um descarregue
1771) recreação é a “liberdade total da criança, sua energia, se tornando uma atividade sem
não se deve obrigar o aluno a ficar quando quiser importância, sendo própria para criança.
ir, não constrangê-lo a ir, quando ficar onde estar. Froebel apud Blow (1911) introduz o
O aluno deve ser educado por e para a liberdade. É brincar para educar e desenvolver a criança. Sua
preciso que saltem, corram, gritem quando tiver teoria metafísica pressupõe que o brincar permite
vontade.” o estabelecimento de relações entre objetos
No conceito de recreação feito por culturais e a natureza, unificados pelo mundo
Valente (1994, P.180), percebe-se que é englobado espiritual. Froebel concebe o brincar como
o lazer e o jogo, pois a recreação como atividade e atividade livre e espontânea, responsável pelo
comportamento típico de jogo, está contida no
lazer. A recreação tem sido um elemento estudado
desenvolvimento físico, moral, cognitivo.
Portanto, a brincadeira ao meu ver é
20
e entendido predominantemente como um o caminho natural do desenvolvimento humano, é
composto do lazer. Dessa forma, todas as citações competente nos seu efeitos e oferece a quem dela
isoladas da palavra lazer, incluem naturalmente a faz uso, a construção de uma base sólida para toda
recreação e o jogo. vida, pois é capaz de atuar no desenvolvimento
Para Toseti apud Gonçalves (1997, cognitivo e emocional de forma natural e
p.14) A recreação é muito importante para o ser harmônica.
humano não só para a criança. Todos nos
precisamos dos nossos momentos de lazer. A Jogo
palavra recreação vem do latin, recreare, cujo A palavra jogo vem do latim locus,
significado é recrear. Portanto as atividades locare = brinquedo, folguedo, divertimento,
recreativas devem ser espontâneas, criativas e que passatempo, sujeito a regras, ou uma série de
nos traga prazer. Devem ser praticadas de maneira coisas que formam uma coleção.
espontânea, diminuindo as tensões e Para Kishimoto (2001) tentar definir
preocupações. o jogo não é uma tarefa fácil podendo a mesma ser
Segundo meu entendimento, a entendida como, por exemplo, jogos políticos,
recreação é a toda atividade espontânea, divertida jogos de adultos, de crianças, xadrez, contar
e criadora que as pessoas buscam para promover histórias, brincar de mãe e filha, quebra cabeça
sua participação individual e coletiva em ações que etc. Huizinga (1938) define jogo como:
melhorem a qualidade de vida e para satisfazer sua “uma atividade voluntária exercida
necessidade de ordem física, psíquica ou mental e dentro de certos e determinados limites
cuja realização lhe proporciona prazer. de tempo e espaço, segundo regras
livremente consentidas, mas
absolutamente obrigatórias, dotado de
Brincadeira
um fim em si mesmo, acompanhado de
De acordo com o Dicionário do um sentimento de tensão e alegria e de
Aurélio On-line, o significado de brincadeira é: uma consciência de ser diferente de vida
Ação de brincar, divertimento. / Gracejo, cotidiana.”
zombaria. / Festinha entre amigos ou parentes. /
Qualquer coisa que se faz por imprudência ou De acordo com Claparède apud
leviandade e que custa mais do que se esperava: Araújo (1992, p.18) jogo é um processo de
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
derivação por ficção e tem por função permitir ao vida (ou pretende ganhar, no caso de atleta
indivíduo realizar o seu eu, ostentar sua amadores) por meio do esporte, seja com
personalidade, seguir momentaneamente a trilha patrocínio ou com os prêmios dados nas
de seu maior interesse nos casos em que, não competições.
possa consegui-lo recorrendo às atividades sérias.
Atividade livre, incerta e Características do Lazer, Recreação,
improdutiva, regida por regras previamente Brincadeiras, Jogos e Esportes.
definidas. Como se pode analisar nos conceitos
De acordo com os conceitos existem algumas diferenças entre Lazer,
estudados os jogos são atividades que os Recreação, Brincadeira, Jogos e Esportes. Iremos
participantes possuem uma maneira formal de agora analisar suas principais características:
proceder e estão sujeitos a regras. Se direcionados Características
e conduzidos de maneira adequada, favorecem a) escolha pessoal, prazer, obrigação.
momentos de confraternização, participação e b) escolha social, liberação, prazer.
