Você está na página 1de 3

Hematopoiese

É o processo de formação, desenvolvimento e Origem e diferenciação das células do


maturação dos elementos do sangue (eritrócitos, sangue
leucócitos e plaquetas) a partir de um precursor
celular comum e indiferenciado chamado – célula
tronco.

A hematopoiese se inicia bem cedo na vida fetal, no


mesoderma do saco vitelino. Após um certo tempo
com o avanço da ossificação a medula óssea passa a
ser o principal local da hematopoese, onde
permanece até a vida adulta.

Células-tronco e fatores de crescimento


As células tronco originam células-filhas, onde
algumas permanecem como célula-tronco para
garantir a população dessas células, enquanto outras
se diferenciam.
A diferenciação das células do sangue ocorre de modo
Células-tronco → linhagem linfoide (linfócitos) progressivo. Durante os sucessivos ciclos de divisão
celular, as células-filhas tornam-se cada vez mais
Células-tronco → linhagem mieloide (eritrócitos, diferenciadas.
plaquetas, monócitos e granulócitos).

O tecido conjuntivo hemocitopoético, ou tecido


reticular, é produtor das duas linhagens de glóbulos:
leucócitos e hemácias.

Esse tecido aparece no baço, no timo e nos nódulos


linfáticos, recebendo o nome de tecido linfoide. No
interior da medula óssea vermelha, esse tecido é
chamado mieloide, ocupando os espaços entre
lâminas ósseas que formam o osso esponjoso.

Em um recém-nascido, a Medula Óssea Vermelha de


todos os ossos participa da produção de células
sanguíneas, mas à medida que o bebê cresce alguns
ossos abandonam essa função, transformando-se em
um canal medular repleto de adipócitos: a Medula
Óssea Amarela.
No adulto, a Medula Óssea Vermelha é encontrada no
Quando uma célula-tronco se divide, além de uma
canal medular dos ossos longos e nas cavidades dos
ossos esponjosos: fêmur, úmero, esterno, vértebras, célula diferenciada, dessa divisão também vai resultar
costelas e diploe dos ossos do crânio. uma célula que continua idêntica a ela, ou seja,
indiferenciada, para manter o estoque

Linhagem mielóide
1- Granulócitos: originam-se da linhagem
mielóide e são células que possuem grânulos
Hemácias em seu citoplasma. Os granulócitos são de 3
tipos: neutrófilo, eosinófilo e basófilo.
→Únicas células anucleadas.
• Neutrófilo – leucócitos mais numerosos.
→Transportar O2 e CO2 através da corrente
Desempenham por fagocitose função essencial
sanguínea.
para luta contra invasões microbianas.
→Discos bicôncavos.
• Eosinófilo – representam 2 a 4% do total de
→Hemoglobina – responsável pelo oxigênio e leucócitos, estão geralmente aumentados nos
coloração avermelhada. estados de intoxicação e presença de helmintos.

Para uma produção normal de eritrócitos, a medula • Basófilo – existem na proporção de 0 a 1% do


óssea requer ferro, vitamina b12, ácido fólico, total de leucócitos. Apresentam resposta
vitamina B6 e outros fatores. A deficiência desses imunitária com liberação de histamina e outros
fatores durante a eritropoiese resulta na diminuição mediadores químicos vasoativos.
da produção de hemácias e consequentemente o
2- Linfócitos: representam no sangue do adulto
surgimento das anemias.
de 20 a 30% do total de leucócitos. Não
As hemácias velhas são removidas do corpo pelo possuem grânulos no seu citoplasma e são
fígado e baço. A partir da hemoglobina liberada pelas originários da linhagem linfoide da medula
hemácias velhas, é produzido um pigmento chamado óssea. Os linfócitos são do tipo T e B.
bilirrubina; ela é excretada na bile para ser liberada
Os linfócitos do tipo B saem maduros da medula
do organismo junto com as fezes. O ferro liberado da
óssea, mas os linfócitos T precisam migrar para o
hemoglobina durante a formação da bilirrubina é
timo para amadurecem.
carreada no plasma ligado a uma proteína e segue
para medula óssea a fim de formar uma nova • Linfócito T – responsável pela imunidade celular
hemoglobina. do tipo tardio.

Leucócitos Ex: defesa contra vírus, fungos e micobactérias;

→Células nucleadas, incolores. • Linfócito B – responsável pela imunidade


humoral, mediada por anticorpos
→Mecanismo de defesa do organismo contra (imunoglobulinas), contra reações de
infecções. hipersensibilidade imediata;

→Duram cerca de 7 dias e estão presentes no sangue 3- Monócitos: representam de 4 a 8% do total de


em uma quantidade menor que as hemácias. leucócitos e se desenvolvem nos tecidos
linfoides e migram facilmente pela parede dos
Cada pessoa possui um número de leucócitos
vasos e se transformam em células
específicos que permanece ao longo dos anos. Assim,
fagocitárias, passando a se chamar
uma diminuição na contagem dos leucócitos
macrófagos.
(leucopenia) ou um aumento na quantidade das
células brancas (leucocitose) são o indicativo de Plaquetas
algum problema estar acontecendo.
Ou trombócitos, são fragmentos de células
megacariócitos ( células especiais nativas da
medula óssea) e liberados na circulação. Quando
ocorre uma lesão as plaquetas se acumulam no
Existem 3 grandes classes de leucócitos: local, promovendo a adesão plaquetária entre si e
a formação de um trombo, fazendo o
sangramento cessar temporariamente.

→Tempo de vida em torno de 9 a 10 dias.

Você também pode gostar