Lazer c) prazer, gratuidade, obrigação.
integração, aliviando o cansaço físico e mental. d) gratuidade, obrigação, escolha pessoal.
Proporciona aos participantes, entendimento das e) prazer, gratuidade, liberação.
expressões como jogar, busca pela vitória, a) Livre escolha e a pratica deve ser
cooperação, aceitação da derrota e equilíbrio espontânea.
b) Exercício de estimulo para a criatividade.
durante a realização das atividades, com os c) Fatores psicológicos positivos.
adversários de jogo ou companheiros. d) Um simples jogo pode virar brincadeira e a
brincadeira pode virar jogo.
Recreação
Esportes e) Promove a sociabilização.
d) Aumento do repertório motor.
Conjunto de exercícios físicos que se e) Não tem idade limítrofe.
apresentam sob a forma de jogos individuais ou f) Alivio do estresse.
coletivos, cuja prática obedece a certas regras g) Valorização do tempo livre.
precisas e sem fim utilitário imediato; desporto: o h) Descontração, Diversão e lazer.
a) atividade lúdica livre, separada, incerta,
esporte aperfeiçoa as qualidades físicas do
improdutiva;
homem. b) Governada pelo faz de conta
c) Não há vencedores;
d) As brincadeiras sem regras são individuais,
21
podem ter regras, mas podem também não
ter.
e) Não tem final predeterminado; como já
Brincadeira
dissemos, ela prossegue enquanto tiver
motivação e interesse por parte dos
participantes.
f) Pode sofrer modificações durante seu
desenrolar, de acordo com os interesses do
momento e com a vontade dos participantes.
g) Por ser muito mais desvinculadas de
padrões, tem conseqüências imprevisíveis.
O termo esporte se refere a qualquer a) Uma atividade que proporciona prazer e
satisfação;
tipo de prática que esteja vinculada a Federações e
b) Uma atividade gratuita que se faz por
Confederações, cujo papel é o de regulamentar as gosto sem esperar resultados;
regras dessa prática. Isso significa que as regras de c) É livre, voluntário e desejado;
um esporte são fixas e nunca podem ser d) Ajuda a desenvolver, as faculdades
psíquicas, físicas e serve para conhecer as
modificadas durante um campeonato. Aliás, esse é
próprias e limitações;
outro objetivo das federações: organizar Jogo
e) Possibilidade as relações de hierarquização
campeonatos, cujos campeões sempre têm em entre crianças e adultos;
vista o prêmio, que pode ser dinheiro, medalhas ou f) Permite á criança adaptar-se á realidade
que a rodeia (conhece, assimila e interioriza o
troféus, por exemplo.
mundo através do jogo); é um meio de
Dessa explicação podemos extrair aprendizagem;
quatro características que são fundamentais para g) É um meio terapêutico de libertação de
dizer se determinada prática é um esporte: tensões psíquicas e retorna ao equilíbrio
1) ter regras fixas; a) secularização;
b) especialização dos papéis;
2) a subordinação dessa prática a algum órgão c) racionalização;
oficial; Esporte d) burocratização;
3) é uma atividade competitiva; e) quantificação;
4) o atleta está sempre em busca de um tipo de f) igualdade de chances na disputa; e
g) busca do recorde.
recompensa maior do que o prazer de praticar
o esporte: ele é um profissional que ganha à

Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA


Diferenças Existentes Entre Lazer, Recreação A mídia favorece a divulgação e
Brincadeiras, Jogos e Esportes apreciação das diversas camadas sociais em
Como se pode analisar nos conceitos diferentes países e continentes.
existem algumas diferenças entre Lazer, No Brasil pode-se entender o esporte
Recreação, Brincadeira, Jogos e Esportes. abrangendo três manifestações: Esporte-educação
O Lazer pode ser ao mesmo tempo (Que ocorre principalmente na escola, mas pode
férias e trabalhos voluntários, nadar e fazer ser desenvolvido em outros ambientes e tem como
esporte, prazeres gastronômicos e objetivo o desenvolvimento integral do homem
entretenimentos musicais, atividades de azar, brasileiro como cidadão autônomo, democrático e
leitura de jornal e estudo de uma obra-prima, participativo.), Esporte-participação (Abrange
conversa fútil e conversa cultural. São atividades todas as atividades esportivas formais e não
que não visam a obtenção de um pagamento e formais colocadas à disposição da população,
colocam-se à margem das obrigações familiares, acontece no horário em que as pessoas estão fora
sociais, políticas e religiosas. São desinteressadas e das suas horas de trabalho e visa a descontração, a
realizadas livremente, a fim de proporcionar diversão ao desenvolvimento pessoal e a relação
satisfação aos indivíduos que as praticam. entre as pessoas.) e Esporte-performance (Tem
A recreação são todas atividades que como finalidades, objetivos e propósitos, a busca
o individuo procura praticar em seu tempo livre incessante de conquista de êxitos esportivos.
buscando sua satisfação. As brincadeiras são Essa manifestação tem recebido
também atividades onde o indivíduo as procura, diversas denominações: esporte de alto nível,
porém a diferença é que nas brincadeiras o esporte de alta competição, esporte de
praticante para obter o resultado deve se entregar competição, esporte de rendimento, esporte de
totalmente a atividade transformando-a em alto rendimento, esporte espetáculo, etc.).
divertida, alegre e que cause um bem-estar em
quem procura este estado de espírito. Uma Importância da Brincadeira, do Jogo e do Esporte
atividade recreativa pode não obter esse Na Formação da Cidadania
resultado. O momento da brincadeira é uma
As brincadeiras nem sempre oportunidade de desenvolvimento para a criança.
apresentam evolução regular. Nem sempre há
maneiras formais de proceder ao seu
Através do brincar ela aprende,
experimenta o mundo, possibilidades, relações
22
desenvolvimento e não tem final predeterminado, sociais, elabora sua autonomia de ação, organiza
ela prossegue enquanto tiver motivação e emoções. Ás vezes os pais não tem conhecimento
interesse por parte dos participantes. Na maioria do valor da brincadeira para o seu filho. A ideia
das vezes, utilizam um brinquedo em seus jogos. muitas vezes divulgada é a de que o brincar seja
Este brinquedo é visto pelos adultos como um somente um entretenimento, como se não tivesse
objeto auxiliar da brincadeira, mas para as outras utilidades mais importantes.
crianças isso vai além. Ela o vê como uma fonte de Através do jogo, as crianças
conhecimentos e um "simulador da realidade". compreendem o mundo à sua volta, aprendem
Como exemplo, podemos citar a menina que regras, testam habilidades físicas, como correr,
brinca que a boneca é a sua filha. pular, aprende a ganhar e perder. O brincar
Fazendo distinção entre jogo e desenvolve também a aprendizagem da linguagem
brincadeira pode-se dizer que o jogo é a atividade e a habilidade motora. A brincadeira em grupo
com regras que definem uma disputa “que serve favorece alguns princípios como o compartilhar, a
para brincar” e brincadeira é o ato ou efeito de cooperação, a liderança, a competição, a
brincar, entreter-se, distrair-se com um brinquedo obediência às regras. O jogo é uma forma da
ou jogo. Ao tentar estabelecer a diferença entre criança se expressar, já que é uma circunstância
jogos e brincadeiras há apenas uma pequena favorável para manifestar seus sentimentos e
nuança: o jogo é uma brincadeira com regras e a desprazeres. Assim, o brinquedo passa a ser a
brincadeira, um jogo sem regras. O jogo se origina linguagem da criança.
do brincar ao mesmo tempo em que é o brincar. Muitas vezes os pais não permitem
Esportes são práticas em que são que o filho passe por todas as etapas do seu
adotadas regras de caráter oficial e competitivo, desenvolvimento, e eles fazem isso quando inibem
organizadas em federações regionais, nacionais e as brincadeiras, exigem organização, por acharem
internacionais que regulamentam a atuação que estão contribuindo para a maturidade da
amadora e profissional. criança, quanto à aquisição de alguns
Para a prática esportiva são exigidas comportamentos, como por exemplo, o de
condições especiais no que diz respeito a locais e limpeza. A imposição de tarefas exaustivas, as
equipamentos, por exemplo: campo, piscina, pista, incompatibilidades de horários da família são
ringue, ginásio, bicicleta, bola, etc.
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
outros fatores que podem impedir as brincadeiras desejos e expectativas, bem como, com as
livres. necessidades, expectativas e desejos dos outros,
É de suma importância que a família de forma que o mesmo possa desenvolver as
tenha consciência das marcas que a sua postura de competências técnicas, sociais e comunicativas,
não disponibilizar flexibilidade para as brincadeiras essenciais para o seu processo de desenvolvimento
pode deixar na criança. Além disto, vale lembrar individual e social.
também que é um direito garantido pela O esporte, como instrumento
Constituição. pedagógico, precisa se integrar às finalidades
O jogo por sua vez, já foi pesquisado gerais da educação, de desenvolvimento das
a respeito de suas influencias no processo de individualidades, de formação para a cidadania e
ensino e aprendizagem por estudioso e de orientação para a prática social. O campo
pesquisadores educacionais. Propõem-se neste pedagógico do Esporte é um campo aberto para a
momento uma reflexão sobre a importância do exploração de novos sentidos/significados, ou seja,
jogo dentro do processo educativo. Pois o jogo permite que sejam explorados pela ação dos
constitui-se um importante recurso pedagógico educandos envolvidos nas diferentes situações.
para o próprio desenvolvimento humano e de Além de ampliar o campo
fundamental importância numa correlação entre experimental do indivíduo, cria obrigações,
educação física e jogos. estimula a personalidade intelectual e física e
O jogo satisfaz as necessidades das oferece chances reais de integração social.
crianças, especialmente a necessidade de ação. Em meio a estas descobertas do
Para entender o avanço da criança no seu esporte o que vem revolucionando hoje em dia as
desenvolvimento, o professor deve conhecer quais escolas é o chamado Esporte Radical. A adrenalina,
as motivações, tendências e incentivos que a emoção e o prazer de se exercitar nesta aventura
colocam em ação. Não sendo o jogo aspecto faz com que o aluno alcance diferentes maneiras
dominante na infância, ele deve ser entendido de aprender um movimento e de se integrar ao
como “fator de desenvolvimento” por estimular a meio social.
criança no exercício do pensamento, que pode Ensinar a prática de esportes radicais
desvincular-se das situações reais e levá-lo a agir é preparar o aluno para executar determinadas
independentemente do que ele vê.
Quando a criança joga, ela opera
habilidades por meio da descoberta do prazer de
se exercitar. Tudo isso envolvendo segurança,
23
com o significado das suas ações, o que a faz bons profissionais e educadores sempre por perto.
desenvolver a sua vontade e ao mesmo tempo Para a criança ou adolescente estar
torna-se consciente das suas escolhas e decisões. em contato com a adrenalina, natureza e aventura
Por isso o jogo apresenta-se como elemento básico é o modo de desenvolver outras habilidades e
para a mudança das necessidades e da consciência. nesta hora que é mostrado o potencial de cada
A ênfase no propósito ou no objetivo um.
do jogo acentua-se como o desenvolvimento da Através destas aulas é possível
criança. Sempre esse propósito ou objetivo é o que adequar às disciplinas dadas em sala de aula,
decide o jogo, justifica a atividade e determina a mostrando e fazendo com que a criança se
atitude afetiva da criança. desenvolva melhor.
Observa-se o desenvolvimento da
criança no caráter dos seus jogos, que evoluem QUESTÕES
desde aqueles onde as regras encontram-se 1. Uma das principais características do lúdico é
ocultas em uma situação imaginária. (como por o(a)
exemplo: quando as crianças brincam de papai e a) prazer.
mamãe, elas agem de acordo com as regras de b) desafio.
comportamento de um pai e de uma mãe), até os c) conquista.
jogos onde as regras são cada vez mais claras e d) envolvimento.
precisas, e a situação imaginária é oculta. e) aprendizagem.
Além das brincadeiras e jogos, os
esportes vêm revolucionando as escolas do país. A 2. Quanto ao lazer como elemento integrante da
preocupação no ensino vem crescendo e uma cultura humana, assinale a alternativa correta.
maneira de incentivo aos nossos alunos é buscar o a) Atividades de lazer são classificadas em físicas,
desenvolvimento nos esportes. Por isso, a manuais e de turismo. Ao contrário, as atividades
importância do esporte na educação. de trabalho nunca podem ser classificadas como
A prática esportiva como de lazer.
instrumento educacional visa o desenvolvimento b) O jogo é um elemento intrinsecamente
integral das crianças, jovens e adolescentes, relevante, isto é, possui significado que prescinde
capacita o sujeito a lidar com suas necessidades,
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
de explicação exterior e, por isso, não há, no jogo, assim, é dever do Estado financiar lazer à toda
aspiração por ensinar ou aprender. população, como ingressos de cinema, shows e
c) No Brasil, houve a implantação de um conjunto teatros.
de políticas públicas relacionadas ao lazer e III -Os jogos são atividades em que os participantes
voltadas à população, o que levou as pessoas a possuem uma maneira formal de proceder e estão
terem consciência social a respeito do lazer e da sujeitos a regras.
participação mais ativa nesse tipo de atividade. IV -Brincar é algo intrínseco à vida de toda criança,
d) Atividades físicas em academias não são é um processo que vai se desenrolando em seu
consideradas atividades de lazer, porque curso, no tempo e no espaço, e no qual estão
prioritariamente proporcionam melhorias nas contidos aspectos físicos, emocionais e mentais, de
condições físicas do praticante. forma individualizada ou combinada.
e) Lazer e tempo livre podem ser considerados Podemos julgar como INCORRETA:
tempos interdependentes, uma vez que os a) Apenas a afirmativa I.
indivíduos podem, nesse tempo, exercitar b) Apenas a afirmativa II.
aspirações diversas, e até opostas, das que vivem c) Apenas a afirmativa III.
no trabalho ou na família. As atividades de lazer d) Nenhuma das alternativas.
são, pois, desinteressadas, liberatórias e resultado
das escolhas pessoais e da busca por prazer. 5. Muito tem se discutido em relação à melhor
maneira de desenvolver a motricidade na criança.
3. A falta de espaço para brincar e um problema A criança que, na rua, empinou uma pipa, rodou
muito comum nos grandes centros urbanos. um peão, vivenciou tradições em brincadeiras,
Diversas brincadeiras de rua tal como o pular saltou, correu, escondeu-se e pilotou o seu
corda, o pique pega e outros tem desaparecido do carrinho de corridas certamente já possui um
cotidiano das crianças. As brincadeiras são repertório motor mais diverso em relação à criança
importantes para o crescimento e que se criou dentro de um apartamento e
desenvolvimento das crianças, pois desenvolvem vivenciou mais a TV e o computador do que a rua e
tanto habilidades perceptivo-motoras quanto as suas magias, a complexidade de jogos e
habilidades sociais. brincadeiras que ela sugere naturalmente.
Considerando a brincadeira e o jogo como um
importante instrumento de interação social, pois
24
por meio deles a criança aprende sobre si, sobre o
outro e sobre o mundo ao seu redor, entende-se
que:
a) o jogo possibilita a participação de crianças de
diferentes idades e níveis de habilidade motora.
b) o jogo desenvolve habilidades competitivas
centradas na busca da excelência na execução de
atividades do cotidiano.
c)o jogo gera um espaço para vivenciar situações
de exclusão que será a negativas para a
aprendizagem social.
d)através do jogo a possível entender que as regras
são construídas socialmente e que não podemos
Fonte: Internet. Imagens de Desenvolvimento
modifica-las.
motor.
e) no jogo, a participação esta sempre vinculada a
necessidade de aprender um conteúdo novo e de
Com base na figura e no texto apresentado, é
desenvolver habilidades motoras especializadas.
correto afirmar que:
a) a escola não pode se transformar em um espaço
4. Sobre recreação, lazer, jogo e brincadeira,
de brincadeiras, mas nas aulas de Educação Física é
analise as seguintes afirmativas:
possível, além das ginásticas e dos jogos, permitir
I -As atividades recreativas devem ser
brincadeiras livres. O desenvolvimento motor está
espontâneas, criativas e que nos traga prazer.
relacionado às áreas cognitiva e afetiva do
Devem ser praticadas de maneira espontânea,
comportamento humano, sendo influenciado por
diminuindo as tensões e preocupações.
fatores ambientais, biológicos e familiares.
II -Lazer, em sua forma ideal, seria um instrumento
b) o brincar é uma ferramenta fundamental para o
de promoção social, servindo para auxiliar no
desenvolvimento motor e cognitivo da criança. As
rompimento da alienação do trabalho,
brincadeiras tidas como tradicionais, como o mero
apresentando-se politicamente como um
pique-pega, ou também conhecido como pega-
mecanismo inovador aos trabalhadores, sendo
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA
pega, tão desvalorizado na atualidade, conseguem a) Ausência de finalidade, brinquedos não-
desenvolver várias formas de solicitação motora ao imprescindíveis; motivação intrínseca, diferentes
mesmo tempo, como força, velocidade, agilidade, graus de complexidade, representação; efeito
resistência, coordenação, além de estimular o catártico, seriedade, prazer e caráter inato.
raciocínio tático e lógico. b) Finalidade, brinquedos imprescindíveis;
c) as experiências motoras devem estar presentes motivação intrínseca, diferentes graus de
no dia a dia das crianças, mas não são complexidade, representação; efeito catártico,
representadas por toda e qualquer atividade seriedade, prazer e caráter inato.
corporal realizada em casa, na escola e nas c) Ausência de finalidade, brinquedos
brincadeiras. imprescindíveis; motivação extrínseca, graus de
d) nas escolas, as crianças desenvolvem atividades simplicidade, representação; efeito catártico,
e vivenciam experiências que visam ao intelecto seriedade, prazer e caráter inato.
em detrimento às atividades motoras. Compete à d) Finalidade, brinquedos não-imprescindíveis;
família criar atividades e proporcionar vivências motivação extrínseca, graus de simplicidade,
que visam ao desenvolvimento da motricidade. representação; efeito catártico, seriedade, prazer e
e) as brincadeiras de hoje estão vinculadas aos caráter inato.
brinquedos eletrônicos e não há mais as
brincadeiras nas ruas; a interação é virtual e as 10. O esporte é um fenômeno que se manifesta de
crianças não podem interagir com qualquer diversas maneiras, sendo procurado como prática
indivíduo. As crianças de hoje são as da era digital, por adolescentes e jovens. Sobre o tema, assinale
não conhecem nada além do seu próprio universo a alternativa CORRETA:
que é a sua casa; entretanto, isto não interfere no a) A prática do esporte envolve a aquisição de
desenvolvimento motor, pois se trata de um habilidades físicas e sociais, valores,
processo exclusivamente maturacional. conhecimentos, atitudes e normas. O esporte é
uma forma de sociabilização e de transmissão de
6. Os brinquedos confeccionados a partir de valores.
sucata, além de incentivar a criatividade das b) Incontáveis são os projetos, Organizações Não
crianças e combater o consumismo, desperta a Governamentais (ONGs) e programas sociais que
consciência
a) ingênua.
trabalham com o esporte como meio secundário
das suas atividades formativas.
25
b) mágica. c) Conceitua- se o esporte de acordo com a sua
c) fanatizada. abrangência em: esporte-lazer e esporte de
d) ecológica e crítica. competição.
e) ingênua e mágica. d) Nenhuma das alternativas.

7. A atividade de ocupação voluntária com


características competitivas que desenvolve-se sob
as regras dos participantes é chamado de:
a) esporte
b) jogo
c) lazer
d) cantigas de roda

8. A diferença entre jogo e esporte, é que:


a)o jogo é a institucionalização do esporte e requer
um conjunto de regras universal e rigoroso
b)o esporte é a institucionalização do jogo e requer
um conjunto de regras universal e rigoroso
c)o jogo é o esporte praticado nas escolas e requer
o mesmo conjunto de regras
d)o esporte é a massificação do jogo e requer um
conjunto de regras flexíveis

9. No mundo da recreação e do lazer o jogo é uma


atividade ou ocupação voluntária, exercida dentro
de certos e determinados limites de tempo e
espaço, segundo regras livremente consentidas,
mas absolutamente obrigatória, acompanhado de
tensão e alegria, também há:
Leonardo de A. Delgado. CREF. 001764-G/MA

Você também pode gostar